Mágoa de Luis Fabiano



Luis Fabiano segue magoado com a diretoria são-paulina, em especial com Juvenal Juvêncio, e pode ter feito ontem sua despedida do clube do Morumbi. A ideia é aproveitar a janela do meio do ano e a paralisação do Brasileiro para acertar uma transferência para o exterior.

O atacante ainda não se conforma com a atitude do presidente tricolor, que deixou claro, logo após a eliminação da Libertadores, que ele poderia ser negociado se surgisse uma boa proposta. Desde então sua intenção passou a ser mudar de ares com a abertura da temporada de compras do futebol europeu.

Saída à parte, Luis Fabiano deixou sua marca no Sul, anotando o gol do São Paulo no empate por 1 a 1 diante do Grêmio.

A atuação do time, aliás, deve ter deixado alguns conselheiros com a pulga atrás da orelha, já que os que apostavam que o grupo não se esforçaria o suficiente em Porto Alegre para minar o trabalho de Ney Franco.

Esforço, pelo menos, não faltou. O São Paulo lutou até o último minuto, quando quase marcou o segundo gol, por intermédio de Maicon.

Um pontinho para cada lado e São Paulo e Grêmio, vaiado por sua torcida após o jogo, seguem fora do G-4.

Já o Flu, apesar de figurar entre os quatro primeiros, deixou escapar a chance de chegar à liderança. Perdeu da Lusa, no Canindé, por 2 a 1, em um bom jogo de futebol. Bom para a Portuguesa, que escapou da zona de rebaixamento, conseguiu sua primeira vitória, com boa atuação do atacante Diogo, e passou a ocupar a décima segunda colocação.

Agora é esperar julho, quando o campeonato será retomado. E muitas transferências devem ser feitas. O torneio, afinal, para, mas o mercado, não. E que venha a Copa das Confederações…



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo