O veto à caxirola



Acertou o governo ao proibir a caxirola nos amistosos do Brasil e na Copa das Confederações, que começa dia 15. Como bem disse o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, ela não era adequada do ponto de vista da segurança.

Recentemente, quando o Vitória goleou o Bahia por 5 a 1, houve uma série de caxirolas atiradas ao gramado, preocupando CBF, Comitê Organizador Local da Copa e o governo brasileiro.

A Conmebol chegou a alertar a CBF e os clubes brasileiros que disputavam a Libertadores _agora sobrou só o Galo_ a evitar o uso do instrumento musical em jogos da Libertadores, devido ao risco de serem atirados no gramado, e foi prontamente atendida.

Apelidada de “vuvuzela brasileira”, via a caxirola como uma forma artificial de fazer os brasileiros torcerem, imposta de cima pra baixo, já que não faz parte da nossa cultura. A vuvuzela, tão usada na Copa de 2010, fazia parte do repertório sul-africano e era usada em estádios por seus torcedores há muitos anos.

O instrumento foi criado por Carlinhos Brown, recebeu a bênção de Dilma Rousseff e Marta Suplicy, mas depois do episódio de Salvador, no Ba-Vi, acabou descartado.

A empresa responsável pelo produto segue na intenção de vendê-lo, cerca de R$ 30,00 a unidade, mesmo com a proibição para a Copa das Confederações, que deve ser estendida para o Mundial de 2014.

Segundo a Fifa, a decisão de proibir o instrumento foi do próprio governo brasileiro. E como já disse, considero a medida adequada.



  • Tato I

    Tremendo oportunismo do Carlinhos Brown inventar um caxixi de plástico e rebatizar de caxirola (e ainda alegar que o de plástico é mais “sustentável” que o de bambu), sem contar que por 5 reais se compra o caxixi, um símbolo cultural da Bahia. Piada de mau gosto. E cá entre nós, assistir a um jogo ouvindo “vuvuzelas” deve ser uma das piores experiências futebolísticas possíveis.

    • janca

      Acho que com caxirola é pior. Chega a ser patético, Tato.

      • Claudio

        Então Janca.
        A sensação e que o Brasil quiz copiar a vuvuzela Africana! E deu nisso, “caxirola”… Só podia que ser coisa de Baiano mesmo!

        • janca

          Como assim coisa de baiano? A Bahia é fantástica e o que tem de riqueza cultural não está escrito. Preconceito não.

          • Josué

            Esse Claudio é um IMBECIL, porque coisa de baiano, que e um oportunista tudo bem, mas preconceito…… aliás IMBECIL não ele é muito pior porque os imbecis já são limitados pela imbecilidade (doença)……

  • Mario

    ahhhhhhhhhh que injustiça com esse “estrume”nto musical , ate imaginei a Dilma , Alckmin e o Marin/Del nero na abertura da copa saudando o povo e o todo mundo jogando as caxirolas neles sem dó , mas o sonho acabou…..

  • Dermivaldo

    Por que não decidiram isso antes de fabricar essa porcaria? O governo gastou um caminhão de dinheiro nesse coisa e alguém deve ter enriquecido com esse lixo. Lamentável ver a presidente da república incentivando essa baboseira, ao invés de fazer algo útil para o esporte brasileiro.

    E cá entre nós, a performance do ministro Aldo Rebelo no programa Roda Viva foi desastrosa, mostrou que não entende absolutamente nada de política esportiva e que não é do ramo, caiu de páraquedas no ministério. Até quando?

    • Dermivaldo

      Com ou sem esse troço vamos passar vergonha na Copa em virtude da falta de educação do nosso povo.

      • janca

        Contra a Inglaterra, no Maracanã, ele se comportou bem, pelo que soube. Mas a questão que coloco é outra. A Copa é um torneio de elite, os ingressos não são baratos, o povo acabará vendo o Mundial das chamadas “fan fests”, que espero que funcionem bem _na Alemanha foram um sucesso e era muito divertido acompanhar jogos naqueles espaços… Mas qual o efeito das novas arenas pro nosso futebol? De um lado imagino que muito bom. Mas não podemos nos esquecer do processo de elitização do esporte _e do público que vai aos estádios_, que já está em andamento. Um movimento que existe e que parece inexorável, como o da globalização, nos anos 90, que chegou com força total, ou mesmo o das novas mídias e tecnologias. Mas esse é outro assunto, enfim.

        • Tato I

          Eu, de minha parte, apesar de fanático por futebol, desisti de ir aos estádio tanto nessa Copa das Confederações como na Copa do Mundo. Difícil olhar para o Maracanã e não lembrar que ele custou mais de 1 bilhão aos cofres públicos numa reforma superfaturada e ainda com o risco de não poder ser utilizado na Copa por não estar dentro das exigências da Fifa. Por 350 milhões, se não me engano, a Juventus (ITA) ganhou um estádio novo em folha. E isso só pra ficar no Maracanã. Nesse país tudo é desculpa para enriquecer ainda mais os poderosos e os amigos deles.

          • janca

            Pensei muito na questão do gasto domingo. Que desapareceu na transmissão do jogo… Que o estádio ficou bonito, ficou. Mas o custo…

    • janca

      Que eu saiba não houve investimento do governo. É uma empresa privada que fabrica e vende as caxirolas.

      • Tato I

        E me parece que nem brasileira a empresa é.

        • janca

          Se não me engano se chama The Marketing Store. Mas, apesar do nome, acho que é brasileira, sim. Embora não tenha certeza.

          • Dermivaldo

            O governo e a Fifa tem um contrato com essa empresa para a fabricação de 100 milhões de caxirolas, alguém vai ter que pagar a conta e com certeza será o governo (na realidade o povo).
            Só o governo da Bahia gastou 750 mil reais para distribuir as 50 mil caxirolas para a torcida no BA X VI.

  • Trappa

    Engraçado que quando se fala da Copa do Mundo perde-se totalmente o foco em coisas de somenos importância. Essa tal de caxirola é somente mais uma das várias idiotices e esquisitices que até a abertura oficial vão acontecer, pois isto é bem típico do brasileiro, que às vésperas de algum grande evento fica “animadinho” e se descontrola, disto os fracassos em finais olímpicas, de grandes campeonatos, como a Libertadores da América, Mundial etc. (não por acaso os argentinos tem mais títulos nesses eventos). Exceção à Copa do Mundo? Nem tanto, apesar de o Brasil ter mais títulos que os outros nas Copas, deveria, em tese, ter muito mais, visto os recentes fracassos em 1998 e em 2010, só pra exemplificar. Mas voltando ao que realmente interessa, o foco é que esta Copa serviu apenas para que pessoas muito influentes e ricas, se tornem ainda mais influentes e muito mais ricas, visto o assombroso pulo nos orçamentos dos estádios, verdadeiras fábricas de dinheiro e para a locupletação de alguns times, visto o Corinthians que vai
    ganhar um estádio assim: DE GRAÇA. E reitero que sim, o Corinthians junto com o Atlético são hoje, sem sombra de dúvida (pelo menos até o fechamento da janela de transferências) os dois melhores times do país, mas e daí? Por isso merece o Corinthians um Estádio novinho em folha, ou deveria o Pacaembu, um Estádio Público, ter sido reconstruído? Isto reflete a moral das autoridades no Brasil, um absurdo vergonhoso, ter transformado o que deveria ser um espetáculo maravilhoso, com obras voltadas ao incremento do erário numa orgia ensandecida de desvios de verbas polpudas, pois esses aumentos dos orçamentos refletem o que, afinal de contas? Se nós não paramos para, em conjunto, criticarmos essa falcatrua titânica que se tornou a Copa do Mundo no Brasil, é porque não temos mesmo a menor capacidade de cobrarmos nada de nossas autoridades e, como asnos, vamos apenas assistir (eu não, apesar de brasileiro, a Seleção Brasileira deixou a sua máscara cair, para mim em 1998) aos jogos como os romanos incautos, na política do pão e circo, neste caso um grande circo, onde somos nós os mais estúpidos palhaços…

    • Dermivaldo

      Quem vai ganhar estádio? O Corinthians vai pagar 350 milhões de juros pelo empréstimo do BNDES.
      O estádio já está com 80% das obras prontas e até agora não foi dado nenhum centavo para o Corinthians, pelo contrário, tentaram prejudicar ao máximo.
      Incentivos fiscais valem para qualquer empresa que queira investir na zona Leste e vale para todos os clubes, seja para construção de estádios ou centros de treinamentos.
      Se a cidade de SP tivesse um estádio decente a copa não seria na Arena Corinthians.
      E se não fosse essa copa o estádio custaria a metade do preço.
      Imagino o quanto você irá sofrer vendo o estádio pronto, novinho em folha, lindão e moderno.

  • O que me deixa mais perplexo é a capacidade das pessoas envolvidas com a copa,( políticos, dirigentes esportivos, artistas, “organizadores” em geral, e todo tipo de aproveitadores)de querer tirar o couro do torcedor, de colocar como “instrumento oficial da copa” uma porcaria dessa ao custo de absurdos R$30,00…já vivemos em um país onde o valor do ingresso é um roubo, a Fifa com seus produtos licenciados é outro absurdo o valor dessas “porcarias licenciadas”, essa é a copa da enganação, do super-faturamento das obras e dos gastos dos recursos públicos como nunca antes se viu pois em 1950 ainda não existia o “padrão Fifa” de “organização” da copa do mundo, eu temo pelo rombo que essa copa vai deixar e torço para que nenhum estádio caia na cabeça de milhares de pessoas, pois não tenho a menor dúvida que além de superfaturarem os valores de tudo, ainda economizam na quantidade de ferro, de concreto, de tudo…sei que é um site voltado para o esporte, que vcs vivem do esporte, mas existe tanta coisa mais importante do que viabilizar uma copa da roubalheira, de formação da opinião pública, do desvio do foco…esse é o Brasil , Brasil da caxirola, do “gênio” da música brasileira Carlinhos Brown que precisou ser jurado de um programa de calouros para ter o seu momento de maior sucesso na TV brasileira , e da farra do boi financeira que será essa copa do mundo…torço muito pela seleção brasileira…torço para que ela não passe nem da primeira fase para acabar logo essa palhaçada e acabar com a mamata de quem só quer copa para meter a mão na grana

  • Gilberto Lacerda

    A tal da caxirola nada mais é do que um chocalho, só mudou de nome pra encher o bolso do senhor Brown. A torcida brasileira já é bem vibrante. Concordo, parece algo de cima pra baixo, imposto, forçado. Esses factoides servem apenas para desviar a atenção dos problemas principais, com a falta de infra estrutura para chegar aos estádios. A Fifa exigiu do governo brasileiro obras de infra estrutura que já deveriam existir. Como não foram feitas para o nosso povo, terão que ser feitas para os turistas estrangeiros. Os problemas no estádios do Mineirão, Fonte Nova, Maracanã, mostram a falta de compromisso dos governos do PSDB e PT. Todos disputando quem inaugura o “seu” estádio primeiro. Só no Brasil inauguram estádio que não está pronto. Depois do bolsa família, para comprar o voto dos menos favorecidos, do bolsa Caixa, para favorecer times grandes e times pequenos de políticos, vem ai o bolsa Caxirola, pra favorecer o genro do Chico Buarque, e desviar a atenção dos verdadeiros problemas estruturais que antecedem a copa. Que bom que vetaram aquilo.

  • francotimao

    Ola, João, Esse “troço” q desenvolveram é pura babaquice sem nexo, sem necessidade, sem a menor utilidade, diria eu: caxirola na cabeça dos outros é refresco..rsrrsrs!!!!!!…Abs!!!!!!!!

  • LUIZ ORLANDO

    SR. “TRAPPO”…..CONFIRMO E REINTERO TUDO O QUE O DEMIRVALDO POSTOU AQUI E POR FAVOR…. INFORME SE MELHOR ANTES DE DIZER BESTEIRAS SOBRE O ESTADIO DO CORINTHIANS PORQUE APESAR DE VOCE TER RAZAO NO RESTANTE….VOCE CONSEGUIU ESTRAGAR TODO O SEU DISCURSO COM A SUA FALTA TOTAL DE INFORMACAO REF. A CONSTRUCAO E QUEM E QUE PAGARA A CONTA MESMO PORQUE O CORINTHIANS NAO FARIA O ESTADIO COM A CAPACIDADE EXIGIDA PELA FIFA E POR CAUSA DO MUNDIAL E SIM PARA ACOMODAR OS CORINTHIANOS DESTE PLANETA APENAS…MAS COMO SAO PAULO PASSARIA VERGONHA EM NAO TER UM ESTADIO A ALTURA FOI CONVENIENTE “APROVEITAR”A CONSTRUCAO DA ARENA CORINTHIANS E SOLICITAR UM AUMENTO NA CAPACIDADE MAS NOVAMENTE….I N F O R M E – S E….ANTES DE PASSAR “VERGONHA” “SR. DESINFORMADO METIDO A ENTENDIDO” MAS QUE PARECE UM “CACHORRO QUE CAIU DO CAMINHAO DE MUDANCA”…VAI ESTUDAR MEU FILHO….SENAO FICARA DE CASTIGO DA PROXIMA VEZ !!!KKKK

  • da Curvinha

    Particularmente no meu caso as caxirolas não irão me aborrecer ,porque eu sempre deixo o som da TV desligado p/ não ouvir comentários óbvios e narradores que gritam muito…..

  • cosme

    o problema ai esta muito longe da caxirola,esta na animalidade do torcedor brasileiro,é só ver o primeiro grande teste do instrumento,no jogo bahia e vitoria,se não estou enganado;centenas delas jogadas em campo da fonte nova,por causa de uma derrota,fez certo,e isto é raro,a CBF ao proibi-la ….

    • janca

      Acertaram CBF, COL e governo.

  • eduardo guercia

    Bom dia,
    A CBF e FIFA não são entidades privadas?
    Por que a policia do Estado ou da União tem que prestar serviços com dinheiro público a entidades privadas?
    Aliás, como a imprensa ,não esboça qualquer reação a respeito de dinheiro público gasto apenas para assisitir a treinos?Uma fortuna!!!
    Se não perceberam, em qualquer país desenvolvido ( ou pelo menos com um mínimo de educação), eles fazem perguntas de pagamentos e gastos ,quanto, como ,de onde e para onde vai o dinheiro de qualquer transação…Foram inúmeras as perguntas relativas a valores sobre a transação do Neymar por exemplo.
    E qual o legado deixado por essa copa e olimpiada, que já estão muito próximos?
    Não vi melhoras na cidade de São Paulo por exemplo.
    Semáforos a cada garoa não funcionam e bagunçam a cidade.
    Cicilistas e motociclistas rodando entre os carros, desobedecendo regras de trânsito, colocando em risco suas vidas e vidas alheias, ruas esburacadas, onibus lotados, hospitais lotados,sem contar outras´inúmeras barbaridades.
    Não foi construída qualquer estação de metro ou melhora no transporte público que possa ter justificado a realização desse evento para o Brasil.
    São rios de dinheiro que são gastos para o benefícios de entidades privadas apenas e para os políticos que vendem facilidades para eles.
    Quando a imprensa vai ser séria e atacar isso?
    Somos o país campeão de saltos ORÇAMENTAIS, lembram-se o quanto giravam em média os orçamentos dos estádios e quanto está sendo gasto (média) agora?
    Ainda que seja um jornal voltado para o entreterimento, a INFORMAÇÃO( moeda que gira o mundo hoje) DEVERIA SER BUSCADA e lançada com transparência por nossos jornalistas.
    Assim como o Judiciário , o quarto poder( IMPRENSA) está engessada ,para não usar uma outra palavra mais adequada , mas que para bons entendedores é facilmente perceptível.
    Seja em qualquer lugar do Brasil, o circo já está lançado, o pão é a Bolsa Família,que continuará perpetuando o poder daqueles que gastam só com viagens quase 1 bilhão por ano…
    Somos um país de gente bem informada, desenvolvida, culta e educada,em que hospitais, meios de transporte, aeroportos,portos, estradas, ferrovias,universidades ,produtividade agrícolla, industrial são exemplos para todo o mundo.Não temos no que investir,podemos esbanjar….Viva o churrasco, carnaval e futebol, nossos motores do desenvolvimento.

  • Cleibsom Carlos

    Janca, não sei se você vai escrever sobre isto, mas novamente o Santos está envolvido em um negócio nebuloso…Após o fatídico jogo no Mané Garrincha agora tem o valor da venda do Neymar. Vale lembrar que o presidente do Barça é um pilantra que vive de braços dados com o Ricardo Teixeira, mas como a diretoria do time da baixada santista também não me parece confiável talvez a verdade nunca apareça. E nessa quem sai perdendo é o Santos!

    • janca

      Santos e DIS não se entendem em relação ao valor da venda de Neymar. Há muitas informações desencontradas e o negócio parece nebuloso, sim. Sobre o presidente do Barça, o Sandro Rosell, é amigo de Ricardo Teixeira e deve explicações sobre amistoso do Brasil contra Portugal, no Distrito Federal, quando uma empresa recém-criada da qual era sócio recebeu dinheiro público (boa grana, aliás), em caso que foi parar na polícia. E ainda não está esclarecido. Vou abordar o assunto nos próximos dias, sim.

  • Pedro
  • O corinthiano

    Se bobear com tanta proibição imposta para assistir aos jogos, não vai ser nem mais possível reclamar do jogo dentro do estádio se a seleção perder.

  • Reinaldo Ribeiro

    Basta de polêmica . Tenho a solucionática para a problemática(Odorico) do veto à Caxirola que iria produzir determinado ruido, mas custaria caro. Minha receita é simples, barata- custo zero- , eficiente e original e propicia até exercício físico: Trata-se da sovacada. imaginem toda a torcida ao mesmo tempo, cada um, depois de uma cuspida na palma da mão, tapa o sovaco e aciona. Tem gente que não sabe então, tem que explicar. O ruido será muito maior do que o das odiadas Vovuzelas, com a vantagem de contar com a simpatia de todos, desde que o desodorante não esteja vencido. Estou vendendo a idéia e aceito sócios.

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo