Restam dois



Depois de São Paulo, Palmeiras e Corinthians chegou a vez do Grêmio. Derrotado pelo Santa Fé, por 1 a 0, foi eliminado da Libertadores. Não jogou bem no Sul, apesar da vitória por 2 a 1, e entrou para segurar o 0 a 0 fora de casa. Estratégia arriscada e que, no final, acabou não dando certo.

Para piorar, Barcos saiu de campo, substituído nos últimos minutos, reclamando da alteração. O atacante argentino pelo jeito continua achando que é um craque, quando não passa de um bom jogador.

Não quis ficar no Palmeiras, recusando-se a disputar a Série B, mas em Porto Alegre não está aquela coisa, não.

E Vanderlei Luxemburgo que se cuide. As cornetas contra ele já não eram poucas e agora devem aumentar. Perdeu o Gaúcho, com o Inter ganhando os dois turnos, e foi mal na Libertadores. Teve problemas na fase de grupos e agora parou nas oitavas de final.

Dos seis representantes brasileiros sobraram dois: Galo e Fluminense. Quartas de final melancólicas para quem esperava mais do nosso futebol. E dos dois apenas um tem jogado muita bola: o Atlético-MG, porque neste ano o Flu, apesar da classificação, até aqui tem deixado a desejar.



MaisRecentes

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo