Processo contra Amarilla?



Alguns torcedores do Corinthians chegaram a cogitar processar o árbitro Carlos Amarilla e os bandeirinhas do jogo contra o Boca, exigindo danos morais e/ou materiais pelos erros na partida de quarta, que tirou o time da Libertadores.

Acho que eventual processo _ou processos_ não faz sentido nenhum. Erros acontecem _e o Corinthians não foi o primeiro nem será o último clube a ser prejudicado_ e o que cabe, a meu ver, é uma punição _geladeira, no caso_ ao trio por parte da Conmebol.

Recentemente um torcedor do Galo entrou na Justiça querendo indenização por um erro de arbitragem em partida contra o Botafogo, disputada em 2007, prejudicando os mineiros.  Felizmente não ganhou a ação. Se a moda pega…

Entendo as reclamações dos dirigentes corintianos, que têm todo o direito de pedir à Conmebol punição à arbitragem, mas se acham que houve má-fé eles têm que provar a acusação.

Os jogadores, em geral, foram mais equilibrados em suas declarações. Reclamaram, claro, mas também reconheceram algumas falhas do time, elogiaram a atuação do Boca e não ficaram apenas chorando as pitangas. Domingo, afinal, têm decisão do Paulista, jogo difícil na Vila. E a vida segue. Com ou sem Libertadores, ela segue.



  • francotimao

    João, é claro q isso é arroubo de torcedor inconformado e, com razão, muita razão, mas é impossível provar-se q a CONMEBOL teve participação direta na arbitragem desastrosa do jogo e é claro q nós torcedores temos razões dadas as circunstancias do jogo q o timão foi “operado”, mas sabemos q não ira acontecer nada demais, no máximo o “juiz” da partida sera “congelado” por um tempo e segue o torneio e “nossa” vida também…Ótimo FDS!!!!

  • Mario

    seria perda de tempo ainda mais com o nosso judiciario , mais interessante se eles formatassem um projeto de lei p/a profissão dos juizes de futebol e outros esportes igual foi feito com a lei de Ficha Limpa p/diminuir os erros no futebol , hj com a violencia e os milhões q envolvem uma partida de futebol não pode ter um amador no apito.
    se o Caso Bosman (ou “Lei de Bosman”) mudou a lei do passe no mundo por q nos não poderiamos mudar as arbitragens no futebol.
    .

  • Ton

    Olá Janca. Se você for analisar as declarações do Paulo André que disse “que gostaria de mandar o árbitro para aquele lugar” e do Diretor de futebol do Corinthians que disse que “O Amarilla deveria apanhar na cara” eles não estão tão equilibrados assim rs. E acredito que nenhum torcedor, dirigente ou torcedor está nessa hora. Eu entendo quando você diz “que erros acontecem com todos”, mas os erros de quarta feira foram muito descarados e não só os erros como a postura do trio de arbitragem, tanto que os próprios atletas sentiram isso durante a partida. Quem garante que no futuro não vaze algumas coisa que comprove um fato ilícito e que a partida foi realmente encomendada por alguém? Eu não duvido. Aguardaremos.
    Sobre processo por danos morais, eu duvido muito que alguém obtenha êxodo, considero perda de tempo e causa perdida, mas o que eu gostaria de ver mesmo como torcedor era uma punição severa para o trio de arbitragem, só que não vejo isso por parte da CONMEBOL, quando é jogo de Paulistão e Brasileiro sim, os árbitros são punidos e se a punição for pela dimensão do erro, Amarilla deveria ser excluído definitivamente do quadro de árbitros. Um cidadão que comete erros crassos porque sua limitação física o impede de se aproximar das jogadas, não pode apitar um jogo de futebol!

    • janca

      Vários jogadores depois do jogo deram declarações equilibradas, sim, caso do Danilo, do Pato e do Cássio. Já o diretor foi infeliz, ainda mais porque também disse que o juiz estava mal intencionado e isso ele tem que provar. Sobre punição ao Amarilla, sou favorável. E cabe à Conmebol tomar providências.

    • César

      Falou tudo, Ton.

  • Oscar de melo

    Quatro erros capitais de um lado só,em um jogo que deveria ser uma goleada e ficou no 1 x 1.O que esperar mais do time?Exigir que joguem mais do que isso contra o tradicional Boca,é até desumano com os atletas,que fizeram por merecer,mas foram arrancados da competição.Porém,aprovo totalmente a atitude dos jogadores,que preferem apenas olhar o futuro e não se abater,ainda mais com uma final pela frente,e mais três competições a perseguir no ano.

    • César

      Oscar,

      Até que enfim alguém realista o suficiente para saber que o Corinthians fez uma bela partida e que não dá para exigir de um ser humano que ele faça uma revolução emocional toda vez que o juiz anular um gol ou não dar um pênalti.

      O Amarilla usou dois pesos, um para cada equipe, foi tendencioso, etc..

      O discurso de que é melhor olhar para o futuro e esquecer essa verdadeira desorganização que é a Libertadores só mostra o quanto nosso time é feito por guerreiros vencedores.

MaisRecentes

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo

Tricolor acuado



Continue Lendo