E a reforma do Engenhão?



Segue complicada e polêmica a questão da reforma do Engenhão, interditado desde fins de março por problemas estruturais na cobertura, fora o risco de pane na parte elétrica.

A Prefeitura do Rio trabalha com diferentes orçamentos e soluções para as obras. O preço variaria de R$ 110 milhões a R$ 180 milhões. O estádio, construído para o Pan de 2007, custou R$ 380 milhões, seis vezes a mais do que os previstos R$ 60 milhões.

A ideia inicial era que ficasse pronto até setembro, mas devido a divergências nos rumos da reforma, bem como nos custos, o Botafogo trabalha com a hipótese de a reabertura ser apenas no ano que vem.

O clube carioca ganhou da Prefeitura do Rio o direito de administrar o estádio pagando aluguel de cerca de R$ 40 mil mensais, além de arcar com a manutenção da arena.

Arrendando o estádio ao Fogão, a Prefeitura só recuperaria o investimento feito para construí-lo em quase 90 anos. Agora, diante da interdição do Engenhão e dos gastos que terá com a reforma, provavelmente nem em cem verá a grana de volta.



  • Mario

    essa historia do Engenhão é muito sinistra , cheia de superfaturamentos , interesses ocultos, guerra de laudos (SBP x Abece) e o MP estranhamente fica quietinho ……

    bom pelo menos o Engenhão ficou nas mãos de um clube de futebol , já o maracana q custara 4x mais esta sendo doado p/o Ike Batista

  • francotimao

    João, o Engenhão (ao menos ao longe) parece um chuck o boneco assassino ( feio pra caramba e ninguém quer de presente..rsrsrrs!!!), como diz o ditado: ” filho feio não tem pai”, é o q parece acontecer com o estadio q msm antes e a despeito de ainda não ter sido mostrado os problemas do estadio, me parece q nenhuma torcida havia gostado e acampado o Engenhão, sei la, parece natimorto,acho q nunca vai cair no gosto do carioca, muito mais ainda depois q o Maracanã voltar a sediar jogos…Abs!!!

    • janca

      Não tem o charme do Maracanã, não é bem localizado, não há estacionamento suficiente, enfim, há uma série de detalhes que quem construiu o Engenhão parece que não levou em conta. Inclusive na parte estrutural, já que temos tido problemas sérios, como o que causou a interdição. Fora a questão do custo. Reforma você sabe como começa, não como acaba… Abs.

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo