O menor da Gaviões



A Gaviões da Fiel espera que os 12 corintianos detidos na Bolívia desde 20 de fevereiro por conta da morte de Kevin Espada, 14, provocada por um sinalizador no jogo San Jose x Corinthians possam responder o processo em liberdade até o final do mês.

Alega que o menor que diz ter lançado o sinalizador naval não só assumiu total responsabilidade pelo ato ao promotor boliviano Alfredo Canavari, em depoimento no consulado do país em São Paulo, como afirmou não conhecer os 12 torcedores presos em Oruro.

A questão, no entanto, é que o garoto, que pertence à Gaviões, não teria identificado quem, então, o ajudou a fugir da Bolívia, onde a maioridade penal é de 16 anos, não de 18 como no Brasil, cuja hipótese de extraditar o menor para o país vizinho é nula.

Por falar em maioridade penal, aliás, já que o assunto segue em pauta no Brasil, com muita gente defendendo a redução da idade de 18 para 16 anos, uma sugestão interessante foi dada pelo jornalista Janio de Freitas, na edição de terça da “Folha de S.Paulo”.

Como uma das estratégias dos marginais é usar em suas ações menores de 18 anos, que assumem a responsabilidade já que não podem ser julgados como maiores, apenas detidos por no máximo três anos para suposta reeducação, uma saída poderia passar por uma punição mais forte a quem os usasse em atos criminosos. Como bem colocou o articulista, uma saída pode ser “agravar pesadamente a prática de crime de adulto acompanhado de menor, levando a pena a ultrapassar a vantagem do truque”.

Não sei se daria certo, mas acho uma boa ideia, já que as ações de grupos, como no caso do assassinato da dentista, que morreu queimada em São Bernardo, têm constantemente a presença de um menor, que assume a autoria do crime, tendo sido ele ou não o responsável.



  • Mario

    maioridade , aborto , pena de morte , legalização das drogas, etc temas problemáticos com milhões de discussões , muitas soluções , muitas ideias sobre os assuntos, mas nenhuma mudança real , por q não adianta ter soluções qnd não tem lideres honestos p/levar essas mudanças nas leis a adiante , enquanto o Brasil for liderado por Lulas , Serras e Sarneys nada mudara.

    sobre a morte do Kevin é tudo uma perda de tempo , o verdadeiro culpado nunca aparecera , os 12 serão bode expiatório , a Conmebol e CBF não mudarão nada nas suas competições e violencia continuara ate a proxima morte e depois outra e mais outra e as familias irão chorar as perdas dos seus familiares …….

    • Tato I

      Rapaz… quanto pessimismo e realismo. Infelizmente sou obrigado a concordar com quase tudo que vc diz. Triste mas real. Mas eu acredito na redução penal para 16 anos, se pode votar pode assumir responsabilidades.

      • Mario

        Tato I espero um dia q tudo isso mude , mas eu sou contra a redução da maioridade e favor de q qualquer menor q cometa um crime hediondo seja julgado como adulto .

        • César

          Mario,

          Infelizmente você disse toda a verdade, o problema é que isso começa lá em cima, não existe segurança no estádio, não existe capacidade para encontrar o verdadeiro culpado(no singular, por favor) e é mais fácil para as autoridades manter os doze torcedores e podem ou não ser culpados presos durante o tempo que a mídia precisar para esquecer do assunto.

          Agora porquê o organizador que promete segurança e não cumpre não é punido ? Porquê a mídia não aborta esse assunto ?

          A CONMEBOL tá cagando pra tudo isso.

    • Oscar de melo

      Não são só esses caras que mandam no executivo,que não se preocupam com a mudança nas leis,pois nem tudo que há de ruim no país,é culpa exclusivamente desse poder executivo.Talvez,esse desconhecimento da atribuição dos três poderes por parte da população,seja tão responsável quanto à inércia dos governantes diante da violência,pois não se cobra diretamente,o político legislativo que elegeu pra elaborar as leis que o representa.Ou pior ainda,vota-se em congressista sem saber quais as propostas que levará para votação no Congresso,se esse projeto faz parte do suas promesas,e nunca se vê,eleitor entrando em contato com esses congressistas para cobrar que apoem as leis que o representam.Como se não bastasse toda essa confusão/desleixo do eleitor,ainda temos um judiciário que atropela os outros poderes,causando desequilíbrio de poder,que barra qualquer tentativa de endurecer o código penal,julgando essas tentativas,de anti-constitucional.A grosso modo,fazendo uma comparação com o executivo,esse artifício se equivale às MPs(medidas provisórias),como método de controle do poder.

  • francotimao

    João, esse imbroglhio de Oruru também ja passou da hora de ser resolvido, se eles tem provas contra os 12 q as apresente e condene-os, senão, q libere os caras haja vista q do tempo decorrido do lamentável acidente (até q se prove o contrario) ja decorreu um tempo bastante razoavel pra investigação e provas…qto a imputação de responsabilidade civil e criminal pra menores de 18 anos, é muito polemico e confesso q não tenho uma posição definitiva a respeito, pois, antes disso sou favoravel a q as penas impostas sejam cumpridas com rigor ( infelizmente hoje o condenado a 30 anos por ex.: pode sair com 6, 7 anos, o q eu acho um absurdo e aumenta demais a sensação de impunidade e incentiva o crime)…Bom Fim-de-Semana!!!!!!..Abs!!!!!!!

    • janca

      O prazo para as investigações é de seis meses. Em tese até agosto os 12 corintianos podem continuar detidos até que elas se encerrem. Enfim, bom final de semana pra você também, Francotimão, Janca

MaisRecentes

Alerta a Raí



Continue Lendo

Os erros do Verdão



Continue Lendo

Vencer ou vencer



Continue Lendo