Messi + 10?



Depois de o Barça ter sido massacrado duas vezes pelo Bayern, 4 a 0 em Munique e 3 a 0 no Camp Nou, vi alguns _muitos, aliás_ dizendo que a ausência de Messi pode ter explicado os fiascos.

O argentino ficou fora ontem e, no primeiro jogo, apesar de ter começado em campo e seguido na partida, não estava em condições ideias, ainda se recuperando de contusão.

O Barça não perdeu por conta de Messi. Um time, afinal, que quer ser campeão do mundo _e foi recentemente, em 2010_, não pode depender de apenas um jogador. O Barcelona não é e jamais foi Messi mais dez, como querem alguns _ou muitos, conforme coloquei.

A grande questão talvez seja como se manter no topo, algo complicado pacas. Sem falar que, pouco a pouco, o estilo de jogo dos espanhóis talvez tenha começado a ficar manjado. E seguir focado sempre não é tarefa fácil. Talvez por isso Pep Guardiola, depois de ter conquistado tudo o que podia com o time catalão, tenha pulado fora, tirando um ano sabático em Nova York e resolvido partir para novo desafio, agora no futebol alemão. Para o treinador pode ter sido a melhor solução. Para o Barça, tenho minhas dúvidas.

Após as duas humilhações nas semifinais da Liga dos Campeões resta ao clube juntar os cacos e tentar se reerguer. Ciente de que quando esteve no auge não foi por causa apenas de Messi ou de Guardiola. E se caiu agora tem tudo para se refazer mais para a frente. Porque das derrotas também tiramos lições. Às vezes tão importantes quanto _ou até mais_ do que das vitórias.



MaisRecentes

Elogios a Loss



Continue Lendo

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo