Messi + 10?



Depois de o Barça ter sido massacrado duas vezes pelo Bayern, 4 a 0 em Munique e 3 a 0 no Camp Nou, vi alguns _muitos, aliás_ dizendo que a ausência de Messi pode ter explicado os fiascos.

O argentino ficou fora ontem e, no primeiro jogo, apesar de ter começado em campo e seguido na partida, não estava em condições ideias, ainda se recuperando de contusão.

O Barça não perdeu por conta de Messi. Um time, afinal, que quer ser campeão do mundo _e foi recentemente, em 2010_, não pode depender de apenas um jogador. O Barcelona não é e jamais foi Messi mais dez, como querem alguns _ou muitos, conforme coloquei.

A grande questão talvez seja como se manter no topo, algo complicado pacas. Sem falar que, pouco a pouco, o estilo de jogo dos espanhóis talvez tenha começado a ficar manjado. E seguir focado sempre não é tarefa fácil. Talvez por isso Pep Guardiola, depois de ter conquistado tudo o que podia com o time catalão, tenha pulado fora, tirando um ano sabático em Nova York e resolvido partir para novo desafio, agora no futebol alemão. Para o treinador pode ter sido a melhor solução. Para o Barça, tenho minhas dúvidas.

Após as duas humilhações nas semifinais da Liga dos Campeões resta ao clube juntar os cacos e tentar se reerguer. Ciente de que quando esteve no auge não foi por causa apenas de Messi ou de Guardiola. E se caiu agora tem tudo para se refazer mais para a frente. Porque das derrotas também tiramos lições. Às vezes tão importantes quanto _ou até mais_ do que das vitórias.



  • Mario

    o Barça ainda é um dos maiores times do mundo qnd seus 11 titulares estão 100% fisicamente, mas não é mais um dos melhores elencos , os reservas não tem a qualidade dos titulares , principalmente os zagueiros , laterais e pior q vão perder o goleiro titular .

    o estilo de jogo do barça é manjado e imparável , mas dependente da condição fisica dos jogadores para aguentar o ritmo, infelizmente as pernas estão ficando pesadas com a idade e a renovação do elenco não aconteceu (li q foi um dos motivos da saida do Guardiola).

    hj o ataque do Barça é dependente sim do Messi , antes tinha Eto , Henri e Ibra p/dividir a responsabilidade e atrair a atenção dos adversarios .

    Agora o Guardiola vai encontrar no Bayer o mesmo problema q tinha no barça de manter o foco e o time no topo , o Bayern é campeão alemão , pode ser campeão da champions e da copa da alemanha.

    • janca

      Acho que você tem razão, será um tremendo desafio para o Guardiola, porque pegará o Bayern no auge, ainda mais se o time ganhar mesmo a Liga dos Campeões, Mario.

  • Tato I

    Acho que, mais do que a queda do Barcelona, teve maior peso a ascensão do Bayern. Não podemos esquecer que esse time já vem perseguindo essa Champions há alguns anos. Numa dessas perdeu de 4 para o Barça. No ano passado perdeu, injustamente na minha opinião, para o Chelsea. Não é um time que apareceu do nada nessa temporada, tem uma base forte e acrescentou peças que se encaixaram muito bem na equipe. Torço para que conquistem o triplete, o técnico merece. Aliás, achei uma falta de respeito e bom senso anunciarem Guardiola antes de terminar a temporada, quando a equipe está focada em plena reta final de uma champions. Pior ainda o anúncio da compra do Gotze, que está prestes a enfrentar seu futuro clube defendendo seu clube atual. Será que ele se recupera da lesão muscular a tempo? E se ele se reecuperar, jogar e perder para o Bayern? Vixi…

  • francotimao

    Ola, João, discordo um pouco da sua opinião, assim como o Santos tem uma Neymardependencia, o Barça tem sim uma Messidependencia, é lógico q os catalães tem melhores jogadores q os “outros” do Santos, mas na minha opinião é visível a imensa falta q esses dois jogadores fazem aos seus clubes, pois são eles q definem as jogadas em gol e, qdo estão fora do time não tem outro jogador q ao menos se aproxime deles nesse quesito…qto ao Guardiola será msm um desafio enorme ao menos manter o Bayer nesse nível atual e, como vc msm gosta de salientar, manter-se no topo é tarefa dificílima…Abs!!!!!!!!

  • sergio

    Janca… primeiramente queria deixar claro que não incluo vc nesta lista, pois se incluisse não estaria aqui todo santos dia comentando no seu blog. Mas a questão é a seguinte. Pq a imprensa – em geral – é obrigada a manter os clubes sempre no céu ou no inferno? Não é uma ponderação, uma análise, nada.. Existe apenas o ótimo ou o péssimo.
    O Barcelona até outro dia encantava. Bajulação daqui, elogios dali.. Melhor equipe de todos os tempos superando Santos de Pelé e tal. Encontrou um Bayern muito forte e perdeu merecidamente. O que temos hj? Barcelona acabou, fim de uma era, no fim Iniesta e Xavi não jogam nada, pois viviam dependendo do Messi.. A bola da vez é o Bayern. Se perderem do Dortmund (algo completamente normal, ainda mais se tratando de jogo único) pronto.. Bayerné uma porcaria.
    Aqui no Brasil a mesma coisa. O Galo era uma máquina de jogar bola… Perdeu do São Paulo (resultado normalissimo dentro do Morumbi). O que se tem? Galo não presta e o São Paulo é favorito.
    Corinthians. Começou a temporada rateando.. Ihh, o time não consegue ser igual a 2012. Ganhou meia duzia de partidas. Ahhh, ta vendo.. Isso sim é time. Jogo compacto, moderno, favorito a tudo. Perdeu do Boca.. Ihh, não sei não.. esse Corinthians é meio fraco.
    Você ta entendendo, Janca? Isso é chato demais… Hoje não se analia futebol… São analistas de ocasião. O torcedor, pelo menos aquele que gosta de futebol e de acompanhar tudo que envolve uma partida, um esquema, não tem uma análise bacana.
    Parabens por não se enquadrar neste rol e por favor não venha a fazê-lo! Abss

    • César

      Sérgio,

      Concordo com ti e diria mais:

      Messi é um grande jogador, mas não é o Mito que pregam, ele não é Deus ou Pelé não vai tirar três coelhos da cartla por jogo.

      Mesmo assim, o cara tem poder de decisão maior que o de Iniesta ou Chave, se ele está mal ou não joga, o Barcelona perde esse poder de decidir o jogo em uma bola, como foi contra o PSG. Mas isso não quer dizer que o Barcelona seja Messi e mais dez, pois mesmo sem o poder de decisão de Messi o clube ainda conta com bons jogadores, ao contrário do Santos.

      No caso do real o erro foi que jogaram fora sem temer o adverssário, jogaram o primeiro jogo da semi-final já pensando na final. Se tivesse entrado em campo fechadinhos pra tentar trazer o resultado e decidir na Espanha teria sido muito fácil.

      Uma coisa que toda equipe grande e em ótimo momento deveria pensar é que existem equipes se espelhando nas mesmas, aperfeiçoando o trabalho delas e usando contra elas, tá ai !

      O Bayer engoliu o Barcelona e faria isso com ou sem o Messi, porquê os caras trabalharam mais duro e desenvolveram um esquema de jogo faria a vitória chegar.

      O Real foi surpreendido fora de casa e perdeu boas chances de marcar em casa, resultado: Deu Borusia que aproveitou melhor suas chances em casa e se fechou melhor ora de casa, não tem segredo.

      Vamos usar o futebol brasileiro como exemplo, ontem o Corinthians perdeu por 1×0 na Bombonera para o Boca, ai estão dizendo que esse ano o time está pior que se perder pro São Paulo vai ter crise e bla, bla, bla..

      O Corinthians teve praticamente a mesma performaçe do ano passado, a diferênça é que dessa vez Romarinho não salvou aos quarenta e sete do segundo tempo. O Corinthians criou pouco, mas mesmo assim criou mais que o Boca, teve uma bola na trave e no rebote o Paulinho fez feio.

      • César

        *teria sido muito mais fácil.

      • sergio

        Cesar, e no jogo do ano passado, após o Romarinho empatar o jogo na Bombonera, o atacante do Boca que não me lembro o nome, subiu livre na área do Corinthians e a bola tocou a trave. Em 2012, a bola na trave foi do Boca. Esse ano, foi do Corinthians no belo chute do Guerrero.
        O Corinthians jogou uma bola redonda ontem? Não. Longe disso. Mas os “entendidos” esquecem que do outro lado havia uma equipe jogando toda a temporada (o campeonato argentino já era), com o apoio de mais de 40 mil torcedores e com a camisa mais pesada da competição.
        O time queridinho do momento não pode perder pra ninguem…
        E hj, se o Galo arrumar um bom resultado no Morumbi será o novo bajulado. Fluminense idem.
        Pelo menos até a proxima semana…

      • sergio

        só não concordo muito com uma coisa.. Poucos jogadores na historia podem tirar 3 coelhos da cartola. Messi é um deles.
        Não comparo com Pelé, pois nem ao menos vi o Pelé jogar. Também não vi Maradona. Mas falo com orgulho que vi Messi. Assim como falo com orgulho que vi Romário, Zidane e Ronaldo. Estes tbm podiam tirar qualquer animal da cartola.

    • janca

      Estou entendendo sim, Sergio, e talvez até eu me inclua nessa categoria que você está criticando, por que não? A crítica é pertinente e o futebol é muito o momento. Eu costumo abordar outros temas que não a parte tática ou técnica, mas de vez em quando dou meu pitaco sobre elas também e acho que o torcedor e a imprensa em geral têm um comportamento ciclotímico, que muda muito de acordo com a ocasião. Três derrotas seguidas e o comentário muda. Entendo e respeito sua crítica, que é absolutamente legítimo. O Corinthians perdeu e já aparece um ou outro questionando isso ou aquilo. Idem com o Galo, que logo mais jogo de novo contra o São Paulo. De acordo com o resultado e o desempenho de cada um os comentários mudam de novo. Eu concordo com você e talvez hoje _não sei se sempre foi assim_ não se analise mesmo futebol, só os resultados, com raras exceções. E sinceramente não sei se sou uma delas. E afinal nós somos nós e nossas circunstâncias. E no mundo do futebol talvez também seja assim. Grande abraço, Janca

  • Tri Mundial Doom

    Tanto elogio para o time que é um jogador e o ridículo do treinador medroso…

MaisRecentes

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo