Quanto vale Itaquera?



O departamento de marketing do Corinthians acha que tem condições de vender os “naming rights” da arena em Itaquera por um valor superior a R$ 400 milhões.

A ideia, agora, é negociar os direitos de nomear o estádio por mais de 450 milhões de reais. A justificativa é que a Fonte Nova vendeu os “naming rights” para a Itaipava por R$ 100 milhões e a Arena Palestra negociou os seus com o grupo Allianz pelo triplo do valor, enquanto Itaquera, estimam os corintianos, vale pelo menos 50% a mais do que o estádio palmeirense. Em relação ao da Bahia, o valor de mercado seria cinco vezes maior, segundo a direção do clube paulista.

Um dos argumentos para a valorização da arena em Itaquera é que será palco de abertura da Copa, ano que vem, outro é a exposição do próprio Corinthians, clube que a maior quantidade de  jogos exibidos em TV aberta no Brasil, especialmente para São Paulo, estado com o maior poder de consumo do país. O terceiro é que a tendência é ficar lotado quase sempre, devido ao programa Fiel Torcedor, que levou quase 25 mil pagantes, por exemplo, para um Corinthians x Atlético de Sorocaba, no Pacaembu, jogo que não valia praticamente nada pelo Paulista.

Curiosamente no ano passado o mesmo Corinthians chegou a cogitar abaixar os valores pedidos pelos “naming rights” devido à dificuldade de vendê-los. O ex-presidente Andrés Sanchez sonhava em negociar a venda do nome do estádio por R$ 400 milhões até fevereiro de 2012. Não conseguiu e uma parte da direção do clube passou a falar em redução da pedida. Agora, diante da movimentação do mercado com as novas arenas, caso da Fonte Nova e da do Palmeiras, voltou a se animar.

O Corinthians chegou a negociar com a Brahma, a Petrobras e a Itaipava, por enquanto sem sucesso. Tem mantido contatos também com empresas de telefonia e instituições bancárias, mas já não fala em prazo para fechar o negócio.

Sinceramente tenho minhas dúvidas sobre o valor, se pode ser maior que os R$ 400 milhões imaginados. Inclusive pelo momento difícil da economia brasileira, que vem patinando na questão do crescimento há algum tempo, com nosso famoso PIBinho, e começa a enfrentar de novo o fantasma da inflação. Que não é como a de outros tempos, tempos anteriores ao Plano Real, mas preocupa. O governo, os investidores e a população.



  • Oscar de melo

    O problema é que não dá pra confiar nos valores que os palmeirenses anunciam.Já esqueceram do caso Hundai?Anunciaram 35 milhões e três anos de contrato,quando na verdade era 13 milhões por uma ano de contrato.Quando o contrato real aparecer,terá um monte de “no entantos” e “se acasos” por trás dos números anunciados.

    • janca

      Isso sim _e não estou me referindo especificamente ao Palmeiras, muito pelo contrário. Uma coisa é o que os clubes divulgam, outra o que de fato fazem ou assinam. Seja em termos de recebimentos, seja em termos de pagamentos _incluindo salários de jogadores e funcionários. Fez bem a nova diretoria do Flamengo, aliás, em revelar publicamente a atual situação do clube, que lhe foi entregue pela Patrícia Amorim. Nada fácil, nada fácil.

    • Robson Pacheco

      Kia, não Hyundai!

      • Oscar de melo

        Realmente,troquei as montadoras Koreanas.

    • Clodoaldo

      O fato de passar mais jogos na tv não adianta muito. Se não for patrocinador da Globo, ela não vai falar o nome da empresa que comprar o nome do estádio. O mesmo vale para a copa do mundo. A Itaipava vai dar o nome para a Fonte Nova mas ninguém vai poder falar o nome dela durante a copa porque não é patrocinadora da copa. O Banco BMG recusou negociar o nome do estádio do Corinthians porque todo mundo sabe que Itaquerão sempre vai ser o nome do estádio. (veja o link http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/02/20/itaquerao-sera-sempre-itaquerao-diz-executivo-de-banco-que-recusou-nomear-arena-corintiana.htm?action=print)

    • César

      Se a pocilga vale 300mi, a arena corinthians com a visibilidade do PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL DE CLUBES e único clube das Américas BI-CAMPEÃO MUNDIAL DE CLUBES, vale 1 Bi.

      • Fabio Santastico

        Ai vc caiu da cama e acordou ne!?!?!?! Corinthianos: Dignos de pena!

  • TRi Mundial Doom

    Vale 0,50 + passe do metro… Na primeira eliminaçao do time nesse estadio, o torcedor quebra as placas e adeus “namings” .

    • Mario

      que miséria Tri paraguaio , o panetone vale só isso ?
      po mas lá na Vila Sonia não nem tem Metro e nem o governo quer colocar lá , dizem q não vai ter passageiro p/usar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • TRi Mundial Doom

        O record de públicoo esse ao e ano passado é do São Paulo…kkkkk

        • Mario

          e algum outro clube mandou jogos lá no ultimos anos ???? kkkkkkkkkkkkkkkkk
          e o record de publico de todos os tempos no panetone pertence ao Timão , o SPFW só aparece em quinto lugar kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          http://spfcpedia.blogspot.com.br/2012/09/os-100-maiores-publicos-do-morumbi.html

          • TRi Mundial Doom

            Algum outro mandou jogo lá? Kkkkkkk
            Seu time e outros precisam do “panetone” pra terem record de público? Kkkkkkkkk
            Primeiro o curintias constrói um estádio maior, disputa título sem convidado, lota o estádio, depois tenta os recordes…kkkkk

          • Mario

            parabens Tri paraguaio vc reconheceu q seu estadio é um panetone kkkkkkkkkkkkk

            a nos não precisamos do panetone p/ter records , afinal já lotamos o panetone , o maracana e o Estádio Internacional, em Yokohama (dominamos o Japão) e a torcida do seu time não lota nem um fusca kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Robson Pacheco

          E mesmo com esse recorde de público teve renda inferior!!

  • Mario

    o problema do Corinthians vender o naming rights tambem passa pela crise mundial q cortou muito dinheiro q ia para propaganda e marketing das empresas ,mas com o titulo mundial que trouxe visibilidade mundial e os amistosos internacionais que time ira fazer durante a copa das confederações possa ajudar a trazer um patrocinador forte.

    parabens p/o Palmeiras , mas o contrato é 300 milhões por 20 anos(e tem que ver quanto sera a porcentagem q WTorre ira levar) e o Corinthians pede 400 milhões por 10 anos o que seria mais q o dobro.

  • Edgar Itaberaba Ba.

    Nao vale nada curintiano comprou o ingresso tem q passar fome o resto da semana kkkkkkkkkk
    sugestão para nome pitu.51.ou outra pinga kkkkkkk

    • Dermivaldo

      Pagando 450 milhões pode ser até a marca de cueca que a sua mãe usa.

      • TRi Mundial Doom

        ESMOLAO também serve, com o corinthians pedindo dinheiro até pra mendigo pra terminar o estádio…Isso porque o clube que dizem ter dinheiro é o corinthians…já pensou se é verrdade.

        Mané Garrincha nao pode, mas a FIFA nao vai ligar se for “ESTADIO ESMOLÃO DE ITAQUERA” seria oficial by FIFA.

        • Dermivaldo

          Pior é ter um estádio sem cobertura em que a torcida fica 3 km longe do gramado.
          Até o Andreas Kisser tá morrendo de inveja.

          • TRi Mundial Doom

            vai ter cobertura e se nenhuma empresa fizesse o São Paulo teria o dinheiro…já o curintias…

          • Dermivaldo

            Estão esperando a cobertura do Panetone ha mais de 60 anos.
            O maximo que conseguirão é um mosquiteiro gigante.
            E o problema da distância kilometrica entre torcida e gramado?
            E os estacionamentos que faltam?
            E o metrô?
            E os pontos cegos?
            E os alagamentos quando chove?

        • Rodrigo

          Não entendi. Cem reais ganhos de um mendigo valem menos que cem reais ganhos de um banqueiro?

        • Oscar de melo

          Cobertura no panetone,é o mesmo que maquiar a Regina Casé.

          • Cesar

            Oscar, essa foi SENSACIONAL! Vou divulgar, muito bom, kkkkkkkkk!!!!

            “Cobertura no panetone,é o mesmo que maquiar a Regina Casé.”

  • Com licença Janca e demais comentaristas deste blog!

    Estamos falando em iniciativa privada, em empreendedorismo, estamos falando em riscos empresariais que qualquer negócio particular está inserido.
    Agora, em um contexto que abrange aquisição de terreno, construção e infra-estrutura de recursos humanos tendo a injeção de dinheiro público, nem
    poderia ser classificado para ser mensurado como investimento de empreendedor.
    Clubismos a parte, mas o que se observa é que cairá no esquecimento toda a estratégia para a consolidação de massa eleitoreira realizada pelo PT, ou por que não dizer, o atual governo.
    Quanto está custando aos cofres públicos esta “brincadeira” de fazer estádio para a Copa 2014 e até que ponto a oneração afligirá os bolsos dos contribuintes? Até agora esta grande ciranda da alegria que “premiou” uma agremiação particular encontra-se escondida por detrás dos panos da omissão do MP em investigar os custos desta obra. E vamos acompanhar também o desfecho do processo do Mensalão PT por que descobriram bilhões de R$ depositados fora do Brasil.
    Resumindo; se realmente o valor de “naming rights” do Corinthians vale R$ 400 milhões, poderiam pagar em parte o que o contribuinte já está pagando por esta
    obra faraônica. E na pior das hipóteses; talves esta obra acabe por ser marcada pela onda de corrupção e interesses partidários exdrúxulos prejudicando grande parte da populução alienada ao “oba-oba” da Copa e deste modo, não ter oferta nenhuma de compras de direitos de nome empresarial devido ao receio de expor o próprio nome como conivente ‘a corrupção.
    Falei.

    • Rubens

      “Clubismos a parte”, você deveria dar uma lida maior sobre os instrumentos de financiamento da Arena Corinthians, assim não passa vergonha, que tal?

      Linha de financiamento do BNDES é para todos, BR Foods, JBS etc tem nada mais, nada menos que o BNDES como sócio através do BNDESPar. Por se tratar de um financiamento, subentende-se empréstimo, não doação. Só muito recalque a ponto de ignorar isso.

      A prefeitura de SP criou o CID muito antes da Arena, utiliza-a frequentemente para fomentar o desenvolvimento de áreas degradadas na cidade de SP. Posso estar enganado, mas Itaquera não é lá a região mais rica e desenvolvida da cidade.

    • Dermivaldo

      O contribuinte não está pagando nada por essa obra faraônica.
      Pelo contrário, o Corinthians é que está sustentando a Copa para os contribuintes.

      • Dermivaldo

        Qual o clube que não ganhou terreno? Os CT´s do Palmeiras e do São Paulo foram construídos aonde? Como o são Paulo pagou pelo CT de Cotia? O Grêmio ganhou o terreno do novo estádio. Botafogo, Fluminense e Vasco ganharam terrenso para construção do CT. O Flamengo ganhou 5 milhões da prefeitura para construir o CT. O Inter ganhou o terreno do Beira-Rio. O são Paulo cosntruiu como o Morumbi? O Atlético Mineiro ganhou o terreno para construção da cidade do Galo. O Cruzeiro ganhou terreno. o Botafogo praticamente ganhou o Engenhão. O Plameiras terá isenção fiscal para cosntrução do seu novo estádio. O Gremio teve isenção. O Inter teve isenção.
        Não tem nada de diferente de um clube para o outro. Vá se informar.

        • Dermivaldo

          E todos os clubes, além de ganharem os terrenos, constroem seus CT´s com incentivos fiscais, seja Corinthians, Palmeiras, são Paulo, Santos ou qualquer outro.

    • Dermivaldo

      O governo vai perdoar 2,5 bilhões em dívidas dos clubes (dinheiro público), mas se for ver bem o que cada clube deve, o valor é muito maior.
      O que você vai fazer à respeito?

      • Matias

        E na hora de “clubismos a parte” todo mundo esquece dos outros estádios da copa. Parece que só a arena corinthians existe. Se toquem, antis. Mineirão, que é praticamente do cruzeiro agora, arena pernambuco que vai ficar pro náutico. E o pior de tudo ainda é essa arena mané garrincha em brasília. um estádio que poderia ter a final da champions league, mas fica no meio do nada, sem nenhum time pra usar, e custou 1 bilhão de reais.

        • Caio

          Mas é exatamente isso matias…. não é que parece, na verdade SÓ EXISTE CORINTHIANS!

          Por isso somos o clube mais rico fora da Europa, por isso temos o maior patrocínio, por isso temos as maiores cotas de tv, etc…

          Não fique bravo, devemos é agradecer aos demais por nos ajudar a fazer do timão o maior das Américas e em um futuro próximo, o MAIOR DO MUNDO!!!!!!!!!!!!!

  • Edgar Itaberaba Ba.

    Pq só meu fica em moderação

    • janca

      Desculpe a demora pra liberar, mas como tenho outras atividades e não fico conectado o tempo todo, às vezes a liberação do comentário demora um pouco. Mas depois que você comenta da primeira vez, desde que entre com mesmo nome e mesmo e-mail, a publicação é automática.

  • Edson E Jesus

    Naming rights do Corinthians = “MINHA CASA, MINHA VIDA”, alguém duvida? Ja tem o dinheiro da Caixa, o Banco do Brasil, junto o BNDES, já liberaram o dinheiro da construção agora só falta o Governo liberar de vez a torneira.

    • Dermivaldo

      E o que tem de errado?

    • TRi Mundial Doom

      Kkkkkkkkkkkk e o clube quebrandoo o porkinho pra pagar o restante do estadio…

      • Dermivaldo

        350 milhões de juros em 15 anos… faça as contas seu antílope afeminado.

        • TRi Mundial Doom

          350 milhoes em dívidas? É pior do que eu pensava. Vai curintias!

          • Dermivaldo

            Que dívida? Estádio é investimento. Sem o Estádio o Corinthians fatura 350 milhões por ano, com ele o Timão vai faturar 650 milhões por ano. Em 15 anos serão no mínimo 9 bilhões em faturamento. Isso sem levar em conta que os futuros patrocinios serão ainda maiores.

  • Dermivaldo

    Acho que o Corinthians poderia conseguir 450 milhões por 10 anos, ou seja, 45 milhões por ano.
    Mesmo pq é o clube com mais espaço na mídia e vai sediar a Copa.

    A Caixa teve um retorno de 23 milhões nos primeiros 43 dias de contrato com o Corinthians, em virtude de tamanha exposição, é o que diz o procurador do Ministério Público que deu parecer favorável ao patrocínio da Caixa.

    Mas uma coisa é certa, o Morumbi está completamente ultrapassado, deveria ser demolido e construído outro estádio. Não tem cobertura e a torcida fica muito longe, não dá nem para ver os lances direito.

    E antes que os antis digam besteira, o Corinthians irá pagar 350 milhões de juros pelo empréstimo do BNDES.

  • Moreno

    Janca,

    Gosto de ler seus textos, mas não gosto de ler os comentários. Quanta ignorância deste povinho. Você libera apenas os comentários dos ignorantes? É só que tem aqui.

    • janca

      Todos os comentários são liberados. E boa parte deles, como você deve ver, reflete muito do que acontece na nossa sociedade e acaba sendo marcada pelo clubismo, que assim como a paixão política ou a ânsia pelo poder, cega.

  • Renato Sá

    Olá Janca.
    Lembra da Kyocera? Você deve se lembrar, mas será que a maioria das pessoas que acompanham o futebol lembram? E os que nem são tão apaixonados, será que lembram? Aposto que quase ninguém lembra.

    O Atl-PR foi dos primeiros a vender os direitos de nome de seus estádio…. grande fiasco (para a empresa). Assim como na Superliga de volei é um grande fiasco os direitos sobre os nomes dos clubes.

    Motivo: A Televisão! Em especial os canais ligados a Globo. Nunca ouvi nas narrações chamarem o estádio atleticano de Kyocera Arena, mas sempre de Baixada. Não ouço nas partidas de volei “SKY Pinheiros”… só “pinheiros”. Culpa dos Clubes (também), que ávidos por venderem cotas de TV “esquecem” de mencionar isso no contrato. Culpa da TV (principalmente) que se recusa a mencionar nomes de empresas não anunciantes.

    Mas tem como, a F1 obrigou a Globo a falar Red Bull e não RBR (que as vezes ainda se ouve).
    Você, como diretor de mkt de uma empresa, colocaria o nome dela num estádio por R$500mi sabendo que a exposição na TV será ridiculamente pouca? E esses R$500mi investidos em outras ações de mkt, será que não renderiam mais?

    • Felipe Lima

      Taí! Chegou num ponto interessante.

      Permissão, Janca, pra acionar o MODO CONSPIRAÇÃO (Hehe!)…

      Pelo que eu li pelos blogs afora, a Globo não cita nome de empresa, principalmente se for concorrente de algum anunciante seu. No caso da Red Bull, a mesa desembolsou uma boa quantia para que sua marca fosse veiculada normalmente – mas apenas na F1; na Stock continua sendo a equipe Andreas Mattheis.
      No caso das arenas, os clubes devem contar com a exposição em programas de mesa redonda de outras emissoras, transmissões para outros países, até mesmo a Libertadores, já que a Fox cita o “Nome fantasia” do estádio. Caso contrário, só vejo justificativa nesses valores absurdos se for pra pagar a tal da “liberação” da Globo.

      Se for o caso, a exposição será sucesso garantido.

      • Renato Sá

        Já reparou nas entrevistas pós jogo ou pós treino?
        Atrás sempre há um banner com os logotipos dos patrocinadores… as imagens, principalmente dos canais Globo, mas não só, fecham ao máximo o foco no entrevistado. Tudo para não aparecer imagens de empresas não associadas à emissora. Chegou-se ao cúmulo de os clubes apelarem para um “minidoor” colado ao microfone… como num desespero para aparecer algo. Os clubes se curvam demais aos meios de mídia. Não precisa ser inimigo, não devem, mas uma relação simbiótica, onde todos ganham (principalmente jogadores e torcedores).

    • janca

      Lembro sim, mas agora o caso (ou os casos) tende a ser diferente. Há negociação em curso para que as arenas sejam conhecidas pelos nomes que ganharem _aqueles dos que comprarem os chamados “naming rigths”.

      • Ton

        Exatamente Janca, é só ver como a mídia se refere a Libertadores “Copa Santander Libertadores” e agora “Copa Bridgestone Libertadores”. Veja o caso do GP de Fórmula Indy no Brasil que a emissora que detém os direitos de transmissão chama de “GP Itaipava Indy 300 Nestlé”. A questão do estádio do Furacão foi em outros tempos e não as vésperas de uma Copa do Mundo. As coisas mudam e o Marketing também!

        • Felipe Lima

          Ton,

          A Bandeirantes sempre teve essa liberdade com os “direitos de batismo” dos evento (por exemplo, quando a mesma detinha a transmissão da Superliga, era BCN, Leite Moça, Rexona, Report, e não Osasco, Curitiba – hoje Rio – e Suzano, pra ficar nesse exemplo.
          Um mais atual: o Paulista foi rebatizado de “Paulistão Chevrolet”, e a Band não faz cerimônia nenhuma para citar o patrocinador.
          Já na Globo, parece que ela quer ao máximo ter problemas de exposição de marcas que concorram com os SEUS patrocinadores. Por isso, suprimem os nomes das empresas – com o cúmulo de transformar a Ulbra (faculdade no RS) em Canoas.

      • Renato Sá

        Vamos ver se nos jogos do Bahia ouviremos “Arena Itaipava” dos narradores da Globo e Sportv…

        De qualquer forma acredito que a grana desembolsada para batizar um estádio é dinheiro jogado fora. As métricas que medem o retorno não são nenhum pouco confiáveis e ficam na escala da subjetividade.

        Aqui no Brasil ainda vai demorar muito tempo para as pessoas adotarem esses nomes… Um dos únicos lugares que deu certo foi o Palestra… que meio no sem querer é “Parque Antarctica” … Alianz Palestra Arena não pegará nunca e o Itaquerão? Esse terá dois nomes “Fielzão” pelos corinthianos e “Itaquerão” pelos visitantes.

  • Nao importa se sera 300 ou 400 milhoes, duro e escutar o Andres Sanches falando depoois que o corinthians paga pelo estadio e nao foi descaradamente ajudado pelos governos demagogicos e pelas armacoes da CBF, ate agora nao colocou um centavo na construcao e so levantou dinheiro as custas de favores de empreiteira e BNDES, iria vender naming ratings de maquete???????? Trouxa e o povao que apoia estas demagogias e desperdicio de dinheiro publico, Sao Paulo precisava gastar dinheiro publico para ter copa do mundo??? Com dois estadios modernos Arena Palestra e Morumbi feitos com dinheiro particular, alem do Pacaembu quevirara um elefante branco na mao da prefeitura, a mesma que deu 400 milhoes de isencao fiscal ao itaquerao e doou o terreno, vai chupando povo brasileiro

  • César

    Janca,

    É sem duvidas o estádio mais valioso de Sp por ser do clube com maior audiência em meios de comunicação e se tratar da Arena de abertura da Copa 2014.

    Eu não acredito que a Allianz pagou o valor que o Palmeiras está divulgando e também não acredito que o Corinthians vai conseguir vender por mais de R$450.000.000,00.

    Não é questão de valer ou não, mas economicamente nosso país não está no melhor momento e os fatores risco desse tipo de investimento são grandes, visto que a própria mídia tende a ignorar o nome de direito do estádio.

    Mas tomara que consiga e que dê retorno aos investidores, a bagunça que é nosso futebol ainda limita de mais o crescimento de investidores.

  • paulo

    o nosso estadio para começar a conversa, lance inicial é de 1 bi chupa antis

  • Victor Dunstan

    Janca,Ninguém fala do local? comparar a Arena Palestra fica difícil…e outra já é ITAQUERÃO,qual empresa vai querer meter a cara? Só se for empresa tipo a Caixa,com dirigentes corinthianos levando sempre uma taxinha por fora!!

  • Luis Figueredo

    Caro Janca,

    Por favor, não tome minha crítica como paixão clubística. Elogio quando acho boa matéria e crítico quando vejo falhas. Também reflita no que eu vou falar, por favor.

    1) Corinthians: o recomeço

    O Brasil inteiro reclama do corinthians e este já está se tornando o clube mais odiado do país (deve passar o Flamengo, mesmo com torcida menor), enquanto os jornalistas o defende. Dizem que é o clube que da mais Ibope e por isso merece toda essa atenção e é natural. E repretem o apelido dado por Corinthians para quem é contra: “os anti”.

    Bom, isso é só minha opinão. Mas gostaria que refletisse sobre isso. O Corinthians durante muito tempo NÃO foi o clube mais odiado do país. O ódio sempre foi proporcional ao número de torcedores. O que mudou? Para mim só existe uma resposta: a cobertura jornalística. Tudo mudou na eleição para o clube dos 13. COmo todos sabem, Sanchez foi o responsável por melar o clube dos 13 a mando da Globo (interessada no direitos do Brasileirão) e do Ricardo Teixeira (irritado com a perda do comando do clube dos 13). O Corinthians desde então ganhou tudo (mais dinheiro da Globo, maior contato com a CBF e com seus benefícios). Até o Estádio, segundo a figuraça Alexandre Kalil. Verdade ou não, ninguém pode negar que o Corinthians entrou em outro patamar com a Globo e CBF.

    2) COrinthians e a mídia:

    Desde que começou essa nova era COrinthians-Globo, o primeiro ganhou mais atenção. Aumentou seu horário na TV. Comentários passaram a ser todos positivos. Escandalos abafados, e.g., acusação de pedofília na base.
    Isso faz mais torcedores odiarem o COrinthians. Porque enxergam o tratamento desigual. O jornalístas dizem que é porque tem mais Ibope. Oras, deve ser MUITOO Ibope para tanta diferença de atenção. Hmm, pior que não né. O Ibope muda de 20pts par 18pts em grandes jogos, de 16pts para 15,14pts em menores (isso é o que a gente escuta falar, nada oficial). Segundo, o Ibope só se mede em SP. E no resto do país? A torcida do Flamengo está quase toda no nordeste. Será que não tem mais televisores vendo o jogo do Flamengo do que do Corinthians?

    3) Apoio incondicional

    O Corinthians se diz o maior, maioral que vai conseguir mais dinheiro que todo mundo. Não conseguiu o maior patrocínio de fornecimento (perde para Flamengo e SP) e ganha por muito pouco no patrocínio da principal (deve perder se o Flamengo conseguir outros patrocínios). Mas a mídia só repete o canto do COrinthians: se ele diz que consegue é porque consegue. Isso vale para essa matéria sobre o Naming Rights. Pode até conseguir, mas não precisava de tanto apoio da mídia para isso. O Itaquerao ficará em lugar isolado, região de baixo poder aquisitivo. Será que vai ser esse sucesso mesmo? A história diz que torcedores gostam de estádios perto e a tendência é encher. Nos estádios de díficil acesso e longem, eles não vão (Com razão, jogo 9:45pm, termina quase meia-noite, sem transporte de qualidade, acordando noutro dia cedo para trabalhar fica díficil).

    4) A Globo só faz o que da mais dinheiro

    Tem que ser muito ingênuo para acreditar nisso. Poder e influência valem muito mais do que dinheiro. Valem crédito que é convertido em muito, mas muito mais, dinheiro. Quer um exemplo? Extinção do clube dos 13: São Paulo e Atletico-MG dão um Ibope excelente para a Globo, mas de repente, no Brasileirão logo após a confusão, perderam grande parte dos jogos da TV aberta. De um ano para o outro perderam inúmeros jogos (e isso implica menor aparição na mídia=menos dinheiro). Isso por que? Não foi porque a Globo achou que SP e Galo trariam menos dinheiro, mas foi pura e simples retaliação. Só consertaria o problema se os dois assinassem o quanto antes com ela. Dito e feito!
    A Globo usa a imagem dos clubes ao seu bem interesse. 20pts na audiência ou 18pts fazem pouca diferença. Agora ter a aliança com um clube com poderes de influência vale muitooo mais. Por isso toda a atenção para o Corinthians: Faça o que eu peço que eu te dou o que você quer.
    O resto da mídia entra no bonde por conta boiada. Se um grande diz, outro repete, então é estranho eu não falar nada. De repente, de um ano para o outro, todo mundo fala do Corinthians. A desculpa: sua torcida.

    * POR FAVOR, apenas reflita sobre isso!!!

    * POR FAVOR, NÃO ME CHAMEM DE ANTI (isso parece desculpa de menino do primário).

    Abs,

    Luis FIgueredo

    • Ton

      Cara, eu li todo seu comentário, mas sinceramente……não dá nem pra debater, só consigo ter pena de vc e de pessoas que pensam como vc. Geralmente, sinto pena das pessoas invejosas, são frustadas e se incomodam com o sucesso dos outros. Que Triste!

    • Marioh

      Uma verdade é o que você disse ” tudo mudou após o Sanchez melar o clube dos 13″. Isto é verdade porque muitos estavam como parasitas do Corinthians. A última pesquisa da Pluri, mostrou que o Corinthians no Sudeste(região de maior poder aquisitivo do País) tem o dobro de torcida do SPFC , 25% a mais que o Fla e 3x mais que o Palmeiras e, no entanto, pelo clube dos 13 recebia a mesma cota da TV. Um time que só a presença de sua torcida no campeonato paulista foi maior que a soma de todo o campeonato carioca não deve ser considerada pela mídia? Um time que num jogo contra o Atletico Sorocaba, já classificado, e jogando com time reserva, com renda de 24.000 pessoas? Um time jogando pela libertadores teve o índice na TV IBOPE similar a seleção brasileira na Copa do mundo, deve ser despresada pela mídia?
      Você que não gosta de ser chamado anti, mas é dessas pessoas que torcem para o Corinthians não ganhar jogos é que aumenta o IBOPE na TV.

    • Marcos

      ………VERDADEIRA…TEORIA..DA…CONSPIRAÇÃO……ANTI

    • TODO PODEROSO

      CHUPA ANTI!!! Se contente com seu clube sendo inferior ao TODO PODEROSO CORINTHIANS!!! Curve-se a nos!!!

    • Cesar

      Caro Luis Figueiredo, só o tempo que você levou para dissertar sobre o Corinthians, por si só reflete o grau de importância que vocês, torcedores de outros clubes, nos dão.

      Eu JAMAIS perderia tanto tempo escrevendo UM LIVRO, criando teses sobre o seu time, como você fez agora.

      Na verdade, ações como a sua acabam por contradizer as suas teorias da conspiração, e só confirmam o que nós corintianos sabemos faz tempo, graças a torcedores como você: o Corinthians é o Clube Mais Importante do País. Simples.

      Abraços!

  • Luis Figueredo

    Opss esqueci uma coisa!

    Sobre a economia. O PIB cresceu abaixo do esperado. Não é nenhum problema, as obras de infra-estrutura devem ter efeito daqui a 1-2 anos, de acordo com a “The Economist” (revista direitaça) e a “The Guardian”. O grande problema foi nosso Min da Economia mentir para fazer os empresários investirem. Ele não é burro, sabia que o PIB não ia crescer tanto, mas o mercado funciona muito no grito. O problema é que mentindo ele pode perder o poder do grito.

    Inflação?? Outra lenda inventada! Ela passou um pouquinho da meta. Por que? 1. Dentro de um ano, a moeda desvalorizou em 25%, isso faz com que a inflação cresca quase igual. 2. Os alimentos são quase que inteiramente responsáveis pelo grande aumnto de preços. Motivo, safra ruim. O que fazer? Reclamar com deus. Nenhum economista pode resolver esse problema. Por isso que nos EUA e na Europa os economistas usam o núcleo da inflação que EXCLUEM esses valores. Porque são voláteis. Esse ano subiram, próximo ano podem cair e a inflação cair.
    Aumentar juros foi puro, mas puríssimo, lobby dos bancos privados que estavam perdendo dinheiro com a queda dos juros.

    Abraço,

    Luis Figueredo

    • flavio

      Sobre marketing você não entende nada. E continue torcendo para qualquer timeco de sua preferência. Esconda-se por detrás desta sua falácia que não engana ninguém!!

    • janca

      O ministro mentiu para fazer os empresários investirem? Só rindo, só rindo… E quando interessa a “The Economist” é parâmetro e vale ser citada, quando não interessa você e seu partido a descartam. Então tá…

    • Cesar

      Minha Nossa Senhora… rapaz, lamentável sua argumentação!

      Por favor, não me leve a mal, mas afirmações suas como “o ministro mentiu para fazer os empresários investirem” só fazem você perder ainda mais a credibilidade; não é um bom caminho, colega.

  • O nome do pulgueiro dos gambás deveria se chamar Lula Arena, ou talvez PT Arena, BNDES Arena ou até mesmo o nome que combina mais: CARANDIRÚ ARENA.

  • Luis Figueredo

    Poxa sinceramente, esperava mais.

    Paixão clubística foram as respostas. Todas: “Vai toma..” “é os anti!”

    Você tem trabalho de fazer um comentário longo, com vários pontos e ninguém comenta nada além de “os anti”! Ninguém debate. É fod..

    Eu não tenho interesse partidário algum. Faço doutorado em engenharia e não conheço nenhum político. Votei no PT nas últimas duas eleições principalmente por conta dos investimentos em pesquisa: durante todo o governo FHC as bolsas de pesquisa ficaram congeladas, houve uma perda absurda de poder aquisitivo (que já era baixo) dos nossos pesquisadores. Quando eu entre no mestrado ganhava menos de R$700 e agora o pessoal do mestrado já ta ganhando r$1500. Isso não tem nada de interesses políticos.
    Basta procurar para eu ver que isso é verdade. Todos partidos políticos do Brasil (do mundo na realidade) tem problemas e coisas boas. Tem pessoas boas e pessoas ruins e corruptas. Agora odeio pessoas que ficam te taxando porque você fala uma coisa boa do governo, ou uma coisa ruim. vOCÊ não pode ter opinião sem ser a favor de um ou a favor de outro?

    Eu tento ler bastante, coisas de diversas áreas, para estar bem informado e não cair em ladainhas que a gente escuta em todo lugar.
    Aqui é um dos pouquissimoss lugares que eu tenho o trabalho de responder uma matéria. Achava que você gostava de responder, e acho que até que gostava. Mas responder apenas: “ahh isso é paixão clubística”, “isso é interesse político” é muito fácil e vazio.

    Ninguém se deu ao trabalho de responder. Imagina de fazer alguma reflexão. Só “política”, “os anti”.

    Sinceramente, não da mais vontade de responder. Se os únicos comentários aceitos são os a favor e nenhuma crítica é bem vinda. Uma pena, sinceramente. Como já disse, aqui era um dos poucos lugares que eu respondia.

    • janca

      Então, com todo respeito, não responda mais e siga em outros espaços com sua defesa incondicional do governo, do legado (legado?) do Pan, da organização dos Jogos Olímpicos de 2016 e da Copa de 2014. É um direito seu.

      • Luis Figueredo

        Eu realmente não sei qual é o legado do Pan, além do que escuto na mídia.
        Não moro no Rio para defender que houve legado ou não. Acho que não houve. É o que escutamos pelo menos e nunca escutei nada contrário. Nunca defendi que houve legado e nunca defendi governo do Rio porque simplesmente não moro no Rio.

        Agora já morei em Londres e sei que todos moradores reclamam da mesma coisa que a gente reclama. Que não há legado, que é um desperdício de dinheiro enorme. E lá como aqui, os gastos estimados não chegam perto. A única coisa que já falei do Pan é que os gastos foram 10x maiores do que o previsto (não me lembro agora os valores, mas acho que chegou na casa do Bihão), exatamente a mesma proporção das olímpiadas de Londres. Esperavam gastar 3 bilhões de libras e chegaram (segundo a Forbes) a 30 bilhões de libras (cerca de 90 bilhões de reais), o que representa mais do que os gastos na Olimpiada e na Copa juntos se não me engano.
        Agora isso não é defesa de governo algum. Isso é apenas um fato. Criticamos e devemos criticar, agora não podemos ser cegos e acharmos que isso só acontece no Brasil. Em qualquer país do mundo, tanto FHC como Lula seriam heróis nacionais pelo que fizeram. Aqui no Brasil, se você falar bem de algum ato político, você é militante. Isso é fod demais.

        Se isso é defender o governo, ser anti, blabla, é fod..
        Se você fala mal da organização dos jogos, não te acuso de ser da oposição, se eu falo que isso é ruim mesmo, mas também acontece em outros lugares qeu a Fifa e as Olimpiadas tocam, eu sou militante.

        Outra coisa, defesa incondicional é quando você vê respostas como “é os anti”. Errado ou certo, é simplesmente mais fácil taxar a pessoa do que discutir. Isso é defesa incondicional e cega. Discussão faz os dois lados amadurecerem idéias. Sempre estou disposta a discutir e ouvir comentários lógicos contrários. É ótimo quando alguém traz alguma informação que quebra seu argumento. Faz você raciocinar. Agora, respostas como “é os anti”, como respodner? Para estas sim, não existe resposta.

        Bom, já disse demais.
        Não quero ofender ninguém e de forma alguma quero taxar você de ser oposição ou Corinthiano, ou seja lá o que for. Desculpe, se passei outra impressão.

        Abraço, bom domingo e boa coluna.

        • janca

          Ok, se pra você a Copa e a Olimpíada estão uma maravilha em termos de organização e o exemplo que cita pra justificar isso é Londres, não tenho o que argumentar. É fazer de tudo para defender o governo, quando fato é o que aconteceu no Engenhão. Mas para você há o governo e um partido a defender. A qualquer preço. Então não há como argumentar.

          • Luis Figueredo

            Cara, juro que é a última vez.
            Não entendo a insistência em taxar alguém. Isso é uma das coisas mais infantis que existem. Não discutir apenas taxar.

            Me diz como que eu estou defendendo alguém se ao mesmo tempo estou falando mal de dois países. Não estou falando que aqui é uma maravilha. Pelo contrário, concordo e ratifico a crítica aos gastos no Pan, Olimpiadas e Copa.
            O que eu respondi é quando milhares de vozes gritam “isso só existe no Brasil”. Isso não ocorre só no Brasil, isso ocorre na Inglaterra, nos Eua, na Alemanha etc. FAZER UMA CRÍTICA A LONDRES (que por sinal tem milhares de vantagens em comparacao a estrutura com relação a qualquer cidade do mundo), NÃO É DEFENDER PARTIDO POLÍTICO NO BRASIL.

            Como alguém faz esse link não sei.

            Boa tarde.

          • janca

            Última vez, então. Você usa outros países para poder justiticar as mazelas que acontecem no Brasil. Se elas ocorrem em outros lugares _em alguns ocorre num nível até pior do que aqui, em outros não_, isso não justifica os equívocos do governo, dos dirigentes e do partido político de sua preferência.

  • francotimao

    João,Acho q os caras do marketing estão apostando na proximidade da copa pra conseguirem realizar um ótimo negócio nos “namings”, acho q é um tanto temeroso essa tática, acredito q já houveram ofertas porém estão querendo algo ao menos muito próximos do q eles imaginam q possam conseguir, isso é mercado e negócios, ao longe só nos resta esperar pelos desdobramentos e torcer pra tudo de certo e a bem do Corinthians…Abs!!!!!!!!!!

  • will itaquerão

    A pergunta é quanto vale uma uma região que concentra 4 milhões de pessoas ou 40% da populada de SP?! Quantos shows populares dará para fazer além das partidas de futebol!

  • Marlon

    A ARENA DO PALMEIRAS SERA GERENCIADA PELA AEG E TERA UM CALENDARIO QUE GIRA EM TORNO DE 120 EVENTOS POR ANO…
    POR ISSO O “NAMING” TEM UM EXPOSIÇÃO MAIOR NA MIDIA DE MODO GERAL, NÃO APENAS AO PUBLICO DO FUTEBOL MAS A TODOS OS PUBLICOS….
    ITAQUERÃO SERA APENAS PARA JOGOS DO CORINTHIANS.
    POR ISSO A ALLIANZ ESCOLHEU O CERTO.
    COPA DO MUNDO SÓ DURA ALGUNS JOGOS, O CONTRATO COM WTORRE/PALMEIRAS E POR 20 ANOS!!!

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo