Conflito de interesses?



Ronaldo pediu socorro à Globo para se defender das perguntas sobre possível conflito de interesses no fato de ter aceitado comentar a Copa das Confederações e o Mundial pela emissora e ao mesmo tempo seguir cuidando da imagem de jogadores como Neymar e Lucas, presenças consideradas certas nos dois eventos.

Assim que foi convidado e fechou acordo com a TV, Ronaldo passou à emissora a tarefa de negar conflito de interesses entre seu papel na 9ine, empresa da qual é sócio e capta patrocínios para as duas promessas do futebol brasileiro, e a função de comentarista. Segundo o estafe do ex-jogador, cabe à Globo, que fez o convite, e não a Ronaldo, justificar o porquê de não verem conflito de interesses com a nova tarefa.

A Central Globo de Comunicação logo se manifestou _e segue nessa linha_, dizendo que o ex-atacante já criticou os jogadores publicamente, que os contratos com os atletas não envolvem exclusividade e que a trajetória de Ronaldo permite que ele comente os jogos com espírito de independência e isenção.

Em 2011, Ronaldo atrapalhou-se ao defender sua participação no Comitê Organizador Local da Copa, a convite de Ricardo Teixeira, mesmo sendo sócio da 9ine, empresa de marketing esportivo que intermedeia contatos ligados ao Mundial. Foi por isso, aliás, que agora resolveu agir diferente e se escorar na Globo.

O interesse da emissora em contar com um jogador com a história de Ronaldo é antiga e o sonho de um dia tê-lo como comentarista, nem que fosse com o status de convidado, vem desde os tempos em que Casagrande ficou afastado em tratamento médico. Além de Ronaldo, a Globo chegou a cogitar, tempos atrás, a contratação de Romário, que depois acabaria enveredando pela política. E se tornando comentarista da Record, função que exerceu no Pan de Guadalajara, em 2011, e depois nos Jogos de Londres, no ano passado, quando já era, diga-se de passagem, deputado pelo PSB-RJ.



MaisRecentes

Galo pega fogo



Continue Lendo

Cornetas no Palestra



Continue Lendo

Grêmio ainda reclama



Continue Lendo