A campanha de Romário



Romário prepara campanha à reeleição a deputado federal pelo PSB-RJ como metralhadora ambulante do esporte. O ex-jogador, que espera conseguir ampla votação ano que vem com os ataques que vem fazendo à CBF e à organização da Copa de 2014, deve passar a mirar com mais força também o COB e os preparativos aos Jogos do Rio-2016, especialmente depois do escândalo que virou o Engenhão, tido como um dos maiores, se não o maior, legado do Pan.

No Congresso, tem sido voz atuante e importantíssima para dar visibilidade às mazelas do mundo esportivo brasileiro. Pediu, sem sucesso, nova CPI para investigar os negócios da CBF, participa de comissão que discute limitar mandato de dirigentes de confederações e federações e recentemente fez requerimento pedindo a presença de José Maria Marin no Congresso para explicar seu envolvimento com a ditadura militar.

Mas ao atacar Marin e Marco Polo Del Nero, a dupla que comanda (e muito mal) a CBF, porém, Romário tem, pelo menos a me ver, perdido a mão.

No início da gestão Marin, quando se preparava para comentar os Jogos de Londres para a Record, era só elogios ao dirigente, como era só elogios a Del Nero, vide entrevista à revista “Caros Amigos” em maio do ano passado. Na ocasião, o deputado atacava todo mundo, chamava a Fifa de corrupta, criticava a classe política brasileira e batia inclusive em seu partido, o PSB, mas poupava Marin e Del Nero.

Agora não. Em entrevista publicada anteontem pelo “Estadão”, chegou a dizer que sente saudades de Ricardo Teixeira, que teria se preocupado mais com a seleção do que os dois. E vai além. Diz que se Andrés Sanchez for mesmo candidato a presidente da CBF provavelmente terá seu apoio.

Com um discurso assim Romário prega o continuísmo. Ter saudades de Teixeira, por pior que seja Marin (e ele é péssimo), não dá. Nem defender Andrés, que chefiou a delegação brasileira na Copa de 2010 e se tornou escudo de Teixeira como diretor de seleções da CBF.

Uma mexida no futebol brasileiro não passa por Marin, Del Nero nem Andrés. Passa por uma mudança no estatuto da CBF, ampliando seu quadro eleitoral, limitando o mandato do presidente e permitindo a participação da sociedade civil na gestão da seleção, sem falar em nomes de fora do “establishment”. Caso contrário, como acontece em “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell, vamos mudar e mudar para voltar exatamente ao mesmo lugar. O velho e conhecido “seis por meia dúzia”. Menos, Romário, menos.



  • Krau

    Bom dia Janca:
    Esse é o mundo do futebol. Como diz um velho ditado: Tem dia que de noite é assim. Só gostaria de saber o porque que o Andres Sanches é tão adorado pela torcida do Corinthians, e tão odiado por parte da imprensa Paulista e Carioca!

    • Victor Dunstan

      Simples,ele trabalho pelo corinthians ficou rico pelo cluube…e querendo ajudar,atrapalhou,colocou interesses já que estava com Teixeira,vide a quantidade de falcatruas nas arbitragem…quem ñ se lembra Ronaldo chegou até a apitar faltas,penâltis,totalmente descabíveis,fruto de politicagem fora e dentro de campo…fora outros exemplos de rolo do tal dono de empresas Andrés sanchez…vc devia se informar mais,eu que nem cúrinthiano sou,ainda sei o lixo que impera na politica pro lado do fazendinhaa…kklkkkkkkkk

      • Oscar de melo

        Só mais um anti chorão.

    • janca

      Não é questão de ser amado ou ser odiado, ao contrário do que você diz. Boa parte da torcida corintiana imagino que goste dele porque foi o presidente que viabilizou a construção do estádio corintiano, acertou ao trazer um economista para cuidar do marketing do clube, apostou em Tite, quando muitos torcedores exigiam sua saída… E a meu ver acertou ao defender a limitação de mandatos e a rotatividade na presidência do clube. Só que se aliar a Ricardo Teixeira, defender o ex-presidente da CBF até não poder mais, servir de escudo para o dirigente, atolado em denúncias de corrupção e hoje curtindo “la dolce vita” na Flórida, não dá. Andrés faz parte do “establishment”, é o continuísmo, como também são Marin e Del Nero. Até por isso defendo uma terceira via. Uma via alternativa.

      • Oscar de melo

        Andrés Sanches é um estrategista,só não vê quem não quer.Quando se aliou a Dualib,já que ocupou com o ex-presidente corithiano cargo até mais importante que na CBF,diziam o mesmo sobre ele,porem na prática,o cara se mostrou o mais competente dirigente de futebol no Brasil.Negar que ele seja o mais competente que apareceu nos últimos anos,é ignorar os resultados visíveis a olho nu que este alcançou no Timão.Clubismo sim,choradeira de derrotados sim.Essa é a única explicação pra campanha contra o Andrés,mesmo sabendo,que sua intenção,é exatamente o que se implora a anos no futebol brasileiro,organizar o calendário,criar na entidade,transparência,assim como no Corinthians,único clube que demonstra seu balancete sem máscaras.Andrés traria uma nova perspectiva ao futebol nacional.E pensem “antis”,a cada lateral apontado para o Corinthians,que fatalmente inicia um longa supremacia no país espalholizado,vocês terão mais um argumento pra dizer que sempre é roubado.Não é uma boa?

  • bob

    È Janca,como existem otários para tudo,que acreditam nêle, é bem provável que consiga.

    • janca

      Até acho que tem mandado bem na Câmara, pelo menos é uma voz que fala contra os desmandos da CBF. Mas não podemos nos esquecer que Marin e Del Nero tinham o aval do deputado, que agora está pendendo para o lado de Teixeira/Andrés. Diz, inclusive, na entrevista ao “Estadão” que Marin e Del Nero romperam com Teixeira… A meu ver Marin, Del Nero, Andrés e Teixeira são farinha do mesmo saco, tanto que trabalharam juntos _e mal, diga-se de passagem_ na CBF. A seleção está à deriva e não é de hoje.

      • bob

        Janca.como vôce demonstrou ,êle é um grande troca tintas,não é inteiramente confiável nas suas intenções,pois hora está de um lado,hora está do outro,que ele acabara de atacar fortemente.Calado êle seria um poeta.

        • janca

          De fato ele tem mudado muito rapidamente de opinião… E de alianças.

  • Victor Dunstan

    Janca…bom Feriado a vc,família!! Sobre Romário,ele devia mostrar mais pela politica,não somente Futebol,e sim pela vida,pela saúde…Eu que sou Deficiente Auditivo sei bem o qt demorou pra se conseguiur A.S.I (Aparelho Sonoro Individual),todos que precisam tem de recorrer a uma única q cidade,é cansativo,perdi emprego até,por me fazer falta,realmente atrapalha,mas consegui…são pequenas coisas que um deputado poderia focar…somente um dos exemplos,muiita BURROCRACIA,POUQUISSIMA AGILIDADE POR PARTE DAQUELES QUE PODERIAM REALMENTE AJUDAR mais não,ficam na maioria das vezes fazendo média,seja com torcida organizada ou pessoal…devia fazer que nem o Tiririca não dá pra fazer nada,não depende só dele..mete o pé,sai fora,enganar quem?

    • janca

      Mas eu não acho ruim que ele foque no esporte. Pelo contrário. Alguém tem que focar. O que contesto é ele acabar pregando a troca de seis por meia dúzia. Vibrou quando saiu Teixeira e entrou Marin, agora pelo jeito quer o Andrés no lugar do Marin e já sente até saudades do Teixeira, mas se ficarmos com esses nomes, os mesmos de sempre, é seguir “andando em círculos”.

  • Victor Dunstan

    E pensar que mesmo pegando os aparelhos grátis,pelo SUS..a caixa economica os financia em ate 60 suaves prestações…quem não tem conhecimento cai nessa de pagar uma coisa que é de direito!!!!!!!!!

  • Mario

    é triste ver alguns jornalistas acreditam no Romario , qualquer pessoa pode ver q ele só critica as coisas p/se manter na midia e criar seu curral eleitoral.

    se Romario fosse serio já teria criado pelo menos 5 projetos p/fiscalizar a CBF e o futebol p/tentar acabar com a proteção juridica dessas cartolagem e não ficar só falando, olha q se ele criasse só um projeto de fiscalização do futebol já teria apoio de todo mundo .

    o Andres não é o candidato dos sonhos da maioria , mas se comparado ao q vez no timão aos outros candidatos ele é o melhor , mas os jornalistas preferem sonhar com candidatos utopicos q não nunca vão entrar na luta p/mudar as coisas .

    • janca

      O Andrés, se entrar, não seria pra mudar, já que faz parte do grupo do Ricardo Teixeira, grupo que está na confederação há mais de duas décadas.

      • Mario

        Andres tambem fez parte do grupo do Dualibi no timão e depois q virou presidente fez um trabalho muito melhor .

        Como disse Andres não é o candidato do sonhos , mas é o melhor dos q os atuais .

        • janca

          Fez e disso poucos lembram hoje. Mas não acho que ele seja melhor do que os atuais. Acho tão ruim quanto. Questão de opinião…

          • rubens

            chega ser engraçado ver o esforço da midia em desmerecer a administração do Andres, o cara pegou o time na serie B e hoje é campeão mundial, campeão de arrecadação, modelo de gestão, projeção da marca, construção de infraestrutura. Isso são fatos, imagina ai torcedor do porco se o time de vcs tivesse uma diretoria competente para mudar de verdade os rumos do time.

          • janca

            O trabalho dele como diretor de seleções da CBF foi péssimo.

          • valter

            Para o Corinthians ele não foi ruim e tampouco desonesto. Veja os resultados. Se vc tem alguma prova de desonestidade dele, informe. O Parreira, o Zagalo e agora o Felipão também estiveram na CBF com o Teixeira como presidente. Eles também são desonestos e ruins?

          • janca

            Com todo respeito, jamais disse ou escrevi que o Andrés é desonesto. Você não leu o post ou não conseguiu entender o que escrevi. Disse que ele foi escudo do Ricardo Teixeira na CBF, este sim atolado por denúncias de corrupção, e representa o “establishment”. Em relação ao Parreira, nada escrevi no post, mas acho ele fraco, sim, especialmente para este momento da seleção. Aliás não entendo o que está fazendo na comissão técnica da seleção.

          • Oscar de melo

            Andrés fez parte do grupo do Dualib e mudou tudo no Corinthians.Esse argumento já não serve pra não acreditar nele.

  • Celo

    a Maioria dos jornalistas temem … caso o André entre e ganhe essa eleição … não por ele ter alguma ligação com o Ricardo Teixeira …. isso o Andrés deixou bem claro … ele apoiou o cara pois o cara o estava apoiando … não que ele seja igual ao cara …. Os jornalistas teêm medo pois o Andrés é CORINTHIANO … este sim é o maior medo de todos … principalmente dos jornalistas cariocas …. estes fazem um lobby horrível contra o Andrés … jogando e formando a opinião de quem não conhecem ele.

    O medo é tanto dos jornalistas principalmente cariocas … é que o Andrés favoreça o CORINTHIANS á se firmar como o maior clube das Américas.

    Como se o CORINTHIANS precisasse disso.

    • janca

      Aí é a visão clubística que infelizmente cega o torcedor.

      • Oscar de melo

        Jornalista também.

  • Marioh

    Janca,
    O pecado do Andrés é que ele fala a realidade na lata e isto choca muitas pessoas tanto do clube como de outras torcidas. A principal necessidade da CBF ao meu ver é mudar o estatuto atual. Deveriam limitar o mandato do presidente ( maximo duas gestões), e balancear o peso dos eleitores (federações), pois é incorente um estado como o Piaui ter o mesmo peso que o RS ou SP ou RJ.
    Mas para isso é preciso um presidente corajoso e isto o Andrés em sua gestão o fez, alterando um estatuto secular no Corinthians.

    • janca

      O pecado do Andrés é o que ele representa, suas alianças, enfim. Inclusive com o ex-presidente da CBF, de quem o futebol, pelo menos a meu ver, não sente saudades. Nem deveria.

  • rubens

    mudar o estatuto é fundamental e olha só que coisa, não é que essa foi umas das inúmeras coisas boas que a gestão do Andres fez pelo Timão…

    • janca

      Também acho que foi fundamental. Mas na CBF, como representante e escudo do Ricardo Teixeira, a história foi outra.

  • Fernando Duarte

    Janca, há alguns posts atrás eu comentei sobre o Romário. Eu escrevi o mesmo que escrevo agora. A dupla Marin Marionete & Del Nero, é um lixo, e terríveis para o futebol brasileiro (presente e futuro). É a perpetuação do clientelismo, do toma lá dá cá pela manutenção do poder, e com o agravante do passado tenebroso de Marin, e do recente envolvimento de Del Nero com espionagem, obtenção de informações por meios ilícitos etc.
    Entretanto, Romário está longe de ser o paladino da ética que muita gente considera. Romário é oportunista e interesseiro, e simplesmente encontrou o “nicho” perfeito para pavimentar suas próximas eleições. Atirar e liderar uma “cruzada” contra os grandes vilões é fácil, e ele não terá o menor escrúpulo no futuro em se desdizer de tudo que diz e defende hoje.
    Já se revelou um pouco, nesse apoio de cartas marcadas ao Andrés Sanchez, mas no futuro, pode apostar, será pior. Hoje, ele faz o jogo que o “povo” quer ouvir, mas no futuro…
    Eu nunca confiei nele. E afinal, o que se pode esperar de um sujeito ( o único que eu conheço) que brigou com o Zico ????
    Abs

    • janca

      Oi Fernando. Um receio que tenho é justamente esse, ele estar falando o que o “povo” quer ouvir e de repente mudar de acordo com as circunstâncias. Dizer que até sente saudades do Ricardo Teixeira e que pensa em apoiar Andrés contra Marin e Del Nero, que teriam rompido, segundo ele, com o ex-presidente da CBF, acho grave. E talvez ele tenha encontrado mesmo o nicho perfeito, como você diz, para pavimentar sua candidatura nas próximas eleições. De qualquer jeito, apesar dos pesares, acho que tem sido uma voz importante no Congresso. Grande abraço, Janca

  • Edson – Santo André

    Caro Janca,

    Este caso mostra exatamente como é o amorfismo político e ideológico em nosso congresso.

    Também vindo de quem vem não me surpreende nem um pouco!

    Vale lembrar que o então jogador do Vasco Romário declarava para quem quizesse ouvir o apoio ao Eurico Miranda, presidente do clube na época, inclusive naquele trágico jogo da Copa João Havelange em 2000 na final contra a São Caetano, onde mais de 150 pessoas ficaram feridas em um São Januário superlotado e o dirigente querendo jogo, ignorando bizonhamente o ocorrido. Daí já podemos perceber o quão questionáveis suas atitudes.

    Um jogador que fora de campo nunca deu bons exemplos, muda de opinião facilmente não se sabe porque, e como comentarista de futebol nas Olimpíadas de Londres, abusou do direito de comentarista de futebol e não satisfeito atacou o técnico Mano Menezes em âmbito pessoal, com extrema má educação e sem nenhuma compostura.

    Vale ficarmos atentos as suas movimentações no Congresso pois, com estes antecedentes,
    não ficaria surpreso se ele de repente “percebesse” que estava atacando erroneamente o “ilustríssimo” senhor Marin, passando de uma hora para outra a apoia-lo.

    Por último, a quem possa resaltar que o deputado Romário está engajado na luta pelas crianças especiais, será que o mesmo apoiaria esta causa se não sentisse esse problema de perto, tendo uma filha nessas condições?

    Abs.

    • janca

      Em relação ao Vasco de fato apoiou Eurico Miranda durante algum tempo, atuava no clube carioca, depois veio o litígio, mas que a metralhadora contra Roberto Dinamite foi disparada depois que o filho do deputado foi dispensado de São Januário e transferido para o futebol de Brasília isso também aconteceu.

  • Rodrigo

    Acredito que Romário, embora tenha feitos algumas coisas boas, se comporta como a maioria dos políticos: sempre vislumbrando algo para si.

    Todos sabemos que o Brasil não condição nenhuma de receber copa e olimpíadas, mas nossa mente alienada acha que vai ser bom para o país. Bom para o país e todas as pessoas tendo acesso a saúde, a educação de qualidade, etc.

    Os jogadores de futebol têm um poder impressionante nas mãos…. pois são vistos e seguidos por muita gente. Desta forma, poderiam incitar o povo a expurgar da política todos os políticos corruptos, mas o que fazem? Se associam a eles.

  • TRi Mundial Doom

    Romario ta querendo se reeleger falando de saudade RT? que André Chances teria seu apoio?

    Perdeu foi voto… Se tá ruim, que dê mais nomes fora os que concorrerao, nao preccisa assumir um lado entre esses dois provaveis.

    RoMario criticou Mano que foi por causa de Andre Chances que deu chances a Mano, daí muda tudo, ele critica os que estao e volta a Era Paleozoica ? O futebol brasileiro vai descobrir a roda e andar em circulo assim.
    Vale lembrar que o futebol brasileiro é motivo de um pouco respeitto ao Brasil lá fora, se fosse organizado já seria visto com melhores olhos e ter bem mais respeito, pelo menos pelo futebol dentro e fora de campo…

  • Oscar de melo

    Janca,em sua opinião contra o Andrés,nota-se um repetitivo argumento,no qual condena e decreta sua passagem como diretor de seleções da era Ricardo Teixeira,como sendo péssima.
    Em que sentido ele foi péssimo,e o que ele poderia fazer de melhor?

    • Oscar de melo

      Outra coisa.Gostaria de saber o que o Raí tem feito pelo futebol além de nada?

    • TRi Mundial Doom

      Ele nao poderia ter feito nada, nao existia esse cargo, ele tava ali de gaiato, pra garantir convocacao do esquecido jucilei, cristian …

      • Oscar de melo

        Tri mundial?Torce pra Alemanha?

  • francotimao

    Janca, esse sempre é o problema dos caras, eles se perdem em seus devaneios, tem q focar o alvo pra poder realmente atingir os objetivos, msm ele sendo ou estando “meio” perdido ainda assim é bom apoia-lo contra essa corja de vagabundos…!!!!!!!!!!

MaisRecentes

Itaquera-2018



Continue Lendo

Brigas no Fla



Continue Lendo

Paulistas com medo



Continue Lendo