A resposta de Jesus Lopes



Publico, abaixo, resposta de João Paulo de Jesus Lopes ao post “Estrelas x Ney Franco”, que publiquei anteontem e o diário LANCE! reproduziu em sua edição de ontem, sobre pressão do dirigente pela saída do técnico do São Paulo, cujo trabalho é defendido por Juvenal Juvêncio.
 
Conforme havia colocado no post, oficialmente o vice-presidente são-paulino, que chegou a dizer ter ficado envergonhado com a atuação do time diante do The Strongest, no Morumbi,  nega que queira a saída do treinador e continua negando, como vocês podem ver no texto abaixo. E faz veemente defesa do seu trabalho. Segue o texto, como legítimo direito de resposta do vice-presidente tricolor:
 
“Jamais defendi a demissão do Ney”

Por João Paulo de Jesus Lopes

Vice-Presidente do São Paulo

“Recebi com surpresa a menção feita a mim na coluna Estrelas x Ney Franco, publicada no espaço Blog do Janca do jornalista João Carlos Assumpção, do Diário LANCE!! de hoje (ontem), 20 de Março de 2013, uma vez que a menção feita a mim é absolutamente inverídica.

Na condição de vice-presidente de futebol do São Paulo FC, JAMAIS “defendi” a demissão do treinador Ney Franco a quem quer que seja.

A uma, porque, conforme já manifestei à imprensa, esse tema JAMAIS foi objeto de qualquer reunião entre o presidente e dirigentes do departamento de futebol do São Paulo FC., tendo em vista entendermos que esse assunto sequer está em discussão no momento.

A duas, porque, conforme também já tive a oportunidade de expressar em diversos veículos de comunicação, na condição de vice-presidente de futebol, considero de ÓTIMA QUALIDADE, o trabalho que o treinador Ney Franco tem realizado à frente do time de futebol do São Paulo FC.

Entendo que não poderia ser avaliado de outra forma um trabalho que, tendo se iniciado em julho de 2012, portanto, em meio ao primeiro turno do Campeonato Brasileiro, levou o São Paulo FC. a ser a equipe que conseguiu o maior número de pontos no segundo turno dessa mesma competição, venceu a Copa Sul-Americana 2012 – conquistando assim, seja pelo Campeonato Brasileiro, seja pela Copa Sul-Americana, o objetivo de classificar o São Paulo FC. para a Copa Libertadores 2013 e pela Recopa 2013 – e, já neste ano, lidera o Campeonato Paulista 2013, além de manter sólidas chances de obter a classificação para a fase seguinte da Copa Libertadores 2013.

Suponho ter o jornalista se baseado em fonte por ele considerada confiável, mas lamento profundamente que não tenha tido o devido cuidado de checar comigo uma informação inverídica, citando o meu nome e atribuindo a mim manifestação que jamais proferi e que é contrária ao meu real pensamento. Obviamente a fonte utilizada, mentirosa, procedeu de má-fé.

Diante do quanto ora exposto, desejo que essa minha manifestação seja publicada em mesmo espaço, com o mesmo destaque dado à informação inverídica, como forma de garantir o meu direito de resposta.”



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo