Festa dos paulistas



Algo que não consigo entender é o futebol paulista e sua federação de futebol comemorarem o “sucesso” do Estadual, que seria melhor do que o do Rio. O motivo? A melhor média de público, média que está na casa dos 6 mil torcedores por jogo, enquanto no Rio ela não chega aos 3 mil por partida.

É o roto falando do esfarrapado. Mais motivos para comemorarem têm os ingleses, que conseguem colocar mais de 35 mil torcedores por jogo em seu campeonato nacional, enquanto a Espanha se aproxima dos 30 mil de média.

Tanto em SP quanto no Rio os Estaduais ocupam muito espaço no calendário _quatro meses_ e têm fórmulas esdrúxulas, que não atraem torcida. Em SP, um primeiro turno que quase nada vale, com 19 jogos pra cada time, classificando-se nada mais nada menos do que oito para o chamado mata-mata, quando começa o campeonato de verdade. No Rio, uma banalização de finais, seja na Taça Guanabara, seja na Taça Rio. Em SP, os grandes muitas vezes jogando com reservas em campo e usando o torneio como teste, enquanto no Rio não faltam times medíocres entre os pequenos, muitos dos quais, como os do interior paulista, são de ocasião.

Já passou do tempo de repensar os Estaduais, um fracasso no Sul, no Paraná, em Minas e em tantos outros estados mais. E pensar na volta do falido Rio-SP está longe de ser o caminho ideal. Põe longe nisso.



  • Ton

    Oi Janca, quem escolheu esse Marco Polo Del Nero como presidente da Federação? Foram os presidente dos clubes?

    Acho difícil mudar, é muita politicagem e jogo de interesses……..

    • janca

      Lamentavelmente foram sim os presidentes de clubes, Ton.

  • Felipe Lima

    Janca, enquanto os números ficarem em segundo plano, e as torcidas comprarem isso, continuaremos com a desilusão de que “um estadual é melhor que o outro”.

    Reconheço que o futebol paulista estava até uns 5, 7 anos atrás, bem distante de todos os outros. Agora, fora os 3 grandes (Palmeiras irei desconsiderar, não por não ser grande, mas pelo momento turbulento), os times decaíram muito. Podemos dizer, hoje que até em São Paulo o nível do estadual é varzeano – no meu Rio está pior, admito sem medo.

    • janca

      Os grandes clubes de São Paulo têm uma situação financeira, tirando o Palmeiras, que enfrenta fase complicada, melhor do que os do Rio, mas os Estaduais são tão ruins quanto. Duro de assistir. Tanto que o foco no momento é a Libertadores, exceto o Santos, que não está no torneio. E o regulamento do Paulistão é esdrúxulo. Simplesmente esdrúxulo.

  • francotimao

    Janca, campeonato arrastado, enfadonho, só interessando para políticos fazerem médias e jogar “pra torcida”, pois para os próprios clubes (leia-se os grandes) só tem nestes campeonatos fonte de perda de tempo e dinheiro, além de desgastar os atletas e os mesmos correrem riscos de contusões, não trazendo nenhum beneficio para os clubes e sim, só gastos e desgastes….Abs!!!!

    • janca

      E muitas vezes, Francotimão, nem pra pré-temporada eles servem. Pra alguns clubes seria melhor excursionar, fazer amistosos no exterior. Abs.

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo