Marin e a Conmebol



O presidente da CBF, José Maria Marin, tem dito que a CBF fez o possível e o impossível para tentar ajudar o Corinthians a ter sua pena diminuída na Libertadores, mas o clube paulista não vê assim.

Marin e Marco Polo Del Nero, que ajuda a dar as cartas na confederação, chegaram a conversar pessoalmente com Nicolás Leoz, o presidente vitalício da Conmebol,  quando o Palmeiras jogou e perdeu em Assunção para o Libertad, na semana passada. Voltaram de lá com más notícias, dizendo que o fato de quatro torcedores terem conseguido entrar com liminar na partida Corinthians x Millonarios, no Pacaembu, prejudicou ainda mais o time e que não teriam muito o que fazer.

A direção corintiana tem outra visão. Acha que no mínimo faltou tino ou boa vontade à dupla Marin/Del Nero, que deveria ter explicado que o Corinthians não era réu na ação e sim a Conmebol e que o clube insistiu para os quatro não entrarem no jogo. Que eles entraram garantidos por uma liminar na Justiça e conscientes de que faziam isso contra a vontade da diretoria.

Na avaliação da diretoria do Timão Marin está jogando para a plateia, indo ao Paraguai e até cogitando realizar um amistoso do Brasil contra a Bolívia para serenar os ânimos, o que não foi confirmado oficialmente até agora.

Marin e Del Nero sabem que a punição ao Corinthians e a tragédia de Oruro, tragédia ligada à Gaviões da Fiel, podem prejudicar mais Andrés Sanchez, desafeto dos dois, do que a CBF, especialmente com a repercussão que teve dentro e fora do país. Por mais que insistam que estão ao lado de Mario Gobbi e do clube paulista eles preferem esperar de camarote os próximos passos, já que essa novela promete. Ainda faltam muitos capítulos. A aguardar.



  • infelizmente é uma pena ver o futebol brasileiro dominado por cartolas de campeonatos estaduais falidos e que só prejudicam o nosso espetáculo. Claro que o corinthians merece uma punição, mas temos também que punir os 4 otários que eliminaram qualquer chance do timão voltar a ter torcida esta libertadores. Além dos 4 imbecis, o que vai acontecer com aquele timinho boliviano que não zelou pela segurança dos próprios torcedores??? Por que o corinthians teve que jogar a mais de 100km de um aeroporto(como manda o regulamento)???e qual será a punição da fifa a conmebol(uma instituição ridicularizada que coneguiu transformar uma competição continental pouco rentável e insegura)???

  • FZZ

    Futebol é politicagem, jogo de interesses, lobby, dinheiro ….. qualquer outra coisa é superficial …

    POR ISSO JÁ NÃO SOMOS MAIS O PAÍS DO FUTEBOL HÁ ANOS …

    • Bruno

      Falou tudo.

    • Sandro

      Perfeito !

  • Tri mundial doom

    se for mesmo por culpa dos 4 torcedores a não diminuição da pena imposta ao corinthians, então será melhor que o time jogue o resto a temorada sem alguém na arquibancada para não ser excluído do planeta por mais alguma besteira que algum torcedor faça…
    O que será que deu na cabeça dos 4 torcedores para ir contra o próprio time de coraçäo e usar liminar sendo que poderiam complicar mais o clube ?

    • Sandro

      O barbudinho precisava fazer propaganda do escritório de advocacia dele !!!

  • César

    Esse Mário Gobbi é ingênuo ou Burro? Nunca vi um ingênuo chegar a presidência do maior clube de um país, mais já muitos burros.

    • Dermivaldo

      Hoje em dia “Maior clube das Américas” e daqui a dois anos o terceiro maior do mundo.

  • concordo com vc tri mundial, 4 retardados que queriam se aparecer, pensou mais no ibope pessoal do que ajudar o timão!!!! agora se prejudicar mais quero ver o que eles irão fazer!!

    • Dermivaldo

      Na minha opinião os 4 estão certos. Cada um com seus problemas. A justiça vale para todos. 4 e nada é a mesma coisa, portanto, se a Conmebol punir o clube por isso, é apenas mais uma desculpa. Os brasileiros tem que aprender a brigar pelos seus direitos, sejam eles quais forem.

      • janca

        Não se trata de estarem certos ou errados. Eles tinham liminar e portanto o direito de ver o jogo, mesmo que isso venha a prejudicar o Corinthians. E a intenção deles era ver o jogo, aconteça o que for com o clube.

  • francotimao

    Ola, Janca, esses 4 Roberts podem ter prejudicado ainda mais o timão, incrível como a imbecibilidade (se é q existe esse termo) não tem nome, cor ou classe social, esses idiotas e sem noção deveriam sumir do mapa e nunca mais ir ver um jogo do timão, o cara la de Oruro cometeu o erro, porém não tinha noção dos desdobramentos do caso, mas esses pseudos torcedores sabiam sim das consequências, só podem ser torcedores antis infiltrados..Abs!!!!!!!!!!

    • janca

      São torcedores que conseguiram uma liminar. Mas deram a impressão de quererem 15 minutos de fama. Na era da futilidade e das celebridades de ocasião já viu, né? Abs.

  • Edson – Santo André

    Janca,

    Na minha visão, enquanto os patrocinadores da Libertadores não forem prejudicados, nada irá acontecer. Essa guerra fria entre o presidente de CBF e o Andrés Sanches ainda terá muitos fatos novos e o ex-presidente do Corinthians anda muito quieto. Agora, se começar a mexer com o retorno dos patrocinadores, ai tudo muda de figura. Um exemplo: No Jogo do Corinthians x Millionários, a audiência da TV Globo foi maior, ainda por conta da “novidade” dos portões fechados. Se houver qualquer mudança neste cenário, não só as emissoras que detêm os direitos de transmissão, mais os patrocinadores do evento pedirão explicações à Conmembol, ou pelo menos poderão fazer uma consulta para saber até onde vai esta punição. Se haverá interferência ou não, pelo menos velada acho que vai.
    Achava que o antigo presidente Ricardo Teixeira fosse o pior dos piores para a CBF, vejo que ele foi superado pelo superadíssimo Marin.

    Abs.

    • Renato

      “Achava que o antigo presidente Ricardo Teixeira fosse o pior dos piores para a CBF, vejo que ele foi superado pelo superadíssimo Marin.”

      é, amigo, e pode ficar pior ainda (Andres Sanches).

      a única esperança é o governo Brasileiro “tomar posse” da CBF, caso contrário ninguém jamais será responsabilizado por qualquer crime.

      • janca

        O governo brasileiro tomar posse e de repente nomear um Orlando Silva da vida para comandar a CBF? Tampouco é a solução, Renato. Prefiro um conselho com representantes da sociedade civil e também do governo gerindo a CBF _e com representantes de técnicos, jogadores, um conselho de notáveis. É possível fazer. Do jeito que está é que não dá. Não digo que o Marin seja pior do que o Teixeira, mas tão ruim quanto ele é. E o Andrés, idem.

  • Sandro

    CBF uma vergonha !!!! CONMEBOL, outra vergonha !!! …Resumindo, nada presta, e ainda tem gente da imprensa que bate no peito e afirma que o Brasil é o país do futebol!!! A Argentina vai ganhar a Copa de 2014.kkkkkkkkkkkkk……Aposto que não ganha,futebol sul-americano é falido ,quebrado……..Infelizmente, estamos a nos luz do futebol europeu !!!

  • J.Martins

    O J.M.Medalha não tem qualquer interesse em dar apoio ao Corinthians, é claro. Enquanto isso, o time da zona oeste (do qual o sr.Medalha afirma ter sido atleta…) saiu-se com uma pena brandissima, mesmo tendo sido os seus empregados os protagonistas do patético episódio ocorrido naquela final da 2.a divisão, com direito a agressão contra os jogadores portenhos. Para o sr. Medalha, uma eliminação precoce do glorioso Alvinegro do PSJ é tudo que ele pediu (e deve pedir todos os dias) a Deus. Se antes havia “bairrismo” na CBF, agora temos “clubismo”.

  • Ton

    Por isso que entendo que a direção do Corinthians teria que mostrar pulso firme e deixar a competição. O que a direção não deveria ter feito é ameaças sem credibilidade de cumpri-las como só ameaçar deixar a competição e impedir a entrada da imprensa no jogo contra o Milionários. Bater em retirada seria uma mostra que o clube é contra tudo isso que está acontecendo e continuar em um campeonato desorganizado como esse é ser conivente com a situação.
    Agora, o clube pode ser punido por uma ação do qual nem é réu no processo e caso a punição permaneça é óbvio que outros torcedores que já adquiriram seus ingressos irão conseguir ver as partidas contra Tijuana e San José por meio de liminares.
    O mais interessante foi a declaração de um membro da CONMEBOL…..Segundo ele, “o direito do consumidor não foi desrespeitado porque é como um concerto musical, no qual o show é cancelado e o consumidor tem o seu dinheiro de volta”. Comparação sem nexo na minha opinião, se considerarmos que a partida não foi cancelada.

    • janca

      Não acho que a solução seja deixar a competição, Ton. Mas não acho, até que se prove o contrário, que o clube seja responsável pela entrada dos quatro torcedores. Eles estavam com liminar e quiseram entrar. Direito deles. Fazer o quê?

  • vaz

    Janca, não estou aqui interessado em defender ou acusar o Corinthians mas a CBF deveria oficialmente fechar fileiras na defesa de um seu afiliado não é? Como se vê, se um clube precisar de empenho da CBF, esqueça. A CBF apenas constata o fato e nem argumenta? Como se vê só conseguem fazer qualquer coisa nos bastidores (acho é que não fizeram é nada), na conversinha de pé de ouvido, na calada da noite como se diz. Acho que o cachimbo faz a boca torta. Alguém consegue imaginar isso acontecendo com o Boca e seus barrabravas? Federação Argentina de boca calada?
    Penso que esta mesma CBF deveria ser objeto de ação pública só por insinuar que o clube se prejudicou ao permitir a entrada dos torcedores. estão incentivando o desrespeito aos leis do país. Deveriam os dirigentes do Corinthians fazer o que segundo a CBF? Peitar a polícia e descumprir uma ordem judicial? Colocar seguranças privados para levantar barricadas e confrontar a polícia que está lá para garantir o cumprimento da liminar? As regras da Conmebol estão acima da constituição brasileira? Parece que na visão da CBF a resposta é sim para todas as perguntas. Estes dois estão apenas preocupados com jogadinhas políticas rasteiras e nenhuma preocupação que as leis sejam respeitadas.
    Não é muito díficil imaginar o que se passa com a cabeça dos dirigentes da Conmebol que nunca morreram de amores pelo Brasil. Agora assistimos um uso da tragédia para fins políticos pela CBF. O que se espera é que a justiça se faça doendo a quem doer e que puna as responsabilidades de cada um nesta história sem anseios de radicalização e nem omissões mais o que se está vendo na verdade é exatamente o contrário. Quanto mais leio mais fico com a certeza que estão mais preocupados em punir o clube para atender os mais escusos interesses do que qualquer outra ação que possa resultar em um fim para estas ações sem cárater e criminosas no futebol Sul-americano. A Justiça? Depende de que lado se olhe ou se esteja. Esta é a visão da dupla dinâmica.
    Quanto a vítima, vai servindo apenas de pretesto para ações nojentas de cunho político e piadinhas de mau gosto bairristas/clubísticas. Dentro de pouco tempo nem o nome do rapaz saberão mais.

    • Ton

      Você fez uma pergunta interessante. As regras da Conmebol estão acima da constituição brasileira??????????????????

      Até a CBF, meu amigo se coloca acima da justiça brasileira, tanto é verdade que nenhum clube pode recorrer a justiça comum. Lembra do coitado do Gama em 1999?

    • janca

      Seja qual for a questão acho complicado um clube contar com ajuda da CBF, mesmo em pendengas internacionais. Uma CBF nas mãos de Marin e Del Nero? Eles estão mais preocupados com o poder pelo poder do que com os clubes que deveriam representar. E, bem ou mal, defender. Nem isso fazem. O que fazem é politicagem.

      • Vaz

        Ouso dizer picaretagem mesmo! Só espero que Corinthians e San José dêem apoio inclusive financeiro a familia do rapaz como prometeram já que traze-lo de volta não é possível e que os clubes brasileiros passem a denunciar estas torcidas e parem de ceder ingressos, espaço, mídia, recursos e toda sorte de apoio que dão a estes caras. Se aprenderem isso já será uma grande coisa.

        • janca

          O Corinthians só agora pensa em procurar a família do garoto. Pelo menos deveria ter pedido desculpas, depois de amanhã serão duas semanas do trágico episódio.

  • Marcos

    JANCA………….agora que o Corinthians é o quarto colocado no mundo…….então deveriam nos convidar para jogar com os europeus……aparece mais

    kakakakak

    vai CORINTHIANS

    • Dermivaldo

      Sacanagem esse ranking. Como o Corinthians pode estar atrás do Chelsea e do Atlético de Madri? O Bayer ganhou o que?

  • @R9Sal

    Tá claro que o SCCP tá completamente sozinho nessa história mas ainda acho que o clube tem algumas cartas na manga

    01) Brigar na justiça pelo direito dos torcedores que compraram ingresso antecipadamente. Os 4 que entraram no Pacaembu quarta passada mostraram que é perfeitamente possivel.

    02) Caso a decisão de portões fechados seja mantida, o presidente convoca uma entrevista coletiva e anuncia que vai jogar a várzea sulamericana com o time reserva e ai sim começar a mexer no bolso dos patrocinadores, pois o interesse do corinthiano vai despencar, a audiencia e a venda de jornais na quinta feira não serão mais as mesmas. Ao mesmo convoca a torcida pra lotar o Estadio e apoiar a equipe nos outros campeonatos do ano – Paulista, Copa do Brasil e Brasileirão. Não vejo como a Fiel não comprar essa briga.

    Mas ao contrario, o que eu vejo é o presidente Mario Gobbi só faltando se ajoelhar aos pés de Nicolas Leoz

    • janca

      Mas segundo a direção corintiana pelo menos outros cem torcedores tentaram liminar para ver o jogo e não conseguiram. Apenas quatro teriam entrado, porque dois desistiram pensando no bem do Corinthians, ainda segundo a direção corintiana.

MaisRecentes

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo

Tricolor acuado



Continue Lendo