O custo Luxemburgo



Conselheiros de oposição no Grêmio pressionam a diretoria quando o assunto é Luxemburgo. Estão preocupados com a folha de pagamento do time, incluindo comissão técnica, que dizem estar entre as três maiores do país. A direção, porém, evita falar em cifras, argumentando apenas que formou uma equipe com estrelas suficientes para ganhar a Libertadores.

Luxemburgo pediu _e foi atendido_ uma série de contratações, a última das quais o atacante Barcos, do Palmeiras. Apesar de contar com um elenco muito forte _e muitíssimo bem remunerado_, a classificação para a fase de grupos da Libertadores só veio nos pênaltis, a estreia contra o Huachipato foi vexatória, mas o time se recuperou com uma atuação exemplar diante do Flu, no Engenhão. Pelo Gaúcho, acabou eliminado pelo Inter nas quartas de final da Taça Piratini, primeiro turno da competição.

A pressão em relação ao técnico é grande e a oposição teme que as contas depois possam não fechar caso o time não vença o torneio sul-americano e continue gastando uma fortuna com folha salarial. Lembra que em outros clubes ele já fez o mesmo, exigindo a contratação de uma estrela após a outra e depois, ao sair, um abacaxi _e todos os custos_ para a direção descascar.

Outra crítica a Luxemburgo é que ele estaria expondo publicamente o Grêmio e jogando a torcida contra a nova arena ao pedir para mandar jogos da Libertadores no Olímpico e ao responsabilizar o gramado pela derrota do novo estádio pelo vexame contra o Huachipato, por exemplo.

Eu, pessoalmente, acho Luxemburgo, ao lado de Cuca, um dos dois melhores técnicos do Brasil em atividade, mas a questão financeira, no caso do Grêmio e de outros times pelos quais passa o treinador, sempre exigindo mais e mais reforços, pelo preço que for, não pode mesmo ser deixada em segundo plano e a preocupação da oposição no Sul se justifica.



  • Armando Lima

    Janca, o Grêmio contratou o Moreno e hoje ele não figura nem entre os reservas. Má fase? Pode até ser, mas será tão má fase assim pra não ficar nem entre os reservas? Investimento de €9milhões + salário de R$ 600 mil por mês. Kleber custou uma fortuna e pra variar está no DM há um bom tempo. De verdade, embora o Grêmio tenha feito uma partidaça contra o Flu, nem de longe diria ser um time totalmente pronto para títulos. A defesa precisa ser mais testada e os laterais tem oscilado muito. Do meio pra frente é que o Grêmio se destaca, mas ainda assim quem segura o meio de campo é o Zé Roberto e o Elano. Quem poderia substiuí-los? O Grêmio de Luxemburgo pode até vencer a Libertadores, mas ainda não nos dá a certeza de que jogará um futebol que nos encanta. Acho que os dirigentes gremistas não estão errados em desconfiar…

    • janca

      Tampouco acho que a folha salarial não deva ser preocupação da direção do Grêmio. Deve ser, sim. O caso que você citou do Marcelo Moreno, cujo salário, segundo divulgado pela mídia, estaria na casa dos 450 mil reais por mês, é um exemplo disso. Apesar de não falar sobre salários, o que acho legítimo, a folha preocupa a direção do Grêmio, que quer resultados. Mas o Luxemburgo, apenas para lembrar, assinou contrato por dois anos. Tem um tempinho para mostrar resultados, inclusive porque o time é bom.

  • Edson – Santo André

    Janca, a culpa é toda dos dirigentes dos clubes que o contratam. Todos nós já sabemos quais são seus métodos de trabalho e como é a sua personalidade. Ele deve ter uma “labia” tremenda, sempre consegue influenciar os dirigentes a fazerem o que quer. Só depois de um tempo, quando o ônus começa a aparecer eles começam a cair na real, ai já é tarde. Ficam as dívidas, jogadores com salários astronômicos_vide Barcos, Vargas, etc… e um trabalho inconsistente. O que ele conseguiu na época Palmeiras/Parmalat nunca mais irá conseguir: jogadores fantásticos como Rivaldo, Muller, Roberto Carlos, etc, até porque a atual safra de jogadores e bem questionável. Deixo claro que acho o Vanderlei um bom técnico, mas sua trajetória mostra que ele pensa ser muito mais do que realmente é. Se fosse mais humilde, não tivesse tantos problemas extracampo, a sua carreira poderia ter sido bem melhor do que está sendo.

    Abs.

    • Armando Lima

      Bem lembrado Edson! E ainda vale dizer que mesmo com este timaço de Rivaldo, Miller e cia, perdeu a Copa do Brasil para o Cruzeiro que tinha um time bem mais modesto que o Palmeiras da época. Quando foi campeão pelo Corinthians, um time recheado de estrelas, seus atletas também não ganhavam pouco dinheiro. Me lembro de salários altíssimos.
      Luxemburgo foi um dos pioneiros a preparar bons times com excelente preparo físico e com isso colecionou vários títulos. Hoje, todos os grandes também tem excelente preparo físico e aí as coisas se nivelam e não me lembro do último título de expressão do Luxa. Hoje acredito que ele troca competência (que talvez HOJE ele tenha menos outros técnicos) por bons jogadores, ainda que a conta fique salgada demais para os clubes. Agora, a lábia, continua a mesma.

    • janca

      E na época do Palmeiras ele tinha, como você, lembrou a Parmalat por trás. Aliás, vale lembrar, a origem do dinheiro da empresa italiana foi muito questionada depois da parceria, com o escândalo em que a multinacional se meteu. Alvo de investigação de tudo quanto era lado. Acho o Luxemburgo um ótimo técnico, mas tem que tomar cuidado para não “quebrar” o clube _vide o que aconteceu no Flamengo, com a anuência, claro, de Patrícia Amorim. Depois o técnico sai e a conta fica com a direção do clube. Abs.

  • glademir steigleder

    Acho que as diretorias serao sempre criticadas, ora por nao contratar, ora por contratar jogadores caros. Se tivesse que escolher, certamente escolheria a segunda opcao, pois se e para errar vamos errar tentando ser grande.

    • janca

      Eu sou mais cauteloso e prefiro primeiro sanear as finanças. Mas como a pressão da torcida normalmente é muito grande o dirigente se sente acuado e acaba contratando.

  • Bruno

    O Luxemburgo é assim porque sempre que ele sai de um time já tem outro grande querendo contratar…
    Deixa ele um ano sem propostas, ou só podendo treinar times médios do país, que ele abaixa a crista rapidinho

  • francotimao

    Janca, Ja algum tempo eu me pergunto, como o Grêmio tem conseguido dinheiro pra montar esse time???, ainda não consegui achar uma resposta e, ainda temos q considerar q eles acabaram de inaugurar uma arena q não custou barato não, portanto continua sendo uma incógnita a fonte de renda do imortal…Abs!!!!

    • janca

      E a conta, apesar de a diretoria preservar os salários, não deve ser barata, não. Abs.

      • Marcelo

        Amigos. A conta realmente não é barata, mas tem explicação. O Grêmio vem de uma política de organização e pagamento de dívidas atrasadas desde que caiu para a segunda divisão. Primeiro com Paulo Odone, depois com Duda, novamente Odone e hj, com o Koff o clube já se encontra em situação mais satisfatória.
        Quanto a Arena é de se destacar que o custo que o Grêmio teve foi o Olimpico, que agora pertence a OAS, o restante é todo por conta da construtora, que terá parte dos rendimentos por vários anos. Na minha opinião um baita negócio para o clube.
        Já ao que diz respeito a folha, lembrem-se que temos um quadro social com quase 70 mil sócios adimplentes. Dai já sai boa parte disso.
        Portanto não se preocupem, o Imortal aprendeu com o passado e agora trabalha com gestão e planejamento. Abraços!

        • janca

          Eu espero, porque o clube, que sabe explorar bem o marketing esportivo, assim como o Inter e atualmente o Corinthians também, não pode voltar à situação que viveu nos tempos da falência da ISL. E não acho que isso vá ocorrer. Mas que tem que se preocupar com a folha salarial do elenco, tem, pois dinheiro não nasce em árvore, Marcelo. Abs.

    • Ronaldo Simenes

      A resposta está na arena. O Grêmio não tirou nenhum centavo de seus cofres. Pagará a arena com parte da arrecadação futura da mesma. Para tanto, já majorou (e muito) as mensalidades dos sócios (as mensalidades do Olímpico custavam de 86 a 169 reais, na arena são de 92 a 360 reais). A própria gestora colocou a venda passaportes anuais que custam de 183 a 399 reais mensais. Os valores dos ingressos estão bem mais altos. A receita para se vender todos esses pacotes, para os sócios seguirem adimplentes com valores majorados, para se vender ingressos a preços altos é necessário dar um tiro mais alto mesmo, arriscar um pouco além no aspecto financeiro. Nada é confirmado pelos dirigentes, mas especula-se que dentre os investidores que estão coloborando com estas contratações do Grêmio está a própria construtora da arena. A aposta é alta e o risco também, mas o momento de se dar um um upgrade, do clube saltar para o grupo dos de maior arrecadação era esse mesmo. Se houver retorno com títulos, exposição nacional e internacional, a conta se paga. Se der errado, sim, aí ficará uma conta salgada para ser paga.

  • Valmir Fontoura

    Sou Gremista!!! E definitivamente não queria e não quero o Luxemburgo no Grêmio, não tem o perfil do time e duvido que traga algum título importante para o clube. Todos os grandes títulos nossos foram ganhos com treinadores Gaúchos, não é Bairrismo, mas estilo de jogo o Grêmio não é pra jogar bonitinho como o Inter sempre tenta e não consegue, o Grêmio é Raça, Pegada, Atitude, jogo que só treinador gaúcho entende. Vide os considerados grandes do País, Felipão, Tite, Mano, foram os que junto com Valdir Espinosa deram títulos ao Grêmio e são de onde??? Gaúchos. Sobre jogadores caros, ele trouxe Vargas e tem o Bertoglio que joga mais e já estava no time; trouxe Adriano terceiro reserva do Santos para tirar Fernando volante de seleção; Dispensou Júlio Cesar, lateral esquerdo excelente pra contratar o bixado Fábio Aurélio, a 6 meses no time e ainda não entrou em campo machucado; a lista segue, e todos sabem que ele sempre leva algum dos empresários nestas contratações “quebra time” de dirigentes burros, ainda vão pagar 20mi se ele ganhar a Libertadores. Espero que seja demitido logo!!!

    • Gabriel

      Tambem sou Gremista e, em parte, até concordo com seu pensamento. Sua utopia de que treinadores gauchos sao ideais é partilhada pela maioria dos gremistas mas todos os treinadores que você citou são grandes treinadores independente da regiao do pais que nasceram mas gauchos tambem ja treinaram o Grêmio e nao tiveram nenhum sucesso vide Celso Roth, Renato Portaluppi, Julinho Carmargo. Acho que a direção fez um bom trabalho e que o Luxemburgo esta fazendo um grande planejamento(nao opino sobre especulaçoes de que ele leva dinheiro pq é especulaçao) e o Grêmio esta no caminho certo e você se contradiz toda hora, primeiro apoia que o Bertoglio poderia fazer o papel que o Vargas faz mas ele passou varios meses machucado e depois você critica Fabio Aurelio porque estava machucado? e o Adriano era titular do Santos campeao da America.

  • Iraí Coelho

    O problema do Luxemburgo é o mata-mata, não consegue ganhar de ninguém. Leva muito tempo para fazer a leitura do jogo, partidas de 180 minutos precisa de treinador que tenha rapidez de raciocínio para mudar o panorama do jogo de 15 em 15 minutos, para se possível matar ou virar o jogo.

MaisRecentes

Verdão vai às compras



Continue Lendo

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo