O tribunal da Conmebol



O que muita gente talvez não saiba sobre o Tribunal da Conmebol é que ele foi criado por pressão _legítima, aliás_ de patrocinadores e detentores de direitos de TV dos torneios sul-americanos, em especial da Libertadores. Como é muito recente e as penas previstas para os casos levados ao tribunal podem ir de uma simples advertência ou punição de 200 reais até a exclusão da competição, é natural que haja uma margem enorme para contestações.

O que acontece é que não há jurisprudência na corte, ou seja, não há um histórico de punições para garrafadas jogadas dentro do campo, pedradas em atletas adversários ou no trio de arbitragem e assim por diante.

O trabalho do tribunal começou do zero e punindo times brasileiros _caso do Grêmio, por conta da avalanche, e do São Paulo, por conta da final da Sul-Americana, sem falar na punição ao Corinthians, que está dando o que falar.

As penas, justas para alguns, injustas para outros, estão previstas em regulamento que todos os times assinaram. Se me perguntassem, diria apenas que outros clubes também deveriam ser punidos, como o Millonarios, da Colômbia, por agressão a um bandeirinha, o Tigre, pela confusão que aprontou contra o Libertad, sem falar na atitude no jogo contra o São Paulo, e o San José, que não ofereceu segurança aos torcedores em jogo em que era mandante.

Mas um erro não justifica o outro e é bom a Conmebol encarar de frente os problemas, que não são poucos em competições como a Libertadores. Ainda mais num momento em que o clima começa a ficar mais acirrado contra os brasileiros, o que já era esperado pela confusão na final da Sul-Americana, em que o ônibus do Tigre foi apedrejado por são-paulinos e agora pela morte do garoto Kevin Espada por um sinalizador disparado pela torcida corintiana.



  • francotimao

    Ola, Janca, é legitimo que se faça justiça, penso ser unanime por parte dos torcedores q se pague aqle q tiver q pagar deixo claro q sou a favor disto, só não sou a favor q um clube eqto instituição e sem a menor condição de se responsabilizar por atos de terceiros pague por isto, penso q para tanto existe a policia e a Lei (Código Penal), vejo como responsabilidade relativa o clube ser reu, isto ainda se ele for o autor, mentor, tutor ou organizador do evento (jogo de futebol), uma vez q cabe a polícia preventiva ou ostensivamente a responsabilidade pela segurança, a vida e o bem estar dos cidadãos seja nas ruas, na suas casas ou em eventos publicos ou privados…Abs!!!!

    • janca

      Em eventos privados a responsabilidade da segurança não é da polícia, não, pelo menos dependendo do que você chama de evento privado. Mas a punição ao Corinthians, mais uma vez, está na esfera esportiva, Francotimão, prevista por um regulamento que, bem ou mal, todos aceitaram. Justa ou não, ela está prevista. Abs.

      • Epaminondas

        Todos aceitaram porque acharam que as punições seriam justas e fundamentadas, o que não aconteceu.
        A questão não é punir e sim punir “corretamente todos que tem culpa”.
        Esse tribunal da Conmebol é uma fraude, só vai servir para ferrar os clubes brasileiros e aliviar a barra dos clubes dos outros países.

      • claudio

        injusta por punir só um lado. ou melhor, só brasileiros. não seria melhor os brasileiros deixarem de participar desses torneios? ja que a conmebol não gosta de times brasileiros?

        • Epaminondas

          Se os times brasileiros se unissem, caindo fora da Libertadores e cobrarem mudanças, como a saída do presidente da Conmebol que está lá há quase 30 anos, iria acabar a moral do campeonato e a Conmebol passaria por mudanças radicais. Outros países poderiam aderir.
          Vamos perder a oportunidade.

          • janca

            A saída do presidente da Conmebol? Ele virou presidente vitalício, com apoio de José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. Só sai morto da Conmebol. A não ser que faça como o papa e renuncie, o que duvido.

          • Antonio Manara

            O que nos temos que ver e que os clubes,”todos”, tem sim responsabilidades por sua torcida, por serem eles que comercializam ingressos. Na minha opiniao a Commebol, deveria punir os responsaveis por esse terrivel incidente, fazendo como a UEFA fez com o futebol Ingles, suspendendo por 5 anos todos clubes Ingleses, com o apoio da Primeira Ministra

        • janca

          Pelo contrário, acho que com a força econômica que têm os brasileiros _leia-se via direitos de TV_, a Conmebol está interessada na participação de nossos clubes. Imagine uma Libertadores sem a Globo e sem as equipes brasileiras. Lembrando que a TV argentina, assim como a economia dos “hermanos”, está indo para o buraco.

          • Michael Joshua

            Janca,não estar escrito nesse mesmo regulamento que,só poderá haver jogos em estádios que fiquem em até no máximo 100km de distância do principal aeroporto da cidade? E pelo que li,a cidade de Ururo fica à 170km de Cochabamba (capital,com o principal aeroporto do país).Abrçs!

          • janca

            Está escrito sim e não entendo como o Corinthians não reclamou antes. Não tinha que ter jogado naquele estádio. O regulamento da Conmebol já foi desrespeitado com a marcação do jogo para Oruro. E pelo que deu para ver a estrada que leva os torcedores de Cochabamba a Oruro _e também as delegações, claro_ é horrível. Abs.

  • Mario

    apesar de ser uma imposição dos patrocinadores já uma passo p/frente ,agora tem q ficar esperto por q os “hermanos” amam se juntar p/F**** nos brasileiros.

    enquanto isso no Br acaba os classicos nas rodadas finais do Br e volta o entrega , entrega , é uma vergonha!

  • Edson – Santo André

    Boa noite Janca!

    Então as suspeitas eram verdadeiras sobre a interferência dos patrocinadores sobre a Conmenbol. Sendo assim, as decisões que virão do tribunal desportivo da entidade poderão sofrer interferência destes patrocinadores. Duvido que seja interessante para eles ter um time de ponta e que gera audiência jogando com um estádio vazio. Insisto, fica menos atrativo nessas circuntâncias em termos de audiência, já que muita gente que assiste futebol sem paixão clubística pode deixar de assistir um espetáculo “frio” em seu ambiente, vai ocorrer uma menor visibilidade para as marcas e anunciantes, gerando um efeito dominó em prejuísos não só ao Corinthians, mas as emissoras de TV detentoras dos direitos de transmissão e anunciantes. Quando se mexe no “orgão” mais sensível do ser humano, o bolso, as atitudes mais incoerentes podem acontecer. Enquanto isso as autoridades Brasileiras e Bolivianas parecem bater cabeça a respeito da identificação dos verdadeiros culpados pela morte do menino Kevin. Não espero nada muito justo na esfera esportiva, mas que pelo menos na esfera criminal a justiça seja feita.

  • Alexandre Barbieri

    Janca, boa noite,

    Sou corinthiano e só o que me chateia é que a culpa do Corinthians é muito maior do que a pena que deverá cumprir e o fardo que irá carregar sozinho. E principalmente o generalismo e as provocações mais irracionais dos adversários.
    O problema da criminalidade infelizmente é muito maior e não é de forma alguma exclusividade na torcida do Corinthians. E até que se prove após uma investigação séria (que precisa acontecer), a culpa do Corinthians deveria ser menor do que essa punição imposta. Se por outro lado o Corinthians financiou a ida do criminoso à Bolívia ou financia a Gaviões, a pena terá que ser ainda maior. Nesse caso, suspensão.
    Acho louvável a criação desse tribunal (com “b” minúsculo) pois é melhor do que nada. Porém já dá mostras de como nada será resolvido de verdade, e de que é tudo pra inglês ver.
    Já começam decidindo uma punição sem investigar (como definir uma sentença sem apuração dos fatos?)
    Em seguida, deixa de aplicar qualquer pena ao clube mandante, principal responsável pela segurança e pelo evento (e dono da arrecadação). A revista se existiu foi pífia, além de muitos sinalizadores a torcida local também entrou com um galão de querosene! Todos os envolvidos no evento tem uma grande parcela de culpa pra essa tragédia!
    Pra mim, a única solução realmente justa deveria ser imposta pela FIFA: Punição da CONMEBOL, com a suspensão do torneio até que a entidade sulamericana apresente um plano para acabar com a histórica fama da Libertadores: um campeonato da sujeira, da violência, da catimba, do anti-jogo, da criminalidade.

    • janca

      Mas a Fifa não tem moral nenhuma. Mal consegue resolver os problemas em que vive enfiada, denúncias seríssimas de corrupção, uma após a outra, esquema de manipulação de resultados envolvendo até jogo de eliminatórias da Copa e tantas outras coisas mais. Sobre investigar a relação do Corinthians com a Gaviões e as fontes de financiamento da organizada sou amplamente favorável. E que envolva outros clubes e suas uniformizadas também.

      • Ton

        Janca, no meu ponto de vista, a punição ao Corinthians está sendo muito rigorosa justamente porque ele está sendo punido sozinho. Nos concordamos que existem outros responsáveis na esfera esportiva, o San Jose mandante do jogo é um deles.
        Mas o maior responsável é a CONMEBOL e pra mim era quem deveria ter sido punida primeiro e o orgão competente pra aplicar sanções a CONMEBOL é a FIFA. Embora você tenha citado aí que a FIFA está mais suja que pau de galinheiro (não com essas palavras, mas entendi que foi isso que vc quis dizer) a CONMEBOL é uma confederação subordinada a ela ou estou errado? Como vc disse no post “Um erro não justifica o outro” Não é porque a FIFA tem os problemas dela que tem o direito de fazer vistas grossas aos erros da CONMEBOL.
        As punições deveriam começar de cima para baixo. Primeiro a CONMEBOL, depois os clubes! Abs.

        • janca

          Mas a Fifa iria punir a Conmebol pelo quê? Por finalmente ter montado um Tribunal de Penas?

          • Epaminondas

            Cabe aos clubes brasileiros se reunirem e darem um basta nessa Conmebol, pois sem os nossos clubes, sem a TV, sem os patrocinadores a Libertadores perde toda a credibilidade. Esse é o momento.

          • Ton

            Claro que não. A FIFA deveria punir a CONMEBOL pela organização da Libertadores que é pior que a Copa Kaiser, por não cumprir o seu próprio regulamento e principalmente porque a CONMEBOL manteve durante anos e anos competições que jogadores quebravam o pau dentro de campo, torcidas que jogam até a mãe deles no gramado e torcedores que adentram as arquibancadas até travestidos de homem – bomba se quiserem porque como vimos na Bolívia NINGUÉM É REVISTADO pelas autoridades locais, colocando em risco a segurança do público presente, isso é ridículo porque até na “casa das primas” as pessoas são revistadas! E a CONMEBOL fez vistas grossa para tudo isso, não punindo quem deferia punir (clubes) e nem cobrando de quem tem que cobrar (autoridades). Está claro que se não fosse a incompetência da CONMEBOL teria se evitado o “mal maior”.

          • janca

            Mas se a organização da Libertadores é pior do que a Copa Kaiser, como você diz, Ton, os clubes brasileiros deveriam lutar para melhorá-la, inclusive porque aqui no Brasil ganhar o torneio virou obsessão nacional. Sobre punição à Conmebol não cabe. Seria como punir a Uefa pelo que aconteceu naquele jogo do Liverpool, que acabou em punição, isso sim, para todos os times ingleses, fora de competições internacionais por 5 anos.

          • César

            Janca,

            A CONMEBOL é a maior responsável pela organização E FISCALIZAÇÃO do evento, não é ?

            Se o evento está largado a décadas é mais do que óbvio de que as pessoas lá dentro devem pagar pela vista gro$$a que andam fazendo.

            Evento sul-americano é uma praça de guerra e só não vê quem não quer.

          • janca

            O policiamento não é responsabilidade da Conmebol.

    • Oscar de Melo

      Permita-me fazer uma brincadeira,mesmo que o assunto seja de suma importância,não dá pra ficar com raiva de alguém ou de um torcida toda,por provocações que visam desestabilizar o adversário em campo,ou até mesmo apelar numa “discussão” sobre futebol.Costumo devolver a zoação,sobre “corinthianos presidiários”,com um belo sorriso no rosto,e outra brincadeira:palmeirense não fica preso,porque os outros presos não suportam o cheiro;santista é protegido pela lei do idoso;e sãopaulino é o cara do sabonete.Pronto!está em pé de igualdade,sem brigas ou ofenças verdadeiras,apenas devolvendo com piádas sobre os esteriótipos criados pra cada um.

  • aristoteles silveira souza..eternamente santastico…

    A verdade é uma apenas…O dinheiro acabou com este negócio chamado ” futibol “……….
    Perdeu sentido…Vamos aprender a gostar de VOLLEY….GOLF…. VELA…SKATE…………….
    Acabou seus mercenários…..A culpa é de vocês, mafiosos gananciosos…
    É isto…!

  • Dicknoass Ducurintia

    A Conmebol nunca puniu ninguem e todos reclamavam, mas agora que resolveu punir o Corinthians ela esta errada? O regulamento criado anteriormente ao inicio da competicao esta la para ser executado e ponto. O fato de eles nunca terem punido alguem, de serem corruptos ou nao gostarem de brasileiros nao vem ao caso ja que ja havia sido comprovado que o sinalizador havia sido lancado da torcida do Corinthians e reportado para a federacao pelo arbitro da partida na sumula do jogo. Eu ainda nao entendi o porque de tamanha indignacao dos torcedores do Corinthians. O time nao fez nada, mas sua torcida fez, foi comprovado, o regulamento existe para ser cumprido e agora e ver os jogos pela tv e educar seus torcedores para que o mesmo nao se repita no exterior e muito menos no Brasil.

  • Sempre Fiel

    Olá Janca! Preocupa-me o seguinte:
    1) A punição unilateral sem direito de defesa do Corinthians. Parece-me uma inversão de culpabilidade (usando o Titês), afinal o clube mandante sequer foi acionado.
    2) A omissão do governo brasileiro. Somente hoje houve manifestação de fato do Itamaraty, indicando novo advogado para os 12 torcedores presos na Bolivia.
    3) A incessante vinculação do Corinthians com as ações de defesa dos acusados e do lamentavel ocorrido, principalmente nos veículos de mídia. Os agentes do episódio é a Gaviões da Fiel e não o Corinthians.
    4) As manifestações “xiitas” dos torcedores Anti-Corinthians (sim, eles existem)! Generalização infundada, agressões verbais do mais baixo calão, pessoas aparentemente esclarecidas urrando como bichos ferozes, como se o Corinthians e seus torcedores fossem o próprio Satã!

    Muitos me parecem mais preocupados em denegrir a imagem do Corinthians do que com a morte do garoto e a insegurança em TODOS os estádios utilizados na Libertadores!

    De minha parte, continuo torcendo pelo meu Timão e torcendo para que o culpado pela morte de Kevin Duran seja punido!

    Abraço!

    Sempre Fiel #LutoKevinDuran

    • DISSE TUDO SEMPRE FIÉL E SEM CLUBISMO.OS” XIITAS “COMO VC BEM DISSE ESTÃO MAIS PREOCUPADOS COM O CORINTHIANS MAIS UMA VEZ DO QUE COM A MORTE DO GAROTO KEVIN ,ISSO SIM ESTUPIDEZ E HIPOCRISIA ABSURDA.

    • Edson – Santo André

      Concordo.

    • Sempre Fiel

      Corrigindo: #LutoKevinBeltran

    • janca

      Vamos por partes, Sempre Fiel:
      1) A punição foi tomada sem que o Corinthians pudesse se defender, concordo com você, mas está no regulamento. A decisão definitiva será tomada em até 60 dias, porque o Tribunal Penal da Conmebol quer receber o processo sobre o caso da polícia boliviana (e agora da brasileira também, já que houve apresentação de um garoto que se diz responsável pelo disparo);
      2) O governo brasileiro desde sexta-feira tem mandado representantes para conversar com os presos e tem se comunicado com autoridades bolivianas desde quinta passada. Até o embaixador na Bolívia foi tratar do caso, o que é legítimo;
      3) A Gaviões tem ligações intrínsecas com o Corinthians, coom suposta vantagem na distribuição de ingressos (alguns deles seriam gratuitos), uso do escudo e do símbolo do clube para poder faturar e regalias que o chamado torcedor comum, que não vive às custas do Corinthians, não tem;
      4) Concordo que muitos dos que odeiam o Corinthians têm usado o momento de maneira oportunista para atacar o clube, mas o que se vê, lamentavelmente, em redes sociais é muita baixaria entre quem defende o Corinthians e quem torce para os times rivais. Abs.

      • Sempre Fiel

        Olá Janca,
        Replicando:
        1) O que consta no regulamento é que o jogo não poderia acontecer à mais de 100km de um aeroporto internacional, mas aconteceu. O regulamento prevê também que a segurança é de responsabilidade do mandante. Não isento o Corinthians, mas cobro punição à todos os responsáveis.
        2) Nada a declarar. Aceito as informações repassadas por vc como verdadeiras, até então eu não as tinha.
        3) Infelizmente, as organizadas carregam o simbolo do clube, mas nem por isso o clube é responsável por suas ações. Vamos supor que um integrante de fã clube de uma banda internacional venha a cometer uma atrocidade em um show, a banda deve ser punida? E quando vc diz “suposta vantagem na distribuição de ingressos” já não tem certeza do que diz e aí fica perigoso qq tipo de insinuação. Se tem provas, que as traga às claras. Mas quero deixar claro que sou CONTRA as organizadas, que torcem mais para si que para o próprio clube! Digo com propriedade, pois já fui filiado e me desliguei por não concordar com as diretrizes tomadas ainda na distante década de 90.
        4) Falta ao nosso povo esclarecimento e sobra alienação! Não é um mal exclusivo do assunto futebol, mas também na política (o que é mais grave), religião etc.

        Janca, mais uma vez obrigado pelo espaço e atenção respeitosa pelos leitores. Sabes que não curtia muito seus textos, mas aprendi a respeitá-lo como profissional quando passei a acompanhar mais de perto sua carreira. Abraço e boa semana!

        • janca

          Só pra completar, Sempre Fiel, concordo sobre o primeiro ponto que você levanta, se bem que, pelo regulamento, também há brecha para punir o clube visitante pelo comportamento de seus torcedores. Concordo sobre o quarto ponto, em relação ao segundo se o fã-clube é patrocinado da forma que for pela banda a história muda de figura. Por isso quero saber sobre o financiamento da Fiel e sua relação com o Corinthians. Ela não paga nada para usar o escudo do Timão e em vários momentos recebia benefícios em estádios, viagens etc. Coloquei “suposta vantagem na distribuição de ingressos”, que é uma reclamação de muitos torcedores comuns, justamente porque não tenho provas de que isso aconteceu na viagem para Oruro, por exemplo, teria que ser apurado _e tem que ser apurado pela polícia e pelo Ministério Público. Abs. e boa semana também, Janca

  • o que fiquei sabendo,essa comissao foi imposta peal FIFA,a menos que a exigencia tenha partido dos patrocinadores encima da FIFA!

    • janca

      A Fifa vinha pedindo isso há tempos, sim, tem toda razão, mas ela só saiu devido à pressão dos patrocinadores, dos detentores de direitos de TV e dos próprios clubes brasileiros, preocupados _com razão_ com o estado lastimável de vários estádios que recebem jogos da competição _e também de cidades sem estrutura para ter um jogo de Libertadores.

  • Ander MS

    Janca.. é engraçado como o mundo dá voltas: Para muitos (e com razão), os times brasileiros sofriam com a falta de condições de jogar torneios sul americanos, seja por questões de segurança (pedradas, pilhas) e pela violência. Em cerca de 3 meses, o que se vê é o contrário, os brasileiros que apresentam perigo (vide os fatos com o SPFC e Corinthians). Acontece que como este tribunal é recém-formado, digamos que “coincidiu” sua formação com o período de turbulência devido ações impensadas. Entendo que cabe a nós, como um todo, olharmos nossa falhas (que são muitas) e corrigi-las, para que possamos exigir algo no futuro. O problema é o “clubismo” e “pachequismo” de alguns torcedores e formadores de opinião ainda impera.

    • janca

      Concordo, Ander, lembrando que os brasileiros eram os que mais defendiam a formação de um tribunal de penas para a Conmebol e os torneios sul-americanos justamente pelos problemas que você apontou. Abs.

  • Marioh

    Janca,
    A punição ao Corinthians é válida, porém ser unilateral criará problemas futuros de jurisprudência. Isto criará problemas para a própria Comebol que também deveria ser punida. A “organização” impera no time mandante, porque este torneio tem fama de vale tudo. Um dos maiores problemas é a pressão aos árbitros e por isso a maioria são considerados caseiros.
    Porque não se faz como a UEFA. Ela antes de cada jogo da Euroliga assume totalmente a administração do estádio mandante, inspeção, segurança, bilheteria, transmissão de mídia, etc. O clube mandante cede apenas o estádio.

  • Jean Eudes

    Olá Janca…
    Acho justa uma punição para o Corinthians, pois como você falou, todos os clubes assinaram o regulamento, só que justiça tem que ser para todos… Se puniu o Corinthians pelo ocorrido, vc citou alguns casos tbm que merecem punição, ou só puniram o Corinthians pq uma pessoa morreu, para haver punição para os outros times precisa outra pessoa morrer????? se não morreu ninguem então não precisa punir???????

    • janca

      Opinião minha: só puniram o Corinthians porque o torcedor morreu. Se ninguém tivesse morrido nem se ferido gravemente, os sinalizadores seguiriam sem despertar preocupação, embora estejam proibidos em estádios brasileiros há mais de dois anos.

      • Ton

        Aí é que está o problema! Todos parecem chorar a morte do garoto Kevin, mas os únicos que realmente estão sentido a dor da perda são os familiares. Ninguém no mundo, por mais poderoso que seja e por mais $$$ que possua tem o poder de trazer alguém de volta a vida. Kevin jamais voltará! E mais importante do que “punir clubes” deveriam se tomar medidas cabíveis para que um desfecho desgraçado como esse não torce acontecer!

        • janca

          Mas a punição é na esfera esportiva e estava prevista pelo regulamento que o Corinthians e os demais clubes assinaram. Sobre a morte do garoto, nada o trará de volta, mas casos como esse podem ser evitados se o que aconteceu na Bolívia não cair no esquecimento. Como não caiu o que a torcida do Liverpool fez nos anos 90. E na Inglaterra a situação mudou.

      • Jean Eudes

        Conconcordo com vc está acontecendo isso só pq o garoto morreu… e tirando o publico dos jogos do Corinthians trará a vida do garoto de volta?????? e mais será que acabará com a violência e morte no futebol???????? Sei que foi uma perda irreparavel para a familia, nem imagino a dor que os familiares estão sentindo, mas quantas mortes já não aconteceram no futebol e quantas ainda não irão acontecer infelizmente… mas não acha que estão fazendo muito sensacionalismo por causa disso?

        • janca

          Não acho. Acho que o caso pode ser exemplar e servir como um movimento para mudar muita coisa no Brasil e na América do Sul, especialmente no tocante ao papel das organizadas e suas ligações com os clubes e a direção de clubes de futebol. O caso não diz respeito apenas ao Corinthians, pode ser um marco para o futebol se fizerem mudanças. Inclusive porque sinalizadores continuam pipocando em quase todos os jogos da Libertadores _ou melhor, na quinta, um dia depois do que aconteceu em Oruro, seguiram no torneio (e não era em jogo do Corinthians).

          • Jean Eudes

            Ai eu te pergunto Janca, a punição só ocorre qdo acontece uma tragédia? sinalizador pode desde que ninguem saia ferido… Como falei e acho que nisso vc concorda, sou a favor de uma punição para o Corinthians, mas desde que a justiça seja feita para todos, não adianta só pegar o Corinthians para cristo e o resto continuar uma bagunça… Agora referente as TO eu li uma reportagem hj, em que o tio do garoto tbm advogado da familia, falou que o Corinthians tem culpa se financiou a torcida para ir assistir a partida, nisso eu concordo com elese o Corinthians financia a organizada ele tem sua parcela de culpa e merece ser punido, mas ainda acho muito injusto punir só o Corinthians.

          • janca

            Que eu saiba sinalizador não pode no Brasil desde 2010.

  • Marcos

    Pô Janca, os antis…só querem que o Corinthians se ferre, …não estão aí nem um pouco para a morte do menino…….que por sinal……trágica.

    Agora estou gostando da atitude do Itamaraty, com os 12 inocentes corinthianos presos….pois vão alugar uma casa, para morarem enquanto os seis meses de processo perdure.

    Dinheiro público…….é nosso, portanto vamos gastar, né..justo

    Mas é necessário contratar uma cozinheira e uma arrumadeira, pois 12 é bastante gente,ok

    AQUI É CORINTHIANS – SEMPRE CORINTHIANS – SÓ CORINTHIANS

  • Oscar de Melo

    Por mais que os torcedores rivais achem certo que se puna o Corinthians,com uma punição jamais vista do ponto de vista da agilidade e severidade por parte da Conmebol,que puniu,mais por influência do apelo popular,que por motivos de reorganização da tão varzeana competição Sulamericana,fiquemos com a pulga atrás da orelha com esses espânicos.Sem cerimônia,arrisco dizer que o preconceito contra brasileiros no continente,vai prevalecer em qualquer julgamento futuro.Engana-se,e se auto engana quem comemora a punição ao Corinthians,sem estar preparado pra se indignar no futuro.Eles são “hermanos”,nós brasileiros,só primos arrogantes.

    • Vaz

      Oscar basta somente ver que atletas brasileiros principalmente talentosos como Neymar só para ficar no exemplo, são cassados em campo, recebem laranjas, pilhas e pedras e não acontece um nada com estes clubes ou paises. Bananas são arremesadas para determinados atletas além de serem chamados de macaquitos ferindo frontalmente as determinações da FIFA em relação a racismo e demonstrações de preconceito e nada acontece. Estão comemorando para depois chorarem. Penso que os dois clubes devem receber punições sim (multas pesadas que devem reverter para a familia da vítima e não para o bolso da entidade) sendo o organizador pela total falta de condições do estádio que não tinha qualquer controle de entrada (basta dizer e que afirmam pegaram as mochilas dos cara. Mochilas?Se entra de mochilas no estádio?) sem contar que pelas regras (esta mesma que agora balançam para punir) o jogo não poderia ser disputado já que a cidade e o estádio não atende a maior parte das exigências da própria Conmebol no entanto fizeram o jogo e não pensaram até agora em interditar o estádio. Esta é a Conmebol que muitos admiram o esforço para dar seriedade.
      Não estou interessado se é o Corinthians ou quem quer que seja mas o que me irrita é esta cegueira. Quanto as uniformizadas e principalmente neste caso a Gaviões e Camisa 12, nada….. continuam aí pouco se lixando se vão ter jogo ou não o que interessa é o próximo clássico no Morumbi onde vão continuar chegando em bandos, gritando palavras de ordem e pregando violência e a morte de adversários, sendo que a torcida adversária também não vai ficar atrás e aproveitar para gritar assassinos (como se fossem santos desculpe mas não é trocadilho) e tudo se resolver na primeira “quebrada” com mais depredações e feridos.
      Não vou a estádios a 30 anos por causa destes porra loucas que já encheram o saco mas continuam por aí como forças influentes. Basta dizer que antes de clássicos a reuniões dos “lideres” da TO’s para organizar a chegada e a saída. É mole. Assumimos que os caras vão ao estádio de qualquer jeito por que não são presos e nem punidos, que não vão impedir estes caras e que a coisa fracassou e nada podemos fazer a não ser administrar a violência controlando os danos que já sabem que vão acontecer. É a falência do modêlo.

    • janca

      Sobre a punição acho que a repercussão e o apelo popular pesaram muito forte, sim.

  • Flavio Rodrigues

    Continuo não achando justa a punição ao Corinthians… mesmo entendendo que é na esfera esportiva, e que há um entendimento que esse tipo de punição serve de exemplo, o Corinthians continua não tendo culpa no ocorrido… somando apenas 1 + 1, sem fazer nenhuma equação maluca, não teve culpa alguma. Não acho que deveria aceitar e pronto como ando ouvindo muito por aí, sinceramente, concordar e pronto com tanta coisa errada, seria o mesmo que dizer pra todo que a culpa é do Corinthians e só. Mas por outro lado, concordo com que ouvi do Mauro Cesar ontem na ESPN, e olha que não costumo gostar do que ele fala, o Corinthians está protestando de forma errada, deveria ir pra cima da Conmebol, cobrar a responsabilidade deles, cobrar mudanças e não apenas tentar tirar o corpo fora.

  • Epaminondas

    Hoje é o Corinthians, amanhã será o São Paulo, Flamengo, Grêmio, etc… A Conmebol tem inveja dos clubes brasileiros e sempre tentarão nos ferrar, mesmo precisando da gente. Apesar de que não temos moral prá cobrar muito deles, já que por aqui as coisas não são diferentes e a impunidade é igual.
    No futebol brasileiro já houve mais de 160 torcedores assassinados. E o que foi feito?

    • janca

      Não se trata de inveja, a Conmebol hoje depende muito dos clubes brasileiros, que passaram, de uns tempos pra cá, a priorizar a Libertadores.

  • Flavio Rodrigues

    Pra felicidade geral da nação, o recurso não foi aceito… Agora sim, nunca mais veremos esse tipo de episódio nos estádios!!! O Problema foi resolvido!

    • Flavio Rodrigues

      e o culpado punido!

    • Ton

      Pelo jogo da quinta feira seguinte do Deportivo Lara x News, vimos que tudo continuou igual, todos os torcedores com sinalizadores!

      É como se pudessemos nos armar agora…..metralhadora, ponto.40, magnum,AK-47 e sair atirando pra cima, só não pode acertar ninguém, mas pode atirar!

      • Flavio Rodrigues

        Ninguém tá preocupado em mudar nada, quem se satisfaz apenas com essa punição ao Corinthians e fica fazendo discurso de bom moço, também não está… Precisa ter muita cara de pau pra dizer que acha que a culpa no episódio é do Corinthians e que isso vai mudar alguma coisa pra valer. Que essa medida (medida, pq vc não pune alguém que não é culpado, não que eu saiba) pelo menos ajude. Pq a Conmebol continuará fazendo seus torneios de várzea, as uniformizadas continuarão indo a estádios com bandidos no meio, e que quiser ir a estádios, continuará mal tradado e correndo risco de vida.

  • Ton

    Desde quando saiu a punição ao Corinthians, independente de ter outros envolvidos, sempre fui contra! Mas sempre mantive minha mente aberta para ouvir argumentos de quem fosse a favor!
    A minha posição de ser contra é simplesmente por achar que punição ao Corinthians não vai melhorar ou mudar nada!

    Hoje, ouvi uma declaração do Presidente Kaliu do Galo opinando a respeito e que me fez refletir e ver que essa punição. Ele disse:

    ‘A torcida tem que DEFENDER o time! De agora em diante quando um cara acender um sinalizador na torcida do Corinthians, todo mundo vai pra cima desse cara’

    È verdade! Tinha centenas de corintianos no estádio, porque ninguém foi pra cima desse moleque? Por que deixaram ele prejudicar o clube?

    Ironicamente, essa punição pode ter sido boa para o Corinthians se o torcedor alvi-negro se comportar diferente. E como nada foi mudado no sentido de prevenção, para as outras torcidas vai acabar ficando tudo na mesma!

    • janca

      Mas acho que a ideia é essa. Como disse antes se um sujeito atira algo no gramado de uns tempos pra cá há muito torcedor o entregando pra polícia pra que seu clube não seja prejudicado. Mas espero que esse episódio mostra pra muita gente o mal que uma organizada pode fazer ao clube que em tese deveria defender. E sobre o garoto que diz ter atirado o artefato ainda é preciso saber se de fato fo ele, Ton. Abs.

  • Felipe

    Janca
    Porque a Conmebol tem tanta raiva de times Brasileiros, é pelo seu dominio?
    A conmebol ta dando tiro no própio pé, pois os clubes BR são um dos principais fatores da Libertadores ser taum valorizada em termos televisivos, Se a conmebol quer que clubes Peruanos, Paraguayos, chilenos ou que seje ganhe a libertadores, sendo que a economia Brasileira ta em ascendencia e a america latina (ARG/PAR/URU/PER/CHI/VEN/MEX) esta em crise economica, fica meio distorcido a preferencia da conmebol!

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo