Corinthians padroniza discurso



A diretoria corintiana pediu a jogadores e comissão técnica que tenham cuidado ao abordar a morte do garoto Kevin Douglas Espada, 14, atingido por um sinalizador que teria sido lançado pela torcida do time. O objetivo é martelar a tese de que foi uma fatalidade e que o Corinthians não tem responsabilidade por quem atirou o artefato, não podendo ser punido pela ação de uns poucos torcedores _pelo menos outros dois foram encontrados com sinalizadores navais, que podem matar em estádios de futebol.

Ontem o zagueiro Paulo André foi quem fez o discurso que deve ser adotado daqui para a frente, dizendo que “não há nada que pague uma vida” e que “uma punição, sem que se preocupe em oferecer segurança, pouco vai mudar”. O gerente de futebol Edu Gaspar, que chegou a chorar em Oruro e teria pedido desculpas pelo ocorrido, bate na tecla da “fatalidade”, dizendo que conselheiros corintianos também poderiam ter sido atingidos pelo disparo.

A maior preocupação foi com a declaração de Tite, na coletiva depois do jogo, considerada pela cúpula corintiana inadequada, já que pode dar a entender que o clube teve culpa, sim, pelo episódio. O técnico afirmou que só tinha que pedir que o desculpassem e que trocaria o título mundial pela vida do menino.

A diretoria jurídica do Corinthians não considera o clube responsável pelo ocorrido e acha que se alguém tem que se desculpar é a segurança do San José, que foi falha e deixou torcedores entrarem com artefatos que podem matar. Ela recorreu da punição de o time jogar com portões fechados em casa e não ter direito à cota de ingressos em jogos no exterior, insiste que foi um caso isolado e que o torcedor que atirou o sinalizador e matou deve ser preso. A instituição Corinthians não teria relação com ele nem com o episódio em si, não cabendo, neste sentido, pedido de desculpas seja de Tite, seja de Edu Gaspar.

O lateral esquerdo Fábio Santos também deve amenizar o discurso depois de ter dito ser totalmente favorável à expulsão do clube da Libertadores se a medida for necessária para acabar com as mortes no torneio. Pelo regulamento havia várias sanções possíveis, sendo a menor delas multa de 200 reais, a maior, a expulsão da competição.

Apesar de não se considerar responsável pelo acidente, o time, em sinal de respeito pela família do garoto e devido à tragédia que aconteceu na Bolívia, vai entrar de luto amanhã contra o Bragantino e quarta, diante do Millonarios, no Pacaembu.



  • Fernando

    O lateral se chama Fabio Santos.

    Tá sabendo legal.

    • janca

      Ops. Ato falho. Vou corrigir já.

      • Conhecedor

        Está ficando como um mar cheio de teorias. Primeiro a esfera esportiva deveria ser a última a ser pensada. Mas, como chama a mídia, lance um zilhão de reportagens. Para exercício de raciocínio, quem é o responsável por mortes causadas por balas perdidas (que sempre encontram uma vítima) ? O secretário de segurança, governador ou presidente ? Em um show, com mortes, a banda que estava tocando e seus fãs (torcida), se envolvem em evento com óbito, a banda é responsável? Um torcedor de time rival se infiltra na torcida para prejudicar esse time, comete uma asneira e obtêm seu intento, o time deve ser prejudicado ? Deixemos para as autoridades constituídas apurarem a tragédia e o futebol seguir, senão, conforme a AFA se manifestou : Os jogadores do Tigre “apenas” apanharam de terceiros nos vestiários do Morumbi, mas se ao invés de lesões ocorresse algo mais grave, aí a Conmebol seria tão conivente ? Após ‘n’ mortes entre torcidas Brasil afora, o que foi feito ? Sexta.Feira, um dia após a tragédia de Oruro, o Newels na Venezuela e sua torcida lançando dezenas de artefatos pirotécnicos. Qual a solução coerente ? Uma suspensão de torcida não é brando demais no caso concreto ? A discussão não se torna cortina de fumaça até o tempo tratar de lançar no passado ? Deixem as autoridades trabalharem, pois o espetáculo deve continuar dirão alguns. Neste mundo atual se mesuram a vida, como se isso fosse possível, ou por inveja, interesse ou simplesmente preencher folhas. Acordem.

        • Carlos

          É, as “autoridades constituídas” são as mesmas que devolveram a habilitação a Thor Batista, mesmo com mais de 50 pontos no prontuário.

  • filipe

    Só algumas perguntas que todos os jornalistas estão esquecendo de fazer. A segurança do estádio não é responsabilidade do clube mandante? Por que os “torcedores” não foram revistados antes de entrar no estádio? Por que ninguem fala de punição ao San José que não cumpriu sua obrigação de dar segurança aos torcedores?

    • janca

      Eu perguntei isso várias vezes e tenho feito o questionamento desde quinta-feira. E a segurança? Não houve falha na segurança? Não cabe punição ao time boliviano? Havia condições de segurança no estádio? Depois do que aconteceu, pelo menos a meu ver, fica claro que não.

      • rubens

        E o homicida, kd? será que ninguem se importa com o que ocorreu com o garoto boliviano? porque os dirigentes das organizadas não são recolhidos a polícia para prestar esclarecimentos e colaborar na captura do homicida?

        • janca

          Eles estão presos _12 foram detidos_ na Bolívia. Prisão temporária decretada. Cabe à polícia (de lá e daqui) investigar, pois, como você disse, trata-se de homicídio.

      • Antonio Manara

        Janca, me desculpe, mas vc sabe que leva esses artefatos pra dentro dos estadios. E evidente que nao sao torcedores, pois sempre sao revistados no portao.

        • janca

          Não, eu não sei quem leva esses artefatos ao estádio. Você sabe? Pelo jeito são torcedores, alguns dos quais ligados a organizadas. Não posso dizer que todos. E se todos são revistados na entrada, como você diz, alguém revistou mal.

          • Anderson

            Janca, vc gosta de botar lenha na fogueira e tirar o teu da reta mano!
            Tu diz que cobriu 5 copas do mundo e 3 olimpíadas “in loco” então vc não nasceu ontem…deve ter começado a acompanhar futebol antes mesmo de eu ter nascido (tenho 25 anos) e vc diz que não sabe que tipo de pessoa leva essas coisas pra dentro do estádio? ainda faz suposições???

            Pode falar cara, tu sabe que quem leva são torcedores mal intencionados, ninguém vai te ameaçar de morte não….vc está se passando por besta.

          • janca

            É óbvio que são torcedores nada bem intencionados, Anderson. Isso é mais do que óbvio, aliás. Parece que você descobriu a América…

        • Nelson

          Não houve revistas nos torcedores a própria policia já falou se houvessem nada disso teria acontecido.

      • Valdir

        Mais uma prova que nao havia seguranca e restricao a fogos de aritificios e derivados. foi que morreu uma pessoa hoje na Bolivia vitima de fogos de artificio em uma festa popular, sem falar que para cada sinalizador detido com o Corinthianos haviam 20 nas maos da torcida do San Jose.
        No jogo do Mililionarios, atiraram uma pedra no bandeirinha e nao houve nenhuma acao da Comebol.
        O que nao pode haver é dois pesos e uma medida, para o Corinthians quase o maximo ( maior que esta pena só a exclusao), enquanto nos times de lingua espanhola podem tudo.

        • É Verdade , tudo quando é relacionado ao Corinthians toma proporcao diferente.Se. tivesse acontecido o oposto sendo o jogo com mando inverso e tivesse esse sinalizador sido atirado por torcedor adversario do Corinthians ,com certeza o Pacaembu seria interditado por muito tempo,e aí sim o Corinthians poderia aceitar tal punicao.
          Ah, e BENJA nao pra quem nao tem capacidade de compeender o que voce escreve. Talvez um dia no BRASIL se invista em educacao!

          • Eu quis dizer JANCA!

          • janca

            Ok, Cícero, li seu comentário e também acho que se trata de uma questão cultural e por mais que seja chover no molhado falta investir em educação no Brasil. Aliás falta muita coisa por aqui. Abs.

    • leonardo

      HOUVE FALHA DE SEGURANÇA; MAS ISSO NÃO JUSTIFICA APONTAR E DETONAR UM PROJÉTIL EM DIREÇÃO DO´´INIMIGO´´. O ESTÁDIO DEVERIA SER INTERDITADO, MAS NÃO APROVEITAR DA ADMITIR ALGUEM SE APROVEITAR DA SITUAÇÃO E PORTAR UM MINI-MISSIL.

      • leonardo

        …MAS NÃO DÁ PARA ADMITIR ALGUEM SE APROVEITAR…

        • Valdir

          O ser humano é imbecil por natureza, se pode sinalizador, cada um quer levar o mais potente possivel e nas maos de um maluco vira uma arma.
          Só nao havia um do mesmo tipo nas da torcida do San Jose, por que na Bolivia nao tem nem barco, senao teria. Haviam centenas de sinalizadores no estadio, as autoridades bolivianas estao mentindo deslavadamente, pois nao havia nenhum controle.

  • Ton

    Para mim a postura do SC Corinthians Paulista está corretíssima. O Clube não tem que aceitar ser “Cristo” nessa história enquanto muita gente poderosa se esconde em uma sala com ar condicionado.

    Muita gente falando que o sinalizador que resultou na morte do torcedor era “sinalizador marítimo” diferente dos outros que são usados. Aí eu pergunto:
    As autoridades, no caso a Polícia Boliviana, não tinha condições de identificar a diferença dos artefátos????????????? Qual é……….Há muitas testemunhas, inclusive jornalistas brasileiros que afirmaram que NINGUÉM FOI REVISTADO!!!!

    Se ninguém foi revistado, qualquer um poderia ter entrado armado no estádio, aí se um torcedor mata o outro lá, era culpa do clube também????????????

    Pelo amor de Deus, será que as pessoas não conseguem enxergar o óbvio? SEGURANÇA EM ESTÁDIO DE FUTEBOL NÃO É RESPONSABILIDADE DO CLUBE E SIM DAS AUTORIDADES LOCAIS!!!!!!
    A própria FIFA diz isso!

    O que vejo aqui no campeonato Brasileiro é os clubes perdendo mandos de jogos por comportamento da torcida, aquele clube punido por comportamento de UM ÚNICO individuo quando não é o clube mandante é a primeira vez que vi na vida.

    • ISSO NÃO DA O DIREITO DE CORINTIANO ASSASSINO MATE UMA CRIANÇA!!!!! CORINTIANIOS ASSASSINOS DE CRIANÇA!!!!CANCER DO BRASIL!!!!!!

      • valter

        TRI MUNDIAL…

        VOCÊ SÓ E MAIS UM OTÁRIO E IMBECIL ESCREVENDO ASNEIRAS. VC É UMA DESSAS PESSOAS QUE SE ESCONDE NO ANONIMATO DAS REDES “SOCIAIS”, USA APELIDO PARA SE ESCONDER. VOCÊ SIM DEVE SER ALGUM BANDIDO E IDIOTA. VOCÊ NÃO É TORCEDOR DE FUTEBOL. VÁ NO PACAEMBU EM DIA DE JOGO E CHAME QUALQUER TORCEDOR DE ASSASSINO. TEM CORAGEM?

        • Antonio Manara

          Valter, a responsabilidade e do clube sim, que foi quem vendeu ingressos a esse individuo, entao e resonsavel direto pelo acontecimento, assim como quem vende esses sinalizadores. E so a policia Brasileira investigar que descobrira quem vende e compra esses artefatos.

          • janca

            De fato, pelo que a polícia diz, o sinalizador que teria matado o garoto veio da torcida corintiana, que adquiriu ingressos, portanto, da cota que cabia ao clube visitante. Mas que o San José, como mandante, deveria ter feito _assim como a polícia local_ uma fiscalização melhor, deveria. Porque a fiscalização, pelo que vimos, falhou. E isso como é que fica?

          • valter

            Antonio Manara,

            Não estou me referindo à responsabilidade do ato. Independente do responsável, não é correto qualquer imbecil que se esconde através de um apelido nas redes sociais sair dizendo que todo torcedor é bandido. Ele(esse idiota que se diz Tri mundial) com certeza não fala isso pessoalmente pra ninguém. O blog foi escrito por um jornalista sério e não é lugar pra qq imbecil escrever asneira. Ele deve estar querendo comparar todas as pessoas com a família dele.

          • Renato Araújo

            Mais nós Corinthianos não somos assassinos igual este babaca ai em cima disse, o verdadeiro culpado tem que ser punido isto sem duvida, porem vem estes pseudotorcedores e moralistas falar que corinthianos são todos bandidos é como se na torcida do Santos, do PAlmeiras e do São Paulo, só tivesse Lords ingleses nelas, foi algo repugnante e lamentável para o futebol mundial pois a mesma coisa já aconteceu em um jogo na Europa ( se não me engano entre Benfica e Sporting ) a diferença com este crime ocorrido em Oruro é que o bandido foi identificado e preso e antes que digam, mais ja tem 12 presos, só que se um unico torcedor disparou o artefato e ele esta no meio desses 12, tem 11 inocentes presos até que se prove o contrario, e na minha opinião a comebol esta certa em proibir a torcida de entrar no estádio, isso é para que este câncer do futebol Brasileiro chamado torcidas organizadas seja extirpado, pois sou pai e se isso tivesse acontecido com minha filha! eu lamento pela morte do garoto Kevin e tomara que este homicídio não fique impune assim como ja aconteceu antes, Janca parabens pelo post, está é minha opinião, antes que uns babacas tente jogar a responsabilidade da morte do garoto em cima de mim e de mais de 30 milhões de pessoas ( pois é isso que o babaca do TRI MUNDIAL esta fazendo) e me chamar de bandido ele tem de procurar olhar para o rabo dele e aprender a respeitar as pessoas, pq foi por isso que esta tragédia aconteceu, por causa de torcedores como este babaca do TRI MUNDIAL, que não respeitam e amam o próximo, pois o ser humano perdeu o respeito a vida e acham engraçado o sofrimento alheio.

      • Felipe Guggenberger

        Sempre há ridículos que generalizam uma torcida em cima de um fato isolado. Nunca rotulei torcedores são paulinos como assassinos, mesmo depois de espancarem um palmarense até a morte. Acredito que o câncer do Brasil são pessoas assim, que são guiadas pelo sensacionalismo e não conseguem tirar as próprias conclusões. Então antes de julgarmos e rotularmos vamos puxar alguns fatos da memória mesmo que seu cérebro seja de um asno.

        • janca

          A questão, Felipe, é que as pessoas se deixam levar pelo clubismo. O que aconteceu não foi um fato isolado, por isso, inclusive, não acho que uma investigação deva se restringir ao Corinthians. Torcedores de São Paulo e Palmeiras, por exemplo, assim como de Vasco e Flamengo, de Goiás e Vila Nova, de Atlético-MG e Cruzeiro, enfim, já se meteram em brigas que resultaram em mortes. Não adianta ficarem só em cima do Corinthians, esquecendo os outros. E não dá pra generalizar. Generalização, especialmente em casos como esse, não leva a nada.

          • Felipe Guggenberger

            Concordo plenamente. Acredito que falta organização no futebol brasileiro e no sulamericano, a conmebol é uma piada. Por vezes jogadores brasileiros são alvejados em jogos fora e nunca a conmebol tomou uma atitude. Não vemos essa hostilidade por parte da torcida brasileira quando recebemos nossos “hermanos”. Se tiverem que punir, que punam com coerência para que qualquer ato de violência seja banido do futebol.

      • Valdir

        Alem de mal educado tem memoria e cerebro de um siri, a torcida do seu time provocou o maior vexame da historia junto com o palmeiras no pacaembu, em uma final de copa Sao Paulo. Mataram uma crianca, 16 anos a pauladas na frente das cameras.
        Pela sua logica, todos os brasileiros sao assassinos, pois todas as torcidas matam, sem falar o que acontece em nossas ruas todos os dias. Morre mais gente assassinada que no iraque, Afeganistao e toda a Africa.

      • Bruno

        Exato, não dá direito de matar criança em campo, coisa que a torcida do São Paulo fez em 1992 num jogo da Copa São Paulo. Torcedores do SPFC assassinaram Rodrigo de Gásperi. E nesse caso não há qualquer discussão quanto à culpa ou dolo. Foi jogado uma bomba contra os torcedores do Corinthians, a intenção era de causar o máximo dano possível, a morte foi consequência. Ou seja, pela sua ótica os são paulinos são ASSASSINOS e de longa data…

    • janca

      Imagina, Ton, os clubes ingleses todos ficaram cinco anos excluídos de competições internacionais por conta da torcida do Liverpool, que nem na Inglaterra jogou. E a punição estava prevista em regulamento.

      • Danilo

        Bom dia Janca.

        Você realmente acha que as torcidas inglesas (hooligans, que ainda existem) se comportam na Premiere League porque estão preocupadas com eventuais punições a seus “clubes de coração” ou porque sabem que caso aprontem terão punição imediata?

        Eu realmente estou farto da falácia e da retórica desvirtuada de alguns colegas seus de imprensa (exemplo: Fabio Sormani da Radio Jovem Pan) segundo a qual se o clube for punido estes torcedores não praticariam mais tais atos.

        Ao que me consta, na última Euro, ocorreram inúmeros incidentes de violência envolvendo os hooligans de vários países que culminou em verdadeira batalha entre torcedores poloneses e russos na Polônia no dia do jogo, que por sinal era o dia nacional da Rússia.

        É preciso um pouco mais de amplitude de visão e análise mais global por parte de uma boa parte da mídia esportiva ao opinar sobre assuntos tão graves quanto este lamentável acontecimento.

        Até a próxima.

        • rubens

          Todo o jornalista que tem o minimo de informação e carater sabe que somente a punição severa as PESSOAS que cometem crimes nos estadios foi capaz de diminuir a violencia dos hooligans na Europa, onde por sinal, quando há problemas causados nos estadios pelos torcedores, estes são punidos quando identificados e não o clube.

          • janca

            O clube _ou os clubes_ também, inclusive por cânticos racistas. E isso não é de hoje. Nos anos 80, por conta da torcida do Liverpool, num jogo que nem na Inglaterra foi, todos os clubes ingleses foram punidos e afastados de competições internacionais por cinco anos _seis, no caso do Liverpool.

          • rubens

            Mas o que houve na Bolivia foi mais grave do que canticos e cometido por um maluco facilitado por mais meia duzia.

          • janca

            Por isso a punição imediata da Conmebol. Agora espero que peguem o sujeito que disparou.

        • janca

          Sim, houve muita confusão na última Euro e há muita confusão ainda no futebol europeu, inclusive por conta do racismo e da xenofobia, práticas que têm de ser erradicadas do continente, mas duvido que sejam. Não deixam de ser parte, a meu ver, da cultura do Velho Continente, uma coisa abominável, diga-se de passagem, vide o que aconteceu na Segunda Guerra Mundial, para ficar apenas em um exemplo, e mais recentemente na Guerra da Bósnia.

          • Rafael Tomé

            Janca!!! quem puniu todos os clubes ingleses foi a Rainha Elisabeth não a UEFA, ela puniu apenas o Liverpool por sua torcida maluca matar 38 PESSOAS num massacre, bela comparação sua, totalmente pertinente

            FAZ UM FAVOR SE JOGA CARA!!!

          • janca

            A rainha? O Liverpool foi punido por sua torcida _e os demais clubes ingleses pagaram o pato também_, assim como o Corinthians agora foi punido por seus torcedores _houve uma morte e pelo menos dois dos que tiveram a prisão preventiva decretada na Bolívia foram flagrados, segundo a polícia local, com artefato semelhante ao que teria sido usado para matar o garoto. E nada de violência. Ninguém tem que se jogar em lugar nenhum. Nem eu nem você, por mais irado que você esteja.

          • Fabricio

            Rafael… ta por fora…. ate no Wikipedia voce pode se informar sobre a punição do Liverpool e dos clubes ingleses… 6 anos pro Liverpool e 5 anos para os outros todos do pais…. O que eu acho que deveria ocorrer, pois não tem uma torcida de clube grande limpa…

          • Carlos

            Ah, “geração Y”, vai se informar primeiro. Hoje em dia é tão fácil! Ó, é http://www.google.com, tá?

            Janca, você é heroi.

        • Antonio Manara

          Danilo, moro em Londres e sei que aqui nao temos esse tipo de torcida nos estadios, esse pessoal violento, sao proibidos por lei a se ausentarem do pais em epocas de torneios na Europa. Nos aeroportos, estacoes de trem ou onibus. Como aqui o documento de identidade e o passaporte, e tem que ser apresentado nas policias alfandegarias , ele sao sempre barrados.

          • Danilo

            Antonio, é exatamente este o meu ponto.

            Como as leis são rígidas na Inglaterra, episódios como o do Estádio na Bélgica no jogo entre Liverpool e Juventus não mais ocorrem dentro da Inglaterra.

            A questão é, tais fatos não mais ocorrem por conta da rigidez e efetividade do ordenamento jurídico britânico e não porque os torcedores têm medo de represálias ou punições aos seus times.

            Creio que estamos falando a mesma coisa.

            O fato de não existirem mais atos violentos nos estádios (e eu concordo plenamente com você – não moro em Londres mas acompanho as ligas inglesas há mais de 15 anos pela TV) não significa que os torcedores violentos não mais existam.

            Ocorre que a violência que está latente no hooligan inglês (como de resto nos vândalos de qualquer país) é contida pela rigidez das lei da terra onde você hoje mora.

            Grande abraço e obrigado pela atenção à minha mensagem.

          • janca

            Neste sentido, Danilo, já me intrometendo na sua resposta ao Antonio, eu concordo com você. A questão do ordenamento jurídico é importantíssima. Nosso código penal, a meu ver, deveria mudar. Ontem mesmo um condenado em primeira instância pela Justiça pela morte do pai e da madrasta não saiu pelas portas da frente do tribunal? Por um crime de março de 2004, só levado ao tribunal do juri quase nove anos depois? Fica uma sensação de impunidade.

      • rubens

        nossa, o que ocorreu na Europa foi totalmente diferente, grande parte da torcida do Liverpool partiu para agressão aos torcedores da Juventus, nem de longe se aproxima com o que aconteceu na Bolivia onde as torcidas estavam em clima de festa e paz.

        • janca

          Mas o que quero dizer é que o clube _e não só o Liverpool_ foi punido pelo comportamento de sua torcida. Todos os clubes ingleses, aliás, foram afastados de competições internacionais por cinco anos _seis, no caso do Liverpool. E não dá pra falar em clima de paz quando “cidadãos” entram no estádio com sinalizador marítimo.

          • Danilo

            Janca,

            Me desculpe ser repetitivo, mas creio que a questão deva ser debatida por completo.

            Após as punições o nível de violência dentro, e veja bem, dentro da Inglaterra diminuiu muito.

            O que eu continuo a questionar é: será que a violência praticamente acabou na Inglaterra por conta da punição aos times?

            Será que se não houvesse punição aos responsáveis pelos atos de violência, eles deixaram de praticar crimes por respeito aos seus clubes ou por medo de punição aos seus clubes?

            O próprio lance publicou uma matéria segundo a qual um clube na Turquia (não me lembro qual) teve punição semelhante à que foi dada ao Corinthians e ao que me consta, a torcida turca continua a barbarizar nos estádios locais.

            O meu ponto é: será que punir o corinthians ou qualquer outro clube é eficaz para acabar com as atrocidades que ocorrem nos estádios?

            Até que me provem o contrário, tenho certeza que não.

            Abraço.

          • janca

            Certeza eu não tenho, Danilo. Já vi várias partidas de futebol no Brasil em que um cidadão atira objeto no gramado e a própria torcida aponta para a polícia quem foi com receio de que o clube seja prejudicado.

          • rubens

            nao havia agressao entre as torcidas, o clima era de paz sim, o homicidio nao foi consequencia de animosidade entre torcidas, foi por conta de um inconsequente, nao sei até que ponto com intenção de ferir alguem ou por impericia, mas nao pelo comportamento das torcidas.

          • Carlos

            “Clima de paz” com um sinalizador militar na torcida. Jesus…

      • Ton

        A Europa é diferente Janca. A UEFA é infinitamente superior a CONMEBOsta!

        Como eu disse no outro tópico, não é a primeira vez que ocorre um caso de morte por sinalizador em uma partida de futebol na America do Sul. Aconteceu nos anos 80, Boca x Racing e a CONMEBOL não puniu o clube do torcedor homicída.

        Porque o Corinthians tem que ser o Pioneiro????????????????????

        • janca

          Porque o tribunal da Conmebol que puniu o Corinthians foi criado recentemente. É o mesmo que puniu também Grêmio, por conta da avalanche, e São Paulo, por conta dos incicentes no jogo contra o Tigre. Embora eu achasse que caberia punição ao Tigre, também, assim como, a meu ver, cabe punição ao San José, que era o mandante. Mas como disse o regulamento permite punição ao Corinthians pelo comportamento de sua torcida mesmo fora de casa.

          • Danilo

            Olá novamente Janca.

            Você acabou de afirmar que já viu vários casos nos quais após um torcedor atirar algo no gramado, outros apontam para a polícia o autor do vandalismo.

            É verdade, você tem toda a razão.

            Porém, eu acredito que estes que apontaram são torcedores conscientes e que jamais praticariam ato semelhante.

            O torcedor que atirou o objeto não pensa no clube. Mesmo porque punições já há para os clubes nos campeonatos nacionais e episódios tristes como estes continuam a ocorrer.

            Ou será que os torcedores do palmeiras que atiraram objetos em campo no último brasileiro não sabiam que estariam potencialmente prejudicando o time deles no momento mais importante, quando o time estava prestes a ser rebaixado?

            E o que aconteceu? O palmeiras perdeu vários mandos de jogos e certamente esta perda de mandos contribuiu para a queda.

            Evidentemente eu respeito a sua opinião , mas entendo que a comparação não procede.

            Abraço.

          • janca

            E eu respeito a sua e acho que procede, inclusive para o chamado torcedor comum começar a pressionar, assim como a sociedade civil, a polícia e o Ministério Público, às organizadas e os dirigentes de clubes, muitos dos quais se misturam com elas. Abs.

      • Valdir

        Janca, esta situacao vale para o Brasil, a violencia aqui e um absurdo em todos as torcidas e esferas da sociedade. talvez uma medida destas pudesse fazer nossas autoridades e sociedade agirem.

        • janca

          Concordo.

  • joelmir

    vamos acabar com a gavioes queimei meus artigos da organizada,agora eu sou apenas corinthians.vai corinthians……………

    • PARABENS ASSASSINO VC FOI DOS Q FINANCIARAM O ASSASSINATO!!!!!

      • rubens

        assassina deveria ser a sua mãe que deveria ter abortado vc antes de nascer

        • medo

          Então quer dizer que a morte do torcedor numa briga na final da taça São paulo de futebol (juniors) entre Palmeiras e São Paulo, não foi assassinato. Ora pare de fazer sensassionalismo Ant sem cultura e sem lembrança. por acaso foi ventilada punição a esses 2 clubes.
          Parem de falar abobors o que deve ser feito é um serviço de inteligencia que policia as organizadas dentro e fora dos estádios pois todas estão qualhadas de marginais e assassinos, tem que ter penas duras é no CÒDIGO PENAL ai esta a falha toda a justiça é branda o clube é paixão tem que ser punido se o problema for campal e até mesmo comcordo com punição ao clube por invasão campal e objetos atirados, mas no caso foi um ASSASSINATO tem que pegar o culpado como esta se fazendo na bolivia e prender o cara.

          • janca

            Uma questão importante que você levantou diz respeito ao código penal. Ele tem que mudar no Brasil. Ok, vão dizer que o crime foi na Bolívia, mas que o código penal brasileiro tem de mudar e se tornar mais rígido, tem.

          • rubens

            Com certeza Janca, esses marginais que se dizem torcedores tinham que ser imediatamente detidos atendendo a legislaçao especifica para que os crimes sejam rapidamente reparados e não fiquem anos a fio para serem julgados.

          • Valdir

            Com certeza o problema é nosso codigo penal, nao da mais a violencia que existe no pais. Diziam que o maior problema do Brasil era a sauva, mas hoje em dia é a violencia e nao é so no futebol e
            é em todos os lugares. O futebol é apenas um reflexo do que acontece no dia dia.

  • lee

    Bom, quero ver agora o Tite, quero saber o que ele vai falar caso a punição seja cancelada. Chorar é fácil, todo dia dezenas morrem de forma banal. Motivo é o que não falta!

    Quero ver se ele vai manter a postura, pois quem fala que trocaria um título, certamente pediria demissão caso a punição seja retirada…

    Só sei que se ele sair fora caso os dirigentes consigam reverter…ele vai virar um exemplo de homem com caráter que mantem a palavra independente de tudo e todos.

    • ALESSANDRO

      LEE VC TA MUITO INSPIRADO HOJE PARA FALAR ASNEIRAS VC ANDOU COMENDO MUITA BANANA???
      NAO E DESSA FORMA QUE SE MOSTRA CARATER,MESMO PQ O TITE NAO TEM NADA QUE MOSTRAR,MESMO PQ NAO FOI ELE QUEM ATIROU OU MANDOU ATIRAR O SINALIZADOR!!!!
      A TUA COLOCAÇAO E TAO IDIOTA QUE NUMA COMPARAÇAO SERIA COMO SE UM ADVOGADO MATASSE ALGUEM,SEUS COLEGAS DE OAB DEVERIAM ABANDONAR A PROFISSAO,OU SE ALGUM MEDICO PROVOCASSE UMA MORTE,OS OUTROS EM SINAL DE QUEM CARATER PEDISSEM DEMISSAO!!!!!!!
      PARA NE VAI PROCURAR O QUE FAZER,POIS UMA COM UMA MENTE OCUPADA VC NAO TERA TEMPO DE IMAGINAR BOBAGENS!!!!!

      • lee

        Preste atenção! Ele disse uma coisa; ‘trocaria um título pela morte do menino’. Portanto, se ele ficou realmente consternado, que peça demissão caso anulem a pena, até pq emprego não vai faltar.

        Quando falei sobre caráter, quis dizer em relação a pessoas que chega na ‘tela’, choram e falam…e depois que bancam o que falam, cara. Um homem de caráter mantem o que fala e não chora lágrimas de crocodilo.

        Se ele permanecer, vai provar que não estava pensando em nada quando deu a coletiva.

        Se realmente ficou indignado pela morte, não pode aceitar nenhuma reviravolta.

        Ele que banque o que disse..e vc deve ter razão no seu comentário, já que perdeu seu precioso tempo lendo o meu

    • janca

      Mas ele não tem que sair do Corinthians. Apenas pediu desculpas, em nome dele (e do clube), imagino, pelo ocorrido, que foi mesmo lamentável.

      • lee

        Ele nao pode aceitar, assim como tem jornalistas martelando que o corinthians deveria acatar a punição para mostrar que quer umfutebol melhor.

        É a minha opinião…só lamento.

        • Caio Cesar

          MAIS QUANDO FOI QUE O TITE DISSE,QUE SAIRIA DO CORINTHIANS?ELE SE LAMENTOU IDIOTA NÃO COMO TÉCNICO DO CORINTHIANS,MAIS SIM COMO PAI DE FAMÍLIA,COMO SER HUMANO…….EU COMO SER HUMANO FIQUEI INDIGNADO COM O Q ACONTECEU,ACHO QUE O CARA TEM QUE PEGAR UNS 50 ANOS DE CADEIA,QUEM TEM FAMÍLIA SABE A DOR QUE É PERDER UMA PESSOA AINDA MAIS DESTA MANEIRA…….AGORA DO JEITO,QUE TODOS ESTÃO FALANDO PARECE QUE NÓS CORINTHIANOS,TRABALHADORES,PAI DE FAMÍLIA…..ETC.INCENTIVAMOS AQUELE IDIOTA A ASCENDER O SINALIZADOR……PARA VC TER UMA IDÉIA NA HORA DO JOGO EU ESTAVA NA FACULDADE…..NEM O JOGO EU ASSISTI,SÓ VI AS NOTÍCIAS DEPOIS DO JOGO…..AÍ EU TE PERGUNTO,QUAL É A MINHA CULPA,E DE MILHÕES DE CORINTHIANOS QUE ESTAVAM,TRABALHANDO,ESTUDANDO OU EM SUAS CASAS,OU ATÉ MESMO DOS DIRETORES,E JOGADORES QUE ESTAVAM TRABALHANDO……..DE UM BABACA SOLTAR UM SINALIZADOR?PORQUE TODOS NÓS PAGAREMOS POR UMA ATITUDE DE UMA PESSOA?ATÉ OS PRÓPRIOS BOLIVIANOS,SÃO MAIS SENSATOS DO QUE OS BRASILEIROS E SABEM QUE OS CORINTHIANOS,NÃO TIVERAM CULPA NISSO,E SIM UM MAL ELEMENTO!!!!!

          • Justiça no Brasil?

            Trabalhando estudando? Aí não seriam Corinthianos, trabalho e Corinthianos na mesma frase? Nunca vi

  • lee

    E antes que me esqueça, sou a favor da finalização do torneio.

    Se a entidade máxima do Futebol vive cheia de critérios e normas para um país organizar uma copa, que o critéiro seja o mesmo para as subsidiárias. Se a conmebol atua como regulamentadora da libertadores, se ela nao consegue organizar (e isso já está provado)…..que cancelem essa edição..

    NÃO é questão de julgamento ou responsabilidade repassada, é questão de segurança nacional mesmo.

  • bem na minha opnião o jogo não deveria ter nem acontecido la em oruro foi ‘ tragedia anunciada’ porque a segurança do estadio era precaria não teve revista deixaram entrar com um material desses isso não tem cabimento agora. que alguma coisa precisa ser feita isso é fato e não é barrando a torcida que isso vai mudar pelo contrario voces verão oque vai acontecer quarta feira fora do estadio se a torcida não entrar la outra tragedia anunciada

  • César

    Tá tudo errado, a Comebol nunca soube organizar a Libertadores: é chuva de pedra, banana e xingamentos racistas fora do Brasil e ninguém NUNCA faz nada. Isso sem dizer da guerra dentro de campo que todos nossos vizinho sulamericanos fazem lá e aqui: é nariz quebrado, supercilio cortado, carrinho desleal e muitas vezes os brasileiros são obrigados e engolir. Ai num ato isolado onde um só torcedor usa um desses artefatos que a policia boliviana não revistou, a organização foi conivente e um garoto morreu o Corinthians(brasileiro) é punido. Mário Gobbi está certíssimo.

    Precisa ser apurado a fundo e devem ser presos o cara que assumiu a responsabilidade de usar um sinalizador marítimo no estádio, o policial que não fez a revista e a organização do evento que foi conivente com a situação.

    Não adianta nada tirar o direito de torcida do Corinthians se a Comebol vai continuar dando de ombros para a segurança do publico nos estádios. Clube brasileiro tem que parar de ser bonzinho e servir de bode espia-tório para o erro alheio.

    Fui uma sucessão de erros e punir apenas os mais fracos é ditadura, afinal o Comebol também não tem parcela de culpa no caso ? E porquê nenhum jornalista enche o peito pra dizer isso aos leitores ? E a policia boliviana, porquê não fizeram a revista ? E qual a parcela de culpa deles ? Porquê NINGUÉM abre essa discução Janca ?

    • Ton

      Eu comento nesse blog porque considero o Janca um jornalista sensato, mas tem muito jornalista falando besteira principalmente na TV.

      Acreditar que punindo o Corinthians não haverá mais esse tipo de incidente é a mesma coisa que acreditar na fada do dente. ( com o perdão do trocadilho).

    • janca

      Eu já fiz o questionamento várias vezes. Sobre erros na fiscalização da torcida, que entrou com sinalizadores marítimos no estádio. E sobre a responsabilidade que caberia ao San José como mandante também.

    • Valdir

      Perfeito Cezar, o problema é muito maior, acharam um bode ou gamba espiatorio, mas o problema é muito maior. Outro dia eu revi alguns casos de violencia na America latina e vi pela primeira vez quando quase deceparam a cabeca do tecnico Leao.

  • Edson – Santo André

    Achei estranho também Janca ninguem mencionar a falha na segurança em Oruro. Seguindo então essa lógica da Conmembol, se o jogo fosse no Pacaembu e a torcida do San Jose soltasse o artefato matando um torcedor corinthiano, o San Jose seria punido? E a polícia local não teria responsabilidade, uma vez que não foi eficiente na revista desses torcedores? E o clube mandante, não teria responsabilidade por ser o organizador da partida? E a confederação local, também não seria atingida por liberar o jogo de seu clube filiado em um estádio que não oferece segurança, seja revistando adequadamente os torcedores, seja dentro do estádio? Vejo muitas perguntas sem respostas convincentes e nenhuma atitude para acabar com a violência e com o uso desses artefatos nos estádios. O Corinthians (se não financiou a ida daqueles sujeitos até lá) é o menos culpado nessa história. O que voces acham, Janca e amigos?

  • Edson – Santo André

    Ainda assim entendo que o Corinthians deveria tomar uma multa exemplar, para nunca mais sequer pensar em ter relações com nenhuma torcida organizada.

    Abs.

    • janca

      Pelo que apurei a multa prevista varia de 200 reais a 200 mil reais. Não é grande coisa.

      • Dermivaldo

        O técnico Abel Braga disse que o Corinthians não deveria ser punido e sim apenas o torcedor que cometeu o ato e quem deu cobertura, porque não houve confusão nem briga de torcida. Para ele foi um ato isolado de alguns torcedores.
        O problema da torcida do Corinthians é o mesmo problema de todas as torcidas e o melhor seria acabar com elas, nenhuma é tão menos pior que a outra. A punição principal deveria ser para os autores dos fatos, à partir do momento que acabarem com a impunidade, a torcida passa a respeitar os demais.
        O problema de tudo é a impunidade que assola o país.
        Todos os times tem relações com as torcidas. Na Europa é até pior, na Itália, por exemplo, os Ultras (organizadas deles) são violentos e pertencem à extrema-direita, mandam nos clubes, decidem as contratações, tem entradas próprias nos estádios, e nem a polícia mexe com eles. No leste europeu tem o agravante de pregarem o racismo.

        • janca

          Não é so no Leste Europeu que temos, lamentavelmente, cânticos racistas. Na Europa ocidental também.

          • Dermivaldo

            Inclusive torcedores do Rio Grande do Sul cantam (ou cantavam) musicas racistas. Mas o sonho deles é morar em Santa Catarina.

          • janca

            Aí é uma alusão, talvez preconceituosa, sua. Além de ser uma generalização sem sentido.

          • Dermivaldo

            E os gremistas cometiam racismo inclusive contra os torcedores do Inter, chamando-os de “time de negão” por a torcida do Inter ser mais povão. Tinham até música chamado “Ah, eu sou macaco”. Se fazem isso com os de lá, imagina como são tratados os de fora.

          • janca

            Torcedores racistas, lamentavelmente, há em diversos clubes. E racismo é crime e tem que ser combatido radicalmente.

          • Dermivaldo

            O jogador Zé Roberto saiu do Inter porque seu filho era constantemente vítima de racismo em Porto alegre, até entrou com processo na justiça.

      • Edson – Santo André

        É uma piada hein, Janca! 200.000,00 seja em reais ou dólares não fará falta a nenhum grande clube brasileiro. Infelizmente casos com o de Oruro voltarão a acontecer, pois se tratando da Conmenbol, Leoz, Grondona, Marin, Del Nero, entre outros, que só se preocupam com eles mesmos, nada mudará, regras mais claras e punições mais duras e justas não ocorrerão. Então_infelizmente_vamos aguardar a próxima morte para nos indignarmos e comentarmos tudo o que já foi falado neste blog. Triste!

        Abs.

        • Dermivaldo

          Nós brasileiros não temos moral nenhuma para criticar a Conmebol, pois não conseguimos resolver nossos próprios problemas de violência, seja no futebol ou na sociedade. O futebol brasileiro é o que mais se mata no mundo.

  • Crema

    A direção do Corinthians esta claramente dando uma de João-sem-braço. Estão de forma proposital misturando questões criminais com quesões de cunho desportivo numa tentativa bem fajuta de mobilizar torcida e opinião pública…

    O caso é relativamente simples do ponto de vista criminal: O responsável pela morte do rapazinho boliviano deve responder pelo crime de homicídio culposo ou doloso, conforme rege o código penal boliviano, o qual eu não conheço, mas imagino que deva funcionar de forma semelhante ao brasileiro. O que importa é apenas o fato ocorrido, neste caso a ação que levou a morte do rapaz. O local onde isso se deu e a forma como a arma chegou lá, não interferem no fato. Como exemplo: Não se pode culpar a Secretaria de segurança pública de SP pelos atos criminosos cometidos na cidade, quando esta age no sentido de coibí-los, o mesmo se aplica à fiscalização no estádio, o responsável pela morte do rapaz são aqueles (ou aquele) que contribuiram diretamete para e o(s) que executaram o disparo, e não aqueles fiscalizam a segurança do estádio.

    Encontrar, investigar, julgar e condenar o(s) culpado(s) é questão criminal que compete as autoridades bolivianas e não a Conmebol ou aos clubes. A estes cabem apenas as punições de cunho desportivos, conforme regem os regulamentos da entidade e o bom senso (que se espera existir por parte daqueles que regem o futebol na América do Sul). Encontrar e prender o culpado pela morte do rapaz não apaga todos os outros erros e culpados pela ocorrido, quer tenham eles contribuído de forma indireta ou por omissão. E nestes últimos a lista se quisermos pode ser MUITO é grande: O Corinthians (e todos os clubes em geral), que apoia e patrocina as torcidas organizadas, a segurança do estádio de San Jose pela falha na fiscalização, a Conmebol que organiza o torneio e é históricamente conivente com excessos e violências (vide a política de cartões amerelos que impera por anos) a FIFA que esta ciente da forma como atua a Conmebol e nada faz, as autoridades brasileiras que nunca tomaram atitudes concretas no sentido de coibir os atos cirminosos e violentos ligados as torcidas de futebol. Enfim, como disse a lista pode ser muito longa…

    Eu penso ser necessário que as punições de cunho desportivo contra os clubes sejam severas, na minha opinião eles são os principais responsáveis pela proporção que tomaram os torcidas organizadas e este apoio só ira terminar na hora que eles de fato sentirem na pele (e no bolso) o que esse patrocínio velado pode gerar. Talvez os clubes no Brasil deixem de apoiar e incentivar as nocivas torcidas uniformizadas vendo agora como o Corintihans irá perder muito dinheiro e esta vendo muito sua credibilidade institucional (conquistada com justiça, diga-se de passagem) mortalmente ferida pelos atos de alguns imbecis, que o próprio clube apoia e permite que usem a sua marca.
    Que sirve de lição, assim esperamos.

    • Dermivaldo

      Só lembrando que o fato dos clubes ajudarem as torcidas com dinheiro, passagens, onibus ou com o que seja não é crime. O Corinthians distribuiu sinalizadores para a torcida? Se você doar 2 mil reais para uma pessoa e ela usar o dinheiro para comprar uma espingarda calibre 12 e cometer um crime, você vai ser culpado? cada um é responsável por sí e deve responder criminalmente pelos seus atos, cada torcedor tem sua responsabilidade, cada clube tem sua responsabilidade, inclusive a Conmebol tem suas responsabilidades e nãos as cumpre.
      Sou contra as torcidas organizadas e não acho moralmente correto os clubes financiarem eles (se é que isso ocorre), mas isso não é crime.
      o Corinthians deveria ser responsabilizado se o jogo tivesse sido em SP.

      • rubens

        Duvido que das contas do clube saia dinheiro para torcida, esse financiamento é feito por conselheiros, diretores, jogadores, empresários que tem interesses em determinados comportamentos da torcida. Essas pessoas sim deveriam responder solidariamente aos crimes cometidos por esses bandidos.

      • Ton

        Muito bem colocado Dermivaldo. Clube nenhum financia compra de armamentos e sinalizadores. O clube financia a torcida para ela TORCER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        Eu sou contra também, mas em qual regulamento está descrito que o clube não pode financiar a torcida??????????

        Se estiver escrito isso em algum lugar, aí sim se justificará a punição ao Sport Clube Corinthians Paulista.

        • janca

          A punição não foi por financiamento ou não de torcida organizada, essa é uma outra questão que eu levantei e acho importante. A punição foi de acordo com regulamento da Libertadores, assinado pelo próprio Corinthians e que poderia até excluir o time da competição.

      • Crema

        Ninguém aqui esta dizendo que é crime, mas quando vc assina um regulamento de competição onde vc é responsável pelos atos de seus torcedores, financia a ida deles a outro país para torcer e um deles mata alguem, criminalmente vc não é culpado, não existe dúvida quanto a isto, Mas desportivamente, pelo regulamento da competição, vc é sim…

        • janca

          É essa a questão, Crema, pelo regulamento o Corinthians podia ser punido, como foi.

          • Ton

            Os seus argumentos e do Crema me fizeram refletir e agora eu concordo que o Corinthians (embora não seja o único culpado) pelo regulamento da competição que ele assinou deva ser punido.

            Porém, a punição imposta foi autoritária, abusiva e extremamente rigorosa. Era suficiente proibir a torcida nos jogos de visitante.

            OBS: Antes que alguém venha falar em morte, deixo claro que só discuto a esfera esportiva.

          • janca

            Talvez fosse mesmo _suficiente proibir a torcida nos jogos como visitante, Ton. Mas punição ao Corinthians à parte outras providências têm de ser tomadas, pois seguimos vendo sinalizadores em partidas de outros clubes e uma hora a tragédia pode se repetir. Não precisa ser com o Corinthians, cuja torcida não é a única que usa sinalizadores.

          • Conhecedor

            O Regulamento da Copa Libertadores 2013, remete ao novo órgão disciplinar determinado pela FIFA à Conmebol em 2012 após os incidentes da final da Sulamericana, mas, ainda não foi regulamentado. Medidas cautelares como a que foi imposta foi canetada de afogadilho para acariciar a opinião pública. Em caso de revogação, já que não estava regularmente prevista, o que dirão ? Mas convenhamos, proibição de torcida por causa de evento morte não é brando demais ? Abandono de competição por conhecimento antecipado de pena mais severa de mérito é uma boa idéia midiática ? As negociações estão na mesa. A Conmebol não quer perder o diamante bruto que tem em mãos e muito menos a mina de ouro mal explorada, e, se envolver em briga de cachorros gigantes muito menos. Na segunda 25 saberemos se as reuniões nababescas chegaram a consenso com todas as partes. Haja scotch e champ cristal. E assim caminha esta humanidade.

    • Danilo

      Boa tarde Crema.

      Já que você tocou na questão do ponto de vista jurídico, vamos continuar o seu raciocínio:

      Uma vez punindo-se o Corinthians não de forma pecuniária (multa) mas com fechamento do público aos jogos, quem é que está na verdade sendo punido?

      E o direito do consumidor dos 84.000 mil torcedores que já compraram os ingressos e terão a sua expectativa frustrada por conta de um regulamento de uma competição da qual não tiveram acesso e jamais opinaram?

      Estes 84.000 torcedores tiveram suas expectativas frustradas pois, grande parte destes torcedores comprarma os tais ingressos no ano passado, tiveram que assistir a um imenso número de jogos sem importância para terem prioridade na compra dos ingressos através do programa fiel torcedor e agora, por conta deste regulamento estão privados de assistir aos jogos?

      Nem me venha com a falácia de que é só devolver o valor dos ingressos porque, se você for torcedor de verdade, sabe que o valor do ingresso é o que menos importa para estes torcedores à esta hora.

      E o torcedor que comprou o pay per view ou a TV por assinatura na expectativa de acompanhar na íntegra a competição na qual o seu clube estava participando? Vai assistir ao jogo com o estádio vazio?
      Quem vai ressarcir toda esta gente?

      Quem vai ressarcir o patrocinador que tem o direito legítimo de exigir a exposição do seu produto após pagar uma fortuna por um espaço na camisa ou o fornecimento de matrial esportivo?

      Como você mesmo disse Crema, não venha me falar da morte do menino, porque esta é uma questão criminal e que deve ser apurada pelas autoridades de segurança pública do local da ocorrência do fato.

      O que fica é: milhares são prejudicados no seu legítimo direito de consumidor por conta de uma decisão arbitrária, hipócrita cuja aplicação se deve não para ressarcir ou para evitar novos fatos como este, mas sim para dar uma satisfação àqueles que têm sede de sangue.

      Grande abraço.

      • Crema

        Eu entendo sua frustação Danilo e de todos os torcedores do Corinthians. Tenha certeza que eu bem sei que a ESMAGADORA maioria da torcida corintiana é de gente boa, honesta e da paz. Pode não parecer justo punir o clubedesta forma (e diretamente sua torcida), mas a questão que eu tento levantar aqui é que não se pode misturar as questões criminais do caso, e aqui fica claro que o clube não tem responsabilidade nenhuma, com as questões desportivas.
        Ao que que tudo indica até o momento (aqui tmb vale dizer que é preciso ter certeza disso antes dequalquer coisa) um torcedor do Conrinthians foi responsável pela morte do rapaz e segundo o regulamento da competição, o qual a direção do Corintihans concordou e assinou embaixo, este tipo de punição é cabível, de forma que que se ficar comprovado o desrespeito aos direitos do consumidor uqe vc levanta, os tocedor tem todo o direto de processar o clube por danos morais e materias. O raciocínio é mesmo no caso de vc bater no meu e eles estar estacionado em lugar proíbido: vc não esta isento da culpa pela batida, responderá por ela e eu teria que pagar multa por estacionar em local indevido. Pode não estar certo, mas é assim que funciona. Cada um responde por aquilo que cometeu e neste caso o Corintihans concordou com regulamento e deve responder por quaquer ato decorente do que isso venha a gerar. A questão é a seguinte Danilo, quando vc concorda e assina um regulamento onde esta claro que vc tera responsabiliade por atos cometidos por seus torcedores e vc não faz nada para coibir estes atos, sinto muito, mas em bom português: o problema passa a ser seu. Isto é justo? Pode até ser que não, mas a direção do clube concordou. Por isto que eu digo, que sirva pelo menos para incitar a discussão e que os clubes percebam que devem sim ficar atentos ao tipo de tocedor que eles andam endossando e permitindo que usem o seu emblema no peito, pois os atos deste vão respingar na entidade e no resto dos torcedores de bem , como vc.

        Abraço

        • Ton

          O Clube Financia só a torcida organizada e não o indivíduo que pertence a ela.

          A fiscalização do caráter e antecedentes do componente da TOs é responsabilidade da própria torcida organizada e não do Corinthians!

          • Crema

            Ton, quem assinou um regulamento se responsabilizando pelos atos de seus torcedores durante os jogos da libertadores não fui, não foi vc e nem a direção da Gaviões da Fiel, foi o Sport Club Corintians Paulista e nessa hora eles assumiram a responsabilidade sim…
            Cabe ao Corintihans agora, ir em cima de direção da Gaviões e cobrar explicações…

          • Dermivaldo

            Se o torcedor não foi identificado pelas autoridades e o caso não foi apurado, quem garante que o autor do fato pertence à torcida do Corinthians? E se as autoridades não sabem que foi que disparou o artefato, como podem ter punido o Corinthians antecipadamente? E se fosse um vietnamita que estava à passeio na cidade e resolveu assistir ao jogo na torcida do Corinthians?

            Em 24h não é possível realizar uma reunião para punir um clube, muito menos dá tempo de analisar os fatos, ouvir as partes envolvidas, nem direito de defesa. É óbvio que a Conmebol se precipitou querendo dar uma justificativa à opinião pública.

          • janca

            É o argumento do Corinthians, que justamente por isso considera a decisão _e punição_ precipitada.

          • Crema

            A Conmebol não precisa de autorização das autoridades policiais para aplicar o regulmamento, pode fazer isso por conta própria, pelas imagens da TV, por exemplo. Por isso eu sigo batendo nesta tecla: As questões criminais do caso nada tem a ver com as desportivas, no regulmamento não diz nada sobre a necessidade de haver inquérito e indiciamentos para que ele seja aplicado…

          • Dermivaldo

            A imagem da TV mostra se o suposto criminoso é do Brasil? Ou do Galatão? Ou da Tungstenia? Ou do Jusgistão? A imagem mostra que é torcedor do Corinthians? Tudo levar a crer que é corinthiano, mas sem detê-lo e identificá-lo não tem como ter certeza. Sem certeza não pode haver punição. E se for torcedor do Milan, ou do River Plate, ou do Kashiwa ou do Mazembe.

    • Nelson

      Independente se é cunho crimanal ou desportivo se eu vou para algum evento eu quero segurança isso é direito meu constituido pela lei e não é o time que é obrigado a me dar essa segurança pq quem é obrigado é o governo e isso é lei. Não venha misturar as coisas. No caso da Boate o dono foi preso e dai? Os verdadeiros culpados estão soltos que foram a prefeitura e o corpo de bombeiros pq eles que tem que fiscalizar os lugares para oferecem segurança isso é um direito meu constituído pela lei. Vou num jogo armado sou corinthiano e do outro lado palmeirense e estou armado nunca matei nunca roubei e naquele dia eu resolvo levar uma arma e mato um palmeirense que culpa tem o time nessa história se ele nem sabe que eu existo? A segurança não revistou?
      Então o culpado foi o Corinthians. Claro que não.

      • Crema

        De novo: o Corinthians não é culpado de nada, apenas de ter assinado um regulamento que neste momento, devido as circunstância o é prejudicial. E outra coisa, o Estado não é responsável pelos cirmes cometidos por seus cidadãos, para isto existe o código penal. Quem esta misturando as coisas é vc. Dê uma lida no regulmaneto da Libertadores e me diga depois se o Corinthians é ou não responsável, se não quisesse cumprir o que esta escrito ali era só não ter assinado. Foi bom vc ter levantado o caso do incêncio na Boate Kiss, alí como neste episódio funcionou a boa e velha cultura do “não vai dar nada”, infelizmete em ambos os casos deu, e vida foram perdidas. Cabe agora que sejam aplicadas as leis e normas, criminais e desportivas, só isso.

        • Dermivaldo

          A questão é que não foi aplicada a lei esportiva. Simplesmente alguém da Conmebol “chutou” uma punição sem apurar nada.

          • Carlos

            Como sem apurar nada? E o corpo do menino morto?

        • Ton

          A questão é que o regulamento preve penas que vão de uma multa de R$ 200,00 até exclusão do clube da competição. Logo, existem penas brandas, justa e rigorosa. De acordo com os atenuantes e a divisão de responsabilidade a pena aplicada foi extremamente rigorosa e co Corinthians não teve qualquer chance de defesa.

  • francotimao

    Ola, Janca, essa polemica ira durar algum tempo ainda na midia, mas não mudo meu pensamento, acho q o clube deve ser punido somente quando o ou os causadores de incidentes fatais ou não forem ligados ao clube diretamente, de outra forma, esses desordeiros devem ser presos e nunca mais entrarem nos estadios, como disse anteriormente a COMENBOL se precipitou na punição, se deixou levar pela emoção do momento e não considerou todas as atenuantes envolvendo o caso..Abs!!!!!!!!

    • janca

      Respeito sua opinião, mas o Corinthians assinou o regulamento da Libertadores, que prevê pena em casos como esse ao clube visitante, caso a “confusão” _no caso resultou em morte_ tenha sido provocada por seus torcedores. A pena poderia ser multa de 200 reais, apenas, mas poderia até levar o clube à expulsão do torneio.

      • Dermivaldo

        Houve precipitação da Conmebol, pois os causadores da tragédia ainda não foram detidos e estão na estrada voltando para o Brasil, portanto, o caso não foi apurado. E já que adiantaram a punição apenas ao clube sem que os fatos tivessem sido apurados, deveriam ser punidos todos os culpados.
        Suponhamos que foi um torcedor do The Strongest ou de outro time tenha se infiltrado no meio da torcida do Corinthians e disparou o artefato. E aí? Não é o caso, mas poderia ser.

        • janca

          É o que o Corinthians tem dito. Que a punição foi precipitada. Aguardemos as investigações e quem atirou o artefato, duvido que com a intenção de matar, mas uma morte provocou, que seja detido, se é que não está entre os 12 com prisão preventiva decretada na Bolívia.

      • Ton

        Janca, eu entendo que o que o Corinthians está questionando ( e todos os seus torcedores) não é a pena em si, mas o rigor da pena imposta.

        Como vc disse, poderia ser branda com uma multa de R$ 200,00 ou rigorasa demais com a expusão da competição.

        A direção do Clube entende que jogar todos os jogos com portões fechados foi rigor excessivo e concordo com ela por todas as variáveis que foram expostas aqui.

        • janca

          Entendo e respeito sua posição, embora achasse que alguma coisa devesse ser feita. Na verdade acho que várias coisas devam ser feitas, a questão é muito mais complexa do que punir o Corinthians com A ou B, Ton. Abs.

  • Dermivaldo

    O clube está certo em defender seus interesses, pois a instituição não tem culpa e não pode controlar os atos dos torcedores. Prá isso existe lei. Se alguém vai num teatro ou num cinema e comete um crime lá dentro, vai responder por isso. Se 200 torcedores decidirem se suicidar na arquibancada do estádio, que culpa tem o clube? O fato do clube ser punido para servir de exemplo para a torcida não significa que tem culpa.

    • Dermivaldo

      Mesmo porque a segurança do estádio boliano não cabia ao Corinthians. Se a lei tivesse sido cumprida, o torcedor não teria entrado com o artifício.

      • Carlos

        Dermivaldo, se alguém comete um crime no shopping, o shopping responde solidariamente.

  • fernando

    Me desculpe o termo mas é muita imbecilidade o que se fala das organizadas do CORINTHIANS sobre eles serem financiados pelo clube. É exatamente o contrario , na verdade as Organizadas do CORINTHIANS que financiam o clube gerando a maior renda que um clube possui na América latina. Ou os quase 4 milhões arrecadados de bilheteria pelo Corinthians no começo do paulistinha foi financiado pelo próprio CORINTHIANS?? não sonhem acordem para realidade, vejam como era as condições financeiras dos clubes paulista entre 96 e 2003 período em que as organizadas estavam completamente proibidas de entrarem nos estádios com seus artefatos, acordem para realidade. A classe média no Brasil só vai em jogo importante e final, quem segura a bilheteria dos clubes são as organizadas, senão elas já teriam sido banidas a tempos. A média do Corinthians no ultimo brasileiro em casa foi de aproximadamente 25 mil pagantes, e posso garantir que mais de 50% desses torcedores eram de organizadas ou tem uma relação com elas.

    • Ton

      “Entrarem no estádio com seus artefatos”???????

      Cara, vc está usando droga antes de comentar??????????

      Se vc pra comprar ingresso pra levar “artefatos” para o estádio, fica em casa seu imbecil, ninguem precisa do seu dinheiro não, otário!

      • fernando

        o comédia, vc deve ser um dos torcedores da numerada que bate foto quando a gaviões ou outras organizadas erguem seus bandeirões,

        artefatos igual( bateria, faixa, bandeirões etc) vc não sabe nada de futebol e nem corinthiano é, eu tenho 30 anos e frequento estádio desde 1990

        comédia , eletista de merdaaa, facista imbecil…

        aposto que vc canta se for corinthiano o ” aqui tem um bando de loco,” eu nunca vou te abandonar” sabe quem fez essas musicas que dão vida aos estádios? A GAVIÕES, CAMISA 12, PAVILHÃO, então parem de falar merda,, as organizadas poderiam assim cobrar direitos autorais pelas musicas que fez em amor ao clube, até o lance deveria pagar a gaviões por usar o ” aqui tem um bando de loucos” na pagina inicial.

        e sabem porque as organizadas tem preferencia na compra dos ingressos?? porque elas vão em jogos tipo CORINTHINA S x mogi mirim etc, jgos que vcs torcedores da classe média não vão….

        em 1996 até 2003 as organizadas estavam banidas dos estádios, ai eu me perguntam onde estavam os torcedores de verdade que amam o clube??? nossa média nessa época não passava de 10 mil por jogo com ingresso barato… viviamos de fazer parceria com hicks musi, ou MSI ou vcs não se lembram….

        vcs não sabem nada de CORINTHIANS,,,, e os anti sabem que para derrubar nós é mais que importante atacar as organizadas.

    • Dermivaldo

      As organizadas tem preferencia e privilégios na compra dos ingressos, então não sobram muitos ingressos para os torcedores comuns, a não ser os que fazem parte do programa sócio-torcedor.
      De certa forma as organizadas espantam os torcedores de bem, muita gente não vai ao estádio com medo da violência. As organizadas fazem muito mais mal do que bem ao futebol. Na minha opinião não precisavam existir.

      • fernando

        organizadas tem preferencia porq ue vão em todos os jogos, viva o Corinthians se interesse pelas finanças do clube e vc saberá disso. além do mais o que da vida as arquibancadas são as organizadas, ou vc acha que os torcedores da numerada que vaiam o clube no primeiro tempo são fiéis??

        pergunte pro rosemberg qual era o cliente preferencial dele em se tratando de torcedor, saiba qual a origem do andrés sanches, ele vem de organizada irmão e mudou a história do CORINTHIANS.

  • Luiz Marfetan

    Essas 3 pessoas Tite, Edu e Fabio Santos tem vergonha na cara. A instituição Corinthians Paulista, TEM?

    • Justiça no Brasil?

      Claro que não e nunca teve

  • Nelson

    Que comparação idiota com oque aconteceu com o Liverpool. Ali foi briga de torcida do Liverpool os hooligans que morreram 38 pessoas.Dai a Uefa proibiu o Liverpool de disputar torneios internacionais por 5 anos e a Rainha da Inglaterra essa pena a todos os times da Inglaterra por 5 anos e ao Liverpool 6 anos. Que comparação idiota. Se fossem fazer o mesmo então nenhum time do Brasil vai disputar a libertadores por 5 anos. Que tal? Que coisa idiota essa comparação.

    • janca

      Se pra você a morte de um torcedor de 14 anos não significa nada, lamento. Teríamos que ter mais 37 mortos para algo começar a ser feito?

      • Carlos

        E não tinha que disputar mesmo, ô Nelson. Porque o menino boliviano foi apenas a gota d’água. E os torcedores que morrem aqui mesmo a quase toda rodada, sobretudo nas vésperas dos clássicos? Esses não contam? Temos muito mais que 37 mortos no futebol brasileiro nesses últimos anos.

  • essa medida foi apenas tomada,para satisfazer a pressao na commebol,em todas as uniformizadas ,existem pessoas idiotas como esses sujeitos que levaram os sinalizadores,como punir um time se na torcida do proprio time mandante foram aprendidos os mesmos artefatos ?agora imaginem um torcedor querendo prejudicar o adversario de seu time e se transvestir com o uniforme do mesmo?para se punir,tem que haver provas concretas e nao apenas por vontade de uma pessoa apenas,que achem o culpado,que o abandonem na bolivia,que lhe deem prisao perpetua se comprovada a intençao,o que nao pode eh haver generalizaçao como esta havendo,a commebol sempre prejudicou o futebol brasileiro,a propria regra do torneio proibia a partida em Oruro,por nao haver infraestrutura basica,times milionarios do brasil que gastam fortunas em salarios se sujeitam a essa entidade fraca e sem moral disciplinar!

  • kafepaulo

    Janca,

    Se vc não sabe, vou te contar como se faz invasão, principalmente em estádios, de outros estados ou paises…tenham ou não ingressos. Quem tem, vai aglomerando na entrada, e depois de algum tempo, é um empurra, empurra, e dai os fiscais que tiverem a coragem de ficar para arrecadar os ingressos e não serem esmagados, muito que bem, más geralmente não ficam ninguém para isso…dai e correria para todos os lados. Na bonbonera, foram vendidos 1500 ingressos, más todos sabem que lá tinham mais de 4000 corinthianos, fora os que foram no lado do Boca, aonde sofreram hostilidades…
    Sempre foi assim, e sempre os bandeirões são os primeiros a entrar, se passar sem revista, vai sinalizadores e tudo o mais que estiver escondidos no meio delas…simples assim

  • Carlitos

    Dizer que foi lamentável o ocorrido em Oruro é realmente chover no molhado! Culpas aos montes, na realidade todos! Mas na verdade existe sim o maior culpado em relação à competição e tenho visto pouca gente falando sobre isto, pois é bem mais fácil falar de quem realmente vende jornal e enche as páginas das redes sociais. Esta postagem não é uma defesa ao clube por qual torço e sim uma amostra dos fatos que aconteceram com todos outros e nada foi feito, nem aqui e tão pouco no restante da América do Sul. Vejam bem não se pode punir apenas um lado, sendo que a segurança tem que ser garantida pelo mandante e supervisionado pelo mentor do evento ou seja a CONMEBOL. Aconteceram vários fatos neste mesmo jogo que impugna a Federação Sulamericana de aplicar qualquer sanção sendo que a principal culpada seja ela própria.

    1° Não existiu uma revista apropriada na entrada dos torcedores das duas Agremiações nos portões de acesso.

    2° Se fogos de artíficio e sinalizadores de qualquer tipo foram proíbidos, por que ambas as torcidas os portavam? Por que na rodada seguinte ao Ocorrido eles também se fizeram presentes?

    3° Após o intervalo do jogo em questão, jogadores do Corinthians foram “apedrejados” por vários objetos sem qualquer ação da polícia local em detrimento deste fato.

    4° Torcedores do Corinthians não foram escoltados após a partida o que isto poderia até se transformar em um genocídio.

    Então somente ficando nestes fatos, desportivamente já era para a CONMEBOL sofrer uma intervenção da FIFA e ter paralizado todo o Campeonato.
    Então antes de generalizar e falar mal de toda torcida do Corinthians, procurem só bons exemplos na de vcs, tenho certeza que não acharão. A única diferença entre a torcida de vcs e a do Timão estão nos números. E a igualdade está justamente num quesito… existe gente boa no mundo inteiro, mas existe muita gente ruim também em todos os lugares. E vestindo diversas camisas. Ah! Santistas vcs estão exclusos… e vcs sabem porque! Pois além do tamanho da torcida… Moedas e chinelos não matam ninguém…não é?

  • ASSASSINOS!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Dermivaldo

      A torcida do São Paulo já matou 8 torcedores rivais.

      Mas vejamos quem mais morreu nesse triste ranking:
      1º São Paulo -15
      2º Vila Nova – 11
      3º Corinthians e Flamengo – 9
      4º Palmeiras – 8
      5º Internacional – 7
      6º Atlético MG e Fortaleza – 6
      7º Botafogo, Ceará, Cruzeiro e Goias – 5
      8º Vasco, Paysandu e Remo – 4
      9º Sport e Vitória – 3
      10º Coritiba e Náutico – 2
      11º Pelotas,Grêmio, Fluminense, /Atlético-PR, Guarani ePonte Preta – 1

      Até nas tragédias o São Paulo está perdendo.

      • Dermivaldo

        Proporcionalmente em relação à quantidade de torcedores de cada clube, a torcida do São Paulo matou mais do que a do Corinthians:

        QUEM MAIS MATOU

        1º Corinthians – 13
        2º Goias – 11
        3º Fortaleza/Palmeiras/São Paulo/Vasco – 8
        4º Atlético MG/ Cruzeiro – 6
        5º Ceará/Grêmio/Vila Nova – 5
        6º Flamengo/Paysandu – 4
        7º Bahia/Sport/Remo – 3
        8º Atlético-PR/Santa Cruz/Botafogo – 2
        9º Brasil de Pelotas/Internacional/Coritiba/Fluminense/Santos/Avaí/Guarani/Ponte Preta – 1

    • José

      Pelo que vi em tv nunca vi a torcida do SCCP matar ninguém ao vivo a do São Paulo eu vi … portanto por mais que se escreva que o SCCP seja responsável quem matou mais a unica que vi ao vivo Foi Rodrigo de Gasperi morto no Pacaembu pela torcida do São Paulo … então Sr. que se diz como bem informado ASSASSINO vc também são !!! Recalcados e nefastos … Alem de serem Racistas !!! Pois para disfarçar um negro pra jogar em seu time passaram-lhe pó de arroz !!!

  • Carlos Eduardo

    Acabou o nhem nhem nhem….
    Uma BOMBA…fonte segura disse que SEGUNDA FEIRA O CORINTHIANS ANUNCIARÁ A SAÍDA DA DISPUTA PELA LIBERTADORES!!!!!

    • Dermivaldo

      Não iluda seus amigos antis.
      Há muita coisa envolvida, o clube gastou 60 milhões em contratações, fez investimentos, há contratos de patrocínio com a Caixa e outras empresas, contratos de TV com a Globo, Sportv e Fox, há direito adquirido de torcedores que compraram ingressos, passagens e reservaram hotéis, haveria indenização aos clubes da primeira fase, punições por abandonar a competição, etc…
      Não seja ingênuo.

  • Ricardo Riso

    Hipócrita e covarde a decisão tomada pelo Corinthians. Não digo aqui o departamento jurídico ou de marketing, ou seja lá o que for, mas impressiona-me a insensibilidade para não resolver um problema que é do futebol jogado e assistido aqui. Um garoto morreu por causa de um ato extremo de um indivíduo produzido pela nossa sociedade. Ano passado uma final de campeonato sul-americano não terminou em razão de violência ao time visitante dentro de um estádio brasileiro. É assim que pensamos o futebol e aqueles que o frequentam? Se sim, estou perto da desistência para que a barbárie, já estabelecida, conclame a sua vitória.

  • Carlos Otsubo SP

    Fico imaginando a opinião de alguns diretores corinthianos que julgam essa morte como ‘fatalidade’!!!

  • ELIAS GONÇA

    Ótimo comentário, sou corinthiano há 35 anos. O corinthians não pode ser responsabilizado sozinho por isso. Primeiro quem deve pagar são os que efetivamente lançaram o sinalizador que atingiu o menino; Segundo os responsáveis pela organização do evento que permitiram um Estádio onde não fiscalizam corretamente o que entra e o que sai antes do jogo; Comenbol é tão responsável quanto o policiamente boliviano; O Corinthians assim como todos os clubes também são responsáveis por nunca terem feito nada para melhorar tudo isso. Assisti no dia seguinte na Fox Sports a continuação da rodada da Libertadores, e todos, eu disse TODOS os jogos haviam sinalizadores acesos.

  • ELIAS GONÇA

    Ótimo comentário, sou corinthiano há 35 anos. O corinthians não pode ser responsabilizado sozinho por isso. Primeiro quem deve pagar são os que efetivamente lançaram o sinalizador que atingiu o menino; Segundo os responsáveis pela organização do evento que permitiram um Estádio onde não fiscalizam corretamente o que entra e o que sai antes do jogo; Comenbol é tão responsável quanto o policiamente boliviano; O Corinthians assim como todos os clubes também são responsáveis por nunca terem feito nada para melhorar tudo isso. Assisti no dia seguinte na Fox Sports a continuação da rodada da Libertadores, e todos, eu disse TODOS os jogos haviam sinalizadores acesos..

  • Carlos.

    Janca, me decepciona a atitude do Paulo André. Não é exceção nada. É outro desses boleiros ignorantes, mas que apenas aprendeu a usar o alfabeto melhor um pouquinho. Onde está a personalidade de dizer o que pensa?

    Me decepciona também a atitude da diretoria corinthiana. Cadê a administração diferenciada? Na vida, é preciso ser diferenciado nos momentos difíceis também.

    Agora, o fim da picada é essa conversa de imputarem a culpa a um menor de idade e que nem na Bolívia está mais.

    Tudo bem, se foi o garoto, que seja punido. Mas, antes, que se prove a sua real responsabilidade. Caso contrário, parecerá artimanha de advogado mal intencionado.

    Abs.

    • janca

      Oi Carlos. Parece mesmo que um jovem de 17 anos vai se apresentar amanhã como responsável pelo disparo… Sei não… Mas vale dizer que dois dos 12 detidos na Bolívia estariam com artefatos semelhantes ao usado para matar o garoto. Sobre a declaração do Paulo André, como você eu lamento. Ele tem usado como marketing próprio esse papo de que seria um jogador diferente dos demais, que gosta de música clássica, literatura etc. etc. etc., o que pode signficar alguma coisa, mas não necessariamente. Ainda mais quando usa seu “poder” para manter o status quo. Talvez seja mais do mesmo, não sei. Tenho pensado nisso há um bom tempo, aliás. E será que ele disse o que pensa? Pelo que pudemos ver e ouvir, disse o que a diretoria corintiana pensa. O que ele pensa, enfim, já não sei. Abs.

  • Oscar de Melo

    Janca,se não houver uma mudança radical nas exigências de segurança na Libertadores,essa, continuará sendo a várzea que sempre foi.O Corinthians não pode ser “bode espiatório” ou “boi de piranha” como queiram expressar.Os próprios espânicos do continente transformam cada jogo em um guerra,e até agora a Comebol fez vista grossa.Portanto,se o Corinthians está sendo punido,já que tem começar por alguém,ao menos que seja uma prática comum de agora em diante.

    • janca

      Como você disse tem que começar por alguém. Cada um a seu modo acabou punido de um jeito _Corinthians, Grêmio e São Paulo_, embora eu achasse que caberia punição também ao Tigre e ao San José. Mas estava no regulamento que o Corinthians assinou. E a punição é possível nesse caso.

  • Luiz

    Já arrumaram um menor pra assumir o homicídio na Bolívia heim marginais?

  • José

    Este episodio do garoto morto na Bolívia … na minha forma de ver tem vários envolvidos 1 – quem vendeu o artefato , 2- A policia que deixou entrar com o artefato 3- Porque não revistaram quem levou – 4 O imbecil quem disparou pois por falta de informação talvez nem sabia o que isso provoca … 5 a torcida organizada que não se preocupou com o que estes associados levam ao estadio — na min ha forma de ver são vários os envolvidos !!! e até os dois times que deveriam se preocupar com as torcidas !!!

  • Trabalhador Brasileiro

    Um membro da gangue mata um inocente e depois a gangue vai ao velório homenagear a vítima? Isso é curíntia!

  • MAURÍCIO

    Na reportagem de ontem do Fantástico onde um menos assumiu ter sido o autor do disparo do sinalizador começa da seguinte forma: “Em uma casa humilde o rapaz ao lado da sua mãe, resolveu abrir o jogo e falar toda a verdade…mas por ser menor de idade (17) não pode mostrar o rosto.”
    Se foi ele ou não, ai eu já não sei mas, há muitas coisas a serem analisadas.

    1º- Humilde,mas viajou de São Paulo para Bolívia no domingo para assistir o jogo na quarta e chegou novamente em São Paulo no sábado.(essa pessoa ficou 7 dias em viajem por uma partida de futebol sem comer? sem dormir? não trabalha? não estuda? a mãe dele patrocinou sua viajem, ou a organizada, ou o clube?

    2º- Se ele estava assistindo o jogo aonde estava a torcida do corinthians, o campo onde acontecia o jogo estava em sua frente, e a torcida do São José ao seu lado esquerdo.
    Porque esse projetil não foi atirado para a frente? porque ele virou para a torcida adversária para disparar?

    3º- Disse que comprou o sinalizador na 25 de Março mas não sabia manusear, no entanto os sinalizadores apreendidos pela polícia Boliviana são idênticos ao que matou o menino.
    ele comprou todos os sinalizadores e distribuiu para os demais que foram presos? foram todos juntos a 25 de Março comprar os sinalizadores? ou ele ganhou dos integrantes da organizada?

    4º- Na reportagem ele disse que depois do disparo (acidental) permaneceu sentado enquanto a polícia revistava e aprendia os suspeitos. “ISSO NÃO É VERDADE” ele correu para se esconder. A TV boliviana gravou o exato momento do disparo do sinalizador e ele correndo para fugir do flagrante, até mesmo o Lance já divulgou esse video.(Tá ai o link)
    http://www.lancetv.com.br/videos/VIDEO-Novas-imagens-identificam-sinalizador_3_869943041.html

    Isso é estrategia para abafar o caso? já que sendo menor será tratado como criança pelas leis Brasileiras, como disse uma especialista ontem na reportagem do Fantástico (CRIANÇA?)

    Cabe a polícia e ajustiça decidirem isso…mas que está muito estranho ,há isso tá!!!

    • janca

      Boa parte das suas perguntas eu tenho feito também e até agora não vimos a resposta _pena que o garoto não foi questionado sobre isso tudo na Globo. A primeira, a terceira e a quarta pergunta procedem, embora eu tenha dúvidas em relação à quarta. No caso da segunda, ele respondeu. Pelo que entendi não sabia manusear o artefato e não percebeu que ao disparar o sinalizador ele iria para o lado, em direção à torcida boliviana.

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo