Sinalizadores corintianos



Não é de hoje que torcedores corintianos _e não só corintianos_ levam sinalizadores a estádios de futebol, basta nos lembrarmos da final da Libertadores do ano passado, tanto em Buenos Aires, quanto no Pacaembu.

A morte do torcedor boliviano Kevin Douglas Beltrán Espada, que segundo a polícia boliviana teria sido atingido por um sinalizador atirado pela torcida corintiana ontem em Oruro, perdendo massa encefálica e chegando já sem vida ao hospital, não pode passar em vão. Precisamos de muita calma nessa hora, inclusive os bolivianos, que, indignados com o ocorrido, têm chamado os brasileiros de “assassinos” em Oruro, criando um clima de extrema hostilidade.

Tudo tem de ser apurado e cabe uma punição rigorosa. Exemplar. Se o Santos perdeu mando de campo pelas moedas atiradas em Ganso, no clássico com o São Paulo, e perdeu com toda razão, o acontecido na Bolívia é muito, muito mais grave. Envolve o Corinthians, a Gaviões da Fiel, com integrantes detidos na Bolívia, e o policiamento local, que deixou torcedores entrarem com artefatos que podem matar. E um deles, pelo que vimos, matou.

Nesse sentido acho lamentáveis as declarações do diretor adjunto de futebol, Duilio Monteiro Alves, de acordo com o qual o Corinthians não teme punição da Conmebol e que o episódio foi uma “fatalidade”. Também acho lamentável a nota oficial divulgada pelo presidente corintiano, Mário Gobbi, dizendo que o time jogará de luto nos dois próximos jogos, um deles pela Libertadores, sinalizando que ele não tem receio de ser afastado da competição sul-americana.

É preciso aguardar as investigações para depois se tomarem providências. O que não pode é ficar o velho jogo do empurra, pois há tragédias que são anunciadas, como a da avalanche gremista e, por que não?, a dos sinalizadores.

Duvido que houvesse intenção de matar, mas um garoto de 14 anos perdeu a vida. Talvez, não sei, se o clube receber punição exemplar, o torcedor, que é apaixonado por ele, sinta na carne. Não a dor da família do garoto, que deve ser indescritível, mas pelo menos a de ver seu time fora de uma competição importante, por exemplo.

Só que a discussão aqui não pode ser clubística, tem que ser mais ampla, muito mais ampla, porque muitos dos que não gostam do Corinthians vão querer aproveitar o momento para exigir isso e aquilo. Assassinatos têm acontecido por brigas de torcidas em São Paulo, no Rio, em Minas, em Goiás e isso não é de hoje. Uma mancha para o futebol brasileiro, que não deve “apenas” ficar de luto. Tem que se mexer para que o que aconteceu em Oruro não venha a se repetir. Aqui ou na Bolívia. Ou no Uruguai, na Argentina etc. etc. etc., já que conflitos entre torcedores, alguns dos quais assassinos, sim, não são uma exclusividade do nosso futebol.



  • francotimao

    Ola, Janca, certamente o timão deverá receber alguma punição, mas a CONMEBOL não tem o minimo de moral pra dar algum castigo exemplar ao Corinthians, desde de sempre houve inúmeros episódios lamentáveis nesta competição, o timão ser agora bode expiatório não da, né??, o caso deve ser investigado pela policia e q se houver culpado, que seja punido conforme a Lei, penso q de qualque forma o timão deva sofrer alguma punição, mas não com o clube sendo segregado da competição..Abs!!!!!!

    • Emerson Souza

      Francotimao me desculpe, mas falar em punição agora ao clube é fazer cumprir o regulamento. Não pelo motivo de a Conmebol NUNCA ter feito nada, que agora devemos, “bairristicamente” crer que a punição será um BODE EXPIATÓRIO. Caso contrário, quando que se deverá punir um episódio desses? Se não começar agora, nunca haverá fim esse caos de morte em estádios por pessoas irresponsáveis, incapazes de viver em sociedade. Pessoas que querem manusear um artefato que não tem noção de como se faça, pessoas que acham que o clube é maior que a sociedade civil, que um jogo é uma batalha. Futebol é ESPORTE, não uma batalha… Sou a favor de punição aos CLUBES, Federação e que se cobre das autoridades um maior cuidado no policiamento.

      • Roberto Souza

        Vou mais além já que as autoridades não dão a devido proteção para uma pessoa ter segurança num estádio de futebol, que este ano não tenhamos a Libertadores até que a Comebol, consiga organizar um campeonato com a segurança para assistir seus jogos, pois o que se vê são estádios sem condições de jogo ou segurança. Pelo fim da Libertadores de 2013, porque se punir apenas o clube e liberar a entidade organizadora.

        • RENATO PALMIERI

          Resumo: APROVADO!!!

    • RIP Kevin

      querer punir um clube ou time qualquer pela ação de um único marginal ou lunático não tem cabimento! O mesmo serve pra quando em um jogo um maluco invade sozinho o campo, ou então um torcedor der um tiro em alguém! Faria sentido banir o filme do batman depois que o maluco nos usa matou um monte de gente no cinema? Só pq o cara tava obcecado com o personagem do coringa do filme anterior? O fogo de artifício no estádio é proibido e nenhum time apoia o uso deles. Assim como usar armas de fogo. Se um torcedor for pego armado em um campo de futebol ou mesmo se usar para matar a arma a culpa é em parte da sociedade que deixou de educar esse marginal e também das autoridades que deixou um marginal armado com arma ou foguete ou rojão entrar em um estádio. O Corinthians não tem culpa disso, eu como torcedor não tenho culpa disso e quero ver meu time campeão, o garoto kevin tb não tinha nada a ver com a imbecilidade do autor do crime. Mas ele e sua familia pagaram o pato da incompetencia das autoridades e da falta de cultura de toda a américa latina.. Vai ver um jogo de baseball, basketball ou Football nos usa pra ver se tem algo parecido!!! A culpa é nossa, de todo o povo Latino! Animais sem educação que estão em todo o lugar, em todas as torcidas em todas as classes sociais!

      • RIP Kevin

        ATENÇÃO!!! ESSE JANCA É UM OPORTUNISTA QUE ESTÁ APROVEITANDO A MORTE DO MENINO KEVIN PARA CAUSAR POLÊMICA PROVOCANDO OS CORINTHIANOS PEDINDO UMA ABSURDA PUNIÇÃO AO TIME! A melhor maneira de dar à esse pseudo jornalista parcial a resposta que ele merece é ignorar esse colunista e não dar os clicks e polêmicas que pagam lhe o seu salário! Vamos ignorar ele sempre que ele será obrigado a trazer informação construtiva, para outros times, coisa que ele não sabe fazer!

        • janca

          E você ainda se esconde no anonimato, uso no apelido o nome do adolescente morto, um e-mail falso e faz justamente o oposto do que prega, comentando no blog. Com pessoas assim…

          • Michael Joshua

            Meu caro Janca,desconsidere esses tipos de comentários,nem vale a pena retrucar essas idiotices,assim como esse comentário desse Tri Mundial,são pessoas dessa extirpe,que deturpam o futebol. Eu como Corintiano que sou (um fanático do bem),acho que se no regulamento estar escrito que “É proibido o uso de fogos de artifícios” nos estádios,cabe a polícia e a federação fiscalizar,já que o jogo era mando de campo do time Boliviano. E como acredito nas palavras do presidente Gobbi de que o Corinthians não custeou a viagem,nem os ingressos e nem tão pouco o uso dos sinalizadores,na minha opinião,o Corinthians não tem que ser responsabilizado por essa atitude imbecil desse “pseudo” torcedor. Mas desde já,deixo minhas condolências a família do garoto,e acredito se o título vier,não vai ser manchado por esse episodio.

      • Tri mundial doom

        Sinalizador deve ser usado no meio do mar, ode cai na água ou quando estiver perdido em mata verde para nao pegar fogo, nao em estadio de futebol..a torcida poderia ter ido com bandeiroes, gritos de guerra, papel higienico que os latino americanos gostam muito de jogar, mas nao sinalizadores, podem soltar 200 mil vezes e nao acontecer nada, mas é perigoso as 200 miil vezes…O LOUCO DO BANDO usou e o resultado deveria ser a exclusao do Corinthians mesmo, visto que o time adora o slogsn ” loucos” , empolgam tanto torcedor falsamente que oclube merece a exclusao e nao é por clubismo que dgo isso…Se fosse o Palmeiras nao mereceria a exclusao, era um torcedor que havia errado e ele coma justiça e pronto.

      • Gus Van Sant

        essa é a desculpa usada sempre pra aliviar o time do coração toda vez que tem uma cagada dessa!
        então quer dizer que só se o sinalizador fosse atirado pelo presidente o clube poderia ser punido?
        olhe a reportagem sobre os problemas de violência que já ocorreram na libertadores, o corinthians foi envolvido em 3 ocasiões!

  • Augusto

    Meu amigo, você acha mesmo que o clube tem que receber alguma punição pela atitude de uma única pessoa ?
    O clube não estava jogando em seu país, a fiscalização era obrigação dos policias bolivianos, então se havia alguém que poderia evitar esse tipo de acontecimento lamentável, esse alguém não era pertencente ao clube Corinthians.
    Antes de sugerir que o clube seja punido pela atitude de um torcedor, você deve ter em mente que um clube com 30 milhões de torcedores não tem como controlar certas coisas, ou seja, se apenas um torcedor for retardado a ponto de fazer oque fez, o clube deve ser punido e acabar “punindo” os outros torcedores que torcem por ele ?
    Acredito que a Conmebol vai tomar uma atitude correta, e lembre-se que o acontecimento não foi no estádio Corinthiano, porque se fosse, ai sim a discussão poderia entrar em punições.

    • janca

      Mas no mínimo a ligação do Corinthians com suas organizadas, duas das quais com integrantes detidos na Bolívia, tem de ser investigada. Sobre a polícia boliviana o questionamento fiz no post.

      • sandro

        O clube tem que ser punido sim ! É ele quem banca essa corja das organizadas, então ele é responsavel tambem pelo que essas facções fazem dentro do estadio !!

        • Marcio

          Não se esqueça de que os policiais Bolivianos também devem ser penalizados uma vez que, se na legislação da Conmebol, não se pode usar sinalizadores e afins, isto significa que os mesmos não podem entrar no estádio de forma alguma e os torcedores do corinthians e do san jose estavam portando. A culpa já começa pelas autoridades que deixaram torcedores entrarem com estes artefatos. O timão deve ser mesmo penalizado, não acredito em uma exclusão, uma vez que a conmebol não tem moral nenhuma para aplicar punições, haja visto as grandes confusões que ja ocorreram nas competições sul-americanas e nada foi feito. Portões fechados e perda de mando de campo seriam boas punições, uma vez que o clube perderia muito em renda. Quanto ao torcedor que atirou artefato no garoto, não acredito que fez aquilo por querer(vi o vídeo do sinalizador sendo lançado), acredito que foi uma imbecilidade e falta de habilidade para lidar com tal material, uma vez que o ambiente estava totalmente amistoso entre as torcidas, mas que seja preso e cumpra a pena em sua totalidade.

        • margreicy

          Concordo,mas acho que as medidas não devem ser tomadas apenas contra o Corinthians mas também contra o San Jose, que também teve sua torcida agindo de forma inadequeada.
          É compreensível que a torcida se exaltasse com o ocorrido mas as pessoas que estavam em campo não poderiam ser hostizadas como foram sem se quer saber o porquê de tanta ira.As
          punições devem ser exemplares principalmente para os torcedores pois eles são os principais responsáveis por esssas atrocidades que infelizmente acontecem nos estádios pelo mundo afora.

        • prezados amigos, especialmente vc Sandro. vc prova que o clube financia os torcedores envolvidos? vc prova que foi um integrante dos gaviões ou de outra torcida que jogou o sinalizador. então não faça acusação em falso!
          alias este caso me faz lembrar a tragedia da boate Kiss foram punidos o cantor da banda, e o dono da boate. mas cade o prefeito, o fiscal, o comandante do corpo de bombeiros, o governador do estado o que aconteceu com eles?
          punir o corinthians sem ficar um legado para a segurança dos estádios não será valido.
          mas pode ter certeza que semana que vem, haverá novos atos de violência nos estádios da america do sul e no Brasil.

      • Jorge Fiel

        Engraçado, se eu bem me lembro, você não cobrou nenhuma “providencia exemplar” ao São Paulo, que agrediu de maneira covarde os jogadores do time do Tigres nos vestiários do Morumbi.

        Agora se você que se diz jornalista esportivo não sabe, todas as organizadas têm ligações com os clubes, não só as do Corinthians, mas nem por isso o Sport Club Corinthians Paulista, entregou sinalizadores às organizadas e mandou atirar na torcida adversária.

        Se você assistiu ao jogo, pelo visto não assistiu, iria ver que a torcida do San José também estava com sinalizadores acesos, também teria visto que o disparo só pode ter acontecido acidentalmente, uma vez que o projétil atravessou pelo meio da torcida do Corinthians, podendo, inclusive, atingir um torcedor do próprio Corinthians.

        É lamentável a morte do jovem boliviano, mas do jeito que a mídia como um todo, inclusive você, está fazendo parece que foi a instituição Corinthians a responsável pela morte e não a atitude isolada de um torcedor.

        • Emerson Souza

          Ambos os clubes devem ser punidos… Inclusive a federação local…

        • Renato K.

          Porra, JURA que você acredita mesmo na história que os “coitadinhos” dos argentinos contaram? Tenha santa paciência …

      • Jailton Junior

        Bom, Não é punindo o corinthians por uma atitude de outra pessoa que todos esses problemas iram ser resolvidos, pois Ontem so foi mais um caso da falta de fiscalização nos estádios, tem que ser proibido a entrada desse tipo de objetos e de tantos outros que podem em uma eventual Confusão servir de arma para as torcidas, Não estou dizendo que foi feito de proposito, mais mesmo sem intenção nenhuma um objeto desse ou qualquer outro pode causar um acidente. Não vejo porque o corinthians deva ser punido, afinal se algo do tipo acontece em uma outra situação, uma pessoa ou instituição não sera punido por erro dos outros. mais sim punir a pessoa que mesma involuntariamente sem intenção de matar, cometeu um erro!
        e fica mais uma lição, nas milhares que as instituições ja tiveram mais nunca fizeram nada para evita-los, como possivelmente continuara acontecendo!

        Abraço!

      • francisco o verdadeiro

        o presidente até delegado é,e disse que o clube não financiou esses torcedores,além disso,os marginais não vão sofrer com essa pretença punição,eles vão continuar fazendo bobagem no paulistão,brasileirão etc.

      • Rodrigo Freitas

        Acho puro oportunismo, uma atitude no mínimo desonesta criticar a torcida corinthiana de modo a generalizar as nefastas características de uns poucos. Não vejo razão de se punir o corinthians pelo sinalizador. Lembrem-se que na eliminatória da copa de 90, no maracanã, uma idiota lançou um foguete no Rojas e nem por isso o Brasil foi punido. Duvido que algum dos que aqui pedem punição severa ao corinthians (que nada teve a ver com o ocorrido) pediu punição severa à seleção brasileira à epoca. NÃO. Por essa razão digo que é lamentável e patético pegar o Timão como bode expiatório de algo que grassa pelos gramados da América Latina desde tempos remotos. Também acho lastimável jornalistas desportivos se tornarem sequazes de Datenas e Cia. transformando o noticiário futebolístico em um “cidade alerta” da vida. Não sejam levianos e hipócritas, pois quem apedreja hoje, pode ser a vidraça de amanhã.

    • Emerson Souza

      O Santos não recebeu punição por causa do caso “Ganso”?? O Palmeiras recebeu punição por causa das cadeiras quebradas no Pacaembu? Por qual motivo o Corinthians não pode receber uma punição por causa de UMA VIDA que foi tirada????

      • rubens

        porque não era o mandante, responsavel pela segurança das pessoas e patrimonio, como eram o palmeiras e santos.

      • Ton

        Foi uma “ÚNICA” pessoa que atirou moedas no Ganso?
        Foi uma “ÚNICA” pessoa que quebrou o pacaembu?

        Mas foi uma única pessoa que matou o garoto boliviano.

        E todos dentro do estádio estavam com sinalizadores, inclusive a torcida do San José.

        Querem punir um clube pelo comportamento da torcida tudo bem, mas punir um clube pelo comportamento de um indivíduo vai abrir um precedente perigoso.

    • @R9Sal

      Prefeitura de SP por exemplo, financia a Gaviões atraves do carnaval … cabe alguma punição pra prefeitura?

    • Luis Fernando

      Os clubes tem que ser punidos sim. A maioria dos clubes grandes brasileiros bancam as torcidas organizadas e nunca punem nenhum ato de violência praticado por elas. Os clubes chegam a dar ingressos para as organizadas venderem e todos eles possuem gratuidade nos estádios. As organizadas são “donas” de parte da arquibancada. Se você sentar numa área restrita das organizadas, você sai do estádio ou morto ou tetraplégico. Se são esses animais que mataram o jovem boliviano, tem que ser presos e o corinthians multado exemplarmente e expulso de competições internacionais por um bom tempo.

    • striknight

      Quem financia essas vigens , ou vc acha que um trabalhador responsavel irá viajar para a bolivia para assistir um jogo em plena quarta feira.

      • janca

        Essa é uma ótima pergunta.

  • Dennis Santos

    Sua frase:
    Uma “mancha” para o futebol brasileiro, que não deve “apenas” ficar de luto.
    O que a Mancha tem haver com essa cagada curinthiana???
    Sinto muito pelo ocorrido, mas a torcida tem que ser punida e que o time perca o mando dos jogos no Pacaembu e jogue sem os torcedores!!
    Vai curinthias… pra PQP!!

    • bruno

      cara sou corinthiano e acho mais do que justo a punição para o timão, mas que seja ela com a perda do mando de campo,ou proibição da torcida de frequentar os jogos do time pelo menos na primeira fase da competição. o futebol (seja ele no brasil ou em qualquer lugar do mundo) vem a tempos passando por transformações, acho que como no caso do dono da boate em Santa Maria, o torcedor provavelmente nao quis matar um torcedor adversario, mas o uso de sinalizadores usado pela torcida do timão ( e por tantas outras) deve ser proibido de imediato, bem como deve haver um melhor policiamento nos estadios, nao adianta agora de uma hora para outra, esteriotipar todos os torcedores do corinthians como marginais, e afirmar que ele logicamente queria matar uma outra pessoa. ja passamos no nosso pais diversos momentos onde torcidas fizeram coisas absurdas e pouco tempo depois tudo foi esquecido, nao faz muito tempo que o Coritiba destrui seu estadio, nao faz muito tempo que um torcedor do Galo levou uma pedrada na cara e morreu dentro do onibus de sua torcida, nao faz muito tempo que torcedores do santos no estadio do Internacional arrancaram grades e equebraram vidros. e diversos outros acontecimentos, como quando os torcedores do sao paulo mataram um torcedor do plameiras depois do porco ter coonquistado um titulo da copa juniores, e tudo isso foi esquecido rapidamente, e as devidas atitudes nao foram tomadas, e agora querem fazer do timao um bode expiatório para todos os problemas que a libertadores sempre teve e sempre deixou a desejar. fiquei extremamente triste com o fato ocorrido, e parei de ver o jogo, tenho um irmao de idade quase igual ao do garoto e a morte de uma pessoa jovem sempre causam esse tipo de repulsa e raiva, mas como é comum com o que acontece, em pouco tempo as pessoas vao deixar de lado e vao parar de clamar por mudanças, somos um pais acomodado e ignorante, isso nao é culpa do corinthians, do san jose, é culpa de um país que deixa a desejar em todos os quesitos e quer culpar o corinthians por um acontecimento que poderia ser evitado nao só por ação do corinthians, mas ações da Comenbol, do governo e tantos outros envolvidos que ficam de maos atadas.
      VAI CORNTHIANS. TOMARA QUEPELO MENOS NÓS POSSAMOS SERVIR DE EXEMPLO PARA QUE ACONTEÇA UMA REAL MUDANÇA NA AÇÃO DE TODAS AS TORCIDAS ORGANIZADAS OU NAO, QUE JUNTO COM A DO CORINTHIANS SAO COMPOSTAS EM GRANDE PARTE POR CRIMINOSOS E VANDALOS. LUTO NO FUTEBOL.

      • janca

        Estereotipar os torcedores do Corinthians é a coisa mais imbecil que existe _ou uma das mais. Mas algo tem de ser feito no quesito segurança nos jogos de futebol. E na verdade era pra ter sido feito pra ontem, como se diz por aí.

        • Jonathan

          O problema nao esta nos times ou nos seus torcedores. Esta no ser humano. Só olhar os comentarios por todo o lancenet… qualquer coisinha um ja xinga o outro sem motivo, fica atacando e despejando raiva. Só olhar o comportamento de alguns que comentam aqui, alguns tenho certeza que fazem ou fariam o mesmo em um estadio, só pela agressividade e imbecilidade com que defecam pelos dedos os seus pensamentos deturpados.
          O ser humano esta num nivel deploravel de desrespeito que chega ao ponto da vida nao valer mais nada. Imaginem-se na pele da familia deste menino. Se tiverem filhos, imaginem se isso tivesse acontecido com o de voces.

          Muitos agora começam com a escrota demagogia clubistica. Como pode o cara ficar falando um monte e nao se lembrar do simples fato que TODOS os times ja tiveram casos de selvageria iguais e muitas vezes piores.
          Pra resolver o caso e trazer paz ao futebol um passo é uma lei rígida e que realmente seja aplicada, onde qualquer comportamento imbecil dentro de um estadio caiba cadeia e multa altissima ao bandido. A pessoa que nao sabe viver em sociedade tem que ser excluida do convivio até ter condições de conviver em harmonia com outros. Acontece que no Brasil esperar isso acontecer é o mesmo que acordar com uma Brasilia limpa ou com o fim da mentalidade das pessoas de sempre tirar vantagem de tudo na vida (maldita hora que o Gérson foi fazer aquele comercial).

          Janca, parabens pela post sensato.

    • Marcio

      “O que a Mancha tem haver com essa cagada curinthiana???”
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, tú é burro pra caramba hein kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Emerson

    Corinthians sempre envolvido em escândalos: favorecimento em jogos, partidas perdidas anuladas (2005), arbitragens apitando sempre a favor, governantes corruptos que o favorecem dando estádios que todo o país é obrigado a pagar, e agora isso: torcida bandida e assassina!

    • Jorge Fiel

      Caro Emerson,

      Não é o Corinthians que está sempre envolvido em escândalos, é por que tudo que acontece com o Corinthians toma medidas gigantescas devido a grandeza do clube.

      Agora eu sou corintiano e garanto à você que não sou nem bandido e nem assassino.

      Você sim, é um nazista, alienado e burro, que está mais preocupado em falar mau do clube Corinthians, do que lamentando o terrível acontecimento de ontem à noite na Bolivia.

    • Dermivaldo

      Emerson, a melhor coisa que a sua mãe poderia ter feito na vida era cometer um assassinato te abortando. Acho que o Janca deveria boicotar alguns comentários doentios.

      Em qual jogo o Corinthians foi favorecido? Foi o segundo time mais prejudicado no Brasileiro dos dois últimos anos. Em 2005 o Corinthians foi um dos mais prejudicados e o Inter disparado o mais favorecido durante o campeonato.

      Quem deu estádio para o Corinthians? O Grêmio construiu o novo estádio com dinheiro emprestado BNDES e incentivos fiscais, inclusive ganhou o terreno do governo. o Inter já recebeu o dinheiro do BNDES e terá os mesmos incentivos. O estádio do Palmeiras terá grana do BNDES e os mesmos incentivos fiscais, apesar de não fazer parte da lei Geral da Copa.

      Todos os estádios são construídos da mesma forma e não existe estádio público, o que é da prefeitura não é público. Vá tentar bater uma bolinha no Maracanã ou no Mineirão para ver se você consegue. Prá assistir aos jogos você terá que pagar ingresso e para o time jogar terá que alugar. Portanto, não existe estádio público.

      • JUSTIÇA

        O TIMECO NÃO COLOCOU 1 REAL NA ARENA…NÃO FALA MERDA

    • Marcio

      A discussão está bem a frente disso e o imbecil vem com esse papo clubista, fala sério. E o pior é que ainda fala como se a torcida do time dele fosse a melhor, tranquila, sem marginais. Tem comentários que são sem noção mesmo.

    • kbça

      Caro Emerson, vc esta errado no seu comentario “e agora isso: torcida bandida e assassina!”

      Nao eh agora, sempre foi…. e tem outra, recorde-se a pouco tempo atras a eliminaçao no pacaembu (estadio da prefeitura) perante ao river, só nao ocorreu uma tragedia pois haviam policiais que foram verdadeiros herois, lembra-se.

      Quanto aos favorecimentos, podemos passar a noite falando sobre isso que teremos assunto.
      Deixo apenas algumas lembranças:
      -final paulista contra portuguesa – castrile
      -final copa brasil contra brasiliense
      -brasileiros 2005, teve outro tb contro atl-mg, a final foi vegonhosa
      -bom tem inumeros jogos, basta digitar ‘polemica arbrito corintians’ no google

      porem ninguem se lembra, no inicio de 2012, teve um arbitro que abandonou o futebol e um dos seus comentarios envolvia o curintia – o que aconteceu depois disso? nunca mais ouvimos nada sobre este assunto

    • Rodrigo

      Parabéns, pirralho, os tais torcedores que provocam incidentes como esse – em todas as torcidas – têm exatamente o teu perfil.

    • Meus pesâmes pelo racícinio que são os mesmos e motivam os sujeitos que provocam a tragédia de ontem. Para você a morte do garoto só importa se puder aplacar seu ódio pelo adversário de plantão? Você deve acreditar que seu time é santo e seus torcedores devotos de Madre Tereza de Cálcuta e que adversários representam o demônio? O trágico é que estes idiotas que provocaram esta tragédia assim como no Nordeste este fim de semana, em BH no Cruzeiro e Atlético, no Grenal, na pancadaria entre palmeirenses e corintianos, na morte do garoto corintiano que foi jogado no rio Tietê por membros da mancha ou santistas que atiraram em um ônibou do Vasco estão todos impunes, justificam estes atos exatamente com o mesmo pensamento que você tem em relação a aqueles que você julga inimigos.
      Triste meu caro, muito triste tudo isso e no que se transformou o futebol brasileiro reduzidos a tolos fanatizados e amanhã tudo isso só vai servir para a troca de insultos pelas redes sociais.

      • margreicy

        Concordo plenamente com seu comentário, infelizmente as pessoas preferem defender seus times justificando uma paixão clubística e se esquecem do principal. Que é o respeito pela vida, não importando se ela é de um são paulino, corintiano palmeirense ou de qualquer outro torcedor.

    • o bandido e assassino ta dentro da sua casa e é vc mesmo seu parasita do caralho

  • Paulo N

    Não vai dar em nada, pois todos sabemos que os meliantes do ‘curintia’ são sustentados com dinheiro público…

    • Carlos

      MAIS UM ALIENADO…

      • Dermivaldo

        Mais um anti feliz com a tragédia só para ter motivo para criticar, como se a torcida do time dele fosse santa.

        • Marcio

          Mais um imbecil, colocando clubismo acima de opiniões sensatas.
          Fala sério.

    • JUSTIÇA

      A SOCIEDADE PEDE JUSTIÇA, QUE O ASSASSINO SEJA PRESO E QUE O TIMECO SEJA EXCLUÍDO DE CAMPEONATOS INTERNACIONAIS POR PELO MENOS 5 ANOS.

      • garanto que vc não faz parte sociedade prq vc é um tremendo pau no cu
        e vai sonhando que aconteça isso….sonhar não custa nada…………….

  • Carlos

    SE FOR ASSIM, PODE EXCLUIR O GRÊMIO TBM…

    A TORCIDA CAUSOU UM GRAVE ACIDENTE, SÓ NÃO TEVE MORTE POR SORTE…

    AGORA, QUERER PEGAR DE BODE ESPIATÓRIO?

    ENTÃO, PROÍBE O SANTOS PELO CASO DO ANO PASSADO.

    TORCEDOR PEGOU O CAPACETE DE UM POLICIAL E ARREMESSOU NO CÁSSIO, OLHA O ABSURDO. NADA ACONTECEU…

    SEM TIRAR A CULPA DOS BOLÍVIANOS. DEVERIA SER PROIBIDO JOGAR NAQUELA ALTITUDE. ÚNICA ARMA DOS TIMES HORRÍVEIS.

    • janca

      O problema não foi a altitude, foi a atitude dos torcedores, especialmente dos que usaram sinalizador, que é uma arma.

      • Fernando

        Sinalizadores são uma arma! Concordo…Como fica a responsabilidade das autoridades locais que permitiram a entrada deste artefato no estádio??? Responsabilizar o Clube será simplesmente para dar uma satisfação a sociedade, bode expiatório. A causa do problema ninguem quer atacar…

      • RIP Kevin

        JANCA, não foi atitude “dos torcedores” seu anti recalcado! Foi atitude de um único marginal. Isso se não foi por imperícia ao usar o sinalizador configurando portanto um crime de forma culposa. “os torcedores” do Corinthians que estavam lá para ver o jogo e torcer não tem culpa de nada! Ou por acaso os Árabes tem culpa do Bin Laden ter derrubado as torres gêmeas??? Vc é um nazista e pateticamente está aproveitando uma tragédia para desferir sua raiva contra o Corinthians e sua numerosa e mundialmente conhecida torcida, que foi a verdadeira protagonista do mundial de clubes para a tristeza e inveja de sanpaulinos como vc! Pessoas como vc, Janca, estão até contentes com a morte do garoto, só para poder malhar a gaviões! Afinal, à caminho da Bolívia a gaviões deve ter determinado a morte do garoto atirando um sinalizador no olho dele através do atirador de elite da gaviões perito em foguetes e busca pé! Outro dia vi um cara fumando maconha no estádio… Deveriam tb proibir o Corinthians de jogar o Paulistão já que o Clube permitiu esse crime na arquibancada! Aproveita tb e proíbe o carnaval de salvador e o carnaval da globo já q todo ano tem crimes de consumo de drogas, tráfico, roubos e furtos!!! Proíbe tb o Senado e o Congresso da República já que sempre tem um político corrupto, vamos voltar à ditadura e assim não haverá mais senadores e congressistas criminosos!

        • ESSE CAMARADA SEMPRE TEM ESSAS “ATITUDES ” QUANDO SE TRATA DO CORINTHIANS ,É UM RECALCADO.

      • rubens

        Sinalizadores são usados em TODOS os jogos da Libertadores por TODAS as torcidas, para causar impacto no “recebimiento” das equipes quando elas entram em campo. Ou seja, morte por sinalizador podem acontecer em todos os jogos da Libertadores, pois o uso de sinalizadores é “liberado” e faz parte do espetáculo e nunca vi nenhum jornalista falar contra isso. O que deve ser apurado é a intenção dos torcedores de atirar o sinalizador na torcida adversária, o que caracterizaria o dolo, ou se foi impericia no manuseio ou coisa parecida, que caracteriza o crime culposo. Claro que o crime existiu, os responsáveis devem ser punidos de acordo com suas responsabilidades, inclusive o clube, se for o caso.

        • Tri mundial doom

          Rubens, eles usam sinalizadores em varios jogos. no mnd, ai que tá, logo esse jogo teve problema?
          se o torcedor fallllar que sabia usar, ai sim que o Corinthians sera excluido da confederação pois vão. da r como inntencional, mesmo ele alegando falha…

      • rubens

        A propósito, sinalizador não é uma arma.

        • janca

          Por mais que você argumente não vai conseguir justificar a morte de um garoto, tratando-a como se fosse algo menor. Sinalizador, fogo de artifício, artefato disso ou daquilo, o rapaz está morto. E porque alguém, com ou sem intenção, atirou em sua direção.

          • rubens

            “Claro que o crime existiu, os responsáveis devem ser punidos de acordo com suas responsabilidades, inclusive o clube, se for o caso.” qual foi a parte q vc não entendeu?

          • QUE SE PUNA OS CULPADOS COM O MÁXIMO RIGOR, MAS SEM ESSA DE SINALIZADORES CORINTHIANOS ,VC É TOTALMENTE TENDENCIOSO QUANDO SE TRATA DO CORINTHIANS.

      • Caio Cesar

        DESCULPA JANCA,SUA OPINIÃO NÃO CONDIZ COM O QUE ACONTECEU ONTEM, O CORINTHIANS NÃO TEM NADA HAVER COM O ACONTECIDO,NÃO É O CORINTHIANS QUE FEZ A SEGURANÇA DO ESPETÁCULO?SE TEM UM IDIOTA QUE FEZ ALGUMA BABAQUICE,NÃO SÃO TODOS NÓS CORINTHIANOS E O CORINTHIANS QUE TEM QUE PAGAR,E SIM ESTÁ PESSOA…….VC DISSE QUE NÃO CONCORDA COM O QUE DISSE O NOSSO PRESIDENTE…..VC DISSE QUE ELE DIRIA OQ?QUE NÃO TAVA NEM AÍ PRO ACONTECIDO?A ÚNICA COISA QUE O CLUBE PODE FAZER É TENTAR HOMENAGEAR,O POBRE GAROTO,ESTANDO DE LUTO…….AJUDANDO A FAMÍLIA NO QUE FOR PRECISO,MAS VC ESPERAVA QUE ELE DISSE OQ?QUE NÃO TAVA NEM AÍ? E OUTRA COISA MAIS O Q MENOS IMPORTA AGORA É PUNIÇÃO AO CLUBE OU NÃO,MAIS SIM ENCONTRAR O CULPADO E PUNI-LO JUNTO COM O POLICIAMENTO DO LOCAL!!!!!!!!

        • Rodrigo

          Acredito que os pontos em questão são:

          Alguns objetos portados por torcedores podem por em risco a própria segurança e a dos demais. O que não é uma arma pode se transformar em uma, depende só do uso. Deve haver não só uma regulamentação clara quanto a isso, mas uma fiscalização decente por parte de quem organiza os eventos.

          Ao olhar para o Corinthians, olhamos para o futebol como um todo – clubes incluídos. O incidente não ocorreu “por causa do Corinthians”, mas “apesar do Corinthians”; não se pode crer que foi um incidente isolado. Não foi. O que precisa mudar é o contexto; todos que gostamos de futebol estamos envolvidos. Deixe tudo como está e, mais adiante, acontece de novo, em outro estádio, com outros torcedores de outros clubes.

          É preciso discernir crime de fatalidade. Se houve crime, que vá para a esfera criminal.

          • rubens

            Lógico que houve crime, o nome dele é assassinato, o assassino deve ser obviamente punido na esfera judicial juntamente com todos aqueles que concorreram para o crime (desde comparsas até o próprio San Jose, que não garantiu a segurança no estádio permitindo a entrada dos sinalizadores).

            Se for provado que a viagem para a Bolívia foi paga pelo Corinthians, o clube também deve ser punido.

      • marcelo

        sinalizador não é arma…é sinalizador….pode ser usado como arma…até uma caneta pode ser usada como arma…

      • VC É RUINZINHO HEIN? JANCA , APROVEITOU A TRAGÉDIA COM O GAROTO KEVIN PARA MAIS UMA VEZ NAS ENTRELINHAS ATACAR O TIMÃO.O FOCO PRINCIPAL É A MORTE DO GAROTO E NÃO ESSA DISCUSSÃO CLUBÍSTICA QUE VC INFLAMA.TEM QUE EXISTIR PUNIÇÃO EXEMPLAR SIM PARA OS DOIS CLUBES E TAMBÉM AS AUTORIDADES BOLIVIANAS QUE FORAM TOTALMENTE INCOMPETENTES NESSE CASO.ESPERO QUE EM CASOS ENVOLVENDO OUTROS CLUBES VC TAMBÉM SE APRESSE EM ESCREVER UM POST.

        • janca

          Não inflamo discussão clubística nenhuma. Lamentavelmente muitos têm a cabeça pequena, como parece ser seu caso, que nem entendeu o post que escrevi. Eu falo de ampla investigação, questiono a ação das autoridades e da polícia boliviana e ainda não tenho uma posição definida sobre a punição que deveria caber aos dois clubes. Agora se sou ruinzinho pior você que perde o tempo com o blog. Lamento.

  • Nonato

    Meu caro Franco, ou Fraco, a questão não é “o Corinthians ser bode espiatorio”, poderia ser qualquer clube, pela nova lei que entrou em vigor esse ano, o clube é responsavel pelas atitudes de seus torcedores, sou corinthiano e as penas tem que serem aplicadas doa a quem doer, um jovem perdeu a vida e isso não pode ficar impuni.

    • sandro

      Correto, o caso aqui não é clubistico, estamos falando de vidas!!
      Se tiver que punir como aconteceu na Europa quando os Holligans torcedores do Liverpool matarm torcedores da Juventus da Italia.A Liga Européia fez mais ou menos como a Comebol faz, ficou empurrando com a barriga , aguardando sempre um parecer final.A FIFA entercedeu no caso , sendo que não era a primeira vez que esses arruaçeiros aprontavam e puniu não só o Liverpool mas todos os clubes da Liga Inglesa de participarem de qualquer torneio Intenacional. E pelo visto funionui, pois nunca mais se ouviu falar dos tais Holligans, quem sabe aqui não seria o caso tambem !!!

      • janca

        É uma possibilidade, Sandro, embora eu não tenha ainda uma ideia bem formada sobre o assunto. Mas veja que na Inglaterra não foi só a punição que ajudou. Houve o Relatório Taylor e uma série de iniciativas para mudar os estádios, os clubes e educar os próprios torcedores.

        • É UMA QUESTÃO CULTURAL AQUI NA AMÉRICA DO SUL NÃO ENVOLVE ´SÓ OS “SINALIZADORES CORINTHIANOS” .

      • bruno

        é uma pena a sua falta de conhecimento, nao se ”ouve” falar dos hooligans, pois o policiamento ingles dentro dos estadios e em seus arredores é feito de forma ostensiva e rígida.
        os holligans existem SIM e ainda brigam entre si, e atacam outros torcedos, porém, longe dos estadios onde a punição para um torcedor que faz isso é a proibição de entrar em um estdadio de futebol. nossa polícia é fraca e despreparada em sua maioria, e enquanto nao tivermos educação e segurança pública de qualidade, nao podemos exigir, seja do corinthians ou de qualquer outro clube, que seja responsabilizado de forma total por acidentes hediondos como este.

        • janca

          Mas que a segurança nos estádios tem de mudar, tem. Esse episódio não pode passar em branco, Bruno. Poderia ser com o seu ou o meu filho, não importa. É gravíssimo. Você vai a um jogo, como vai a um show, imagino, para se divertir, não para morrer. Se Santa Maria serviu de alerta, pelo menos por umas semanas, que o que aconteceu no jogo de ontem também sirva. Algo tem de ser feito. E não passa, a meu ver, pela extinção das organizadas, que é um ato arbitrário. Mas algo de sério tem de ser feito.

          • Marcio

            Infelizmente a Libertadores e os outros torneios sul americanos, foram, são e sempre serão uma várzea, são títulos importantes, mas muito esculachados.
            Uma pena.

          • Rodrigo

            Em shows, rodeios, carnaval também acontecem brigas e mortes e nunca vi ninguém exigindo punição para as bandas, organizadores, etc. O que tem de ser feito é punir o responsável. Se for comprovado que o Corinthians contrata torcedores para agredir os adversários e/ou intimidá-los, devera ser punido exemplarmente (expulso da competição por vários anos). Se a culpa é individual, a punição tem de ser exemplar ao culpado conforme a lei exige.

  • Fabiano

    Ah por favor, então pq 1 torcedor cometeu um ato desse, outros 30 milhões tem q sentir na pele a punição pq gosta do clube?
    Quem deve ser punido é o torcedor que cometeu o ato.
    Então como exemplo, se 2 espectadores que estão assistindo uma peça de teatro brigam e acaba em morte, o teatro tem q ser proibido e TODOS no Brasil que gostam de teatro devem ser punidos?

    • janca

      Tudo tem que ser apurado, inclusive quem foi que atirou o sinalizador, há versões contraditórias de que o sujeito já teria fugido para o Brasil, de que está detido na Bolívia. Deve-se ter certeza de quem cometeu o ato. Sobre o teatro, a comparação não procede. Por isso acho que tudo, repito, tem que ser muito bem analisado. Inclusive a relação da diretoria do Corinthians com as organizadas. Quem pagou o pacote para o torcedor ir à Bolívia? Quantos foram subsidiados pelo próprio Corinthians? Um clube é responsável por sua torcida, caso do Santos e do Palmeiras, um punido este ano, o outro, no ano passado, com perda de mando de campo. Mas e o policiamento local? E o papel dos torcedores do San José, que poderiam ter provocado uma tragédia ainda maior? Por isso digo muita calma nessa hora. E estou tentando formar minha própria opinião, não tenho ainda uma definitiva a respeito, inclusive porque as apurações não acabaram.

      • Danilo

        Boa tarde Janca.

        Você acabou de escrever que ainda está tentando formar a sua opinião. E eu também.

        Por conta disto, um argumento que tem sido muito usado neste episódio lamentável é o de que o clube, no caso, o Corinthians, deveria ser punido por conta de suposta relação com torcidas organizadas cujos torcedores supostamente foram responsáveis pelo lançamento do artefato.

        A pergunta que eu faço é: os clubes, enquanto instituição mantém mesmo relação com as torcidas organizadas de forma oficial?

        Até hoje eu nunca vi nenhum diretor de qualquer clube admitir publicamente que o seu clube formalmente banca as tais torcidas organizadas.

        É evidente que existe este tipo de “apadrinhamento”, mas será que é do clube, enquanto instituição ou dos dirigentes que se utilizam indevidamente do cargo que ocupam para gerir negligentemente os recursos do clube?

        Será que os sócios do Corinthians, do Palmeiras ou do clube que for compactuam com este tipo de comportamento ou será que os respectivos estatutos destes clubes permitem este tipo de prática?

        Finalmente, será neste momento de “caça às bruxas” em que todo mundo se arvora no direito de ser o bastião da moral e dos bons costumes, não se está a confundir a institução clube de futebol com as pessoas que temporariamente estão na direção destes clubes e agindo contrariamente às regras do próprio clube?

        Quem deve ser punido? O clube ou o responsável pela má condução deste clube na medida em que pratica atos (relação indevida com organizadas) contrários às normas deste clube?

        Espero ter de alguma forma ter lançado um aluz sobre a opinião que você tenta formar sobre o assunto.

        Grande abraço.

        • janca

          Oi Danilo. Lançou uma luz opaca, digamos assim. Mas lançou. É uma questão a ser debatida. E investigada. A relação dos clubes com suas organizadas e das próprias organizadas com seus integrantes. O que sei é que a política de segurança nos estádios da AMÉRICA DO SUL, coloquei até em caixa alta, não apenas do Brasil, tem de mudar. Do jeito que for. Estou acompanhando o caso, tentando formar minha opinião, vou externá-la na coluna que mantenho no LANCE! às terças, pois até lá terei tempo, inclusive para conversar com pessoas do meio, que possam me ajudar no caso. Abs. pra você e à noite respondo os demais comentários, pelo menos os que necessitam, a meu ver, de uma resposta. Ou que eu consiga, enfim, responder. Abs. e por enquanto FUI.

      • Moisés

        Janca esse caso é diferente “caso do Santos e do Palmeiras, um punido este ano” não foram punidos pelos atos das torcidas e sim porque eram mandantes ou seja responsáveis pela segurança!

        • janca

          Ainda assim acho que a relação entre o clube e os torcedores organizados tem de ser investigada. Quem matou o garoto foi à Bolívia como, por exemplo? O caso, enfim, não pode parar aí. Tem de ser investigado, como tenho dito. E algo tem de ser feito. Um garoto morreu. E isso é gravíssimo, Moisés, embora entenda seu ponto de vista.

          • rubens

            Era melhor comparar as punições de palmeiras e santos com a que deve ser aplicada ao San Jose, que era responsável e não garantiu segurança no estádio.

  • luiz bruschi

    Oi Janca, por favor, o jogo não foi na casa do corinthians. Se alguém fez besteira deve ser punido (se comprovado), o time não tem nada a ver com isto. E a polícia boliviana, porque deixou entrar artefatos proibidos? Na hora do gol do San Jose pipocou rojões e sinalizadores prá todo lado, é só ver o vídeo do jogo. Acho lamentável, mas condenar o clube de cara como grande culpado é absolutamente temerário, para não dizer sensacionalista.

    • janca

      Foi o que perguntei: e a polícia boliviana, como deixou os artefatos entrarem em campo? E o campo tinha boas condições para um jogo da Libertadores? Parecia que não, vide a ação de torcedores do próprio San Jose.

      • sandro

        Janca não só na Bolivia como em qualquer outro país da America do Sul é permitida a entrada de fogos de artificio e derivados.Não há revista em cima das organizadas, é permitido.
        Agora o que não pode é o que vimos na TV o cara mirar o sinalizador no meio da torcida adversaria e disparar!!!! E não me venham dizer que foi ivoluntario, pois já cansei de ver em estado briga de torcidas , um jogando rojão no outro !!!

        • Marcio

          Lógico que pode ser involuntário, se um imbecil pega um sinalizador e não sabe mexer com aquilo direito e a torcida vem subindo um bandeirão, o cara na afobação pode muito bem, soltar pra onde tá virado, tanto que passou perto de outros torcedores do corinthians, fora que não havia atrito nenhum entre os torcedores.

  • fernando

    o jornalista ai que só assiste jogo de numerada deveria saber.

    1-primeiramente não foi sinalizador, foi rojão

    2- aquela imagem da TV não é prova cabal, pois não mostra a trajetória total do rojão, existe a possibilidade de ter sido esse o rojão que infelizmente matou o menino, mas não a certeza.

    3- a torcida inteira do san jose estava com rojões e sinalizadores, o que abre a possibilidade do rojão fatal ter sido atirado pela própria torcida local.

    4 – lamento profundamente a morte do menino e me solidarizo com sua família, e lamento a atitude da imprensa que mais uma vez faz sensacionalismo em cima de uma tragédia

    • janca

      Você deve entender mais de artefatos do que eu, mas pelo que tenho visto a polícia fala em sinalizador, que pode atingir até 30 metros de distância. Nunca disse que a imagem da TV é prova cabal, de onde tirou isso? Por isso tudo tem que ser bem investigado. Não dá pra dizer, com todo respeito, é estupidez, que a torcida inteira do Saj Jose estava com rojões e sinalizadores. Parte dela é uma coisa, toda, não. A do Corinthians também tinha, mas não era todo mundo, isso é óbvio. E lamentar a morte do garoto todos nós lamentamos. Agora quem também insinuou que o sinalizador veio da torcida corintiana _a polícia afirma que veio_ foi o próprio diretor do clube, afirmando que o artefato, inclusive, quase atingiu conselheiros do clube, mas acabou parando na torcida boliviana.

      • fernando

        só mais uma coisa, que vc deveria mencionar, é que não havia divisória entre as torcidas, coisa incomum em qualquer jogo de futebol profissional…ou seja as torcidas estavam misturadas.

  • Jean Eudes

    Janca, qto a excluir o Corinthians da competição, já é d+, pq não excluir o san jose que foi o mandante do jogo e permitiu que o infeliz que jogou o sinalizador entrasse com o artefato na arquibancada, e pq nunca puniram os clubes mandantes qdo o adversário vai cobrar o escanteio e voa tudo qto é objeto dentro do campo, se acertar a cabeça de alguem pode matar um jogador, repórter, gandula, em quem pegar ou não é? e nunca ouve punição, ou como sempre só há punição qdo acontece uma tragédia? Mas mais do que punir o clube, tem que punir o agressor e a agremiação que levou os artefatos para a arquibancada e pq não a policia local que deixou o individuo entrar com o artefato… torço para o corinthians e fico triste que isto tenha acontecido.

    • janca

      Também fico triste com o que acontecido, Jean. E todas as suas perguntas procedem. O que acho é que algo deve ser feito e o mais rapidamente possível na questão de segurança. E não se trata de jogos do Corinthians. Como coloquei no texto, vemos coisas parecidas em jogos de outros times brasileiros, argentinos, uruguaios… E bolivianos também.

  • luan

    nada ver essa parada de tirar o corinthians da libertadores primeiro pq quantas pessoas ja morreram em jogos da libertadores e nunca se falou em tirar o time da competiçao agr so pq é o corinthians tem q fazer isso pelo amor de Deus nada ver e tbm nao foi o corinthians q matou o garoto foi um sinalizador da torcida (q os torcedores mesmos dizem q foi lançado sem querer) oq quer dizer q se tiver q ter uma puniçao é pra torcida nao pro corinthians

  • Eduardo

    Discordo totalmente!!! Foi SIM uma fatalidade e o Corinthians não pode se responsabilizar pela atitude dos seus torcedores na Bolívia!!!!! Veja o vídeo meu caro!!!! Só pelo teor do post, com certeza se trata de mais um “anti”… Lamentável a parcialidade de alguns jornalistas esportivos tentando prejudicar o Corinthians.

    • janca

      Uma fatalidade, não. Foi um crime. Com ou sem intenção de matar _e acho que foi sem intenção_, não foi uma morte do nada.

    • janca

      E é essa a visão clubística que, com todo respeito, não leva a lugar nenhum.

      • margreicy

        Estou de acordo com seu comentário nós precisamos colocar a vida das pessoas na frente de nossa paixão por nossos clubes.

  • Pedro

    Você comparou essa tragédia com o que ocorreu com os torcedores santistas jogando moedas, certo? Na minha opinião… Um clube tem que ser punido sim pela atitude de seus torcedores, mas quando é um conjunto… No caso do Corinthians foi 1!!! Eu não acho justo que 1 pessoa prejudique tanto um clube… Foi uma tragédia? Foi! Algo extremamente horrível? Sim! Mas o clube não tem culpa… os profissionais que estão trabalhando no clube não tem culpa…
    No caso do Santos, foi um conjunto de torcedores, uma grande maioria… nesse caso, o clube teria que ser punido para punir indiretamente esse povo todo

    • janca

      Pedro, no caso do Santos, que foi muito menos grave _pelo menos ninguém morreu_, não foi a grande maioria, ao contrário do que você diz, que jogou moedas. Foi uma pequena turma, tanto que nem foram tantas moedas. Mas a punição procede. Poderia ter ferido alguém, o próprio Ganso, que estava fazendo seu trabalho, inclusive. Protesto é uma coisa, agressão e violência são outras bem diferentes.

      • Danilo

        Lamentável, sob qualquer ponto de vista, a morte do garoto. Agora tem muito “pescador de águas turvas” se aproveitando para “moralizar” o futebol . Tudo pelo fato de torcedores do Corinthians possivelvente estarem envolvidos. Fosse com torcedores de outro clube, não teria 10% da repercussão. Grave, também, foi o espancamento de jogadores do Tigres por seguranças do São Paulo, dentro do estádio do São Paulo. Não vi, na época, está celeuma toda e nem um monte de moralizadores bradando a exclusão do São Paulo de competições Sulamericanas. Realmente o Corinthians incomoda muita gente.

        • janca

          Ainda assim são situações diferentes, Danilo. Concordo que haja muito pescador de águas turvas, como você diz, aproveitando-se de o fato envolver o Corinthians, para tentar “moralizar” o futebol. Independentemente disso algo tem de ser feito. Porque o episódio de ontem envolveu o Corinthians, o de amanhã pode envolver qualquer outro clube.

          • rubens

            O fato é que os clubes mandantes são responsáveis pela segurança do espetáculo, o que dificulta no caso da morte do torcedor boliviano é que o uso de sinalizadores é amplamente disseminado na américa do sul, em todos os jogos temos sinalizadores e acidentes podem acontecer em todos os jogos. O que deve ser apurado é a intenção dos torcedores que manipularam o artefato.

  • Paulo

    Provavelmente o Corinthians será excluído da libertadores.

    • Dermivaldo

      Triste Janca. Mais um episódio lamentável para o futebol sul-americano.

      Acho que o melhor seria suspender a Libertadores por uns anos e fazer as confederações repensarem o futebol. Em todos os jogos da libertadores há problemas, seja de violência, agressões, intimidações ou falta de respeito e de educação. No jogo do ano passado os mexicanos tacaram pedras nos jogadores corinthianos em pleno jogo na horas de cobrar escanteio. Noutro dia aconteceu o mesmo no jogo do Milionários, isso não tem fim.

      Você foi feliz no texto, o problema é bem mais amplo, tá cheio de imbecís criticando a torcida do corinthians, mas o problema é o mesmo e abrange todos os times. ontem foi um corinthiano e amanhá serão de outros clubes. E o que a torcida do Curitiba fez no couto Pereira, por exemplo, quando foi rebaixado? Na Argentina é pior ainda.

      Esses sinalizadores e fogos de artifício são comuns nos estádios da América do Sul, assim como aconteceu a tragédia ontem, poderia ter acontecido em qualquer jogo da Libertadores, ou mesmo com as pedradas em que os torcedores visitantes costumam ser recebidos. Inclusive esse foguete passou no meio dos torcedores corinthianos e poderia ter acertado qualquer um.

      Nesse caso o torcedor irá responder por homicídio culposo (sem intenção), mas tem que ser punido. o Corinthains deverá receber alguma punição pequena como exemplo, mas nada paga a vida desse garoto.

      Não existe um só culpado. Culpado é o torcedor irresponsável que cometeu o ato (esse tem que pagar conforme as leis bolivianas), culpada é a Conmebol que sempre pregou a impunidade e sempre liberou os foguetes dentro dos estádios, culpada é a polícia boliviana (e de outros países) que deixam os torcedores entrar com esse sinalizador no estádio, culpadas são as organizadas que promovem a violência, culpado é o governo que prega a impunidade e consequentemente incentiva a violência, culpado é o proprio cidadão.

      Só lembrando que o Brasil ostenta o vergonhoso recorde mundial de mortes por causa de futebol em 2012. A melhor alternativa continua sendo assistir pela TV.

      • janca

        Oi Dermivaldo. É triste mesmo e como você mesmo diz não se trata do Corinthians, é algo muuuuito mais abrangente. Hoje (ou ontem) foi com o Corinthians, amanhã não será. Mas não acho que dá pra responsabilizar todas as organizadas. Mesmo elas têm elementos bacanas e outros… Que não são do bem, digamos assim. Ms o problema não é do Brasil. É do ser humano. E algo te de ser feito na questão da segurança nos estádios. Aliás, falando de Brasil, em segurança pública em geral.

  • Luciano

    Que mané sinalizador? A imprensa continua ignorando que algo foi lançado, acidentalmente ou não. Sinalizador não tem esse poder de ‘foguete’. Estão encobrindo alguma coisa por ser Corinthians? Volto a enfatizar que não era sinalizador. Só se fosse sinalizador de navio, do qual a venda é proibida. Tem que haver alguma punição firme. O Palmeiras foi punido no ano passado. O Santos tbm foi. A diferença agora é “só” uma morte. Que todos os envolvidos sejam punidos, inclusive os organizadores do evento por terem vacilado na revista na entrada do estádio. Estou ouvindo o presidente do Corinthians agora gaguejando mais do que o habitual. Seja quem foi, torcedor “organizado” ou não, o clube tbm tem que sentir na pele. Qualquer punição ao clube não irá ser maior do que a que está sentindo a família do Kevin.

    • janca

      A imprensa continua ignorando que algo foi lançado, acidentalmente ou não? De onde você tirou isso?

      • Dermivaldo

        Que idiota. O que mais se fala na imprensa é sobre isso, como é que estão ignorando? Esse cara deveria ler as notícias antes de escrever bobagem. Tá cheio de anti feliz com a tragédia para poderem criticar. Coitadas das suas almas.

        • Marcio

          Esse Luciano é um imbecil mesmo, fala sério. Tá repercutindo o dia inteiro isso e o mané vem com essa.

          • Luciano

            Imbecis são vcs, comentaristas. Eu não sou msm da turma dos anti. O q não me fiz compreender, aí me remeto ao dono do blog, é que se FALAVA em lançamento de sinalizador, o que não é possível, já que esse acessório apenas faz aquele efeito de iluminação que vemos frequentemente nos estádios não só aqui do Brasil. Eu quis dizer que foi arremessado um outro tipo de artefato, nao aqueles inocentes sinalizadores que são próprios pra locais ABERTOS (vamos deixar claro, senão os comentaristas vão fazer alusão à tragédia de Santa Maria e achar que sou insensível). Um especialista em pirotecnia pode esclarecer melhor. Fiz referência até a sinalizadores de embarcação, o que não poderia ser nem adquirido, pois é de uso restrito, quanto mais ser utilizado em um estádio de futebol. Estão dizendo agora que foi utilizado um desses. Fiz uma crítica sobre o que eu havia ouvido e assistido na imprensa, tanto que achei esse post bastante enfático pedindo punição como não havia visto nos meios que havia acompanhado até então. Agora olha esse comentário: “Que idiota (2). É exatamente esse regozijo hipócrita a semente de eventos como o ocorrido na Bolívia.”. Onde percebeu regozijo? A crítica à imprensa foi ao que eu li e ouvi até o meio dia, até chegar a esse texto que volto a dizer, achei correto e sem um certo “rabo preso” que vi em outros meios. Se fosse o meu time queria mais que se ferrasse, assim como a Conmebol, que tem que ser responsalizada judicialmente por ser organizadora da competição. Aliás, agora posso comentar. Espero que não fique apenas na punição de estádio vazio. Se os agressores fossem torcedores do San Jose, com certeza o clube boliviano seria excluído da competição. Alguém duvida?
            Tlvz o titular do blog tenha achado q fiz uma crítica ao que ele escreveu pq comecei argumentando com um “mané sinalizador” e nem me dei mta conta do título. Se perceber, eu mais confirmei o que ele afirmou do q qquer outra coisa.

          • Luciano

            Olha a agressividade do ser humano aqui, né Marcio? Bem… sinalizador naval, pode? Pra que um sinalizador naval em um estádio?
            Não vamos punir o Corinthians TAMBÉM? Só a Conmebol e os policiais???? Todos os responsáveis, seja pelo espetáculo ou por sua torcida, têm que responder por esse absurdo. Palmeiras, cadeiras arremessadas, recebeu punição justamente. Santos, moedas, recebeu punição justamente. Pq o Corinthians é diferente? Uma vida, “apenas” uma vida? Vai se lascar qualquer corintiano que tiver a capacidade de defender o indefensável. Só falta ganhar a Libertadores e utilizar o discurso contra tudo e contra todos. Uma coisa é o futebol no campo, outra o absurdo de qquer tipo de violência, ainda mais qdo tira uma vida. Tem que pagar, sim, e isso não é regozijo de anti. Regozijo na tragédia ou vistas grossas dependendo da circunstância são duas faces da mesma moeda dos hipócritas.

        • Rodrigo

          Que idiota (2). É exatamente esse regozijo hipócrita a semente de eventos como o ocorrido na Bolívia.

          • 100 corinthianos gritando fora do Pacaembu

            Sugestão: Retirar o time da competição ou colocar um telão na praça Charles Muller e termos 100 mil corinthianos gritando do lado de fora do estádio para que os gritos ecoem lá dentro.

            O erro da Conmebol foi punir apenas um único culpado, quando há varios.

  • César

    Quem tem provas de que foi a torcida corintiana ? NINGUÉM !

    Primeiro: Tão usando a gaviões como bode expiatório, esse rojão pode ter vindo de qualquer direção e vamos lembrar que a torcida do Corinthians ocupava um canto do estádio, enquanto a do San José ocupava maioria esmagadora, logo, se não existem evidências concretas de onde veio o rojão a probabilidade de ter sido lançado por um boliviano é MUITO maior.

    Segundo: O MANDO ERA DELES E O JOGO ERA NA BOLIVIA ! Se existe algum responsável pela morte do garoto de 14 anos é a própria entidade San José que não fiscalizou as torcidas antes do jogo, seja lá qual delas tenha laçado o artefato.

    Agora essa cambada de torcedor covarde(pra não falar cuz**) que fica ai se escondendo atrás de um Pc e dizendo que torcedor corintiano é bandido deveria virar homem e ir falar isso lá na quadra da gaviões.

    Mas Janca, isso ai é reflexo do que é a COMEBOL, essa desgraça de ‘organização’ que só visa lucros vai no máximo dar uma multa a quem ela ACHAR ser culpado e seguimos o jogo. Afinal, os filhos deles vão no máximo aos camarotes de estádios na Europa.

    • janca

      Com todo respeito, César, a própria diretoria corintiana e as imagens da TV boliviana, sem falar na apuração inicial da polícia local, indicam que o artefato partiu da torcida do Corinthians. Quem atirou tem de ser punido. Mas concordo com você sobre fiscalizar a entrada das torcidas. A obrigação _pela segurança_ era do time local. Mas que a Gaviões está envolvida na confusão, César, está. Não que tenha sido necessariamente um integrante da uniformizada que atirou o artefato, mas há membros da torcida detidos. Da Gaviões e da Pavilhão Nove. E que tudo tem que ser bem analisado e apurado, repito, tem. Até para não serem cometidas injustiças. Por isso muita calma nessa hora.

      • César

        Janca, ai é que está: INDICAM e indicar não é provar.

        Mas ok, eu estou no trabalho e você deve estar mais a par das coisas, digamos que artefato tenha partido do setor em que a torcida corintiana estava: Quem era responsável pela ordem no estádio ? o San José, pois o mando era deles.

        Quem foi omisso na fiscalização, fez vista grossa para os artefatos que SEMPRE estão lá foi os organizadores de lá. Não adianta vir dizer que o só o torcedor assumiu o risco, pois a administração do estádio TAMBÉM assumiu esse risco na sua sequencia de omissões.

        Só acho que tem que punir quem era de fato responsável. Se é para punir quem solta rojoes e derivados tem que parar o futebol sul americano inteiro, não tem que esperar morrer gente para tomar atitudes.

        E responsabilizar apenas o torcedor é tapar o sol com peneira. Se não houve condições de segurança para ambas as torcidas você não tem o direito de culpar alguma quando houver mortes como essa.

        • janca

          Oi César. Não quero brigar com você _rs_, acho que concordamos em boa parte do que você colocou agora. Neste caso não acho que saiba mais _por ser jornalista_ do que você, mal comecei a apurar para tentar entender o que aconteceu e também tenho outras atividades, fora o jornalismo… Enfim… Acho sua pergunta, que também é minha, legítima. Quem era responsável pela segurança do estádio? Quem foi omisso na fiscalização? Mas nem por isso acho que quem soltou o rojão, sinalizador, enfim, o artefato que for, não tenha que ser punido. Tem que ser punido sim. Matou um garoto de 14 anos. Isso é gravíssimo. Mas a coisa não pode ficar por aí. Concordo que responsabilizar apenas o torcedor é tapar o sol com a peneira, por isso defendo que a gente vá até as entranhas do caso. E que o use pra melhorar o futebol sul-americano e a segurança nos nossos estádios. Perder a vida de um jeito estúpido desses é… Foda. Desculpe pelo palavrão, mas é foda, César. É o que acho. Abs. e agora sim FUI, volto a responder comentários à noite, Janca

    • Rogerio

      Só pela declaração já da para ver a intenção !!!

      São feitas colocações dizendo, “quero ver falar isso lá na Gaviões”

      Obviamente existiriam sanções fisicas certo?

      Será que é esse o modus operante?

      Será que se falar algo contrário a eles, vc será agredido?

      Será que foi uma ameaça a todos?

      Tirem suas conclusões e comparem esse comentário do integrante da torcida, com o que aconteceu ontem!!

      Pergunto, será que foi fatalidade, baseado nesse comentário??

      • janca

        No momento em que li o comentário também pensei nisso. Por que não posso externar, por exemplo, minhas opiniões na Gaviões? Acho que temos de debater tudo com respeito. Sem violência, agressões ou ameaças.

      • César

        Não Rogério,

        Não faço parte da gaviões e quando vou ao Pacaembu fico na cadeira laranja. Só que me ensinaram a dizer as coisas nas caras das pessoas. Ficar generalizando que corintiano é bandido só acirra o ódio entre eles e você. Aprenda a perguntar as coisas antes de tirar suas próprias conclusões mirabolantes e ir difundindo informações imbecis.

        Não foi fatalidade e se você ler o comentário com atenção vai notar que na minha opinião a culpa é de quem te cobra pelo ingresso e não te fornece o MINIMO de segurança.

        Vamos lembrar que o artefato era para fazer festa e não para matar alguém. Se era proibido usar isso na arquibancada o torcedor tem de pagar pelo ocorrido, mas os responsáveis pela festa assumirão o mesmo risco em não fiscalizar a entrada do torcedor munido de rojões e afins.

        • Rogerio

          Não sei se vc percebeu, mas coloquei ponto de interrogação em todas as frases, portanto são perguntas!!!

          Que em parte foram respondidas pela sua afirmação de que minhas colocações são imbecis, não agredi vc em nenhum momento, mas fui agredido por vc, portanto parte das minnhas questões foram respondidas para mim, mas não vou externar o que conclui!!!

          Como eu disse a frase dita por vc:

          “Agora essa cambada de torcedor covarde(pra não falar cuz**) que fica ai se escondendo atrás de um Pc e dizendo que torcedor corintiano é bandido deveria virar homem e ir falar isso lá na quadra da gaviões”

          Me fez fazer tais questionamentos!!!

          E em nenhum momento disse que corinthiano é bandido, assasino ou coisa parecida!!!!

          Sei que existem bandidos infiltrados em TODAS AS TORCIDAS ORGANIZADAS, seja de que clube for!!

          Frequento estádios assiduamente a 16 anos, sei do que estou falando, repudio as organizadas mesmo do time que torço, porque sei das intenções deles!!!

          Agora amigo desculpe, mas se tem alguem aqui que fez um comentário imbecil não fui eu!!!

          Releia a frase que vc escreveu, e reflita!!!!!

          • janca

            Sobre falar na quadra da Gaviões eu concordo com você, Rogério. Por que não? Iríamos apanhar?

          • César

            Você disso isso : ‘ Tirem suas conclusões e comparem esse comentário do integrante da torcida, com o que aconteceu ontem!! ‘ e NEM de organizada eu sou. Isso foi imbecil.

            Pra mim, a intenção de criminalizar uma torcida X ou Y é ridícula e não estou falando de organizadas e nem que foi você quem disse isso.

            Pior ainda é os caras que se aproveitam para falar as coisas atrás de um Pc, homem tem de ir na cara do outro e dizer: você é isso ou aquilo e não ficar ai aproveitando uma situação para dizer que corintiano(sem o H, por favor) é tudo bandido e assassino(não sei se é o seu caso, mas li que tem pessoas postando isso em tudo que é blog).

            Foi isso que quis dizer com a frase que você citou acima.

          • Rogerio

            Como eu disse não te ofendi!!

            E como aprendi desde pequeno, quem ofende nunca tem razão!!

            Portanto respeito suas considerações, mas não concordo!!!

            Com isso respeite as minhas, mesmo que não concorde, porém não ofenda, o que aliás é isso que vc prega no comentário, mas pelo visto não praticou!!!!

            Não vou ofendê-lo porque não faz parte da minha índole!!!

            Agora se faz ou não parte da sua? não sei responder!!!

            Um abraço!!!

  • Rogerio

    Janca concordo quase emm 100% com o que vc disse!!

    O clube tem sim que ser responsabilizado, simplesmente pelo fato que sua torcida organizada é financiada pelo clube, com certeza os “torcedores” que estavam lá tiveram suas despesas pagas pelo clube, como sempre acontece, portanto o clube é co-responsável!!

    O único ponto que discordo é sobre a intenção!!

    Me desculpe mas no direito existe a figura do dolo eventual, ou seja se assumiu o risco de matar, e isso é considerado intenção.

    Portanto esse mentecápito que realizou essa barbárie, teve o dolo eventual, portanto teve a intenção sim!!

    • janca

      Eu entendo o que você diz. Mas ele pode ter pensando que estava jogando, ou seja lá como se diz, o artefato pra cima e foi pro lado, sei lá. O que sei é que crime, com ou sem dolo (e pra mim deve ter sido sem dolo _opinião pessoal apenas), tem de ser punido. E não dá pra dizer que toda organizada é financiada pelo clube, mas essa relação tem de ser investigada até o fim, porque é gravíssima. Não sou contra as organizadas, mas no meio delas muita gente faz o que não devia. Talvez escondido por um suposto anonimato. E houve uma morte de um garoto de 14 anos em Oruro. Isso, por si só, é gravíssimo!!!

      • rubens

        muito simples então, é só provar que o clube pagou a despesa do torcedor que atirou o sinalizador, que comprou o sinalizador pro sujeito e o orientou para atirar na torcida rival.

        • janca

          Nada é simples, Rubens. O que aconteceu é complexo demais e envolve a morte de um garoto.

          • rubens

            É tão complexo que até se cogita eliminar da competição o time visitante… a propósito morreu dia desses um torcedor do Nautico, não é complexo isso também, não merece um post pelo menos?

          • janca

            Aqui no caso estamos tratando do que aconteceu na Bolívia, não sei se você percebeu. E tirar o Corinthians da competição ou não não trará o garoto de volta. A discussão tem de ser o que fazer daqui em diante para evitar outros casos como o de Oruro.

  • Luiz

    Engraçado é quando a coisa é positiva os curintianos se consideram únicos, mas quando algo dá errado eles deixam de ser únicos e colocam todos os outros torcedores de todos os times no mesmo balaio. Não é a toa que é o clube mais odiado do Brasil.

    • Marcio

      Imbecis e bandidos existem em qualquer outra torcida organizada do país, por isso que torcedores de outros times estão no mesmo balaio sim.

  • Nilton

    Como você disse Janca, temos que ter muita calma nesta hora. As paixões clubísticas estão cada vez mais afloradas e, por ser um caso envolvendo o Corinthians, a coisa vai virar um barril de pólvora. Os torcedores rivais pedem a exclusão do Corinthians, perda de mando de campo, extermínio da raça Corinthiana e qualquer coisa que denigra a imagem do time e de seus torcedores. Os Corinthianos dizem que o clube não pode ser punido pela ação de um indivíduo, que todos têm inveja, são “Anti” e o escambau.
    Para mim, que sou mais um apaixonado pelo Corinthians, todos estão sendo hipócritas. Ninguém está sensibilizado com a morte do garoto, com a dor da família. Vomitam o que querem e é conveniente para eles. Eu entendo que o Corinthians deva ser punido exemplarmente sim, que as autoridades tenham a competência e serenidade para apurar bem os fatos e enjaular o responsável. Temos que parar de nos aproveitarmos de uma tragédia e detonarmos os que estão expostos. Quem está acusando o Corinthians, o faz porque é o Corinthians. Quem está defendendo o Corinthians, também o faz porque é o Corinthians. Exclusão dos torneios da Comenbol para o Corinthians ou qualquer outro clube, cuja torcida tenha este comportamento. Isto é o que espero.

    • Rogerio

      Perfeito comentário!!

      • margreicy

        Apesar de não ser corintiana acho que o comentário foi extremamente sensato, o que prova que não podemos generalizar as pessoas por fazerem parte de uma mesma torcida.

    • janca

      Oi Nilton. Você disse que é corintiano e respeito sua opinião. Mas ainda assim temos que ter, repito, muita calma. Não tenho uma posição definida sobre punição ao Corinthians. Talvez fosse o caso, mas não sei. O problema é que agora aparece muito clubismo. Quem não é corintiano quer punição, quem é tende a defender o contrário e o não é por aí. O que acho é que, no fundo, ninguém está aí para a dor da família do garoto. Inclusive o Tite, que respeito muito, mas duvido que ele trocasse o título do ano passado pela vida de um rapaz que nem conheceu. Espero que esteja errado (eu), mas duvido. O mundo é uma m…, Nilton. Com todo respeito. muitas vezes é.

      • Nilton

        Concordo Janca. Acabei de ver uma declaração do Fábio santos que também é favorável a exclusão do Corinthians. Temos que parar de olharmos para a nossa conveniência e ter um pouco mais de amor ao próximo. Termos compaixão com ador dos outros. Perder um filho é terrível. Eu perdi o meu aos seis anos de idade, em circunstãncias totalmente diferentes é verdade, e sei do que estou falando. Um abraço e vamos tentar viver num mundo melhor.

        • margreicy

          Bom ver que nem todo mundo coloca um jogo de futebol na frente de tudo.

  • Roberto Junior

    O problema não é corinthiano. É humano. Não tem naturalidade. É de toda uma nacionalidade. É brasileiro. Não só nos gramados. Mas, por todos os lados. Basta conferir em uma página de jornal. Mulher bêbada tenta subornar policial. O Estado colabora pra transformar menor em marginal. A farra de Renan prossegue no Senado Federal. Não, o problema não é corinthiano. É humano. Não tem naturalidade. É de toda uma nacionalidade. É brasileiro. Não só nos gramados. Mas, por todos os lados. Basta conferir em nosso próprio quintal. Seja no real. Ou naquela rede social. Essencial salientar, Brasília não é a fonte de todo o mal. Somos nós. Da primeira pessoa do singular à terceira do plural. Eu, quando avanço um sinal. Tu, ao tratares um semelhante feito animal. Ele, ao atropelar alguém e fugir do local. Nós, ao ignorarmos as regras. Vós, se não cumpris promessas. Eles, que consideram os “certinhos” bregas. O drama não é apenas do Timão. É de uma nação. E não me refiro à do Mengão. Sim, àquela que enxerga o futebol como sua maior paixão. Também como o exato retrato de sua falta de educação. Kevin Douglas Beltrán Espada. Há muitos no Brasil a cada rodada. Nas esquinas. Nas estradas. Mortos a bala. Feridos a facada. Providência nenhuma é tomada. Pelo próprios clubes a barbárie é financiada. Não é de hoje, temos a imagem manchada. É, não são os fieis torcedores os únicos culpados. Quem pensa assim está redondamente enganado. Eu, tricolor, me sinto envergonhado. Há, com certeza, amigos transtornados com o ocorrido que vibram por outras cores. Todos sedentos por mudanças. Mudanças que nos libertem dessas dores. E dos sinalizadores.

    Abraço!

    • janca

      Discordo. Não é só brasileiro, Roberto, é do ser humano. E sempre foi. Abs.

      • Roberto Junior

        Ué, Janca, mas eu disse isso: “O problema não é corinthiano. É humano.” Em nenhum momento, afirmei que é “apenas do brasileiro”.

        É que, convenhamos, o grau de civilidade que observamos no país não é o mesmo que na Dinamarca, né?

        Abs.

        • janca

          De fato acho que o problema é humano, não apenas corintiano nem brasileiro. E mesmo na Dinamarca há complicações. Já vi jogo em estádio de Copenhagen que acabou em briga de hooligans locais. Abs.

  • Augusto

    na minha opinião é que estes estádio fora do Brasil não sabemos como é e pela TV e talvez esteja enganado ele parece de times de terceira divisão, sou a favor que se puna que ter que ser punido, acho engraçado quando fala que a culpa é só do time quando estes vandalos fazem besteiras, acho que deveria ter mais policiamento e proibição de tais artefatos, coisa que lá na Bolívia é liberado, pelo jeito eles nem se preocuparam em saber como são as torcidas aqui do Brasil, acho que deveria ter mais segurança e ação contra estes que não vão para torcer e sim para destruir seu times.

  • ALESSANDRO

    BOA TARDE JANCA,DISCORDO COMPLETAMENTE DE QUALQUER PUNIÇAO AO CORINTHIANS,DESDE QUE O CLUBE COOPERE NAS INVESTIGAÇOES.QUEM TEM QUE SER PUNIDO COM OS RIGORES DA LEI E O IMBECIL QUE COMETEU TAL ATO,COM ESSE SIM NA SE DEVE SER COMPLACENTE!!!!!!!!
    ACHO ABSOLUTAMENTE INADEQUADO PUNIR A INSTITUIÇAO,O CLUBE QUE NAO TEM NADA HAVER COM O EPISODIO,MESMO PQ NENHUM DIRIGENTE TEM DOMINIO DA TORCIDA ORGANIZADA CONCORDO ATE COM ALGUMA PUNIÇAO SOBRA A ORGANIZADA ESTA SIM TEM RESPOSABILIDADE SOBRE SEU MEMBRO,SO PARA FAZER UMA RELAÇAO SERIA COMO SE POR EXEMPLO UM ADVOGADO MATASSE ALGUEM A OAB QUE E A ENTIDADE DA PROFISSAO FOSSE PUNIDA OU UM ENGENEHIRO PRATICASSE UM CRIME SE PUNISSE TB O CREA!!!

    • ALESSANDRO

      E MAIS UM DETALHE QUE ESQUECI O CLUBE DA BOLIVIA TAMBEM DEVERIA SER PUNIDO E O ESTDIO INTERDITADO AFINAL NAO ESTA NO TAL REGULAMENTO QUE NAO SAO PERMITIDOS FOGOS DENTRO DO ESTADIO???????O QUE O SINALIZADOR E OUTROS FOGOS ESTAVAM FAZENDO POR LA??????

  • Flavio Rodrigues

    Janca, esse assunto é tão triste, que fica difícil formar uma opinião… Não vi nada demais nas declarações dos dirigentes corinthianos… neste ponto você está sendo muito crítico. Seria inédito se os dirigentes se oferecessem a serem excluídos do torneio. Quanto a exclusão, sou corinthiano, acho isso tem q ser muito bem analisado, mas, não discordo totalmente de você não, seria um exemplo de impacto, ainda mais se tratando do Corinthians. Talvez servisse para que os clubes (todos) aprendam definitivamente a parar de associar sua imagem as organizadas, já passou da hora… Mas, só isso, seria bom apenas para os próprios clubes aprenderem que o torcedor comum com um bom programa sócio torcedor, pode lotar estádio tranquilamente, e sem violência, e esse benefício em prol de torcidas é coisa ultrapassada. Só que ainda assim, ficaria faltando as outras questões que vc mesmo abordou sobre a fiscalização nos estádios e principalmente a questão das autoridades daqui que não conseguem e nem se esforçam para punir esses marginais, ou seja, não seria isso que resolveria o problema, pois mesmo sem ajuda dos clubes eles continuarão frequentando os estádios, e sem punição, episódios como os de ontem, voltarão a acontecer.

  • Eu não acho certo eu torcedor da instituição Sport Club Corinthians Paulista, que compro jogos e pago pacote para assistir meu clube, ser penalizado por alguns marginais que torcem por facções de torcidas organizadas, porque esses caras não são corinthianos e não torcem pela instituição, esses bandos vestem as fantasias de palhaços, (seja da GAVIÕES, MANCHA, JOVEM, INDEPENDENTE…) para cometer crimes, esses “torcedores” que dizem “torcedores” nem se quer tem uma camisa oficial do clube, e por outro lado da facção tem mais de 10, isso não é torcedor, e a instituição não precisa desses torcedores, pois o “SCCP” tem torcedor no mundo inteiro, e a diretoria não precisa ficar gastando dinheiro com esse monte de lixo, pq isso não é ser humano tem que ser considerado como lixo pela sociedade.

    E fica aqui minha condolências para a família do jovem que perdeu o que tinha de mais precioso que era sua vida, para um retardado.

  • Any

    Esperem ai!!!!!
    Sejamos justos e coerentes…
    01) A culpa da segurança é do San Jose e seu estádio que recebeu o jogo, são eles que deveriam proporcionar fiscalização e segurança para as torcidas.
    02) O culpado e punido tem que ser exclusivamente a PESSOA que soltou o sinalizador e ser julgado como criminoso por burlar leis e matar uma pessoa.
    03) A torcida deve ser penalizada como um todo para que fatos como esse não aconteçam mais, deve-se tirar o mando de campo do seu time, fazendo com que jogue a kms de distância e diminuindo a carga de ingressos.
    04) O Corinthians deve ser penalizado com multa alta e arcar com toda a despesa da família da vitima, que deve ser inclusive indenizada pelo clube.

    • marcelo

      Embasado em que você quer a punição do Corinthians? Só pq o autor é torcedor do Timão? Então, todos os crimes praticados por torcedores, quaisquer crimes, devem ser indenizados pelos respectivos clubes….

  • Felipe Sobral

    Fatalidade é um cara como vc ter um blog em um jornal…. inclusão digital é realmente um problema!

    • janca

      O blog não é no jornal. É na internet. Analfabetismo funcional é complicado. O Brasil tem que investir mais em educação.

  • Ton

    Janca, não é a primeira vez que temos morte em estádio de futebol e não é excluindo o Corinthians da competição que fará com que essa seja a última como muitos estão dizendo por aí, essa atitude apenas irá lesar 30 milhões de pessoas que não tiveram relação nenhuma com o ocorrido. Como disseram anteriormente, a torcida do San Jose (e outras tantas) também fazem uso desses artefátos, vão esperar que alguém morra pelas mão deles para exclui-los da competição também? Para evitar uma tragédia anunciada é necessário PREVENÇÃO. O que tem que ser excluído são os sinalizadores ou qualquer outro material que atente contra a vida humana. Aliás, eles nunca deveriam ter sido permitidos, já que foram que puna os responsáveis pelo uso e pela falta de fiscalização. Entendo que transferir a responsabilidade para o clube é uma forma de mascarar a responsabilidade dos verdadeiros culpados. Nada Mais!

    • ALESSANDRO

      BOA NOITE TON ALEM DA PREVENÇAO A CERTEZA DA PUNIÇAO!!!!!EU ACHO ABOMINAVEL QUE SE FALE EM PUNIÇOES AO CLUBE,MESMO PQ O CLUBE PROVAVELMENTE SEQUER CONHECE O IMBECIL QUE COMETEU TAL ATO!!!!!!!!
      A PUNIÇAO DA QUAL EU FALO E SOBRE QUEM COMETE ESSES CRIMES,NO DIA EM QUE ESSES ASSASSINOS QUE ESTAO A SOLTA TIVEREM CERTEZA DA PUNIÇAO PODE TER CERTEZA QUE QUALQUER ESTADIO DE FUTEBOL SERA SEGURO,ESSES PSICOPATAS NAO PODERAO USAR O ANONIMATO DAS MULTIDOES PARA SE ESCONDER APOS COMETEREM SEUS CRIMES!!!!!!!
      E TEM MAIS SE FOR COMPROVADO QUE ESSE ASSASSINO E MEMBRO DA GAVIOES OU OUTRA ORGANIZADA,ESSA SIM DEVE SER TAMBEM PUNIDA DE FORMA EXEMPLAR,POIS A TORCIDA TEM SIM CONTROLE SOBRE SEUS MEMBROS!!!!!!!!!!

      • Ton

        Boa noite. Além do que não é o Corinthians que determina o que pode ou não entrar no estádio e nem faz a revista dos torcedores, Concorda? O Fábio Santos disse que “Se for para não ter mais mortes até concorda com a exclusão do Corinthians”

        Para mim, acreditar que excluindo o Corinthians da competição ninguém mais vai morrer é a mesma coisa que acreditar na fada do dente.

        • ALESSANDRO

          EXATAMENTE TON UMA EVENTUAL EXCLUSAO DO CORINTHIANS NAO IRA MUDAR NADA EM RELAÇAO A PROTEÇAO DE VIDAS NO ESTADIO,APENAS PUNIRA POR EXEMPLO OS JOGADORES QUE NADA TEM HAVER COM O OCORRIDO.
          O QUE VAI ACABAR COM ESSAS MORTES EM ESTADIOS,PRIMEIRO E A PROIBIÇAO DESSES ITENS PERIGOSOS DENTRO DOS ESTADIOS,SEGUNDO PUNIÇOES PESADAS A QUEM COMETER CRIMES,PROIBIÇAO DE FREQUENTAR ESTADIOS A QUEM PROVOCAR OU PARTICIPAR DE BRIGAS,QUANDO SE ATUAR DESSA FORMA NOS ESTADIOS NAO TEREMOS MAIS ASSASSINATOS DENTRO DE ESTADIOS!!!!!!!!

          • rubens

            Concordo, também devem ser punidos os responsáveis pela segurança que permitem que esses itens perigosos entrem nos estadios. Porem, existe uma cultura arraigada entre as torcidas da américa do sul no uso de sinalizadores para proporcionar o espetaculo visual, da uma olhada no impressionante video de dentro da Barra Amsterdan, uma das maiores organizadas do Penarol, na final de 2011 contra o Santos na Libertadores. Mudar essa cultura já será um enorme desafio. segue link: http://www.youtube.com/watch?v=OJ13qDUXXTI

          • janca

            Mas não será a hora de mudar essa cultura, já que, pelo que está ficando claro, sinalizador naval pode matar?

  • Daniel

    Não entendi…vc acha LAMENTÁVEL o Corinthians jogar de luto?? acha LAMENTÁVEL o Dulibio dizer que foi uma fatalidade??Sabe o que é LAMENTÁVEL?? É que SEMPRE em jogos desse torneio MAL ORGANIZADO CHAMADO LIBERTADORES, um campeonato pior que VÁRZEA, acontece isso…principalmente em jogos contra times aqui do Brasil. Eles nos ostilizam, jogam rádio, saco de mijo…esses SINALIZADORES mesmo…só que nunca ninguém fez ABSOLUTAMENTE NADA A RESPEITO. Esperam acontecer algo do tipo para tomar providências. Lamento muito a morte desse garoto, mas a culpa não é só dos VÂNDALOS daqui…É da COMMEBOL que nunca tomou atitude nenhuma em relação a isso. Lembra aquele episódio que o time do Atlético MG foi massacrado pelos torcedores, policiais e o Lanús da Argentina no gramado do campo?? Oque aconteceu? Lembra quando o Elivelton tomou uma pedrada num jogo pelo São Paulo?? O que aconteceu?? Se houvesse a mínima união entre os clubes Brasileiros, nós tinhamos parado de jogar essa competição a MUITO TEMPO!!

  • alvs

    boa tarde Janca.

    Sou corintiano, faço direito e gostaria de expor também minha opinião.
    É uma situação muito difícil para todos os lados, pior pela morte do garoto que ao que parece esta sendo a menos das discussões em todos os lugares.
    Vi vários comentários dizendo que sem paixão clubistas está opinando, tambem acho difícil porque poucos conseguem opinar buscando e utilizando da equidade.
    Será que a punição ao clube vai trazer resultados? Sinceramente acredito que não, sou a favor da punição SIM, mas utilizar o clube como a causa de todos os problemas e aponatar que esta é a única solução, não vai mudar em nada, são muitos culpados no meio dessa história mas ainda acredito que a maior de todas é a COMEBOL.
    A instituição ou entidade não sei é a mais omissa que existe… Todos os jogos longe do Brasil é a mesma coisa, o que fizeram ano passado com o santos na Bolívia no jogo contra o Bolivar, foi pilha, laranjada, ovada e até banana, me diz o que a comebol fez, contra o Boca os própios torcedores do Corinthians jogando lumi no campo nada foi feito. A omissão é tão grave quanto a atitude de quem praticou o ato.
    Exclui a torcida de qualquer jogo, abre o estadio somente para idosos, crianças e mulheres.
    Acho que impune não pode ficar, mas ser a bola da vez para satisfazer egos de outras torcidas por uma atitude de um criminoso é bem complicado.
    Enfim deixo esse amontoado de idéias confusas, Abraços Janca.

  • Antonio – SP

    Os anti estão babando de alegria com essa tragédia que envolve o time bi-campeão mundial, já que não conseguem mais vencer nosso time dentro de campo, tem que arranjar um motivo para tentar excluir o Timão da Libertadores.

    Vão se catar bando de hipócritas, é claro que é injustificável a morte do jovem boliviano, mas o time Corinthians não tem culpa de ter pessoas desequilibradas entre seus torcedores e não pode ser punido por isso, afinal ninguém da direção do Timão mandou esses idiotas que se dizem torcedores cometerem uma insanidade desse tamanho, a pena deve atingir quem cometeu essa asnice e crime e ninguém mais.

    Não se pode punir uma instituição centenária, que hoje é modelo de organização no mundo do futebol como é o Corinthians e 30 milhões de torcedores por atos inconsequentes e criminosos de um idiota que estava assistindo esse jogo e disparou o rojão.

    Essa suposta indignação dos torcedores dos outros times pedindo punição ao Timão não é mais do que torcida disfarçada e mágoa por seus times estarem a anos-luz do atual estágio do Timão.

    Que se puna com o máximo rigor quem teve responsabilidade direta pela morte do jovem boliviano, todo o peso da lei e da justiça contra os loucos que cometeram tal crime, mas a instituição Corinthians e seus mais de 30 milhões de torcedores não tem nada a ver com essa tragédia.

  • Antonio – SP

    A propósito, o que aconteceu com o time do São Paulo que mandou seus seguranças descerem o cacete nos jogadores do time do Tigres no Morumbi na final da copa sul americana ?

    Isso sim devia ser motivo de eliminação de um time numa competição sul americana, pois o São Paulo não garantiu a segurança dos argentinos naquele jogo e ainda se omitiu contra as agressões que eles sofreram.

    Chega de hipocrisia, títulos se ganham dentro de campo seguindo as regras do jogo e não no tapetão.

  • Juca

    Acredito que deve haver punição tanto para a equipe do Corinthians como a do São José, a primeira por estar provado pelas imagens da TV boliviana que o disparo do sinalizador partiu da torcida Corinthians e a segunda por permitir a entrada de fogos de artifício no estádio, quando o regulamento terminantemente o proíbe. Agora, qual será a punição? multa? jogos sem torcidas? retenção da renda para a família da vítima? Não sei, cabe às autoridades decidirem, não pode é permitir a impunidade, pois uma vida foi levada em vão.
    E ainda, sugiro que os clubes brasileiros se reúnam e peçam junto à FIFA para que a Conmembol adote providências/medidas para garantir segurança nos estádios da América do Sul, pois está virando piada, já que todo jogo tem pedrada, chinelada, pilhas voando das arquibancadas, jogadores querendo ao término das partidas querendo agredir os atletas adversários. Enfim, providências devem ser tomadas, e caso nada seja feito, os próprios clubes brasileiros devem se recusar a disputar qualquer competição organizada pela Comenmbol, como forma de pressionar pela segurança nos estádios.

    • Juca

      E o culpado pelo morte, que acionou o sinalizador, CADEIA.

  • junior

    e mais uma vez irão passar a mão na cabeça desse “bando” de vagabundos…tudo acaba em pizza!

  • FÁBIO

    JANCA..suas colocações não procedem. O uso de sinalizadores no estádio estava liberado e ficou claro que é comum na Bolívia, pois a torcida do São José também os utilizavam. Não havia animosidade, briga de torcida ou qualquer coisa que justificasse agressões entre as torcidas. Inclusive sequer havia separação de torcidas, pois o clima era totalmente cordial. Está evidente que o que ocorreu foi um acidente, uma fatalidade, um ato isolado de um torcedor que não soube manipular o artefato. Estivesse ocorrendo um confronto de torcidas e o sinalizador fosse atirado na torcida adversária de forma proposital, até se justificaria a punição ao Corinthians. O que está ocorrendo é um show de hipocrisia, eis que parecem querer, de forma proposital, não enxergar que foi um acidente. Se alguém tem culpa na história é a própria polícia local e o San Jose, pois sendo responsáveis pela organização e segurança do espetáculo, permitiram a entrada de fogos de artifícios que colocam em risco a integridade física das pessoas. Qualquer punição ao Corinthians pelo fato, seria uma das decisões mais absurdas e injustas que eu já vi na minha vida. A culpa pelo fato ocorrido jamais poderia ser coletivizada, mas sim individualizada. Quem errou, deve responder pelo seu erro, tendo ocorrido dolo ou culpa, o que deve ser apurado pelas autoridades. Vamos parar com tantas besteiras e analisar a situação com racionalidade.

    • janca

      Fatalidade não. Sinalizador naval mata. E ontem, segundo a polícia, matou um garoto. Há 12 corintianos detidos, que devem ser responsabilizados direta ou indiretamente pela morte (11 deles como cúmplices).

  • Alexandre

    Existem 3 culpados por esse ocorrido, o assassino que mirou o sinalizador na torcida adversária, a comebol que nunca se preocupou com a segurança em seus jogos e eventos e a polícia local que permitiu marginais entrarem armados com sinalizadores no estádio. Agora querer que só o Corinthians pague a conta é no mínimo suspeito,para não dizer MEDO.

  • Sérgio

    O mais importante é acabar, proibir, banir todas as organizadas de todos os clubes do país: que são apenas um esconderijo de bandidos, vagabundos e gente da pior espécie.

  • JERONIMO SARAGOÇA

    Boa Noite Janca,
    acredito que a punição deva existir sim, houve intenção de machucar ou matar sim, se o imbecil que utilizou o artefato tivesse conhecimento do que portava. Quanto a acusação da policia local, veja o vídeo e verá que saiu da torcida do curintia sim! não sou Corintiano não, mas temos que passar a valorizar as vidas alheias como se fossem as nossas, as brigas fora dos estádios embora sejam ruins é bem diferente do acontecido ontem,portanto, não pode ser comparados. A droga que a imparcialidade do seu blog não existe, cadê a resposta pelo acontecido no Jogo do São Paulo? Imprensa bairrista e clubística! é lamentável que as pessoas abram a boca para se manisfestar em favor de seus clubes esquecendo da ética e dos direitos de cidadãos que temos, um deles é em relação a discordância de idéias, mas realmente, o Lancenet está se perdendo em comentários de alguns colunistas que não são sérios nem dão sinais da responsabilidade que têem diante de seus leitores!!!

    fraquíssima sua visão, deveria haver um editor sério para vetar a metade dos seus textos pífios!!

  • Mr. Scorpion

    Como a midia é sensacionalista. Houve imprudência da polícia boliviana, da policia federal, dos comerciantes de sinalizadores, dos pais e mães, da professora, do cultura, do administrador do estádio, ou seja, há muitos envolvidos nessa questão chamada segurança e responsabilidades. De quem é o chapéu? O Bolivar e Corinthians foram apresentar futebol, não dá para culpar os caras que trabalharam a semana para a partida e hoje via mídia ficam respondendo com armas apontadas (microfones e câmeras) tendo que dizer o que irão fazer. Simples tira o Timão desse campeonato, aí vocês braços curtos da imprensa terão o que falar o resto do ano pela saída do clube. Muito blá, blá, blá, blá…

    • janca

      O jogo não foi contra o Bolívar, foi contra o San José. Em que mundo você está?

  • Infelizmente eu como corinthiano roxo, não tenho como apoiar meu time hoje. A mesma torcida que me encheu de orgulho no Japão, hoje me da vergonha, meu time ta patrocinando essa turma, com o dinheiro dos sócios, das pessoas de bem que compram camisas, que compram ingressos, pois como explicar pessoas que são “torcedores profissionais”, pois não trabalham, como eu explico uma torcida qua a maioria vai em todos os jogos? seja na Argentina, Bolivia…onde for, como um trabalhador vai a tantos jogos assim? Não posso generalizar mas como pode? e não me venham os outros clubes aproveitar o momento para criticar o Timão, pois todos sofrem do mesmo mal. Não é a policia que deve começar a derrubar essas torcidas, mas os clubes. pois acredito que sem patrocinio e ingressos de graça essa turma não teriam como fazer tais badernas. pra quem acha que tudo que se esta falando aqui é bla bla bla, por favor se coloquem no lugar do pai do menino, nenhum time do mundo, ou partida de futebol esta acima de uma vida.

  • Edson – Santo André

    É Janca, não adiantou pedir, o pessoal coloca a paixão clubística antes da razão. Acho que o clube deve ser punido sim, o San Jose também, por não intervir juntamente com a polícia, para que se proibisse a entrada dessas armas no estádio. Não sei qual pena seja a mais adequada, mas tenho certeza que o clube tem a obrigação de banir esses “torcedores” dos jogos do time.

    • janca

      Mas pelo nível de boa parte dos comentários você vê que a situação não deve mudar… O que interessa para muitos é apenas a chamada paixão clubística, que cega, Edson. Abs.

  • Luís Gustavo

    Juca, nem a mídia é inocente na questão dos sinalizadores. Basta ver qualquer chamada de Libertadores na TV (SporTV, FoxSports), e o que está sempre lá deixando a imagem tão bonita, tão espetacular? Eles, os sinalizadores. Ajudando a vender o produto (a transmissão). Só mais um exemplo (além das confederações, clubes, torcidas organizadas, poder público) de que há um intrincado tecido social composto pelas instituições que dispara o gatilho junto com o infeliz que matou o garoto. Com isso não quero livrar a cara do sujeito, de jeito nenhum. O livre arbítrio existe, portanto o homem que soltou o sinalizador deve ser exemplarmente punido. Agora, punir o clube por algo que não foi o clube que fez? A torcida, pelo crime de um indivíduo? Se a sociedade for punir todos os que estão indiretamente envolvidos em qualquer atrocidade, não sobra ninguém inocente.

  • Wagner Costa

    Falar do corithians da muito ibope…se o corinthians acabasse os jornalistas esportivos ficariam sem emprego se fosse outro time que se envolvesse num caso como esse não teria esta repercução exemplo de ibope quando o corinthians caiu pra segunda divisão ninguem falou do são paulo que havia sido campeão naquele ano só falavam do gigante que tinha caido é graças ao corinthians que vcs jornalistas esportivos sobrevivem, o que aconteceu foi lamentavel e deve sim ser investigado e punido se necessario mas o torcedor não o clube não foi o dirigente do corinthians que ordenou que o um individuo atirasse contra um torcedor, se fosse punir o clube pelas atitude dos torcedores então vamos acabar com tdos clubes pois tds as torcidas ja se envolveram em atos criminosos o que tem que ter é punição e justiça não só para torcedores mas para td tipo de criminoso.

  • Lamentável a morte do torcedor! fiquei triste também, pois estava assistindo o jogo pela TV. Fiquei pensando em como algumas pessoas da imprensa brasileira odeiam tanto o CORINTHIANS que perdem a razão em questões mais que claras para aqueles que pensam um pouquinho. O mando de jogo era do time boliviano, portato, a segurança do estádio era de responsabilidade do mesmo. O clube brasileiro não tem nada haver com isso, pois não pode dar segurança em um estádio que não lhe pertence. Realmente, o clube é o responsável por seus torcedores, porém tem de estar jogando em seus domínios para que tal responsabilidade seja exercida. Imagino como um clube de futebol pode causar a jornalistas parciais e clubisticos o despertar de tanta raiva. O único canal que fez uma explanação em tal sentido sem aparentes paixões foi a ESPN Brasil. Todos os demais: UOL, Band, Globo, etc. tantaramm usar o nome do clube em busca de audiencia, pois sabem que o Corinthians move isso seja a favor ou contra. Me parece que alguns jornalistas queriam que os jogadores do Corinthians e sua cúpula se suicidassem, talvez assim massagearia os egos dos mesmos. Semana passada u torcedor do Nautico morreu, e não vi aqui ninguém pedir a eliminação deste ou daquele. Esse episódio se trata de mais um sensacionalismo barato de parte da imprensa brasileira as custas do nome corinthians, como ja fizeram em 2005. Alguns jornalistas querem manipular a opinião das pessoas com baboseiras e mentiras. São os mesmos que mentem para os torcedores que a Copa Toyota se trata de Mundial de Clubes da FIFA.

    • marcelo

      olá…leia o blog do GAvini da ESPN…..

  • marcelo

    Oi Janca….vc sabe qual é a única culpa do Corinthians nesse triste episódio…..a culpa do Corinthians é ser o time do coração da pessoa que disparou o sinalizador….isso é motivo para punir a agremiação e toda a sua torcida? quem efetivamente disparou o sinalizador, após identificado, deverá ser punido conforme a lei local (lembre-se – existem crimes com e sem intenção, o que parece que foi o caso); agora punir o Corinthians, é um pouco demais…se o fato tivesse ocorrido no Brasil, concordaria com vc; mas não foi; o mandante foi o time Boliviano, e não havia apenas o sinalizador que atingiu o menino; haviam inúmeros; tem blogueiro, que não é o seu caso, visto que está sendo realmente comedido com as palavras, que está comparando o fato ocorrido, com o que aconteceu em 1985, envolvendo as torcidas de Liverpol e Juventus de Turim, visando com isso, justificar uma punição ao Corinthians. Não concordo com qualquer punição ao Clube, visto efetivamente, esse não possuir qualquer meio que pudesse evitar o que ocorreu; o clube não foi omisso e nem contribui para que tal fato ocorresse, pois se fossemos pensar assim, caíriamos, num exemplo exdruxulo – veja bem….vc é convidado para uma festa; vc vai até à festa e convida um amigo seu para ir junto; esse seu amigo, bebe, e acaba matando alguém na festa; você será punido? (simplesmente por ter sido o motivo de seu amigo ter ido à festa).

  • Leonardo

    Janca, parabéns pelo comentário, concordo com você em tudo o que você disse.

    O primeiro a ter errado são as autoridades bolivianas que permitiram ou mal fiscalizaram a torcida que entrou com este artefato.

    O segundo erro está sendo como a diretoria do SCCP tem tratado o caso, como se de alguma forma a entidade ficaria isenta de qualquer responsabilidade, ao pronunciar a palavra: fatalidade; ou, então, declarar luto.

    Por fim, aquele ou aqueles que concorreram para o homicídio deste garoto boliviano. Janca, devemos aguardar as investigações, mas se for oficialmente apurado aquilo que se estão dizendo acredito que o parquet boliviano fará a denúncia apoiado na tese de dolo eventual. Pois, aquele que dispara um sinalizador contra uma multidão, mesmo que não queira diretamente matar alguém, em seu íntimo, no mínimo assume o risco de produzir tal resultado.

    Não fosse o bastante, agora criou-se um mal estar entre brasileiros e bolivianos.

    Façamos as preces para a paz, para a justiça e para a memória do rapaz.

    Temo pelo jogo em São Paulo (acho que o SCCP não será excluído da competição).

    Abs.

    • rubens

      sobre o uso de sinalizadores nas torcidas da america do sul vejam este video http://www.youtube.com/watch?v=OJ13qDUXXTI

    • janca

      Sobre suas duas primeiras observações, Leonardo, estamos de pleno acordo. Em relação a quem disparou o sinalizador, imagino que vão levar para o lado de que assumiu mesmo o risco de matar alguém, mesmo não tendo, imagino, a intenção de. Mas vamos aguardar os próximos passos e a investigação terminar. Grande abraço, Janca

  • alfredão

    Amigo Janca, saudade! Leio e aprendo com o que você escreve, mas raramente me manifesto. Hoje, vou quebrar essa regra. Janca, vou começar pelo fim: o clubismo deveria mesmo ficar fora dessa discussão. É irrelevante, porque todas as organizadas de todos os clubes tem muito mais o perfil do crime organizado. Falo das organizadas, não do torcedor comum, que vai ao estádio pra se divertir. Redundante falar do que elas já aprontaram. Assassinatos, linchamentos, depredações etc., a folha corrida é extensa e o cardápio é variado. Mas vou me ater a Oruro. Janca, estamos carecas de saber que essas torcidas tem dezenas de macetes pra entrar com armas e apetrechos proibidos nos estádios. Dentro de instrumentos de percussão, por exemplo. Aqui, a polícia sabe, mas nem sempre acha. Imagine a polícia de uma cidade de outro país desacostumada com esse tipo de comportamento. Sobre o sinalizador: 9 foram apreendidos com os torcedores detidos. Todos são idênticos ao que matou o menino. E todos foram levados do Brasil, não são fabricados e vendidos na Bolívia. Não se trata de um rojão. O tubo, mesmo de plástico, atinge a velocidade de 300 quilômetros por hora. O garoto teve perda da massa encefálica e morreu na hora. É fato, está provado. Uma tragédia, mas também a chance de dar um basta. Os olhos do mundo estão voltados para o caso, que teve repercussão mundial. A Conmebol, conhecida por sua inutilidade, quis se fazer de séria e estabeleceu, justamente a partir deste ano, uma série de punições para os infratores. Cita o uso de sinalizadores. A eliminação do clube é a pena máxima. Exagero? Mas a morte de um garoto que teve o rosto destruído por um sinalizador o que é? Uma pequena infração? E aí vem o presidente do Corinthians e faz o quê? Diz que não concorda com a lei, e vida que segue. Janca,é o seguinte: o que deve ser feito, já foi feito. Não aqui. A Inglaterra freou a violência dos hooligans. Os estádios ingleses não tem alambrado, e ninguém ousa colocar um pé no campo. Como foi possível? Ora, depois da tragédia de Heysel, quando tudo parecia fora de controle, todos os clubes ingleses foram suspensos por cinco anos das competições internacionais. Todos, embora as 38 mortes tivessem sido causadas pela torcida do Liverpool. Janca, esses caras lembram aqueles criminosos que subiam nos pontilhões para jogar pedras nos carros que passavam pelas estradas. Alguns motoristas e passageiros chegaram a ser feridos mortalmente. A polícia agiu e não se tem mais notícia dessa barbaridade. Mas os tais ´´torcedores´´ organizados acreditam estar acima da lei. São bancados e apoiados por clubes, jogadores e parte considerável da imprensa. A impunidade é mais do que uma sensação. É uma coisa concreta! Janca, desculpe ter me estendido! Pra mim, o esporte sempre foi muito mais do que profissão. É algo que aprendi a amar desde pequeno, e dói quando sinto que ele é tão maltratado. Grande abraço!

    • ALESSANDRO

      DESCULPE AMIGO SE FOR SEGUIR ESSA REGRA QUE VC PROPOE SERIA MAIS FACIL EXTINGUIR A LIBERTADORES,POIS EM TODOS OS PAISES OCORREM TODOS OS TIPOS DE BARBARIDE NOS ESTADIOS,ATE NO JOGO DE ONTEM ACONTECEU,SO QUE PELO FATO DO GAROTO TER FALECIDO QUE POR SI SO E CHOCANTE AS OUTRAS COISAS ERRADAS PASSARAM BATIDO.FORAM LANÇADAS NO CAMPO PILHAS E VARIOS OUTROS OBJETOS ATE CAPACETE DE POLICIAL E ESSES OBJETOS EMBORA NAO CAUSEM O EFEITO DE UM SINALIZADOR PODEM TB MATAR!!!
      QUANTAS E QUANTAS VEZES NAO TIVEMOS NOTICIAS POR EXEMPLO DE JOGOS NO DEFENSORES DEL CHACO EM QUE A TORCIDA LOCAL APEDREJA O TIME VISITANTE DURANTE O JOGO E POR AI VAI SE LEVANTARMOS AS HISTORIAS DARIA PRA ESCREVER UM LIVRO!!!!!!
      ALIAS ACHO Q IDEIA QUE TIVE FOI OTIMA A FIFA PODERIA SUSPENDER A REALIZAÇAO DE LIBERTADORES POR UM 2 OU MAIS ANOS PARA QUE AS TORCIDAS SUL AMERICANAS APRENDAM A SE COMPORTAR!!!!!!!!

    • janca

      Oi Alfredão. Eu entendo seu desabafo, que também é o meu. Por isso que digo não ter uma posição definida sobre o assunto. O caso que você cita da Inglaterra é exemplar. Talvez devêssemos fazer algo semelhante aqui. O que aconteceu em Oruro foi um crime. Gravíssimo. E muitos dos “organizados” são bancados, você lembrou bem, não apenas por clubes, mas dirigentes e inclusive jogadores, como já se viu na Copa de 2002, por exemplo. Ou até políticos. Paulo Maluf bancou um na Copa de 1986 para estender uma faixa com seu nome. Ao mesmo tempo a segurança tem de ser feita pelo clube mandante e talvez tenha que haver um intercâmbio maior e uma troca de informações entre a polícia daqui e a de lá. Até hoje não temos uma lista de quem se veste de torcedor para matar, já que isso não aconteceu só em Oruro, acontece frequentemente no Brasil. Aconteceu recentemente em Goiânia, por conta de um Goiás x Vila Nova. E o torcedor comum, aquele que gosta do esporte de verdade, acaba pagando o pato. Grande abraço, Janca

      • alfredo

        Janca, veja só: por uma incrível coincidência, um pouquinho antes do que aconteceu em Oruro, as torcidas organizadas dos clubes de Goiás estão proibidas de entrar nos estádios goianos por cinco anos. A decisão foi do Tribunal de Justiça de Goiás, que acolheu uma ação cível pública. Pra mim, um tremendo avanço!

  • Vinícius Fogaça

    Um ato irresponsável cometido por uma pessoa, isoladamente e aparentemente de forma culposa ocasionou uma tragédia. A dor dos familiares e a comoção de todos nós é inegável e irreparável. No entanto punir uma instituição e todos os seus torcedores irá de alguma forma aliviar tal sentimento? Trazer o garoto de volta? Sejamos inteligentes e aprendamos a lição de que fogos de artificio são verdadeiras armas e devem ser proibidos, ou talvez fornecidos somente a pessoas que tenham habilitação para tal uso e possam ser responsabilizados em usos inadequados. Fechar os portões irá ser uma punição justa!? Por um ato irresponsável de um, todos devem ser punidos?! Onde está a justiça nisso?! Sejamos inteligentes, que haja punição, mas que tal punição seja em prol da sociedade. O Corinthians movimenta milhões em dinheiro nesses jogos, que o dinheiro seja revertido em obras sociais no Brasil e na Bolivia e levem o nome do jovem Kevin. Que os responsáveis sejam devidamente punidos, que a lição seja aprendida, que a memória do garoto continue em forma de homenagem em prol de ações sociais. Sejamos inteligentes.

  • fernando

    Me desculpe o termo mas é muita imbecilidade o que se fala das organizadas do CORINTHIANS sobre eles serem financiados pelo clube. É exatamente o contrario , na verdade as Organizadas do CORINTHIANS que financiam o clube gerando a maior renda que um clube possue na américa latina. Ou os quase 4 milhões arrecadados de bilheteria pelo Corinthians no começo do paulistinha foi financiado pelo proprio CORINTHIANS?? não sonhem acordem para realidade, vejam como era as condições financeiras dos clubes paulista entre 96 e 2003 periodo em que as organizadas estavam completamente proibidas de entrarem nos estadios com seus artefatos, acordem para realidade. A classe média no Brasil só vai em jogo importante e final, quem segura a bilheteria dos clubes são as organizadas, senão elas ja teriam sido banidas a tempos. A média do Corinthians no ultimo brasileiro em casa foi de aproximadamente 25 mil pagantes, e posso garantir que mais de 50% desses torcedores eram de organizadas ou tem uma relação com elas.

    • neto

      Quem assegura a receita é a televisão. Sem ela, os clubes grandes não sobreviveriam. Que trololó mais besta!

      • fernando

        e a TV mostra a torcida organizada ( e seus cantos e coreografias) ou vc sentado na cadeira numerada , cativa ou camarote, vaiando quando o time esta empatando???

        e 50 milhões de receita pra vc é nada????

        e mais a globo precisa mais do CORINTHIANS que nós dela.

  • ALESSANDRO

    E A SUL AMERICANA PUNIU O CORINTHIANS COM TODOS OS JOGOS COM PORTOES FECHADOS,EM UMA MEDIDA NO MINIMO HIPOCRITA!!!!!!!
    CADE A PUNIÇAO PARA O ESTADIO BOLIVIANO????PELO QUE SABEMOS O REGULAMENTO PROIBE O USO E A ENTRADA DE FOGOS DE ARTIFICIO NO ESTADIO!!!!!!!!QUER DIZER A LEI E VALIDA PARA UNS E NAO VALE PARA OUTROS???????
    SERA QUE PELA NECESSIDADE DE SE PERPETUAR NO PODER OS DIRIGENTES CANALHAS DA SUL AMERICANA VAO FAZER MEDIA COM A FEDERAÇAO DA BOLIVIA????????E OS DIVERSOS OBJETOS ATIRADOS PELA TORCIDA BOLIVIANA NO GRAMADO DENTRE ELES PILHAS E ATE CAPACETE DE POLICIAL QUE PODERIAM TB TER FERIDO E ATE MATADO ALGUM JOGADOR???
    EU PROPONHO O SEGUINTE,NOS CORINTHIANOS SOMOS A MAIOR TORCIDA DOS TIMES EM DISPUTA NA LIBERTADORES,PORTANTO O MAIOR MERCADO CONSUMIDOR ENTAO PROPONHO QUE BOICOTEMOS OS PATROCINADORES DESSA COPA COM ORGANIZAÇAO DE FUNDO DE QUINTAL!!!!!!

  • Luciano

    Essa Libertadores é um campeonatozinho chinfrim (na organização), que nós nesse espírito de vira-latas endeusamos tanto para encontrar no final do ano os eternos redentores organizados da Europa. Não esqueçamos de 1985, Champions League, final. Vamos ver qtos clubes serão punidos durante a competição por arremessarem objetos no campo. É um absurdo aquelas cenas com policiais escudados para proteger saída de jogadores do campo, para bater escanteio. A ConmebolA teve um reflexo de ação nesse caso pq houve uma morte, que ela é co-autora pelos anos e anos de omissão.
    Agora a atitude de quem usa um artefato como arma é motivo de punição ao clube desse agressor. Podem falar que o Corinthians é bode expiatório, mas se não se pune o clube do torcedor agressor, a sensação de injustiça fica pairando no ar, principalmente para os bolivianos. Invertam a situação e pensem se os bolivianos tivessem vindo aqui no Morumbi ou Pacaembu e matado um torcedor corintiano, palmeirense, etc… como seria a reação???? Para mim, a pena ainda foi pequena diante da pena de morte que sofreu um torcedor de 14 anos que saiu de casa para minutos de diversão. Uma vergonha a declaração do Gobbi ontem à tarde. Lamentável e achei de uma frieza pragmática.

  • Luiz

    Quando as coisas vão bem os corintianos se auto intitulam “nação corintiana”, agora que estão passando maus bocados querem ser brasileiros.

  • Denis Silva

    Sou corinthiano não sou assassino! ja fui assistir a um corinthians e palmeiras com a gaviões da fiel, (a pior coisa que eu fiz na vida) antes do ônibus se dirigir ao estádio vários “corinthianos” se drogavam e ficavam repetindo se agente encontrar um porco, peixe ou bambi todo mundo desce e da porrada no cara e quem não descer apanha da gente por sorte não encontramos ninguém. depois desse jogo nunca mais fui ao estádio ver jogos do meu time de coração por medo de Alguns marginais camuflados de torcedores das organizadas de todos os clubes do brasil.
    Peço que não Generalizem a torcida do corinthians como assassina pois no ano passado alguns torcedores palmerenses agrediram uma policial ou ja se esqueceram???
    Sou a favor da punição que a Conmebol impôs do time jogar sem torcida na liberta quem sabe assim esse assassino se entrega para a policia boliviana por amor ao clube?

  • Roberto Souza

    Vou mais além que seja decretado o fim da Libertadores de 2013, porque se punir apenas o clube quando a entidade organizadora não consegue organizar um campeonato onde os estádios não dão sequer condições de jogo ou segurança. Vamos deixar a paixão clubística execrar o Corinthians, onde estava a policia que permitio a entrada do tal artefato, a Comebol que nunca assume os seus erros organizando mal o seu campeonato, vide a final da Sulamericana ano passado que teve apenas um tempo, pois o pau quebrou no intervalo e nada foi feito. Que não acha mais jogos da Libertadores em 2013 e que para o próximo ano se tenha mais cuidado com os torcedores.

  • Rodrigo Lima

    “CHUPA GAMBÁ CUZÃO”
    “LIBERTADORES SOMENTE NO TELÃO”

    “CHUPA GAMBÁ CUZÃO”
    “LIBERTADORES SOMENTE NO TELÃO”

    “CHUPA GAMBÁ CUZÃO”
    “LIBERTADORES SOMENTE NO TELÃO”

    “CHUPA GAMBÁ CUZÃO”
    “LIBERTADORES SOMENTE NO TELÃO”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • MAURÍCIO

      Desculpe Rodrigo….Vc está terminado o seu comentário com (KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK)

      Pelo amor de Deus amigo, não ha motivos pra rir não….também não sou Corinthiano,
      mas rir da desgraça do menino, vc exagerou.
      Não estamos falando de uma goleada de 10 á 0 ou 5 á 0, nem de um frango do goleiro nem de um penalty perdido….o discurso aqui é sobre uma vida tirada por alguem que não deu valor a vida do ser-humano assim como vc. pense nisso vlw?!?!

  • striknight

    Boa janca tem que have punição ao clube sim , independente de qual clube sempre deve haver punição há alguns anos atras houve problema com os holligans ingleses em que os time ficou 5 anos sem poder disputar competições internacionais.

    As torcidas organizadas são sim financiadas pelos clubes que tem de pagar por isso.

    Direção corintiana não quer o clube punido pela morte de Kevin Beltran. Como se não tivesse ligação com suas organizadas. Elas só estavam na Bolívia graças ao auxílio indireto da diretoria. O Corinthians merece punição exemplar na Libertadores…

    Corinthians e Flamengo em 2009.
    Jogo em Campinas pelo Brasileiro.
    Andrés Sanchez convoca os torcedores para a partida.
    Motivo: todo dinheiro do jogo seria, e foi, das organizadas.
    Para o carnaval de sua torcida.
    A ligação entre o clube e os torcedores organizados é profunda.
    Ingressos, viagens e hospedagem são facilitadas pela direção do clube.
    Não abertamente, mas com verbas para Carnaval.
    Descontos em ingressos.
    Entradas que são revendidas para torcedores comuns.
    “Nós ajudamos mesmo os torcedores.
    Viemos das arquibancadas e o Corinthians só existe para a nossa torcida.
    Sempre foi assim e sempre será.”
    A promessa é de Andrés Sanches, ex-presidente e fundador da Pavilhão Nove.
    A relação da atual diretoria com os torcedores organizados é umbilical.
    Ambos se apoiaram na campanha Fora Dualib.
    Andrés Sanchez e Gobbi têm uma profunda relação com as organizadas.
    Sem esse apoio corintiano seria impossível aos torcedores seguirem o time.
    Não é possível a um trabalhador comum estar em plena quarta-feira na Bolívia gritando “Timão”.
    E pagando do próprio bolso gastos básicos como viagem, hospedagem, alimentação.
    É preciso subsídio.
    Não direto, mas indireto.
    Com o clube bancando festas, Carnaval.
    E até dinheiro de jogos, como aconteceu contra o Flamengo.
    Com uma relação tão profunda fica caracterizada a necessidade de punição ao clube.
    Não basta apurar quem foi que disparou o foguete, o sinalizador que matou Kevin Beltran, de 14 anos.
    Há de punir também o Corinthians.
    Por mais que a Polícia Boliviana deveria ter feito uma revista mais apurada…
    E que o mando da partida em Oruro fosse do San Jose…
    A Inglaterra ensinou.
    A tragédia de Heysel em 1985 mostrou o caminho.
    Os 38 mortos no conflito entre as torcidas do Liverpool e Juventus.
    Aquela final de Liga dos Campeões pode ensinar à covarde Conmebol.
    O jogo foi em Bruxelas, na Bélgica.
    Mesmo assim, o governo de Margaret Tchatcher decidiu.
    Por cinco anos, a selvageria dos hooligans ficaria em casa.
    Os clubes ingleses não participaram de qualquer competição fora do país.
    A Uefa confirmou a rigorosa punição.
    O precedente foi aberto.
    Os clubes precisam sim ser responsabilizados pelos atos de seus torcedores.
    Para não ser punida pela morte do menino Kevin, a diretoria nega vínculo com suas organizadas.
    O diretor jurídico corintiano, Luiz Alberto Bussab, vai pelo caminho mais fácil.
    Diz que o Corinthians não subsidiou a viagem dos torcedores.
    Ele sabe que diretamente, não.
    O clube ajuda financeiramente as organizadas.
    Se os principais membros delas usam o dinheiro para comprar passagem não é com ele.
    O Corinthians não comprou as passagens, isso para Bussab basta.
    Assim como para o presidente Gobbi que não vê como o clube deve ser punido.
    “Não acho justo o clube pagar pelo que o torcedor faz individualmente.
    Acidente acontece.”
    Gobbi deveria olhar o corpo do garoto de 14 anos.
    Com o rosto completamente desfigurado.
    E pensar em um foguete a 360 quilômetros por hora atingindo os olhos de um menino.
    Talvez não desse o depoimento com tanta tranquilidade.
    O gerente Edu acompanhou a violenta morta.
    E não para de chorar até agora.
    A postura de Gobbi se desfaz diante de um simplório argumento.
    Será que os membros da organizada estariam em Oruro sem a ajuda indireta corintiana?
    Por via das dúvidas, o Corinthians decretou luto de sete dias.
    O clube atuará com uma fitinha preta no uniforme para lembrar a morte de Kevin.
    O garoto morreu pelo foguete/sinalizador disparado de onde estava a organizada corintiana.
    O artefato lhe perfurou os olhos e o fez perder massa encefálica.
    O foguete disparado após o gol de Guerrero viaja a uma velocidade média de 360 quilômetros por hora.
    Kevin estava a cerca de 40 metros de ele saiu.
    O impacto foi chocante.
    Atirou o menino inerte, sem vida no solo.
    Chegou morto ao hospital.
    Na Conmebol já surgem indícios de punição ao Corinthians.
    Não a radical, a eliminação do torneio.
    Isso só acontece em caso de comprovação de suborno na Libertadores.
    Ou abandono de campo.
    Mas está aberta a possibilidade de o time atuar com o estádio fechado.
    Seria assim punidos o clube e os torcedores.
    Além de uma multa, punição predileta da Conmebol.
    Até para os voláteis dirigentes da entidade a ligação é clara.
    Nove membros das organizadas corintianas estão detidos em Oruro.
    A polícia boliviana acredita que entre eles está quem disparou o foguete.
    Todos negam.
    E mostrando um poder de organização espantoso, já conseguiram até advogado.
    Prometem a jornalistas que logo estarão de volta ao Brasil.
    O Corinthians tem uma importante relação com suas organizadas.
    E precisa pagar esportivamente pela morte de Kevin Beltran.
    Bem mais do que o luto e a fitinha preta no uniforme.
    Nada mais justo.
    Como a Fifa exaltou a ligação entre as organizadas corintianas no Japão.
    A proximidade valeu pela festa da conquista da Libertadores, do Mundial.
    Se é ‘na saúde e na doença’ e na ‘alegria e na tristeza’, a hora chegou.
    Depois de um período de tanta alegria, a tristeza veio com tudo.
    Para o Corinthians e suas organizadas.
    Que ambos paguem pela morte de Kevin, menino de 14 anos.
    Cujo maior pecado foi querer assistir ao jogo do seu time.
    E teve um foguete perfurando seus olhos.
    Explodindo seu cérebro.
    A morte veio das organizadas corintianas.
    Logo após o gol de Guerrero.
    Não há dúvida disso.
    Que as torcidas e os clubes paguem pela vida do menino de 14 anos.
    E caro…
    Para o bem da justiça na América do Sul.
    Se é que ainda resta justiça por aqui…
    (Há uma explicação para a foto de Kevin morto.
    É para o presidente Gobbi prestar atenção no que fala.
    A morte do menino boliviano é muito mais do que um acidente.
    É um crime.
    Com intenção ou não é um crime.
    Ele como delegado deveria saber.
    Uma pena…)
    (Os 12 detentos foram indiciados na Bolívia.
    E serão julgados por homicídio.
    Estão em um centro de detenção provisória.
    Se forem considerados culpados, a punição será pesada.
    Podem pegar de cinco a vinte anos…)

    • Nilton

      É isto aí amigo. Mas me pareceu que vc está falando com esta eloquência porque se trata do clube que vc mais odeia. Se for por isto, acho que vc está indo por um caminho errado, pois os dirigentes de seu clube, seja lá qual for, tem o mesmo relacionamento com as “organizadas”. O problema não é o Corinthians. A vida está muito barata aqui na América do Sul. Custa um par de tênis, um ingresso de futebol. Mas se vc disse tudo isto movido por compaixão à família do menino Kevin, aí tem meu total apoio. Não se deixe levar pelo ódio.

      • striknight

        Muito pelo contrario meu caro !

        Se fosse do meu time teria a mesma opinião.

        Ja fui da organizada do meu time ,e após ver varias coisas erradas me desliguei .

        Nas reuniões em que participava a alta culpula da organizada incitava a violencia sim.

  • Bom dia Janca. Sou corinthiano e acho q o Corinthians deve ser punido pelos desmandos e atitudes de seus torcedores, mas tb devem ser punidos todos os clubes pelos desmandos e atitudes de seus torcedores. Afinal diretoria, jogadores, imprensa,etc…, todos acham bonito o q as torcidas fazem nas arquibancadas. A televisão tira o foco das partidas e fica por um bom tempo mostrando o q estão fazendo seus torcedores e geralmente não mostram o torcedor comum e sim os famigerados das torcidas organizadas. pelo acontecido na Bolivia tem culpa os clubes brasileiros, argentinos, chilenos, paraguaios, atc… bem como todos sa confederações q lamentavelmente não c importam com qq segurança só c preocupando com valores, veja os preços dos ingressos e a torcida tb q aceita qq coisa não exigindo nada. Dizer q em outros lugares não existe alguma coisa , é fechar os olhos, mas aqui deste lado do mundo ja virou rotina. Espero q não, mas até o fim da Liberta veremos mais causos de violência nos estádios
    e qdo colocarem um post sobre o assunto os mesmos banais q gostam de apontar o dedo estarão aqui praticando a mesma imbecialidade clubistica, como c estivessem com toda a razão de achar q este ou aquele é mais ou menos culpado q o outro. FUTEBOL, o esporte mais apaixonante do planeta sobreviverá até qdo…

  • radamantys

    Bom o Curintias ta sendo punido pelas regras que ele mesmo aceitou (regra q torna o time responsável) e por isso sim tem q ser punido, se não pra q as regras se não vai cumprir.

    Já passou da Hora da Segurança nos estádios (Privados) serem de responsabilidade do clube e não da responsabilidade da policia local. È o clube que fica com o dinheiro do torcedor(com venda de camisa, ingresso, patrocino e etc..) então é justo q o mesmo seja responsável no minimo pela segurança do seu torcedor. Por isso fica esse pilantragem a culpa é da policia (o policial deveria ta na rua e não trabalhando dentro de estádios, algum clube já deu alguma porcentagem do seu faturamento a policia. Imagina vc compra o notebook (da sony) e quem ta a garanta é o governo rs…

    • janca

      A questão da segurança nos estádios é outro ponto a discutir. Defendo a segurança privada, não vejo sentido em ver a sociedade arcando com os custos do policiamento de um espetáculo cujos protagonistas podem ganhar muito dinheiro, inclusive com direitos de TV. Fora dos estádios, porém, é outra história. Nos arredores a responsabilidade tem de ser da polícia.

  • MAURÍCIO

    Tenho visto alguns comentários se justificando que não só uma torcida portava sinalizadores.
    Pois bem. Se imagina então se a torcida advesária começasse a atirar de volta com esses sinalizadores depois de ver um atirado contra a sua torcida?!?!?…não foi o caso!!!!
    Pode ser que essa torcida saiba que o uso desse artefato seja para a festa no estádio e não direciona-lo em direção onde há agromeração de pessoas.
    esse tipo de artefato quando usado de maneira certa acho que não traria problemas,mas usa-lo como arma já é bem diferente…foi intencional a ação desse torcedor….sinalizadores é pra soltar para o alto.

    Não concordo que o Corinthians esteja sendo penalizado…Pois não perdeu mando de jogo,nem foi eliminado sumariamente da competição e nem foi multado em valor nenhum……..(que eu tbm acharia um absurdo se acontecesse uma dessas ações).

    A torcida será penalizada (talvez injustamente), pelo ato errôneo de um individuo, mas o caso é que um torcedor é torcida…partiu da torcida e foram encontrados mais artefatos, agravando mais ainda a situação.

    Eu tenho certeza que os torcedores que estavam na Bolivia sabem quem foi esse individuo que atirou contra o menino…poderiam os dirigentes das organizadas entregarem esse rapaz para as autoridades…para ao menos mostrarem que solidarizam com a familia do menor, e tbm para ao menos minimizar com a grande torcida do Corinthians o fato de que quem não foi no estádio e ficou no Brasil, uma massa que não vai poder insentivar seu time numa competição cobiçada por todos os clubes. Porque isso com certeza vai afetar o time dentro de campo…um time que onde quer que vá, ve multidões de torcedores nas arquibancadas.

  • Jalin Habey

    Desculpe, Janca, mas os sinalizadores usados na Bombonera e no pacaembú, que vc mencionou não oferece risco nenhum pois são menores que as varetas de insenso… mas este que foi usado na Bolívia este sim trata-se de sinalizador naval, o qual NUNCA deveria entrar num estadio…. A pergunta é com qual objetivo um IMBECIL DELINQUENTE vai a um evento com tal artefato …. E hoje (22/02) já é possivel identificar o cara veja a imagem (ESPN/Brasil. com) para não condenarmos 12 possíveis inocentes…..

    • janca

      Quem disse que foi a primeira vez que a torcida resolveu usar esse sinalizador no estádio? E há a possibilidade de cúmplices, isso tem que ser investigado. Quem o ajudou a esconder o artefato? Fez tudo sozinho? Não foi o único sinalizador naval encontrado. E os outros? Eram para serem jogados para cima ou em direção à torcida contrária? Ninguém quer punir inocentes, por isso a polícia tem que investigar a fundo. Um adolescente morreu.

    • Luciano

      É sobre isso uma das coisas que disse em um comentário anterior. Um sinalizador naval é uma arma dentro do estádio. Sinalizador desses que se vê nos estádios pra iluminar tem o risco de provocar alguma queimadura. Se deixar, esses imbecis entram com bomba dentro do estádio. E não vamos ser ingênuos, a revista olha tbm a cara do torcedor. Ja fui com a minha namorada em estádios e a revista varia conforme a cara do torcedor – no caso ela não estava com camisa de clube. A bolsa mal foi revistada. Por outro lado, já tive que deixar revista no lixo do estádio por não deixarem entrar sob alegação de que pode-se colocar fogo. Estava vindo direto do trabalho. Agora sinalizador do tipo “iluminador” pode, entram numa boa. Vai entender os critérios.

      • janca

        Ou seja, havia sim sinalizador naval. Vá entender o porquê de um torcedor entrar no estádio com tal artefato. E outros sinalizadores também podem provocar desastres. Podem queimar, nem que seja por um acidente, bandeiras ou o bandeirão da torcida, estourar, atirando estilhaços para o lado… Tudo tem que ser discutido e revisto, porque não é de hoje que entram sinalizadores, da espécie que forem, em estádios.

  • Ricardo Soares

    Bom como corinthiano inteligente que sou, não compactuo com qualquer tipo de atitude que possa prejudicar torcedores ou jogadores adversários. A punição imposta preventivamente ao Corinthians é justa, justíssima e a diretoria nem deveria entrar com recurso. Devem aceitar e jogar sem seus torcedores, infelizmente os torcedores de bem também pagarão pela inconsequência de um imbecil. Puní-lo com a exclusão, seria responsabilizar somente o Corinthians pela morte do rapaz, que Deus tenha recebido de braços abertos. Para que houvesse a exclusão, o time da casa deveria tbm ser excluído, e a polícia, responsável pela segurança, ser investigada, pois com certeza houve falha. Querer somente um time ser penalizado, é dirigir toda responsabilidade pelo evento a uma só pessoa, ou instituição no caso. Não sei se o imbecil fez consciente ou por estupidez ao manusear o artefato de forma errada, material que nem deveria ser utilizado. Se tem que começar a punir e infelizmente o 1º punido deva ser o Corinthians, que assim seja, mas sempre deixando o clubismo de lado, pois o que tem nesse momento são expressões como: esse time de bandido, marginais, analfabetos e ladrões devem ser excluídos sim ou onde tem corinthiano tem vagabundos e salafrários. Deixemos esses tipos de comentários de lado e comecemos a analisar amplamente o caso, pois não adiantará penalizar esse ou aquele e na próxima rodada em um jogo do Boca, por exemplo, jogo realizado em La Bombonera, policiais indo fazer proteção ao cobrador de um escanteio. Um abraço

  • joyce

    Se fosse seu filho , vc pensaria diferente , e outra , pra que levar este tipo de artefato , uma vez que o mesmo poderia acarretar perigo , e pior , éra proibido estar com algo assim la , e nao so um estava com tal artefato , mais muitos da torcida , entao todos são culpados , direta e indiretamente , e ainda querem se livrar fazendo um menor abraçar a bronca sozinho , vcs da torcida corinthians tinha que parar e pensar : poxa oque fizemos , pq deixamos acontecer…
    E isto nao é a primeira vez , quando nao dentro do estadio é fora , neste caso e em muitos outros , vcs são criminosos , que deviam ser condenados e ter que pagar por este e varios atos que fazem do esporte ser as vzs horrivel e anti familiar…

  • Daniel

    João Carlos: um dos poucos comentários equilibrados sobre o assunto. Parabéns!

  • Camila

    Disse tudo que eu gostaria de dizer! Parabéns!

  • apf, corinthians = merda

    Crianças, cuidado!
    Protejam suas cabeças!
    Assassinos usam sinalizadores! 🙂

    Só pode ser corintiano… Normal, normal… ‘–‘
    (C=M!)

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo