Governo vê legado reduzido



No governo brasileiro já é dado como certo que o legado da Copa para o Brasil será muito menor do que o esperado. Teremos 12 ótimos estádios e… A expectativa é que uma série de obras de mobilidade urbana fiquem de fora da lista de prioridades para a Copa de 2014, já que não há mais tempo para boa parte delas sair do papel e ficar pronta até o início do evento.

Entre as cidades com obras para o Mundial canceladas ou adiadas estão Brasília, Fortaleza, Natal e São Paulo. Diante disso, o Conselho Monetário Nacional, preocupado que está com o baixo crescimento da economia brasileira, decidiu semana passada que projetos que não ficarão prontos até a Copa poderão contar com as mesmas condições de financiamento dos que estão sendo tocados para o evento.

Os benefícios que o Brasil poderia ter com o Mundial, portanto, serão menores do que o “vendido” para a população quando ganhamos o direito de abrigar a Copa, em 2007. Algo parecido com o que se deu com o Pan de 2007, quando o orçamento subiu demais (no caso decuplicou) e o legado acabou sendo pequeno, muito menor do que o prometido.

Nesse sentido achei interessante ler os pontos de vista de Ronaldo e Romário, respondendo pergunta da “Folha de S.Paulo” na edição de hoje, sobre o Brasil estar ou não aproveitando o potencial da Copa. O primeiro, que faz parte do Comitê Organizador Local da Copa, alegando, entre outros motivos, que a Copa “vai mexer com a autoestima dos brasileiros” e “trazer uma mudança de mentalidade”. Discordo dele. A “autoestima” pode ser reduzida dada a incapacidade de o país se organizar para o evento em campos como o hoteleiro, o de mobilidade urbana, o dos aeroportos e o da infraestrutura em geral. E a mudança de mentalidade não consigo ver com uma CBF comandada por José Maria Marin, o COL, idem, e agora o Senado nas mãos de Renan Calheiros. Concordo com o que escreveu Romário, segundo o qual “um país só é bom para os turistas se antes for bom para o seu próprio povo”.  E pelo jeito não será.



  • Eu acho que antes do Brasil,antes de sediar esta copa deveria ver primeiro a infraestrutura que nós não temos como falta de tudo deveria sim primeiramente investir em saúde,transporte,educação que o povo mais carente precisa fico pensando como um país? tem dinheiro para fazer estádio e ajudar time de futebol a construir estádio também e não tem para saúde,transporte etc… nossos governantes estão de brincadeira por isto que falo não acredito mais nesses políticos mentirosos,corruptos e enganadores que usam a maquina administrativa para desviarem dinheiro para os seus próprios bens esta copa e um exemplo o que vai haver de super faturamento agradem que vcs vão ver o rombo.

    • janca

      Mas o país poderia aproveitar a Copa também para melhorar alguns setores importantíssimos e carentes, entre os quais o de transporte, como você citou. E não está fazendo isso. Pelo menos não como deveria. A Copa é, sim, uma grande oportunidade, mas do que poderíamos aproveitar para o país do evento muita coisa está indo para o lixo.

      • Felipe Lima

        Chega-se a conclusão então que não sabemos trabalhar com as oportunidades que surgem…
        (generalizo porque os políticos foram postos lá por nós, o povo…).

        • janca

          Infelizmente, Felipe. Abs.

  • Mario

    o real legado da copa sera uma conta bilionaria p/ser paga com nosso dinheiro, afinal a festa é deles e a conta é nossa.

    Romario e Ronaldo são farinha do mesmo saco ,eles tem discurso diferentes mas objetivo é o mesmo, se dar bem e não fazer nada de bom.

    Desculpe Janca mas são 9 estadios e 3 elefantes brancos(Manaus,Cuiabá,Brasília) .

    • Henrique

      Mario, vc se engana quanto aos estádios e elefantes brancos. O Castelão foi reinaugurado semana passada e Ceará e Fortaleza já avisaram que não utilizarão o estádio por conta dos altíssimos custos. Em resumo: o estádio é ótimo, mas não dá pra pagar a conta!

      Não se engane, há mais elefantes brancos do que vc imagina!

      • janca

        E o próprio presidente da CBF demonstrou preocupação com o Castelão depois da reinauguração. Como mantê-lo após a Copa?

      • Mario

        com ctz Henrique existem muitos outros, não sitei Castelão , Mineirão e Maracana por q acho q vai ter um acerto de valores entre os adm. dos estadios e os clubes, diferente Manaus , Cuiabá ,Brasília nem tem times tem p/usar os estadios .

      • Felipe Lima

        Poderíamos abrir, após a copa, um safári para mostrar os elefantes brancos que estão conseguindo se reproduzir por aqui!

  • Dermivaldo Piraputanga (Hail Corinthians)

    Perfeito seu texto Janca.
    A Copa será boa apenas para o futebol brasileiro em virtude dos novos estádios, com exceção de 3 ou 4 elefantes brancos. Mas o custo está sendo muito alto para não deixar praticamente nenhum legado para a população no seu cotidiano, que seria o mais importante.

    As cidades deveriam ter melhorado o sistema de transporte público, ter começado a implantar trens rápidos no país, deveriam ter melhorado as calçadas, o acesso aos deficientes, construído novos aeroportos, limpeza urbana, implantado ciclovias e pensado no bem-estar social.

    Acho lamentável as obras de mobilidade urbana estarem exclusivamente ligadas à Copa, quando deveriam acontecer independentes do evento. Nossos aeroportos estão entre os piores da América do Sul.

    Em Manaus, por exemplo, as pessoas não tem calçadas decentes para caminhar (são as piores do Brasil), não tem lixeiras nas ruas, é uma bagunça total e nada funciona. A Amazônia (e Manaus) não dependem da Copa para atrair turistas estrangeiros, portanto, não havia necessidade nenhuma de gastar esse dinheiro no estádio. As prioridades deveriam ser outras. Mas lá o povo é omisso e por isso não conseguem eleger sequer um prefeito que preste.

    Esses dias li uma matéria que cada cadeira do estádio de Brasília está custando quase 20 mil reais, como pode ficar por isso mesmo?

    E já começou a exploração, com os hotéis aumentando os preços das diárias. Provavelmente as companhias aéreas irão aumentar o preço das passagens e outros setores farão o mesmo. No Rio, com esse negócio de Copa e Olimpíadas, os aluguéis, por exemplo, subiram demais.
    Ou seja, o povo ganha por um lado, mas perde por outro.

    O Ronaldo é uma piada, auto-estima se cria com o fim da impunidade, com o cidadão tendo seus direitos respeitados, com uma reforma fiscal e tributária, com o cidadão tendo retorno dos impostos que são pagos, com educação decente, sistema de saúde que funcione, com transporte decente, com justiça social. Em nossos telejornais à noite, 90% das notícias são ruins.

    Uma outra coisa, todo mundo reclamando do estádio do Timão porque tem dinheiro do BNDES, isenção e tal, mas esquecem que todos os estádios são construídos da mesma forma. O Inter está construindo assim, inclusive o BNDES já liberou a grana para o colorado. O estádio do Palmeiras terá os mesmos incentivos que o estádio do Corinthians, sendo que nem está na Copa. O Grêmio construiu o estádio com dinheiro do BNDES.

    O Flamenguista Sarney já era difícil de engolir, mas ter que aturar novamente o Renan Calheiros é demais. Estou cada dia mais enojado com esse país.

    • janca

      Os problemas são inúmeros mesmos. O valor gasto no estádio de Brasília está sendo questionado, os hotéis estão fazendo o máximo para colocar o preço lá em cima já na Copa das Confederações, provocando reação do próprio governo, não são só as calçadas de Manaus que as calçadas são lastimáveis… As de São Paulo, mesmo as de bairros nobres, são um lixo. Imagine na periferia, tantas vezes ignorada pelas autoridades… E em relação ao Senado a saída do Sarney, cuja história conhecemos e cuja família ajudou a afundar o Maranhão, para a entrada do Renan parece brincadeira de mau gosto. A troca do seis pelo meia dúzia. Mas foram políticos eleitos pelo povo… E o Sarney, aliás, pelo Amapá, para onde transferiu o título para ganhar a eleição há algum tempo.

  • ALESSANDRO

    BOM DIA JANCA,QUANTO AOS ESTADIOS ACREDITO QUE APENAS 6 DELES SERAO USADOS REGULARMENTE:O DE ITAQUERA QUE E DO CORINTHIANS,O MARACANÃ,O MINEIRAO,A ARENA DA BAIXADA,O BEIRA RIO E A ARENA DA BAHIA.OS DEMAIS SERÃO ELEFANTES BRANCOS E COLOCO AI O DE PERNAMBUCO PELO FATO DOS 3 TIMES GRANDES DE LA TEREM SEUS ESTADIOS E NAO TEREM RECURSOS PARA ADMINISTRAR O ESTADIO DA COPA.
    QUANTO AOS DE CUIABA,MANAUS E BRASILIA PODERIA A CBF COM SEUS MAIS DE 200 MILHOES ARRECADADOS ANUALMENTE INVESTIR EMCLUBES LOCAIS PARA QUE PELO MENOS UM OU DOIS DE TIMES DE CADA UM DESSES ESTADOS CRESCECEM E ULTILIZASSEM ESSES ESTADIOS.
    QUANTO A LEGADO ACREDITO QUE APENAS PARA UM SETOR:O DE TURISMO,POIS APESAR DE TODOS OS MUITOS PROBLEMAS QUE TEMOS O BRASIL E UM PAIS DE MUITAS BELEZAS NATURAIS E ISSO ATRAI O TURISMO,NOS DEMAIS NADA SERA ACRESCENTADO!!!!

    • janca

      No caso dos estádios tem que ser uma preocupação permanente como mantê-los depois. E torná-los lucrativos. No caso de alguns, como você citou, não será fácil. Em relação ao turismo não vejo uma política voltada para aproveitar, de fato, o que receber eventos como uma Copa do Mundo e uma Olimpíada representam e temo que o exemplo da Grécia (que abrigou os Jogos de 2004) seja repetido por aqui. O turismo não só não avançou, em geral, como retrocedeu. Se mostrarmos desorganização isso pegará muito mal e pode afastar turistas. Os preços, aliás, aqui cobrados já têm feito muitos brasileiros procurar destinos externos e não internos. E temos que pensar em atrair turistas, pois o Brasil é um país belíssimo, não só de fora, também de dentro, Alessandro.

  • Victor Dunstan

    Janca,o triste é ver que não ganharemos nada de concreto,só estádios,em que a minoria da população irá conhecer,preço vão ser jogados lá em cima…o Romário bateu no ponto certo,quando expos sua opinião a respeito..mais triste é ler,ouvir o ex-fenomeno
    De tudo o Romário foi enfático ”Em 2010, o então presidente Lula anunciou a construção de 141 novas escolas federais de educação profissional ao custo total de R$ 1,1 bilhão. Os R$ 3,5 bilhões acrescidos ao valor total da Copa dariam, portanto, para construir quase 500 novas escolas técnicas no Brasil” fora escolas,hospitais…Triste mais eu gostaria de ver empresas genuninamente brasileira,produzindo carros,nem isso temos,somos oq mais exploramos a nós mesmos,tudo muiito caro e sem vantagem,quando é pra ter algo pouco melhor,é uma facada…a faca nem d brinde vem…rss!! Triste com esse dinheiro todo poderíamos melhor bastante nosso BRASIL…E ainda querem fazer que o governo,banque as dívidas de clubes que devem alguma coisa..é brincadeira!!! E pensar que teremos eleições no mesmo ano de Copa!!!
    Boa Semana!!!

    • janca

      Lendo os argumentos dois dois, Ronaldo e Romário, tendo a concordar com o segundo. O primeiro fez um texto ufanista e tem me decepcionado muito fora de campo, apesar de ser um empresário competente, pelo jeito. Mas defender como defendeu o Ricardo Teixeira e agora fazer o mesmo com José Maria Marin é dose. Fora que adota o mesmo discurso do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que acha que quem vê problemas na organização da Copa tem complexo de Terceiro Mundo, é pessimista, coisa e tal. Não dá. Boa semana pra você também, Janca

  • Clayton Praia Grande

    Penso eu que Copa do Mundo de Futebol e Olimpiadas são dois eventos que infelizmente deveriam ser feitos somente em países de primeiro mundo, onde tudo já está pronto, o esquema de desvio de dinheiro público é quase zero, senão zero. Haja vista na Copa da Alemanha ou nas Olimpíadas de Los Angeles, que não foi usado 1 centavo de dinheiro público, pois toda a infra-estrutura já estava pronta.
    Concordo que o esses eventos deixam legados, como aconteceu em Barcelona 92 por exemplo, mas isso aconteceu em país que já era de primeiro mundo, no caso a Espanha. Em contra partida o que aconteceu na Africa do Sul na Copa Passada? ou no Pan do Rio ( que já não era nenhuma Olimpíada, mas queriam ter a infraestrutura de tal)? Absolutamente nada, pois são países pobres querendo abrigar um evento desse porte. Acho que o Ronaldo está ganhando uma grana violenta para fazer esse merchandising da Copa, pois não é possível alguém ver tanta roubalheira e falar que tudo está e vai ser “flores”. Por isso eu dou os parabéns para o Romário que está demonstrando que durante as quatro linhas era um craque e agora como político está trilhando o mesmo caminho.
    Enfim a Copa está aí, e muitos lobos querem comer a carne e muitos urubus querem comer a carcaça, enquanto isso muita gente morrendo na fila de hospital e muita criança crescendo sem educação.

    • janca

      Aí pensamos de forma bem diferente, Clayton. Você cita a Espanha, não sei se está acompanhando as notícias sobre o país, que enfrenta uma crise econômica e financeira de graves proporções, fora acusações de corrupção que envolvem o premiê e seu partido. E o Canadá, quando organizou os Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976, teve um rombo só, assim como a Grécia, em 2004. Mesmo Sydney-2000 acabou com elefantes brancos. Já Londres vejo como exemplo positivo, assim como a Copa que você cita, a da Alemanha, em 2006, muitíssimo bem organizada e com um legado incrível para o país. Sempre defendi Copa e Olimpíada no Brasil, o que não defendo é a forma como estamos nos preparando (ou não estamos nos preparando) pra elas. Abs.

  • josimar

    O maior legado da Copa será nas contas do spolíticos nos paraísos fiscais, aqui em Mina não saiu a duplicação da 381, não reformaram o anel rodoviário que é um caos diário, não fozeram o rodoanel e nem investiram no metrô, mas juntando mineirão e independência: 1 bilhão foi embora, e depois da copa veremos o rombo, minas vai ficar quebrada muito tempo…….

  • Rodrigo

    No Brasil até as projeções são superfaturadas.

  • O erro começou pelo alto número de sedes, logo…12 novos estádios. se engana quem acha que só o estádio do corinthians teria dinheiro publico, se fosse o morumbi, com certeza teria tambem, assim como a arena da baixada e o beira rio, só que nestes casos ha um emprestimo e os times terão que pagar a conta. o governo da incentivos a muita coisa no brasil, como filmes horriveis, e ninguem percebe, em atletas nas olimpiadas que não fazem nada e dpois só reclamam de incentivos. fora o roubo e a corrupção, a população deveria ver tudo isso quando vota.

  • francotimao

    Janca, é impossível ser otimista em relação a copa e seus benefícios ao Brasil, sem duvidas é mais pratico e certo pensarmos q sobrarão só msm as contas pra nós pagarmos, ser ufanista patriótico é muito fácil, só depende do lado q vc esta, no nosso caso estamos do lado “pagador”, quem esta do lado “gastador” fica muito fácil defender essa copa do mundo por aq e sabidamente desde o inicio dessa apoteótica e retumbante “visão” politica as pessoas sérias do país sempre foram contra aportarmos esse evento em terras tupiniquim, mas é claro sempre foram taxados de antipatrióticos, estraga prazer, pessimistas, etc…no fundo é lamentável mostrarmos ao mundo nossa incompetência…Abs!!!!!!!!!!!!

    • janca

      Alguns benefícios e algum legado teremos, mas perto do que poderíamos conseguir com a Copa e a Olimpíada não deixam de ser migalhas. Abs.

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo