Marin e o PTB no esporte



O PTB quer usar José Maria Marin, presidente da CBF que é filiado ao partido, para aumentar seus quadros com dirigentes, jogadores e esportistas em geral. O partido comemorou ontem a adesão de Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos e agora novo integrante do PTB.

Com a Copa de 2014 no Brasil,  o partido de Marin, que tem conversado com integrantes do mundo esportivo sobre os “encantos” do PTB, espera crescer no país.

Não por acaso conseguiu fazer os secretários de Esportes do governo Alckmin (Celso Jatene) e da gestão Haddad (José Auricchio Jr.). Sempre que possível, Marin tenta levar os dois _e vai fazer cada vez mais a partir de agora_ a eventos relacionados à Copa, cuja organização passa também pelo PCdoB, partido do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e da vice de Haddad, Nádia Campeão.

Vale lembrar que antes de a CBF cair em seu colo, o PTB tentou emplacar Marin como secretário de Esportes e não conseguiu, fosse na prefeitura, fosse no governo do Estado. Depois que ele ganhou poder, no entanto, as coisas mudaram. Virou um dos queridinhos do partido de Campos Machado, presidente estadual do partido (e por estadual leia-se de SP), e de outras “agremiações políticas” também. A vida como ela é. Literalmente.



  • Mario

    PTB , PCdoB , PT ,PSDB “crescem” e o esporte ,cultura ,educação , saude publica vão morrendo , não vou ficar espantado se na mão do Marin/Del Nero e suas politicagens a CBF voltar a dar prejuízo igual aos anos 80 qnd os clubes tiveram criar a copa união/Br87 por q a CBF estava falida.

    oi Janca ,vc discordou de mim qnd eu falei q a unica chance do Sanches ser presidente da CBF seria se o PT o apoia-se ele .

    • janca

      Discordei. Acho que ele tem chances se conseguir se articular bem com os clubes, mas a questão é que vai precisar do apoio de pelo menos sete federações. Agora eu, particularmente, prefiro uma terceira via que não passe nem pelo Andrés nem por Marin/Del Nero.

      • Mario

        sem apoio do politico do PT acho impossivel o Sanches conseguir apoio de qualquer federação , o jeito é esperar a liga ser criada p/quebrar esse ciclo viciado da CBF

        • janca

          Mas ver a CBF atrelada a partidos políticos, sejam eles quais forem, PT ou PSDB, que se tornaram tão parecidos, não é o melhor caminho, Mario. Pelo menos não para o futebol brasileiro. Eu acho.

          • Mario

            esporte e politica estão unidos (alemanha/nazista/olimpiadas de 36, EUA x URSS na guerra fria agora EUA x China , Brasil/70 e Argentina/78) não tem como separar ,o q tem q mudar é a forma como eles se relacionam no Br.

        • Leandro

          Se o Sanches entrar vai quebrar que ciclo da CBF? O cara era apadrinhado do Ricardo Texeira
          Eu sou contra o Marin ele não tem coragem vimos isso no caso Guardiola, toda imprensa escondendo que ele queria treinar a seleção só o Lance revelou, parece que e submisso a outros.
          Mas o Sanches ???? pelo amor de deus se fosse por ele o Mano ainda era tecnico da seleção
          O Problema das pessoas é o clubismo num é porque ele foi um bom dirigente no seu time que ele merece ser presidente da CBF até ele mesmo sofre desse mal queria deixar um tecnico que esta a dois anos e num apresentou trabalho nenhum pela seleção so porque trabalhou bem no Corinthians

          • Mario

            e qual dirigente foi melhor q o Sanches e o finado Marcelo Portugal Goveia/SPFW p/assumir a presidencia da CBF? Tirone/palmeiras? Patricia Amorim/fla? Roberto Dinamite/vasco?
            Sanches não é o dirigente dos sonhos ,mas é o melhor cartola vivo em termos de realizações

          • Joao

            Isso mesmo clubismo da mesma forma como vc está pensando.

      • Oscar de Melo

        Janca,não temos uma terceira via,e se por acaso aparecer,seria até pior que as duas existentes,pois a mais provável seria com Fábio Koff ou Alexandre kalil.Koff é aquele mesmo que ficou anos no clube dos 13,e os clubes só conseguiram maior verba de transmissão depois que o Andrés pulverizou a entidade.Kalil da até uma certa impressão de bem intencionado,mas é doido de pedra,arruma encrenca com todo mundo,parece um pit-bull.A escolha é mais simples:um democrata ou duas crias da ditadura?Competência pra administrar o Andrés tem de sobra,o que atrapalha é sua ligação com o Corinthians,poderia ter ligação com qualquer outro,mas com o Corinthians,a charadeira vai ficar insuportável.

        • Leandro

          O que precisamos é de um dirigente que não seja torcedor de futebol um clubista o que é muito dificil
          Andrés foi otimo admnistrador no Corinthians mas como diretor de seleções foi pessimo

          • Diretpr de seleções? oque é um diretor de seleções? não era que escalava o time, se a seleção é ruim foi culpa de quem escalou não concorda?

        • janca

          Uma terceira via não precisa ser com Fábio Koff ou Alexandre Kalil ou outros dirigentes tradicionais. Pode ser de gente de fora do mundo esportivo com capacidade de gestão e raciocínio, algo que parece que falta a muitos que trabalham com futebol, Oscar.

          • Oscar de Melo

            Utopia.Querer que os presidentes de federações e clubes,elejam alguém de fora do mundo esportivo,pior ainda,do futebol,é como querer que o Obama ganhe as eleições no Irã.Poderia aparecer alguém com essa coragem de concorrer ao cargo,mas quem?Quem poderia convencer os acomodados dirigentes a profissionalizar o futebol brasileiro?Penso que tem de partir da imprensa,com a força da imprensa,nomes se fortalecem e enfraquecem.Os nomes de Koff e Kalil,os citei por serem líderes no meio do futebol,e Sanches por ser o único com coragem pra bater de frente com os ditadores.

          • janca

            Por isso que a sociedade civil tem que entrar na questão e na discussão, como têm feito alguns ex-esportistas de renome e que atuam no terceiro setor, caso de Raí e Ana Moser. E há ex-atletas capacitados também. Mas não acho que ter sido atleta seja requisito básico para exercer funções de chefia e/ou a própria presidência da CBF. E no caso do Andrés ele bateu, de fato, de frente com a dupla Marin/Del Nero, mas foi apadrinhado de Ricardo Teixeira. Defendeu o ex-presidente até o final e foi nomeado por ele, servindo de escudo numa época de crise que acabou com a ida de Teixeira para Flórida e a renúncia de todos os cargos que ocupava no futebol. Brasileiro e mundial.

        • Leandro

          Desculpa Oscar Sanches e puxa saco de Texeiranão tem nada de corajoso em se aliar como que é errado para conseguir cargo na CBF ou favores politicos que é justamnete o caso do nosso amigo
          Se for pra vir o Andres deixa o Marin que pelo menos teve coragem e mandou o Mano embora (ta certo que não contratou o tecnico com coerencia)

      • Edson – Santo André

        Olá Janca! Acho que a raiz de todo o problema é a legislação brasileira, a exemplo do que acontece no dia a dia (vide tragédia no RS, escandalos do mensalão, etc), acontece no mundo esportivo, e especial no futebol que, além de movimentar muito dinheiro, também dita tendência e influencia muitas pessoas, dá voto para muito politicos “bem intencionados”. A grande questão para mudança seria uma mobilização nacional para reformas nas leis urgentemente. Com o advento da internet, ficou muito mais fácil essa mobilização. Nada vai mudar, vamos continuar debatendo assuntos como este enquanto continuarmos “bovinamente” apenas ruminando o que nos empurram guela a baixo.

        • janca

          Pode ser, Edson. Também acho que a legislação brasileira é arcaica e os mecanismos que mandam no futebol, idem. Mas a sociedade brasileira teria que se mexer, debater, pressionar… Sei que é complicado num país repleto de analfabetos funcionais. Vide a eleição para a presidência do Congresso brasileiro _ontem tivemos a eleição de Renan Calheiros para presidir o Senado. Precisa falar alguma coisa?

          • Edson – Santo André

            É verdade Janca! Acho que não veremos grandes mudanças neste sentido. Parabens e continue sempre trazendo assuntos interessantes para o blog. Grande abraço!

          • Carlos

            O Brasileiro é engraçado, ele mesmo que pota esse pessoal no senado e camera e agora fica criticando. O povo tem o politico q

          • Carlos

            O Brasileiro é engraçado, ele mesmo que pota esse pessoal no senado e camera e agora fica criticando. O povo tem o politico que merecem e elegem.

    • vai corinTRANS

      como assim o mafioso rico que nao tem nada em seu nome sujo cara de areia mijada para presidente da CBF.???..kakaka…na moral esse corinTRANSnismo ja ta indo longe demais….querem manipular mais ainda o futebol??? daqui a pouco eh messi, neymar e iniesta no corinTRANS….e com dinheiro publico hein….tirando que o mais ridiculo de tudo eh o homem da copa ser o homem picanha…ops….o ronaldo….a cara faca me o favor..o que seus filhos vao pensar……??? que eh bonito sair com homens TRANScorinvestidos?? olha a referencia…..QUE NOJO DESSA COPA………

      BRASIL O PAIS DOS TOLOS……..

  • francotimao

    Ola, Janca, definitivamente politica partidária X esporte cada vez mais se confunde, não sabemos mais quem é politico partidário quem é esportista, esse eclético mundo nada virtual procura se misturar e então cabe a frase dos manos ” tamo junto e misturado”, acho q é bem por ai…Abs!!!!!!!!

    • Felipe Lima

      Hahah!

      Boa definição!

    • janca

      Bem por aí mesmo. Infelizmente, Francotimão. Abs. e bom final de semana, Janca

  • Vaz

    Sempre vi a CBF como uma vitrine enorme para os intereses de qualquer partido (sem querer entrar em questões de preferências e atuações partidárias de ninguém) e o planalto está de olho na CBF principalmente agora que PTB um notório loteador de cargos e espaços se aproxima de forma escancarada da CBF e seus personagens. A penetração do futebol é indíscutivel e no passado a CBD foi amplamente usada e aos olhos de muitos partidos é irresistível ter pessoal aliado ou vículos com interesses políticos na CBF.
    A chapa de oposição vai contar com Andrés (o cargo é secundário neste momento), clubes que são inimigos só na aparência e várias Federações do Sul e Sudeste e principalmente do Norte e Nordeste e contará a partir de um certo momento com o apoio escancarado do Planalto e seus aliados. Preferiria como você, uma terceira via mas acho que não tem chances e quem também se propõe a tal não é lá coisa diferente.
    Gostaria de ver um cara dos esportes sem vínculos com a banda podre do futebol mas com o quadro de eleitores que se apresenta, esta alternativa se torna impossível no momento sem uma mudança radical nos estatutos da CBF (o que duvido). Uma coisa parece cada vez mais certa, Del Nero não será o sucessor do Marin a menos que a oposição que se articula, faça muita bobagem.
    Janca fica cada vez mais evidente o isolamento da figura do Sr Marin e sinais cada vez mais claros disso ocorreram na chegada e visita do Valke ao Estádio de Brasilia. Via-se no canto da imagem de TV ao fundo (coisa de 8 a 10 metros de distância) o Sr Marin, que permaneceu a esta distância e absolutamente sózinho durante todoa a visita. Isto já havia acontecido em Fortaleza e BH na inauguração dos estádios e na visista deste mesmo Valke a Fonte Nova. Nas entrevistas seria de se esperar a sua presença em evidência mas quase nunca está e quando aparece não é chamado para qualquer pergunta ou explanação. Este é o prestigiado presidente da CBF.
    Acho que estamos naquela situação do tipo: se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Vamos torcer que ao menos quem assumir promova na CBF mudanças mas não sei não.

    • janca

      Vaz, temos visões diferentes. Concordo sobre o uso político da CBF e do futebol brasileiro, que é uma lástima e não é de hoje, basta lembrarmos dos tempos da Arena. Mas não discordo de você em relação ao Marin. Não o vejo isolado, outro dia estava lá em São Bernardo no jogo do time do ABC contra o Santos ao lado de Lula e acompanhado do Del Nero. Que para mim será o futuro presidente da CBF, a não ser que aconteça um milagre. E espero que aconteça. Mas não gostaria que o milagre fosse o Andrés. Prefiro uma terceira via, como já disse várias vezes. Abs. e bom final de semana desde já, Janca

  • striknight

    Boa tarde janca ,
    Olha essa materia:

    Não critiquem a Copa. Não percam tempo com corrupção, superfaturamento, desperdício de dinheiro. E pensem na festa. Este é o conselho do Homem-Teflon, o amigo íntimo do Fuleco…

    Ele é um homem feliz.

    Nasceu com o dom para jogar futebol.

    Foi um dos melhores de todos os tempos.

    Milionário, poucos se lembram que nasceu em Bento Ribeiro.

    Do bairro pobre do Rio partiu para os melhores lugares da Terra.

    Feio, foi rejeitado pelas meninas na infância.

    Mas a bola fez milagres.

    Teve e tem mulheres belíssimas.

    As troca sem a menor cerimônia.

    Com uma delas quase se casou com a bênção do papa.

    E com o U2 comandando a trilha sonora.

    Para não ostentar demais, se conformou com a festa em um castelo na França.

    Em uma de suas noitadas, levou três travestis para o motel.

    Um deles declarou que ele os chamou e pediu cocaína.

    Houve um escândalo internacional.

    Fosse com qualquer outra pessoa, ninguém esqueceria um dia sequer.

    Mas com ele, nada de ruim gruda.

    Parece feito de teflon, material de frigideiras que não precisa de óleo.

    E o destino ainda quis que o travesti falante, aliás o único, morresse.

    Os outros dois simplesmente sumiram.

    Assim como o seu escândalo em Presidente Prudente.

    Quando saiu do famoso Pops Drinks.

    Levava uma mulher e queria entrar com ela na concentração corintiana.

    Gritou, xingou seguranças na porta do hotel.

    Foi uma grande matéria da revista Placar.

    Como por encanto, todos se esqueceram.

    Comendo, bebendo e fumando muito, engordou demais no final da carreira.

    Não se privava de nada.

    E queria emagrecer.

    A natureza não foi tão benevolente quanto os treinadores do Corinthians.

    Mano Menezes e Tite fingiam não enxergar que ele mal conseguia andar.

    Mas o escalavam assim mesmo.

    E o time atuava na verdade com dez jogadores.

    Tudo era quase impossível.

    Andrés Sanchez demonstrava que era assim que queria.

    Afinal, ele tinha carisma suficiente para atrair os patrocinadores.

    Com o sorriso dos dentes separados e impressionante barriga, revolucionou o Corinthians.

    Mais do que os milhões, a visibilidade que trouxe ao clube foi absurda.

    Fez valer o apelido de Fenômeno.

    Aprendeu todos os truques para atrair a atenção da imprensa.

    Nos dois anos em que passou contundido.

    Soube como divulgar sua imagem.

    Nas mãos da Nike e do então seu assessor pessoal, Rodrigo Paiva.

    Foi Paiva que o enfiou em todas as guerras possíveis.

    Levou a mensagem da paz, animou crianças em hospital.

    E teve a mídia a seus pés para sempre.

    Após acabar a carreira quando quis, resolveu ganhar dinheiro.

    Ou seja, mais dinheiro do que já tem.

    A revista Alfa contabilizou seu patrimônio em R$ 600 milhões.

    Se colocou como sócio em uma agência para administrar a imagem de ídolos no esporte.

    Neymar, Ganso, Lucas, Anderson Silva foram correndo trabalhar com ele.

    E outros jogadores importantes estão esperando na fila.

    Ele não tem muito tempo agora.

    Está aproveitando muito bem a perda de 20 kg.

    Ganhou para fazer isso diante das telas.

    Fez questão de mostrar a barriga imensa só de sunga.

    E foi a atração principal no Fantástico.

    No quadro Medida Certa.

    Emagreceu diante dos olhos de milhões de telespectadores.

    Seria um incentivo às pessoas obesas começarem a se exercitar.

    Mas como ele não faz nada de graça, veio a revelação.

    A Folha de S.Paulo descobriu.

    Ganhou R$ 6 milhões para emagrecer.

    Fora toda a exposição.

    Esperto, perdeu peso e voltou a ser interessante para o mercado publicitário.

    Perdia propagandas pela obesidade.

    E elas vieram com tudo, com o final de sua participação no programa.

    Esse homem é capaz do impossível.

    Na despedida de Marcos, roubar a cena.

    Chamar Edmundo para “apertar um” e beber depois do jogo.

    Depois justificou que sempre brinca com Edmundo.

    O gesto imitando fumar maconha foi mais uma brincadeira.

    Assim como chamar para beber alguém envolvido em um acidente automobilístico.

    Edmundo estaria alcoolizado quando, em 1995, bateu seu carro no Rio.

    Morreram três pessoas.

    Mas não importa, era só brincadeira do “homem-teflon”.

    Edmundo até sorriu…

    Mas além da agência, ele havia sido convidado para outra função.

    Andrés Sanchez o reaproximou de Ricardo Teixeira.

    Os dois haviam brigado depois da Copa de 2006.

    Quando ele levava os jogadores da seleção para baladas até as 5h da manhã.

    Em plena Copa.

    Parreira não teve como segurá-lo.

    Teixeira o considerava como o responsável pelo fracasso na Alemanha.

    Mas como ele é feito de teflon, o dirigente resolveu esquecer.

    Até porque precisava de um ídolo para a Copa do Brasil.

    Em pesquisa, 70% da população liga a palavra corrupção com o Mundial.

    E lá foi ele se transformar em um dos membros do Comitê Organizador Local.

    Sua função é só aparecer nas obras da Copa.

    E dar entrevistas favoráveis ao evento.

    Pouco importa se ele está superfaturado, se exaure as finanças brasileiras.

    Faz de conta que não percebe os elefantes brancos.

    As péssimas condições dos trabalhadores na construção dos estádios.

    Ele só sorri e quer que todos sorriam juntos com ele.

    Quem não sorriu muito foi Andrés Sanchez.

    Seu sonho sempre foi presidir a CBF.

    Ambicioso, o nosso moço feliz se esqueceu de quem o levou para o COL.

    E disse que estava, sim, disposto a assumir a CBF.

    Nem se lembrou do seu mentor.

    Mas o rancor dos inimigos não gruda nele…

    Apoiou, defendeu, deu beijinhos em Ricardo Teixeira.

    Quando ele caiu, foi embora para Boca Raton, ele se calou.

    Esperou.

    E não se arrependeu.

    Marin e Marco Polo abriram os quatro braços a ele.

    E assim como o ministro Aldo Rebelo.

    Lá está ele em todas as entrevistas coletivas sobre a Copa.

    Ele e o tatu Fuleco, sempre juntos, unidos.

    Foi ontem que ele desabafou.

    Não se conformou com jornalistas pressionando Valcke.

    O secretário-geral da Fifa, que recebeu dinheiro para apoiar o Brasil na Copa.

    Que fez sumir a intenção de a Colômbia ao menos tentar ficar com 2014.

    E se irritou com a menção ao Catargate.

    Ainda mais com o superfaturamento dos estádios, os gastos desnecessários.

    As exigências absurdas da Fifa para uma competição de um mês.

    Não era possível.

    Os jornalistas tinham de falar de samba, dar uma piscadinha a Valcke.

    E perguntar para o secretário: “Imagina na Copa?”

    Ele se revoltou e pediu que a imprensa se entusiasmasse.

    Fizesse como a população.

    Mas do alto de onde está, o “homem-teflon” não percebe.

    Confunde tietagem com o ídolo com entusiasmo pela Copa.

    Não tem nem ideia do sacrifício que o País faz pelo Mundial.

    As Copas do Japão, da Alemanha e da África.

    Todas juntas não custaram o que sairá a nossa Copa.

    Mas ele não quer saber de tristeza.

    É um homem feliz.

    E quer que todos sejam ou pelo menos se façam de felizes.

    Que não incomodem a Fifa.

    Não duvidem de Ricardo Teixeira, Andrés, Marin, Aldo Rebelo.

    Nem dele.

    Ídolo milionário, galã, enviado dos céus.

    Se houve corrupção, deixem para lá.

    Isso é bobagem.

    O que vale é a alegria.

    Os patrocinadores comemorando a superexposição.

    O País pagando bilhões que não tem.

    A felicidade contaminar a todos e valer reeleições importantes.

    2014 é um ano eleitoral, não é uma bela coincidência?

    Isso é que importa.

    A felicidade, o entusiasmo.

    Assim falou Zaratustra.

    Não, perdão.

    Assim falou o “homem-teflon” diante do espelho.

    Imagina na Copa…

    • Leandro

      Fantastico o texto, enorme mas absurdamente realista

  • Leandro

    Em relação a isso tava mais que na cara que ia acontecer a ligação entre partidos politicos e CBF
    Eles querem nos ludibriar com essa copa pra nos cegar quanto ao que esta acontecendo
    É arriscado se o Brasil ganhar a Copa a Dilma ganhar a eleição de novo
    Eu fico admirado com o poder do esporte tanto para o bem como para o mal

  • Leandro

    http://blogs.lancenet.com.br/fastfut/guerra-dos-meninos/
    Não tem nada a ver com o assunto mas vejam esse link do proprio Lance
    Eu adoraria ver um dirigente com essa mentalidade no Brasil clubes como o São Paulo e Santos poderiam fazer isso facilmente

  • ALESSANDRO

    BOM DIA JANCA,CONCORDO COM VC QUE TANTO O DEL NERO QUANTO O ANDRES NAO SAO AS MELHORES OPÇOES PARA A CBF,POREM SAO AS 2 UNICAS POSSIVEIS,QUE TEM ALGUMA CHANCE!!!
    DENTRE OS 2 EU VEJO DA SEGUINTE FORMA PELAS POSTURAS DOS 2: SE O DEL NERO FOR ELEITO SERA ALGUEM QUE MANTERA TUDO EXATAMENTE DO JEITO QUE E E TENTARA FICAR NO PODE POR DECADAS ATE CHEGAR A BEIRA DA MORTE SE NAO MORRER NO CARGO,TODA A ATUAL POLITICAGEM SERA MANTIDA E O FUTEBOL BRASILEIRO NAO VAI EVOLUIR UM MINIMO QUE SEJA,TALVEZ ATE DECAIA,VEJA O EXEMPLO DA FEDERAÇAO PAULISTA,ANTES DESSE SENHOR SER O PRESIDENTE O INTERIOR ERA FORTE TINHA CLUBES NA SERIE A DO BRASILEIRO,HOJE E UMA PIADA,COM CLUBES QUEBRADOS QUE DAO VEXAMES NAS SERIES B,C E D DO BRASILEIRO!!!
    SE O ELEITO FOR O ANDRES ACREDITO QUE ALGUNS DOS MALES ATUAIS PERMANEÇAM,POREM VEJO MUITAS COISAS MUDANDO E O INICIO DE UM PROCESSO DE MODERNIZAÇAO,A COMEÇAR PELA LIMITAÇAO DE REELEIÇOES QUE AI SIM PODE SER UMA ESPERANÇA PARA O FUTURO ABRINDO A POSSIBILIDADE DE NO FUTURO TERMOS GENTE MELHOR NA CBF!!!
    COMPARANDO-SE O QUE CADA UM FEZ COM O QUE ADMINISTROU LARGA VANTAGEM PARA O ANDRES QUE PEGOU UM CLUBE QUEBRADO,HUMILHADO E O TRASNFORMOU NO MAIOR EXEMPLO DE ADMINISTRAÇAO DO FUTEBOL BRASILEIRO,ENQUANTO QUE O DEL NERO A CADA ANO AFUNDA MAIS O FUTEBOL PAULISTA!!!!
    QUANTO AS POSSIBILIDADES VEJO O ANDRES COM O APOIO DAS FEDERAÇOES QUE SE REBELARAM CONTRA O MARIN(CARIOCA,MINEIRA,GAUCHA,BAIANA E DO PARANA SE NAO ME ENGANO)DA ESMAGADORA MAIORIA DOS CLUBES,DA REDE GLOBO QUE E QUEM COMPARECE COM O GROSSO DO DINHEIRO E DO GOVERNO FEDERAL(LULA PRINCIPALMENTE),NAO ACREDITO QUE O DEL NERO RESISTA A ESSA FORÇA TODA!!!!!!!!

  • Edson – Santo André

    Homem teflon é ótima !!!!! Mas é por ai mesmo.

  • Marcelo

    Janca até quando isso vai continuar ??? Muita roubalheira e falcatrua no país, já cansou isso, em três anos quero viver em outro lugar, desanimei do Brasil o país de tolos e do conchavo. Abs.

    • Se ta desanimado vai para a europá, onde não tem nem emprego por la. não é por causa de alguns safados que vc deve dizer que somos tolos, ou que esta tudo acabado, apesar de muita coisa ruim o pais mudou muito. oque estraga são pessoas que só chiam e não fazem nada para melhorar. com certeza vc deve ser um fã do futebol europeu, onde tudo “é muiiiitooooo melhor né”, vc não é brasileiro, e fugir é para os covardes.

  • walne robson

    nossa é incrivel como todos aqui não se preocupam com o Futebol no modo geral!
    1o. O futebol não devia ser submetido a partidos politicos pois a CBF como sabem é uma instituição do povo entaum deveria ser mais democratica!
    2o. para ser eleito a algum cargo devia ser uma pessoa que tivesse punho e formação em administração de clubes e seleção com experiencia de sobra!
    3o. e mais importante. imparcialidade clubistica e interesses apenas em ajudar os campeonatos e os clubes filiados e desbancar estas federações com estes campeonatinhos de enriquecer a eles dirigentes mediocres e safados.
    Não importa o que aconteça as pessoas pensam só em seus clubes e por isso que dirigentes de hj e amanhã continuaram a mandar da forma deles e a hora que eles querem do jeito que querem. Pois se nós não nos importamos nem em parar com as brigas em torno dos estadios quanto mais nós torcedores nos unirmos para derrubar qualquer poder sobre o mau contra o futebol que são estes dirigentes que ai estão e comandam. Infelismente! Pra deixar um ponto a mais sou Corinthiano e não apoiaria o Andrés, mancharia sua passagem tão brilhante no meu Time, pois aqueles que hoje estão e que estaram no futuro enquanto não eleito democraticamente e não por federaçõezinhas safadas, se apodrecerão como todos que ai estão.

  • itamar o melhor presidente junto com dilma

    Pt e pmdb unidos so pra defender os

  • itamar o melhor presidente junto com dilma

    Pt e pmdb unidos so pra defender os presidiarios ou marginais ok?

MaisRecentes

Verdão vai às compras



Continue Lendo

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo