Marin e o PTB no esporte



O PTB quer usar José Maria Marin, presidente da CBF que é filiado ao partido, para aumentar seus quadros com dirigentes, jogadores e esportistas em geral. O partido comemorou ontem a adesão de Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos e agora novo integrante do PTB.

Com a Copa de 2014 no Brasil,  o partido de Marin, que tem conversado com integrantes do mundo esportivo sobre os “encantos” do PTB, espera crescer no país.

Não por acaso conseguiu fazer os secretários de Esportes do governo Alckmin (Celso Jatene) e da gestão Haddad (José Auricchio Jr.). Sempre que possível, Marin tenta levar os dois _e vai fazer cada vez mais a partir de agora_ a eventos relacionados à Copa, cuja organização passa também pelo PCdoB, partido do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e da vice de Haddad, Nádia Campeão.

Vale lembrar que antes de a CBF cair em seu colo, o PTB tentou emplacar Marin como secretário de Esportes e não conseguiu, fosse na prefeitura, fosse no governo do Estado. Depois que ele ganhou poder, no entanto, as coisas mudaram. Virou um dos queridinhos do partido de Campos Machado, presidente estadual do partido (e por estadual leia-se de SP), e de outras “agremiações políticas” também. A vida como ela é. Literalmente.



MaisRecentes

Cânticos brasileiros



Continue Lendo

Seleção no divã



Continue Lendo

Seleção magoada



Continue Lendo