Minas ainda sonha com seleção



Apesar de a CBF ter decidido reformular a Granja Comary para servir de base para a preparação do Brasil para a Copa das Confederações em junho e o Mundial do ano que vem, os mineiros ainda não desistiram. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador Antônio Anastasia, também do PSDB, querem que parte dos treinos da seleção para a Copa de 2014 aconteçam em Minas. O local a ser utilizado seria o CT do Cruzeiro, já que o do Atlético, apesar de ser um dos melhores do Brasil, ficou fora já na primeira lista para a Copa.

Um dos problemas é que Aécio não tem com José Maria Marin, atual presidente da CBF, o mesmo trânsito que tinha com Ricardo Teixeira, que deixou o cargo no ano passado, e as chances de parte dos treinos da seleção serem em Minas seguem remotas.

Já em maio próximo, com vistas à Copa das Confederações, a equipe de Luiz Felipe Scolari treinará em Teresópolis, usando a Granja Comary, algo que não faz desde 2009. A preparação final para a Copa de 2010 foi em Curitiba e Mano Menezes não chegou a comandar nenhum treino na Granja, que passará por uma reforma a ser iniciada até o final do mês.

Outra disputa que vive a seleção é entre São Paulo e Corinthians, já que os dois ofereceram seus CTs para o Brasil fazer os acertos finais antes da abertura da Copa, que será na arena corintiana, em Itaquera. Dentro da CBF a proposta do São Paulo está praticamente descartada e a tendência é aceitarem a do Corinthians, o que tem gerado críticas de Juvenal Juvêncio em relação a Marco Polo Del Nero, o homem mais influente da atual gestão.

Já a ideia de construir um CT no Rio, um dos projetos de Teixeira, foi definitivamente enterrada por Marin, que achou mais interessante reformar e melhorar as condições de Teresópolis do que erguer um novo centro na Barra, inclusive pelos entraves burocráticos.



MaisRecentes

Elogios a Felipão



Continue Lendo

Os rivais do São Paulo



Continue Lendo

O discurso de Tite



Continue Lendo