A campanha de Del Nero



Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista e pré-candidato à sucessão de José Maria Marin na CBF, irá centrar sua campanha nas 27 federações estaduais e não nos 20 clubes da Série A com direito a voto. Ele calcula que tem o apoio de 16 das federações e pretende batalhar para conseguir a adesão de mais cinco à sua candidatura.

Para haver uma chapa de oposição, ela tem que contar com o endosso de sete federações e cinco clubes. Del Nero calcula que, se tiver o apoio irrestrito de 21 das entidades sociais, acaba minando os opositores.

Andrés Sanchez, que surge como alternativa contra Del Nero, articula o apoio dos clubes, entre os quais o São Paulo, mas tem pouca força entre as federações.

Marin, aliado de Del Nero e que não irá concorrer a novo mandato, deve soltar mais verbas para as entidades estaduais nos próximos meses, especialmente as das regiões Norte e Nordeste.

Embora o mandato do atual presidente vá até 2015, as eleições na CBF foram antecipadas para abril de 2014 para evitar que eventual fiasco do Brasil na Copa prejudique o candidato da situação. Coisas do futebol brasileiro…



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo