CBF renova com Teixeira



José Maria Marin acertou com Ricardo Teixeira que ele continuará dando “consultoria” à CBF e ao COL, Comitê Organizador Local para a Copa de 2014, até julho do ano que vem.

Desde que deixou o comando da CBF, o ex-presidente, hoje radicado na Flórida, recebe uma mesada da entidade para, segundo Marin, atuar como consultor. Chega a receber até 120 mil reais por mês da CBF, mais do que ganhava como presidente da confederação.

Não ficou claro se os pagamentos a Teixeira continuarão sendo mensais, mas Marin insiste que ele segue sendo “imprescindível” por sua experiência como dirigente máximo do futebol brasileiro de 1989 a 2012, quando renunciou atolado por denúncias de corrupção.

Vale lembrar que Marin só assumiu o cargo porque era o vice mais velho do próprio Teixeira. Apesar de ter afastado parte dos funcionários da CBF que eram ligados ao ex-dirigente, colocando homens de sua confiança, o atual mandatário continua se dando bem com o anterior, a quem só faz elogios. E assim caminha o futebol brasileiro…



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo