CBF revisa salários



A Confederação Brasileira de Futebol quer fazer uma revisão em sua folha salarial no primeiro semestre do ano que vem. Apesar de não falar em cifras, os gastos com a nova comissão técnica, comandada por Luiz Felipe Scolari e Carlos Alberto Parreira, devem ser maiores do que os com a anterior. Estima-se que Mano Menezes, o ex-técnico do Brasil, ganhava cerca de 350 mil reais por mês, enquanto o então diretor de seleções, Andrés Sanchez, recebia 70 mil reais mensais.

José Maria Marin, presidente da entidade, aumentou o próprio salário no primeiro semestre de 2012 passando-o de cerca de 90 mil reais por mês para a casa dos 160 mil. Ele também recebe como presidente do Comitê Organizador Local da Copa _cerca de 110 mil reais por mês. Não está descartado novo aumento depois da Copa das Confederações.

Os diretores da CBF, por sua vez, recebem entre 70 mil e 90 mil reais mensais, salário que pode ser padronizado antes do início da própria Copa das Confederações, que acontece em junho no Brasil.

Não está descartada a contratação de uma consultoria para “acertar” a folha salarial, que inclui pagamentos de cerca de 100 mil a 120 mil reais por mês para o ex-presidente Ricardo Teixeira, que já atua como consultor (ou uma espécie de eminência parda) da própria CBF.

 Ontem o “Estadão” publico matéria em que apontava que a Assembleia Legislativa de São Paulo paga uma pensão vitalícia a políticos, como Alberto Goldman, do PSDB, e Plínio de Arruda Sampaio, ex-candidato a presidente pelo PSOL, lista que inclui o próprio Marin, ex-deputado estadual que embolsa cerca de 16 mil reais por mês do Legislativo. Ao lado dele figuram as viúvas de Mário Covas e Nabi Abi Chedid, este último ex-vice-presidente da CBF e dirigente esportivo como o próprio Marin. Os ex-ministros Almir Pazzianoto (Trabalho) e Wagner Rossi (Agricultura e com passagem pela política esportiva do estado de SP) também recebem os benefícios, que custam ao contribuinte paulista 33 milhões de reais por ano.

Pelo jeito continuamos bem de políticos… E bem de cartolas no esporte. Preocupação com o próprio bolso eles mostram que têm.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo