Tirone vai se mexer?



Correligionários de Arnaldo Tirone dizem que o presidente palmeirense vai se mexer até sexta e anunciar a renovação do contrato de Marcos Assunção. O volante de 36 anos anda magoado com a diretoria, que estaria fazendo pouco caso de sua situação. Vale lembrar que seu vínculo com o Palestra termina segunda e sua assessoria diz que Tirone, ao contrário do que teria feito com Barcos, não o procurou com proposta alguma.

Segundo Tirone, o atacante argentino terá mesmo um aumento salarial e ficará no Palmeiras, apesar da pressão do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF), que anda preocupado com os gastos feitos pela atual diretoria.

Com dificuldades para contratar no mercado brasileiro _até aqui o principal reforço para 2013 foi o goleiro Fernando Prass, ex-Vasco_, Tirone e seus assessores têm conversado com outros clubes da América do Sul. Além do meia Riquelme, que o próprio presidente chegou a comentar que dificilmente virá, interessa o atacante uruguaio Cauteruccio, do Nacional, apesar das negativas do dirigente.

Gilson Kleina apresentou uma lista de pedidos com oito nomes, mas já foi avisado que dificilmente será atendido devido à falta de recursos da atual administração e do clima político no clube, que está rachado. As eleições acontecem em 21 de janeiro, quando o Paulistão já tiver começado.

Para piorar um pouquinho mais, há outros jogadores descontentes com a forma como se sentem tratados pela direção alviverde. É o caso do goleiro Bruno, insatisfeito com a contratação de Fernando Prass, e de Deola, que festejou ao ver seu empréstimo ao Vitória prorrogado.

Se o ano de 2012 não terminou bem para o Palmeiras, o de 2013 deve começar na mesma toada, vide as confusões entre a presidência e o próprio COF, que veio a público negar ter vetado qualquer contratação, alegando que quer apenas saber quanto será pago a cada jogador e de onde sairá o dinheiro.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo