Lucas e os argentinos



Confusão à parte na final no Morumbi (vou tratar dela logo em seguida), o são-paulino Lucas, que agora parte para o futebol francês, é um exemplo de profissionalismo e amor à camisa. Defendeu as cores do Tricolor com muita garra, mesmoa tendo sido vendido para o PSG, clube em que se apresenta em janeiro. E venda milionária, põe milionária nisso, diga-se de passagem.

Foram emocionantes a homenagem da torcida do São Paulo ao jogador e a entrada de Lucas em campo, cujo olhar dizia tudo.

Sobre a confusão, com os argentinos não voltando para o segundo tempo, não tenho muito o que dizer, pois não vi o que aconteceu no vestiário. Em vez de acusá-los, como começa a fazer muita gente mesmo sem informações mais precisas em mãos ou baseada em especulações de redes sociais, prefiro aguardar.

O que vi foi o Tigre querendo provocar em campo, levando um baile no primeiro tempo e buscando confusão. Se os jogadores foram agredidos ou não por policiais na entrada do vestiário isso deve ser apurado, porque é algo sério. Muito sério, aliás. Como é sério, se nada de anormal tiver acontecido, o time abandonar o jogo e não voltar para o segundo tempo.

Mas time por time não havia comparação. O do São Paulo é muito melhor e merecia o título.

E gostei de ver os paulistas valorizando a Sul-Americana, como já fizeram os gaúchos, campeões com o Inter. Em dez edições, salvo engano, cinco foram vencidas pelos argentinos. É um torneio para os brasileiros se dedicarem com mais afinco e não com descaso. Que apurem melhor o que de fato aconteceu no intervalo, pois dizer simplesmente que os argentinos são assim, chegados a uma confusão, não é argumento. E toda a sorte do mundo a Lucas no futebol europeu. Que ele defenda o PSG com o mesmo talento e garra com que sempre defendeu o São Paulo. E que tenha as oportunidades na seleção, agora nas mãos de Felipão, já que, não sei o porquê, Mano Menezes não parecia estar entre os maiores fãs de Lucas. Mas isso já é outra história…



  • Mario

    valorizada por paulistas?? vc quis dizer por spaulinos , e só deram valor por ela pela vaga na pre-libertadores e por q ñ ganhavam nada nos ultimos 4 anos , tanto q no passado cansaram de menosprezar a competição no pasado.

    verdade é q é um campeonato de segunda , não da valorizar a competição por causa do baixo nivel tecnico e pela confusão no calendario tanto q ano q vem ninguem sabe quais times brasileiros vão jogar nela em 2013.

    Lucas vai ser dar bem na europa e adaptar rapido , agora na seleção ele teve chance e ñ aproveitou igual ao Oscar q entrou e ñ saiu mais, com Felipão deve continuar na reserva já q o Oscar , RG , Kaka , Neymar e Fred deverão lutar serem titulares.

    • janca

      Como os brasileiros cansavam de desvalorizar a Libertadores no passado e começaram a valorizá-la depois das conquistas do São Paulo no início dos anos 90. A ponto de ter virado uma obsessão para o Corinthians, o que acho até exagero.

      • Mario

        isso se deu ao trabalho de marketing spaulino q naquela era muito superior aos outros times e hj ñ tem mais essa força e nem vai ter trabalho isso

        • janca

          Mas é só você sair nas ruas de São Paulo e ver a reação da torcida pra ver que a conquista da Sul-Americana teve um significado importante, sim. O São Paulo soube focar bem a competição, mesmo já tendo garantido sua vaga para a Pré-Libertadores via Brasileiro, e a torcida hoje está nas ruas, festejando. Foi uma conquista importante, sim. Esse ano o Santos tinha Paulista e Recopa, o Palmeiras, Copa do Brasil, o Corinthians, Libertadores e talvez Mundial, e o São Paulo agora tem a Sul-Americana.

          • Mario

            parabens spaulinos , mas ai vc da força ao um dos meus argumentos iniciais q a competição só ganhou importancia por q SPFC ñ ganhou nada nos ultimos anos ,sem falar q ñ é por q o sp ganhou q vai esconder o baixo nivel tecnico dos adversarios e da competição.

          • janca

            Pelo motivo que for, ganhou importância, Mario. No início dos anos 90 os times do Brasil não davam importância à Libertadores que dão hoje. Isso também mudou. O que entendo é um time conseguir vaga para a Sul-Americana e deixar o torneio de lado, por mais que queira se dedicar ao Brasileiro. Enfim, acho que o São Paulo acertou. Não priorizou competições neste ano, chegou às semifinais da Copa do Brasil, ganhou a Sul-Americana e ficou entre os quatro primeiros no Brasileiro. Como o Corinthians acertou _na época eu achava uma aposta perigosa_ ao priorizar a Libertadores e deixar boa parte do Brasileirão de lado, mas o Palmeiras… Tudo bem, ganhou a Copa do Brasil, deixou o Brasileiro em segundo plano, quando começou a se preocupar com a competição, já era. Caiu.

    • janca

      E Lucas na seleção teria tido mais chance de desenvolver seu potencial se o técnico na Olimpíada fosse o Ney Franco. Com o Mano Menezes, já viu. Conseguimos perder a final para o México, como já tínhamos perdido amistoso preparatório para os próprios mexicanos. Aliás cansamos de perder para os mexicanos… E para qualquer seleção de primeiro nível. Com Felipão deve ser diferente.

      • Mario

        discurso do Felipão é p/usar os mais experientes então lucas vai ser banco em 2014 e titular em 2018( mas se o tecnico fosse o Guardiola…..)

    • janca

      E só pra completar. Quando digo valorizada por paulistas é porque o São Paulo é um time paulista. Assim como citei os gaúchos, porque o Inter é um time gaúcho.

    • Meu caro Mario, mariozinho que torcedor azedo vc é. Nem campeonato de Pelada e de segunda, LUCAS tem lugar na seleção brasielira isso é garantido.Bjus!!!

    • TRi MUNDIAL DOOM

      O Sao Paulo deu importancia pq tem libertaores mesmo, a Copa do Brasil tb e de segunda, o nivel tecnico apenas seraa a Libertadores do ano seguinte, o Milionarios ira a libertadores assim com La U, Sao Paulo, Tigre….o retante sao brasileiros e argentinos q sempre fazem adiferenca como aLibertadores, os estaduais nao sao nem de segunda categoria e todo mundo comemora,o Sao paulino. queria ir a libertadores viu um titul no caminho e pegou…da mais dinheiro q a libertadores ate…a diferenca finnanceira e por causa do mundial.

      Lucas nao teve oportunidade alguma na selecao, visto q existe enttevista do proprio mano dizendo depois das olimpiadas q iria aproveitar mais o Lucas e menosprezando ele comparando com Neymar…Se chama amistoso contra china de oportunidade?

      • janca

        Concordo com você sobre o Mano ter fritado, de certa maneira, o Lucas na seleção e especialmente na Olimpíada. Se o Ney Franco tivesse dirigido o time em Londres a história seria diferente.

  • Francotimao

    Ola, janca, Bem, acho q cada um da o valor q quer a qualquer coisa, no caso do s. paulo era a unica oportunidade do ano de ganhar um campeonato (torneio) e ele o fez, tbm não sei o q de real aconteceu no intervalo do jogo, porém o time argentino é ruim de dar dó, se voltassem ao jogo no minimo iriam levar mais alguns gols e possivelmente iriam apelar e o jogo teria tudo pra não terminar no seu tempo normal, claramente eles não estavam a fim de jogar bola, aliás, bater era o unico recurso deles porq futebol não tinham nenhum….qto ao Lucas a gente espera q seu futebol cresça mais no PSG, afinal a seleção precisa de jovens e bons valores e não podemos ficar na Neymardependencia, basta o time do Santos ja ficarem nessa situação..rsrsrsrs!!!!….Abs!!!!!!!!!!

    • janca

      Mas acho que o caso da seleção é outra, não vejo dependência do Neymar. O Santos é que não tem conseguido viver sem sua principal estrela, se bem que no final do Brasileirão passou a esboçar pequena reação sem o craque. Enfim, problema para o Muricy e a diretoria do clube resolver. Quanto ao Tigre tinha tudo pra levar uma goleada, mas também não sei o que de fato aconteceu no intervalo, na entrada do estádio a recepção aos argentinos foi bem ruim _chegada do ônibus, digo. Abs.

  • Alexandre

    Concordo Janca, melhor aguardar a investigação sobre o que motivou a desistência do Tigre antes de emitir uma opinião a respeito
    E tomara que a polícia de fato investigue…

    • janca

      Sendo que os policiais são uma parte envolvida. Dizem que não havia arma, nada, ao contrário do que alegam os argentinos. Mas eles _jogadores do Tigre_ afirmam ter sido agredidos por policiais quando tentavam entrar no vestiário do São Paulo. Para brigar, imagino. Enfim, há várias versões, versões conflitantes, não está claro até agora para colocarmos a culpa apenas nos argentinos. Em campo vimos o que aconteceu, mas na entrada dos vestiários, não. A investigação quer as imagens, que devem existir. Espero.

      • Ton

        Eu também prefiro não tomar partido por não saber o que ocorreu, mas se essa for a versão dos argentinos, provavelmente serão questionados porque diabos estavam querendo entrar no vestiário do São Paulo???

        Como vc disse “provavelmente para brigar”.

        ninguém é a favor de violência, mas ação gera reação. Se eles estivessem vindo ao Brasil apenas para jogar bola, nada disso teria acontecido, então na minha opinião a imprensa argentina tem que deixar o patriotismo de lado e ser mais racional. Nem sou são paulino, mas pelo que vi do jogo, forma os argentinos que iniciaram toda a confusão.

  • Ton

    Sobre o Lucas, torço para ele um dia conseguir realizar o sonho dele. “Ser o melhor jogador do Mundo”. O garoto é simples, humilde e tem boa cabeça, por isso merece.

    Imagina só se jogadores “problemas” como o Edmundo tivesse tido a cabeça do Lucas na epóca em que ele jogava, com certeza teria arrebentado na Europa.

    Sobre a violência, é lamentável, mas independente do que aconteceu acho que o Tigre tinha que ser punido e perder a vaga na Libertadores.

    imagina se no sorteio da pré-Libertadores cai São Paulo x Tigre, e aí?

    • Flavio Rodrigues

      isso que falou por último, realmente é preocupante… e sinceramente não espero nenhuma atitude da Conmebol, não tem comando algum, e o assunto é sério, o SPFC não foi nenhum santo na história, na minha opinião, porque contribuiu para o clima de guerra, mas tradicionalmente (claro que com exceções) os times argentinos, colombianos, etc… tem uma postura vergonhosa quando estão perdendo, querem a vitória a qq preço, não é a primeira vez… agora, se tiver um jogo lá contra o SPFC, pode esperar coisas terríveis…

      • Ton

        Então, Flavio. Se pararmos para analisar, aquilo que o SP fez (impedir o Tigre de treinar no Murumbi) é errado, mas sempre aconteceu.

        Na Libertadores por exemplo, o Corinthians foi impedido pelo Emelec de fazer o reconhecimento do gramado.

        O fato é que os argentinos não tinham condição nenhuma de ganhar na bola e só esteve na final pelo critério ridículo do gol marcado fora de casa. (Alias, esse regulamento é tão escroto que na vale na final, como se a final fosse um campeonato diferente das outras fases).

        Se houver seriedade, “Los Hermanos” merecem a punição de eliminação do campeonato e a consequente perda da vaga na Libertadores para assim servir de exemplo.

        Não estamos mais no tempo do Pelé que os argentinos e uruguaios desciam a porrada e ficava por isso mesmo. Agora temos várias câmeras espalhadas pelo campo e coisas animalescas como o pisão no Lucas não deve ser tolerado! Deixem o futebol para quem tem talento, para os Argentinos tem uma excelente opção, um esporte em evolução, o MMA, tenta a sorte!

        HA é…..Nesse, nós Brasileiros também dominamos…….fazer o que né?

      • janca

        Aí a segurança tem que entrar em ação. Uma boa segurança.

    • janca

      Se o São Paulo tiver que enfrentar o Tigre de novo, pela competição que for, os dois vão ter que aceitar, fazer o quê? Faz parte do jogo. Sobre o Lucas, concordo, parece ter boa cabeça mesmo, além de ser excelente jogador.

      • renato

        se não rolar uma punição por WO… um gancho grande…. mas como é a CONMEBOL, capaz de torcer para um confronto desses…..

        • janca

          Há chances de o Tigre tomar um gancho de três torneios sul-americanos para os quais se classificar. Se bem que com esse futebolzinho… Mas os argentinos têm o direito de apresentar defesa, claro, inclusive porque alguns fatos foram públicos, como o ônibus apedrejado na chegada ao estádio, o que é uma lástima. Em campo eles tentaram provocar os são-paulinos, foram violentos e não jogaram nada.

      • janca

        Se bem que a Conmebol deve julgar a atitude do Tigre, que corre o risco de ficar de fora das próximas três competições sul-americanas para as quais se classificar. Mas o Tigre segue acusando os seguranças do São Paulo de truculência. E até agora não ficou claro, pelo menos pra mim, se os argentinos acusam um segurança do São Paulo ou um policial _já que a Polícia Militar teve que intervir no conflito_ de mostrar uma arma para o goleiro. Tanto a segurança do São Paulo quanto a PM negam ter mostrado arma. E o São Paulo diz que seus seguranças não andam armados. Enfim, versões não faltam.

  • Flavio Rodrigues

    Gostei do seu ponto de vista, apesar do “show de horrores”, realmente deu uma valorizada na Sul-Americana. Qto ao Lucas, ainda o acho inexperiente demais pra ser titular da seleção, mas joga muita bola e na Europa se tiver um boa sequencia, vai amadurecer mais rápido

    • janca

      Tampouco acho que ele tenha que ser titular da seleção, mas é um excelente nome para compor o grupo pra 2014. Excelente.

      • Francotimao

        Janca seu subconsciente te traiu “ela” (bambi)..rsrsrrss!!!!!!!

  • renato

    A Sulamerica é vista como era a libertadores há tempos atrás. Joga-se pra ganhar, mas se tiver algo mais importante, deixa de ser o foco.

    E tem razões. Paga mal, paga muito mal. Os grandes brasileiros alegam ter prejuízo em participar da sulamericana. O próprio São Paulo, só resolveu se dedicar esse ano pois iria passar em branco, seria o 4º ano de JJ sem título.

    A desorganização é outra razão para a desconfiança. A Libertadores é mal organizada e não paga tão bem, mas é o suprassumo do que temos. E a Libertadores e o Brasileirão.

    E a violência… e não digo das torcidas, da polícia e da segurança, que estas aqui também tem, infelizmente. Mas dos times. A diferença entre os clubes é muito grande. Não cabe este tipo de competição continental ter clubes de ponta, como São Paulo, Grêmio, Vasco, Inter, Cruzeiro…. e do outro lado time de bairro, como o Tigres, como o LDU de loja, e outros tantos.

    A diferença de estrutura, de estádios, de organização ( e nem somos exemplos disso), de profissionalização dos atletas, tudo isso em um nível abissal, só dá a chance de uma vitória do fraco quando este apela pra retranca violenta e catimbada.

    Mais ou menos vemos isso na Copa do Brasil, mas nesses casos não se infla o tolo nacionalismo que aparecem nos jogos internacionais…

    Ao meu ver, esta enorme diferença que acaba produzindo episódios como o ontem…
    e a Conmebol, CBF e AFA……. nada

  • renato

    A tempo, LUCAS, escreve aí, será capitão da seleção em 2018. Craque de bola, inteligente e com a cabeça no lugar.
    Foi pro país certo, pro time certo. Lá vai se acostumar com o futebol europeu e jogando um campeonato que não tem muita pressão e visibilidade, como romário e ronaldinho (holandês), gaúcho (no próprio PSG).

  • Alexandre

    Janca,

    Na minha opinião os Clubes brasileiros tem que dar importância sim para todos os campeonatos.
    Se tem que entrar em campo, então que seja campeão.
    Sou são paulino fanático e comemorei muito essa conquista.

    Um grande abs

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo