Juvenal e a liga



Se antes Corinthians e Flamengo eram os dois maiores opositores à formação de uma liga de clubes, defendendo a negociação individual dos direitos de TV e a implosão do Clube dos 13, agora é o São Paulo que quer colocar todos os obstáculos possíveis para inviabilizá-la.

Juvenal Juvêncio tem dito ser contra uma liga de clubes, especialmente se comandada por Andrés Sanchez, ex-presidente corintiano que deixou a CBF e tem planos de começar a viabilizá-la nos próximos meses. Fábio Koff, que comandava o C-13 quando a entidade rachou de vez e hoje preside o Grêmio, é um dos que podem se aliar a Andrés, apesar dos desentendimentos no passado. Luís Álvaro, o presidente do Santos, segue descontente com o calendário brasileiro e tende a fazer o mesmo.

Juvenal, que já defendeu a liga quando vivia em litígio com a CBF, nos tempos de Ricardo Teixeira, reaproximou-se da entidade quando José Maria Marin e Marco Polo Del Nero assumiram o comando e agora mudou de postura. O presidente são-paulino tem feito ironias sobre a saída de Andrés da CBF e sempre que pode ataca o rival.

Nos bastidores, chegou a reclamar do investimento da Ambev, costurado pelo governo estadual, para ampliar a arena do Corinthians, tornando-a apta a receber o jogo de abertura da Copa de 2014. O governo de São Paulo havia se comprometido a fazer a ampliação, colocando arquibancadas desmontáveis, a um custo de 70 milhões de reais, mas a Ambev anunciou que realizará a obra pela metade do preço. O que, diga-se de sinal, é bom para o contribuinte paulista.



  • corinthiano

    Esse Juvenal é outro que deveria ser banido do futebol junto com o Tirone! E o SPFC está aos poucos ficando com a cara desse senhor! Bastou chegar numa final e já começaram a menosprezar outros times! Rivalidade é sempre boa, mas desprezar outros é idiotice! Aliás este é o problema do SPFC, achar que são maiores e melhores que os outros!!

    • janca

      Talvez seja um dos problemas do Juvenal…

    • TRI Mundial Doom

      Quando o São paulo monta um time para ganhar ele fica maior e melhor que os outros mesmo, por isso o sao paulino fica se achando, pq o São paulo montou o “rolo compressor”, ” o bi mundial “, ” o tri mundial e hexabrasileiro ” . Lembra de alguém enfrentando de igual para igual estes times? o Corinthians teve 1 time quase imbatível como esses 3 q o São Paulo e foi o da era Marcelinho, Rincón e cia, no mais teve só time q ganhou mas sem ser infinitamente superior… Esse que está sendo montado é desse nível, é por isso q está menosprezando…se prepara para o encontro na Libertadores.

  • Francotimao

    Ola, Janca, a impafia do JJ é absurda, além de deter o poder e dominar a grande área s. paulina, ele se acha e acha q pode tudo, não vejo o Andres como solução do futebol, mas em contrapartida, Marin, delNERO, JJ, são as mesmices de sempre e até onde eu entendo não fizeram absolutamente nada pra melhorar o futebol brasileiro, ao contrario só fazem besteiras em cima de besteiras, se o Andres não é a melhor solução, ao menos, no momento é o melhor q se apresenta ao futebol brasileiro…Abs!!!!!!!!!!

  • Mario

    isso é o Brazil , ninguem quer o q é bom p/o esporte e sim o q é bom só p/seus interesses.
    relação a liga fico com medo qnd penso na copa JH organizada pelos clubes e pela copa união q ate hj se discute quem foi o campeão brasileiro de 87( p/mim o campeão foi o Flamengo)

    o JuJu agora tem poder com o Marin/Del Nero , mas essa arrogancia e prepotencia dele e da diretoria do SPFW (q dias atras zoaram os lambaris dizendo q ñ eram rivais mas time pequeno ou no episodio das taças feia das bolinhas)só ajudam o Andres a conseguir aliados.

    Juju e sua diretoria podiam ter a copa, perderam e choram , podiam ter fechado com a CEF no inicio do ano ,perderam e choram , Ambev fecha com o gov. p/pagar arquibancadas e choram q tambem querem o mesmo dinheiro (informação do Victor Birner),é muita dor de cotovelo.

  • renato sá

    E a CBF que está cogitando levar os jogos pras arenas elefantes branco…… Brasília, Cuiabá, Manaus…. tbm como forma de agradar os governos locais…

    Lembra a ditadura, quando falavam “onde a ARENA vai mal, um time no nacional”
    só deram uma adaptada… “onde a ARENA vai mal, um time do nacional”

    • Alexandre

      Ótimo!

  • TRI Mundial Doom

    A questão desta Liga não é rivalidade e sim jogo de interesses… Não é Corinthians ou São Paulo e sim o interesse de Andrés em fazer uma liga, pq ele quer uma liga onde ele era contra? Pq perdeu poder na CBF?
    Ele está querendo tomar conta do futebol brasileiro de algum jeito? Pra q?
    O calendário está ruim… Mas estava bom com Andrés como diretor de seleções… O que mudou?
    Ele foi principal em detonar o clube dos 13 e agora quer fazer um com o próprio Fábio Koff…

    Podem falar o q quiser do Juvenal Juvencio, mas ele brigou por coisas importantes, enfrentou quem atrapalha o futebol brasileiro e foi criticado por isso…Essa é uma delas…

    • José Henrique

      Isso é o que você engole, e que te foi vendido como verdade absoluta.
      Ficar contra o interesse da maioria, nem soberba é mais, é burrice pura, como bem fez a leitura do caráter do JJ, um amigão são Paulino, com saudades do grande Portugal Gouveia, admirado até pelos Corinthianos pela postura de um verdadeiro dirigente, e não mero torcedor que vive provocando torcedores rivais com piadinhas depreciativas, tipo bilhete de metro, passaporte etc.

      Se dirigente bom é o que faz piadinha e estimula a rivalidade e a violência, JJ e MAC, realmente você tem razão. São modelos perfeitos.

    • Alexandre

      Na minha opinião o JJ é um incompetente que não fez nada de bom para o São Paulo, mas realmente se ele está contra esta “Liga do Sanchez”, está coberto de razão.
      Como é que o cara que ajudou a acabar com o Clube dos 13, apenas porque isso era interesse da Globo e da CBF, tem moral para querer tomar a frente de qualquer coisa no futebol brasileiro?

      • José Henrique

        Mais um engano seu. JJ foi contra Sanchez porque o time dele durante décadas recebeu da Tv valores iguais ao do Corinthians, quando este sempre teve maior exposição de mídia.

        E, como o Corinthians não quis mais “contribuir” com essa ” bolsa família” em favor do seu clube, deu chelique.

        O JJ brigou sim, pela nova regra das quotas. Essa que é a verdade absoluta.

        O resto é desculpa esfarrapada que não cola.

        Bravo porque teve a mamata cortada. O corinthians disse, textualmente que se a divisão não fosse mudada, negociaria sozinho ,me Sanchez foi excelente e macho peitando um domínio de 15 anos de injustiça do C13.

        A verdade dói, mas tem que ser revelada sempre. E a verdade prevalece, e a justiça muito mais.

    • Na verdade é o tradicional “dois pesos e duas medidas”. Se me ajuda eu tô contigo, se não me ajuda sou contra tí.
      Qual a diferença da CBF do RT para do JMM? É que o Zé das Medalhas é saopaulino e o JJ vislumbra a possibilidade de se dar bem, assim como o Saches se deu com RT. Entendeu Mané?

  • Flavio Rodrigues

    Li sobre isso na época, mas, pra mim, nunca ficou explícito Corinthians e Flamengo serem contra a criação da Liga, até vi declarações que mostravam o contrário… e na época o que se brigava era o formato do C13, a Liga era assunto pra depois, RT ainda estava lá, e a CBF ainda estava relativamente forte, não tinha a brecha. Agora surgiu a brecha e torço muito para que isso aconteça, não vai ser uma maravilha logo de cara, não me iludo, e na visão de muitos o Andrés não seja o cara pra isso, mas, tem que começar, tem que alguém ter coragem pra juntar os outros e chutar o balde, e não vejo outro fazendo isso… O Juvenal segue a linha Dualib, Eurico, etc… então não merece nenhum tipo de crédito pra qq coisa que ele faça, até pq na minha visão, comanda e afunda o São Paulo ilegalmente, já que seu mandato de vdde já terminou faz tempo…

    • janca

      O Santos iniciou um movimento pela liga, Corinthians e Flamengo ficaram contra. Ricardo Teixeira ainda presidia a CBF. Agora o cenário mudou, Andrés Sanchez, pelo menos, já defende a liga e vai tentar articulá-la. A relação com Fábio Koff, depois da implosão do Clube dos 13, não ficou das melhores, mas o hoje presidente gremista tende a apoiar Andrés num projeto de viabiliza a liga. Não sei se emplaca pois os clubes são bem divididos, cada um pensa no próprio umbigo, como costumo dizer.

      • Flavio Rodrigues

        só a tentativa já é válida, a CBF tem que sair dessa zona de conforto em que está… eu quero ver o pau quebrando, algum movimento tem que começar.

MaisRecentes

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo

Tricolor acuado



Continue Lendo