Fifa, CBF e Atala



As trapalhadas do chef de cozinha Alex Atala no sorteio dos grupos da Copa das Confederações segue dando o que falar. A Fifa ainda não engoliu a confusão e a CBF está tendo que conversar com as cidades que vão receber jogos do torneio e ficaram descontentes.

É o caso de Belo Horizonte, já que o erro na hora de tirar as bolinhas tirou a chance de a capital mineira receber o Uruguai na primeira fase. Terá como “consolo” a partida entre Taiti e o campeão africano, a ser definido em fevereiro, além de Japão x México. O Rio de Janeiro é outro que não gostou do resultado e o Maracanã, em vez de receber Espanha x Uruguai, terá Espanha x Taiti em 20 de junho.

Os mineiros pensaram em formalizar um protesto junto à Fifa, mas foram convencidos pela CBF e o Comitê Organizador Local da Copa a deixar como está, já que a própria Fifa segue irritada com a lambança, que o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, chamou de caótica.

O sorteio em que o badalado Alex Atala trocou as bolas, errando os potes, teve dois ensaios, segundo a direção da Fifa. Para a Copa do Mundo, o número de ensaios será maior e a Fifa já avisou COL e CBF que erros como o de sábado simplesmente não podem acontecer. Lembrou que a exibição é ao vivo para o mundo todo e uma falha como a de Atala poderia ter colocado em xeque a credibilidade do sorteio.



  • Missori

    Caramba! Errar é humano, mas porque a CBF ou seja lá quem for, convidar pessoas que nada têm com o futebol para esse tipo de sorteio? O pessoal da CBF precisa urgentemente tratar as coisas do futebol com um pouquinho mais de responsabilidade, afinal quando uma sede como Belo Horizonte faz vultuosos investimentos para receber a Copa das Confederações o faz pensando em receber jogos “de primeira linha” e não um Taiti e África da vida. Um Atlético e Cruzeiro dá muito mais retorno do que este jogo que foi programado. Os mineiros têm um certa dose de razão. Abçs.

    • janca

      Se bem que não foi um erro intencional, em sorteio você corre o risco de pegar um jogo mais fraco (a cidade-sede) ou um que desperta mais interesse… E não era complicado tirar as bolinhas do porte certo, embora, como você mesmo colocou, erros todos estamos sujeitos a cometer e cometemos. Abs.

  • Mario

    o Atala cometeu um erro, ok o cara é humano, a mancada foi de quem convidou ele ao inves de um jogador q já tenha participado do algum sorteio da FIFA.
    se a FIFA esta irritada com isso vai enlouquecer durante a copa com a nossa falta estrutura nos aeroportos , cartolas e politicos sempre querendo uma boquinha etc , etc

    • janca

      Enlouquecida a Fifa já está _rs. Mas não precisa ser um jogador de futebol ou estar envolvido no mundo da bola pra tirar uma bolinha de uma urna, Mario. Queria ver se fosse a modelo e não o especialistas em gastronomia que tivesse cometido o erro, o que ia chover de crítica e piadas etc. etc. etc. não está escrito.

  • Francotimao

    Ola, Janca, bem eu não vi o sorteio portanto não presenciei ao vivo essa “lambança”, concordo q errar é humano, mas qdo se tem o minimo de profissionalismo essa chance quase zera, mas não sei como se deu a escoha da figura pro sorteio, mas em se tratando de CBF e porq não da FIFA, esta escolha não foi fundamentada no mundo esportivo e profissional..Abs!!!!!

    • janca

      Pelo que soube ele foi escolhido por ser um importante chef de cozinha e poder representar a gastronomia brasileira…

      • francotimao

        Só resta rir..rsrsrrsrsrrsr!!!!!!!!!!!!

  • TRi mundial DOOM

    Chefe de cozinha fazeendo sorteio, era o que faltava.O Rivelino faleceu pro acaso, o Romario, o Neymar, o Tostao, Ronaldo… Daqui a pouco ele treina a selecao tb.

    Janca, gostari a de saber se é permitido que uma empresa de bebida alcoolica pode patrocinar um clube de futebol no Brasil, no caso Brahma patrocinando Vasco e Fluminense e se puder, essa patrocinadora de uma competicao onde estes clubes competem, pode patrocinar estes 2 clubes tb?

    OBS: nao estou questionando o título ou a sseriedade da competicao, apenas curiosidade.

    • Neto

      DOom sei la o q, pelo jeito vc é são paulino, e não sabe nada do seu clube a brahma ou seja a Ambev patrocina os G4 paulista ,não sei se seria etico porem isso já acontece e vc nem sabe.
      E concordo contigo, pra falar desse cozinheiro, que não representa a gastronomia brasileira pois se formou em paris se não me engano. (sem contar o episodio da galinhada da virada paulista, que foi servido frio pq a barraquinha dele não tinha luz. rsrs).
      abraços

      • TRi mundial DOOM

        É tri mundial Doom, carrasco de grandes times europeus, mas vi apenas os 2 com patrocinio e nao sabia que pode, se a empresa patrocina todos entao fica normal e nao dará a entender nada…
        Esse cozinheiro é mestre cuca de lesma? kkkkkkk

  • Os caras (FIFA) sempre que pintam por aqui, alucinam: fazem festas breguíssimas, eventos insípidos, enxotam a verdadeira população brasileira dos jogos e ainda exigem tudo do bom e do melhor!Alguém tinha de dar um chute no traseiro desse secretário fanfarrão…

    • janca

      Mas as autoridades brasileiras são coniventes com isso, participam da organização da festa, escolhem o repertório, tentam mostrar o Brasil como acham que ele é: Carnaval, Futebol e Samba. Tentaram dar uma chamada para a gastronomia brasileira e a beleza das modelos, deu no que deu. Claro que erros acontecem, mas acho que chegou a hora de as autoridades brasileiras também entenderem que somos mais do que nossos estereótipos. Abs. e boa quarta pra você, João

      • Concordo integralmente, Janca; o espírito da mediocridade reina entre as autoridades e governantes, sempre acreditando que subserviência é boa educação. Fiquei imaginando o Cafu, em frente ao espelho, repassando o texto dele umas mil vezes, para depois fazer aquela apresentação patética da bola; nesse mundo artificial, não há lugar para espontaneidades – que não deveria ser confundida com improviso.

        Boa quarta pra você também!

        João Sassi

        • janca

          Valeu, João Sassi. E o Cafu até que se saiu bem apresentando a bola, mas o próprio nome dela e à menção a um Brasil dos estereótipos foram mesmo estranhos, digamos assim. Abs.

  • renato sá

    Primeiro que é um campeonato bem fraco…. não tem como ter jogos bons pra todos….

    Depois, pra que sorteio? Não entendo o motivo da FIFA realizar esses sorteios se mais da metade das condições que deveriam ser aleatórias, são previamente condicionadas.

    Por fim, chamaram um Chef de Cozinha que tornou-se famoso por dar um toque de brasilidade em seus pratos. Pois foi…. ele cozinhou o sorteio com uma pitada de Brasil…….

    O campeonato vai acontecer, os jogos seriam esses com ou sem sorteio…… nada foi comprometido…… isso é futebol!

    • janca

      Mas poderia acontecer alguma variação e a ordem (e o local) dos jogos também poderia ser outra. Pra Copa do Mundo o sorteio é bem importante, sempre surge um grupo da morte, em que a Argentina, aliás, já caiu. Vide 2002.

  • Alexandre

    Tá certo que tirar uma bolinha de um pote é algo que até um cãozinho bem treinado é capaz de fazer, mas temos que dar um desconto para o Chef, porque quando estamos muito nervosos é comum dar uma pane geral e cometermos erros primários.
    O que não é comum nem aceitável é o fato do tal do Valke não ter corrigido o problema a tempo. Bastava uma intervenção esperta no momento em que o Atala se dirigia ao pote errado.
    Acho que o Valke estava mais atento para a modelo. Ele que gosta tanto de traseiros…

    • janca

      Risos.

MaisRecentes

Flamengo e CBF



Continue Lendo

Oposição santista



Continue Lendo

Santos em SP



Continue Lendo