Romário acordou



O ex-atacante e hoje deputado federal pelo PSB-RJ finalmente acordou. Depois de ter tecido vários elogios a José Maria Marin e Marco Polo Del Nero no primeiro semestre, virou crítico da gestão dos dois, pede uma CPI para analisar os contratos e negócios da CBF na Câmara e quer a saída da dupla do comando da entidade.

Não sei se uma CPI ajudaria, já houve duas investigando a própria CBF depois da Copa de 1998 e Ricardo Teixeira saiu mais fortalecido do que antes de elas começarem. Mas continuo insistindo que o papel da entidade, que trata a seleção brasileira, um produto nacional, como se fosse sua e faz dela o que bem entender, deveria ser rediscutido.

A seleção é importante demais pra ter ficado mais de duas décadas nas mãos de Teixeira e agora ficar nas de Marin e Del Nero. Segundo o Baixinho, “esses incompetentes da CBF acertaram pelo menos uma vez”, referindo-se à demissão de Mano Menezes. Concordo que acertaram ao sacar o técnico, cujo trabalho foi extremamente ruim, desperdiçando mais de dois anos de preparação do Brasil para a Copa de 2014. Gosto de Luiz Felipe Scolari, ele tem a experiência que faltava a Mano, mas ainda assim preferia ver uma inovação na seleção. Preferia ver um Pep Guardiola, mas a atual direção da CBF é conservadora demais pra arriscar uma aposta como seria a contratação do espanhol. Completando: conservadora e arcaica.



  • Fabrício Mendes

    Assino embaixo, João. Parabéns pelo blog, tenho acompanhado, você é um dos poucos que respondem aos internautas.

    • janca

      Valeu, Fabrício. Respondo sempre que possível, embora não pra todos, alguns usam esse espaço para canalizar suas neuroses, agressividade e outras coisas mais… Escondidos pelo anonimato fica fácil…

      • flavio

        Meu nome é Flavio e para mim você é um jornalista torcedor de um certo time que trabalha sempre nos bastidores e não preciso me esconder para dizer isto. Só acho que como jornalista você deveria ser um pouco mais profissional! Mas eu entendo que é duro aceitar que pessoas menos abastadas financeiramente torçam para um time que incomoda o seu e seus seguidores, os quais tradicionalmente odeiam pobres assim como a diretoria de seu time também odeia!!

        • janca

          Não precisa se esconder e não coloca sobrenome, usa e-mail como “ursão”? Não entendi exatamente seu comentário, mas se está insinuando que a torcida do Corinthians (foi isso o que entendi) é menos abastada financeiramente você está muito mal informado. O Corinthians é o time que tem a torcida com maior potencial de mercado do Brasil. Lamento que você viva preso em preconceitos.

  • Mario

    CPI é p/deputado aparecer na tv,jornal e etc (sem falar q o gov vai bloquear qualquer cpi hj) ,se o deputado Romario fosse serio já tinha feito pelo menos uma meia duzia de projetos de lei p/fiscalizar a CBF , feito uma pressão no Ministerio Publico Federal , PF etc p/fazer devassa em tudo e usado todo esse espaço q tem midia para aprovar as ações,invez de ficar acusando e nunca provar nada,o Romario descobriu qnd pode ser lucrativo bater nos cartolas da boca p/fora, sem falar q o RT caiu e no dia seguinte já estava abraçando o Marin.
    bom felipinho pode ganhar a copa igual ao Dunga, Murricy , Abel e Tite vai ser mais do mesmo futebol de resultados chato e acho q ele vai convocar o Felipe “Pit Bull” Melo q é bom jogador qnd ñ perde a cabeça na sua primeira convocação.

  • sandrofla

    Tenho minhas dúvidas quanto a Felipão ser hoje o melhor nome. Também prefiro o Pep Guardiola mas paciência, é o Marin não é mesmo?
    Vou torcer para que dê certo.

    • janca

      Apostaram na experiência, Felipão e Parreira, embora eu ainda confie mais no trabalho do ex-técnico do Palmeiras.

  • Claudio

    Quem diria hein Janca!!!!
    Romario elogiando seu desafeto Felipão
    Realemente o mundo da voltas mesmo…
    Felipão rebaixou o Palmeiras e foi premiado com a escolha de tecnico da seleção..
    É um jogo de interesses por todos os lados…Concordo com vc..Em varias enquetes o Pep Guardiola foi disparado a elhor escolha,mas a soberba de alguns dirigentes fala mais alto..
    Felipão pode ate dar certo,mas com sucessivos fracassos ao longo de sua carreira duvido muito que de certo..E mais,ganhar uma copa com Rivaldo e Ronaldo é totalmente diferente dessa safra de jogadores medianos que tem hoje..Tite pra mim é muito mais experiente que o Felipão,alem do mais o tecnico corinthiano esta numa fase melhor..Eu tinha esperanças que o Guardiola daria uma cara pra seleção,mas a corja da cbf é quem manda..Seleção nunca mais.

    • janca

      Dos técnicos brasileiros minha primeira opção seria o Luxemburgo, se bem que sei que muita gente é contra. O Felipão seria a segunda. Muricy ainda acho verde pra dirigir a seleção. Mas com o Marin, conservador como ele só, seria difícil apostar em Guardiola, pra mim ainda o melhor nome pra comandar a seleção.

  • Claudio

    Ja imaginou se ele mexer ness base feita pelo Mano..Do jeito que é vai querer impor uma filosfia que não tem nada a ver com essa base que vinha dando certo…Do jeito que vejo o Felipão escalar alguns times o seu ego fala mais alto…Chega de Felipes Mello da vida,Kleberson,Julio Batista…Seleção foi sua época em que dava frutos.
    Hoje eu acompanho mais o meu time que essa amrelinha sem estrelas.

  • Vaz

    Romário hora apóia, hora crítica. Política e futebol nunca resultaram em nada de bom. Neste momento temos mais um escândalo envolvendo políticos, ascessores e funcionários públicos que por si só já merecem uma CPI, propor CPI para CBF é brincadeira. Faça um pacote com suas acusações, junte as provas ou índicios e ofereça denuncia ao Ministério Público que é o lugar para isso. Romário foi um grande jogador mas nas suas atitudes pessoais não tem nada que o abone, ao contrário, não tem seriedade e seus atos e posturas já levaram diversas vezes aos tribunais como agredir junto com capangas a um torcedor, agressões morais gratutitas como as que fez com Zagalo e Zico, questões legais com impostos e suas ex-mulheres. Desculpe mas não dá para aplaudir com este curriculum. O fato de ter razão não lhe dá moral para cobrar nada até porque enquanto foi conveniente apoiou as lamentáveis figuras de Marin e Del Nero.
    Aproveitando e assistindo a escolha de Felipão com Parreira de surpevisor como ficou a tal renovação total da seleção? Era óbvio que no Brasil acabaria após 3 ou 4 resultados adversos da seleção. No início havia um veto a qualquer jogador da seleção de 2010 (não que concorde), depois Mano foi criticado por não convocar os vetados que derrepente foram liberados e agora voltamos ao passado. Para os que gostam de suspestição fica a informação: Zagalo depois de campeão em 1970 como técnico não conseguiu mais o mesmo feito em duas oportunidades, com Parreira aconteceu o mesmo e agora acharam que o Felipão vai repetir o passado.
    Outra questão e que já começa tudo errado é o fato que além dos personagens pouco recomendáveis envolvidos mostra a falta de ética e moral ao tratarem com um técnico enquanto outro ainda era o titular (depois estes mesmos técnicos falam de respeito) e para piorar a mentirosa declaração do Felipão na TV para quem quiz ouvir que não foi procurado e que não estava negociando com a CBF e nem pretendia o fazer e que poderiam cobra-lo com aquele ar pretencioso e arrogante que lhe é peculiar, passados 2 dias o que vemos é o cara como técnico. Como acreditar em um mentiroso?

    • janca

      E CPI por CPI vimos o que aconteceu (ou não aconteceu) na do Cachoeira…

  • Ton

    Acredito que o Romário é uma das poucas pessoas no Brasil envolvida com política que não tem medo nenhum de falar o que pensa……

    Sobre o Técnico da seleção, Guardiola era a chance de resgate do tradicional futebol arte da seleção canarinho, com Felipão teremos o mesmo futebol pragmático dos últimos anos, futebol de resultados focado na marcação.

    Nunca gostei do Felipão e torco para que ele não dure até a Copa!

  • Flavio Rodrigues

    Discordo dessa história de time pronto agora, pra mim, isso é errado, e ainda bem que não tinha um arremedo de time como vc fala (que eu acho um exagero), pq não se forma um time com mágica, e se forma, tem algo errado. Guardiola, Mano, Felipão, no fundo tanto faz, o problema é estrutural… o trabalho de um técnico aqui no Brasil é avaliado mais por gosto pessoal do que pelo trabalho em si… esse Guardiola deve ter poderes mágicos pelo que clamam por ele, queria que viesse mesmo pra ver o que ia fazer com menos de dois anos pra Copa, em um time que se encontra pouquíssimas vezes, queria ver esse cara fazer a seleção jogar como o Barcelona, não que não possa fazer, poderia pra 2018 talvez, aí seria legal, eu seria a favor, mas aqui não se pensa assim, agora, assim tão rápido, eu cortaria minha mão esquerda fora se ele conseguisse, e olha que sou canhoto… a dupla Felipão e Parreira foi uma escolha coerente pra se montar um time em tão pouco tempo, já que cortaram um trabalho ao meio… Pelo menos moral eles tem, os chiliques serão menores e talvez eles trabalhem com um pouco mais de sossego… Contagem regressiva pra Copa, com um pouco de sorte e o Neymar inspirado, podemos ganhar sim, como ganhamos outras Copas, exclusivamente pelo talento de chutar a bola que eu ainda acho ser acima dos outros, capacidade e competência de administrar a gente não tem nenhuma…

    • Flavio Rodrigues

      E o Romário só percebeu agora que o Marin é isso que ele falou, será que o Romário é tão inocente assim? Primeiro elogia pela saída do Mano, depois critica porque não teremos técnico no sorteio, não sabe o que quer, sou sabe muito bem? Não caio nessa…

      • janca

        Não é tão inocente, não. Quando o Marin se aproximou da Record antes da Olimpíada o Romário, que comentou os Jogos para a emissora, era só elogios aos dois (Marin/Del Nero), basta lembrar de uma entrevista que deu para a “Caros Amigos”. Depois as coisas mudaram…

  • Roberto Junior

    Janca, boa noite.

    Como foi assunto do espaço, faz pouco tempo, acho bacana o registro do fato exposto pelo ótimo Lúcio de Castro nesse post: http://espn.estadao.com.br/post/295714_caixa-nega-acesso-ao-contrato-com-corinthians

    Fica a humilde sugestão pra um post de sua autoria a respeito do ocorrido.

    Abs.

  • Leonardo

    Janca, esses últimos dias tenho andando com um sentimento estranho, daqueles que sempre nos remetem ao passado. Esses dias lembrei da famigerada charge, na qual o hoje Deputado homenageou Zagallo e Zico na porta de um banheiro em seu bar, na Barra, pois não o convocaram para a Copa de 1998. O desenho, bem feito diga-se de passagem, foi parar na Justiça e deu muito o que falar. De lá para cá se passaram 14 anos e ainda fica a pergunta? Entre tantos erros e acertos que segura o papel para o Romário? Quem segurará o papel para o Felipão?
    Abraço

    • Leonardo

      E digo mais, acredito que a verdadeira poesia se faz de boca calada, pois nunca ninguém apontou ao Marin e disse: – você é o cara!

      Citando por vias tortas o excelentíssimo representante do povo.

    • janca

      É… Tem muita coisa que nos remete ao passado. Marin, que ganhou a presidência da CBF de presente, vice de Maluf nos tempos da ditadura, Del Nero, que não representa nada de novo no futebol, Parreira, que perdeu como perdeu a Copa de 2006 e fez um papelão na África do Sul em 2010… Mas apostaram no conservadorismo e na experiência. Espero que dê certo. Felipão e Parreira acho mais competentes e preparados do que Mano, muito verde pra dirigir a seleção.

      • Leonardo

        É Janca, por falar em passado acredito que já possamos falar para essa nova geração: Sou do tempo em que o técnico da seleção era o campeão e não o rebaixado.

        Afinal de contas, qual foi a participação do Felipão no título da Copa do Brasil (uma miragem no deserto verde) e no rebaixamento. No Chelsea o que ele fez? No “mundo uzbeque”?

        O Mano Menezes é um técnico fraco, mas o Felipão é um técnico atrasado e teimoso, que digam meus amigos palestrinos.

  • José Henrique

    Parabens pelo comentário. Romário acordou. Até agora estava dormindo. Gostei demais da sua ironia.
    Estava dormindo, quando acordou, olhou e: “Ué? Cadê a minha escada que eu estava subindo em cima, que era o Mano e o Sanchez?”
    Tiraram? E agora? Onde eu me seguro?
    Resposta: Segura na broxa!!
    Grande Marin. Fez tudo o que o Romário queria, e calou os criticos.
    Vão falar de quem agora?
    Do Marin? Certamente para não largarem da broxa.
    Só que bem mais light agora, afinal pelo menos um defeito ele não tem.
    Não é corinthiano né?

    • flavio

      Graças a Deus que esse canalha, filhote da ditadura e alcaguete não é corinthiano. Somente canalhas para gostarem destas pessoas. Eu tenho nojo deste tipo que se veste bem, rouba à vontade protegido pela idiotice de alguns e torce para o timeco dos engomadinhos e arrogantes que ganham tudo nos bastidores e obviamente são protegidos pela imprensa ROSA.

    • janca

      Marin calou os críticos? Com todo respeito, só se calou você. A meu ver ele foi covarde, ficou com medo de apostar numa mudança radical, da qual precisávamos, que seria a contratação do Guardiola. Optou pelo conservadorismo. É um péssimo político e um péssimo dirigente. E você, pelo jeito, como tantos outros, tem uma visão muito clubista, que não leva a lugar nenhum. Qual o problema se ele torcesse para o Corinthians? Desde quando isso é defeito?

      • José Henrique

        Claro que calou? O que você está achando da fase “paz e amor” do “dorminhoco” Romário?
        Está feliz da vida por ter conseguido o seu objetivo. Aliás a mídia hoje pega leve com a Cbf e Marin, porque agora, (segundo os energúmenos de plantão)’ “sem Mano e Sanchez, haverá mais transparência nas convocações)”

        O que significa isso, se não rasgar seda ao Medalha?

        Conseguiu calar Romário, e até ganhar elogio.
        Quer um exemplo?

        Responda você, se está melhor agora, mais “transparente” com
        Felipão?

        Pensa bem antes de responder, para não entrar em contradição, certo?

        • janca

          O Romário não só calou como elogiava Marin e Del Nero, mas hoje tem atacado a dupla, por isso que disse que acordou. Quando eu disse que sem Mano e Sanchez haverá mais transparência nas convocações? Se dissesse isso, estaria colocando em xeque as lisuras das convocações anteriores e não estou. Não trato da relação de Mano com empresários porque acho insinuações maldosas e não tenho prova de nenhuma irregularidade nas convocações. O que discuto é a maneira como ele dirigia a seleção e tenho esse direito. Prefiro o Felipão por ser mais experiente e menos cru para o cargo, digamos assim, mas, por mais que me questionem, o técnico brasileiro que eu preferia ver no comando da seleção era o Luxemburgo. E ó que fui um dos maiores críticos da gestão dele quando cobria a seleção pela “Folha”. Mas acho que ele deve ter aprendido com o tempo e merecia uma segunda chance. Mas quem eu queria mesmo ver no comando do Brasil era o Guardiola e acredito que Marin errou ao não o chamar. Fez mais do mesmo.

  • Felipão nunca foi treinador! Ganhou uma Copa mais fácil do que campeonato estadual no Acre.

    • janca

      Mas fez outros bons trabalhos, inclusive comandando Portugal na Euro de 2004 e na Copa de 2006.

  • alessandro

    BOA NOITE JANCA,NAO GOSTO DO ROMARIO COMO DEPUTADO,PRA MIM E MAIS UM DAQUELES QUE TA SEMPRE AO SABOR DOS VENTOS DA MIDIA,DAQUELES QUE SOLTA SUA OPINIAO DE ACORDO COM A OPINIAO PUBLICA TALVEZ INTERESSADO NA CARREIRA POLITICA EM CONQUISTAR FUTUROS VOTOS!!!!!!!!QUANTO AO MARIN E AO MARCO POLO 10 ENTRE 10 PESSOAS QUEREM ELES FORA DA CBF,AMBOS CHEIRAM A NAFTALINA!!!!!

    • alessandro

      E POR NOS CARGOS DA SELEÇAO FELIPAO,PARREIRA E AMERICO FARIA E DE MATAR QUALQUER UM E O CUMULO DO ATRASO!!!!!!!!SE O MARIN POR ESSES TRES JUNTOS SERA A RECEITA IDEAL PARA A PERDA DA COPA!!!!ALIAS PRA MIM ESSA COPA JA ESTA PERDIDA HA MUITO TEMPO!!!!

      • janca

        Américo Faria pela enésima vez não dá mesmo, Alessandro, tem toda razão.

    • janca

      Pode até ser _em relação ao Romário_, mas alguém tue falar alguma coisa. E pelo menos ele tem bradado contra COB, CBF… Havia ficado decepcionado quando começou a elogiar Marin e Del Nero, mas de uns tempos pra cá mudou de postura. Felizmente.

  • Daniel

    Concordo com a opiniao do Claudio,”o magnetico”!

  • lee

    hum..deletou o outro tópico polêmico sobre o andrés, janca?

    em relação ao romario, acho que apesar de exagerar um pouco, acredito que é um dos poucos que realmente pode descer a lenha…de uma forma mais pesada, ja que fez muito lá dentro das 4 linhas, mesmo tendo cargo público (quem votou nele já conhecia a figura)

    pra mim romário é dez!

    • janca

      Não deletei nada, trata-se de outro post, Lee, que continua aí. Sobre o Andrés apenas dizia que Marin e especialmente Del Nero tentaram humilhá-lo ao máximo pra que pedisse o chapéu, mas muitos não entenderam assim e acham que ele segue forte na CBF, o que não é verdade. Tanto que está se retirando. Talvez pra voltar fortalecido depois. Quanto ao Romário não se trata do que fez ou deixou de fazer dentro das quatro linhas, agora a questão é como ele está agindo fora. E tem sido um dos poucos a colocar a boca no trombone. Fez isso com o Mano, fez isso com o Teixeira, fez isso com o COB e depois de passar a mão na cabeça de Marin e Del Nero está fazendo isso com os dois também.

  • TRI MUNDIAL DOOM

    Nao sei se seria o caso dee CPI, Marin foi o unico q resolveu ajudar a terceira divisao pagando passagens pra cclubes sem dinheiro,parte daqueles contratos milionarios q a CBF consegue e ninguem ve o dinheiro…
    Ja o tecnico, nao tendo convocacao estranhas eu prefiro q um tecnico brasileiro enfrente a Espanha, para quem sabe o brasileiro voltar a torcer por selecao….eu nao torco desde a final de 2002 e torci pq chegou na final, senao nem assim….

    • janca

      A CBF tem a obrigação de ajudar a cuidar das Séries C e D e explicar os contratos que envolvem a seleção, que é um patrimônio mundial, os pagamentos da entidade, inclusive ao ex-presidente Ricardo Teixeira, a terceirização dos amistosos do Brasil para uma empresa estrangeira… Não acho que seja caso para uma CPI ou que uma CPI resolva, mas o modo de funcionamento da CBF (e do COB também, diga-se de passagem) deveria ser rediscutido. Por governo e sociedade civil. A seleção é importante demais pra ficar nas mãos de Marin e Del Nero ou de Andrés e Teixeira.

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo