O Galo e o STJD



O Superior Tribunal de Justiça Desportiva segue firme na denúncia contra a torcida do Galo. No domingo passado torcedores do Atlético-MG fizeram um mosaico com as letras C, B e F viradas ao contrário e levando as cores do Flu, num protesto contra suposto favorecimento da arbitragem ao time do Rio.

Antes de mais nada acho que a teoria da conspiração _de que a arbitragem estaria empenhada em dar o título aos cariocas_ não procede, mas não vejo o porquê de os torcedores mineiros não poderem protestar.

Segundo Paulo Schmitt, procurador-geral do STJD, a liberdade de expressão tem limites, pois é vedado o anonimato e o torcedor que protesta se esconde nas arquibancadas sem dar a cara a bater. Responsável pela sua torcida, o Atlético corre o risco de ter de pagar até cem mil reais de multa pela crítica irônica à CBF.

No caso da torcida do Galo não vejo incitação à violência. É o direito de protestar. Um direito que cabe a seus torcedores, que estão indignados com a CBF e a arbitragem e decidiram se manifestar civilizadamente. Não vi nada de mal no protesto de domingo. Como não vi nada de errado numa faixa que torcedores do Náutico levaram aos Aflitos e que teve de ser retirada, dizendo que o time não seria derrubado pela arbitragem _no jogo anterior havia sido prejudicado contra o Flu.

O STJD deveria repensar seu papel e seu mecanismo de funcionamento, porque não é de hoje que tem criado problemas para o nosso futebol. Até entendo que nossa Justiça anda mal das pernas, vide o próprio STF (Supremo Tribunal Federal), com um ministro dizendo que outro se comporta como advogado de defesa de réus, o que é gravíssimo _se procedente, o que ele, o suposto advogado dos réus, está fazendo lá? Se improcedente, quem fez a acusação tem de se explicar melhor, não apenas dizer que se excedeu…

Voltando ao mundo da bola, vale lembrar que torcedores do Galo já ensaiam outro protesto na quarta, no jogo contra o Flamengo. E não é que dessa vez o alvo não deve ser só a CBF? O protesto planejado é contra o próprio tribunal. Até agora os protestos têm sido pacíficos, espero que continuem assim. pois se deixarem de ser, o Atlético, aí sim, perde a razão.



MaisRecentes

O discurso de Tite



Continue Lendo

A reeleição de Galiotte



Continue Lendo

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo