O Galo e o STJD



O Superior Tribunal de Justiça Desportiva segue firme na denúncia contra a torcida do Galo. No domingo passado torcedores do Atlético-MG fizeram um mosaico com as letras C, B e F viradas ao contrário e levando as cores do Flu, num protesto contra suposto favorecimento da arbitragem ao time do Rio.

Antes de mais nada acho que a teoria da conspiração _de que a arbitragem estaria empenhada em dar o título aos cariocas_ não procede, mas não vejo o porquê de os torcedores mineiros não poderem protestar.

Segundo Paulo Schmitt, procurador-geral do STJD, a liberdade de expressão tem limites, pois é vedado o anonimato e o torcedor que protesta se esconde nas arquibancadas sem dar a cara a bater. Responsável pela sua torcida, o Atlético corre o risco de ter de pagar até cem mil reais de multa pela crítica irônica à CBF.

No caso da torcida do Galo não vejo incitação à violência. É o direito de protestar. Um direito que cabe a seus torcedores, que estão indignados com a CBF e a arbitragem e decidiram se manifestar civilizadamente. Não vi nada de mal no protesto de domingo. Como não vi nada de errado numa faixa que torcedores do Náutico levaram aos Aflitos e que teve de ser retirada, dizendo que o time não seria derrubado pela arbitragem _no jogo anterior havia sido prejudicado contra o Flu.

O STJD deveria repensar seu papel e seu mecanismo de funcionamento, porque não é de hoje que tem criado problemas para o nosso futebol. Até entendo que nossa Justiça anda mal das pernas, vide o próprio STF (Supremo Tribunal Federal), com um ministro dizendo que outro se comporta como advogado de defesa de réus, o que é gravíssimo _se procedente, o que ele, o suposto advogado dos réus, está fazendo lá? Se improcedente, quem fez a acusação tem de se explicar melhor, não apenas dizer que se excedeu…

Voltando ao mundo da bola, vale lembrar que torcedores do Galo já ensaiam outro protesto na quarta, no jogo contra o Flamengo. E não é que dessa vez o alvo não deve ser só a CBF? O protesto planejado é contra o próprio tribunal. Até agora os protestos têm sido pacíficos, espero que continuem assim. pois se deixarem de ser, o Atlético, aí sim, perde a razão.



  • Bruno

    Atlético é o botafogo que fala uai.

  • Vaz

    “liberdade de expressão tem limites” esta é a democracia CBF/STJD. Nos anais das besteiras ditas no meio “futebolístico” esta ganha o primeiro prêmio. Liberdade de espressão só tem limites quando passa da opinião para a difamação, neste caso cabe a prova, se não ocorrer o denunciante sofre as sanções legais por difamação e calúnia.
    O caso da torcida do galo reflete mais uma vez (vou procurar não citar mais o fato) é consequência da leviandade dos personagens do futebol. Denuncias de esquemas e compra de resultados ocorrem em todas as rodadas mas não provam nada.
    O que faz o STJD? No caso do Emerson Sheik mandou 7 jogos de suspensão pelas asneiras que falou ao árbitro em outras ocasiões, estas colocações que ocorrem por técnicos e jogadores em quase todas as partidas de futebol passam em branco. No domingo passado um jogador do Grêmio entrou em campo e com 42 segundos mandou uma cotovelada na cara do adversário, foi expulso e saiu para quem quisese ouvir que o juiz estava comprado, fazia parte do esquema do Flu e por aí vai. O que aconteceu no STJD? Nada. São dois pesos e duas medidas e diante disso, atribuo eu ao STJD a responsabilidade por este festival de difamações, ilações, insinuações e ma fé mesmo.
    Quanto a torcida do Galo tem o direito de criticar (e esta foi críativa) mas também o faça em relação aos dirigentes e atletas do clube pois não se ganha e não se perde campeonato em uma jogada ou em um jogo, são 38 rodadas e para quem estava na dianteira disparado já campeão virtual (como gostam destes termos) e agora a 6 pontos atrás (deixou de ganhar 15 pontos em 12 rodadas) não dá para reclamar de árbitros e nem de esquemas.
    OBS: Diante da pérola do ilustre procurador que quer punir o Atlético pelo fato de torcedores se esconderem atrás do anonimato que o faça também em relação a Internet pois é o que se fala nas Redes Sociais em relação a eles! Que tal processar também todos os provedores de conteúdo, o Google, You Tube, Facebook etc… Como gostam de tentar censurar, acorda Brasil que os caras só querem comportamento subserviente e nada de críticas aos deuses do Olímpo que se instalararm na CBF, COB, Federaçãoes, governos, partidos…..

    • janca

      A internet, de fato, é um meio muito complicado, inclusive pelo anonimato, Vaz. Sobre liberdade de expressão acho que o limite, como você mesmo diz, é quando passa da opinião para a difamação ou incita práticas criminosas, propagando movimentos racistas e/ou xenófobos ou ainda induzindo à perseguição de determinados grupos sociais. Não acho que tudo possa ser dito, não, embora esteja muito longe de ser defensor da censura. Mas não vejo como isso se aplique às manifestações da torcida do Galo ou do próprio Náutico neste segundo turno.

  • Ivan Mello

    Estão criando um mito. O Fluminense tem de se posicionar contra essa criação da imprensa, dirigentes e às vezes até jogadores. Isso leva a um estado de pressão muito grande. Tivemos um jogão domingo, o Atlético venceu merecidamente, mas o clima era de ódio, de raiva”.

    Bem, quero expressar publicamente o meu total apoio ao dirigente do Flu! Concordo e assino embaixo, só que vou um pouco mais além do que ele disse, afinal, acredito que isso seja um problema cultural do povo brasileiro, que defende os “coitadinhos” e ataca os que fazem sucesso! O próprio Neymar é um exemplo disso. No mundo inteiro ele é ovacionado, mas, aqui na sua própria casa, ele é questionado, vaiado e chamado de pipoqueiro. Vivemos num país onde os valores estão invertidos, as pessoas têm mais pena de quem mata, do que de quem morre! Se for rico então, pior ainda!
    Também concordo que o Flu em algumas partidas acabou sendo de certa forma beneficiado por erros de arbitragem, porém, foi assim com os outros 19 clubes desse Brasileirão! Houve acertos e erros para todos, mas, prefiro ressaltar aqui a qualidade do time do Fluminense, que em 33 jogos teve apenas três derrotas, a equipe que mais venceu fora de casa, a defesa menos vazada, o melhor goleiro do Brasil na atualidade, o artilheiro isolado, o Deco, Thiago Neves, Wellington Nem que está jogando muito, Abelão, enfim, questionar um time como esse e com uma campanha como essa, ou o cara é totalmente leigo em futebol, ou é gente querendo iludir o torcedor tentando tirar o foco da própria incompetência!

    • janca

      E tem uma coisa importantíssima, Ivan. Um campeonato não se decide em um jogo, não um como o Brasileiro, com 38 rodadas e disputado por pontos corridos. Querem tirar o mérito do Fluminense, que faz uma belíssima campanha e está na posição em que está porque fez por merecer, não devido à arbitragem. Tanto que o Galo venceu domingo e o gol de Ronaldinho Gaúcho, anulado pela arbitragem, foi ilegal mesmo. Ou seja, bem anulado, pelo menos a meu ver. O que não significa que a torcida do Galo não possa protestar, desde que não com violência. Com violência jamais.

      • Vitor

        PS: Ivan copiou totalmente a coluna do Benja. Crie sua própria opinião ou pelo menos mude o texto para não dar tanto na cara!!!

        • Trapizomba

          Pode crer hahahaha….Tvz seja o Benja usando um outro nome? Dificil…

  • PARA O VAZ:CONCORDO EM GENERO E NUMERO A SUA COLOCACAO.O GALO(QUE NAO E DOS MEUS PREFERIDOS)DEIXOU VARIOS PONTOS MAS TAMBEM FOI GARFADO,VIDE CASO RONALDINHO(SUSPENSO POR TV)SERA QUE O FRED,QUE AGREDIU O JOGADOR DO GALO SERA SUSPENSO????????????????E O SHEIK,7 JOGOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    PARA O JANCA:TUDO BEM,CARA?EU ACHO QUE VOCE,COMO JORNALISTA,TEM QUE TENTAR NAO BOTAR MAS LENHA NA FOGUEIRA,ESTA CERTO.MAIS EU POSSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!E OBVIO QUE TEM ESQUEMA,COMO FAZ MUITO TEMPO FAZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!INCLUSIVE MEU CORINTHIANS FEZ PARTE ALGUMAS VEZES.DEPENDE DOS INTERESSES DA CBF/SPONSORS.TE MARCO ALGUNS:RONALDINHO FOI SUSPENSO JUSTO QUANDO O GALO LUTAVA PALMO A PALMO COM O FLU.O FRED AGREDIU O JOGADOR DO GALO,TODO MUNDO VIU NA TV.O QUE VAI A ACONTECER?NADA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!VOCE OUVIU AS DECLARACOES DO CIDADAO DEPOIS DO JOGO??????????????????O SHEIK PEGOU 7 JOGOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!E O FRED NADA!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    SELECAO BRASILEIRA,TODOS COVOCADOS,DEDE,PAULINHYO.RALF,NEYMAR,LUCAS,EMFIM,TODOS,MAS O FRED E O CAVALIERI,CASUALMENTE,A GRANDES FIGURAS DESTE FLU,EXTRANHAMENTE,NEM FALADAS FORAM.E OLHA QUE O FRED,NO MOMENTO E BEM MELHOR QUE O DAMIAO E O LUIS FABIANO.O MAIS ESTRANHO E QUE VARIOS TIMES QUE PEDERAM SUAS FIGURAS PRA O MANO,TINHAM JOGOS COM O FLU.JA TIVEMOS COISAS EXTRANHAS,COMO A QUANDO O CORINTHIANS GANHOU EM 2005,A ENTREGADA DO INTER AO GOIAS,PALMEIRAS E SP AO FLU,TIMAO AO FLAMENGO,OS 13 JOGOS SEGUIDOS NO MARACANA DO MENGO QUANDO FOI CAMPEAO,OS PENAIS E FORA DE JOGO FANTASMAS,ASSIM COMO GOLS IMPEDIDOS,PARA SALVAR O MENGO DO REBAIXAMENTO,A SALVADA MILAGROSA DO FLU,QUANDO TODO MUNDO JA O TENIA MORTO,COM VARIOS JOGOS EXTRANHOS,A VOLTA A PRIMEIRA DESDE A SERIE C,SEM ESCALAS,A ARBITRAGENS DAS ULTIMAS PARTIDAS,ESPECIALNEBTE DA PONTE E SEGUE A CONTA.BEM,EU POSSO ATE CONCORDAR QUE O FLU NAO TEM CULPA,QUE TUDO E COINCIDENCIA E QUE A CBF NAO TEM ESQUENA NENHUM,MAS QUE A MESMA CBF NAO TENTA EVITAR AS SUSPICACIAS,A ISSO NAO TENTA MESMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    MARIO CARRANZA

    • janca

      Quem coloca lenha na fogueira é você, que diz haver um complô pró-Flu. Irresponsabilidade total. Tem alguma prova??? O seu “achômetro”, com todo respeito, não está com nada. É irresponsabilide pura.

      • Renato

        Mario Carranza escreve em maiúsculas uma besteirada, o cara tá de fogo. Dizer que há complô contra Flu e depois dizer que não há, é tudo coincidência, para de beber, mano.

      • MEU FILHO,VOCE LEU A MENSAGEM?????????????????EU DISSE”VOCE COMO JORNALISTA TEM QUE TENTAR NAO BOTAR MAIS LENHA NA FOGUEIRA”COMPLETEI:ESTA CERTO,ENTENDEU????VOCE ESTA CERTO E DISSE MAIS”EU POSSO”EU,MARIO CARRANZA POSSO FAZER ISTO POR QUE NAO SOU JORNALISTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!EU JAMAIS DISSE QUE VOCE BOTOU LENHE NA FOGUEIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!PELO AMOR DE DEUS,PRASTA ATENCAO,PARA QUE NAO SEJA XINGADO POR CERTOS BOCOS QUE AS VEZES ESCREVEM E NAO CONHECO.JAMAIS INSULTO NINGUEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
        MARIO CARRANZA

        • janca

          Desculpe, mas sigo sem entender o que você escreveu. “Você, como jornalista, tem que tentar não botar mais lenha na fogueira.” E depois escreveu: “Jamais disse que você botou lenha na fogueira.” Ficou meio (meio = a muito) confuso. O jornalista tem que evitar assuntos espinhosos, é isso? Tem que tentar apagar incêncios? Desculpe, mas não consegui entender. E tampouco insultei alguém.

      • MEU FILHO,VOCE LEU A MENSAGEM?????????????????EU DISSE”VOCE COMO JORNALISTA TEM QUE TENTAR NAO BOTAR MAIS LENHA NA FOGUEIRA”COMPLETEI:ESTA CERTO,ENTENDEU????VOCE ESTA CERTO E DISSE MAIS”EU POSSO”EU,MARIO CARRANZA POSSO FAZER ISTO POR QUE NAO SOU JORNALISTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!EU JAMAIS DISSE QUE VOCE BOTOU LENHA NA FOGUEIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!PELO AMOR DE DEUS,PRASTA ATENCAO,PARA QUE NAO SEJA XINGADO POR CERTOS BOCOS QUE AS VEZES ESCREVEM E NAO CONHECO.JAMAIS INSULTO NINGUEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
        E COM TODO RESPEITO O SEU”ESTOU CERTOMETRO”TAMBEM NAO ESTA COM NADA!!!!!!!!!!!!!!!!
        MARIO CARRANZA

    • VENDO GALO CHORAO (Paraguaio Legítimo)
      Bichinho MUUUUUUITO manso (Há mais de 40 anos não bica ninguém…)

  • Ivan Mello

    E vão perder para o Flamengo !!!!!!!!

  • Lucas Mansur

    Janca, uma coisa é protestar, outra é acusar.

    Poderiam ter colocado o mosaico escrito CBF em verde e amarelo, em tom de protesto pelo amadorismo que rola na organização. Mas no momento em que colocam as cores do Fluminense, estão acusando o clube carioca de participar de um complô e consequentemente, queimando o nome do mesmo.

    O direito de expressão existe, desde que não afete terceiros, ainda mais sem vc ter provas do que está falando.

    Vc acharia justo eu criar um site te chamando de ladrão?! Ou fosse nos programas “ao vivo” e te acusasse de milhares de coisas?! Te garanto que vc iria no mínimo, me processar por danos morais. Pois estou dizendo coisas que não existe e não tenho como provar.

    A CBF está agindo da mesma maneira. No caso, ao invés dos danos morais, pede uma punição ao STJD.

    Abraço,
    Lucas Mansur

    • janca

      Oi Lucas, mas o mosaico da CBF com as cores do Brasil não significaria muita coisa. Acho que podem usar as cores que quiserem, inclusive as do Flu. Não vi como uma acusação de que o Flu participa de algum esquema fora de campo, mas como uma insinuação de que está sendo favorecido pela arbitragem. E se está em primeiro lugar e o Galo não está não é por conta da arbitragem, mas porque o time carioca teve mais competência no segundo turno. Às vezes é mais fácil culpar os outros pelos nossos erros do que olhar pra nosso próprio umbigo. Abs. e bom final de semana pra você, Janca

      • Lucas Mansur

        Janca, vc não precisa escrever o nome do Fluminense para saber que se trata do tricolor carioca. Basta ver as cores usadas e os gritos de “vergonha”.

        E sim, no momento em que escrevem CBF com as cores do Fluminense, acusam um complô ou favorecimento INTENCIONAL. Basta ver nas redes sociais, blogs, etc. o pensamento dos atleticanos.

        Vc pode protestar da maneira que for, mas não acuse os outros sem provas. E isso não serviu de aprendizado e lá vai a torcida do Galo fazer um novo protesto, mesmo sabendo que pode acabar em punição. Nisso são punidos novamente e querem reclamar?!

        A verdade é que o Galo está criando situações para ser punido, justamente para aumentarem essa ideia de vítima…

        Abraço e bom final de semana.

        • janca

          Essa é sua interpretação. Qual a acusação? Que dirigentes do Flu compraram dirigentes da CBF? Qual é exatamente o complô que eu desconheço? Se você sabe e tem provas, maravilha, será uma grande contribuição para o futebol brasileiro.

          • Lucas Mansur

            Escrever CBF com as cores do Fluminense não é acusar ambos de fazerem complô não, que isso, rs… (Ironia)

            E sobre esse complô, assim como vc, eu também desconheço. Por isso quero a punição, acusar sem ter provas é mole.

            Não ficarei perdendo meu tempo debatendo isso. Mas é MOLE, criar um tumulto no nome dos outros (Ou nas cores, rs) e sair pelas portas dos fundos sem provar absolutamente NADA…

  • renato sá

    CBF e STJD são comandados por pessoas intimamente ligadas ao período da Ditadura, não me espanta essa forma censurativa e ditatorial que querem impor aos torcedores.

    Está certo o torcedor que não vai ao estádio, e está certo o torcedor que vai e protesta. Queria ver em todos os jogos protestos, faixas, mosaicos, gritos de ordem.

    Por essas e outras que o futebol, como um todo, anda chato, muito chato.

    • janca

      Como está certo o torcedor que vai e não protesta, afinal futebol ainda é diversão _ou também deveria ser, Renato. Mas concordo quando você diz que por essas e outras muitas vezes o futebol acaba se tornando cansativo. O “politicamente correto” em excesso cansa. Grande abraço, Janca

  • É notório o favorecimento aos times do eixo Rio-São Paulo. É certo também, que um campeonato não é decidido por um suposto erro de arbitragem numa rodada. O que pouca gente se atenta é que desde as primeiras rodadas as coisas vão acontecendo. E ainda, a cada jogo, desde os primeiros minutos, já começam a “amarelar” os adversários, de preferência os defensores. Façam uma estatística dos “erros” de arbitragem desde a primeira rodada, computem os favorecidos e vejam o resultado. Vale não só para quem está sendo favorecido para ganhar o título, como para quem está lutando para não cair. Apesar da “brilhante” campanha do Fluminense, virtual campeão (como está na moda dizer) deste torneio, faltando ainda cinco rodadas para o final, lembro que em 2003 o Cruzeiro (que não é do eixo) sagrou-se campeão com estas mesmas cinco rodadas de antecedência. Penso que, certamente, só conseguiu este feito, porque era a estréia do campeonato por pontos corridos. Se houvesse uma final entre o primeiro e o oitavo colocado, como havia, certamente, se fosse contra um time do “eixo”, duvido que o time mineiro seria campeão. Mas, hoje eles já ficaram velhacos, e começam a ajeitar as coisas deste o início. Depois reclamam do pouco público nos estádios, consequência da violência gerada por atos de indignação dos torcedores que se sentem prejudicados. Parabéns à torcida do Atlético por esta manifestação pacífica. É importante manifestar, mas, violência não leva a nada. Se uma manifestação pacífica gera poucos resultados, uma violenta só trará mais prejuízo.

    • janca

      Até aí o Palmeiras, que faz parte do eixo Rio-SP, considerou-se prejudicado pela arbitragem em alguns jogos do primeiro turno… É muito complicado quantificar erros de arbitragem, alguns ocasionaram faltas convertidas em gols, outros não, houve impedimentos não marcados contra A ou B, faltas invertidas, a questão dos cartões, acho muito fácil dizer que há notório favorecimento aos times paulistas e cariocas sem apresentar dados que confirmem isso. E você não apresenta. Quando o Cruzeiro foi campeão diz que só conseguiu isso porque era a estreia do campeonato por pontos corridos. Com base em quê? O nível da arbitragem está péssimo em geral. Veja a lambança do juiz hoje no Beira-Rio, a indecisão, a falta de postura, deixando os jogadores apitarem o jogo… Concordo, porém, que a torcida do Atlético tem todo o direito de se manifestar pacificamente e espero que os protestos, já que ela promete mais pra quarta, sigam assim. Pacíficos.

    • Cleber Gomes

      O Cruzeiro foi campeão em 2003 porque tinha o melhor time entre os 24 times e afirmo que o Flu “será” o campeão porque tem o melhor time entre os 20 em 2012. E vocês ,torcedores do Atlético-MG que estão lendo isto, ponham nas suas cabeças que se acham que existe esta diferenciação por parte do eixo Rio-SP, não esqueça que o Nordeste estaria sendo subjugado por vocês ,uma vez que o Bahia, por exemplo, tem o dobro dos seus títulos nacionais (Brasileiro de 59 e 88 contra o Brasileiro de 71) e aos olhos de todos não é considerado grande como acham que vocês são. E o Sport,hein? Tem 2 títulos nacionais (Copa do Brasil de 2008 e Brasileiro de 87 contra o Brasileiro de 71) ,exatamente o dobro também, e quero ver o torcedor Atleticano vir aqui e admitir: “-É, realmente somos menores que o Sport!”. Torcida? Tsc,tsc ! Duvido que nos últimos 20 anos, tenham colocado mais torcida no estádio que os baianos. Eles dão banho neste quesito em quase todos os times do seleto grupo dos “12 GRANDES”.É muito desespero vindo de BH. 41 anos é muita coisa e já deve ter subido para a cabeça. 41 anos é tempo suficiente de sofrimento para 2 gerações.Um filho de 20 anos que pergunta ao pai de 40 anos como foi quando o Atlético foi campeão, fica com a resposta no vácuo. Para ter uma idéia, meu filho de 2 anos nasceu e já viu o Flu campeão Brasileiro em 2010 e neste ano já o verá campeão mais uma vez.Tá certo, em Minas não tem mar e por isto vocês derramam um inteiro de lágrimas.Ah, e não fiquem muito felizes com o resultado de domingo passado não porque aquilo foi apenas um tropeço do Fluminense contra um adversário inferior.

      • Vander

        71 e a marca do Galo, marca da honestidade, da mineiridade, coisas que outros precisam ter. Os mineiros tem apenas 02 titulos nacionais, mas sobre estes titulos não respinga um pingo de dúvida. E de fato o Galo apesar de 1971, se manteu grande porque sua torcida esta entre a 04 do pais em motivação. Em vendas de camisas e payperview também. A grandeza de um time começa pela grandeza de sua torcida. Como disse o Bebeto de Freitas (Botafogo) O Galo tem um algo de enorme. O GALO está voltando para a alegria do Brasileirão. Como disse Juca Kfouri, Galo é o grito mais original de um estádio, que sai do fundo da alma. GALOOOOOO! Isso só nos temos. Por isso somos o GALO mais lindo do mundo. Porque será que times com tantos titulos tem menos mídia como o nosso hein? A torcida do GALO é um abraço.

      • FluminenC

        Em direito, existe uma teoria da árvore podre (tóxica, viciada), que diz que se a árvore é podre Tóxica, viciada), todos os seus frutos são podres Tóxicos, viciados). Ou seja, se os efeitos de um ato injusto forem detectados, todos os atos viciados daí em diante serão anulados, voltando as status quo ante (estado anterior). Se a CFFlu exigisse que os clubes que subiram da série C, sem passar pela B, voltassem para disputar a segundona, como seria HONESTO, DIGNO e DECENTE, valores que você deveria transmitir para seu filho de 2 anos, o FluminenC estaria disputando a ponta com o Criciúma.
        O orçamento dos últimos anos, com Libertadores e grandes contratações, não existiriam. O mesmo se pode dizer desta influência maligna sobre a arbitragem.
        É uma questão simples de análise de mercado. Quem entende um pouco de economia sabe que todos os esforços da GLOBO/CBF, são para transmitir e angariar nas praças de RIO e SP. São duas cidades com população gigantesca, mercado interno muito expressivo, e isto não deve mudar. Ou será que a CBF e o STJD são no Rio de Janeiro porque o aluguel lá é mais barato?
        Todos estão vendo o que está acontecendo e não adianta falar que erram para todos, porque há parâmetros claros de comparação.
        O gol de falta do Ronaldinho que anularam, o Fluminense fez um pior e não anularam. O SHEIK falou um pouquinho e tomou sete jogos, o FRED falou um monte e nada. Agrediu o jogador do Atlético e nada…
        Sinceramente… Faça uma estatística e divida o número de pontos marcados em cada brasileiro, pelo número de títulos. Ali você terá uma noção de quanto custa, em pontos, um título para cada time. Depois me diga qual é a média de pontos que um clube do EIXÃO precisa para ser campeão, em detrimento dos clubes do RESTO DO PAÍS.
        Abraços.

        • Trapizomba

          Se vc fizer uma estatistica dos ultimos 20 anos, verá que ninguem barra o Flamengo e o Corinthias em termos de “ajuda”.

          Ninguem. Temos que manter o povão feliz…

  • Carlobs Alberto

    Prezado Blogueiro,

    A torcida do Atlético, se excedeu, sim, a partir do momento em que utilizou as cores do Fluminense no mosaico. Isso foi ofensivo as tradições do clube, que não tem culpa da arbitragem ser cada vez mais vergonhosa nos campeonatos nacionais. Os árbitros erram, não só a favor do Tricolor Carioca, mas também, a favor de todos os outros. Os próprios chorões da vez, foram beneficiados. O engraçado é que, quando eram líderes, o mundo era uma maravilha! Quando perderam a liderança, é que começou o chororô. Só tenho uma coisa a dizer aos atleticanos: chora, chora, chora (galo vagabundo!).

    FLUZÃO TETRACAMPEÃO BRASILEIRO!!!

    • janca

      Concordo que os árbitros erram e não só a favor do Flu, mas confesso que não vi ofensa às tradições do clube no mosaico da torcida do Galo.

  • mauricio

    como torcedor do flu fico irado com essa idéia que é gerada pela mídia dos erros “a favor do flu”, principalmente por esta torcida do CAM. Tivemos empates com gols contra de mão (cruzeiro), impedido (santos), de falta que nao existiram (são paulo) entre outros! fizemos gols legítimos que foram invalidados por bandeirinhas (santos, cam sitando os mais claros) impedimento que esta mesma torcida diz que o juiz estava dando cartão a um jogador deles, mas basta vê que o juiz valida a decisão do bandeira na jogada. Esta mesma torcida nao fala que o apito ja ajudou eles contra ponte preta, bahia, portuguesa, e outros jogos com pênalti que ninguém sabe de onde saíram, gols maus anulados contra eles, expulsões em quase todos os jogos. mas como vc mesmo disse não falam da incompetência deles em muitos jogos. Pra mim já somos campeões! estou sempre no laranjal e o comprometimento dos jogadores com este titulo é muito grande, acima do normal. e isso pode se comprovado neste ultimo jogo, estão todos mordidos com esta história de complô o que a torcida, o cam, a mídia, jogadores fizeram foi dar um tiro no próprio pé, pois deram gás, oxigênio, combustível para busca este titulo mais do que nunca. e esta torcida que nao vê títulos a 41 anos ão ver o que esperam por eles no ano que vem nas arquibancadas!

    • janca

      Também acho que o título não escapa do Flu, que está fazendo por merecer, a campanha tem sido muito boa, basta ver a pontuação. Que não se deve a erros de arbitragem, os méritos são do time e do bom trabalho que faz o técnico Abel Braga.

  • Armando Lima

    Janca, o protesto da torcida do Galo foi pacífico e antes de tudo é um direito dela, estando certa ou errada. O torcedor comum enxerga o futebol com muita paixão, daí uma tendência natural achar que time A ou B estão sendo beneficiados ou prejudicados. O fato é que houveram mais erros de arbitragem que beneficiaram o Fluminense que o contrário, basta ver os lances contra Vasco, Náutico e Ponte Preta. Daí dizer que o Flu só vai ser campeão por isso é uma grande bobagem. O Fluminense tem um dos melhores times da América do Sul, brigou pela Libertadores e está na ponta do Brasileiro com méritos. Não está onde está por acaso. O Atlético sim, é que foi a grande surpresa do Brasileirão, pois ninguém acreditava que pudesse chegar onde está e tem uma belíssima equipe. De parabéns mesmo ao Galo e ao Flu e suas respectivas torcidas, pois nos presenteou com a melhor partida do campeonato em Minas e colocaram nosso futebol no mesmo nível dos melhores jogos do mundo! Seja quem for o campeão, será com méritos. E mesmo o vice, deverá ser enaltecido, pois estão resgatando o melhor do futebol brasileiro!

    • janca

      Concordo que o protesto da torcida do Galo foi pacífico, acho um direito que a torcida tem de se manifestar, mas como o torcedor enxerga o futebol pela paixão, já viu. Qualquer erro de arbitragem _e a arbitragem no Brasileirão vai de mal a pior_ dá uma confusão generalizada. A campanha do Galo também é das melhores, tanto que acho que o time termina com o vice-campeonato, o que não é pouco, não. Talvez seja pra quem criou tanta expectativa no primeiro turno e isso agora pode estar aborrecendo o torcedor que queria o título. Mas ele não vindo o problema está no início do returno, quando os mineiros caíram de produção.

      • Trapizomba

        O problema é que, por não estar em primeiro lugar com 6 pontos de vantagem, as pessoas fazem vista-grossa com a arbitragem em prol do atl-mg. No próprio jogo entre Flu x Atl, no primeiro tempo, o juiz deu 13 faltas a favor to ATL e apenas 2 a favor do FLU. Quem viu o primeiro tempo desse jogo sabe do que eu estou falando.

        Tá tudo muito bom, tá tudo muito bem (thanks Evandro Mesquita) mas o mosaico invertido apenas desvia a atenção da galera para a realidade: Se existe algum time que foi ajudado pelos sopradores, esse time foi o ATL. Não que os juizes sumariamente roubaram jogos para o ATL, mas a corda sempre arrebentava do outro lado.

        • janca

          Pelo menos você não diz que há conspiração pró-Galo, pois duvido que haja. Se houvesse o time estaria em primeiro, não em segundo. Como tampouco acho que exista um complô pró-Flu, time que lidera o campeonato pois tem apresentado um futebol extremamente competitivo. Até me provarem o contrário sigo não acreditando em bruxas.

  • Vitor

    O torcedor de cada clube se manifesta apenas quando seu clube é prejudicado (todos são prejudicados e ajudados também), porém se realmente quisessem um futebol justo, onde o melhor time fosse o real campeão, deveriam protestar contra suas próprias diretorias, pois elas são omissas e até coniventes com algum absurdos que acontecem por aqui! Pois então, a discussão da moda é que se não fossem os erros de arbitragem o campeonato seria outro, só que a questão vai muito mais além disso. Para que tivéssemos campeonatos justos, acredito que a arbitragem deveria ser profissionalizada e principalmente o calendário da CBF teria que ser reformulado, ou alguém duvida que se o Brasileirão não começasse no momento em que alguns dos melhores clubes do país estão disputando Libertadores ou Copa do Brasil, em suas fases decisivas ou em jogos ridículos da seleção que desfalcam clubes, hoje qual seria a real colocação de times como Santos, Vasco, Corinthians, talvez com chance de brigar pelo título? E até mesmo do Palmeiras que não entrou com força máxima no começo por conta da Copa do Brasil, será que estaria em uma situação tão desesperadora como agora? Enfim acho válido protestar por justiça, mas que seja para todos, então cobrem suas diretorias, que não fazem nada por ter rabo preso com os “Deuses” da CBF, vamos parar de olhar apenas para nosso próprio umbigo, e realmente fazer algo que dê algum resultado, e isso só acontecerá quando TODOS se unirem em prol do futebol! (Mas sempre com manifestações pacíficas)

    • Trapizomba

      Pode crer, concordo.

    • Goldwasser

      Só lembrando que o Flu tb disputou o brasileiro e carioca junto com a Libertadores e foi bem nos três pois tem elenco. saudações tricolores, GPSN

  • Sabe o que acho muito interessante quando o Patético Mineiro estava em primeiro lugar ,nao avia ajuda nenhuma da arbitragem ,foi so o Fluminense meter 9 pontos de vantagem começou a choradeira das Galinhas Paraguaia ,saudacoes tricolores a essa torcida linda e maravilhosa

  • Helena

    As acusações de favorecimento pela arbitragem tentando tirar o mérito na posição privilegiada que hoje o Fluminense ocupa na tabela, resultado da ação de muitos fatores – grande técnico, elenco forte, boa administração, patrocinador de recursos… – incomodam, mas o choro é livre…Achei uma afronta, sim, o uso indevido e desautorizado da bandeira do Fluminense, um nosso símbolo tão querido, no mosaico, para atingir o Flu. Ora, todos os mosaicos que fizemos, os tricolores, foram de incentivo; eram mensagens positivas. Enquanto eles gastaram energia, tempo e dinheiro (e olha que dá trabalho!) com mensagem carregada de ódio , de raiva. Realmente, a torcida do Atlético perdeu a noção da medida, da proporção. Só podia ser desespero. E foi.

  • thiago

    acho que engraçado que todo mundo foi prejudicado contra o fluminense……erros claros, sem dúvida….Naútico, cruzeiro, botafogo, vasco e ponte preta, esse só alguns, foram muito mais a favor do que contra…

  • Trapizomba

    Cheguei atrasado para a festa (30 comentarios já) mas permita-me dar a minha opinião:

    Primeiramente, concordo com vc, Janca. Os caras não fizeram absolutamente nada de mais. Se o STJD punir o Atletico por falar mal da CBF, então estamos vivendo em Cuba ou na Coréia do Norte, aonde não se pode falar mal dos dirigentes. Um absurdo!!!!

    Dito isto, gostaria de atentar para o fato de que a torcida do Atletico-MG foi esperta no tal “protesto”. Criaram esse incidente, que o STJD está investigando e dando matéria de jornal, e ao mesmo tempo, desviam a atenção para o fato de que, se é que existe algum beneficiado nesse campeonato, é o própio Atl-MG! Senão vejamos:

    De todas as vitorias do Fluminense, 25% delas, o adversario teve pelo menos 1 jogador expluso.
    De todas as vitorias do Atletico-MG, 41% delas, o adversario teve pelo menos 1 jogador expluso.

    Não é preciso outras estatísticas para, pelo menos, criar uma dúvida. Mas o mosaico-invertido aparentemente, está fazendo mais sucesso na mídia do que estatísticas como esta.

    Como disse, bem bolado pela torcida atleticana.

    Abs

    • janca

      Chegou atrasado mas chegou _antes tarde do que nunca… A comparação com Cuba e Coreia do Norte procede. Só falta não podermos mostrar, desde que pacificamente, nossa indignação. Não vou entrar na questão de quem foi mais ou menos beneficiado pela arbitrage, Trapizomba, pois é uma questão muito complicada. Os dados que você apresenta, pelo menos pra mim, não provam nada. A questão é saber se as expulsões foram corretas ou não _e esse é apenas um indicador da avaliação dos árbitros. Além do que muitos lances dependem de interpretação e podem gerar discussões durante semanas e mesmo assim não haver consenso. Mas tenho a tese de que o Atlético-MG, assim como o Palmeiras, ontem, e outros times também costumam fazer, achou um “inimigo externo” pra desviar o foco. Se o Atlético está em segundo e não em primeiro é por uma série de razões, entre elas a queda de rendimento no início do segundo turno. Mas achar um bode expiatório pode ser mais confortável do que olhar para o próprio umbigo. E se terminar em segundo não deixa de ser um grande feito, pena que no Brasil muitos só valorizem o primeiro lugar. Abs. e bom domingo, Janca

  • avair ciuffo

    ninguem se lembra da bola dominada com a mão no gol do Welington Paulista?. do gol anulado contra o coritiba no primeiro turno? dos erros absurdos no jogo do santos no engenhão? e do gol mal anulado contra o próprio atletico mineiro?????? errar é humano, mas não admitir que também foram beneficiados com esses e outros erros, é hipocrisia e falta de vergonha na cara! o ser humano é assim, só enxerga o que lhe convém. acho até que para quem tem, 15 a 20 porcento da torcida de qualquer time GRANDE do eixo Rio São Paulo, fizeram algum barulho. Aquelas imagens com nariz de palhaço refletem o que eles pensam, e o que são.

    • janca

      Concordo que o ser humano tende a enxergar apenas o que lhe convém, Avair, especialmente em política e futebol.

  • Marcelo Rangel

    O STJD, se julgar e condenar o Galo pela manifestação de sua torcida, vai fazer uma tremenda c*. Seria castigar indevidamente uma torcida que padece de síndrome de conspiração: “Se o Fluminense for campeão é porque ‘forças ocultas’ estão de mobilizando para dar o título ao Fluminense”; ou “Se o Fluminense for campeão é porque… blá-blá-blá-blá”. Muito papo furado e uma tremenda dor de cotovelo dos atleticanos.

  • Dorival

    Janca, gostaria de sugerir que a discursão fosse direcionada para o fogo principal a arbitragem quem tem sugestão de como melhora-la que o faça.
    Eu ouvi de um árbitro aposentado que não lembro o nome que o grande problema com os árbitros da atualidade é que nunca jogaram futebol, será?
    O mesmo é dito de treinadores que não foram jogadores profissionais, para mim as maiores qualidades de um técnico é sua habilidade de liderança e de treinar os fundamentos do futebol.

    • janca

      Duvido que o problema da arbitragem seja esse, Dorival, e há muito juiz que jogou futebol, sim, embora não como profissional. Ter atuado como profissional não faz de ninguém um melhor ou pior árbitro, um melhor ou pior técnico. Um técnico tem de ter capacidade de liderança, espírito de grupo e conseguir ver bem o jogo, que é algo complicado. Tem de tirar o melhor de seu jogador, mas para isso conta com apoio de outros, como auxiliares, preparadores físicos, fisiologistas, psicólogos… A formação de uma comissão técnica _e uma boa comissão técnica_ é essencial. No caso dos árbitros acho que falta mais treinamento, padronização de critérios, maior ajuda da tecnologia, profissionalização, enfim, há muita coisa a fazer pra melhorar o nível da arbitragem no país.

  • Marcos

    O Atlético já perdeu a razão a muito tempo. Torço para o Flu abrir o máximo de pontos possível do Atlético. Gostaria de ver esse time ter a pior derrota possível. A do mau perdedor. Que sai criticando e tirando os méritos do vencedor. Os dirigentes jogaram a massa contra a arbitragem que chegaram ao nível absurdo e acusar de corrupção A CBF e o Flu. Até o mascote, funcionário do Atlético, fazia sinais como se o Flu estivesse roubando. Usaram as cores do Flu, o nome do Flu e o símbolo acusando sem provas a instituição de roubo e corrupção, que são crimes. Fora os relatos de torcedores do Flu que foram a Minas e receberam agressões a ameaças. Chega a ser absurdo o nível que chegaram. Não sei em que momento Futebol chegou a valer tudo isso que o Atlético está fazendo. Mas torço muito para ficarem sem o título sofrerem a maior derrota possível, o derrota de um time sem honra por tudo que fez.

  • Felipe Lima

    Fugirei um pouquinho do foco, se me permite, Janca.

    Algumas coisas podem (na verdade deveriam!) ser feitas.
    * A implantação do replay no estilo “desafio”, onde os times podem desafiar uma marcação do juiz um nº limitado de vezes, podendo o juiz após a verificação anular ou correr o lance. O problema, creio, que fica na questão de quem gerará as imagens. A emissora responsável pela transmissão (Globo) ou uma independente? Talvez resolvendo essa questão, teríamos um progresso quanto às polêmicas (o volei utilizou o desafio no último mundial de clubes, minha impressão é de que foi aprovado!). Não custa muito testar!
    * Decisões do juiz podendo ser transmitidas no estádio pelo microfone – até pra ajudar o público a entender o que foi marcado.
    * Uma reunião com os jogadores antes do início do jogo, onde o juiz principal deixará claro seus critérios! E uma coisa que tem de acabar no nosso fut é a reclamação generalizada dos atletas. Pra mim, apenas o capitão pode conversar com o juiz. Se outro chegar pra reclamar, AMARELO! Se bem que essa cultura tem de ser disseminada na base. Eu gostaria de saber até onde os jogadores sabem a regra do esporte, para realmente saber o que podem e o que não podem.

    • janca

      Eu discordo, Felipe. Acho até que a tecnologia tem de ser usada, o chip na bola, apontando se a bola entrou ou não, para casos de impedimento também, mas tomando cuidado pra não atrapalhar o andamento do jogo. O estilo “desafio”, do tênis, não serve para o futebol, muito menos decisão do juiz via microfone no estádio. E os critérios já devem estar claros antes de cada jogo, não pode cada árbitro chegar e dizer algo como “vou deixar o jogo correr”, “vou ser firme hoje e abusar dos cartões”, “não aceito reclamação dessa ou daquela maneira”, as regras estão aí pra todos conhecerem e seguirem. E futebol sempre terá uma dose de interpretação, que é legítima. Não é um “esporte matemático”, digamos assim.

      • Felipe Lima

        Entendo seu ponto de vista, Janca, mas irei discordar. Enquanto se pensar que o nosso fut não é “esporte matemático”, que deve carregar subjetividade nas regras, as confusões continuarão.
        Quanto ao “desafio”, não custaria muito testar em algum torneio de base para ver o comportamento (eu sei que tem a questão do andamento do jogo, mas reflita comigo: hoje em dia o futebol tem 20 a 25min de bola rolando, justamente por paralisações e reclamações). É algo que pode sim ser benéfico – só tem que ver como implantar nos jogos.
        Pelo menos uns 3 ou 4 eventos-teste pra avaliar.

  • Carlos

    Coitado do Fluminense. O que um clube que nunca ganhou a Libertadores pode em troca a CBF para os choroes de Minas Gerais reclamarem tanto de complô??? Aliás o Fluminense tirou o Muricy da Seleção em 2010, lembram??? Os atleticanos tem muita síndrome de perdedor aqui em BH. O Fluminense, deveria é estar com 15 pontos na frende do Altético, tamanha a diferença entre os dois ELENCOS.Nos Cruzeirenses humilhamos sempre esses atleticanos. Está uma choradeira enorme. Mas não falam que o Atlético-MG roubou o Fluminense no jogo de ida entre eles (impedimento mal marcado no gol do Fred). Enquanto o atletico chora, o cruzeiro pensa em 2013.

MaisRecentes

Galiotte cobrado



Continue Lendo

Palmeiras ferve



Continue Lendo

Cuca continua?



Continue Lendo