O gênio de Barcos



O argentino Hernán Barcos tem sido, ao lado de Marcos Assunção, o principal nome do Palmeiras na temporada.

O atacante foi importantíssimo para a chegada do Palestra à final da Copa do Brasil e sua participação tem sido fundamental na luta para fugir do rebaixamento no Brasileirão. Oportunista e com bom senso de colocação, foi ele quem marcou os dois gols sábado na vitória contra o Cruzeiro.

Apelidado de “Pirata”, é um dos ídolos da torcida, que volta e meia o homenageia usando tapa-olhos e chapéus. Além das boas atuações, porém, acho que um dos pontos positivos de Barcos é a forma como lida com a imprensa, recusando-se a levar desaforo pra casa.

Na chegada ao Brasil ele se irritou mais de uma vez com a forma como alguns jornalistas “brincavam” com ele, comparando-o a A, B ou C, entre os quais o comediante e ator Pedro de Lara, morto em 2007, pela semelhança física entre os dois. Insistia que estava no Palmeiras para jogar futebol e não para ficar fazendo gracinha e sendo alvo de deboche ou o que fosse.

Barcos mostrou que tem gênio e temperamento fortes e soube enfrentar a pressão da mídia e a desconfiança da torcida logo na chegada.

Zizao, do Corinthians, estrangeiro como Barcos e também vítima de deboche, tem uma postura diferente, que deve ser respeitada. Dá a impressão de ser um garoto  ingênuo que ainda tenta entender a cultura brasileira. Jogou pouco mais de 10 minutos contra o Cruzeiro e já recebeu algumas críticas, como se não tivesse nascido pra jogar bola, o que não é verdade. Foi avaliado e julgado por cada minuto em que ficou em campo. E para meu espanto até do seu português teve gente caçoando depois do jogo, como se brasileiro que vai à China em poucos meses aprendesse a língua local.

Espero que pouco a pouco Zizao consiga se impor, jogando a bola que esperam dele ou não, pois respeito é fundamental em qualquer circunstância, como deixou claro Barcos quando chegou ao Brasil.

A crítica é um direito de todos, já o deboche pode ser questionado e enfrentado, como fez o argentino no início do ano. Um exemplo que fica para Zizao, que não é palhaço de ninguém.



  • Rodrigo

    O que tem a ver o Zizao com o texto da coluna que fala do Barcos?

    • Levir

      Pensei a mesma coisa, que diabos tem a ver zizao com Barcos? Texto horrível e sem pé nem cabeça

      • janca

        Pense menos, a inteligência é limitada, meu caro.

        • Renato

          Completamente equivocada a coluna. Quem é Zizao?

        • nene oliveira

          e vc seja mais educado seo porcaria pois as dúvidas são pertinentes!!!

          • NOSSA QUE SITUAÇÃO DO PARMERA TORCDORES: PORCOS, BURROS E ESTÚPIDOS VAI SER DÍFICIL ARRUMAR UMA MULHER PA CASAR KKKKKK.

    • Deco

      Também nao entendi! Nada a ver uma coisa com a outra!!!! Das duas uma, ou foi má intencionada a comparação, ou foi sem noção mesmo!!!!

      • janca

        Má intencionada? Você é totalmente sem noção mesmo.

        • cleverson

          sem nosão detectado…

        • Barcos Pirata

          A diferença é que um joga bola e o outro é produto de marketing da gambazada.

          • mauro santos

            Car#@#$%&#@ não entenderam?Será que é tão dificil interpretar o texto que o Janca postou(na minha opnião bem escrito e o tema é bem pertinente)?

          • janca

            Obrigado, Mauro. Não sei como tanta gente diz que naõ entendeu o texto, não é dos mais complicados _rs_, mas obrigado pelas palavras. Sou bem suspeito pra dizer, mas também achei o tema pertinente. Se não achasse não teria publicado o post _rs de novo. Abs. e um bom restante de semana pra você, Janca

      • Rafael

        Sem exagero, o pior texto que li na vida!
        Sem coerência alguma, e com um final pior ainda “Exemplo pra Zizão, que não é palhaço blá blá”
        E é simples, o Barcos conseguiu respeito não porque exigiu respeito, mas porque joga muita bola!

        A inteligência é limitada? E ainda tenho que ler isso

        • janca

          Não tem, Rafael, basta não ler.

        • janca

          Mas em um ponto concordamos. Um dos motivos para o Barcos ter conquistado respeito é porque apresenta um bom futebol. E defende com muita garra a camisa do Palmeiras. Mas repito que a inteligência humana é limitada, sim. Você, por exemplo, não precisaria perder tempo lendo isso daí. Talvez seja masoquismo, não sei. Mas cada um é cada um. Boa terça, Janca

          • Giorgio

            Parabens pela sua arrogancia Janca, seu texo e sim digno de ir para o lixo. As pessoas nao teriam lido caso soubessem do “conteudo”, tenho certeza que todos leram esperando por algo melhor e nao por esse rascunho de estagiario.
            Ah, antes que me esqueca e voce junto de sua arrogancia venha falar asneira sobre minha acentuacao e etc…moro no exterior e nao possuo acentuacao no meu teclado.
            Mais respeito com seus leitores e publico Janca.

          • janca

            E você por favor mais respeito com os estagiários.

          • Fernando Rigo

            Na boa sou palmeirense e não vi nada d+ na matéria.O cara ainda lembrou as chacotas q o Barcos sofreu e reagiu pq tem caráter, coisa que pouco jornalista comenta.Parabéns pelo trabalho Janca. Educação sempre pessoal.

    • janca

      Os dois são estrangeiros e o segundo tem sido vítima de deboche, assim como foi o primeiro quando chegou ao Brasil.

      • ESSE GIROGIO É UM ESCROTO, MEU DEUS COMO TEM GENTE PREPOTENTE NESSE MUNDO. ENTÃO QUER DIZER QUE SÓ PQ VC ACENTUA AS PALAVRAS CORRETAMENTE VC É MELHOR QUE QUALQUER PESSOA SEJA ELA TRABALHADOR BRAÇAL, ESTAGIÁRIO, PEDREIRO, ETC…. VC É UM BABACA AINDA BEM QUE MORA FORA DO BRASIL, SÃO LIXOS COMO VC QUE DENIGREM NOSSA IMAGEM FORA DO PAÍS!

        • juconha

          E vc precisa aprender a interpretar texto antes de sair falando mal dos outros.

    • Isaque

      Na boa, sem pé nem cabeça são os comentários de vc’s o texto é totalmente coeso e faz muito sentido. Pensem menos, a inteligência é limitada, meu caro.

      • Ricardo

        Até que fim alguém lucido. O povo não acompanha noticiário e depois reclama de não entender o texto.
        Realmente a inteligência é muito limitada.

        • janca

          Pra você ver, Ricardo…

    • Isaque

      Na boa, sem pé nem cabeça são os comentários de vc’s o texto é totalmente coeso e faz muito sentido. Pensem menos, a inteligência é limitada, meus caros.

      • janca

        Oi Isaque, como você está vendo pelos comentários de alguns, a inteligência realmente e limitada. A estupidez humana que não. Abs.

        • Lucas Araújo

          A coisa tá feia mesmo aqui no Brasil, o povo não é capaz de entender um simples texto que referencia a forma como ambos chegaram aqui no Brasil e de que forma reagiram à imprensa e à cultura locais, além da maneira que foram recebidos pela população brasileira. Olha, daqui a pouco jornalista não vai nem poder escrever nada além do time que torce, senão será imparcial, tendencioso e o texto não vai ter pé nem cabeça. Ignorância anda tomando cada vez mais espaço aqui.

          Bom texto, Janca. Abraço!

          • janca

            Obrigado, Lucas. Abs. e boa terça procê, Janca

  • weslen

    é verdade, achei legal a comparação sobre estrangeiros, mais nao finalizou o texto falando do barcos, ficou meio vago… kkk

  • Robert

    Realmente, colocou Zizão no meio da repotagem que falava de Barcos.

    • janca

      Mas nãó posso citar os dois só porque jogam em times diferentes? Pra falar de um não pode falar de outro? Quando estamos discutindo a questão do deboche e de temperamentos mais ou menos fortes. O argentino já mostrou que o dele é forte e gostei da forma como se posicionou quando tentaram tirar um sarro dele.

  • Luiz Marfetan

    Tudo! Um tem personalidade o outro não.
    Nesse mundinho tem que ter colhões, do contrario criticam até tua forma de correr e mais, tem alguns jornalistas esportivos que são de doer.

    • janca

      É exatamente isso que eu quis dizer, Luiz. Não digo que Zizao não tenha personalidade, é complicadíssimo chegar a um país de cultura diferente, língua complicada, tendo que provar que tem condições. Uma coisa é questionarem seu futebol, outra é o usarem como palhaço, tirando sarro de cada jogada que tenta fazer, do português que começa a aprender, da dificuldade de se comunicar… Como se brasileiro na China aprendesse a se comportar como um local em menos de um ano… Falar do outro é fácil. Barcos conseguiu se impor logo que chegou ao Brasil, não tendo medo de discutir inclusive com jornalistas quando achou necessário. Claro que se impôs com seu futebol, mas nem todo mundo precisa falar amém pra tudo o que querem os jornalistas, que não são deuses e não estão acima do bem e do mal, assim como ninguém está.

      • Quero só ver no final de semana o Palmeiras não ganhar do Inter e o tal Barcos vai dizer o que ! A segundona vai começar já neste final de semana !

  • ANDRE

    o importante é avisar para o sujeito que ele nao presta para jornalismo, materia no mínimo MIRIM

    …João Carlos Assumpção é jornalista e escritor, cobriu cinco Copas do Mundo e três Olimpíadas in loco, colunista do L!, é autor de três livros de futebol, entre eles o infanto-juvenil “A Melhor Seleção do Mundo”, com Eugenio Goussinsky e Gustavo Rosa. Codiretor do documentário “Sobre Futebol e Barreiras”, foi comentarista e chefe de redação e reportagem do Sportv em SP e repórter da Folha de S.Paulo, tendo sido correspondente do jornal em NY em 1997.

    • janca

      Vocè já avisou. E se avisou está avisado. Pena que não tenha assinado, escondendo-se no anonimato.

    • janca

      E pena que esteja publicando comentários usando diferentes “apelidos”.

  • Cláudio

    GENIO? SEI NÃO, SÓ SEI NÃO. MAS O QUE ESTOU VENDO É QUE, O “BARCOS” ESTA AFUNDANDO!

    • janca

      Estou me referindo ao temperamento dele, Cláudio. Gênio forte.

    • luiz otavio

      Esse Claudio não entendeu bulhufas mesmo, está preocupado em falar que o Barcos está afundando, o texto não interessa kkkkkkkkkkk coitado!!!

      • MISTER.KRAU

        Aí, mesmo com o gênio forte do barcos, o parmera “sifu” diante do fraco Milionário! kkkkkkkkkkk!
        Espero que domingo o INter faça alguma coisa de boa. Enterrar de vez o parmera! kkkkkkkkkkk!

        • janca

          É sábado o jogo. Abs.

  • Flavio Rodrigues

    Janca… continuo achando q o Barcos exagera no mal-humor, mas, por outro lado, talvez até seja necessário… uma vez que se você aceita uma brincadeira, parece dar margem a que comecem a faltar com o respeito… E as brincadeiras com ele, ao meu modo de ver, não chegam nem perto, as que fazem com o Zizão! Eu gosto de gente como o Zizao, que tá sempre de bom humor e sempre com um sorriso no rosto, me agrada o bom humor, legal qdo você não liga pra babaquice de uns e outros, e deixa falar o que quiser, no caso dele, rs, não é só isso claro, ele é de fora, da China, e nem deve saber com clareza dessas palhaçadas, mas o que importa é que ele não tá nem aí… e isso é legal. O Corinthiano é que se dói, e me incluo nisso, acho muito pejorativo os comentários sobre ele, sempre que falam dele, as frases são carregadas de ironia, sorriso no canto da boca, muito, mas muito estereotipadas, e com uma bela pitada de preconceito…

    • Eric Jorge

      como se ele (Zizao) entendesse as palhaçadas né?

      • Flavio Rodrigues

        eu sei q ele nao entende, mas, alguém fala pra ele… claro q nao fala tudo, mas fala. E ele deve se preocupar muito mais com o que a imprensa chinesa fala dele do que com a daqui, mas, isso tb nao dá pra ficar tentando adivinhar… o que importa mesmo, é a falta de respeito que o tratam… isso sim é uma babaquice sem tamanho…

        • janca

          Também acho que ele é tratado com muita falta de respeito. E concordo, Flavio, que ele deve se preocupar mais com o que a imprensa chinesa fala dele do que com o comportamento da mídia brasileira.

    • janca

      Oi Flavio. Não acho que o Barcos exagere no mau humor, há certas brincadeiras que ele não aceita, algumas que podem dar margem à falta de respeito e ele tem o direito de se impor. E também acho que no caso de Zizao há muito preconceito contra o futebol chinês e o fato de ele ter vindo da China. Se está sempre com um sorriso no rosto é porque talvez tenha mais pureza que boa parte dos brasileiros que se referem a ele pejorativamente. E talvez ele não esteja nem aí _se é que realmente não está_ por não entender a malícia e o desrespeito por trás de muita coisa.

      • Flavio Rodrigues

        Ele tem direito de não gostar… mas, as brincadeiras com ele ao meu ver não são como as do Zizao não… eu gosto do humor, e se vc limita muito isso, fica um troço chato… mas o que importa é o que ele pensa e sente a respeito das brincadeiras, não eu, rs. se ele não gosta, ele tem todo direto, e deve se impor como você disse, na maioria das vezes, se impor não é tão simples e acaba sendo um tiro pela culatra, mas se ele conseguiu, que bom pra ele. abs

        • janca

          Também acho, Flavio. Mas faria uma distinção entre humor e deboche. Abs.

  • Ricardo Cesar

    É muito complicado comparar genios sera que o barcos mostrou essa personalidade por ja conheçer os brasileiros?? sabendo que se nao rendesse o futebol esperado iria se tornar chacota e motivos de piada diferente do ZIZAO que nao conheçe os “maldosos” brasileiros que só sabem criticar?
    eu nao sou conrintiano mas espero que o ZIZAO saia bem dessa pq morar em um pais onde a cultura toda é diferente e ainda se tornar piada que na minha opiniao é de muito mal gosto é extremamente complicado e ele ainda é novo para se acostumar com a maldade de nós brasileiros que só sabemos criticar. Espero que ZIZAO de a volta por cima VLW

    • janca

      Oi Ricardo. Sinceramente eu acho que você tocou no ponto certo. Talvez ela tenha essa personalidade _ou melhor, essa postura_ por já conhecer os brasileiros. Ninguém gosta de ser motivo de chacota. E como você eu torço muito pelo Zizao, que parece um sujeito muito bacana.

      • Ricardo Cesar

        Janca, e tem muita gente que critica ZIZAO, Criticou Barcos Quando ele chegou e muitos outros jogadores que quando chega a um clube fica a duvida se vai tornar um jogador bom ou mais um para o povo brasileiro tirar sarro o pessoal que critica o ZIZAO esta muito mal acostumado pensando que o cara é o Ronaldo, Rivaldo, e muitos outros craques que tivemos no futebol brasileiro, o pessoal esqueçeu que o foco do ZIZAO no corinthians nao é jogar um futebol de gala e sim levar a marca para o futebol da CHINA que é um pais que vem constantemente evoluindo em tudo que se empenha a construir quem sabe o FUTEBOL da CHINA vira um futebol bonito de se ver COISA QUE EU ACHO IMPOSSIVEL. e DEIXO CLARO NAO SOU CORINTIANO para defender o ZIZAO só acho uma tremenda falta de respeito com a pessoa. e vlw Janca pelo comentario.

  • Rafael

    Janca!

    Entendi sim seu texto.
    O barcos realmente tem gênio forte, talvez se tivesse aderido a algumas piadas na época, hoje não fosse levado a sério.
    O zizao no caso dele é um pouco mais complicado Janca, a Argentina tem costume de mandar jogadores para o Brasil, a língua por mais que seja diferente é compreendida.
    Agora a china não tem tradição nenhuma, para ele fica dificil se fazer de dificil, não aderir a piadas.
    Só o tempo dirá Janca!

    • janca

      Você tem toda razão, Rafael. Fica mais fácil para um jogador argentino se impor no futebol brasileiro do que um chinês. Que, além de tudo, tem de entender nossa cultura, que é complicada, para depois tentar se fazer respeitar.

  • Jorge

    Acho muito engraçado entrar em um blog como esse e ver todo mundo criticado o que a pessoa escreveu, achou ruim, não volte!
    A liberdade de expressão foi uma conquista muito difícil para esse país e o povinho dele ainda não descobriu como funciona. Janca, sinceramente, entendi a proposta do post, achei que se tivesse uma conclusão mais “clara” (clara = desenhada), muita gente ignorante que não entendeu, entenderia. Agora, vir falar que uma pessoa não pode escrever, criticar o jeito que você escreveu…. Francamente, a matéria fala de jornalistas “esportivos” (maioria ex-jogadores) fazendo palhaçada com o Zizao, assim como tentaram fazer com o Barcos, assim como os ignorantes estão tentando fazer com esse texto…..

    • janca

      Oi Jorge, acho que muitos nem leram o texto até o final, o que é um direito deles. Quando viram a menção ao Zizao começaram a criticar, como se ele não pudesse estar num post que tem o Barcos no título.

    • VAI FALAR ISSO PARA IMBECIS COMO O GIOGIU, GIIGU, GIUGIU, HÁ É GIORGIOTARIO!!!!!!!!!!!!

  • Kaíke

    Concordo quando dizem que faltou uma conclusão “mais arrumada” do texto e, no mais, como palmerista que sou, me sinto feliz pelo fato de ter um jogador como o Barcos no meu time (nosso time). Uma contratação feita na base da birra do Felipão, um verdadeiro “soco no estômago” de elementos (infiltrados) que querem ver o fim do Palmeiras. A contratação em si foi apontada por muitos como um “tiro no escuro” e, por outros, como peça para compor elenco ou algo similar, todavia, o “Pirata” vem demonstrando ser um hábil atacante, e o mais bacana nisso tudo é o seu temperamento (hermano), somado a sua vontade de jogar futebol. É no mínimo um contrassenso falar em vontade de jogar futebol, tendo em vista que isso é obrigação de um atleta sério e comprometido com a sua agremiação, mas em tempos de falta de seriedade – não só no futebol -, o que antes era obrigação passa a ser uma dádiva. Dá-lhe Porco…

    • janca

      Você é palmeirense, não palmerista, certo? E gosto muito, como você colocou, da vontade do Barcos de jogar futebol, defender as cores do Palmeiras e demonstrar um posicionamento firme, exigindo respeito.

  • Eric Jorge

    Bom artigo, mostrando realmente que jogadores não tem que abaixar a cabeça nem cair na palhaçada de alguns da imprensa esportiva, sejam eles gringos ou não.
    Mas poderia ter terminado esse artigo de uma forma melhor. Começou falando do Barcos e terminou Zizao, e a conclusão falando da situação só falou do Zizao.

    • janca

      Não é verdade. O Barcos está mencionado no último parágrafo _ele é o argentino. E não há problema nenhum em começar a falar de um jogador para terminar em outro. Já disse que o palmeirense conseguiu se impor, o Zizao, que ainda está tentando entender a cultura a seu redor, precisa de mais tempo. Mas insisto que, jogando bem ou não, não é palhaço de ninguém.

      • Eric Jorge

        Cara, é só a minha opinião. Você aceita se quiser. A maioria aqui está estranhando o final, que poderia ser melhor finalizado. Mas se uma pessoa acha que os demais são leigos por não entender ou não gostar do final, e você segue a opinião dele, não posso fazer mais nada!

        • janca

          Não se trata de aceitar ou não. Tanto aceito sua opinião que ela está colocada aí. Mas posso discordar dela. E na internet a gente não sabe o que é maioria. Porque a mesma pessoa, lamentavelmente, pode entrar com “apelidos” diferentes, fazendo-se de várias. Não é seu caso.

        • PRECISA DE TANTO PARA FALAR DE JOGADORES MEDIANOS QUANTO EXAGERO. NA VERDADE É QUE OS PORCOS ESTÃO COM OS NERVOS INFLAMADOS COM MEDO DA SÉRIE B DAÍ QUALQUER COISA QUE SE FALA QUE NÃO SEJA POSITIVA EM RELAÇÃO A RECUPERAÇÃO DO TIME RUMO A PERMANÊNCIA NA SÉRIE A VIRA ISSO UM BARRIL DE PÓLVORA, NÃO PÓLVORA NÃO, BARRIL DE IMBECIS ALIENADOS!

  • Bruno

    Você questiona o deboche da imprensa com ambas os jogadores, mas debocha dos seus leitores. Por quê isso?

    • janca

      Pelo contrário, eu tento responder o máximo possível de comentários e dar sempre uma satisfação ao internauta, os que me criticam e os que não. Mas não tenho concordar com todos e não concordo, como nem todos têm de concordar comigo e o direito à crítica está aí. Deboche é outra coisa.

  • Matheus

    A verdade é que brasileiro faz piada de tudo, principalmente pra tentar desmoralizar os outros, Barcos mostrou que não veio pra ser desmoralizado ou diminuído, enquanto seria bom para o chinês copiar a atitude do Pirata. A mensagem do texto ficou bem clara, porém questionar a inteligência dos outros com tom de ironia não é uma atitude muito legal e nem plausível por parte do autor, houveram críticas sobre o texto sim? Mas sobre o autor nenhuma, mandar um leitor ‘pensar menos pois a inteligência é limitada’ é um tanto deselegante, opinião está ai para ser dada e discutida e está sempre sujeita a ser rebatida, mas sempre com respeito….

    • janca

      Não se trata de questionar a inteligência de ninguém. A de todos nós é limitada, mas a estupidez humana parece mesmo infinita, vide a história da humanidade. No caso do Barcos concordo que não veio para ser desmoralizado ou dimunuido, mas não acho que o Zizao tenha que copiar a atitude de ninguém. Cada um tem seu estilo e as diferenças culturais entre Brasil e China são muito maiores do que as diferenças com a Argentina.

    • janca

      E também tenho o direito de me manifestar. Assim como muitos comentários foram agressivos, tenho o direito de responder. Pra você a mensagem do texto ficou bem clara, mas para outros não ficou. Quem está certo? Não sei.

  • Matheus

    Em nenhum momento afirmei que o Zizao TERIA que copiar o Barcos, disse que seria bom… é uma recomendação não imposição, quanto a se manisfetar existe sim o direito, qual o ponto de expressar idéias se elas não puderem ser debatidas? Não questionei o fato de você responder os comentários, apenas expressei minha opinião sobre um tipo de comentário que na minha visão acabou soando um pouco ofensivo … Quanto aos comentários serem agressivos infelizmente tem muita gente que se esconde atrás do anonimato ai já sabe né…

    • janca

      Oi Matheus, como você bem disse lamentavelmente tem muita gente que se esconde graças ao anonimato e diz o que quer. Mas também pode ter como resposta o que não quer. Enfim, vida que segue. Entendo sua recomendação em relação ao Zizao, mas acho difícil por duas coisas: cada um tem um temperamento e o fato de ele ser chinês _a China não tem tradição no futebol moderno_ e ter sido contratado especialmente por motivos de marketing acabam pesando contra ele. O que não justifica o desrespeito com que muitas vezes é tratado, na vida há horas em que temos de nos impor. Talvez em algum momento chegue a hora dele, cada um tem seu tempo. E fico na torcida por ele. Abs.

  • felipe

    Janca, escreva uma coluna sobre essa vagabundagem que é a diretoria do Palmeiras. A torcida não aguenta mais. É uma vergonha o que esta acontecendo com este clube. Achei bacana vc como jornalista dar o feedback sobre as opiniões de todos, isso é importante pro crescimento de sua coluna e de sua opinião pública. Acho que faltam bons jornalistas ( menos torcedores ) para comentar o futebol brasileiro. Quanto ao Barcos, o cara veio pra trabalhar, ir pra seleção pra ir a copa do mundo, simples. É um trabalhador que respeita a instituiçao e seus torcedores. Ele deveria ser exemplo pra todos. abrs

    • janca

      Eu sei _que a torcida está com o saco na lua devido à situação política e administrativa do clube. Sabe que acho uma coisa boa, no entanto, a discussão, que está indo adiante, para mudar o colégio eleitoral do Palmeiras? Ampliá-lo e atingir de repente não só os associados _não dá pra ficar na mão do conselho_, mas também os sócios-torcedores. Porque o interesse do sócio é diferente do interesse do torcedor, muitos sócios moram em Perdizes, perto da sede do clube e torcem para outras agremiações. A situação do Palmeiras é parecida com a que vive o Flamengo, muito conturbada. Mas valeu pela sugestão. A coluna De Prima, do LANCE!, tem retratado muito bem os bastidores do Palmeiras, não sei se você tem acompanhado. Abs. Janca

  • o texto tem tudo a ver sim pois o ZIZÃO assim como o BARCOS xego sobe desconfiança da torcida e oq se espera é que o muleke tenha sequencia de jogos pra vencer essa desconfiança assim como fez o BARCOS que hj é uma realidade no clube e na seleção, isso foi oq o texto quis dizer 😉

  • gustavo

    Apesar de respeitar a comparação, a maior diferença entre os dois é que um tem cultura latina muito parecida com a brasileira e o outro vem de uma cultura oriental de um pais mais fechado, com uma diferença enorme com a nossa cultura, e com isso na minha opinião, a comparação fica descabida.

    Abraços

    • janca

      Não acho que seja descabida, porque, de culturas diferentes ou não, os dois foram alvo de deboche. Agora, aí sim, muito possivelmente pelas diferenças culturais e de personalidade também, a reação de ambos é bem distinta, o que é legítimo.

  • Vinicius

    Eu nao sei pq esses jornalistas de merda insistem em sempre colocar um assunto da galinhada no meio de noticias do Verdao….que merda de post

    • MERDA É O SEU TIME QUE TÁ NA ZONA DE REBAIXAMENTO, E O PIOR PARA O PALMEIRAS É TER TORCEDORES COMO VC IMBECIS AO EXTREMO!!!!

  • WWW.SEMPREVERDE

    GOZADO COMO TEM REPORTER COVARDE DISSERAM QUE O BARCOS QUERIA AUMENTO SALARIAL ELE RESPONDEU
    QUE NÃO É FILHO DA PUTA. EU QUERIA VER A CARA DESSE REPORTER DA JOVEM PAN QUE GOSTA DE ARRUMAR CRISE
    A ONDE NÃO EXISTE ESSA RADIO JÁ FOI MELHOR.

  • Hugo Boy

    Janca, não sei se você fez alusão ao fato que vou citar, mas gostaria de deixar minha opinião. Deixando os ‘gênios’ de Barcos e Zizão de lado, é no minimo imperdoavel um cara que se diz torcedor palmeirense, dentro do clube é diretor de não sei o que (não faz a minima diferença), só esta lá para conturbar o ambiente e ainda usa seu microblog para fazer chacota do menino que só esta tentando ocupar seu lugar no futebol (não sei se veio por markenting, ou seja lá o que for). Sou palmeirense, mas no momento em que estamos, um cara que esta para trabalhar para o clube, ao inves de tentar fazer algo util, fica de sacanagem em twitter e o caramba a 4. Essas pessoas deveriam olhar o que estão fazendo com o Palmeiras, que não é deles, é NOSSO! Poderiam começar espelhando-se em Barcos, que é um dos poucos homens que defendem nossas cores!

    • janca

      Oi Hugo, confesso que não sei a quem você está se referindo…

      • Hugo Boy

        Do grandioso Piraci de Oliveira, que postou no twitter dele: ‘Mais um et em Varginha, e dizem que é do olho puxado’.

  • César Butie

    Janca, parabéns! Ao meu ver foi inteligente o “exemplo” que usou de Barcos, pelo que percebi você não falou em especial do futebol Barcos, mas sim da forma que se comporta. Enfim…Os Brasileiros tem esse tipo de educação, reclamam da forma que somos tratados lá fora e parece que a vingança com quem entra aqui é necessário, ao meu ver o Barcos está certo. como outros atletas deviam adotar essa postura mais séria/objetiva, e talvez com o tempo ir se soltando se achar necessário.

  • Leandro

    Janca,

    Muito estranho tantas críticas a um texto simples…

    Bom, acredito que o Barcos mostrou muita personalidade e seu modo de como lidar com a imprensa deve ficar de lição não só para os estrangeiros, mas também para os brasileiros.

    • janca

      Assino embaixo do que você escreveu sobre a forma de lidar com a imprensa, que não tem o direito de humilhar ninguém, seja estrangeiro ou brasileiro. Sobre as críticas a um texto simples, como você bem definiu, também achei estranhas e exageradas. Enfim, vá entender. Abs.

  • Francotimão

    Ae Janca, compreendi perfeitamente seu post, pena q muitos por aq não o fizeram mas vc é muito maior e melhor q esses caras, mesmo q partissimos da premissa q o post não seria bom (q não é minha opinião), só fato de voce responder sempre aos comentários ja o credenciaria como um profissional de muita estima e consideração por nossa parte, haja vista q praticamente todos os outros colunistas não o fazem…continue sendo esse profissional competente que voce é…q nós continuaremos fiéis a leitura e opinando sobre o tema apresentado..abs!!!!!!!!!!!

    • janca

      Pô, valeu, Franco. Abração e obrigado pelos comentários que você tem feito nos últimos tempos. Concordando ou divergindo, não importa, você ajuda a promover o debate, que é muito importante. Abs.

    • BOA FRANCO, AFINAL SE O JANCA É PÉSSIMO COLUNISTA AO MENOS HUMILDE ELE É! BRINCADEIRA HEIN JANCA E ABRAÇOS PRATU. RSRS

      • janca

        Risos. Tudo bem, tudo bem, tô acostumado a críticas _rs. Mas às vezes esperneio…

  • Renato K.

    Nao gostei muito do texto, o que nao me dá o direito de agredir o colunista. O que acho engracado é gente que fala cobras e lagartos do post e CONTINUA vindo ao site para ler e – pior – comentar. Get a life.

    • janca

      Risos.

  • Rodrigo

    Afffff… como tem gente ignorante nesse mundo. O texto esta mto facil de entender e ficou otimo o seu argumento Janca. Tb acho uma falta de respeito o q faziam com o Barcos qdo ele chegou dando-lhe apelidos perjorativos e como eles tiram sarro do Zizao aproveitando q o rapaz nao entende nada. Outro dia eu vi um reporter perguntando pra ele se ele gosta de mulher e como ele nao entendeu a pergunta ele disse q nao. Daí rolaram de dar risada. O q isso tem a ver com futebol, esporte ou qq coisa desse tipo. Qdo é pra conversar sobre a vida pessoal do atleta tem q ser combinado com antecedencia e colocado as perguntas q serao feitas. Essa imprensa de vez em qdo me enoja!

    • janca

      Nem sabia dessa brincadeira que você citou, Rodrigo, essa brincadeira que fizeram com o Zizao. Qual é a graça de pegar um sujeito que ainda não domina o português e vir com uma piada sem graça dessas? E além de tudo preconceituosa. Queria ver se fosse o contrário, um brasileiro na China sem entender direito a língua local sendo alvo de gozação e deboche por parte da imprensa chinesa. Assim como um jogador brasileiro que vai à China não é obrigado a falar mandarim, um chinês que vem ao Brasil não tem que dominar o português. E até que o Zizao tem aprendido rápido a língua. Mas não é fluente, claro. Enfim… Abs. pra você, Rodrigo, Janca

  • JANCA O TEXTO FAZ SENTIDO SIM, E OUTRA A IMPRESSÃO QUE PASSA É QUE O BARCOS É O NOVO: RONALDO, MÁRIO KEMPS, PELÉ, EUSÉBIO, PORCOS DE PLANTÃO MENOS POR FAVOR. O BARCOS É SIM UM ÓTIMO ATACANTE E PONTO NADA MAIS!!!!

    • janca

      Em relação ao futebol de fato menos. Mas acho que ele já entrou na história do Palmeiras e vai ficar mais forte ainda se conseguir livrar o time do rebaixamento, pois a situação segue complicada. Vamos ver o que acontece sábado, no Sul.

  • Claudio

    Janca são dois jogadores completamente diferentes,um é idolo do Palmeiras e outro é marketing puro,o chines nunca joga e quando entra em campo é no decorrer da partida..O Barcos é um jogador titular absoluto do Palmeiras e tem mostrado eficiencia quando jogo fazendo os seus gols salvadores pro time do Palestra..Eu queria saber sua opinião se não seria suicídio no perdão da palavra levar o pirata pra esse jogo e se por uma fatalidade ele se machuca e desfalca a sua equipe…ja imaginou o estrago que o Palmeiras pode sofrer..

    • janca

      Oi Claudio. Entendo sua visão e concordo (em parte) com ela. São dois jogadores bem diferentes, o Barcos já mostrou muito futebol e muita vontade de vestir a camisa do Palmeiras, joga com muita garra, e o Zizao não deixa de ser uma jogada de marketing. Jogou contra o Cruzeiro, pouco mais de dez minutos, e se não foi uma maravilha também não foi mal. Não é por isso que merece ser alvo de chacota, pelo menos a meu ver. Sobre a ida do Barcos à Colômbia, mesmo que ele tenha insistido em ir, acho um absurdo. Não pelo risco de contusão, mas pelo cansaço mesmo e pelo desgaste. O foco tem de ser o jogo de sábado contra o Inter, lembrando que mesmo vencendo lá no Sul o Palmeiras seguirá na zona de rebaixamento. Acho um risco inútil. A luta pra não cair deve ir até o final do campeonato e o foco agora tem de ser esse. O título em 2012 pelo menos já veio: a Copa do Brasil. Tudo bem, se ganhar a Sul-Americana também será ótimo, mas realmente acho que agora, data a dramaticidade que a situação do time ganhou no Brasileiro, o foco realmente é outro. Ou deveria ser.

  • Marcos

    Janca, sou palmeirense, porém, gosto de futebol e bons jogadores. Não falo de craques, porque hoje, com exceção a Neymar, o Brasil não tem muito o que comemorar nesse aspecto. Mas quanto ao texto, para mim, faz muito sentido. A imprensa, pelo menos uma parte dela, transporta um jogador do céu ao inferno num piscar de olhos. Para ela, todo jogador tem que dizer amém àqueles que lhe entrevistam, do contrário, fazem brincadeiras e piadas de mau gosto, isso quando não denigrem a imagem. O Barcos, pela sua postura, por seu futebol e até pela proximidade entre Brasil e Argentina se impôs facilmente no nosso meio futebolístico. Agora, o Zizao, além de enfrentar cultura e língua diferentes, logo que chegou sofreu contusão e não pode desenvolver seu futebol. Quando teve oportunidade, jogou por apenas 10 minutos. Ora o que queriam? Todos nós sabemos que a China, no aspecto futebolístico, ainda está em evolução. Entendo que a vinda do Zizao já é uma grande ascensão para a carreira dele e para o futebol daquele país. O que não pode é parte da imprensa brasileira faltar com respeito e fazer piadas e tanto com o Barcos quanto com Zizao. Parabéns pelo texto. Abraços

    • janca

      Obrigado, Marcos. E você destacou um ponto sobre o qual nem tinha pensado neste momento, mas que é parte _triste_ do nosso futebol. A imprensa, talvez como reflexo da própria torcida também, de fato coloca o cara um dia lá em cima, no seguinte ele pode ir lá pra baixo. Ela não perdoa. Como o torcedor também não perdoa. Vivemos, infelizmente, a meu ver, numa sociedade cada vez mais imediatista, o que é complicado. Abs.

  • Marcos

    Não estou aqui para criticar ou não o texto
    posso concordar com ele ou não

    E no caso não concordo

    No caso do Barcos , foi um conjunto de coisas que o fizeram adquirir respeito , não só da midia , qto da torcida , Me digam com sinceridade, se ele fosse um perna de pau com postura , a midia teria o mesmo respeito?
    Portanto aliou-se a postura com seu bom futebol ! existem jogadores que tem postura mas são perna de pau e mesmo assim a mídia covarde muitas vzes , debocham deles se escondendo atras de microfones

    Abraços

    Marcos

    • janca

      Oi Marcos. Pra ser muito sincero não discordo de você quando se refere ao Barcos. Pelo contrário, você tem toda razão. Ele chegou e por uma série de fatores conseguiu ganhar o respeito. Se apenas reclamasse, tentasse se impor, mas não apresentasse futebol ou jogasse muito mal, estaria sendo criticadíssimo e talvez nem estivesse mais por aqui. Respondendo sua pergunta (se a mídia teria o mesmo respeito): não, não teria. Acho que o respeito ele conquistou jogando, decidindo e também demonstrando postura e personalidade. Abs. Janca. PS: E quando quiser criticar pode criticar à vontade. Desde que com educação e respeito é um direto do internauta, pode não gostar do texto, discordar dele, mas ainda acho o respeito importante. Abs. de novo, Janca

  • Fernando Rigo

    Na boa sou palmeirense e não vi nada d+ na matéria.O cara ainda lembrou as chacotas q o Barcos sofreu e reagiu pq tem caráter, coisa que pouco jornalista comenta.Parabéns pelo trabalho Janca. Educação sempre pessoal!!

    • janca

      Muito obrigado, Fernando. E realmente tenho gostado muito da postura e das atuações do Barcos, identificado que está com a camisa do Verdão. Abs.

  • giulio

    O texto pode estar sem “pé” e nem “cabeça” para a maioria dos que aqui comentaram. Porém não reflete nem a “realidade” e muito menos a “mensagem” do janca. Senão, vejamos – a) A experiência no trato com a “midia” esportiva, valeu ao Barcos…ele acabou com as “gracinhas sem graça” do pessoal, comparando-o à esta ou aquela pessoa. b) Realmente houve facilidade do Barcos se impor devido a sua qualidade tecnica, vêz que Hernán Barcos é um “senhor” jogador de futebol, sem contar a importância do se “caráter” comprovado por “atitudes” e não por “palavras”. c) Com relação ao Zizao, (já existe aí, um antagonismo velado porque o rapaz é jogador do nosso maior rival) sabemos ele não ter uma carreira consolidada no esporte, naturalmente ingênuo para os nossos padrões, com certeza por ser “filho” de uma cultura totalmente diferente da nossa, com o agravante de estar começando a “engatinhar” no futebol. Mas pelo que ví, Em suma, o Zizao, antes de mais nada, é um embaixador da China no Corinthians. Afinal 1.3 bilhões de indivíduos ávidos para consumir bom futebol… melhor que seja o brasileiro (quer queira, quer não, o nosso dispensa apresentações e é seguramente um dos mais conhecidos do mundo). Não sei se é válido utilizar um jogador em formação, de uma cultura tão diferente para fins publicitários – vale dizer – a publicidade entrar para dentro das quatro linhas. O que o janca quiz dizer é – nos brasileiros, antes de tudo, devemos respeitar primordialmente as pessoas enquanto seres humanos; quanto às diferenças culturais, sociais e econômicas. “Respeito verdadeiro” por outrem naturalmente espelha o grau de educação e cultura de um povo. Ponto final. Parabéns pelo enfoque…janca!!!

    • janca

      Muito obrigado. Giulio. De fato alguns não entenderam o post, mas você compreendeu bem o que eu quis dizer. Grande abraço, Janca

  • sergio

    ISTO MOSTRA A DECADENCIA QUE O PALMEIRAS VIVE , DEPENDENDO E IDOLATRANDN BARCOS E MARCOS ASSUNÇÃO, DOIS JOGADORES DE REGULARES A FRACO

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo