Dia sim, outro também



É impressionante a vontade que Neymar tem de defender tanto Santos quanto a seleção, jogando o máximo que pode pelos dois.

Na terça jogou _e bem_ contra o Japão, na Polônia, dia seguinte já estava em campo de novo, na Vila, contra o Atlético. E que atuação de gala!

Só gostaria, no entanto, de fazer um adendo. Muricy Ramalho insiste que nunca deixariam Neymar jogar se não estivesse em condições _e ontem ele mostrou que estava_, mas tenho uma visão diferente da do treinador. O excesso de jogos do atleta, algumas vezes atuando dois dias seguidos e em países diferentes, pode não prejudicá-lo agora, mas atrapalhar sua carreira lá na frente. Não sei se estão pensando nisso, imagino que não. Ele ainda é muito jovem, mas daqui a (poucos) anos, quem sabe?, não comece a sofrer as consequências daquilo a que se submeteu em seus primeiros anos como profissional do Santos e da seleção.

Tenho minhas dúvidas. Não é só a bola que pune, não. E nesse sentido temo pelo Neymar que, por mais que queira, não pode seguir jogando um dia sim, outro também



  • Rodrigo

    Esse papo de jogador não poder jogar em dois dias seguidos não tá com nada. Jogador sabe quando tem condições de jogar, quando não tem. Jogador prefere jogo do que treino. Se Neymar entrou em campo foi porque ele quis. É profissionae e muito bem pago pra isso.

    • janca

      Não é bem assim. Às vezes podemos achar que estamos em condições e só lá na frente vamos perceber que exageramos e sofrer as consequências deste exagero. E o papo de ser profissional e muito bem pago pra isso, com todo respeito, não está com nada. Ele não recebe pra encurtar a própria carreira de jogador.

    • Acho que essa questão não envolve a condição física. Muitas vezes o jogador atua pela “vontade de ajudar” ou pelo “orgulho”.

      Além disso, há muita gente que fala que “o jogador só joga duas vezes por semana”, mas se esquece de que, geralmente, ele treina todos os dias. E, aqui no Brasil principalmente, treinamentos bem puxados.

      • janca

        É verdade e jogador prefere, pelo que muitos já me disseram, jogar a treinar. Mas os treinos não envolvem viagens internacionais, podem ser moderados, têm, pelo menos em tese, um menor risco de contusão. Pela sua tese um jogador poderia atuar dia sim, outro também que não teria problema. Acho que não. Teria problema sim. E muito. O desgaste de um jogo é diferente do desgaste em um treino bem dado. Ou seja, com responsabilidade.

  • Rodrigo

    Não sei se onde tiram que jogador não pode jogar duas, três vezes por semana. Tem jogador com muito nhénhénhém.

    • janca

      Esporte de alto rendimento requer cuidados e não é necessariamente sinal de saúde. Não contesto que jogador pode atuar duas vezes por semana, acho que pode perfeitamente, se bem que cada caso é um caso e deve ser analisado como tal, mas jogar duas vezes seguidas com intervalo inferior a 40 horas, uma viagem no meio e em dois continentes pode ser um exagero. E é.

  • Alexandre N.

    O que mais pode prejudicar o Neymar é uma hora em que ele cansar de tudo e quiser aproveitar a vida. Fora os jogos de futebol, concentração e viagens, ele tem muitos contratos comerciais, compromissos e patrocinadores pra atender, não dá pra ter uma vida normal. Se o Santos e a seleção escalam ele pra jogar num dia e no seguinte jogar de novo os dois sabem que ele tem condiçôes, se achassem que não tinha ele não jogaria.

    • janca

      Não é bem assim, comissão técnica da seleção e do Santos não compartilham da mesma visão, veja o caso Ganso. E estão forçando demais o Neymar e exigindo demais do jogador.

  • Santos 10

    Neymar é exemplo de profissionalismo. Pega no pé dele corinthiano, são-paulino, palmeirense, porque queriam ter o Neymar no time deles e não tem.

    • Pudim

      Barcos do Palmeiras nem conta né?

  • Flavio Rodrigues

    Pode ser, mas o Neymar é d+, sem palavras…

    • janca

      Também acho. Abs.

  • Arthur

    Jogou bem não alega cansaço, perdeu para o Corinthians e teve 3 dias para dar autografos e tirar fotos, antes do jogo e a desculpinha de cansaço logo apareceu com a conivncia da midia protetora. Muricy é o maior hipocrita do futebol brasileiro.

    • janca

      Quem sou eu pra dizer se o Muricy é hipócrita ou não, mas que teve um discurso dúbio na época acho que teve e tentou usar o suposto cansaço do Neymar como justificativa para o fracasso do Santos na Libertadores. O que questiono é o que se viu em Florianólis, quando defendeu o Santos contra o Figueirense um dia depois de jogar pela seleção, e ontem também na Vila. Tem que ter um pouco mais de cuidado com o Neymar, que é nosso principal talento na atualidade.

    • janca

      E não foram três dias pra tirar autógrafos e tirar fotos… Inclusive porque se não tira vai ter gente dizendo que é mascarado. Não dá pra contentar todo mundo.

      • Arthur

        Janca sou fã do futebol do Neymar, joga muito, sou corinthiano e nao tenho nenhum problema em escrever isso, só nao concordo com o Muricy que sempre utiliza as mesmas desculpas para justificar suas derrotas. O Muricy utilizar a ausencia ou cansaço do Neymar como desculpa só mostra sua total falta de competencia em armar um time sem um grande nome.

        • janca

          Oi Arthur. Mas uma coisa é o discurso do Muricy, com o qual também não concordo, outra bem diferente é a situação do Neymar. Aliás o Santos segue muito dependente dele… Dele Neymar, digo, não dele Muricy.

  • Alan

    Concordo, mas o Neymar esta suspenso contra a Ponte ou seja tera muito tempo para descansar, ja contra o figueirense foi mais abusivo, pois ele nao teria uma semana pra descansar depois!

    • janca

      Independente de estar suspenso contra a Ponte ou não jogar com intervalo inferior a 40 horas em dois países distintos, em continentes distintos, com uma baita viagem no meio, não acho que seja o ideal.

      • Alan

        Uma vez ou outra q for feito isso, acho q nao tem tanto problema, nao pode é depois de todo jogo do brasil ele vir voando pra jogar. Mas o certo mesmo era para o campeonato brasileiro em datas fifa o Brasil é o unico pais do mundo que nao faz isso!

        • janca

          Sem dúvida, inclusive porque temos jogadores estrangeiros atuando por aqui, a chamada “data Fifa” é pra todos, devemos respeitá-la e conciliar nosso calendário _das competições nacionais_ com o das seleções, especialmente o da brasileira.

  • Mario

    é aquilo depois da copa o Neymala vai embora sem dar um centavo p/santos, então os cartolas tem q aproveitar o maximo dele sem pensar muito no futuro do jogador o q é errado, mas falar o q , esses são nossos cartolas q só sabem reclamar e nada fazem p/as coisas mudarem

    • janca

      Mas a responsabilidade não é só do Santos, que também tem razão de reclamar que o jogador ficará ausente praticamente metade do campeonato. Santos e seleção deveriam dialogar, quem paga o preço é o próprio Neymar, que não é mercadoria. Jogador, por mais que alguns pensem assim, não é mercadoria.

      • Mario

        já discordo de vc o santos e seu presidente junto com todos os outros cartolas ñ tem direito nenhum de reclamar, se ñ gostam de perder jogador p/seleção deveriam se impor e mudar o calendario,é muito facil ficar reclamando como fazem todos anos, agora pai Neymar q se imponha tambem ne

        • janca

          É o que o presidente do Santos está tentando fazer, inclusive formulando projeto pra um novo calendário.

  • Antonio Freitas

    ´Que merda eim Janca! Quanto mais vcs blogreiros falam tanta bobagens masi o Neymar joga. Sabemos da sua dor de cotovelo, e dos outros tambem. Mas vcs terão que engolir o Neymar por muito tempo, e não adianta ficarem secando e torcendo pra ele machucar viu? Deus pode mais. Que tal se vc procurasse ser mais profissional e falar apenas de futebol. Afinal o que vc entende de medicina pra falar tanta bobagem. Ah! va catar coquinho ô.

    • janca

      “Eim” é demais _rs. Sinto dizer mas você não consegue compreender um texto. E ó que o texto era curto. Eu sou fã do futebol do Neymar, por isso também gostaria de que o preservasse um pouco mais e que direções de Sahtos e CBF entrassem num acordo. Não dá pro jogador atuar novamente com menos de 40 horas de diferença de um jogo pro outro, jogos em continentes diferentes, inclusive.

  • Charles Ubiratan

    Por 3 milhões / mes, jogo todos os dias…

    • janca

      Jogar pode jogar, mas duvido que com a qualidade do Neymar.

  • Claudio

    Boa tarde Janca

    Eu vi o jogo da Lusa e meu Mengão e não vi o jogo do Santos…Infelismente os acontecimentos na Vila Belmiro das leões dos jogadores do Galo encobriu o lance magico do Neymar..Ele é um grande jogador e a cada dia que passa ele mostra sua genialidade..Esta rolando uma enquete sobre qual o gol mais bonito dele..Aquele da Vila no melhor jogo do ano passado ou esse..

    Sou fã dos grandes jogadores,vendo o meu time jogar e ver esse crque,genio me desanima demais,é um genio em um time e onze pernas de pau do outro..Vida longa ao Neymar.

    • janca

      Imagino, Claudio. O jogo de ontem no Canindé _também acompanhei_ foi duro de ver, ao contrário da partida na Vila. Lamentável o que aconteceu com os dois jogadores do Atlético, parece que estão se recuperando bem, e o Santos tem que ver as condições da segurança e do atendimento médico em seu estádio. Aceso o alerta. Quanto ao Neymar, outra partida incrível do santista, lamentável também no final a entrada que levou depois de mais uma jogada excepcional. E como você torço pelos nossos craques, especialmente os que são bons sujeitos e servem como referência pra tanta criançada que começa a gostar de esporte, caso justamente do Neymar.

  • Francotimão

    Mais uma vez concordo com vc Janca, expor um jogador a essa rotina alucinante de jogos e viagens é no minimo temeraria, é logico q existem jogadores com maior absorvição de desgaste e outros com menor ( ao menos imediatamente), mas penso q com o passar dos anos, a natureza (fisico) ira cobrar dele com certeza, por ter um fisico privilegiado e a juventude ele não sente imediatamente o reflexo desta carga enorme, mas e infelizmente ele vai sofrer no futuro, isso se não mudarem a rotina deste garoto, talvez indo jogar na europa isso possa ser minimizado, uma vez q o calendário europeu o “protegeria” deste hj desgastante ritmo de jogos, muito deles em função da dicotomia de calendarios de futebol…abs!!!!!!!!!!!!!

    • janca

      Sobre o desgaste pensamos exatamente da mesma maneira. Claro que, como você bem colocou, cada um o sente de um jeito, cada organismo é único, mas com o passra dos anos a natureza e o físico podem cobrar um preço caro e ninguém parece muito preocupado com isso não. Neste sentido de fato jogando na Europa o problema seria minimizado, mas assim mesmo eu o prefiro no Campeonato Brasileiro. É muito bom ver as suas jogadas. Mas se ele achar que está se aproximando a hora de ir pra Europa, espero que vá, porque carreira de jogador é curta e Neymar tem que fazer o que for melhor pra ele. Abs.

  • Rafael

    Janca,

    Acho que jogar futebol em alto nível por 2 dias seguidos é possível sim, talvez ficaria na dúvida, pois ele viajou da Polônia para o Brasil, e a viagem por si só já é cansativa!
    Talvez se fosse no campeonato brasileiro, onde joga um dia na vila e outro no rio por exemplo, seria tranquilo para ele.
    O problema é q a CBF não ajusta o calendário com esses amistosos do Brasil, aliás não só para jogadores brasileiros pois o Barcos tbm jogou no outro dia!
    Quanto a prejudicar ele no futuro, acho que é possível, porém o clube sabe a jóia que tem, não sei se arriscaria, tirando que tem ótimos médicos no santos que não recomendariam.

    O que acha Janca?

    Abraço.

    • janca

      Possível (jogar dois jogos em menos de 40 horas) é sim e o Neymar é prova viva disso. Mas o resultado de tanto esforço e desgaste pode aparecer mais tarde. E não sei se o Santos está tão preocupado com o estado em que o jogador chegar quando tiver 27, 28 anos, talvez até porque quando chegar a essa idade deverá estar em outro canto do mundo. Abs.

  • Vaz

    Muitos defendem que jogador no seu clube ganha “muito”e tem que jogar a toda hora e todo dia se for preciso (lugar comum no futebol, podemos supor que quem afirma isto, fariam o mesmo por salários menores ), chego a conclusão que não procede então a reclamação de desgaste do jogador pelas convocações na seleção já que não vêem qualquer problema quando o desgaste é provocado direta e indiretamente pelo clube
    Não só a CBF com seu calendário maluco é responsável pelo desgaste do Neymar, mas atribuo também a diretoria do Santos e ao próprio atleta que não está se preservando (inúmeros compromisos).
    Algum tempo atrás o atleta voltou da Europa após jogar pela seleção, de jatinho a tempo de jogar pelo Santos, gerando uma gritaria (com razão) contra a CBF e ameaçando não liberar mais o atleta e etc.. Indignação geral.
    Após a fracassada partida na Argentina o atleta embarcou em jatinho (silêncio total e nenhuma reclamação pelo fato) rumo a São Paulo, estranhei já que a delegação retornou no mesmo dia em vôo fretado. Dois dias depois vejo (Globo Esporte) a razão da pressa: o jogador havia gravado durante todo o dia anterior vestido de “bichinhos ou coisa que o valha e aí a razão da matéria” para uma campanha de um fabricante de sorvetes, ou seja: o tal jatinho não era para aumentar o descanso do atleta mas sim para chegar de madrugada e a tempo de gravar no dia seguinte. Cadê a recuperação do jogador? A preparação e descanso? O sono? O lazer e o relachamento? Aí não tem problemas pois precisam se submeter aos patorcinadores. Toda semana 2 ou 3 novas propagandas aparecem com o atleta.
    O corpo tem limites e o descanso é obrigatório em qualquer prática esportiva. Daí talvez o desejo manifestado (logo desmentido pela diretoria do Santos que é especialista em negar fatos ) pelo jogador dia destes, de ser contratado logo pelos europeus pois lá não precisará ter dois empregos para ganhar o seu salário mensal.
    Afirmam que o atleta pediu para jogar e sabe que tem condições. Preparadores físicos sabem que isso não é verdade e que jogadores querem jogar é claro mas manda o bom senso e a prudência que não permitam pois os atletas só saberão que não tinham condições de jogar depois que estouram. Aí a lesão pode ter consequências por anos a fio.
    Em esporte de alto nível, sabe-se que a prática sem a devida recuperação e “desentoxicação” é arriscada e nestes casos a reação do corpo é implácavel terminando na maioria das vezes em cirurgias complexas de recuperação lenta.
    O que gostaria é de demonstrar que existem muitos atores e fatores nesta história e que existem muitos fatos e supostos fatos que estão colocando em risco a integridade do atleta que não só a nossa conhecida CBF e seleção brasileira.

    • janca

      O Santos tem o direito de reclamar, mas também acho que a responsabilidade por estar jogando tanto é da CBF, da própria direçaõ santista e do estafe do Neymar, por que não? Ele poderia pedir um tempinho… Mesmo que o atleta queira jogar sempre, o corpo, como você mesmo diz, tem limites. Esse é o “x” da questão, Vaz. Grande abraço, Janca

  • Carlos Otsubo

    Neymar é espetacular!!! Mas essa coisa de estar em todos os lugares ainda vai prejudicar sua carreira…o “social” que ele faz com a seleção, seus empresários….deveria ser revisadas por ele e pelo Santos. Hoje ele é elogiado pela vontade, amanhã ele sente o cansaço (cedo ou tarde isso vai acontecer e isso é fato) e a torcida vai chamar ele de chinelinho, afinal já fez isso hoje pq nao pode amanhã?!?

    • janca

      O “social” a que você se refere eu nem discuto, porque imagino que sejam seus compromissos comerciais, que o permitem continuar no Santos e no Brasil. Mas assino embaixo naquilo que você diz sobre a torcida. Hoje Deus, amanhã pode ser o diabo. Torcedor é muito ingrato e tem a memória curta.

  • Vinícius

    Olha Janca, eu vejo muito jornalista e técnico falar que acaba com carreira do jogador, isso e aquilo, mas não vi até hoje um médico do esporte, fisiologista ou coisa parecida mostrar fatos científicos que isso possa gerar um problema presente ou atual. Por outro lado, Neymar, Lucas, Barcos e outros mostrarem que podem jogar dia sim, dia não, dá uma margem bem grande pra idéia de que é possível sim. Contusões acontecem e acontecerão por que os esportes desgastam os atletas. Finalmente está aparecendo uma geração que gosta do que faz simplesmente por gostar do que faz.

    • janca

      Não sei se é tão simples assim. Se fosse, o atleta jogaria quatro, cinco vezes por semana e não é o caso. Não trato nem do risco de contusão, que faz parte do esporte, contusão num jogo, digo, mas do desgaste que isso pode provocar no jogador. E o Muricy, quando foi conveniente pra ele, reclamou. A direção santista também tem reclamado, mas deveria pensar duas vezes ao escalar o atleta. O mesmo vale pro Lucas, embora tenha tido um intervalo maior e na seleção não seja titular como o Neymar. No caso do Barcos vejo uma situação excepcional, que é a fase do Palmeiras, o clube precisava do argentino ontem. E ele não é titular da Argentina como o Neymar é do Brasil.

  • Neymar é fora de série, não admitir isto é coisa de radical que não quer ver !

    Escrevi um post no meu blog sugerindo que ele deveria pedir dispensa da seleção brasileira. O Santos lhe paga uma [merecida] fortuna e vai ficar fora da Libertadores 2013 por causa das seguidas convocações dele.

    PS: Ele sempre faz gols no meu time, que obviamente não é o Santos FC

    • janca

      Oi Mauro. Discordo de você em relação a pedir dispensa da seleção. É a seleção que valoriza ainda mais o jogador e permite que ele tenha o status que tem, um status internacional, diga-se de passagem. Isso atrai público, mídia e investimentos. E são esses investimentos que possibilitam ao Santos mantê-lo no futebol brasileiro, se não ele já estaria na Europa. Abs.

MaisRecentes

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo

Tricolor acuado



Continue Lendo