A hora de Paulo Miranda



Muito bom ver a volta por cima de Paulo Miranda, aquele mesmo que foi afastado do time, humilhado pela diretoria são-paulina e que só permaneceu no Morumbi por conta de Emerson Leão.

O defensor, que agora ganhou uma oportunidade na lateral direita , agarrou a chance e se saiu muitíssimo bem, foi o principal jogador do São Paulo na vitória contra o Atlético-GO, que deixa o time cinco pontos à frente do Vasco na luta para permanecer no G4.

Colocá-lo no lateral foi uma boa sacada de Ney Franco, mas os méritos são do jogador, que soube aguentar a pressão e a humilhação no primeiro semestre para finalmente começar a se firmar na equipe.

Não é de hoje que ele vem jogando bem e tem mostrado que, além de atuar firme na defesa, sabe apoiar com precisão. Mais uma vez foi bem no ataque, avançando com perigo, marcando um gol e não parando de dar assistência.

Às vezes vale aquela expressão, o nada como um dia após o outro. E que ele tenha em mente que, assim como hoje foi reverenciado pela torcida, um erro amanhã pode comprometer tudo, pois futebol é um esporte ingrato. E o torcedor…



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo