Os adversários do Brasil



Uma pena que a seleção esteja enfrentando adversários tão fracos, como África do Sul, China e agora Iraque, mas continuo achando a nova safra de jogadores muito boa, com um tremendo toque de bola. O que faltava e espero que Mano Menezes reveja seus conceitos nesse sentido era a presença de jogadores mais experientes. Contra os iraquianos, na Suécia, lá estava Kaká.

Tudo bem, parecia coletivo, um ataque contra defesa, mas Kaká fazia falta à seleção. Como fazem falta outros atletas de nível que não têm sido chamados por Mano, como não vinha sendo Kaká. Sinto falta de um Luís Fabiano, um Fred, um Diego Cavalieri, pra mim, insisto, o melhor goleiro brasileiro na atualidade.

Jogadores nós temos _e de sobra. Adversários, pelo jeito, não, com a seleção “vendida” a uma empresa estrangeira que negocia um amistoso pior do que o outro. Pegar o Iraque, na Suécia, num estádio para 21 mil pessoas e que nem lotado ficou é demais. Coisas de dona CBF.

Pelo menos o próximo jogo será contra a Colômbia, nos Estados Unidos, em 14 de novembro. Colômbia que ocupa o segundo lugar na disputa das eliminatórias sul-americanas e vem jogando muito bem. Isso se antes não pegarmos a Argentina, decidindo o Superclássico das Américas, decisão que até agora não aconteceu por conta do apagão na cidade de Resistência. Mas será que teremos jogadores para o jogo contra a Colômbia? Os europeus não querem liberar, devido à distância. E os brasileiros? Na reta final do Brasileirão fica difícil, ainda mais se o jogo contra a Argentina for mesmo remarcado para 7 de novembro. Ainda faltam planejamento e bom senso a nossos dirigentes. E como faltam…



  • Lamentável o nível dos últimos adversários do Brasil. Três seleções fraquíssimas, uma Argentina desfigurada com jogadores que só atuam por essas bandas… Talvez o mais forte que enfrentaremos nesse semestre seja a Colômbia mesmo. Falta planejamento à CBF, que parece entregue à vontade dos parceiros.

    Gostaria de comentar sobre a Seleção.

    Acredito que os jogadores são quase todos esses aí mesmo, gostei de ver a volta e a atuação do Kaká, Oscar jogando muito bem, Neymar um pouco menos cai-cai e até armando jogadas. Muitos criticam o Hulk, mas tem entrega e força que acho necessária para compensar a leveza dos dois anteriores. Lucas é uma boa opção para substituí-lo, caso canse.

    Precisamos é definir o goleiro (Diego Alves e Jefferson são meia-boca, e Cássio é irregular), o par de volantes (gosto de Paulinho e Ramires, não gosto de Sandro e Romulo, garotos limitados. Os suplentes para mim seriam Arouca e Hernanes) e se vamos mesmo ter centro-avante. E pra que chamar esse Giuliano?

    Gosto dessa formação sem centro-avante, mas é legal ter uma ou duas opções no banco para ter a opção de mudar o esquema se necessário. Luís Fabiano (esse se estabilizar a parte física) e Fred estão num nível pouco melhor que Leandro Damião, HOJE. Leandro Damião é o que tem mais condições de crescer.

    • janca

      Precisamos mesmo definir o goleiro, mas eu convocaria o Diego Cavalieri, que segue sendo, pelo menos a meu ver, o melhor goleiro brasileiro em atividade. Não entendo porque não tem sido chamado. Quanto ao par de voltantes, como você diz, também gosto de Paulinho e Ramires e de Arouca e Hernanes como opções. Aliás duas ótimas opções. Em relação à questão do centroavante não precisamos necessariamente jogar sem já que temos ótimos nomes. Um deles é Leandro Damião, embora se fosse o técnico da seleção não deixaria o Fred de fora de jeito nenhum. E o Luís FAbiano é outro nome que não pode ser descartado.

  • Luiz Marfetan

    Na proxima convocação do Mano, podes escrever ai Janca, Rogerio Ceni vai estar entre os convocados para o gol.

    • janca

      Será? Tenho minhas dúvidas. No São Paulo ele é um, até porque domina o grupo. Na seleção nunca conseguiu se firmar, seja com Zagallo, lembra da Copa das Confederações, em 1997, na Arábia Saudita, cobri o evento in loco e pude notar a distância dele com boa parte dos companheiros, não conseguiu interagir com o grupo, e depois, quando chamado por Luxemburgo, tampouco se saiu bem. Acho um ótimo goleiro, mas ainda vejo mais chances de o Mano chamar o Cavalieri do que o Rogério Ceni. Mas quem sabe? Abs.

  • @R9Sal

    Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luis e Marcelo; Luis Gustavo, Paulinho, Hernanes e Oscar; Káka e Hulk. Hoje essa seria minha seleção brasileira.

    Espanha, Alemanha e Argentina estão num nivel muito acima da seleção brasileira. Enfrentando Italia, Portugal, Holanda e Uruguai eu não apostaria no Brasil

    Não acredito que Fred, Luis Fabiano e Diego Cavalieri teriam o poder de mudar esse cenario. São três jogadores, a exemplo de outros, que vieram jogar no Brasil pois não tinham mais espaço nas grandes Ligas

    Quartas de final pro Brasil em 2014 já seria um grande feito. O que temos que fazer é primeiro reconhecer a inferioridade momentânea do nosso futebol – como a Alemanha humildemente fez no periodo pré Copa de 2006 – e a partir dai elevar o nivel do campeonato brasileiro, pois hoje em dia ele não serve como parametro pra nada e trabalhar duro pra quem sabe tenhamos novamente condições de disputar o titulo em 2018

    • rubens

      Na sua seleção não tem Neymar? afff só alguem muito comédia para pensar algo assim.

      • @R9Sal

        NeyMidia a principio seria opção de banco no meu time.
        Se até 2014 aprendesse a jogar em pé somado a uma transferencia pra Europa onde jogaria entre a ‘nata’ do futebol mundial, ai sim, teria boa chance de conseguir um lugar entre os titulares.

        No Brasil, brilhando, mas protegido pela imprensa e pelas arbitragens e jogando contra defesas totalmente desorganizadas fica dificil mensurar seu verdadeiro potencial.

    • janca

      A inferioridade momentânea, como você chama, R9Sal, a própria CBF reconhece, tanto que o Brasil tem enfrentado Gabão, China, África do Sul, Iraque… O que não podemos entrar é no famoso complexo de vira-lata tão bem citado, anos atrás, por Nelson Rodrigues. Não acho que chegar às quartas de final seja um grande feito, podemos ir mais longe, a safra de jogadores é boa, mesclando os mais jovens com os veteranos temos tudo para formar um ótimo time. O que precisamos é disso: um time. E como opinião é opinião, discordo de sua seleção. A começar pelo goleiro. E a minha teria Fred, sim. Nâo é porque está jogando no Brasil e não na Europa que deve ser descartado. Se formos por aí o Neymar não seria chamado. Nem o Paulinho. Abs.

  • BRUNINHO

    ESSES ADVERSARIOS FRACOS SÓ SERVEM PARA ATRAPALHAR O TRABALHO JÁ ATRAPALHADO DE MANO, POIS SE O BRASIL GANHA E JOGA BEM, NÃO FEZ MAIS QUE A OBRIGAÇÃO, SE GANHA JOGANDO MAL OU PERDE, O MUNDO CAI EM CIMA DELE.
    TEMOS UMA BOA SAFRA SIM, MAS O RESPONSAVEL PELA COLHEITA É FRACO, É COMO VOCÊ TER UNS 10 MIL HECTARES DE PLANTAÇÃO DE LARANJA DA MELHOR QUALIDADE, E COTRATAR UMA CRIANÇA DE 8 ANOS PARA COLHER SUAS FRUTAS.
    NÃO VEJO COMO JOGADORES COMO HERNANES, FRED, LUIS FABIANO, MIRANDA, LUIS GUSTAVO, DIEGO CAVALLIERE, ENTRE OUTROS ESTÃO FORA DESSE SELECIONADO.
    JÁ PENSARAM UMA SELEÇÃO COM: DIEGO ALVES-DANIEL ALVES-DAVID LUIZ-THIAGO SILVA-MARCELO-AROUCA-RAMIREZ-HERNANES-OSCAR-NEYMAR-LUIS FABIANO.
    E NO BANCO: DIEGO CAVALLIERE-MARIANO-MIRANDA-DEDÊ-BRUNO CORTEZ-LUIZ GUSTAVO-PAULINHO-P.H.GANSO-KAKÁ-LUCAS-FRED.

    • janca

      Também acho que o responsável (ou os responsáveis) pela colheita é fraco e não tem trabalhado bem. Jogamos dois anos de preparação no lixo, mas agora podemos entrar numa fase melhor e diferente. O Kaká, antes ignorado, agora foi lembrado. Ele vai ter que mesclar a nova safra com jogadores veteranos. Fred não ser chamado por picuinha é demais. Abs. Ah! E o Ganso tem que mostrar força de vontade e que está em condições de jogo. Na Olimpíada, inclusive pela apatia (ou até principalmente por conta dela), decepcionou a comissão técnica da seleção e não foi mais chamado. Agora, que está contundido, tem que se recuperar pra poder jogar. E mostrar bola e vontade. E equilíbrio emocional, pois seu maior problema talvez seja mesmo a cabeça.

  • Nessa história toda jogam a culpa num tal contrato assinado não se sabe quando, no qual a CBF teria vendido já todos os jogos para uma empresa… Ora, ora. Contratos, tratos, combinados e assemelhados são tem duas alternativas: CUMPRIR OU QUEBRAR O CONTRATO.

    • janca

      Você pode renegociar, por que não?

    • sandrofla

      Será que é viável financeiramente a quebra de contrato? Tem de pesar a periodicidade em relação ao valor da multa recisória.

  • sandrofla

    Janca, me pergunto o seguinte: e quando o adversário é um pouco melhor e faz 1×0(olimpíada por ex.), esse grupo sem os mais experientes consegue reverter a situação?
    Alguns nomes como Lucas, Oscar, o ausente Hernanes e o Neymar jogando com mais objetividade dão um status a seleção, mas precisamos(CBF) rever no contrato o nível dos adversários contratados pela empresa administradora dos jogos.

    Abraço!

    • janca

      Oi Sandro. Eu acho que só a nova safra, especialmente numa Copa do Mundo, onde os adversários são bem melhores do que os da Olimpíada, você não pode só contar com a nova geração, por isso defendo uma mescla e acho que Mano Menezes demorou demais para chamar Kaká e não pode descartar de vez Fred, Robinho, Ronaldinho Gaúcho, Luís Fabiano, Diego Cavalieri e outros mais, inclusive o Felipe Melo. Sobre os amistosos acho que dá pra conversar, sim, como não? Diálogo é importantíssimo em todos os setores, inclusive no futebol. Até entendo que, com seleções disputando eliminatórias, vez ou outra é difícil encontrar adversários, mas para pegar Gabão, África do Sul, os reservas da China, o time C da Argentina, Iraque e Japão já é demais. E muitas vezes, como mais uma vez se viu na Suécia, ontem, para um estádio com muitos setores vazios. E ó que o estádio não era dos maiores. A capacidade era de 21 mil lugares, salvo engano. Estão tratando a seleção como se fosse um time de quinta, quando não é. Somos os únicos pentacampeões mundiais e temos jogadores brilhantes, sim, como Oscar, Kaká, Neymar e tantos outros. E o próprio Hulk, mérito do Mano que temos de reconhecer, tem calado a boca de muita gente, inclusive a minha. Tem se saído bem na seleção. Abs. e bom feriado, Janca

  • JOAO PAULO BARROS – ACRE

    a CBF nao organiza nem um campeonato brasileiro que presta, por isso q vendeu pra uma empresa o direito d contratar jogos… um campeonato que numa reta final, os times tem q ceder jogadores pra jogos contra IRAQUE e outros “times bomba”, sem trocadilho.

    calendário inútil, com estaduais enchados e um monte de dirigentes e juizes que absolvem um juiz que nao deu a falta e condena o jogador q fez(caso R49). e condenado horas antes do jogo. mesmo o kra sendo absolvido, como ficaria a kbeça do jogador, ao ser julgado horas antes do jogo?

    ou se cria uma liga e muda esse calendário ou a CBF e a GLOBO vao fazer o que quizerem com o torcedores e os times…

    na verdad, só a cbf tá certa. a UEFA e a FIFA é q estao erradas…
    ela se confia na paixao do brasileiro, pelo futbol…

    apesar d que após a copa de 14, os melhores jogadores vao qrer ir pra europa mais cedo e vai começar e demandada pra europa dnovo, os q estao lá nao vao qrer mais voltar…
    aí nao vao mais convocar jogadores que jogam por aki, o BRASILEIRAO nao vai precisar ceder jogadores e a gent vai ser feliz pra sempre…

    mudança no calendário já!!!

    TIMAO. meu coraçao é teu!!!

    • janca

      A questão é ajustar o calendário. E cuidar melhor da seleção. Ainda acho que temos muito espaço para os times grandes nos Estaduais, são quatro meses, um terço do ano, praticamente perdidos. E em datas para amistosos da seleção não é legal termos jogos do Brasileiro, não. Acho que dá pra conciliar o calendário dos clubes, se bem organizado, com o da seleção.

MaisRecentes

Revolta corintiana



Continue Lendo

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo