Os 200 observadores



Os esclarecimentos sobre a demissão de nove funcionários do Comitê Rio-2016 que teriam furtado documentos dos organizadores dos Jogos de Londres até agora não foram dados. Seguem evasivos demais. Nada explicam. Afinal quem deu as ordens para a cópia do material? Se eles tinham senha e login para fazê-lo alguém disse que não era pra copiar nada? Se o material estava disponível para os brasileiros, que mal eles fizeram? Agiram por conta própria ou a mando de alguém? Por que as demissões, se se trata de furto, segundo noticiado, não foram por justa causa? Por que os nomes dos funcionários, se eles furtaram documentos, não foram revelados?

Mas o que também chama a atenção é que havia dois grupos diferentes de observadores. Os “infiltrados”, cerca de 15 a 20, nove dos quais acabaram demitidos, e os demais, que zanzavam por Londres, pelas arenas, pelos jogos, para catar informações relevantes sobre o que foi feito na Olimpíada. Os bons exemplos podem ser seguidos, os ruins, deixados de lado ou corrigidos para 2016. Este último grupo tinha nada mais nada menos do que 180 a 185 pessoas. O que elas fizeram na prática? O que trouxeram de positivo para o Rio? Quanto consumiram do Comitê e dos cofres públicos? Você sabe? Eu não. E somos nós, contribuintes, que pagamos os gastos, inclusive porque o Comitê Organizador Local e o Comitê Olímpico Brasileiro, ambos dirigidos pelo mesmo presidente, Carlos Arthur Nuzman, se confundem. E o COB, como se sabe, vive das tetas do governo. Cada vez querendo mais dinheiro, apesar de não ter apresentado retorno dos investimentos em Londres.

Como somos nós que pagamos as contas, uma satisfação merecemos. Foi um trem da alegria??? Até agora não sei, mas imagino que possa ter sido, sim. Sabemos como as coisas funcionam por aqui. Ou não? Se não, alguém dê explicações à sociedade. E esclareça de vez o que aconteceu com os nove funcionários _no início falava-se em dez_ demitidos. Cada um atuava num setor. Não é coincidência demais que nove tenham decidido copiar documentos? Será que não foram bem instruídos? Talvez. E se for este o caso os nove é que têm de pagar a conta? Quem está acima deles não? Isso que não entendo. E não aceito.



  • Samuca

    Estranha a maneira como ocorreram as demissões, não fosse o Juca Kfouri ninguém saberia de nada. Nota oficial nada explicava. Entrevista do Nuzman escutei na CBN que nada explicava também. Ele demorou muito pra se pronunciar. Deu impressão de jogar sujeira embaixo do tapete. O Pan terminou com superfaturamento. País que abra olhos pras Olimpíadas. Deram partida pra confusão. Vem mais coisa à tona.

    • janca

      Apesar de o Comitê do Rio e o governo terem dado o caso como encerrado acho que ficaram faltando explicações. A coisa segue nebulosa. Abs. e boa semana, Janca

  • Corinthiano da Gávea

    Quase ninguém liga para o corrupção no COB, nem para a falta de transparência no COB, nem para o desperdício de dinheiro público no COB, nem pela ausência de resultados no COB, nem pelo atraso que o COB fez ao esporte brasileiro ou pelo cargo “vitalício” do Nuzman à frente do COB. Inclusive a Dilma vai dar ainda mais dinheiro para o COB/Nuzman.
    quase ninguém liga para quanto o PAn custou aos cofres públicos ou quanto irá custar a Olimpíada e quanto está sendo gasto com as obras no Rio, em bairros nobres que irão favorecer a classe alta.
    Enquanto isso estão todos de olho gordo no estádio do Corinthians.
    O povo merece se ferrar mesmo.

    • Corinthiano da Gávea

      Vai ver quantas pessoas tinham na marcha das vadias em Copacabana.

    • janca

      Não é questão de olho gordo, como há dinheiro e benefícios públicos tanto no estádio do Corinthians quanto no COB o contribuinte tem que ficar de olho mesmo.

      • Corinthaino da Gávea

        Com todo respeito Janca, é olho gordo, inveja e dor de cotovelo. Abraço.

        • Corinthaino da Gávea

          O Estádio do Corinthians é a obra mais fiscalizada e mais vigiada do planeta. Tem que ficar de olho nas outras coisas.

        • janca

          Não é não. E você está escrevendo o “nome” errado: Corinthaino da Gávea, não Corinthiano da Gávea, como escreve habitualmente, por isso seus comentários estavam pendentes esperando moderação. Abs.

          • Corinthiano da Gávea

            Desculpe-me Janca. Vou manerar nos comentários, lamento ter sido agressivo ou mal-educado mais abaixo. Abraço…

          • janca

            Sem problema, Corinthiano da Gávea, acontece, muitas vezes as discussões ficam acaloradas mesmo, a gente acaba extrapolando, mas reconhecer nossos próprios erros é muito legal e só nos ajuda a crescer. E não é algo fácil, não, é algo que poucos fazem, aliás. Abração e boa terça pra você, Janca

    • Felipe Ricco

      O caso é praticamente o mesmo meu querido, obra erguida com dinheiro público, superfaturada que (apesar de estar sendo feita numa região pobre) em nada vai beneficiar a população que necessita.
      Ou por acaso vão ter escolas no itaquerão??? Hospitais?? Já sei!! Quando o Corinthians cortar a grama do estádio vai dar pro povo comer…

      • Corinthaino da Gávea

        E o que o Corinthians tem a ver com as escolas e com os hospitais?
        É só derrubar o Morumbi e construir um hospital. Derruba o estádio do Palmeiras e constrói uma escola.
        O Hospital Santa Marcelina fica aonde?
        O Hospital Itaquera fica aonde?
        O Hospital Waldormiro Paula fica aonde?
        O Hospital Municipal de Itaquera fica aonde?
        O UBS Itaquera fica aonde?
        Que eu saiba ficam todos em Itaquera. Quer que eu cite também os postos de saúde de Itaquera.
        Vocês estão muito mal informados, a região de Itaquera tem vários hospitais e escolas, o que falta lá é um estádio. E o povo daquela região é em sua grande maioria formada de corinthianos apaixonados, eles querem o estádio.
        Isenção fiscal não é dinheiro dado, pois é impossível dar uma coisa que náo existe. e empréstimo do BNDES é empréstimo, não é dado.
        Conformem-se e sofram menos.

        • Corinthaino da Gávea

          Se não quer ter gasto, não faz a Copa. Nada é de graça nesse mundo. Querem que a cidade sedie a Copa, mas não querem ter gasto nenhum, isso não existe. Vocês são uns sonhadores.

          • Corinthaino da Gávea

            Sacanagem estão fazendo com o Corinthians, pois o estádio irá custar o dobro do valor por causa dessa Copa. Mais uma vez o Timão sustentando gente ingrata.

        • Corinthaino da Gávea

          Felipe, em Itaquera tem dezenas de escolas, ninguém fica sem estudar por causa de escola naquela região.
          E também tem muitas auto-escolas por lá.
          Se você quiser voltar para o mobral tem vaga prá você lá, quem sabe assim você fique mais inteligente e não escreva sobre assuntos que desconhece.

          • Corinthaino da Gávea

            Felipe, acho que você só não é mais burro por falta de plutônio.
            O Estádio irá beneficiar em muito a região e se você não sabe, a maioria dos moradores da cidade são favoráveis ao estádio, como mostram as pesquisas.
            Ao contrário do que você diz, eis alguns benefícios:
            Valorização dos imóveis.
            Trouxe e trará investimentos para o bairro, consequentemente impostos que entrarão para os cofres da prefeitura, muito mais do que deixou de arrecadar com os incentivos.
            Haverá melhoria nas vias públicas e malha viária.
            Melhroia no transporte público.
            Trará empregos diretos e indiretos.
            Melhoria no saneamento básico.
            Melhorou a auto-estima dos moradores da zona leste.
            O estádio é o início para alavancar o desenvolvimento da região.
            Qualquer empresa disposta a investir na Zona Leste fará jus aos Certificados de Incentivo ao desenvolvimento.
            Sem contar o fato da cidade ter um estádio padrão Fifa, em que poderá sediar outros eventos de porte no futuro.
            E o principal, que é os moradores verem o Timão jogar ao lado de casa… isso não tem preço.
            Entendeu ou precisa que eu desenhe?

          • Corinthaino da Gávea

            Só esqueci de citar uma coisa.
            São Paulo pretende faturar cerca de 1,5 bilhão de reais com a Copa, valor muito maior do que os incentivos concedidos para a construção do estádio.
            Janca, investimento tras lucro e novos investimentos.
            A cidade investe cerca de 30 milhões por ano coma Formula 1, mas ganha 110 milhões com ela.
            Mas fazer o que, brasileiro é preconceituoso por natureza, tem preguiça de pensar mais além.

          • Corinthiano da Gávea

            Lamento ter usado um tom agressivo Felipe, desculpe-me.
            Vocês tem que entender que independente dos incentivos fiscais serem para o estadio corinthiano, a população irá ganhar muito com o desenvolvimento da região e a cidade irá lucrar um valor muitas vezes maior do que o valor desses incentivos. A cidade e o povo sai ganhando, independente de serem corinthianos ou não.
            E os mesmos incentivos fiscais valem para todas as sedes da Copa, independente de serem estádios públicos ou privados, no final das contas não faz diferença. Esses incentivos estão na lei e além disso são exigência da fifa, não tem nada errado. O Corinthians não tem culpa se a cidade não tem um estádio moderno.
            Os incentivos são de 400 milhões, mas a cidade pretende lucras 1,5 bilhão. Fora os impostos que entrarão em virtude do desenvolvimento da região e o benefício que a população da zona leste terá.

  • Vaz

    Conversinha para quem não conhece sistemas de segurança da informação. Em minha opinião estão usando este pessoal que não copiou nada de errado para acobertar o mal feito. Me parece a história de violação de Imposto de Renda de alguns “notórios” da oposição e familiares a algum tempo atrás. Usaram a chave de acesso de algumas pessoas para acessar o que não era permitido e a culpa cai nos caras que não sabiam de nada. Nesta situação como na de violação do imposto, foram demitidos quem fez e quem não fez mas quem mandou ninguém sabe e ninguém viu.
    Quanto ao trem da alegria dos tais “fiscais” de instalações da Olímpiada que passaram o tempo curtindo o evento, já havia escrito aqui neste espaço que venho notando isto em toda Olímpiada e nesta foi escandaloso, que enquanto os atletas estavam vindo embora e sobrava apenas uma meia dúzia, esta turminha desfilava sorridente na cerimonia de encerramento (no momento da festa o pessoal do voley fem. e masc. já estavam voando para o Brasil, a de futebol já estava na Suiça e quase não havia mais atletas por lá), mas na entrada das delegações na festa de encerramento tinha uma centena de pessoas de bandeirinha brasileira, camisetas e agasalhos do Brasil mas a maioria não tinha nem cara e nem porte de atleta. Aquela veterana de cabelo vistoso e bem penteado, o tiozão sorridente e uma barriga de chopp que era brincadeira. É esta turminha Janca que sempre está em todas, não perde uma boquinha, uma mamata. É parente de “pulitico”, da “autoridade” quando não os próprios. Enquanto nos envergonhamos, estes caras na maior cara de pau não estão nem aí e acham que é normal, que já que estão lá tem que aproveitar. Como você mesmo comentou, onde está o resultado? Esperar ação do Governo? Nem pensar, tem muito cara ligado a base de apoio e apaniguados que são propositalmente convidados para estas farras pelas confederações (vale para CBF, COB e por aí vai) com tudo pago e depois todo mundo faz cara de paisagem e de que não sabe de nada. Como vão cobrar alguma coisa com o rabo preso.

    • janca

      É, Vaz, a situação é complicada e muitas vezes revoltante para nós, contribuintes. Mas o governo poderia parar de sustentar o COB, por exemplo, cobrar resultados, cobrar ações, forçar a entidade a limitar os mandatos dos dirigentes, na sexta o Nuzman é candidato único para conseguir seu quinto mandado. Tem cabimento? E o comitê vive de verba pública, inclusive das loterias. Uma vergonha. E muito mal explicado mesmo o que aconteceu em Londres em relação à cópia de documentos. O comitê até agora não se explicou direito. Comitê, leia-se Nuzman. Abs.

  • sandrofla

    Nebuloso…nebuloso!

    • janca

      Pôe nebuloso nisso, Sandro. Abs.

  • As Olimpiadas no Rio assim como a Copa do mundo, ao meu ponto de vista, serao uma catastrofe para a economia, para o desenvolvimento social do nosso pais e tambem para o desenvolvimento esportivo.

    Com o dinheiro gasto no Rio 2016, por exemplo, poderiamos subsidiar 30 tecnicos esportivos para cada municipio por um ciclo olimpico (4 anos). Estou falando de mais de 5000 municipios com os professores trabalhando full time e ganhando entre 3000 e 4000 reais mensais!

    Como existem municipios que nao necessitam de 30 tecnicos esportivos, as vagas remanescenes poderiam ser aplicadas em municipios maiores.

    Com isso poderiamos obter mais adeptos na pratica esportiva e consequentemente ganhar mais qualidade nas equipes de alto rendimento.

    Os eventos esportivos de larga escala NAO aumentam significamente o numero de praticantes. E so pegar o exemplo das pesquisas realizadas pos Jogos nas ultimas sedes.

    O que aumenta a procura do esporte e uma politica simples e direta de prover o esporte para nossa populacao. Essa politica, infelizmente, falta aos nossos dirigentes.

    O legado do Rio 2016 NAO chegara aos municipios brasileiros, infelizmente.

    E provavelmente, o governo bancara todos os excessos com o dinheiro destinado a educacao e a saude nos outros municipios brasileiros.

    Ficaremos portanto, na mesma situacao de Montreal, que acabou de pagar a conta das Olimpiadas de 1976 a alguns anos atras.

    Mas la e o Canada e aqui, o pais do desvios.

    saudacoes handebolistas!

    • janca

      Tudo depende de como as coisas são conduzidas, Evelton. Há chances de um crescimento da prática esportiva no Brasil nestes próximos quatro anos, mas temos de aproveitar a Olimpíada para que as mudanças não parem por aí. Pode ser a oportunidade para o governo iniciar uma política pública atrelando o esporte às universidades e às escolas, por que não? Valorizar o profissional de educação física, por exemplo. E o handebol, de que você gosta tanto, é um dos esportes que finalmente pode dar uma decolada. Futebol já não, sempre foi forte por aqui. Abs.

MaisRecentes

Galiotte cobrado



Continue Lendo

Palmeiras ferve



Continue Lendo

Cuca continua?



Continue Lendo