CBF em campanha



E a CBF entrou com tudo na campanha para prefeito de São Paulo. O diretor de seleções, Andrés Sanchez, vai intensificar na reta final pedido de votos para Fernando Haddad, candidato pelo PT. Já o grupo mais próximo de José Maria Marin defende Celso Russomanno, do PRB.

Se Russomanno for eleito prefeito, a escolha do secretário de esportes deverá ficar por conta de Marin, com quem o candidato trabalhou no final dos anos 70, início dos anos 80, quando o atual presidente da CBF ocupava o cargo de vice-governador em SP. Depois viria a ser governador durante dez meses, já que o titular, Paulo Maluf, teve de se licenciar para tentar vaga como deputado estadual.

Detalhe: Marin, antes de a presidência da CBF cair no seu colo, bem que tentou mas não conseguiu ocupar a secretaria de esportes tanto na Prefeitura quanto no governo do Estado e acabou se distanciando do PSDB e do PSD, de Gilberto Kassab.



MaisRecentes

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo

Complô no Santos



Continue Lendo

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo