BraZuca?!?



Tem provocado indignação entre alguns o nome escolhido para a bola que a Adidas vai lançar para o Mundial de 2014. Se Brasil é com “s” e não com “z”, porque não usar Brasuca? Por que os estrangeiros preferem Brazuca, que é derivado de Brazil, como se refere ao país quem usa a língua inglesa?

Li na “Veja” que os dicionários e o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Letras, utilizam o termo brasuca (com “s”) e não brazuca (com “z”). Ainda segundo a revista, o termo tem um tom depreciativo, tendo sido criado em Portugal como contraponto ao nosso “portuga”. Não sabia disso. Mas não gosto do nome por outros motivos. Acho “banal”. Falta-lhe conteúdo.

Sigo achando que Gorduchinha, nome que acabou descartado e nem levado à votação foi, era bem melhor. Porque simboliza e representa muita coisa. Daria o que falar. Uma homenagem a Osmar Santos e a nossos brilhantes locutores do presente e do passado. História viva do rádio. Sinal dos tempos da luta  pelas Diretas, na qual o narrador esteve presente ao lado de Sócrates e Casagrande. Tempos em que o Brasil, perdendo ou vencendo, jogava como Brasil. É a história recente do nosso país. Mas a ideia não vingou e vamos ter que ficar com Brasuca mesmo. Ou melhor, Brazuca, como preferem os ingleses.

Por motivos pessoais e compromissos profissionais vou dar uma pausa nos posts até dia 24, quando retomo o blog com informações quentes do exterior. Até lá, dentro do possível, sigo lendo e respondendo os comentários de vocês. Um abraço a todos, João Carlos



  • Luiz Marfetán

    Puxa, pensei que pessoas inteligentes não lesem mais a “Vejalixo” parece que me enganei. Esses nomes foram escolhidos? democraticamente por quem? Pelo monopólio certo? só podia ser ridículo, como quase tudo que eles fazem.

    • janca

      Teria sido uma eleição popular, via internet. As outras candidatas eram “Bossa Nova” e “Carnavalesca”. Não votei, mas se tivesse votado escolheria a segunda opção (Bossa Nova), embora ainda prefira Gorduchinha. A vitória foi por 77,8% dos votos e anunciada no “Esporte Espetacular”, da Globo.

      • As opções para votação não eram muito interessantes. Mesmo “Bossa Nova”, que foi a que escolhi, não me interessava tanto.

        A bola ficou como “Brazuca” por causa da nossa mania de absorver o que há no exterior em detrimento da nossa própria língua. Não foi por causa dessa mania que “Paraolimpíada” virou “Paralimpíada”?

        De certa forma, a cada dia o Brasil parece destruir parte da sua cultura.

        • janca

          Concordo contigo, Rodrigo, e nesse sentido a globalização não ajuda nada. Estamos cheios de “estrangeirismos”. E tem também a mania de pensarmos como um país inferior, de Terceiro Mundo, a mentalidade continua aí, então tudo o que vem de fora é melhor. Inclusive o Brazil (com “z” mesmo). Se fosse votar optaria pela “Bossa Nova”, como você, pelo menos representa um movimento interessante, diz algo a nosso respeito e a respeito de nossa musicalidade, que não se restringe ao samba. Mas tampouco tinha gostado deste nome. Era o “menos pior” entre as três opções. E ainda perdeu. Abs.

  • sandrofla

    Nenhum dos três nomes me agradaram e por isso não votei também. Meu filho de 6 anos me perguntou se estava certa a escrita com z.
    Disse: filho, veja menos televisão e continue estudando!

    • janca

      Curioso o que você colocou, uma criança de seis anos perguntando algo que para nós, adultos, fica difícil responder. Brasil é com “Z”? Abração pra você e bela quarta, Janca. PS. Que o Flamengo se cuide, a fase não está boa, está na hora de começar a se recuperar se não vai ter que se preocupar com rebaixamento… Mas ainda tem gordura pra queimar… Abs. de novo, Janca

  • Rafael

    Janca,

    Ao invés de Brazuca, deveria ser Bazuca, já que muitos veem o Brasil como o país da violência, tiros, etc..
    Na minha opnião, esse negócio de nome para bola é uma grande bobagem, com todo respeito a opnião de todos.
    De fato, aqui no post acho que a polêmica não está no nome da bola, e sim na escrita do nome.
    Mais uma coisa para inglês ver né Janca?
    Mais essa coisa de utilizar o nome dos países em inglês já está há tempos no futebol, deve ser alguma regra da FIFA, não sei. Sempre temos a Alemanha como Germany, Espanha como Spain, e por ai vai.
    Acho que deve ser um modo de “facilitar” mundialmente.

    O que acha Janca?

    • janca

      Até concordo que o inglês virou uma espécie de “língua universal” e acho ok, mas daí a chamarmos nossa bola de Brazuca, com “z”, desnecessário. Sem falar que o nome não diz nada… Não vejo como algo pejorativo, ao contrário da “Veja”, mas acrescenta o quê? Gorduchinha seria diferente, o pessoal ia querer saber o que quer dizer, provocaria mais discussão e reflexão. Abs.

  • Leone

    Brazuca era o melhor disponivel.

  • felipe – df

    Acredito que isso aconteça tambem por interesse da adidas, a fabricante da bola, na comercialização internacional do produto. O que seria uma pena mesmo.

  • Sabe, Janca, dialogar contra a lógica do sistema é uma tarefa inglória. Nada faz sentido no nome escolhido – ainda que, para todos os efeitos, fomos nós, brasileiros, quem o escolhemos numa votação inédita e democrática…

    O professor Pasquale Cipro Neto já havia chamado a atenção para esse desrespeito linguístico que nos está sendo imposto, goela a baixo. Nas redes sociais, quase não se encontra quem defenda o nome eleito.

    Fernando Meligeni já disse que na Argentina, brazuca é depreciativo, e ele mesmo nunca gostou de ser chamado assim.

    Enfim, que se dane a Fifa, afinal, os coitados nunca escutaram um gol narrado por Osmar Santos. Passemos, então, a ignorá-los: tratemos, doravante e sempre, a pelota por GORDUCHINHA, e nada mais!

    Abraço,

    João Sassi

    • janca

      É uma pena mesmo. Nem sabia dessa declaração do Meligeni, vamos cair no ridículo com um nome que não acrescenta nada. Mais um gol contra, enfim. Grande abraço, Janca

  • Dorival

    Janca
    Os brasileiros que vivem no exterior são chamados de brazucas, não sei de onde veio este nome, mas não gosto dele. Eu votei na bossa nova, o certo é que os três nomes não caíram bem.
    É importante notar que o nome de país, estados e cidades não mudam de acordo com a língua, pois são nomes próprios, mas canso de ouvir San Pablo, nossa seleção ser chamada de conjunto amazonense, carioca e outros idiotices da prensa e locutores de outros países. No inglês usa-se o Z, pois soa como z e não como s, mas nos meios acadêmicos as coisas são bem diferentes sendo usado o nome correto.
    Perdemos mais uma vez uma grande chance de homenagear o que é tipicamente brasileiro A Gorduchinha como bem disse o Janca, um país sem passado sem memoria é um país sem futuro.

    • janca

      É um país sem memória mesmo. Gorduchinha teria muito mais a ver com nosso país e nossa história recente do que Brazuca.

  • Daniel

    Bom, eu entendo que o uso popular é o que define as regras de um idioma, não a Academia de Letras. Esta, somente deve tentar reconhecer essas regras. Com efeito, o termo “Brazuca” tem mais de 3 milhões de ocorrências no Google, ao passo que “Brasuca” tem pouco mais de 400 mil. Ponto final. E se o termo é depreciativo em Portugal, ótimo motivo para expressarmos orgulho para com o mesmo, o que fará com que a “piada” perca a graça. Certo?

    • É natural que Brazuca tenha mais referências na rede, posto que o radical da palavra, proveniente da Língua Inglesa – portanto, com”Z”, tem abrangência superior ao da nossa língua pátria – afinal, o “mundo” nos conhece como Brazil. Entretanto, como a Copa do Mundo será no Brasil, com “S”, é natural que a sociedade brasileira queira se ver representada no nome que batizou a grande estrela do evento. Ou você quer que um chinês batize seu filho só porque há mais falantes do Mandarim no Planeta?

      Saudações Rubro-negras!

      • janca

        Essa foi boa, Borogodó. Abs.

      • Daniel

        Eu estimaria que, pela relevância, uns 99% dos sites que citam o termo brazuca sejam brasucas (como queira).

        • O que só referenda minha colocação, visto que o anglicismo se mostra dominante mesmo entre nossa gente.

          • Daniel

            Você quer dizer que nós, os brasileiros, tendemos a escrever brazuca com Z porque nós sofremos mais influência da escrita “Brazil” em inglês do que da nossa escrita nativa “Brasil”? Desculpe amigo, você já está achando chifre em cabeça de cavalo…

          • Será, mesmo? Cada cabeça, uma sentença, e viva nossa Independência!
            Fico com Elis Regina: O Brazil não conhece o Brasil…

          • Puxa, Daniel, acabo de encontrar um maluco como eu: que está procurando chifres por aí! Pobre gente brasileira… http://www1.folha.uol.com.br/colunas/pasquale/1152649-brazuca-a-bola-da-copa.shtml

          • Daniel

            Essa discussão é inócua: primeiro, quem decide como se escreve não sou nem você, nem os organizadores da Copa. Quem decide é o uso popular, como é e sempre foi na formação dinâmica de qualquer idioma. Segundo, antes das motivações do comitê pelo nome, o termo tem sido grafado de duas formas, sendo que o uso do Z, letra nativa e legítima do nosso idioma é predominante. Não há nada que indique que o termo tem sido escrito com Z por influência anglicana. Terceiro, que mal há na influência anglicana, se a mesma é uma iniciativa popular e não uma expressão explícita de um domínio cultural xenofóbico? A menos que, como eu disse, você queira enxergar conspirações mirabolantes e aí eu me ausento da querela. Por útlimo, nosso idioma é uma colcha de retalhos de influências árabres, latinas, grecas e, por que não, inglesas. Nossa identidade surge reconhecendo nossas influências, não as negando. Aliás, esse assunto é importante?

          • Daniel

            O termo brazuca eu acho simpático, como na música do Roberto Carlos. O sufixo “-uca” nunca o enxerguei como depreciativo, e me dou a presunção de discordar do professor Pasquale. Uma amiga me chamava de Danuca e eu achava simpático. Só se for uma questão regionalista… Enfim, quem vem decretar algo sobre idioma eu acho prepotente, seja quem for. Idiomas são desobedientes, detestam regras e vivem mudando com o tempo.

          • janca

            Nesse caso de ser depreciativo ou não eu confesso que nunca tinha visto como depreciativo. Soube depois que é em muitos lugares do exterior, segundo estava na “Veja”. Mas não sabia disso e achava até bacana _como acho_ o termo: Brasuca. O que acho é que um nome como Gorduchinha teria muito mais a ver com nossa história e nossa maneira de lidar com a bola e o futebol. Enfim, de tatu-bola gostei. Abs. pra vocês e até dia 24, Janca

          • A “discussão” só começou, ao meu ver, quando você colocou, de cara, um PONTO FINAL categórico no diálogo – um paradoxo com sua afirmação mais recente.

            Em momento algum eu falei em conspirações; aliás, nem de longe. Ao passo que se nossa língua é rica e multicultural como uma colcha de retalhos, não vejo aí razões para adotarmos qualquer outra língua em nosso nome, posto que estamos muitíssimos bem representados por um linguajar melodioso e singularmente carinhoso. A não ser que você ache legal a propaganda mostrar uma pick-up (como se vê na TV), e não uma picape; é tudo uma questão de gosto não é mesmo?

            Não chamei a mim a responsabilidade da razão, tampouco me utilizei de pressupostos ou achismos. E no final das contas, pela leitura do texto do Pasquale, pode-se constatar que minhas sensações estão embasadas em regras: chatas, mas claras. E Brazuca, meu caro, está em clamoroso impedimento.

  • Daniel

    Ah, o correto é Fluzão e não Flusão, por exemplo.

  • lee

    Janca, troca essa foto! parece que vc tá enrolando um baseadinho…

    Zoando, nao!

    **e ainda parece que tá gostando…

    • Rodrigo

      Pior que parece mesmo hehehehehehe

    • janca

      Oi Leandro. Com atraso vou responder aqui. Trata-se de uma caneta. De verdade. Abs. e boa semana pra vc., Janca. E pro Rodrigo tb., claro.

  • Janca, o melhor nome seria Caramuri.

    Falo isso com toda a certeza, pois este nome sim, teria fundamentação!

    • janca

      Caramuri ou Caramuru?

  • Celso

    O termo brasuca não é só depreciativo, já apareceu em uma música do Roberto Carlos:

    “Bom no pé, deita e rola
    Ele é mesmo bom de samba e de bola
    Que beleza de mulher que se vê no meu país
    É Brasil, é brasuca
    Esse cara bom de papo e de cuca
    Tiro o meu chapéu, peço bis pro meu país”

    Mas gorduchinha era muito melhor…

  • Corinthiano da Gávea

    Eu acho que BraZuca soa muito melhor e está correto.
    BraSuca ficaria estranho.
    Gorduchinha também não acho legal, inclusive seria difícil para os estrangeiros pronunciarem.
    Também não gostei do tatu bola.
    De qualquer forma, os nomes são sempre estranhos, inclusive do mascote do Pan.
    Hoje estou discordando de tudo… rs.
    Deveria ser Zé Pequeno.
    Abraço Janca.

    • janca

      Já eu gostei do tatu, sim. E seria bom os estrangeiros aprenderem a falar (ou tentarem falar) “Gorduchinha”. Enfim, viva o tatu!!!

      • corinthiano da gávea

        Coitadinho do tatu, isso sim, na caatinga os sertanejos comem ele.
        Quem sabe sendo mascote dimuna a matança dos tatuzinhos.

  • Corinthiano da Gávea

    O mascote deveria ser o Tamanduá-bandeira, Uirapuru, Mico-Leão, Arara-azul ou tuiuiú.
    Muito melhor que o tatu bola.

    • Corinthiano da Gávea

      Imagina que legal seria se houvesse um Mascote para cada Estado sede.
      Amazonas seria Jacareaçu, Mato-Grosso o Tuiuiú, cada estado com seu mascote predominante na natureza local.
      Seria inovação.

      • Taí uma boa sacação, Corintiano: isso é inovação! O Brasil é um país continental, marcado por distintas culturas, faunas e floras; tudo a ver a ideia de mascotes-satélites!

        • corinthiano da gávea

          Com certeza amigo Borogodó. Faltou criatividade. Abs…

        • corinthiano da gávea

          A diversidade da fauna brasileira é muito grnde, eis a minha sugestão dos mascotes:
          RS – Cavalo crioulo
          PR – Gralha-azul
          SP – Suçuarana
          RJ – Tartaruga-marinha
          MG – Lobo-guará
          DF – Ema
          BA – Mico-leão
          PE – Tatu-bola
          CE – Arara-azul
          AM – Jacareaçu
          MT – Tuiuiú
          RN – Caranguejo

          • janca

            Ema é legal, mico-leão, do jacareaçu nunca tinha ouvido falar. Tô vendo que você é especialista na questão. Deveriam ter te consultado antes da escolha, se bem que gostei do tatu-bola. Não gostei do BraZuca. Abração

    • janca

      O que você tem contra o tatu????

      • corinthiano da gávea

        Nada contra o tatu Janca, mas tem outros bichos mais bonitinhos, tipo o tamanduá-bandeira.
        O tatu é um bicho muito feio.
        Mas isso é opinião pessoal, é claro.

        • corinthiano da gávea

          12 mascotes diferentes refletiriam melhor a diversidade de cada região do país.
          O tatu-bola poderia ser o da Bahia, Pernambuco ou Ceará, já que vive naquela região.
          Abraço e um ótimo dia Janca.

          • janca

            Doze mascotes deixariam os estrangeiros malucos _rs. Mas que seria bacana seria. A ideia é ótima, pena que não pensaram nisso antes. Enfim… Ótimo dia pra você também, Corinthiano da Gávea, Janca

  • Edu Machado

    respeito o grande icone, osmar santos, agora dar o nome a bola de gorduchinha é ridicularmente do mesmo nivel do que terem posto o nome de brazuca ou dos outros 2 nomes que foram pra votação.

    NO PAIS DO FUTEBOL, FUTEBOL É FUTEBOL E BOLA SE CHAMA BOLA PORRA!

  • Rodrigo

    Tatu bola é um animal da nossa fauna e se transforma numa bola! Eu achei perfeito!!!

    • janca

      Eu também. Achei genial, Rodrigo. Abs.

  • Jonas Brickman

    Num País que se diz democrático, num debate político só temos a opção de fazer perguntas escolhidas pelos próprios candidatos, até a escolha do nome da bola da copa temos 3 opções ridículas de nome impostas, para depois falarem que foi o povo que escolheu… concordo com quem falou que “gorduchinha” tem um grande significado no futebol brasileiro, Osmar Santos e Fiore Giglioti foram os maiores narradores de futebol da minha época.

    • janca

      E o José Silvério na Pan também era sensacional.

  • ZÉ DO POVO

    ESSA BOLA DEVERIA SE CHAMAR “CURRUPTO” . ESSA COPA VAI SER O MAIOR ASSALTO DA HISTÓRIA. ALIÁS JÁ COMEÇOU.

  • André

    Fiquei com medo de Carnavalesca ganhar. Nome ridículo, ligado a uma cultura que é a imagem do Brasil lá fora, onde pensam que no Brasil só tem festa.
    Bossa nova? Já se foi o tempo em que o estilo musical fosse forte aqui no Brasil. Pode significar algo lá fora, mas não para nós.
    Brazuca, apesar de ser usado o “z”, é muito mais forte e representativo.
    Mas concordo que Gorduchinha seria bem mais interessante.

    • janca

      Carnavalesca seria terrível mesmo, apenas reforçando uma imagem estereotipada e que já deu o que falar. E cansou. Abs., André, bom dia pra você, Janca

  • Tato I

    “Gorduchinha” é mesmo sensacional. Além de tudo é um tratamento carinhoso, que denota a intimidade do povo brasileiro com a bola de futebol. Acho que a ditadura do “politicamente correto” influenciou para que fosse descartado o nome. Quanto ao BraZuca ou BraSuca entendo a polêmica, que no caso é a defesa e autoafirmação da cultura e língua de um país. Mas não podemos esquecer que nossas regras ortográficas são difíceis e cheias de detalhes e a maioria dos brasileiros escreveriam ou escrevem BraZuca com “Z” mesmo.

    • janca

      Oi Tato. você lembrou bem. É o tratamento carinhoso que denota a intimidade do brasileiro com a bola. Nelson Rodrigues a tratava com muito carinho em seus textos. Abs.

  • Marcos

    JANCA, copa do mundo é COMÉRCIO, então sempre pelo melhor,mais popular,mais divulgação, pelo menos não ficou BRÉZILCA

    VAI CORINTHIANS

    • janca

      Mas como disse para o Ado Marcelo ainda sou mais Gorduchinha. Enfim, a escolha foi feita. Abs. e boa semana pra todos, segunda que vem volto a postar, Janca

  • Ado Marcelo

    Não tenho dado algum para embasar o que vou falar, é só minha impressão mesmo … na internet nós mesmos nos denominamos Brazucas muitas vezes ao teclar com algum estrangeiro. Eu não ligo para o nome mas entendo quem ligue., a bem da verdade eu não ligo pra copa! Já se o Corinthians perder da inter de limeira no campeonato paulista fico com dor de cabeça 2 dias e meio.

    • janca

      Mas ainda ficaria com Gorduchinha, Ado. Abs.

  • Marcos Vinícius

    Janca,não quero pautar seu blog,mas,por favor,me responda uma coisa:

    Por que a maioria dos assuntos do seu blog não falam sobre os jogos do Brasileirão,que é,atualmente,o que mais mexe com nossas paixões?

    Abraço,Janca

    • janca

      Porque a grande maioria dos blogs trata justamente disso, jogos do Brasileiro. Tento fazer algo diferente mesmo que muitas vezes haja menos gente comentando ou polemizando. Mas volta e meia trato do Brasileiro tb. Abs. e bom restante de semana pra vc., segunda volto a postar, Janca

  • Delegado Jair

    Vocês são muito burros hehehe. Querendo que o nome fosse Gorduchinha. Totalmente sem noção. Isso é impronunciável. Imagina algum europeu tentando falar ‘gorduchinha’. Amigos, a Copa é no Brasil, mas o evento é internacional, global. É para o povo do mundo todo, não só para os brasileiros.
    Deixem de ter essa mente ai bloqueada, típica de brasileirinhos, e ampliem seus horizontes. O pessoal reclama dos nomes mas não vi até hoje alguma sugestão que pudesse ser melhor que ‘brazuca’. Ficou um nome simples, perfeitamente pronunciável em qualquer idioma.
    Agora calem-se. Não aguento mais ler asneiras.

  • Fernanda

    Porque Brazuca na verdade vem de bazuca( frequentemente presente na vida dos cariocas, principalmente) e não de Brasil!

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo