A promoção palmeirense



Acho ótima a iniciativa do Palmeiras de baratear os ingressos e possibilitar que mais torcedores acompanhem seus jogos como mandante no Brasileirão.

Sinto que não há uma política de preço para o futebol no Brasil e de 2007 pra cá os ingressos ficaram cerca de 150% mais caros e têm subido mais do que a inflação. Detalhe: 2007 foi o ano em que o país foi oficializado como sede da Copa de 2014.

Acompanhar Brasil x África do Sul valia 80 reais? Lembrando que este era o valor da entrada mais barata… Alguns jogos do Brasileirão valem o que os clubes cobram por eles? E se depois há 3 mil torcedores numa partida do Nacional tem gente que reclama…

O preço deve ser de acordo com a importância e a qualidade dos times que estarão em campo. A diretoria do Palmeiras fez uma promoção contra o Sport, cobrando 20 reais pela entrada mais barata (a meia era comercializada por 10 reais). Resultado: na zona de rebaixamento, levou quase 30 mil pagantes ao Pacaembu.

A promoção deve ser mantida contra o Corinthians, domingo que vem. E isso é bom. Contenta os torcedores, estimula mais gente a comparecer ao campo e ajudar a tirar o Verdão da situação incômoda em que se encontra. Mais clubes deveriam partir para o mesmo caminho. Falta, definitivamente, uma política de preços para o esporte no Brasil. E isso tem que mudar.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo