O sufoco contra Honduras



Sigo achando o Brasil franco favorito para ganhar o inédito ouro no futebol, em termos de talentos individuais damos de dez em qualquer semifinalista dos Jogos de Londres, mas a sofrida vitória contra Honduras voltou a evidenciar falhas na nossa preparação.

Com o corte de Rafael, devido a uma contusão, problemas no gol ficaram evidentes nos quatro primeiros jogos. Contra Honduras Gabriel falhou no segundo gol, quase cedeu um terceiro aos rivais e a defesa dava a impressão de que não confiava nele. Mano, que parece ter perdido a confiança em Neto, se é que algum dia teve, também deve estar com dúvidas sobre Gabriel, embora eu o considere um ótimo goleiro e um atleta extremamente esforçado e dedicado.

Mas falhamos não apenas na defesa. Mesmo com um homem a mais desde o primeiro tempo, o Brasil não adiantava sua marcação, recuava insistentemente no segundo tempo e dava espaços para os hondurenhos se aproximarem do gol.

Vi o jogo pela Record e a análise de Romário e Eduardo Savoia era precisa. Tivemos erros infantis, erros de esquema tático, erros de ligação da defesa ao ataque, erros de marcação… Felizmente temos um Neymar e um Leandro Damião que evitaram a eliminação precoce. Agora é esperar as semifinais. Talentos, repito, para irmos à final e ficarmos com o ouro temos e de sobra. O problema talvez esteja no banco de reservas _Mano Menezes_ e no patrão do treinador _José Maria Marin. Muito mais do que em Neto ou Gabriel, que certamente estão se esforçando e apesar das falhas, que podem acontecer com qualquer um, são ótimos profissionais.



  • Leandro

    Mano foi covarde no segundo tempo e recuou muito o time. Juizão deu uma mão. Não foi pênalti e nossa defesa tá falhando muito. Baixinho sabe tudo de bola e critica o Mano com sabedoria. Assume logo essa CBF Baixinho. Contamos com você.

    • janca

      Aí discordo um pouco. Não achei que o juiz foi mal, ao contrário de muita gente. O lance do pênalti foi complicado, até agora tenho minhas dúvidas, o juiz tem uma fração de segundo pra decidir e expulsou com justiça o jogador hondurenho no primeiro tempo. E se a defesa do Brasil está falhando e o time tem se mostrado desorganizado, o ataque está indo bem. Neymar e Leandro Damião mandaram muito bem hoje. Mais uma vez, aliás. Uma geração talentosa.

  • Alemão

    Problema talvez esteja? Problema é Mano Menezes e seu Zé das Medalhas. Convocar um goleiro que jogou duas vezes no ano pela Fiorentina? Convocar o Gabriel em quem não confia? Tremenda lambança. Um bom goleiro dá estabilidade ao time, inda mais time sub-23. Goleiro experiente tinha que convocar. Veja só o caso Rogério Ceni no São Paulo. Só presente no gol mudou a forma do time jogar. O Denis não é dos piores, meio ruinzinho, mas seu maior problema era não passar segurança pra zaga. É inseguro como Neto e Gabriel. Imagine uma decisão por pênaltis.

    • janca

      Tanto um quanto outro podem se sair bem numa decisão por pênaltis e mesmo nos dois jogos seguintes, apesar de falhas nas partidas iniciais. Erraram, mas têm muito potencial. Em relação ao Denis acho que ele é um goleiro muito bom, sim, salvou o São Paulo várias vezes, mas que a simples presença do Rogério Ceni faz diferença acredito que faz, sim.

  • Desculpem mas quando vai bem, é por causa dos jogadores, quando vai mal a culpa é do técnico. Jogadores nunca erram só acertam e quando erram é por culpa do técnico que convocou mal e como sempre é uma besta.
    Sempre saímos com os tais talentos individuais mas futebol é coletivo. Não é possível mais ganharmos campeonatos sem conjunto. Mas vai um técnico montar um time onde a marcação é o primeiro mandamento, o conjunto um objetivo e os talentos individuais o diferencial. Passa a ser chamado de retranqueiro. Nossa preocupação é como fazer 10 atacantes jogar ao mesmo tempo o resto não interessa. Nenhum técnico vai montar uma seleção espetacular pois não o deixam implantar uma proposta de trabalho, caimos o queixo e rasgamos elogios a grandes times como o Barcelona mas esquecem que foram anos de preparação e resultados nem sempre bons. No Brasil tudo depende de resultados imediatos. Temos que atacar, massacrar pois a melhor defesa é o ataque e todas as crendices que cercam o futebol, aí tomamos gols idiotas, vamos para casa e crucificamos o técnico já que todos sabíamos como ganhar e só aquele sujeito não sabia.

    • Vinícius Zarpellon

      quem chamou os jogadores? caso fosse um time, não uma Seleção, eu concordo em partes com seu comentário, já que as vezes os treinadores insistem em jogadores estúpidos, e no caso a culpa é dos 2. mas na Seleção, ele pode chamar quem ele quiser pro jogo. se ele escolheu Gabriel e Neto, que engula e jogue com Gabriel e Neto. se os dois forem mal, não é só deles a culpa, e sim do treinador também.

      • janca

        É o que acho, Vinícius, penso exatamente como você. Quem os convocou deveria acreditar neles. E eu confio, apesar das falhas de hoje, especialmente no Gabriel, que é um ótimo sujeito e um goleiro com extremo potencial. Mas essa indefinição toda em relação a quem fica no gol na Olimpíada, que não é responsabilidade deles, só atrapalhou.

    • janca

      Futebol é coletivo e justamente nesse ponto Mano Menezes está falhando. Não há uma estratégia de jogo para o Brasil, que segue muito dependente de talentos individuais, como ocorreu hoje. O que não quer dizer que eles não vão continuar decidindo, como, bem ou mal, decidiram hoje contra Honduras.

    • LIma

      concordo!!!!!!!!!!!

  • Johannes

    Boa Noite João Carlos,
    confesso não vi o jogo Coréia do Sul x GBR, mas é de se esperar muita correria dos coreanos, e velocidade…a respeito do Brasil, o ouro olímpico pode ser uma armadilha para o Brasil, pois creio que bem ou mal garante a manutenção de Mano Menezes, e aí não dá pra voltar com o avião depois dele estar mais perto da chegada do que da partida, então é de se pensar duas vezes se um ouro olímpico seria bom ou ruim para a seleção…confesso não ter opinião formada…nem mesmo sobre o próprio Mano Menezes…

    • janca

      É, Johannes, mas garantindo ou não a presença de Mano Menezes vou torcer muito para ganharmos este inédito ouro olímpico. E acho que temos tudo para passar pela Coreia, apesar dos pesares, também não vi o jogo contra os britânicos, mas na final seja México seja Japão nosso adversário podemos ter outro jogo complicado. Ainda assim considero que seguimos favoritos ao ouro. Em termos de talentos individuais ganhamos de 10 de qualquer um. Sobre o Mano Menezes acho que tem feito um trabalho fraco. Perdeu quase dois anos de preparação para a Copa de 2014. Mas o time olímpico é bom. Abs. e boa noite pra você também, João Carlos

      • Trapizomba

        Eu vi o jogo entre GBR x KOR

        Os coreanos sao rapidos mas, principalmente, tem uma visao mais ampla do jogo. Se tomam 1 gol, nao se desesperam de jeito nenhum. Apertam a marcacao, etc…O Problema e’ enfrentar a GBR. Os donos da casa estao levando um empurraozinho da arbitragem em todas as modalidades, e ganhar do BR seria lindo pra eles.

        Prefiro os coreanos rapidos do que os ingleses + juiz.

        abs

        • janca

          Também não gostaria de pegar o time da casa, se bem que temos uma seleção sub-23 muuuito melhor do que a deles. E valeu pelas informações sobre a Coreia. Abs.

  • Emerson Luiz Fonseca

    Se o ouro vier, ele é do COB ou da CBF?

    • janca

      Se vier o mérito é todo da CBF, claro. É ela quem banca a seleção e sem dinheiro público, ao contrário do COB. Mas o COB vai colher os frutos na sua contagem de medalhas.

  • Jefferson

    Não vou negar que ver o México eliminando Senegal aliviou um fantasma que seria o Brasil decidindo com uma seleção africana, porém se por acaso o Brasil chegasse a cruzar com o México numa final, não seria jogo fácil!

    O futebol mexicano sempre teve tradição nas divisões de base, as seleções sub 15, sub 17, sub 20.. tão sempre revelando alguns novos talentos…

    Acho que com as eliminações da Espanha e do Uruguai, o México passou a ser o maior adversário teórico do Brasil nos jogos, porém com uma zebra atras da outra, fica difícil cravar qualquer prognóstico, até mesmo pras semi finais..

    • janca

      De um lado, como você, confesso que Senegal também me preocupava pelo nosso histórico em Olimpíada contra seleções africanas, mas quando começou o torneio (veja como queimei a língua) considerava Espanha, Uruguai e México as três seleções com mais chances de tirar o ouro do Brasil. Espanha e Uruguai já eram, nem as semi chegaram. Mas o México segue aí. O Japão foi muito bem contra o Egito e qualquer um do dois pode nos dar muito trabalho numa final. Mesmo assim acho que somos melhores e confio que desta vez o ouro virá. Mas antes, como você, sei que temos que espear pelo jogo de terça contra a Coreia. Só que sinceramente acho que temos tudo para vencer, mesmo sabendo que zebras e surpresas acontecem. Espanha e Uruguai, que ficaram pelo caminho, que o digam.

  • realmente,chance de ouro brasileiro,se nao aproveitar agora,sera dificil em outros anos,juan eh muito fraquinho,assim como o gabriel,oscar e marcelo jogam muito!vaeee brasillllllllllll

    • janca

      Se não der agora temos 2016 em casa. Mas essa geração sub-23 é muito boa, incluindo o goleiro Gabriel, em quem devemos apostar, apesar de ter falhado ontem _repito que falhas acontecem e nosso problema contra Honduras, a meu ver, foi o coletivo, a falta de uma organização tática, especialmente na defesa. Então, como talentos agora não nos faltam, que o ouro venha no próximo sábado. Falta pra coleção da seleção brasileira e chegou a hora de conquistá-lo.

      • janca respeito muito sua opinião e lhe pergunto,o Mano esta com a razão em nao convocar o ralf,mesmo confessando ser este o melhor marcador do futebol brasileiro na atualidade?nao me refiro ao time olimpico,pois sei que o ralf nao tem idade olimpica e nem seria logico a pergunta,pois já estamos na semifina.Em um time em formaçao,ao meu ver,primeiramente se cria melhores condições ao meio campo e ataque,com uma proteção mais segura e efetiva da defesa!abçs

        • janca

          Vou ser sincero contigo, Roger. Não sei. Acho que o técnico é quem deve decidir quem convocar ou não e a nós cabe respeitar. Mas as apostas são dele. Se dão errado tem de responder por elas. Então não sei dizer se deveria convocar A ou B. Posso dizer se eu o faria ou não e confesso que se fosse eu o técnico não chamaria o Ralf, não. Talvez para fazer uma experiência, não sei. Já sobre a seleção olímpica concordo com você. Falta proteção à defesa. A defesa está muito mal protegida, há buracos no meio-campo, não há esquema tático definido, nada. A zaga está vulnerável e não tem marcado bem. Idem para o setor das laterais do campo. E Mano deveria pensar nisso e deve pensar para o jogo contra a Coreia, pois temos ficado muito expostos. Felizmente, porém, os atacantes que ele convocou _aí vai um mérito para o treinador_ são muito eficientes e têm resolvido o problema, marcando gols e muitos. Vide Oscar, Leandro Damião e Neymar. Abs.

          • justa sua analise,entendo ate que este buraco esxistente no meio campo,seja devido à escolha ofensiva,exaltei o futebol do marcelo acima,mesmo entendendo que ele atua mais ofenssivamente de que na funçao de marcador,obrigando assim a um desdobramento dos zagueiros centrais o mesmo ocorrendo no lado direito,porem com menos assiduidade,forçando o o thiago silva a cobrir as avançadas do marcelo e ao mesmo tempo cobrir o juan que estaria cobrindo as descidas do rafael,coisa que deveria ser feita,simplesmente com o primeiro volante,originalizando minha pergunta sobre a convocaçao ou nao do ralf,justamente por seguir meu pensamento que tanto sandro quanto romulo tambem mais fazem a ligaçao meio e ataque de que meio e defesa!obrigado pela resposta,abçs

  • EVERTON

    O Mano é fraco e para mim o que vale é copa do mundo, o Brasil pode ganhar essa merda de medalha e ai pronto o mano vai ficar até a derrota em 2014, para mim taticamente o Dunga da de goleada neste mano é só ver os resultados, é uma pena ter perdido para a holanda naquela jogo em que o goleiro falhou ….

    • janca

      Sobre Mano e Dunga concordo. Na seleção o trabalho do Dunga foi muito melhor e ele fez o Brasil jogar muita bola nas eliminatórias e em outras competições. Tivemos jogos incríveis. Na Copa as duas falhas do Júlio César acabaram sendo decisivas mesmo, talvez Dunga não devesse ter apostado suas fichas nele, mas falar agora depois que a vaca foi pro brejo é fácil. Mas discordo quando você fala em “merda de medalha”. É um título que não temos e que fará bem ao futebol brasileiro, cuja autoestima anda baixa. Em 2014 não precisamos ganhar a Copa, já que nem como favoritos vamos entrar e teremos paradas muito duras. Precisamos, sim, jogar um bom futebol e nos esforçar ao máximo. Lembrando que a seleção principal é bem parecida com a sub-23. E se temos vantagem enfrentando adversários sub-23, essa vantagem desaparece quando temos seleções principais de outros países pela frente. Foi o que vimos contra a Argentina, que hoje, muito graças ao Messi, mas não só a ele, está um passo à frente do Brasil. Como estão Espanha, Alemanha, Inglaterra… Um aliás não, dois. Ou três. Ou quatro…

      • janca

        E gostaria mesmo de ver o Brasil com o ouro olímpico e mesmo assim o Mano fora da seleção. Porque temos tudo para conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos não por causa dele, mas apesar dele.

MaisRecentes

Galiotte cobrado



Continue Lendo

Palmeiras ferve



Continue Lendo

Cuca continua?



Continue Lendo