Cielo e Popov



O ex-nadador russo e membro do Comitê Olímpico Internacional, Alexander Popov, continua criticando o brasileiro Cesar Cielo. Segue dizendo que o mundo da natação não o vê com bons olhos por conta do doping no ano passado.

Na ocasião Cielo levou uma advertência da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, decisão que foi acatada e referendada pela Corte Arbitral do Esporte e pela Federação Internacional de Natação. A responsabilidade pelo imbróglio foi atribuída ao laboratório que fabricava os medicamentos tomados pelo brasileiro e o atleta chegou a competir no Mundial de Xangai de 2011.

Popov, que disputou os Jogos de 1992, 1996 e 2000, ganhando nove medalhas, sendo quatro de ouro, afirmou que estava convicto de que Cielo não subiria ao pódio nos 100m livre, prova que o brasileiro terminou em sexto, e não aposta em ouro nos 50m livre, cuja final acontece hoje.

Espero que esteja errado e lamento as declarações do russo. É muito triste colocar sob suspeita a absolvição de Cielo no episódio do doping. Se sabe de alguma coisa “estranha”, como insinua aqui e acolá, então diga o que é, não fique lançando dúvidas e, pelo jeito, tentando atrapalhar o brasileiro. Que dê nome aos bois, algo que não fez até aqui.

A Cielo desejo uma boa prova logo mais. Torço por ele, que fez o melhor tempo ao lado do norte-americano Cullen Jones na bateria de ontem. E torço por Bruno Fratus, o outro brasileiro que estará na final e fez o quarto melhor tempo ontem. E seja qual for o resultado de hoje, vida que segue, vida que segue, às vezes mais dourada, às vezes um pouco menos.



MaisRecentes

A falta de um líder



Continue Lendo

Haja coração!!!



Continue Lendo

Cânticos brasileiros



Continue Lendo