A arena verde



Já havia conversado com dois economistas a respeito e ontem foi a vez de um especialista em marketing esportivo repetir o que ambos haviam me dito. Os três acham que, dos estádios que estão sendo erguidos ou reformulados, o que mais características terá de “arena multiuso” será o do Palmeiras.

É possível. A WTorre, construtora responsável pelas obras, fechou no ano passado contrato com a AEG, especializada em gestão de arenas esportivas e em realização de grandes eventos internacionais. E a empresa norte-americana aposta não só no projeto do novo estádio, que terá capacidade para 45 mil torcedores e, no caso de shows, incluindo o setor descoberto, para até 70 mil pessoas, mas também na sua ótima localização.

É bem possível que a AEG tenha razão ao optar por explorar a “arena verde”. São Paulo é a cidade que mais atrai shows internacionais, ao lado do Rio, que pode ter o Maracanã como palco de futuros eventos internacionais dependendo das ações de quem for administrar o estádio.

No caso do Palmeiras e da WTorre um dos desafios, no entanto, é equacionar a questão do estacionamento e também do relacionamento com os vizinhos, já que a arena fica numa área residencial cujos moradores já demonstraram preocupação com o trânsito e o barulho em dias de shows e jogos.

Segundo conselheiros palmeirenses e representantes da WTorre, será construído um espaço para 1,5 mil vagas além de contrapartidas oferecidas à região, como alargamento e arborização de ruas e convênios com outros estacionamentos para evitar o caos e disponibilizar mais espaço para os visitantes pararem seus carros.

Em tempos de escândalos envolvendo liberação de obras e shoppings em São Paulo, caso do Higienópolis, melhor que tudo seja feito direitinho. Melhor não, obrigação. Afinal, no caso do Shopping Higienópolis, que só agora foi multado pela irregularidade, ele deveria ter 1.994 vagas de estacionamento quando tem apenas 1.524. Uma ex-diretora da administradora do empreendimento diz que foi paga propina para que a obra fosse liberada mesmo sem oferecer as vagas necessárias. E um dos acusados de receber grana para ajudar o shopping foi o vereador Aurélio Miguel, que já foi ouro olímpico de judô. Ele nega tudo, tudo, tudo e diz que quer ser investigado.

Se foi paga propina ou não, não sei, o que sei é que há 470 vagas a menos e até agora tinha ficado por isso. A máfia das obras em São Paulo é pesada e envolve até ameaças de morte. Mas isso é outra história. Uma excelente terça pra todos, João Carlos



  • Wagner

    Shopping JK não deu contrapartidas prometidas e parece que vai ser liberado. Bom a população ficar de olho nesses estádios, como o do Palmeiras, porque o fluxo de carros da região vai ficar terrível. São Paulo não comporta mais tantas obras, tantos prédios, tantos carros.

    • Wagner

      As denúncias daquela senhora sobre o shopping Higienópolis tem que ser apuradas e o shopping devolver 470 vagas pra população do bairro e ser multado porque durante um tempo não deu essa contrapartida prometida pra CET.

      • janca

        A velha história das contrapartidas à população. No caso do Higienópolis o shopping simplesmente ficou devendo 470 vagas. Ia arrumá-las em dois estacionamentos próximos a ele e pelo jeito nada. De fato as denúncias têm de ser apuradas, Wagner. Abs.

    • paulo victor

      engraçado… vc deve ser corinthiano… por que vc nao falou da liberação de incentivos fiscais a qual o seu “estádio” foi submetido não é? por causa disso eh que a sua “arena corinthians”está sendo paga com o meu,o seu e o dinheiro dos outros… pense nisso…

  • Fábio

    Faltou dizer que o excelentíssimo vereador é são-paulino e defendia o Morumbi pra sede paulista da Copa.

    • Fábio

      E ele foi contra os incentivos fiscais pro Itaquerão porque defendia o Morumbi.

      • janca

        Sim, é são-paulino e foi até candidato a presidente do São Paulo. Mas o que isso tem a ver com o Pátio Higienópolis?

        • Flavio Rodrigues

          Tem a ver que fica claro que ele não tem credibilidade nenhuma e todo aquele auê que ele criou na epora era puro oportunismo!

          • Flavio Rodrigues

            Claro que nada foi provado… como nada foi provado contra o Maluf, o RT… etc, etc, etc… Mas, é o de sempre… vamos aguardar!

          • Assim como nada (ainda) foi provado na gestão do Sr. Andres Sanchez, do Exelentissimo cachaceiro Luis Inacio… Mustafá, entre outros… Mas como exite um medo sem fim de gambás e porcas com relação ao Morumbi, isso é claro!

          • Alexandre

            Medo? Do que? Estádio mais velho e desatualizado que o Pacaembu. Agora estão querendo fazer alguns remendos e passar uma mão de tinta na fachada, faz me rir.

  • Adalberto Franco

    Bom Dia Janca: Parece que estamos batendo na mesma tecla a séculos quando se fala em construções de grande porte corre pararelamente os casos de propinas e desvio de verbas para os bolsos dos nossos (honestos) políticos, isso me lembra aquele bicho mitológico a Hidra, que se corta uma cabeça aparecem duas. Infelizmente essas obras vão enriquecer muita gente oculta nas sombras. Um bom dia.

    • janca

      Por isso que as denúncias têm de ser apuradas, Adalberto. É mesmo a velha história de sempre… Abração, Janca

  • Januário Menezes

    É um absurdo investigarem o Aurelio Miguel. Ele deu um ouro olimpico pro brasil, merece respeito. Nao sei se recebeu ou nao proprina. Caso tenha recebido, está errado, mas nao deve por isso ser investigado. Ele eh um orgulho pro pais e merece consideracao. Tem tanto politico safado por ai que ninguem investiga, pq investigar o Aurelio ? Absurdo. Politicagem barata!!!!! E esse estadio do palmeiras ai, vai ser ruim perto do FIELZAO! Passei pra ver as obras em itaquera, tah ficando lindo nosso estadio!!!!!! VAI CORINTHIANS!

    • janca

      Então tá…

      • Rodrigo

        Primeiro, tá claríssimo que vc apoia corrupção e lavagem de dinheiro público, pois está apoiando um MITO do esporte brasileiro, porém corrupto. Segundo, esse estádio que estão construindo, e que não é do seu timinho, também tem obscuras licitações, liberações e empréstimos, inclusive com “incentivos fiscais”, que não aparecem por exemplo, para outros tipos de benefícios para a população, claro, devidamente manipulado para que o nosso suado dinheiro seja desviado. Devia pensar melhor antes de escrever, pois pessoas como vc, que leem muito, e acredito que só esporte, é quem colocam pessoas sujas no governo. Comentários unilaterais sobre futebol deviam ficar só nesse nível, e não no âmbito nacional que nos ajudaria a melhorar a medíocre situação do brasileiro. Seu comentário é pífio…

      • valter

        Janca, liga não….Ou esse Januário é saopaulino, ou é o próprio vereador. Corinthiano garanto que não é…..apesar de que imbecil tem em todas as torcidas.

    • Demarchi

      Isso foi serio ou eu nao tenho senso de humor ?
      Não é por que ele ganhou ouro que esta acima da lei, esse papo de ”tanta gente faz” e o que destroi nossa sociedade, se pode deixar passar a propina que ele supostamente recebeu, pq nao deixar quieto o caso ”cachoeira”, afinal , tanta gente faz, pq encarnar com o coitado neh ?

      • janca

        Eu acho que foi piada. Mas piada sem graça nenhuma, Demarchi. Ou de fato somos nós que não temos senso de humor. Abs.

    • Rodrigo

      Primeiro, tá claríssimo que vc apoia corrupção e lavagem de dinheiro público, pois está apoiando um MITO do esporte brasileiro, porém corrupto. Segundo, esse estádio que estão construindo, e que não é do seu timinho, também tem obscuras licitações, liberações e empréstimos, inclusive com “incentivos fiscais”, que não aparecem por exemplo, para outros tipos de benefícios para a população, claro, devidamente manipulado para que o nosso suado dinheiro seja desviado. Devia pensar melhor antes de escrever, pois pessoas como vc, que leem muito, e acredito que só esporte, é quem colocam pessoas sujas no governo. Comentários unilaterais sobre futebol deviam ficar só nesse nível, e não no âmbito nacional que nos ajudaria a melhorar a medíocre situação do brasileiro. Seu comentário é pífio…

    • Só podia ser opinião de corinthiano, a favor da corrupção! fala sério esse pessoal tem um pé nas coisas obscuras da sociedade!!!!

    • Fernando

      a nossa Arena vai ser linda e bem licalizada, está sendo contruída na raça, contra tudo e contra todos e sem falcatruas como todos nós sabemos como está sendo contruído o Itaquerão e quanto aos políticos o primeiro a ser fiscalizado deveria ser Lula que é o Pai da “criança”, ganharam uma Arena isso sim.

    • João

      Januário, voce deve estar de brincadeira!! só pode ser isso… não é possível que alguém tenha a mente tao pequena a ponto de raciocinar desta maneira!! Qualquer pesssoa que estaja envolvida em caso de corrupção deve ser punida exemplarmente, independente de ser A ou B. Não estou falando que o Aurélio Miguel está envolvido, só estou afirmando que esse seu pensamento é de uma ignorância ímpar!! Infelizmente, quando a gente pensa que ja viu e ouviu de tudo, aparece uma aberração desta para falar uma asneira sem tamanho!! É, acredito cada vez mais que o Brasil é assim não somente por culpa dos políticos, mas principalmente por causa de sua população!! Cada um tem os poíticos que merece!!!

  • Vamos deixar esse probela do Itaquerão. No momento o que nos interessa é o homem gol para o Corinthians e ele está de malas prontas saindo do BOtafogo, sabe quem é? É o Loco Abreu gente!

    • Tiago

      Visão curta a sua. Perdem amanhã pro Santos, Corinthians só no ano que vem. Brasileirão já era. 1 ponto conquistado e 14 perdidos, adeus.

  • Tiago

    Aqui no Rio, Janca, vai sobrar pro Engenhão. Quando o Maracanã ficar pronto os shows vão ser lá. Seja quem for que pegue a administração do estádio não vai deixar escapar essa possibilidade. O Engenhão tem muitos problemas, um deles é estacionamento. Localização não ajuda, acesso é difícil e cidadão não tem onde parar o carro. Tem flanelinha cobrando 20 pilas. Muita coisa.

    • janca

      É bem provável mesmo, Tiago, em termos de localização a do Maracanã é melhor do que o Engenhão. E espero que o novo estádio fique bem melhor do que o Engenhão que não considero grande coisa. Abs.

  • Rafael

    Existe um campo de futebol no mesmo lugar há mais de 100 anos! Muito antes da fundação do Palestra Itália, muito antes da aquisição do estádio pelo clube e sim dos tempo do Parque Antarctica. Essa reclamação dos vizinhos tem o mesmo sentido quanto à reclamação da população que mora perto de Congonhas reclamar dos barulhos de avião… Chegam depois, sabendo de tudo o que acontece ao redor e se dão ao luxo de reclamar.

  • Rafael

    Bom dia Janca!

    Acredito que a nova arena do Palmeiras, tenha sido feita com um pouco mais de planejamento do que as obras da arena do Corinthians.
    Além da melhor infraestrutura, por parte da cidade, teve mais tempo para planejar uma arena multi-uso.
    Em relação as contrapartidas, acho importante, porém não há muito o fazer, temos o viaduto matarazzo, av. sumaré, av. pompéia, metrô Barra-Funda.
    Talvez seja importante alargar essas avenidas para melhorar a circulação.
    Janca, você citou no texto que serão 1,5 mil vagas para carros, mesmo com alguns convênios com estacionamentos acho pouco.
    Pensei que ao invés de alargar as avenidas próximas, poderia se investir no transporte público da região, como o metrô (que se não me engano tem 3 ou 4 linhas que passam pela barra funda (metrô e CPTM), corredores de ônibus.
    De qualquer forma será um dos melhores estádio do país.

    O que acha Janca?

    Abraço e bom dia!

    • janca

      Oi Rafael. Estacionamento para 1,5 mil carros foi a informação que a direção do Palmeiras me passou. Confesso que não sei qual seria a quantidade ideal, sei que há outros projetos, inclusive o de parceria/convênio com a Casa das Caldeiras pra dias de shows, mas o que foi prometido como contrapartida tem que ser dado tem. Seja no caso do Palmeiras, no caso do Pátio Higienópolis, do Shopping JK, do que for, enfim. Abs. e bom dia pra você também, Janca

  • Luiz Marfetan

    O dia que abrirem a caixinha preta da politica paulista, sei não. No rodo anel ja gastaram mais de 6 Bi e liberaram mais 2 a poucos dias.

  • ROBSON CRIVELARO

    “cujos moradores já demonstraram preocupação com o trânsito e o barulho em dias de shows e jogos.” …. VALE LEMBRAR QUE O ESTÁDIO DO PALMEIRAS EXISTE MUITO ANTES DO QUE OS 2 SHOPPINGS QUE ALI SE ENCONTRAM HOJE. SE ALGUM PROBLEMA COM TRÂNSITO EXISTE, ESSE SE DEVE A FALTA DE ESTRUTURA DO BAIRRO E TAMBÉM PELOS SHOPPINGS QUE NASCERAM DEPOIS DO ESTÁDIO. E TEM MAIS. O ESTÁDIO SERÁ UTILIZADO 2 VEZES POR SEMANA. PRA QUE TANTA coisinha A RESPEITO DE ALGO QUE JÁ EXISTE HÁ DÉCADAS. RECLAMEM COM OS SHOPPINGS QUE EM LOTAÇÃO E TRÂNSITO INFERNAL TODOS OS DIAS.

  • Guilherme

    Maracutaia sempre há, infelizmente. Se houver apuração profunda e criteriosa, talvez o prédio da minha vózinha tenha sido construído ou legalizado na base de propina aos servidores municipais.
    Em relação aos estádios, não coloco minha mão no fogo por ninguém – Oderbetch, WTorre, Etc (visto os escândalos que ocorrem na construção civil na cidade) – mas os balanços da Arena Palestra e do Fielzão são públicos: R$ 400 milhões na turiassú (iniciativa privada) e estimados recentemente R$ 1 BILHÃO no Fielzão (metade vindo de verba minha, sua , dos Silvio Santos, Bispo Edir Macedo, etc). É rir pra não chorar.

    Analisando algo assim, acho até que shopping Higienópolis é fichinha perto do “gato” dado na administração púbica nessas obras da copa de 2014. Não quero nem ler o que acontece em Recife, Natal, Manaus, etc…

    • Ado Marcelo

      Cara, não diga aquilo que não sabe.

      A construtora esta emprestando do BANCO 400 milhões, vai pagar com juros ou bens, Banco não leva prejuízo. FATO!

      A prefeitura está dando incentivo fiscal, o que é diferente de injetar dinheiro. Ela só não vai receber o imposto, que nem existiria se não houvesse obra alguma.

      A construção do estádio trará algumas melhoras no acesso à região e ainda garantirá o sustento de 2 mil famílias de operários.

      Fora isso abrigará a abertura da copa do mundo e 5 ou 6 jogos no total, trazendo alguns milhares de dólares em turismo, que estão sendo estimados na casa de 1 bilhão de reais o que eu acho exagero, pois sempre super estimam esses números, mas que seja metade disso, ou seja, 500 milhões serão gastos na cidade por conta desses jogos.
      Sem falar na derrota política que seria para a mais rica cidade sulamericana não ter jogo algum de copa do mundo.

      Não só isso, mas o estádio será particular não acarretando custo de manutenção para a cidade.

      As pessoas que se mostram super indignadas com o estádio do Corinthians o fazem por rivalidade porque temos alguns estádios sendo construídos 100% com dinheiro público (BNDS não é dinheiro público, é banco de desenvolvimento que EMPRESTA dinheiro à juros) em regiões onde o público TOTAL do campeonato não seria suficiente para encher o estádio.

      Acho que esse é o maior problema pois não há dúvida que esses estádios serão completamente abandonados após a copa.

      Espero que a CBF marque muitos amistosos nesses estádios para ajudar, senão é melhor demolir depois da copa para não ficar arcando com a manutenção de um elefante branco.

      • janca

        Mas os juros do BNDES são bem camaradas. Há incentivos públicos da Prefeitura, empréstimo camarada da União e dinheiro do governo do Estado pra que o estádio abrigue a abertura da Copa, Ado. Abs.

        • Flavio Rodrigues

          Mas o BNDS até onde eu sei, existe pra isso! Empréstimos a longo prazo para grandes investimentos? ou estou falando besteira? As arquibancadas móveis não serão retiradas? eu tenho muita dúvida sobre esses questionamentos, pq não me parecem válidos… O incentivos fiscais talves possam serem vistos como dinheiro público, eu não concondo, tendo em vista que tento pensar grande, e acho que o aporte financeiro que a prefeitura deixa de recolher agora, terá multiplicado em várias vezes no futuro… mas, nos 2 primeiros casos, simplismente não vejo nenhum crítico a este estádio com um argumento realmente válido e profundo… ainda há outras insenções, mas expecificamente referentes a Copa e que foram tratadas lá na assinatura do Brasil como sede… então… bom, deixa pra lá, já to ficando chato com essa história…

          • janca

            Na obvra do estádio só há benefícios e incentivos públicos e só falta agora o BNDES começar a dar dinheiro com jutos camaradas pra clubes de futebol (boa parte deles inadimplente ou com dívidas com a própria União) reformar e construir seus estádios.

        • Ado Marcelo

          Ué, juros baixo ainda é juros. Não é dinheiro dado como querem fazer crer.

          A lei de incentivo existe muito antes da copa, não foi criada para beneficiar um clube ou outro. A ressalva maior que tenho é o quanto um estádio de futebol pode melhorar uma região para justificar o tal incentivo.

          Eu acho que vai melhorar o acesso à região, tanto as vias quanto o transporte público, pouco talvez para justificar o incentivo, acredito que o estádio não seria viável se não houvesse a copa, pois claro que a cidade tem muito a ganhar com o turismo.

          Sobre a arquibancada móvel, bem, a prefeitura queria a abertura, o Corinthians não tem que pagar a conta. Espero de verdade que retirem depois dos jogos, estádio para 66 mil é furada!

          Então vejamos:

          400 milhões emprestados que certamente serão pagos, esse não tem dúvida!
          400 milhões em incentivos fiscais, que não é dinheiro tirado do cofre como já foi dito e existe há muito tempo essa lei, inclusive para empresas multinacionais abrirem filiais por aqui.

          Depois de construído o estádio, custo zero de manutenção para a cidade.

          Por outro lado temos estádios sendo construídos 100% com dinheiro público, esse sim saindo dos cofres do estado e que poderiam ser usados em escolas e etc..
          E que depois da copa continuarão custando milhares de reais mensalmente pois nessas cidades simplesmente não há times de futebol populares capazes de lotar o estádio nem mesmo se somarem o público do campeonato todo.

          Então se alguém realmente está indignado com o mau uso de dinheiro público, o estádio do Corinthians deveria vir beeeeeeem abaixo na lista de prioridade desse cidadão, mas claro, como vemos é o alvo principal.

          • Ado Marcelo

            Janca, deixe-me completar com uma ideia simplista mas verdadeira na linguagem de butiquim.

            Olha só te empresto 400 paus a juros, te dou 400 paus de incentivo, voce se vira para negociar os titulos e os 500 ~ 600 milhões reais entrando imediatamente advindo do turismo ficam pra mim. (cidade).

            Essa é a essência da coisa toda, o resto é só distração.

            E como brinde ainda a cidade mais rica não passa em branco no maior evento do mundo, o que é importante também.

            Lembro do Juca tecendo um comentário numa palestra, muito interessante, ele dizia assim, escuta, festa é bom também e a gente precisa, vamos ver, quanto vai custar para fazer essa festa durante um mês? E seguia nesse raciocínio completando que o problema não é receber a copa, o problema é mau uso do dinheiro.

            Não acho que o estádio do Corinthians seja maus uso do dinheiro.

          • janca

            Eu acho que seja. Acho que dinheiro público para arenas privadas, ainda mais com os orçamentos que temos, não é legal. Opinião minha. Abs.

          • Maurício

            Ado,

            O juro do BNDES não é apenas baixo, é subsidiado, ou seja, cobra-se menos do que o que o banco paga para captar o dinheiro. A diferença sai do meu, do seu, do nosso bolso…

          • janca

            É isso mesmo, Maurício. Abs.

      • Carlos Eduardo

        Errado,
        não defenda um dos piores exemplos que a máquina publica está dando, só por que vc é corinthiano!!!
        400 milhões é um montante maior que, TODOS, eu disse TODOS os ESTADOS da região norte e noderdeste recebem pra saúde em aproximadamente 10 anos.
        Aí eu pergunto pq o governo vai dar incentivo fiscal pra um time de futebol.
        O Ministério Público tem que abrir o olho!

        • Luca Botelho

          O estadio sera financiado metade pelo BNDES e a outra metade (insentivos fiscais) será por meio de emissão de títulos de dívida em nome do município de SP. O montante todo será constituido um fundo de investimento em nome da Odebretch e na medida que o corinthans faturar com o estádio como venda de camarotes e publicidade, comprara as cotas do fundo de maneira a adquirir a totalidade do mesmo em não sei quantos anos.

          Agora oq a Odebretch ganha com isso ninguém sabe, talvez o Lula deva ter prometido muita coisa nesse pré sal para valer a pena expor a empresa em 800 milhôes de reais, a maracutaia é muito bem elaborada.

          Agora em relação aos insentivos, acho estranho emitir títulos de dívida pública para levantar o $$$. Quem vai pagar isso?? Eu?? O estadío do porco e privado, bem como todas as coisas que funcionam nesse país onde o setor público só faz o favor de foder todo mundo, como está fazendo de novo….

          Chupa Judas, dalhe porco!

          • Carlos Eduardo

            Luca meu camara, pra vc ter uma idéia da Odebretch.
            Na era Lula uma das maiores licitações da Petrobras, foi vencida pela mesma.
            Petroduto Macaé-Rio de Janeiro e suas refinarias.

        • Marcel

          Perfeito seu comentário Carlos Eduardo, 400 milhões para construção de um estádio, empresta este dinheiro para os governos dos estados do nordeste, com pagamento a perder de vista, para que possam construir hospitais, postos de saúde, enfim, é revoltante passar na 23 e ver embaixo das pontes crianças fumando crack, completamente abandonadas, outro dia, tinha um garoto de uns 09-10 anos, com sua irmã, acho que era, de uns 6 anos, enrolados em uma coberta, e ele estava fumando crack, o que será destas crianças??? Ai vem os sensacionalistas e dizem, mas a copa é importante pro país, atrai investimentos, não é o que vimos na Africa do Sul, gastaram muito mais, do que arrecadaram, agora vejam a Alemanha, até a Polonia e Ucrânia, antes de sediar grandes eventos como este, primeiro cuidam das necessidades BÁSICAS do seu povo, vc não vê crianças na rua usando drogas, moradores de rua, pessoas passando fome, dengue, falta de recursos como no nordeste. Já morei nos Estados Unidos durante um intercâ,bio de 6 meses, nunca, repito, NUNCA avistei uma criança morando na rua, fiquei doente, e o hospital, que atendimento, meus vizinhos recebiam ajuda para pagamento do aluguel, são tantos incentivos, não que eles sejam os melhores, mas antes de desviarem dinheiro (corrupção), realizar eventos, primeiro cuidam dos cidadãos, depois pensam nestas coisas. O mais legal, é que a nossa população aceita tudo isto PASSIVELMENTE, vejam o nosso gtransporte público, um CAOS, METROS LOTADOS, ONIBUS LOTADOS, um trânsito terrível, mas pra que reclamar, não vai adiantar, é o que todos pensam.

        • Ado Marcelo

          Carlos, você deveria ficar bravo então com os estádios sendo construídos no norte e nordeste com 100% de dinheiro público e que não terão uso algum após a copa. Sem mencionar o custo de manutenção desses estádios.

          Na africa boa parcela de políticos defende a demolição de alguns dos estádios pois sairia mais barato destruir tudo do que ficar pagando sua manutenção.

          Vai acontecer o mesmo no norte e nordeste.

      • Alexandre

        Meu caro pare de ser torcedor e seja brasileiro, isso é uma vergonha…

        • Alexandre

          E ainda digo mais por um acaso você viu quantas famílias estão sendo desalojadas no entorno do estádio do Corinthians? E recebendo vale aluguel nos excelentes valores de R$ 300,00, agora diga para mim é certo tirar esse pessoal das casas construídas com tanto suor, por causa de uma sacanagem de estádio, e outra onde você mora com R$300,00 em SP? Querem tanto um estádio paguem por ele sejam decentes como o Palmeiras e o Santos pagou, corram atrás de parceiros. (O São Paulo foi a mesma coisa com o Morumbi).

    • janca

      E quando você fala do prédio de sua avó ou coisa do gênero é possível que ela tenha sido extorquida, sim. E você vai reclamar com quem num país em que o Lula agora se alia ao Maluf pro PT ganhar as eleições em SP? E ó que votei inúmeras vezes no PT e pretendia votar no Haddad, mas depois de ontem fica complicado. Gosto da Erundina e se fosse essa já teria saída da aliança ontem mesmo. Há certas alianças que a gente faz, outras que a gente não faz. Enfim…

      • Guilherme

        Janca

        como explicar estádios com instalações semelhantes e possuem valores com intervalos tão grandes?

        Em Itaquera, o custo é maior que o dobro da arena Palestra, localizado em uma região mais valorizada, em que está sendo demolida a estrutura anterior para a construção de uma nova, adicionando as áreas sociais e reformando a arquibancada o valor, ou seja, um projeto mais complexo que o primeiro.

        Em tese, era para a Arena Palestra ser mais cara, mas não é isso que acontece, certo?

        ps: de fato Haddad deu um tiro no pé, perdeu grande parte da classe média/alta ao se aliar ao Maluf, hein.

        • janca

          Nem sei se já te respondi, Guilherme, até peço desculpas, hoje demorei pra responder pois tive um dia complicado, o que não é problema de vocês, claro. Mas Itaquera, pelo que eu sei, é um projeto mais complexo do que o do Palmeiras, vai ser um estádio adequado aos padrões da Fifa, o que encarece tudo, e tendo que ser concluído em menos tempo, o que encarece tudo também. Sobre o Haddad continuo achando que há alianças que a gente faz, há alianças que a gente não faz. E com o Maluf não dá. Faz bem a Erundina em cair fora da chapa. Abs.

  • nilu

    Oi João
    Sei que não é do que vou falar que vc está tratando neste post, mas…
    Como vc sitou o caso do Shopping Pátio Higienópolis , está acontencendo a mesma coisa com o Shopping JK, que foi liberado pela prefeitua e DSV para abrir essa semana, sem que as obras para melhoria do transito na região, onde já não é impossível transitar, fossem concluídas, aliás, nem foram sequer iniciadas foram.
    Pelo que sei a WTorre e os donos do Iguatemi,responsáveis por esse novo shopping, receberam ajuda finânceira do BNDES, para a construção , como se fosse necessário_rs, com a condição que fossem feitas melhorias na circulação local. O projeto ficou no papel.
    Me diga , como pode ter sido ao final liberada essa abertura?
    Eu não entendo mais nada…
    Quando acontecem coisas assim, bate uma revolta, e vontade de desistir dessa terra.
    E que tal, Maluf, apoiando Haddad?
    Ótima terça. Nilú

    • janca

      Oi Nilú. Confesso que entendo menos do que você. E nem sabia quem estava por trás da construção do Shopping JK, apenas sei que as contrapartidas deveriam ser dadas, como não? E Maluf e Lula/Haddad, como diria Milton Leite, “meu Deus!!!”. Apesar dos pesares ótima terça pra você também, João

      • Luca Botelho

        Alguém já passou perto do Shop??

        As contrapartidas estão sendo construidas, inclusive já fizem o alargamento da av Henrrique Shummam que da acesso ao shop JK, construiram uma nova pista na marginal pinheiros conforme o prometido. Acontece que no projeto existe uma ponte sobre o rio ligando a marginal sentido interlagos a região da vila olimpia. Alguem sabe qnto tempo leva para construir uma ponte??
        É obvio que ela ainda não foi construida afinal a empresa não é instituição de caridade da prefeitura e não iria fazer uma ponte a troco de nada.
        Em primeiro lugar faz o Shop JK, dep com a grana que se arrecada com a abertura do shop se paga o BNDES que emprestou $$ para sua contrucao e constroi a porra das contrapartidas que td mundo tanto fala. Eu não vejo o problema, ou estou louco ou todos estao cegos…
        Até onde líu sobre a obra o cronograma está sendo seguido, inclusive o mesmo cronograma firmado com a prefeitura.
        Mas a imprenssa suja ja joga na mídia que esta tudo errado e favorece sabe o que? Mais corrupcao, pq como vcs acham que o shop JK vai abrir agora?? tem que rolar propina num negocio que esta normalmente caminhando….esse país nao tem jeito mesmo é mt falta de informacao….

        • janca

          As contrapartidas teriam que ser dadas antes da abertura do Shopping JK e o shopping quer abrir sem que elas tenham sido entregues no prazo.

          • nilú

            Bom dia Joaõ

            Exatamente, errei quando disse que nada foi feito, mas as obras só foram iniciadas a toque de caixa, quando foi negada a abertura do shopping, já com ele finalizado e não estão completas, falta muuuuito ainda do que foi estabelicido na época do acordo com o BNDES.
            Dúvido que o viaduto será construído, mas espero estar errada.
            Enfim, o JK deve ser inaugurado 6ªfeira próxima, então veremos como ficará o transito na região, quem passa por lá todos os dias é que poderá dizer, melhor que falar é constatar pessoalmente.
            Ótimo dia chuvoso. Nilú

          • janca

            Oi Nilú. Você tem toda razão, as obras não estão completas, cadê o viaduto que seria construído?, e pelo jeito, mesmo assim, o Shopping JK deve ser aberto. Contrapartidas devem ser dadas e se foram definidas entregues no prazo, aí está, a meu ver, o “x” da questão. Boa quarta pra você também, João

      • Marcel

        Acredito que para estes casos, seria necessário que realizassem as contrapartidas primeiro, antes de iniciar as obras, ai, não teria jeito, construiriam, ou não fariam nada. Janca para vereador já!!!
        É sério meu caro, só não pode fazer igual ao MITO..rsrs Aurélio Miguel, só desviou um pouquinho, mas que mal tem nisso, já que ele fez tanto para o Brasil. (Li isto em um comentário acima) só pode ser uma piada mesmo. Cada uma viu….
        Parabéns Janca, e o lance do vereador, é sério meu caro, terás meu voto. Abs.

        • janca

          Não tenho jeito nenhum pra política, Marcel, nenhum. Mas valeu pela intenção de voto. Se me candidatar já tenho dois, pois eu também votaria em mim _rs. Abração, Janca

  • Ado Marcelo

    Acredito que no que se refere a shows a boa localização do estádio palmeirense realmente ajuda muito, é o melhor. Não acho que os moradores ficariam contentes mas show não acontece uma vez por mês então dá para conviver com isso certo?
    O problema ao meu ver é o estacionamento, dizem que vão criar 1.5 mil vagas, mas a verdade é que não existe nenhum ainda. É esperar para ver.

    Já o estádio do Corinthians não deve ser muito utilizado para shows, o que eu aprovo, pois acaba com o gramado que está sendo tratado como prioridade na obra sendo que até mesmo o desing do projeto leva em conta uma boa ventilação do campo. Grama precisa de sol, agua e ar. Por isso não optaram por estádio do tipo ‘pinico’.

    Em contrapartida a obra tem como objetivo virar um centro de convenção do tipo anhembi e tem tudo para dar certo, pois espaço é o que não falta.
    O estádio terá todo conforto, lanchonetes e restaurantes além claro, de um amplo estacionamento, centro de mídia e tudo muito bem localizado.

    Sempre digo que quando você constrói em areas mais afastadas, o terreno é maior e você consegue compensar a localização não tão boa com uma infraestrutura melhor.

    Além de não prejudicar o campo.

    Shows? só se for no final do ano quando estamos todos de férias do futebol.
    Assim espero.

    • janca

      Por isso que estão dizendo que o estádio do Palmeiras está mais perto do conceito da arena multiuso do que o do Corinthians. E ideia de arena multiuso não é pro estádio ser usado uma vez apenas por mês (pra shows/espetáculos), o conceito é outro, daí a preocupação com o trânsito e possíveis vagas de estacionamento ser bem grande, Ado. Abs.

  • Leandro

    Começou falando da arena e terminou falando do shopping. O Jornalismo brasileiro está na UTI.

    • janca

      Porque a questão das contrapartidas é importantíssima e diz respeito aos dois casos. Mas como você deve acompanhar só esporte… Ah! E o certo é jornalismo, não Jornalismo. E não é piada, é sério. Em uma linha já errou o português…

  • Murillo

    Ótimo post. Mas o pessoal tentou fugir do foco, o ITAQUERÃO, ta sendo construido no tapetão, um vergonha como toda historia do SCCP. E ainda tem corintiano que sente orgulho disso, tipico brasileiro burro que faz o pessoal do congresso nacional rir a toa. Não tem como comparar uma obra (q teve todo seu processo legal, demorou 2 anos para conseguir alvarás e afins) enquanto O ITAQUERÃO foi muito fácil, apenas uma palavra para expressar isso: VERGONHA. Tão vergonhoso quanto o jogo das barricadas para tentar erguer um time que estava falido e que hoje comem presunto e acham que tão arrotando caviar.
    E quanto ao estádio do palmeiras a idéia sempre foi a arena multi-uso, por afinal, a parceria com a WTORRE não vai ter dinheiro público, e para isso precisamos rever o investimento, e apenas jogos de futebol não irá atingir o potencial máximo da arena, e outra, estão é fazendo um favor, pois assitir shows naquela porcaria do morumbi fica complicado né.
    Mas fazer o que, a gente vive num pais onde o filho chora e a mãe não ve é?
    seja o caso dos shoppings, ITAQUERÃO, senado, sempre há corrupção, e infelizmente assim será, pois se agora que a torcida deles poderiam mostrar que não são tão repugnantes como achamos, dão apoio, então a musica continuará a tocar na mesma sintonia.

  • Aguinaldo

    Parabéns pelo post, Janca.

  • Nicolas

    Janca, acho que só o palmeirense ainda não percebeu, mas a arena Palestra está sendo totalmente construída para ser uma arena multiuso, não um estádio com um excelente gramado para o time, diferente do que acontece na Arena Corinthians. Sobre as propinas, faz pouco tempo, uma pessoa do alto escalão da secretaria de habitação municipal ingressou no cargo com dois imóveis e depois de denúncias, descobriram que ele tinha mais de 100. O JK foi citado porque ficou faltando obras e atualmente está na mídia, mas ninguém citou que o governo Erundina aterrou o restante das obras de um túnel que há na região, que poderia diminuir o impacto do trânsito há mais de 20 anos. Diferente do Higienópolis, que houve propina não descoberta na época, o JK segue o cronograma firmado com o alargamento das vias locais e das pistas da marginal Pinheiros. Não lembro onde, mas parece que o complexo total é para ficar pronto só em 2014, as obras atuais estão de acordo com a prefeitura, igual o cronograma da Arena Corinthians. Agora, se é um mal negócio é outro caso, já que o acordado não pode sair caro.

    • janca

      Caro Nicolas, não é a informação que eu tenho. As contrapartidas não seguiram o cronograma, por isso o atraso na abertura do shopping, que era pra ter sido inaugurado em abril. Agora que o estádio do Palmeiras será multiuso não tenho dúvidas. Abs.

  • Ado Marcelo

    Para quem quiser entender melhor:

    O Estádio de Itaquera – Esclarecendo os Fatos

    Sport Club Corinthians Paulista
    21/06/11 10h18

    96
    Afinal, qual o conteúdo do tal “enorme pacote de isenções ao Corinthians” objeto do Projeto de Lei do Executivo de São Paulo (“PL”) a ser votado nesta semana?

    Na verdade, o PL contempla dois incentivos distintos, sendo um deles fiscal e o outro financeiro.

    I – Incentivo Fiscal

    O incentivo fiscal consiste em isentar do ISS os serviços de construção do estádio. Esta isenção, na verdade, é concedida aos serviços de construção (ou reforma) pelas 12 cidades-sede da Copa do Mundo, inclusive Porto Alegre e Curitiba, nas quais os titulares dos estádios são privados (Internacional e Atlético Paranaense, respectivamente). Isentar do ISS os serviços de construção foi um compromisso assumido pelas 12 cidades-sede perante a FIFA, em documento chamado “Matriz de Responsabilidades”, que conjuga uma série de obrigações impostas pela FIFA, em todas as Copas do Mundo, como condição a todas as cidades (e Estados) que pretendem sediar o evento.

    Portanto, ao isentar a construção de ISS, São Paulo está apenas cumprindo a obrigação assumida pelo Município perante a FIFA.

    Aliás, quando a Matriz de Responsabilidades foi assinada por São Paulo, em 13 de janeiro de 2010, o estádio paulistano que gozaria da isenção de ISS em sua reforma era outro (por coincidência, também particular).

    II – Incentivo Financeiro

    1 – E o que são os tais “R$ 420 milhões” ?

    Na verdade, são um incentivo financeiro (e não fiscal) ao desenvolvimento da Zona Leste, a menos desenvolvida de São Paulo, e não apenas ao estádio do Corinthians. Os Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento (CIDs) existem na legislação de São Paulo desde 2005 (Lei nº 14.096, de 8 de dezembro de 2005, alterada pela Lei nº 14.256, de 29 de dezembro de 2006), quando foram criados como mecanismo ao desenvolvimento da Região da Luz (anos antes, portanto, da própria confirmação da realização da Copa do Mundo no Brasil).

    Especificamente na Zona Leste, na área onde está sendo construído o novo estádio, os CIDs existem desde 2007, por ocasião da edição da Lei nº 14.654, de 20 de dezembro de 2007.

    Portanto, o Corinthians não será o primeiro e nem o último beneficiário dos CIDs: qualquer empresa disposta a investir na região da Luz ou na Zona Leste fará jus aos CIDs. Qualquer outro clube de futebol que queira construir um estádio na Zona Leste fará jus aos CIDs. O próprio Corinthians, independentemente da aprovação do PL, já faria jus aos CIDs, nos termos da legislação atualmente em vigor (Lei nº 14.654, de 2007, alterada pela Lei nº 14.888, de 19 de janeiro de 2009, dependendo apenas da regulamentação pelo Executivo Municipal da Lei já vigente).

    Os CIDs são certificados emitidos pela Prefeitura em favor do investidor, no valor de até 60% dos investimentos, desde que comprovadamente realizados e auditados pela Prefeitura.

    Tais certificados podem ser cedidos pelo investidor a terceiros, que por sua vez os utilizarão para pagamento de ISS e IPTU por eles devidos ao Município.

    2 – E por que é necessário um novo PL se os CIDs já estão previstos na legislação?

    Porque, no caso do novo estádio, a Prefeitura criou requisitos ainda mais rígidos dos que os requisitos hoje existentes, impondo-os como condição para a concessão dos CIDs.

    Se o PL vier a ser aprovado, não bastará ao Corinthians realizar um investimento na Zona Leste (como está previsto na Lei de 2007) e nem mesmo construir um estádio apto a sediar partidas da Copa do Mundo. Para o Corinthians a Lei será mais rígida, e exigirá que o Clube construa, antes da Copa, um estádio que atenda a todas as exigências da FIFA para sediar a abertura da Copa. E as exigências da FIFA para a abertura são maiores, inclusive, que aquelas dirigidas ao Maracanã, que será palco da final da Copa.

    3 – E de onde surgem os R$ 420 milhões?

    De novo, o PL é mais rígido que a legislação atual, que não impõe limite máximo de valor aos CIDs.

    Os R$ 420 milhões são o valor máximo dos CIDs concedidos pelo Município, independentemente do custo final do estádio. Assim, se o Corinthians tiver que gastar R$ 1 bilhão com o novo estádio para atender às inúmeras exigências da FIFA, os CIDs continuarão sendo de R$ 420 milhões, caindo de 60% para 42% do valor do investimento.

    4 – São Paulo terá ganhos por sediar a Copa que justifiquem a concessão dos CIDs?

    Estudo preparado pela renomada empresa de consultoria internacional Accenture aponta de forma muito clara os enormes ganhos a serem experimentados por São Paulo em razão da cidade sediar a abertura da Copa. Apenas para o evento abertura são esperados cerca de 190 mil turistas estrangeiros, que se estima gastarão na cidade cerca de R$ 1,2 bilhões. Isso sem contar os ganhos futuros, decorrentes do aumento do turismo de negócios em São Paulo decorrente da visibilidade a ser alcançada com a abertura da Copa, estimado pela Accenture em R$ 1 bilhão para o período compreendido entre 2010 e 2020.

    5 – Qual a comparação entre a situação de São Paulo e as demais cidades-sede da Copa?

    A isenção do ISS foi condição imposta pela FIFA e é concedida em todas as cidades-sede.

    Desde um ponto de vista financeiro, enquanto São Paulo apenas estenderá ao novo estádio, e sob condições ainda mais rígidas, um incentivo financeiro que já existe em sua legislação desde 2005, as demais cidades-sede (com exceção apenas de Porto Alegre e Curitiba) arcarão com 100% dos custos de construção ou reforma de seus estádios, que são públicos (como Maracanã ou Mineirão, por exemplo). E só São Paulo sediará a abertura da Copa.

    Sob um prisma de legado urbanístico e econômico, a localização do novo estádio na Zona Leste – região carente de investimentos na qual residem cerca de 37% dos paulistanos – coloca São Paulo em tão evidente vantagem comparativa em relação às demais cidades-sede que a situação dispensa comentário.

    6 – Qual a importância dos CIDs para a viabilização i) do futuro estádio do Corinthians e ii) da abertura da Copa do Mundo em São Paulo?

    O Corinthians dispunha de um projeto de estádio para 48.000 expectadores, que atendia ao padrão FIFA, porém que não dispunha da capacidade de público exigida para sediar a abertura da Copa. O custo desse projeto podia ser suportado pelo Corinthians, independentemente dos CIDs.

    Para sediar a abertura, é necessário um estádio com capacidade para 65.000 pessoas e, mais que isso, um estádio que atenda a inúmeras e severíssimas exigências da FIFA.

    Portanto, a concessão dos CIDs permitirá ao Corinthians absorver o aumento de custos derivado da modificação do projeto originalmente previsto, necessário a que São Paulo possa sediar a abertura da Copa e, com isso, obter enormes incrementos de receita tributária, ganhos urbanísticos à Zona Leste e projeção internacional única.

    Estes são os fatos que, em benefício da boa e isenta informação, o Corinthians torna públicos.

    Sport Club Corinthians Paulista

    ::::: Vale ressaltar que quando o governo aceitou oferecer isenção fiscal aos estádios da copa láááá atrás, o único estádio em São Paulo cogitado para receber a abertura era o Morumbi que teria o mesmo benefício. ::::::

    ::::: A prefeitura abre mão de algo que não existe ainda para uma arrecadação imediata da cidade com o turismo que por sí só já é superior ao valor do incentivo e futura com uma possível revitalização da área :::::

    Precisa muita força de vontade para NÃO entender isso.

MaisRecentes

Ainda dá?



Continue Lendo

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo