Obsessão pela Libertadores



Mais evidente no Corinthians, que até hoje nunca ganhou a competição, vencer a Libertadores parece ter virado uma espécie de obsessão nacional pelo menos entre os grandes do futebol brasileiro.

Talvez movidos pela globalização, não sei, acabam usando as competições nacionais apenas como trampolim para poderem participar do torneio continental. E com isso desvalorizam os que temos no Brasil.

Os estaduais há tempos não servem nem como aperitivo. Mas o Brasileiro também acaba sendo prejudicado, inclusive devido ao calendário que deveria ser acertado.

Pouco mais de 6 mil torcedores para São Paulo x Santos, domingo passado, é de fazer a gente rir. Ou chorar. O primeiro estava preocupado com as semifinais da Copa do Brasil, o segundo, com a Libertadores.

Em cinco jogos pelo Nacional o Corinthians só usou os titulares uma vez, contra o Figueirense, já que contra  a Ponte resolveu repetir os reservas. O Santos hoje também vai ao Rio com os reservas. O São Paulo optou por usar os titulares pra não se distanciar muito do pelotão de elite.

É tudo questão de cultura. Nos anos 50, 60 e 70 os estaduais eram muito valorizados, as rivalidades e disputas locais também. O peso de um Paulista era outro. Era uma conquista importante. Hoje não é mais. Perdeu-se a graça de comemorar.

O Brasileiro mantém importância, mas a classificação pra Libertadores passou a ter um papel tão relevante quanto, se não ainda maior, pelo menos para alguns. O Brasileiro talvez tenha virado meio, não fim.

Tudo isso preocupa e deveria ser discutido por dirigentes, especialistas em marketing esportivo, sociólogos e outros mais, além da própria CBF, que não pode se omitir. O Brasileiro começar com Libertadores e Copa do Brasil em disputa tem efeito complicado. Não é acaso a situação pífia dos times paulistas na competição, já que a meta que têm é ganhar a Libertadores (Corinthians e Santos) ou a Copa do Brasil (Palmeiras e São Paulo), que dá ao campeão vaga… justamente na Libertadores.



  • Fernando

    Brasileiro desvalorizou pelo seguinte. Não pode começar no meio da Libertadores e da Copa do Brasil. Quando os grandes paulistas começarem a jogar não têm muito como pensar em título. Se começasse depois seria melhor.

    • Fernando

      Ou se adaptassem o calendário brasileiro ao europeu daria tudo certo. Valorizaria o nosso campeonato.

      • janca

        Adaptação ao calendário europeu (e do sul-americano como um todo, pois não teria sentido o Brasil entrar em férias em junho e decidir a Libertadores em julho) é um ponto a discutir. Eu, particularmente, sou contra, mas não tenho posição fechada. Mas que temos de rediscutir o calendário temos. Ah! E por mim manteria o Brasileiro por pontos corridos, que acho que foi um dos ganhos que tivemos nos últimos dez anos.

        • lupércio

          É interessante a sua posição, contra o calendário Europeu, e a favor de pontos corridos dos campeonatos nacionais da Europa ?

          Amigo, vejo muita incoerência na sua explanação.

          Acho que não dá para os nossos times jogarem meia temporada com um time entrosado e depois serem obrigados a vendê-los para times Europeus, e acabar o Brasileirão todo remendado.

          Ou você se adapta ao calendário, ou você cria uma competição começando em agosto terminando no play off, que cá pra nós é muito mais interessante que esse longo e enjoativo campeonato de 38 rodadas.

          Um abraço.!

          • janca

            Não sou contra o calendário europeu, eles que façam o calendário que quiserem. Mas adaptar o nosso ao deles não sei se resolve muita coisa, especialmente se a Libertadores continuar sendo disputada até julho. Desculpe, mas você tem dificuldade pra ler. Eu disse que manteria o Brasileiro por pontos corridos mesmo que alguns defendam o mata-mata. Não estou me referindo aos campeonatos nacionais da Europa, estou me referindo ao Brasileiro.

  • Santos Sempre Santos

    Obsessão tem o Corinthians que nunca viu nem nunca vai ver a Libertadores.

    • Santos Sempre Santos

      Santos viu muitas Libertadores, vai ver outra esse ano e em dezembro tem Chelsea. Tamos com a cabeça no Japão. Um time como o Santos, conhecido mundialmente, Brasileiro e Paulista é um título a mais. O Laor deve programar excursão pro segundo semestre. Vamos ficar um tempo na Europa. No Brasileiro se não cair tá bom, porque Série B é pra Corinthians e Palmeiras, pro Santos nunca.

      • henrique santos

        Eu quero ver quarta-feira o Neymal Chorando ….k kkkkkk

        Ai vamos ver quem é quem na libertadores…… Centenario ???? kkkk

        Corinthians 1 x 0 santos Na VELA Belmiro ……..

        • TOLI MA CACA

          O curintias ja é campeao da libertadores ? Nossa, o que tem de curintiânus comemorando o titulo nao é brincadeira, e nem se tocam que tem mais um jogo e o Santos esta descansando e recuperando seus jogadores, NEYMAR, GANSO E AROUCA, todos estavam um bagaço e vao voltar tinindo, e o campo do pacaembu é maior do que a vila, o Neymar descansado tera espaço para esculhambar aquela defesa do suposto CHELSEA de ITAQUERA, da mesma forma que fizeram em setembro passado virando o plavcar para 3 x 1 e com um jogador a menos, naquele jogo o neymar esculhambou com o chicao d chapeu.

          • joe LHP

            Além de porco é burro pra c…..

      • joe LHP

        pobre diabo kkkkkkk

  • Bla bla bla

    Alguns anos atrás havia muitos mais torneios sul americanos com um calendário estupidamente lotado (chegando a clubes ter dois jogos marcados para o mesmo dia), o calendário atual com dois jogos por semana acho normal já que é assim na Europa também. O “X” da questão é que os clubes não tem mais elenco como antigamente para aguentar competições simultâneas com qualidade, os elencos são fracos só tem o time titular e olha lá ainda… Concordo que o calendário não é bom, mas colocar a culpa só nele é tirar o foco que a qualidade do futebol brasileiro decaiu, surgem bem menos jogadores bons nas divisões de base dos clubes (nem estou falando de craques e sim de bons jogadores) isso deixou os elencos fracos sem reposição de peças. Os estaduais são um exemplo disso, todos os clubes grandes de SP sofriam quando iam jogar fora e muitas vezes eram surpreendidos jogando em casa e sem contar que todo ano sempre aparecia ótimos jogadores nos clubes do interior hoje em dia diminuiu muito, a falta de interesse surge também pela falta de qualidade técnica do campeonato.
    Os clubes darem prioridade a libertadores acho normal, o problema é que não tem elenco como antigamente para manter o desempenho em outras competições devido a safra magra de jogadores, é só comparar as seleções passadas com essa que acompanhamos hoje.

    • janca

      Concordo com você sobre o calendário atual ser bem melhor do que já foi, mas isso não quer dizer que não possa melhorar ainda mais. E que a qualidaede do futebol brasileiro decaiu estamos de acordo. E temos que reciclar os técnicos também, por isso venho defendendo a importação de técnicos estrangeiros, eles podem servir pra oxigenar nosso futebol. Abs.

      • Sergio

        Sou MUITO a favor da importação de técnicos estrangeiros. Já que estamos todos de acordo que o futebol brasileiro decaiu, deveriamos trazer tecnicos estrangeiros pros nossos clubes. Ao meu ver, isso poderia influenciar na vinda de jogadores de boa qualidade técnica. Já imaginou um Internacional, Cruzeiro ou Corinthians sendo dirigido por um Mourinho da vida?

        • janca

          Eu acharia fantástico. E poderíamos pensar nisso pra própria seleção brasileira, como coloquei aqui algumas vezes. Sou favorável. Abs.

          • janca

            Aproveitando pra lembrar que hoje faz 50 anos do bi da seleção. Conquista incrível no Chile no Mundial de 62. Quando eu ainda nem tinha pensado em nascer…

  • André M.

    Sem cair na provocação idiota do santista os times brigam pra ver quem tem mais Brasileiros, tentam reconhecer torneios de 1950, dos anos 60 tb., falta um critério e fica mais fácil ganhar no tapetão ou por fax do que jogando de verdade. Libertadores sabemos quanto um tem e quanto outro tem. A contagem é mais fácil. O problema do Brasileiro é esse, Janca. Abraço

    • janca

      Não acho que seja esse não, André, mas há vários pontos a serem discutidos, entre eles o papel dos Estaduais, a possível adaptação ao calendário europeu (em tese sou contra, mas acho que tem de ser discutida e, se acharem que é o caso, implentá-la), caso isso aconteça uma adaptação maior, a do calendário sul-americano ao europeu, espaço pros times excursionarem, enfim, temas pra discussão e debate não faltam. Precisamos de ideias. E o papel da CBF e da seleção. Quando os times ficam sem seus jogadores podem ser ressarcidos pela confederação, que arcaria com salário dos atletas durante o período de convocação, mais amistosos no Brasil e menos no exterior (por parte da própria seleção), trabalho com categorias de base… Nosso futebol decaiu de 2006 pra cá, mas pode retomar o rumo. Abs.

      • Sergio

        O ideal seria a criação de uma Liga de clubes, como a Barclays Premie League. Essa seria responsável pelo campeonato e copa nacional. Os Estaduais seriam em formato de copa e com menos times em cada serie. A Copa do Brasil teveria começar +- junto com o Campeonato Brasileiro (este por pontos corridos mesmo), inicialmente apenas com clubes de divisôes inferiores à A e B do Nacional. Os clubes das series A e B entrariam com a Copa já bem avançada, quase no final da temporada. Os clubes que disputam a Libertadores e Sul-Americana participiriam da Copa do Brasil. Assim os clubes menores teriam calendario o ano todo e a formula de disputa seria muito mais emocionante.

    • TOLI MA CACA

      IDIOTAS mesmo sao os gambas que estao comemorando o titulo da libertadores kkkkkkk NINGUEM GANHA NADA ADIANTADO SEU BURRO.

      • Felipe

        Primeiro: o Corinthians não está comemorando nada. E segundo: se quem comemora adiantado é burro você acabou de dizer que burros são o presidente do santos e o Neymar, pois os dois já estavam falando de Boca Jrs. Desconfio que a soberba está minando o Santos.

  • Janca, também falei sobre o assunto no meu blog.

    Pra não transcrever aqui, te convido pra dar uma lida lá.

    Abraço!

    http://lanceactivo.com.br/blogdorj/Blog/mais-complicada-que-a-teoria-da-relatividade-/85996

  • Eduardo Costa

    Virou obsessão por o Corinthians não ganhou até agora, depois que ganhar este ano as coisas voltam ao normal, os antis se importam muito com libertadores, como era o paulistão antigamente quando o Timão ficou na fila, depois que ganhou o Brasileiro virou obsessão pra todos ai o Corinthians ganhou novamente e por ai vai. No Brasil tudo gira em torno do Corinthians ele que movimenta a paixão tanto da nação como dos antis. e Vai Corinthians

    • TOLI MA CACA

      curintias estao rumando para a conquista do BI SEGUNDONA

  • TOLI MA CACA

    O chelsea da capital deu apenas um chute a gol contra o Santos e assim acham que vao ganhar o titulo da libertadores kkkkkkk
    E um chute cagado ainda, com toda aquela liberdade e um chute ou lançamento, que saiu todo torto e nem sabe como conseguiu aquilo. Depois disso só chutoes a esmo e correria.
    E quer ganhar a libertadores ?
    O Neymar esta descasando, o Ganso e Arouca apenas se recuperando e estao tinindo na quarta feira.
    E O neymar descansado é duro de segura-los.

    • joe LHP

      Porco neymarzete é f….

    • joe LHP

      vai lá porquinho, vai chupar a verga do Neymar já que vc o idolatra tanto kkkkkkkkkk

    • DONO DA VERDADE

      PARA GANHAR DO neymar (SIM neymar PORQUE SEM ELE O san7os NÃO EXISTE) É SIMPLES BASTA APENAS REPETIR O ESTILO DE MARCAÇÃO UTILIZADO NA vila sesamo E NOS JOGOS EM QUE O ESQUELETO neymar ATUOU PELA SELEÇÃO QUE O MLK JÁ COMEÇA A FAZER BEICINHO E APELAR (MAIS AINDA) PARA O CAI-CAI (SUA MARCA REGISTRADA), DEPOIS DISSO É SÓ DAR OUTRO CHUTE PRO GOL (SÓ UM ÚNICO CHUTE BASTA) E COMEMORAR OUTRA VITÓRIA CONTRA O TIMECO DO MAGRELO (QUE IGUAL O ROBINHO VAI SUMIR NA EUROPA)
      QUARTA FEIRA TEM MAIS, SEM SOMBRA DE DÚVIDAS SERÁ UNS 2 OU 3 PRO TIMÃO, É MELHOR JÁ IREM PENSANDO NAS DESCULPAS PARA JUSTIFICAR O PORQUE DO TIME DA GERAÇÃO RESTART (san7os) TER PERDIDO MESMO DEPOIS DO MAGRELO (neymala) TER CRAVADO O san7os NA FINAL CONTRA O BOCA

    • denilson

      PAGA PAU
      AQUI É CORINTHIANS, JÁ GANHAMOS DO MEIA BOCA
      AGORA QUE VENHA O BOCA

  • Alexlyzardo

    Obsessão pra quem nunca ganhou!
    Já temos muitos campeonatos no formato mata! Brasileiro por pontos corridos assim como os europeus o são! Não apenas por isto, mas pq trouxe ganho substancial Financeiro que com o Mata não terá jamais! Oque tambem obrigou os clubes de temporada, a pensarem num contexto anual!Lembrando ainda que é mal explorado o formato pontos corridos no quesito ingressos, um pingo de imaginação já consegue visualizar um carne com bons descontos, atrativos pra um dia de lazer no estadio(pra quem tem um!) com direito a transporte e similares. Mas…. no Brasil isso ainda engatinha! Uns preferem deixar o torcedor feito gado e outros abdicam da cobrança do mesmo a troco da filiaçao do seu torcedor! Nem um nem outro! precisa ser mais vantajoso pra ambos.

  • oladapo

    Esse é o resultado da implantação do campeonato por pontos corridos e falha de calendário.
    Como vc mesmo disse estar classificado pra Libertadores do ano seguinte tem mais apelo do que o titulo do Brasileiro.
    Isso é culpa da CBF que tornou o campeonato mais dificil do mundo num picolé de chuchu.
    Adotar pontos corridos em um país como o Brasil que possui potencias futebolisticas distribuidas por diversos estados é jogar a importancia do titulo brasileiro no lixo.
    Eu pessoalmente acho que a correção do calendário somente não resolve é preciso voltar a utilizar o formato de mata-mata após 1° turno qualificatório.
    Colocando um campeonato com 20 clubes onde o 1° turno qualificam 8 que automaticamente já definem quem entra pra libertadores e sulamericana. No cruzamento do clubes os vencedores vão a libertadores e os perdedores vão a sulamericana. Dessa forma ainda se deixa em evidencia a luta pelo titulo que em formato de quartas, semi e final. Os clubes que passarem pelas quartas tem como objetivo principal vencer o titulo. A passagem pra libertadores e sulamericana fica em segundo lugar.

    • janca

      Eu discordo. O Brasileiro é um dos poucos campeonatos _neste sentido faço forte distinção em relação aos europeus_ com pelo menos cinco, seis times em condições de levar o título. Não acho que o problema seja o formato pontos corridos, que teoricamente torna todo o jogo “decisivo”, ainda mais com os demais clubes brigando por Libertadores, Sul-Americana (um torneio que poderia ser mais valorizado por aqui) e contra o rebaixamento. Um campeonato com 20 clubes em turno único, como você sugere, levando oito pro mata-mata, não seria tão interessante. A fase de mata-mata talvez, mas e o resto? De qualquer forma são ideias pra serem debatidas. Mata-mata já temos em torneios estaduais (e deveríamos ter mais), em Copa do Brasil, Libertadores e Sul-Americana. Acho interessante um Brasileiro como o atual, com pontos corridos, um formato diferente dos outros torneios que temos por aqui, mas desde que algumas mudanças sejam feitas. Não dá pros paulistas que estão disputando outros torneios no momento, em sua fase final, “entrarem” na competição depois de um terço do primeiro turno tendo sido disputado. Enfim, questão pra ser debatida…

  • Janca, boa tarde! Existem inúmeras maneiras de fazer com que as competições se tornem atraentes para os clubes. O grande problema é que fazer que aconteça, algumas medidas teriam que ser tomadas e, com isso, a grande maioria dos patrocinadores dos clubes, perderiam o interesse em aplicar um montante considerável de dinheiro nesses times.

    Para mim, existem muitas vagas para Libertadores aos times nacionais, e isso gera aquele discurso de “meio-de-campeonato”: “nosso time está no G4/G5, e vamos brigar para nos manter assim e quando estivermos garantidos, brigaremos pelo título do Brasileirão.”. Ora, é nítido que o Brasileirão virou trampolim para a Libertadores. Para que exista uma dedicação, e interesse, maior dos clubes nessa competição nacional, por quê a CBF não libera um prêmio polpudo para o clube vencedor, o segundo colocado e o terceiro? Algo que realmente o clube entenda como um grande diferencial e, para que, no ano seguinte, possa montar um time ainda melhor?

    Sobre os estaduais, a única solução, ao meu ver, é fazer com que a classificação final valha vagas na Copa do Brasil e acabe essa lambança de convites e, também, diminuir o número de vagas dadas aos melhores colocados no Brasileirão. Imagine só, se os times se privassem de participar da Copa do Brasil, pois não se classificaram entre os três primeiros colocados do estadual? Nada mais justo! Aí sim, os clubes teriam um fator motivacional para que colocassem suas melhores escalações em campo.

    Já o assunto do calendário nacional do Campeonato Brasileiro, não gosto e acho um absurdo fazer um campeonato que comece em um ano e termine em outro, mas, tenho plena certeza, que não iremos conseguir fugir deste estereótipo por muito mais tempo, pois as janelas de transferências européias estão, nos últimos anos, fazendo “a limpa” nos destaques do campeonato e, as vezes, um time que está com pinta de campeão, pode terminar até fora das competições sul-americanas.

    abraços,
    FJR

    • José Luiz

      Isso não está acontecendo agora. Já na década de 90 – ainda quando o formato era o “mata-mata”, umas de minhas principais reclamações era o fato de o time acabar de ganhar o Brasileiro – um dos mais equilibrados e difíceis do mundo – e a comemoração ser da “classificação para a Libertadores”, como se o título nacional fosse apenas um detalhe a mais. E este ano já li em alguns sites (como o próprio Lance!) que o Corinthians, ao vencer o Santos, dava mais um passo rumo ao Mundial de Clubes. Ou seja, vencer a Libertadores logo será também só um detalhe a mais.

      • janca

        Pode até ser, mas acho que o fenômeno é um pouco mais recente, embora a valorização da Libertadores deu-se, no Brasil, de fato no início dos anos 90, quando o São Paulo passou a se empenhar mais no torneio. Aliás hoje faz 20 anos da primeira conquista do São Paulo, a primeira conquista da Libertadores, houve até homenagem aos ex-jogadores no Morumbi, aquele time dirigido pelo saudoso Telê Santana, uma das grandes figuras do futebol brasileiro.

    • janca

      Oi Fernando. Pelo visto não pensamos de maneira tão distinta sobre o assunto, não. E também acho que o Brasileiro virou uma espécie de trampolim pra Libertadores, dando de quatro a cinco vagas pro torneio sul-americano, que passou a ser o objeto de desejo dos maiores times do Brasil, mas não vejo a questão do prêmio, por maior que ele possa ser, como um atrativo. Talvez para os dirigentes, mas não é o que pega no caso dos torcedores. Defendo aindan a redução/reformulação dos estaduais, o Paulista e o Carioca (e o Gaúhco e o Mineiro e o Paranaense, apenas pra aumentar pra cinco exemplos) são de dar sono e com uma fórmula de disputa absolutamente maluca e sem sentido. No Paulista uma primeira fase que não vale pra quase nada, no Carioca excesso de mata-mata. Enfim, o que tem me preocupado é o nível dos times. Apesar de cinco, seis, sete ou até mais terem condições de ganhar o Brasileiro, há excesso de jogos medíocres, de baixíssimo nível técnico. Um deles foi hoje, São Paulo e Atlético-MG, lembrando que os dois estão entre os melhores do campeonato. O Galo, salvo engano, com dez pontos, o São Paulo, com nove. Temos que melhorar geral. Abs. Janca

  • José Luiz

    Isso não está acontecendo agora. Já na década de 90 – ainda quando o formato era o “mata-mata”, umas de minhas principais reclamações era o fato de o time acabar de ganhar o Brasileiro – um dos mais equilibrados e difíceis do mundo – e a comemoração ser da “classificação para a Libertadores”, como se o título nacional fosse apenas um detalhe a mais. E este ano já li em alguns sites (como o do próprio Lance!) que o Corinthians, ao vencer o Santos, dava mais um passo rumo ao Mundial de Clubes. Ou seja, vencer a Libertadores logo será também só um detalhe a mais.

  • josé amorim

    engraçado, barcelona e real madrid (apenas para dar um exemplo) enfrentam campeonato espanhol, copa do rei e liga dos campeões ao mesmo tempo e até onde sei ninguém reclamada por isso. agora, a libertadores pode ter se tornado uma obsessão para os grandes clubes brasileiros, mas daí a dizer que acabou o interesse ou a rivalidade pelos campeonatos estaduais não tem a menor procedência.

    • janca

      Nos campeonatos estaduais não tenho dúvida de que houve mudança e interesse cada vez menor. E não é de hoje. Não por conta da Libertadores, mas os times hoje estão mais de olho no exterior, no caso, na Libertadores, do que nas próprias disputas regionais. Houve banalização dos estaduais, estes sim com fórmulas de disputa esdrúxulas.

  • haghios

    Na Libertadores de 2011… O Santos foi jogar lá no Paraguai contra o Cerro Portenho … Neymar estava Suspenso … Ganso Voltando de Contusão … Elano também estava Suspenso … e o Santos ganhou o Jogo … como explicar .. se segundo alguns Idiotas Corinthianos dizem que o Santos sem o Neymar não existe… aliás .. este papo é Antigo … desde o tempo do Robinho e do Diego … disseram que se eles saíssem o Santos Iria Acabar …. e depois disto … Ganhamos Copa do Brasil … Libertadores 2011… Continuem assim …. O Santos Acabou .. e até Quarta Feira…

  • denilson

    O FATO DE TER SOMENTE SEIS MIL TORCEDORES PARA SÃO PAULO X SANTOS SE DEVE AO FATO DE TER ACONTECIDO A PASSEATA GAY NA PAULISTA.
    OS BAMBIS TIVERAM QUE OPTAR POR UM DOS DOIS EVENTOS.
    NA PASSEATA GAY BOMBARAM.

    • Ana

      fiquei sabendo pela tv q tinha mais curintiânus do são paulinos!

  • @R9Sal

    Uma das melhores coisas que podem acontecer com o futebol brasileiro é a conquista da Libertadores pelo Corinthians. Vai recolocar esse torneio de varzea em seu devido lugar.

  • Adalberto Franco

    Janca, o nosso calendario já foi pior, não sei se você se lembra já teve campeonato nacional com 40 clubes, agora até que a bagunça tá mais ou menos organizada mas mesmo assim continua exigindo demais de alguns clubes. Os estaduais são necessarios para os clubes pequenos aparecerem, mas não tenha duvida arrebenta com os clubes grandes, vide o Santos. no jogo contra o Corinthians, o time tava um bagaço só principalmente o Neymar, Arouca e Ganso, voltando de contusões não jogaram nada, nem vou falar do brasileiro da triste campanha dos times paulistas, São Paulo, é o melhor time do Estado

    • janca

      Ah! Sem dúvida que já vivemos dias bem piores em relação ao nosso calendário, o que não quer dizer que ele não precise de ajustes. A própria fórmula de disputa por pontos corridos foi um ganho e já completa dez anos, o que é bom. Mesmo modelo, o que vai acostumando o torcedor. Mas ainda assim precisa de ajustes. Não necessariamente a fórmula, mas o calendário.

  • palmeirense

    eu amar o Corinthians com toda a minha força

  • Nosdelg

    Pow, de novo esta histórinha não existe nada de obsessão se for competente ganha, mas os gambas vão ganhar o Luzinha ganhou na horta.

  • TOLI MA CACA

    NAO DA PARA COMPARAR OS TIMES BRASILEIROS COM OS EUROPEUS, LA ELES TEM RESERVAS A ALTURA E NÓS NAO TEMOS, ISSO JA EXPLICA TUDO. SENAO O SANTOS E CORINTIAS NAO ESTARIAM COM OS PONTOS QUE ESTAO HOJE.

  • TOLI MA CACA

    TIMAO, RUMO AO BI DA SEGUNDONA, SÓ VAI ACUMULANDO TITULOS KKKKKKKKK

  • Ana

    Concordo com vc Janca. Depois q o corinthians foi eliminado por 2x pelo palmeiras, a libertadores tornou obsessão para o corinthians… só q nos ultimos 6 anos, essa obsessão passou a ser pra todos. E diante disso o calendário tem q ser revisto e tbm a qualidade do futebol brasileiro, os jogadores, técnicos, arbitragem e por ai vai!
    Parece q o calendario argentino vai passar por mudanças, ficando parecido com o nosso atual. Portanto, antes de quererem adequar o nosso calendário ao europeu tem q se adequar ao sul americano, com todas as federaçoes trabalhando para q na america do sul (talvez até norte e central) o futebol seja coeso como na europa.
    E outra manter os otimos jogadores aqui tbm, como fez o santos com neymar…..

    • janca

      É o que acho, Ana, os países da América do Sul têm que tomar ações coordenadas. Abs. Janca

  • Fabio Bianco

    SANTOS MARCA DE TUBAÍNA!!!!!!!

    EM BREVE VCS VÃO FAZER OUTRO DOSSIÊ PRA RECONHECER O RIO SP COMO “CAMPEONATO BRASILEIRO” AI NA BASE DA CANETA VCS SERÃO RECORDISTAS DE TITULOS!!!!!!!!

    VCS LEVARAM APITOS NA SEMANA PASSADA POIS NÃO SABEM TORCER NEM COM PELÉ APRENDERAM, ESSA SEMANA VMAOS LEVAR A NOSSA GARGANTA E SAIR DO PACAEMBÚ CLASSIFICADO PARA A:

    MAIOR FINAL DE LIBERTADORES DE TODOS DOS TEMPOS!!!!!!!

    A MAIOR PAIXÃO BRASILEIRA: CORINTHIANS

    E A MAIOR PAIXÃO ARGENTINA: BOCA JUNIORS

    ESSA SERÁ A MAIOR FINAL SULAMERICANA DE TODOS OS TEMPOS!!!!!!!!!

  • Alexandre

    Acho que os estaduas deveriam ser ainda mais curtos do que já são, terminando até o final de março (os clubes participantes dos estaduais que não estivessem em nenhuma das divisões do Brasileiro, poderiam participar de outro torneio de âmbito estadual a partir de abril, para não ficarem inativos).
    Além disso, a Libertadores e a Copa do Brasil deveriam ser disputadas ao longo de toda a temporada, terminando em novembro ou dezembro, e não no final do primeiro semestre.
    Com isso o início do Brasileiro não combinaria com a fase final destes torneios.

    • janca

      É uma boa ideia, mas teria que acertar com o calendário argentino, por exemplo, com a Conmebol, que é quem comanda a Libertadores, Alexandre. E os estaduais podem ser analisados caso a caso. Como confesso que não sei, mas podem. O de Pernambuco desperta muito interesse, pra ficar em um exemplo do Nordeste. Abs.

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo