Deus da Carnificina



Na quinta vi a pré-estreia de um filme que entrou em cartaz ontem no Brasil e trata dos desencontros da vida, problemas de comunicação, brigas e competições, mostrando um jogo verbal tenso que acaba tornando os personagens criaturas raivosas, verdadeiras caricaturas de si mesmo.

Mas qual a relação de “Deus da Carnificina”, o nome do filme de Roman Polanski, com este blog, o futebol, a (des)organização da Copa e Olimpíada no Brasil e as mazelas de nossa política esportiva em geral? Toda, a meu ver.

Quando começamos a debater um assunto volta e meia a discussão cai pra rivalidades clubísticas, bairrismo ou disputa entre siglas partidárias, o que dificulta a comunicação. Parece que ficamos cegos e presos dentro de nossos conceitos, queremos vencer o “debate” destruindo e não enxergando o outro, atacando um “rival” que nem conhecemos e talvez reflitamos aqui o que acontece na sociedade em geral.

O filme de Polanski exibe quatro personagens, os casais Penelope e Michael (os “anfitriões”) e Nancy e Alan (os visitantes) que se encontram num apartamento de Nova York pra discutir a briga entre seus filhos de 11 anos, que terminou com um deles agredido no rosto com o taco de beisebol do outro.

Os desentendimentos e as diferentes visões de mundo dos casais e de cada um dos personagens acabam levando o conflito a proporções inimagináveis e mostram um pouco de cada um de nós. Apesar de definido como um drama, a história tira boas risadas da plateia e está mais para tragicomédia do que para outro gênero de filme.

Em vários momentos lembrei de um jogo de futebol em que o técnico ou os jogadores reclamam do árbitro até não poder mais, berram uns com os outros e xingam, xingam e xingam como se estivessem sendo ouvidos. Será que estão?

Pra quem gosta de um bom filme, fica aqui a dica de um que leva a marca de Polanski, tem uma atuação brilhante de Jodie Foster e parece ambientado no teatro. De certa forma talvez seja, já que foi levado às telonas a partir da adaptação de uma peça com o mesmo nome: “Deus da Carnificina”.

Bom final de semana a todos, Janca

 

 



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo