O dinheiro na privada



Reproduzo aqui, pra quem quiser comentar, texto que publiquei ontem no diário LANCE!. Boa quarta a todos, Janca.

“Não canso de bater na tecla, mas ainda acho que vale insistir e bater e bater e bater. Na tecla. Enquanto o povo brasileiro vê o legado da Copa ficar cada vez menor, o gasto com o evento não para de crescer.

Outro dia assisti a discurso da senadora Ana Amélia (PP-RS), em que reclamava que o “investimento” público em estádios para o Mundial era estimado em 2,1 bilhões de reais quando o Brasil se tornou sede em 2007. E não é que, segundo a senadora e jornalista, que tive a oportunidade de conhecer em 1997, durante cobertura de visita de Fernando Henrique à ONU, o valor já chegou à casa de 6,9 bilhões de reais? Ou seja, mais do que triplicou. Descaso total com o dinheiro do contribuinte. E as coisas vão ficando por isso mesmo como se devessem ser assim. Como se não houvesse um outro caminho, quando há. E um deles é punir os responsáveis por tamanha irresponsabilidade com a verba pública. Entre eles os dirigentes esportivos que se perpetuam no poder. Em entidades que chamam de privadas, mas que de privadas não têm nada. Ou talvez tenham tudo. Afinal os gastos são públicos, mas os benefícios, pelo jeito, não.

A própria intervenção do governo no Comitê Organizador Local da Copa-2014, enfraquecendo os cartolas brasileiros, tirando a independência do COL e repetindo o que já acontecera na África do Sul, em 2010, mostra o descaso como o evento vinha sendo tratado. Sem comando. Não que agora, nas mãos de Aldo Rebelo, indicado para o Esporte porque a pasta foi terceirizada para seu partido, o PCdoB, a fim de contentar a base aliada de Dilma, a coisa vá melhorar. Porque a irresponsabilidade é dos cartolas, mas também dos políticos que vivem de mãos dadas.

E enquanto todos falam da Copa parece que se esquecem que dois anos depois teremos os Jogos Olímpicos no Rio. E que o comitê organizador está nas mãos de quem “organizou” o Pan de 2007, aquele que deixou um legado sofrível para os cariocas e o Brasil e em vez de gastar os prometidos 400 e tantos milhões de reais acabou fechando as contas na casa de 3,7 bilhões de reais.

Se a história fosse diferente poderíamos ter muitos ganhos com os Jogos, como Londres está tendo com os de 2012. Toda uma região degradada da cidade acabou sendo revitalizada. Há melhoras no transporte público e nos setores de turismo, hotelaria e segurança. Não por acaso o projeto e a organização da Olimpíada londrina foram temas centrais das eleições locais, que deram vitória ao prefeito Boris Johnson, reeleito para mais quatro anos. E isso em tempos de massacrantes derrotas para o Partido Conservador, criticado pela condução da economia e a ameaça de recessão, sem falar no escândalo das escutas clandestinas do magnata Rupert Murdoch, que envolvem membros do governo do premiê David Cameron. E entre os conservadores Johnson já surge como alternativa de poder ao próprio Cameron. Enquanto isso nos trópicos…”



  • Francisco

    Cara, mais que triplicar os gastos e tudo fica assim mesmo? Eu que pago impostos, você que paga impostos, todo mundo que paga impostos merecíamos uma explicação melhor. O governo intervém no COL, gasta nosso dinheiro como se fosse um saco sem fundo, o COB gasta, gastou quase dez vezes o prometido e fica por isso mesmo? Com que moral o COB vai administrar as Olimpíadas? Tem moral pra organizar as Olimpíadas? Vai fazer como no Pan? E o Cabral? Temos que mudar isso com o voto. Nossa única chance.

    • janca

      Até hoje, Francisco, o próprio governo não sabe qual será o custo Copa, o que deve ser incluído na conta, o que não deve ser… E em relação ao Pan não foi o COB que gastou, foi o governo. Mas a organização da Olimpíada é comandanda, em tese, pelas mesmas pessoas que trabalharam pra fazer o Pan, que deu no que deu. Mínimo legado e custos (públicos) nas alturas. Já em relação ao Cabral não foi ele o responsável pelas promessas do Pan, tampouco pela previsão de gastos. Quem estava por trás disso era César Maia, então prefeito do Rio. Não tem ideia do que ele prometeu em Santo Domingo no encerramento do Pan de 2003. Parecia que o de 2007 seria o melhor de todos os tempos e o Rio ficaria a cidade mais avançada do planeta, com metrõ chegando até a Barra, saúde de primeira, transporte coletivo de ponta e por aí afora.

      • Francisco

        Minha resposta não entrou, vou digitar de novo. Valeu por responder, Janca. Pensei no Cabral por causa do Maracanã e da festa com o dono da Delta. Sabia que a Delta tava no Maracanã, não? Tudo muito estranho. O Engenhão, a maior obra do Pan, passou por três mini reformas de 2007 pra cá. Por que não fizeram um estádio decente? Será que o material usado era bom? Ninguém pensou em fazer um projeto ok? O estacionamento é pequeno e vai ser a quarta reforma no estádio. Quatro pequenas reformas em menos de cinco anos de uso é muita coisa. Abraços

        • janca

          Sabia sim e até escrevi um post sobre a Delta e o Maracanã, quando a Delta anunciou que cairia fora do consórcio responsável pela reforma (a terceira em pouco mais de 10 anos) do estádio. E a Delta estava responsável pelo Engenhão também, depois caiu fora, não sei dizer sobre a qualidade do material do estádio, imagino (e espero) que seja de primeira, mas que o projeto teve sérios problemas não há dúvidas. E não ficou o ideal tanto que a área de estacionamento, como você citou, terá que ser ampliada. Por que não fizeram uma área maior lá atrás? Enfim, obra que não é bem feita dá nisso. Um remendo após o outro. Abs. Janca

          • Tiago

            O problema do Engenhão é a localização e o acesso. Deviam ter pensado nisso antes de fazer o estádio ou mexer no entorno e melhorar transporte público. Não fizeram deu no que deu, estádio normalmente vazio principalmente quando o jogo é à noite. Marcar jogo às 21h50 pro Engenhão impede muita gente de ir ver os jogos.

    • Celso

      Enquanto isso! O governo de SP (estado e prefeitura) se une para DAR um estádio ao Corinthians e Alckmin e Kassab se perpetuarão no governo! Além de, claro, gastar UM BILHÃO num estádio que não vale nem 200milhões!

      Os corinthianos?? Dizem: “Paguem seus impostos em dia” e comemoram!

      Corto um braço se um corinthiano não me xingar num post abaixo!

      • janca

        Seu comentário tinha entrado como spam, só percebi agora, desculpe a demora pra liberá-lo. É que não tinha visto a caixa de spams, agora está liberado. Mas como já é tarde acho que nenhum corintiano vai te xingar _rs. Abs.

  • Pedro Corintiano

    Janca, eu vejo as pessoas criticando a organização do Mundial. Mas eu acho que eles estão indo muito bem. Estão investindo muito dinheiro para fazer o melhor pro povo brasileiro. Como querem uma Copa de qualidade sem investir bastante dinheiro? O governo do PT tá gastando bilhões pra organizar essa Copa, tirando recursos de outras áreas pra investir no evento. Afinal, não podemos passar vergonha né? O PT que já fez muito pelo Brasil, continua fazendo. Essa Copa é uma demonstração disso. Além de trazer os 2 eventos esportivos mais importantes do mundo pra cá ainda estão investindo muita grana pra fazer bonito. É só ver os estádios, tão um pouco atrasados, claro, mas vão ficar lindos. Inclusive o Itaquerão do Timão vai ficar demais!! O Corinthians merecia esse Estádio muito, foi um grande presente do nosso Lula. Afinal, o time mais popular do Brasil merece sim uma ajudinha do Governo. Apesar de algumas obras estarem ainda um pouco atrasadas, eu não me preocupo. Sei que quando chegar mais próximo eles vao arrecadar mais dinheiro pra investir e finalizar tudo, eu confio neste Governo.
    Abraços, Janca.
    Saudações Corintianas.

    • janca

      Oi Pedro, com todo respeito vou discordar de você. Concordo que pra termos uma Copa decente e com um legado para a população é preciso investir. Mas é preciso planejar também, ter um orçamento e tentar cumpri-lo, se não fica essa confusão toda. Bilhões investidos e jogados no lixo, caso do próprio Pan. Investimentos em mobilidade urbana, que gostaria de ver, praticamente inexistem por conta da Copa e até da Olimpíada. Esse seria um legado para o país. Teremos algumas arenas melhores, sim, mas teremos elefantes brancos, não é o caso de Itaquera, em determinadas cidades. E isso é jogar dinheiro no lixo. E mesmo no caso do estádio do Corinthians, sou contra benefícios e recursos públicos para estádios privados. Por questão de princípio. Acho que temos outras prioridades. Mas que o estádio tende a ficar muito bonito, tende. E como você colocou não deixa de ser um presente do governo. E ao contrário de você eu não confio nesse governo, como não confio na gestão Kassab, caótica em SP, nem no governo do PSDB que administra o Estado de SP há séculos e quase nada faz em educação, saúde e transporte. E agora vem com mais promessa, só promessa. Abs.

      • Adriano Manteiga

        Ele tá brincando, Janca. Me recuso a acreditar que isso seja verdade. Só pode ser algum cara fazendo sacanagem se passando por corinthiano.

        • janca

          Pode, mas eu acho que é sério. E se não for tem muita gente que pensa assim. Tem mesmo. Já vi muito comentário parecido (e alguns agressivos, o que não foi o caso do Pedro) defendendo essa posição.

          • Johannes

            Com todo respeito a opinião do Pedro, acho que ele “copiou e colou” direto do site do PT”…rsrs…tá parecendo o Lula falando…

          • janca

            O que é difícil, Johannes, é que (e não estou me referindo ao Pedro, não), mas alguns debates caem no clubismo, quando se fala de futebol, nas brigas partidárias, quando se fala de política, e paixão cega ou pode cegar. As pessoas não veem o outro lado ou nem tentam entender. Em futebol é Corinthians x São Paulo, pra ficar em uma das polêmicas que já aconteceram aqui neste blog, em política volta e meia é quem defende PT contra quem defende o PSDB. E cada vez mais parece que vivemos “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. Ou “1984”. Impressionante. Melhor pensar no micro do que no macro, pois a conjuntura não está para peixe (é assim que se diz?). Ou está, pelo menos no futebol, porque só dá Santos e espero que o time continue assim, pois tem dado prazer acompanhar a atuação em campo de Neymar e cia. Abração, João Carlos

    • Adriano Manteiga

      hahahahahahahahhaha essa foi boa, por um momento pensei que fosse sério

      • janca

        Mas sabe que acho que é sério o que o Pedro escreveu? E se não for representa no pensamento de muita gente. Mas não o meu… Abração, Janca

    • Fernando C. Guimarães

      Meu amigo você é um grande contador de piadas!!! Você está pronto para ser político!!!
      Parabéns!!

  • flu

    ponto positivo das olimpíadas: reforma da zona portuária do rio
    ponto negativo do pan (entre vários); engenhão ficou meia-boca e ninguém consegue corrigir. não tem metrõ até lá, o estacionamento é pequeno e os flanelinhas pedem o que querem pra não riscar seu carro. moral da história: dificilmente o estádio lota. fui lá domingo porque era decisão, em jogo “normal” não vale pagar uma fortuna. melhor ver o jogo pela tv num boteco

  • Adriano Manteiga

    Janca, mais uma vez venho aqui pra te agradecer pela tua luta (quase solitária na mídia brasileira) contra essa SAFADEZA que esses PILANTRAS têm feito com a populacao brasileira.

    MUITO OBRIGADO!

    ——–

    SALDO DA COPA 2014:

    – Dinheiro público mal gasto em construcoes exorbitantes e inxeplicáveis (como estádios desnecessários… enquanto escolas e hospitais públicos…nao preciso nem dizer)
    – Praticamente nenhum investimento que vai deixar um verdadeiro legado pra populacao (como trens ou metros, por ex)
    – Orcamentos estourados e mal explicados (já tem muita gente aí levando “o seu”…)

    E enquanto isso a Fifa lucrando milhoes, algumas poucas empresas também… outros colocando algum no bolso.. e por aí vai.

    • janca

      Oi Adriano, tudo bom? Parabéns pelo Flu. E sobre a Copa concordo com sua visão sobre orçamentos estourados e falta de investimento para deixarem um legado verdadeiro para a população. Pena que muita gente não veja assim, assino embaixo do que você escreveu sobre escolas e hospitais públicos. Nem precisamos dizer mesmo. Mas tem gente que acha que como há muito dinheiro desviado fora do esporte, caberia ao governo gastar com estádios _mesmo com sobrepreço_, boa parte deles desnecessária mesmo. Penso diferente. E vejo que você também. Grande abraço, Janca

      • Adriano Manteiga

        Valeu, Janca, pelos parabéns. Mas o jogo mais importante pra gente é o de depois de amanha, que vou ver das 3 às 5 da manha daqui. Pelo menos dessa vez nao tenho que trabalhar no dia seguinte, como foi contra o Inter, já que aqui é feriado amanha (dia dos pais) e armei a merecida ponte na sexta hehe

        É muito triste o que tao fazendo conosco. E o pior é saber que a Polícia Federal faz vista grossa, o parlamento também, ou seja, todos. Porque essa é a constatacao de que nada mudou ou está perto de mudar, de que a cadeia corrupta segue firme e forte.

        É triste demais…

        Pode ter certeza que vou apoiar a tua luta até o final.

        Um forte abraco

        • janca

          É difícil mesmo, mas pelo menos enquanto isso o Flu vai avançando. Essa fase agora é bem complicada, mas a anterior também era, nunca é fácil enfrentar time brasileiro, ainda mais o Inter. E vocês passaram bem. Abração e boa sorte amanhã, Janca

        • janca

          Ops, mais uma coisa, Adriano, algo que acho importante. Quando você fala em sua (“minha”) batalha ou luta, seja o que for, ela não é só minha. Mas tem um ponto que acho importantíssimo e que fui aprendendo na vida. Não tenho ídolos. Eu, por exemplo, estou cheio de defeitos, cheio de “pecados” ou pecadilhos ou transgressões, seja o que for, cheio de erros, embora tente fazer o melhor possível. Mas geralmente não consigo. Não sou exemplo pra ninguém e nunca quis nem pretendo ser. Até porque, repito, estou cheio de defeitos. Algo que nunca fiz, no entanto, foi roubar dinheiro público, isso não. Pelo contrário, acho que fui roubado várias vezes pelos governos que temos, como você com certeza foi e outros tantos também são. Enfim, estou cheio de “pecados” e tento conviver com eles e melhorar (ou às vezes até piorar) quando possível. Somos todos humanos e passíves de falhas. Só que como costumo dizer há falhas e falhas. E não se faz o que estamos vendo com o dinheiro público. Enfim, boa sorte ao seu Flu amanhã e ótimo resto de dia pra você, Janca

  • Janca,

    Juntou a fome com a vontade de comer nessa Copa.. A FIFA já vem pronta para fazer fortuna com a Copa do Mundo assim como fez na Africa do Sul, fará na Rússia e fará no Qatar. Aqui no Brasil, ainda encontrou uma série de políticos com apetite igual.

    O Brasil não deixará legado nenhum, para os grandes centros algumas melhorias podem até ser vista de boa maneira, mas nos locais que o futebol não é forte ficarão verdadeiros elefantes brancos apodecrendo no tempo..

    É dificil pensar em formas disso não acontecer.. As manifestações deveriam continuar, houveram duas em São Paulo, estive nas duas, mas depois da queda do Teixeira parou, como se ele fosse o único cancer.

    Abs.

    • janca

      Você tem toda razão. Caiu o Ricardo Teixeira, o que foi ótimo, mas a estrutura segue a mesma. E com todos agora, inclusive parte da mídia, dizendo amém ao Marin. Ao Marin, cuja passagem pela política fala por si própria. Vice de Maluf, vice de Teixeira… As manifestações deveriam continuar, ganhemos ou não a Olimpíada, porque a estrutura do futebol, a meu ver, segue podre. Grande abraço e valeu pela participação no blog, mais uma vez, aliás, Janca

  • Vinicius Posterari

    Janca,

    Lembro que algum tempo atrás falei aqui, e você concordou, sobre o absurdo que é essa história de renúncia e demissão dos corruptos. Do dia pra noite, dada somente a exclusão de mais um podre dentre tantos que habitam os órgão públicos e pseudo-privados do Brasil, os problemas “morrem”. Morrem porque ninguém mais fala, porque a punição ao ladrão é a saída do cargo, não a cadeira.

    E assim vamos matando a democracia, matando o direito da população, matando o país do futuro, que agora se diz a bola da vez, mas que será chutada para fora….

    Abs

    • janca

      Lembro, claro, e a própria imprensa parece que se esquece dos casos, vai de um pra outro e quem sai parece que deixou a cena e ficou tudo bem, quando não ficou. E as denúncias no Ministério do Esporte? Saiu o ministro e ficou tudo bem? E o Ricardo Teixeira, saiu atolado de denúncias e ficou tudo certinho? Do jeito que as coisas estão indo concordo com você. A bola vai acabar sendo chutada pra fora, o que é uma pena. Abs.

  • SAULO

    Janca, bom dia. Eu pensei em postar alguma coisa a respeito, mas depois que li o que o pedro corintiano escreveu (corintiano é o retrato do subdesenvolvimento do povo brasileiro), cheguei à conclusão que não vale a pena tocar no assunto. Abraços.

    • janca

      Oi Saulo. Só não concordo que corintiano é o retrado do subdesenvolvimento do povo brasileiro. Há corintianos e corintianos, palmeirenses e palmeirenses, são-paulinos e são-paulinos, rubro-negros e rubro-negros, não dá pra generalizar. Mas discordo totalmente do que o Pedro escreveu, fora o estádio do Corinthians tender a ficar bem bonito, isso acho que fica mesmo, embora ele, brincando ou não, representa um corrente de opinião. Da qual discordo frontalmente. Abs.

    • César

      Errado! Sou podre de rico, sou doutor na área em que atuo, não sou torcedor modinha, amo o Corinthians mesmo, gasto milhares de reais em ajudas sociais, falo três línguas, já viajei o mundo todo e, detalhe, estou de pleno acordo com o Pedro. Se o Brasil se dispôs a fazer a Copa, agora se vira, vai ter que gastar, sim. Aliás, nada me tira da cabeça que todo este malfundamentado “descontentamento com a Copa” se deve ao fato de o Corinthians ter obtido incentivos fiscais para empreender SEU estádio. Dentre 100 pessoas “contra a Copa”, 99 justificam a sua posição dando como exemplo a ARENA CORINTHIANS, tal qual o faz o blogueiro. Ninguém fala, por exemplo, dos elefantes brancos de Manaus, Mato Grosso, dentre outros, que o Maracanã vai ser “repassado” ao setor privado, após exigir aporte de quase 2 bilhões de reais, que o Estado do RS vai dar dinheiro público (não é incentivo) ao Inter, que o PR vai arcar com 1/3 das obras da Arena Kyocera (sejamos coerentes). A única questão, a que me parece, é a Arena Corinthians. Tenho certeza que se a Copa fosse no Murumbi, não haveria todo esse alvoroço. Isto de chama XENOFOBIA. O Timão precisa parar de crescer. Sua grandeza tá matando muito “neguinho” do coração. É boicote contra o jogos, é torcida especializada em secar, meu Deus, acho que devemos extinguir o Corinthians, virou uma espécie de EUA para o mundo islâmico. Meu deus!

    • loko 2014

      o Saulo não se pode julgar uma nação pela opinião de alguns poucos, e se não viesse a copa para o BRASIL com gastos ou não os mesmos que estão falando mal por causa dos gastos , iriam falar que o BRASILEIRO é um povo incompetente e de terceiro mundo , por isso não merece um evento como a copa ou não tem capacidade para isso e tem mais quando chegar as eleições muitos de vocês vão votar nestes mesmos que vocês estão falando mal. Não sei que tipo de animal que vc é mas jumento vc não é pois jumento merece meu respeito.

  • Carlos Eduardo

    Janca Boa Tarde,
    Semana passada estava pensando nesse assunto.
    Sou do RJ mas moro em Cuiabá-MT desde 2008, aqui também é uma das cidades escolhidas para a Copa. A minha pergunta é: E depois da Copa?
    A arena pantanal antigo Verdão vai virar um elefante branco! Infelizmente Mato Grosso não tem expressão no cenário do futebol no Brasil!!! As obras de “melhorias” que estão fazendo, tá deixando a cidade, que já tinha um transito dificil, num caos. As obras do aeroporto cadê? Aqui foi aprovado o VLT, poxaa pera lá… se não foi viável fisicamente quanto financeiramente nos grandes centros, vai ser aqui???!!!
    Os politicos estão passando atestado de trouxa para população!
    Valeu Janca

    • janca

      Oi Carlos Eduardo. A situação anda complicada mesmo, porque Copa não é só estádio e o legado que poderíamos ter, como melhoria na mobilidade urbana, acaba ficando de lado. Seja em Cuiabá, seja em São Paulo, seja no Rio. E o dia seguinte de determinadas arenas, como a de Cuiabá, como é que será? Alguém pensou nisso? Fez algum projeto ou será que vão virar elefantes brancos? Acredito que algumas, infelizmente, acabarão assim. Abandonadas ou mantidas com dinheiro público, sem retorno. Sem futuro. Grande abraço, Janca

  • Luis Figueredo

    Oi Janca,

    Sempre gosto quando posta esses assuntos, porque sempre é uma boa oportunidade de observar a reação quase unilateral das pessoas. Mas, eu teimo em ser do contra. =P

    Devemos sim observar os gastos públicos e reclamar com o aumento de gastos. Mas a reação das pessoas com: “ISSO SÓ OCORRE NO BRASIL”, é de causar dor de cabeça. Já cansou. Todo mundo sabe que a FIFA é corrupta, que o COI é corrupto, mas acham que eles só roubam no Brasil.

    Seu exemplo da Inglaterra é mais um exemplo do que falo. A Inglaterra e as olimpiadas desse ano não são um exemplo a ser seguido. Pelo contrário, é mais ou menos o que ocorre aqui. Só que em Libras. Faço trabalho conjuntos com Ingleses, e todos me falam do aumento da corrupção nos últimos anos. Só na Olimpiada, os gastos não ficaram certinhos.
    Vamos comparar:

    COPA BRASIL 2014:
    ————————————–
    Expectativa de gastos (2007): R$ 2.1 bilhões
    Expectativa de gastos (2014 -> 7 anos depois): R$ 6.9 bilhões (3.3x mais)
    ————————————–

    OLIMPIADAS LONDRES: (fonte: FORBES [1])
    ————————————–
    Expectativa de gastos (2005): us$ 3.7 bilhões
    Expectativa de gastos (2012 -> 7 anos depois): us$ 14.5 bilhões (3.9x mais)
    Expectativa de gastos mais realista (março 2012): us$ 17 bilhões (4.6x mais)
    ————————————–
    * Porém, os gastos podem chegar a us$ 30 bilhões, segundo o ex-chefe do COL de Londres (fonte: jornais de londres [2]).

    Ahhh e corre o risco do jogo inaugural das Olimpiadas de 2012 ocorrer com estádio vazio. Até o começo de maio, só foram vendidos cerca de 11 mil ingressos (fonte época: [3]). Um verdadeiro sucesssooo!!!
    Hehe Quem diria hein. Os trópicos não são aqui!

    [1] http://www.forbes.com/sites/freddreier/2012/03/10/london-olympics-could-cost-taxpayers-17b/
    [2] http://www.mailonsunday.co.uk/news/article-558211/London-2012-cost-20billion–TEN-times-original-budget-ex-Olympics-chief-predicts.html
    [3] http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Dilemas/noticia/2012/05/olimpiada-pode-comecar-com-estadio-vazio.html

    • janca

      Mas insisto que há diferença. Você fala em aumento de 4,6 vezes, no Pan o aumento foi de 10 vezes. Na Copa o governo não tem ideia de quanto vai gastar. Há quem fale em algo em torno de 30 bilhões de reais, há estimativas de mais de 120 bilhões de reais. Nem se sabe direito o que é “custo Copa”. E em Londres o aumento gera polêmica e só acontece com aprovação do Parlamento. Não é essa farra que vemos por aqui. Lá, o que pega, é o gasto em segurança, não incluso na previsão inicial. Tudo bem, pra você os trópicos não são aqui, eu ainda acho que são, veja o caso Carlinhos Cachoeira que envolve com ligações com quase todas as instâncias de poder do Brasil. O que não quer dizer que Europa e Estados Unidos são o máximo, não. Veja o caso da Grécia!!! O país está afundando. Veja o da Espanha, veja o da Itália, veja Portugal… Mas que os Jogos de Londres em termos de organização não têm comparação com o que é feito aqui, como a Copa da Alemanha, em 2006, tampouco teve, insisto que não tem. Lá há um legado. Aqui não consigo ver. Só aumento de gastos. Ah! E em relação aos Estados Unidos, vamos lembrar da crise hipotecária de 2008, de Salt Lake City, quem está dizendo que lá é tudo “paz e amor”? O que não significa que aqui devamos traçar caminhos errados. E estamos traçando. Continuo dizendo que a organização dos Jogos de Londres, pelo que me consta, inclusive vendo a reeleição do prefeito do Partido Conservador (e o Partido Conservador está mal das pernas pacas), está melhor do que a nossa. Pelo menos houve um projeto. Houve planejamento. Aqui nem isso. Abração, Janca

      • Luis Figueredo

        Fala Janca,

        Pois eu insisto mais uma vez também. O custo inicial de Londres era de us$ 3.7 bilhões (cerca de 2 bilhões de libras). O ex- diretor do Locog (COL de Londres) acredita que a cifra vá passar de 20 bi de libras, ou seja, 10x. Só que não são 10x R$400 mi, são 10x £ 2 bilhões!
        O último aumento de +-US$ 500 milhões tem haver com a segurança, que foi calculada de maneira errada (só vão precisar aumentar em 120% o número de seguranças e chamar o exercito, sim o exercito!).
        É claro que lá há polêmica. Mas, na maioria das vezes, a polêmica é justificada, não fazem tanto barulho sem provas como aqui. Lembre-se que o Cachoeira só conseguiu chegar tão longe porque as pessoas adoram uma denunica (não precisa ter provas, porque “todo político é corrupto”, “se acussam, alguma coisa tem”, ou “isso só acontece no Brasil”). Se as pessoas parassem um minuto para analisar criticamente o que a Veja publicava, o Cachoeira não teria ido longe, nem a Delta.

        Por isso, que insisto, quando fazem uma denuncia para analisar se é tem fundamento ou não. É o caso do Cabral agora. Por uma foto, estão chamando ele de corrupto (“porque todo político é corrupto”). Não sei se ele é ou não, mas uma foto não signfica nada. Na Inglaterra, não teriam publicado, porque não significa nada. Mas aqui, vira uma algazarra.

        Abraços,

        Luis Figueredo.

        ganhar a disputa para as Olimpiadas era de

        • janca

          Mas não se trata só de uma foto, como você quer dizer, Luis. O Cabral tem que dar explicações sobre os gastos com a viagem. Aliás já deu, ok, via assessoria de imprensa. Na semana passada avisou que era uma missão de dois dias para melhorar a imagem do Rio no exterior. Na semana passada informou que eram cinco. Quem está pedindo investigações sobre a Delta, que você chama de corrupta e detém a maior parte das obras do PAC e teve um incremento no faturamento no Rio nos últimos anos, não sou eu, é a polícia. O delegado Matheus Mela Rodrigues, por exemplo, quer abrir novos inquéritos para investigar os contratos da empresa que atua no DF e em 24 estados. Dá para o povo ficar com um pé atrás diante de tudo o que vem acontecendo. Sobre Londres, ok que você esteja insatisfeito e aponte um absurdo em termos de aumento no orçamento. Agora não entendo o porquê de não fazer a mesma coisa quando isso aconteceu no Pan do Rio.

          • Luis Figueredo

            Fala Janca,

            Sou São Paulino e estou muito feliz hoje a noite! =P

            Só para falar, não estou defendendo ninguém. Não ponho a minha mão no fogo por ninguém que não conheço. Acho mesmo que a Delta tem que ser investigada com toda intensidade e qualidade da nossa PF (inclusive merece destaque o quanto que a PF melhorou nos últimos anos. É de se orgulhar sim). Se o Cabral estiver envolvido, a PF vai encontrar. Não é papel da mídia insinuar (porque quando não se tem prova, se insinua) que ele é culpado sem nenhuma prova. Ainda mais na nossa sociedade que leva qualquer denunica (sem analisar a veracidade da denuncia) como prova cabal de culpa. Fomos doutrinados que todo político e todos são corruptos. Ora, não conheço e não tenho nenhum amigo corrupto. Gostaria muito que isso mudasse. Até porque são os verdadeiros corruptos que se beneficiam da onda de denuncismo e da ideia que todos são corruptos. Exemplos: O Demostenes, a marcha contra corrupção (em que dois dos principais organizadores eram Demostenes e Veja), Maluf e Roriz (DF) com o ‘eu roubo mas faço’ que se alimenta da ideia que todos são corruptos então votemos nos que roubam mas fazem.
            Se analisarmos de maneira clara e consciente as denuncias feitas pela mídia (como a Veja acusando a UnB de ser comunista) veríamos que metade delas são absurdas e poderíamos nos concentrar nas denuncias de verdade. Isso seria melhor para todos.
            Outra, não estou defendendo o Agnello também. Na verdade, eu obomino o Agnello. Votei nele em Bsb só para a mulher do Roriz não ganhar. Mas não votaria nele nem para prefeito da minha quadra. Não porque ele é corrupto (o que também não dúvido que seja), mas porque é incompetente (assistir um discurso dele foi uma das coisas mais díficeis que já fiz na vida). Agora, a PF diz que ele não está no esquema do Cachoeira. Pelo contrário, ele é reu. Porque eu vou duvidar? Agora, o estrago já está feito. Todos acham que ele está envolvido, menos a PF que sabe que ele não está (pelo menos neste caso).
            Agora não estou defendendo também o aumento de gastos no pam, nas olimpiadas ou onde for. Pelo amor de deus, isso não faz sentido. Só digo que não aguento o “isso só acontece no Brasil”. É uma análise errada e não ajuda a corrigir os erros.

            Abraços,

            Boa noite!

            Luis Figueredo.

          • janca

            Agora entendi melhor sua posição. E concordo em vários pontos. E até bate com o que estou defendendo aqui. Você, a meu ver, pelo menos, tem razão quando diz que generalizar é complicado. Pois é mesmo. E sou contra isso. De fato dizer que todos são corruptos, como dizem alguns (não é meu caso), beneficia os verdadeiros corruptos pois coloca todo mundo no mesmo saco. E quando se trata de dinheiro público é uma coisa muito séria, como você mesmo coloca não dá pra defender o “rouba mas faz”. Estou de pleno acordo. E como você acho que as investigações têm de ir adiante. Não dá pra culpar o Cabral por uma foto, não se pode dizer de antemão que o Agnelo é culpado, todos têm direito à defesa. E como você colocou no seu texto as investigações têm de ir adiante. E fico feliz de ver que não defende o aumento dos gastos no Pan ou na Olimpíada, se bem que na verdade nem sou contra eles, quando necessários. O que não dá é pra “venderem” uma coisa pra gente, um projeto, depois reduzir o legado e o preço continuar subindo. E concordo também que isso não acontece só no Brasil. A gente tem uma tendência a dizer isso, como se lá fora fosse muito melhor, quando às vezes até é, muitas vezes não. Mesmo a Europa não podemos colocar toda no mesmo saco, digamos assim. Há diferenças entre os próprios países da zona do euro. E os bancos, seja nos Estados Unidos, seja na Europa, seja no Brasil, quanta coisa “estranha” não fizeram? Basta ver a crise de 2008… Que não começou no Brasil, foi lá fora. Enfim, entendi o que você quis dizer e a única coisa que confesso não ter condições de dizer o que penso, pelo menos por enquanto, é o caso da “Veja”. Já trabalhei para a “Carta Capital”, cobrindo a Olimpíada de 2004 pra ela e pelo L!, claro que a revista tem uma posição política, tem atacado muito a “Veja”, que também tem uma posição política, embora que eu saiba não admita isso. A “Veja”, digo. A Record, a meu ver também por interesses políticos, não para de atacar a “Veja”, enquanto a Globo silenciou e o jornal “O Globo” saiu em sua defesa. O “Estadão” defendeu a candidatura Serra (que não foi meu candidato) em 2010, acho legítimo que faça isso. Pois muitos também fazem defesas de governos ou ataques de governos, defesas de partidos ou ataque a partidos, caso de “Veja” em várias ocasiões, só que de uma maneira não oficial, digamos assim. Mas antes de emitir uma opinião sobre todo esse assunto eu prefiro esperar. Até pra entender (confesso que ainda não entendi direito) o que está acontecendo ou o que está por trás. Só acho que, senoo verdadeiras, as denúncias de “Veja, sobre o setor de transportes, o mensalão, o que for, enfim, têm de ser investigadas. Porque pode ter gente querendo atacar a revista só pra desqualificar algumas denúncias. Enfim, gostaria de ver a mídia na berlinda porque nós, da imprensa, não somos santos, isentos, a mídia não é o quarto poder? Então também pode ser investigada. E deve. O que não significa que outras investigações, como você mesmo diz, não tenham que acontecer. Desculpe ter escrito tanto, mas paro por aqui. Mesmo. Até porque, insisto, no caso de “Veja” ainda prefiro esperar. E não é que morra de amores pela revista, bem pelo contrário, tenho várias restrições à publicação, um direito meu. Pra completar continuo dizendo que, por mais que a própria imprensa muitas vezes queira dizer que é neutra, imparcial, isso não é verdade. Mesmo. Pois a imparcialidade absoluta simplesmente não existe. Abs. e ótima quinta pra você, Janca

          • janca

            E parabéns pelo São Paulo, baita passo pra chegar às semifinais da Copa do Brasil. Vi uma parte do jogo, pois acompanhei Vasco x Corinthians também, a decisão ficou pro Pacaembu. E hoje tem Flu, hoje tem Santos, a rodada (agora falo da Libertadores) promete. Abs.

  • Luis Figueredo

    Ahh outra coisa Janca,

    Devemos sim observar os gastos públicos e reclamar com o aumento de gastos. Mas, devemos tomar cuidado com as infofrmações. Um ótimo exemplo é a Delta e o Cabral.

    A Delta vivia de licitações em que oferecia serviços baratos (a preços irreais) para ganhar a licitação e depois cobrava a conta real (superfaturada) do governo. Lembro, que o esquema da Delta só sobrevivia por conta das relações com o Cachoeira e a Veja. O DNIT queria barrar alguns dos esquemas da Delta e o que a Veja fez: denuncia denuncia denuncias!!! Sem fundamentação, só para demitir os inimigos de sua parceira! Então, quando escutamos a onda de denuncismo, devemos ter sempre cuidado e analisar com calma. Não sair apontando dedos, como inclusive estão fazendo com o Cabral. Não sou carioca, não conheço o Cabral. O cara pode ser o maior corrupto vivo, mas inferir que ele é corrupto por conta de uma foto é muito né! Quer dizer que se eu fizer uma festa e você vir para minha festa, depois descobrem que sou corrupto isso te torna corrupto também? Vamos com calma. Vivemos numa época de jornalismo irresponsável por parte de muita gente (e criminosa no caso da Veja). Os fatos devem ser apurados, inferir algo a partir de uma foto de um governador com uma das empresas mais fortes no ramo de construção civil (na época ninguém dizia que eles eram corruptos) é irresponsabilidade. Pode ser um indicio para ser investigado mas nunca inferir algo só disso.

    Abraços,

    Luis Figueredo.

    • janca

      Mas quem está dizendo que o Cabral é corrupto? Não eu, até porque não tenho provas disso. Mas ele mesmo lançou um novo “código de conduta” para o Rio depois desta viagem a Paris. E não deu explicação convincente sobre as contas, não. O público e o privado têm de ficar separados. Você pode até defender a Delta, mas a Delta não consigo defender. Nem Cachoeira, nem Demóstenes e, sinceramente, acho que Cabral, Agnelo e o governador de Goiás têm de dar explicações, sim. Para as investigações. Abs.

      • Luis Figueredo

        Fala Janca,

        Não estou te acusando com relação ao Cabral, é mais com relação ao que a mídia geral fez e que esta sendo replicado sem análise em vários comentários aqui. Isso assuta.

        Um Governador receber uma das maiores empreiteiras da cidade não é prova de corrupção. A Delta esta infiltrada em vários ramos de poder (até agora provados: Demostenes, Marconi e Veja), mas nada se tem contra o Cabral além da foto.
        Na Colômbia (Cartagena), a Hillary dançava em uma boate com vários políticos de outros países, e presidentes de algumas empresas. Se algum desses, se mostrar corrupto, vão falar que ela é corrupta? Acho que não. Acho que devemos ter mais cuidado para não acusarmos em falso pessoas inocentes. A festa em Paris foi feita com dinheiro público? Ai você poderia reclamar. Políticos, e autoridades do mundo inteiro participam de festas de grandes empresas visando atrair investimentos destas para sua cidade. No mundo inteiro se vê isso, no Brasil é caso de capa de jornal, com insinuações de favorecimento (mesmo sem nenhum indicio disso).

        Outro exemplo é o Agnello. Já saiu o relatório da PF. Muitos jornalistas já leram por sinal. Sabe porque pararam de atacar ele. Porque o laudo da PF é que ele foi chantageado pelo Cachoeira, Veja e Demostenes. Não estou defendendo o Agnello, moro em BSB e o governo dele é um porcaria. Não dúvido que ele seja corrupto (até achava que ele estava envolvido com o lance do Cachoeira). Mas no final das contas, ele era inocente (neste inquerito), mas as pessoas agora acham que ele estava envolvido por conta de insinuações sem provas da mídia.

        Abs,

        Luis.

        • janca

          É que também assusta a sua defesa em relação a obras do Pan, da Olimpíada, do Agnelo, do Cabral. Acho que todos têm todo o direito à defesa, todo, mas a investigação tem de ser feita. Inclusive sobre o papel da mídia nisso tudo. Aí acho que estamos de acordo. Mas só aí.

    • janca

      E você faz aí uma denúncia grave. A Delta superfaturava depois (conforme você colocou no seu texto) e os governos dizendo amém? Com nosso dinheiro? Se for realmente isso aí tem. E são várias as obras para a Copa em que a empreiteira estava envolvida. Saiu do Maracança, esteve no Engenhão, para o Pan, e saiu… Ninguém nunca percebeu? Isso é gravíssimo, pois se trata de dinheiro público. Tristes trópicos, aqui ou “lá em cima”… Abs. e bom restante de quarta pra você.

      • Luis Figueredo

        Não estou defendendo o Cabral (não sei muito sobre sua gestão). Muito menos a Delta que é corrupta sim. Sobre o esquema da Delta, o que ela fazia era ganhar licitações oferecendo serviços quase de graça (O sistema de licitação deve ser revisto para evitar isso). Então, continuava a obra com dinheiro do Cachoeira, entrava na justiça pedindo reembolso (só entrava em licitação que podia haver aumento de gastos) e pagava o cachoeira.

        Isso acontece aqui, e lá. A diferença é que hoje estamos melhorando nosso sistema anti-corrupção e lá não. Portal da transparência e outras medidas que não existem lá estão nos preparando melhor do que eles (pela primeira vez na história) e ninguém comenta nada.

        • janca

          Isso acontece aqui e lá é desculpa para acontecer do jeito que ocorre aqui? Desculpe-me, mas não. Se a Delta é corrupta como você está dizendo como explicar que é a empresa detentora da maior parte das obras do PAC, que atuava com força em 24 estados e no DF, com algumas das principais obras da Copa e da Olimpíada, com influência em tudo que é lugar? Não sei dimensionar o nível da corrupção no Brasil, se aumentou ou não, mas é o equivalente, salvo engano, ao PIB de uma Bolívia, segundo a “Folha” noticiou ano passado, é de assustar. Tem denúncia séria todo dia pipocando aqui e acolá, envolvendo praticamente todos os partidos políticos. Não estou atacando ninguém, mas entendo a indignação de muitas pessoas, porque parece que vivemos num mar de lama. E é difícil escapar disso, embora haja muita gente que tente. Parece que temos de nos proteger dos governos, sejam municipais, estaduais ou federal. E as denúncias contra a família Sarney que sumiram do noticiário? É tudo muito complicado, acho apenas isso. Tudo muito complicado.

  • BETO

    FALA SERIO JANCA VC ACHA QUE UM PAIS ONDE TEMOS PRECONCEITO PESSINMA DISTRIBUIÇÃO DE RENDA DESEMPREGO OU EMPREGO COM SALARIOS BAIXISSIMOS FALTA DE EDUCAÇÃO POR PARTE DE UM POVO QUE NÃO PARA E OLHA OS PROBLEMAS QUE AFLINGEM AO SEU REDOR TUDO AKI É RESOLVIDO NO OBA OBA MONOPOLIO DE EMISSORA COM HORARIOS DE JOGOS DE FUTEBOL ASSISTIR A UM ESPETACULO AS 22 HORAS POR CAUSA DE AVENIDA BRASIL COPA DO MUNDO AKI SÓ SE FOR PRA TORNAR ALGUNS MUITO RICOS ENQUANTO OUTROS ESTÃO SONHANDO COM COPA SOU BRASILEIRO MAS TENHO VERGONHA DO PAIS QUE VIVO.

    • janca

      Precisamos investir em educação, Beto, mas isso não parece prioridade do governo, não. A agenda em Brasília é outra.

  • Elio Larese

    Quando a FIFA designou o Brasil como sede da Copa, é lógico que ao Patropi aceitou tudo que a FIFA demandou, então tudo que se pode dizer é “Ajoelhou, tem que rezar”. Tomara que pelo menos realizem os melhoramentos que dizem que se farão pré e pós Copa. Sobre a Olimpíada no Rio, que a Baía de Guanabara renasça e que o Rio possa, como Barcelona e Sydney, incrementar o seu IDH.

  • Elio Larese

    Pequena correção: *- é lógico que se o Patropi aceitou tudo que a…

  • verdadeiro

    Cade o tal legado :Transporte, mobilidade, infra estrutura,revitaliazacoes de areas,saneamento basico,etc,etc,etc ????? Nao vamos ter nada disso e ainda ficaremos com uma dívida de bilhoes…enquanto dona fifa e alguns “oportunistas” sairão da copa com bolsos cheios..muito cheios…vergonha !!!!!

  • NOSSO maior Poder se encontra na URNA simples
    votamos todos em branco,mostra pra esses politicos ladrões
    que sem Nós o povo eles não são nada

  • SAULO

    Uma correção. “O corintiano” que eu quis dizer, é o Pedro.

    • janca

      Ok, sem problema _rs. Abs.

  • Fabio

    Oi Janca, sou o Fabio do último post. Achei que o mundo estava perdido, mas você realmente é um dos raros seres humanos que merecem respeito por aqui. Obrigado peças respostas.

    “Keep walking”..

    • janca

      Oi Fabio, você diz isso pois não me conhece _rs. Mas agradeço muito pelo gentil comentário. De verdade. E gostei do “keep walking”, pois é isso mesmo. Pode parecer estranho mas seu comentário realmente me fez bem. Porque é esse o caminho, principalmente pra alguém como eu, eu que volta e meia sinto que sou tomado por uma “paralisia”. Obrigado de verdade e mais uma vez minhas desculpas se em um momento ou outro acabo sendo grosseiro e acho que às vezes acabo sim. E talvez até tentando impor minhas ideias aos outros, o que não é bacana. Não é bacana mesmo. Mas podemos melhorar com o tempo e é o que tento fazer. O problema é que também podemos piorar _rs. Grande abraço, uma ótima quinta pra você, de verdade, Janca

  • Ola Janca!

    Quando vejo a situacao economica da Espanha, que nao é nada boa, fico pensando como poderíamos evitar que o Brasil venha a colher estes mesmos frutos após os investimentos feitos para a Copa e Olimpíadas. E na sua opiniao o que ficou de legado positivo pa a Espanha? Quais foram os investimentos lá feitos que atüe hoje foram aproveitados?
    Muito Obrigada.Rosani

    • janca

      Em Barcelona ficou muita coisa boa. A cidade foi reconstruída e virou um polo turístico. Houve um projeto urbanístico incrível, o que falta para nossas maiores cidades. Transporte melhorou muito também, e a crise econômica não tem relação com o fato de ter recebido os Jogos há 20 anos, Rosani. Abs.

MaisRecentes

Ingerência no Morumbi



Continue Lendo

Revolta corintiana



Continue Lendo

Pela saída de Levir



Continue Lendo