Ronaldo e a Arena Brahma



O Corinthians conta com a ajuda de Ronaldo, que foi garoto-propaganda da Ambev, para tentar fechar a venda dos “naming rights” de seu estádio para a companhia de bebidas.

Desde que encerrou a carreira de jogador, ele tem auxiliado em algumas negociações da empresa que fará uma série de campanhas com vistas à Copa de 2014 e aos Jogos de 2016.

A ideia do Corinthians é dar à Brahma o direito de explorar o nome de seu novo estádio, em Itaquera, durante 25 anos. Em troca, receberia 400 milhões de reais, valor do empréstimo contraído junto ao BNDES.

A empresa, porém, teria oferecido pouco mais da metade do pedido corintiano, o que estaria dificultando as negociações iniciadas no final do ano passado. Um dos argumentos seria o de que o apelido “Itaquerão”, que estaria se popularizando devido à demora para o Corinthians vender os direitos de nomear o estádio, poderia atrapalhar o batismo da arena.

Além de ajudar seu ex-clube a negociar com a Ambev, Ronaldo, por meio de sua agência de marketing esportivo, deve iniciar campanhas da empresa voltadas a produtos ligados ao futebol.

Vale lembrar que o ex-atacante é um dos integrantes do Comitê Organizador Local da Copa de 2014, nomeado por Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF e do próprio COL, e é considerado o principal representante da entidade ao lado de Marco Polo Del Nero, eminência parda do comitê e mentor de José Maria Marin. E o estádio do Corinthians irá abrigar nada mais nada menos do que o jogo de abertura do Mundial. Com o Brasil em campo.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo