A Indy e o trânsito



E não é que li ontem na “Folha” que São Paulo teve anteontem o sétimo maior congestionamento de sua história no período matutino?

Que fique de exemplo para as autoridades pensarem bem quando realizam grandes eventos nas metrópoles brasileiras. Como fica o interesse e e como ficam os direitos do cidadão “comum”? Aquele que vai ao trabalho e depois volta, muitos dos quais perdendo mais de quatro horas por dia em deslocamento, como fica?

O prefeito Gilberto Kassab, que há tempos abandonou a cidade para pensar em voos e projetos mais altos, como se São Paulo não passasse de um trampolim, parece que está gastando _o nosso dinheiro_ para realizar a prova da Indy o mesmo que gasta com a F-1, que dá um retorno pelo menos três vezes maior para o município. Usa a competição para se promover, como fazem outras tantas autoridades, e depois vai responsabilizar a chuva, os acidentes e o fato de ter sido véspera de feriado prolongado a sexta passada.

A chuva, os acidentes e o fato de ter sido véspera de feriado certamente contribuíram para o caos que mais uma vez dominou o trânsito da capital paulista na última sexta. Mas a Indy, responsável pela interdição de uma parte da Marginal Tietê, uma das principais vias de São Paulo, também.

Sigo dizendo que falta planejamento para os grandes eventos e os políticos parece que estão interessados apenas com a promoção pessoal, não com o povo. Isso agora aconteceu em São Paulo, mas no ano passado, para ficar apenas em outro exemplo, vi ocorrer no Rio, com os Jogos Militares.

E ó que Fórmula Indy e Jogos Militares, com todo respeito aos eventos, estão longe de ser paixões nacionais… Um ótimo domingo a todos, Janca

 



  • Paulo

    Você foi generoso com os políticos quando fala que estão interessados em promoção pessoal. Se acompanhar a CPI do Cachoeira vai ver que pensam não só na promoção pessoal, Janca. Pensam com o bolso. Mesmo assim bom domingo pra gente, Paulo

    • janca

      Bom domingo, Paulo. E estou acompanhando o início da CPI, sim. Mas não sei pra que lado ela vai. Se o Cachoeira decidir falar mesmo muita coisa deve surgir daí. Ontem li também na “Folha” que ele teria gargalhado quando viu os nomes dos integrantes da CPI… Mas não é hora de rir, não. Enfim, bom domingo, Janca

      • Felipe

        CPI que o governo quer dominar. Pizza à vista, pizza à vista.

        • janca

          Pode até ser, pode até ser, mas gostaria que não. E imagino que a maioria da população brasileira também não.

  • Felipe

    Kassab, o homem do Cidade Limpa que fez de São Paulo a cidade mais suja do país.

    • janca

      De fato lixo em SP é que não falta…

  • Felipe

    Como se o povo brasileiro gostassem da Indy. O que é a Indy? Programa da Bandeirantes. O telejornal da Band ontem falava nisso o tempo todo, a Globo ignorou. A Indy não é um evento de expressão do Brasil, ao contrário do que você diz, é um evento da Band. E depois falam da Globo.

    • janca

      Nunca disse que é um evento de expressão do Brasil, o que disse é que é um grande evento, mesmo que não tenha aquele interesse do público. Mas nada justifica o caos que ajudou a criar na sexta. As autoridades têm a obrigação de pensar no interesse e no bem-estar do cidadão. Em relação à cobertura da imprensa e da TV, mais uma vez pergunto desde quando as emissoras e os veículos de comunicação não são um negócio (comercial, portanto) e não têm interesses e agenda própria? Incluindo a questão financeira?

      • Lily Martins

        Bom dia, João. Vendo a discussão sobre a Fórmula Indy, o que interessa, o que não interessa, a audiência, essa coisa toda, penso naquela pesquisa do IBGE, não sei se chegou a ver, sobre o tempo que o brasileiro perde no transporte de casa pro trabalho e do trabalho pra casa. No Rio a situação é ainda pior do que em São Paulo. São duas mega metrópoles e as autoridades ficam pensando em seu bolso e na promoção pessoal e política, mas e o dia-a-dia? O transtorno que a Indy ajudou a provocar sexta? Quem pensa no cidadão de verdade? Podem dizer que a Indy atrai dinheiro pra cidade, mas o que o Felipe coloca é verdade. É um evento da Band. O jornal da Band ontem foi quase todo sobre isso. Não tinha notícia mais importante? E será que o Kassab não ganha ponto com a Band? Tudo muito complicado, são muitos interesses em jogo. Continue postando deste seu jeito diferente e bom domingo de reflexão pra todos nós, Lily

        • Corinthiano da Gávea

          Eu acho a Fórmula Indy infinitamente melhor e mais emocionante que a Fórmula 1.
          Porém, realizar a corrida no Anhembi é de extremo mal gosto.

          • janca

            Eu confesso que já não acho a mesma coisa (sobre a emoção), mas aí é questão de opinião e gosto pessoal. Abração pra você, Janca

        • janca

          São coisas para a gente pensar mesmo, Lily. Lendo o que você escreveu lembrei da ponte Octavio Frias de Oliveira, que leva o nome do “patrono” da “Folha”. Quando há eventos que passam no local a ponte aparece na capa do jornal. Quantas e quantas vezes isso não aconteceu? Por que é notícia ou pelo nome que ela (a ponte) leva? E quantas vezes não aparece na Globo porque parece que virou o cartão de apresentação de SP, cartão da própria emissora, cuja sede paulistana fica ao lado da ponte? E se a Indy fosse no SBT, o SBT não estaria fazendo o mesmo que a Band? Não estaria “criando” uma notícia ou inflando uma notícia que não é tão relevante assim? E o L! não dá muito destaque ao Corinthians e ao Flamengo, que vendem mais? E têm mais “audiência” e interesse do público? E os veículos em geral não têm interesse político? O “Estadão” revelou _e acho que foi uma posição bacana, já que neutralidade e isenção absoluta não existem_ seu apoio ao Serra na eleição presidencial. Mas há outros veículos que também apoiavam o Serra e não diziam claramente isso, o mesmo acontecendo com os que torciam pela Dilma. É tudo um grande circo. Mas neste caso não o da F-1. Bom domingo pra você também, João

  • Corinthiano da Gávea

    Caro Janca, sinceramente a etapa de São Paulo é disparada a mais feia da Fórmula Indy.
    A paisagem da região do circuito é horrorosa, Rio Tiete poluído e fedido bem ao lado, circuito feio e completamente travado e para completar a falta de graça, todo ano chove.
    Penso que a essa corrida deveria ser em outro local, mais agradável e com uma paisagem melhor. Na minha opinião essa corrida só serve para denegrir a imagem de São Paulo, tanto é verdade que a Band evita mostrar imagens aéreas do local.
    Bonito é ver as corridas de Surfer´s Paradise, as etapas da Flórida, entre outras.
    Bom domingo à todos.

    • janca

      “Fala” Corinthiano da Gávea. Sabe que nem tinha pensado na questão da paisagem? Mas você possivelmente tenha razão, embora confesse que não acompanho as outras etapas da Indy. E não tinha percebido que a Band evitava imagens aéreas do local, não. Mas tudo é possível, tudo é possível. Grande abraço e ótimo domingo de muito futebol à tarde, hoje sem Corinthians, Janca. PS. São Paulo x Santos e Guarani x Ponte têm tudo para serem grandes jogos, para mim mais emocionantes e empolgantes do que as próprias finais do Paulistão. Vamos esperar… Espero que sejam mesmo jogos bacanas e sem violência. Dentro e fora do campo.

  • Carlos Miguel

    Esse Kassab é um tremendo picareta, basta analisar essa tal Controlar mais um meio de arrancar dinheiro dos nossos bolsos, pois a poluição em São Paulo continua em níveis altíssimos. Esse cara só faz as coisas pessando em alto promoção. Passei ontem a noite pelo trecho interditado e parecia horário de pico, e os interesses do cidadão onde ficam, Fora Kassab.

    • janca

      Oi Carlos Miguel. Como você não sou nem um pouco fã do Kassab. No início até achei que ele fez algumas coisas positivas, como a Lei da Cidade Limpa, mas depois foi mostrando a verdadeira face, um político como os outros, abandonou a cidade e está mais preocupado com o partido que criou. E São Paulo à deriva.

  • Jorge

    A realização da prova da Indy 500 é ótima para São Paulo e não adianta ficar jogando tudo em cima do governo. Os realizadores do evento têm que contribuir para achar soluções para amenizar o impacto na cidade. E, mesmo assim, a sua reclamação é um exagero. São apenas alguns dias em um ano inteiro, e o que isso representa em grana (turismo, restaurantes, exposição, etc.) compensa 100%.

    • janca

      Não compensa também. É feito investimento muito parecido com o da F-1, que compensa muuuito mais. Dá um retorno pelo menos três vezes maior.

  • Rodrigo

    E por que não a Indy num autódromo de verdade? E nem me refiro a Interlagos – embora seria legal. Vendo algumas pistas pé-de-boi nas etapas norte-americanas, será que é tão difícil adequar algum outro autódromo brazuca, tipo Tarumã etc?

    • janca

      Confesso que não sei, Rodrigo, mas poderia ser uma ideia, por que não?

  • Bruno

    Nossa sexta-feira, véspera de feriado, chovendo o dia inteiro e teve trânsito em SP? Puxa que espanto! Mas é logico que a culpa eh da Indy, que nao passa na globo, e nao é paixão nacional, até pq F1 eh neh. PFFF ia ter transito recorde com Indy ou sem Indy, texto tosco e tendencioso.

    • janca

      É, de texto tosco você entende, porque escreve mal pacas _rs.

  • Robson SANTOSTRIFC

    Bom dia, acompanhei a Indy pela TV no sábado e domingo, eu que gosto de automobilismo independente da categoria achei muito bom o evento, mais fazer isso no meio da Marg. Tiête é de extrema falta de senso, ainda mais eu que trabalho com transportes, que já não basta a restrição a caminhões ainda tem menas pistas para trafegar com esse trânsito caotico de SP. E SP tendo um autódromo do nível de Interlagos o mais racional seria fazer em Interlagos.

    • janca

      Concordo com você, Robson, sobre suas sugestões. Sobre o evento em si fico contente que você tenha gostado, mas confesso que não é minha praia. Não gosto de automobilismo. Gostava na época de Senna e Piquet. Nos tempos do Fittipaldi eu era pequeno.

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo