Os hooligans brasileiros



As brigas entre torcedores organizados no Brasil e a crescente violência fora dos gramados começam a atrair a atenção da imprensa estrangeira.

Depois da morte de dois torcedores palmeirenses e de um em Goiás, na semana que passou, a BBC, de Londres, prepara uma série especial sobre os “hooligans” brasileiros e o que o país pensa em fazer para combatê-los, especialmente com vistas à Copa de 2014.

Outras três emissoras de TV europeias, uma na Espanha, outra na Alemanha e a última na Suécia, também estudam abordar mais a fundo o tema das organizadas no Brasil e os conflitos entre elas, principalmente confrontos marcados via internet.

Enquanto isso o cadastro dos torcedores, promessa há tempos do Ministério do Esporte, segue próximo de zero. E o pior é que a pasta tem investido dinheiro público para o cadastro, tendo repassado verba até para uma associação presidida por Mustafá Contursi, que não chegou a fazer o esperado serviço. E a violência entre as uniformizadas deixa de ser um assunto da esfera esportiva para entrar de vez no âmbito criminal. Tema de segurança pública, com os palmeirenses não descartando retaliação contra corintianos e botafoguenses e tricolores quase se matando ontem no Rio.



MaisRecentes

Complô no Santos



Continue Lendo

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo

Naming rights em 2019



Continue Lendo