Inter x Andrade Gutierrez



Apesar do anúncio da retomada da reforma do Beira-Rio, um dos estádios do Brasil para a Copa, a imagem da Andrade Gutierrez no Sul anda péssima.

Os atritos entre a direção do Inter e a construtora, que fizeram as obras pararem por cerca de nove meses, jogaram a opinião pública e os torcedores colorados contra a Andrade.

Representantes da empreiteira foram achincalhados pela mídia, que se postou ao lado do presidente do Inter até que o contrato entre as duas partes fosse assinado.

A própria presidente Dilma Rousseff interferiu na questão, pressionando a Andrade Gutierrez a fechar logo o acordo com o Inter e entregar o estádio no ano que vem, a tempo de Porto Alegre receber jogos do Mundial.

Divergências entre os dois lados eram várias, desde a escolha do foro para definir futuras controvérsias entre as partes até o uso de camarotes, estacionamento e lojas construídos pela Andrade no estádio, sem falar de possível penhora de renda de bilheteria, caso o Inter contraia dívidas trabalhistas e fiscais, praxe entre alguns dos grandes times brasileiros.

Com sua imagem arranhada no Sul mesmo com o contrato assinado e as obras sendo retomadas amanhã, a empreiteira pretende lançar forte campanha de marketing e trabalhar a mídia para se aproximar do torcedor colorado. A iniciativa começou ontem com a exibição de um vídeo homenageando o Inter, que emocionou a direção do clube.

Além do trabalho no estádio, a construtora terá outro tão grande quanto, que é o de se reaproximar da galera.

A ira de alguns torcedores e de parte da mídia contra a empresa era tanta que a avó de uma conhecida minha perguntou que time era “esse Andrade” que ia jogar contra o Inter… Virou mesmo um “Inter x Andrade”. Daí explicaram que não, que era a construtora responsável pela reforma do Beira-Rio… Futebol e paixão clubísticas são complicados. Quem entra na área tem que estar preparado, mesmo que seja empresa de grande porte. Ou principalmente se for.

 



  • Vitor

    Mais fácil seria fazer a Copa no estádio do Grêmio. Vai ficar pronto antes do Beira-Rio e foi todo feito com dinheiro privado.

    • janca

      Agora que o Inter assinou contrato com a Andrade Gutierrez não. E o acesso à nova arena do Grêmio ainda é precário, o Beira-Rio tem localização melhor.

      • André

        Pro estádio do Inter dá até pra ir a pé do centro. Porto Alegre tem problemas mais sérios do que o do estádio, que agora parece que resolvemos. O trânsito é muito ruim, por isso é melhor o estádio do Inter. O acesso pro do Grêmio ainda é ruim mesmo.

        • Gui

          Acesso é fácil de resolver. Coloca linhas de ônibus e faz estacionamentos. O Grêmio vai fazer um baita estacionamento pra sua informação.

          • Gui

            Com dinheiro próprio, claro, ao contrário do Inter que depende de empréstimo e quer usar dinheiro público, BNDES, Banrisul, essa farra toda.

    • g.santos

      VITOR: Dinheiro privado na arena da OAS ???(Da OAS sim porquê, o gremio pagará até o ar que respirar, por 25 ANOS pra jogar na arena da OAS > TODAS as rendas, inclusive a de bilheterias 35%,TODA a propaganda estatica dentro e fora do estadio, TODO o comercio,TODO o entôrno será EXCLUSIVO da OAS, …enfim, tudo será da OAS) . Bem, mas quanto a SÓ dinheiro privado…só rindo mesmo de tanta infantilidade : E OS + ou – 30 MILHÕES DE ISENÇÃO DE IMPOSTOS ESTADUAIS E MUNICIPAIS NA COMPRA DE MATERIAIS DE CONTRUÇÃO PARA A OBRA, DADOS AO GREMIO ???………..NÃO É DINHEIRO PÚBLICO ??? Hein, seu sabichão ? Isto sem contar os 85 milhões de verba federal para “Embelezar” o entôrno e adjacências . Só rindo mesmo .

      • janca

        Sobre melhorias no entorno e adjacências acho que é função do Estado mesmo, mas em relação a 30 milhões de reais de isenção de impostos a que você se refere a história, de fato, muda de figura. Abs.

  • André

    A imprensa fez uma puta celeuma contra a Andrade Gutierrez, nem sei como eles assinaram o contrato, mas se não assinassem não fariam mais obra nenhuma no estado. Depois que assinaram fica tudo em paz, brasileiro tem memória curta.

    • Gui

      Assinaram porque interessa a eles e tem dinheiro do governo que vão pegar emprestado por juros inexpressivos perto do que vemos por aí, nós que somos povo como o povo, não empreiteiros, banqueiros, a camada beneficiada pelo governo do PT. Governo pros ricos, migalha pros pobres.

  • janca

    Respondendo os comentários iniciais do Gui e do André sobre Porto Alegre agora que o contrato foi assinado não acho que o estádio será um pontoa causar maiores preocupações. Hotelaria e mobilidade urbana, sim. Aí está o “x” da questão.

    • alemão

      Hotelaria é ruim mesmo, mas quem for pro Sul tem que conhecer a Serra Gaúcha, lá as condições são melhores e as cidades mais preparadas pro turista. Rota do vinho.

      • janca

        É, mas os serviços hoteleiros têm de melhorar até 2014, inclusive em Porto Alegre, aonde serão os jogos…

  • Virgilio

    Tem um ponto que você não citou. Os clubes não são bem administrados, fato, contraem dívidas que não podem, porém tem um ativo fiel e muito forte que é a massa torcedora. A construtora tem que levar isso em conta.

    • janca

      Tem toda razão, Virgilio, e tanto é verdade que a própria construtora está preocupada com a opinião pública e a torcida colorada, que é fiel e costuma encher o estádio. Um ativo importantíssimo, enfim.

      • alemão

        Ganha a torcida do Inter porém perde a do Grêmio.

        • janca

          Sei não. Acho que a Andrade Gutierrez pode ganhar a torcida colorada sem perder a do Grêmio, embora no Sul as coisas sejam bem polarizadas.

  • Felipe

    Estádio do Grêmio não tem BNDES nem Banrisul. Puta diferença. Mamar nas tetas do governo é fichinha e ainda tem gente achando o presidente do Inter o máximo. Pegam no pé quando é Corinthians, quando é Inter é imprensa é condescendente.

    • janca

      Ops, mas só pra lembrar que o Banrisul, pelo que eu saiba, caiu fora da jogada. O BNDES não. Quem entrou no lugar do Banrisul pra garantir a operação foi o BTG Pactual, que é do polêmico André Esteves. Mas continuo sendo contra recursos ou benefícios públicos para arenas privadas, seja ela do Inter, do Grêmio ou do Corinthians.

  • Jacinto Guanabara

    Assim como o Corinthians, o Internacional também se meteu nas falcatruas e vendeu sua alma à corrupção. Agora é tarde demais. Será sempre marcado por ter se vendido à corrupção e dela ter tomado benefícios. O Corinthians nem liga pra isso, pois já até vendeu sua alma à mafia russa ha uns anos atrás. Vender-se a corrupção tupiniquim não é nada pra este clube que já perdeu sua dignidade ha muito tempo. Mas o Internacional ainda era digno e soberano. Depois dessa, foi pro mesmo caminho. Avante!

    • Gastão Henriques

      Mas JACINTO GUANABARA,eu não entendo como pode, uma pessoa como você, falar ou escrever tanta besteira, com tanto desconhencimento de causa, como vc está fazendo agora. O S.C.INTERNACIONAL,para efetuar a modernização de seu estadio,1)VENDEU O SEU ESTADIO ANTIGO, em concorrência limpa e democrática como TUDO que é feito no INTER,cujo produto desta venda R$ 28.000.000,00 milhões de reais serviu de base inicial para o inicio. 2) ABRIU CONCORRÊNCIA LIVRE À CONSTRUTORAS VÁRIAS para efetivar as obras, como manda a boa transparência. 3)COUBE À EMPREITEIRA VENCEDORA(A&G) CAPTAR OS RECURSOS RESTANTES JUNTO À BANCOS INVESTIDORES, PARA O FINANCIAMETO COMPLEMENTAR(Claro que, mediante à sólidas garantias) . Atenção!!!>O INTER faria a modernização de seu estadio(Como até já tinha iniciado) COM RECURSOS PRÓPRIOS, mas a médio e longo prazo, com recursos da venda de novas suites e camarotes alem de parte de vendas de um ou outro jogador e tb da contribuição de seus mais de 103.000 mil sócios.Mas, PARA ATENDER O GOVERNO E A F.I.F.A., se viu obrigado a buscar uma empreiteira, pois a reforma neste caso, teria que ser feita no curto prazo de 2 anos no máximo, o que então não seria mais possível SÓ COM RECURSOS PRÓPRIOS . Ora, é lógico que, se o governo queria e precisava honrar os compromissos que assumiu junto à FIFA, pois foi ele que foi lá quase que SUPLICAR a copa no Brasil, nada mais justo do que ajudar, através de suas instituições financeiras(BNDES), a concretização necessária das remodelações de estadios através das empreiteiras(Sempre com sólidas garantias, o que garante que os recursos públicos terão retôrno garantido). Aliás, isto é INVESTIMENTO, pois o que vai entrar de milhões e milhões de dólares e euros na nossa economia com o evento da Copa, não se pode imaginar . Se você quer ter certeza, consulte os países que a sediaram e veja os LUCROS ASTRONÔMICOS que obtiveram, sem contar os lucros de destaque….evidência e turismo futuro . Agora sim, meu caro JACINTO GUANABARA, mais conhecedor do assunto, podes dar tua opinião sobre algo que tens alguma noção . Ah…o INTER é muuuito bem gerido, por homens sérios, honrados, os quais são assessorados por comissões de obras e finanças, clube sólido tanto patrimonial como financeiramente, como poucos neste país . Abraço !

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo