Dilma e o Beira-Rio



Não teve o dedo (e as mãos e a cabeça) de Dilma apenas na carta de Aldo Rebelo à Fifa, dizendo que o Brasil não aceitava mais Jérôme Valcke como interlocutor para assuntos de Copa, o que fez o secretário-geral recuar e dizer que não foi bem compreendido…

No caso do Beira-Rio, que estava com as obras paradas e não encontrava solução financeira para reiniciá-las, foi só graças a Dilma que o estádio continua como um dos 12 do Mundial de 2014.

O governador do RS, Tarso Genro, havia decidido jogar a toalha e apoiar  nova arena do Grêmio, que fica pronta em dezembro, como estádio de Porto Alegre para a Copa do Brasil. Dilma reagiu imediatamente. Disse que não. Que haveria muita confusão entre gremistas e colorados e que a decisão estava tomada. Seguiria o Beira-Rio como sede e ponto.

Ela conversou na quarta passada com Sergio Andrade, presidente da Andrade Gutierrez, em tom firme. Avisou que queria uma definição imediata para o Beira-Rio. E fez o mesmo com Tarso Genro, avisando que não faria sentido tentar emplacar a do Grêmio no lugar do estádio do Inter numa cidade onde tudo é tão polarizado e que tem eleições municipais em outubro.

O resultado da conversa de Dilma com a Andrade Gutierrez foi positivo e imediato. A empreiteira anunciou ter garantias para obter empréstimo do BNDES e terminar a reforma do Beira-Rio. E Tarso Genro concordou que o Banrisul, Banco do Estado do Rio Grande do Sul, seria usado como agente repassador da verba. O valor estimado é de 300 milhões de reais.

A partir de agora, segundo integrantes do governo federal, vai ser assim. Dilma mais presente no dia a dia da Copa. Vamos ver, vamos ver. Espero que as coisas melhorem, mas… Sei não, sei não…



  • Carlos Menezes

    Janca, considero tudo isso um absurdo. Primeiro é o ex-presidente Lula indicando empreiteiras pra construir CT e Estádio do Curintia. Agora Dilma fazendo o mesmo com o Internacional. Presidentes não podem agir dessa maneira, como torcedores. Isso é ridiculo. Vai ver se um presidente do porte de FHC faria algo tão baixo. É lamentável mesmo este governo do PT, agora se afronhando de vez no futebol, daqui a pouco vamos virar uma Argentina. Dá pena. Saudações.

    • Guilherme

      Tá nítido que desaprova o Lula e gosta do PSDB e tem ciúme do Corinthians e do Internacional por tudo o que estamos conseguindo e seu clube certamente não.

      • janca

        Oi Carlos, oi Guilherme, com todo respeito as suas opiniões, Guilherme, tendo a concordar com o que o Carlos “fala” sobre os estádios. Sou contra recursos ou benefícios públicos para a construção de estádios privados (ou reforma), caso das arenas corintiana e colorada, por mais apreço que possa ter pelo Inter, por exemplo, ou por mais que não seja contra a construção do estádio do Corinthians em Itaquera. Pelo contrário. Sou favorável. Mas com dinheiro e recursos próprios, não públicos. Abs. e boa terça pra vocês, Janca

      • Nilú

        Guilherme, bom dia!!!
        Com todo respeito, use a inteligência que vc com certeza possui, e faça uma análise de tudo isso como cidadão brasileiro, que vive aqui, trabalha , paga impostos e tudo mais, não analise do ponto de vista de um partido político, ou de um torcedor fanático. Isso sempre acaba nos tirando a nitidez dos fatos. Creia. Abs Nilú

        • janca

          Oi Nilú, você está certa, porque nós que trabalhamos e pagamos impostos não podemos nos levar por paixões clubísticas, partidários, o que for. Isso cega. E somos nós que arcamos com os custos dos estádios. Alguns deles privados. E alguns que são públicos devem, depois, terminar nas mãos de empresas privadas… Não acho isso bacana pois são reformados ou construídos com nossa grana que poderia estar indo para saúde ou educação. Mas acaba desviada para arenas privadas e corrupção. Uma Bolívia por ano é desviada no Brasil em corrupção, o que não deve ser usado como argumento para quem quer ver dinheiro público em estádio. Muitos argumentam: Já que se rouba tanto que se roube construindo estádio pois pelo menos uma hora ele fica pronto… Não é bem assim. Ou não deveria ser. João

    • Luiz Marfetan

      Chamar fhc de “presidente de Porte” e muita arrogancia sua, para mim esse carinha so fez merda enquanto governou.
      Voltando ao futebol que e o assunto da reportagem, não concordo com o que a direção do Inter fez, vão pagar 330 milhoes por uma obra que não atinge 1/4 do estadio o pior tem mais vinte anos de esploração de setores do beira rio.
      Depois carlos, o Inter merece respeito do governo não e a toa que bi da america e campeão mundial.e

      • janca

        Oi Luiz, também acho que o Inter merece o respeito de todos, inclusive dos gremistas, o que não significa que eu defenda dinheiro público na reforma do Beira-Rio. Abs.

        • Carlos Menezes

          Prefiro nao discutir com analfabeto que escreve ‘esploração’. Mas só pra responde-lo meu caro, em nenhum momento falei que o inter nao merece respeito do governo. Agora, respeitar nao dignifica ceder dinheiro publico pra obras privadas. Te enxerga rapaz

          • Gabriel Garcia

            Meus caros…
            Não foi investido dinheiro publico no estádio do Inter, é bom procurar informações antes de falar as coisas.

    • Luis Figueredo

      CALMA!! MUITA CALMA NESSA HORA!

      Não vamos misturar as coisas!

      Primeiro fale de política. Você deve ter entre 15 e 20 anos certo? Procure saber o que o presidente de grande porte FHC fez com o BNDES? Já ouviu falar na secretária de privatizações? Pois é, funcionava no BNDES. O BNDES emprestava dinheiro para empresas falidas internacionais para que elas comprassem empresas funcionais do Brasil. Então, as empresas diziam que não iam pagar e faziam um acordo no qual davam 49% da empresa que o BNDES pagou para o próprio BNDES. Isso não é futebol. Não são estadios de 300 milhões de reais. São pagamentos de bilhões e bilhões que o FHC deu para empresas estrangeiras.

      Procure ler um pouco. Todos presidentes fizeram coisas boas e ruins. Agora uma coisa boa que o Lula fez foi reanimar e reorganizar o BNDES que o FHC faliu. Então, vamos com CALMA!!!

      abs,

      Alguem quejá viveu durante vários governos!

      • janca

        Oi Luis, sem entrar em discussões partidárias _governo FHC x governos petistas_, sigo contra uso de dinheiro público, inclusive empréstimos do BNDES, para arenas privadas. E também para arenas públicas que depois serão privatizadas ou repassadas para a administração privada. Não à toa o Eike Batista já está de olho no Maracanã… Abs.

        • Luis Figueredo

          Janca,

          Também sou contra o uso do dinheiro público. É óbvio. Acho que a administração de estádios devia seguir a linha inglesa que funciona bem.
          Agora distinções devem ser feitas. O BNDES empresta para um banco que empresta para a construtura que constrói cobrando do time. Quem vai pagar para o BNDES é um banco (neste caso, específico o BanriSul). O BNDES vem emprestando dinheiro com o lucro de seus emprestimos anteriores. Ou seja, o dinheiro não existiria se antes não tivesse sido emprestado. A taxa de juros do BNDES é baixissima, mas o calote é quase zero! Muito menor que qualqeur outro banco privado. Isso hoje em dia. Porque ele quase deixou de existir de tanto calote na época das privatizações (acho que chegou a 5% na época e hoje é 0.5%, mas me corrija se estiver errado).

          O que eu quis dizer foi isso. Sobre o uso de dinheiro público direto, como é o caso de estadios públicos (quem vai pagar é o governo óbvio), ou no caso do Corinthians que o Estado deu dinheiro para a construção, ou até o absurdo que querem fazer com o Maracanã, eu sou totalmente contra. É um crime contra nossas finanças. Mas emprestimos do BNDES para outras empresas seguras (como bancos) não é um problema para o BNDES. Pelo contrário, vai gerar renda futura.

          abs,

          Luis Figueredo.

          • Carlos Menezes

            Luis, meu querido, procure se informar sobre as condicoes economicas do Brasil quando FHC assumiu o ministerio da fazenda. Procure saber sobre ‘estabilização economica’ isso sim uma verdadeira reforma financeira a favor do Brasil. procure se informar sobre a quantidade de impostos que as empresas privatizadas pelo FHC geram atualmente, alem do numero de empregos. Procure se informar sobre a atual politica do PT, que nada mais eh do que tentar imitar a do PSDB, ou vc nao viu os aeroportos sendo privatizados? Deixe de ser alienado rapazinho, vai estudar um pouco.

          • ANDERSON

            Janca,

            Vc como alguém que trabalha com esportes, deveria mais é querer que o governo EMPRESTE dinheiro para se construir estádios, ginásios e etc.. Gera empregos, e depois eles podem ser usados para desenvolver o esporte e atividades culturais.

            É assim em todos os lugares do mundo!!! Quem tem querer incentivar o esporte é o estado e não empresas privadas!!!

            Veja todos os mais importantes estádios do mundo e vc vai ver que TODOS são feitos com dinheiro público. Digo mais uma vez, q no caso do Brasil, os estádios q usam recursos públicos, estao fazendo EMPRÉSTIMO. O dinheiro retornará, com juros ao banco que lucra muito no Brasil: BNDES. Se emprestasse e perdesse recursos com isso, o BNDES estaria inviável faz tempos!

            Porque vc acha que alguma empresa privada vai construir um estádio ou arena? Só fazem isso se em troca o governo der terrenos em áreas q eles tenham interesse para ganhar uma boa grana!!! Ter muito lucro!!!

            E sobre o babaca q fala do “porte” de FHC, isso me remonta à época do descobrimento, aquele conservadorismo de ter que parecer “feliz, poderoso, inabalável, educado”… TUDO FARSA DAS GRANDES! Se pra ser presidente se precisasse de porte e se só isso bastasse, FHC teria ganhado prêmio Nobel. Mas nao, fez um governo ridículo! Que só beneficiou ricos, q ficaram mais ricos. Só beneficiou empresas de fora do Brasil, q ganharam cada vez mais. Um absurdo!

            A imprensa não consegue mostrar os benefícios da Copa para a população. Só noticia lixo! Só noticia fofocas! Ninguém faz análises decentes. Só uma cópia da cópia da cópia. Pode se ver, que todos os jornais brasileiros dão as mesmas notícias, com as mesmas análises e opiniões. Não há pluralidade! Isto é democracia? É farsa pra beneficiar poucos!

            A Copa no Brasil será um grande sucesso, nao pq os brasileiros querem, mas pq o mundo quer.

            E o Brasil vai evoluir, nao pq uma pequena elite nao quer, mas pq as empresas do mundo querem ter acesso a um mercado consumidor de 200 milhoes de pessoas.

            Dá nojo disso tudo!

            Se vê que tudo são interesses políticos, e econômicos. Lamentável!!!

          • janca

            Já discutimos isso tudo e temos visão diferente. Criar empregos construindo estádios para clubes ou que depois possam virar elefantes brancos você acha válido? Eu não. Que construam hospitais, invistam na polícia, façam escolas, paguem médicos, professores com salário decente, tratem da mobilidade urbana, mas estádios não é coisa para setor público. A não ser que ganhe grana com eles. Investir para depois terceirizar por preços módicos? Dar estádio de presente para clube de futebol? De jeito nenhum.

      • joao carlos

        Luis Figueiredo deve ter 10 anos de idade ou só lê o Paulo Henrique Amorim.

        Lula e Dilma que privatizam com dinheiro do BNDES. É só ver a fusão da Oi-BrTelecom, Aeroportos, Estradas, Portos e Aeroportos sucateados. Investimentos zero e máquina estatal aparelhada por cabos eleitorais.

        Itamar e FHC, através do Plano Real, Lei de Responsabilidade Fiscal e as BENDITAS privatizações que fizeram o Brasil sair da lama. Vide Embraer, Vale, Telefonia, etc..

        Políticas públicas não surtem efeitos do dia pra noite. Com o PT o Brasil está retrocedendo e perdendo credibilidade. Em termos de crescimento, somos a vergonha dos emergentes e em termos de corrupção estamos similares à Rússia de Putin.

        Ler Luis Nassif e Paulo Henrique Amorim não adianta nada, caro Luis Figueiredo!!!

        • janca

          Oi xará. Sei que há uma disputa imensa entre PT e PSDB, Lula/Dilma x FHC, já discutimos neste espaço muito sobre as privatizações, política externa, mas acho que hoje os dois partidos têm uma visão muito parecida. Posso estar enganado, mas é assim que vejo. O PT não é mais aquele de antes da chegada ao poder, o que é natural, mas deu uma guinada à direita e aparelhou o Estado de maneira absurda, num claro projeto de poder. Só que o PSDB, em SP, por exemplo, com anos e anos de governo quase nada fez em educação e saúde também. O governo do PSDB acho triste em SP, não que o governo do PT esteja melhor no Palácio do Planalto, acho que por denúncias de corrupção já saíram sete ministros. Os dois partidos, para mim, estão tão parecidos que ambos tentaram seduzir o prefeito Gilberto Kassab, que a meu ver tem uma administração terrível em SP, largou a cidade, para apoiar seus candidatos. Enfim… Pano pra manga, é assim que se fala? Abs. Janca

        • Luis Figueredo

          Carissimo, Joao.

          Não fique tão irritado amigo. Não estou devendendo nenhum governo. Estamos melhorando. Temos 25 anos de democracia e hoje temos intituições bem estabelecidas ao contrário do que você deve pensar, imagino.

          ———————— Corrupção! ———————–
          Sobre a corrupção. Eu sei que você é daqueles que pensam que tudo de ruim só acontece no Brasil. Mas leia um pouco mais do que a VEJA e você vai se surpreender. Acredite. É só ler sobre a venda do assento no senado do Obama (serio?! isso mesmo! Leia vai!). Sobre a renúncia do presidente da Alemanha sobre denúncias de corrupção (sério, corrupção na Alemanha? Dúvido. Ahh não foram eles que tinham a máfia de compras de jogos a pouco tempo atrás.. hmm não… isso só deve ocorrer no Brasil né). Bom se informe um pouco. Ainda temos muita corrupção, mas nosso problema não é esse, como gostaria a VEJA. Nosso problema é o excesso de burocracia.

          ———————— Dicas de leitura para o verão! ———————–
          Caro, João. Imagino que você pense que a VEJA tem os maiores intelectuais do mundo não? Pois bem. Nunca li o Paulo Henrique Amorim, apesar de saber quem ele é. Leio os post do Nassif, para ler notícias da BBC, NYTimes, The economist etc que saem sobre o Brasil. Em falar nisso, fica a dica. Leia um pouco do Paul Krugmann (NY Times, ganhador do Nobel). Se você se cansar um pouco dele elogiando nossa política financeira pós FHC, ele tem boas dicas de música. Outra boa leitura é o Stiglitz. Outro ganhador do Nobel. Hmm eu sei que os jornalistas de economia da VEJA sabem muitoooo mais que eles, pois devem ter ganho até algum premio da VEJA né! Mas abra um pouco a cabeça. Leia o artigo do Stiglitz de 88 (isso!! será que você era nascido?) Em que ele fala o que iria acontecer com os países que seguissem a cartilha do FMI de privatizações, o futuro consenso de Washington (nãooo, não é o atacante). E não é que aconteceu! A Argentina (que seguia política parecida com a do Incrível FHC faliu, e a gente só não faliu porque as eleições eram em 98 e não em 2000). Ou você esqueceu como o FHC segurou a paridade com o dólar em 98 para se reeleger, torrando 60 BI (isso bilhõess!!!) de dolares da nossa reserva (que só tinha 80 bi na época) para manter o dólar e em janeiro (pós eleição) deixar o dólar subir de novo!

          hmmm!!
          Imagino que você não deve ter lido tudo. Os artigos da VEJA são bem mais simples de se ler né. Mais de 3 linhas. Pôo sacanagem!
          Mas fica a dica hein:
          STIGLITZ e KRUGMANN!! Eles seguem mais a linha o Lula adotou durante a crise, a linha Keynesiana, mas se quiser leia também um pouco dos artigos do presidente do FED (hmm será que você sabe que é isso, não sei se a VEJA fala disso né), o Ben BERNANKE que segue mais a linha neoliberal mas mesmo assim elogia a saída do Brasil da crise mundial!

          Mas eu sei, você deve estar pensando! Todas esses caras não sabem nada! Quem sabe é a VEJA e depois a CBN. Bom.. fazer o que. Já perdi bastante tempo tentando de ajudar. Da uma lida nos caras que te falei. Eles também elogiando algumas medidas do FHC.
          Tanto o Lula como o FHC fizeram coisas boas e ruins. O que a gente DEVE saber é o que é cada. E não ficar soltando lorotas por ae, não é amigo?!

          • Carlos Menezes

            Ao final do mandato de Dilma, será que haverá ainda 1 ministro que durou os 4 anos? HA-HA-HA Isso é o que eu chamo de ‘dar aula de corrupção’ Parabens ao PT, nisso sao realmente bons.

          • ANDERSON

            Ah,

            Adianta fulano reclamar de politico corruptos, se o fulano é desonesto?

            So pra vc saber… FHC governou o Brasil por 96 meses e teve 95 ministros, tá? 1 por mês, praticamente!

        • ANDERSON

          Ue, mas privatizacao em que o estado tem 49% de controle? Em que há condicoes de operacao, de manutencao de funcionarios?

          Isso se chama “Conceder”. “Privatizar” é passar totalmente ao controle de outrem.

          Ahahahaha! E máquina estatal aparelhada? O brasil precisa de mto mais funcionários publicos, pra prestar o serviço de rei q a populacao quer.

          Fica dificil pagar como plebeu e querer servicos de rei/rainha.

          • janca

            A população quer serviço de rei??? Quer um mínimo de serviço público decente, especialmente em saúde, educação, habitação e mobilidade urbana.

  • Guilherme

    Sou colorado e o Tarso Genro tava dando toda a pinta de que queria favorecer o Grêmio. Desde que começou a construir seu estádio o Grêmio fica atacando o Beira-Rio. Ninguém fala que o deles é numa areião, um lugar que até a prefeitura admite que não é seguro. Se a Fifa e o governo do Brasil decidiram que tem de ser no Beira-Rio não podem mudar o jogo pra atender interesse gremista.

    • janca

      Não digo que estivesse querendo favorecer o Grêmio, mas vendo a reforma no Beira-Rio atrasada. Ou parada…

      • janca

        Ah! E sobre a nova arena do Grêmio estar sendo erguida num terreno “polêmico”, para não dizer outra coisa, como foi apontado por setores da sociedade gaúcha e da própria Prefeitura de Porto Alegre, num caso que poderia lembrar o do Shopping Center Norte, isso foi discutido pela imprensa, sim, pelo próprio blog. Mas dizer que “é num areião” é simplificar as coisas. Elas têm que ser apuradas especialmente pelas condições de segurança pelas autoridades, é uma suspeita grave e perigosa, mas não podemos cair num denuncismo pelo denuncismo, Guilherme. Abs.

        • Ronaldo

          Janca, quando da escolha do local do novo estádio do Grêmio, com a definição pelo bairro Humaitá, na zona norte de Porto Alegre, foram realizados estudos(em agosto de 2008) no terreno da arena e em mais 2 terrenos no entorno, no mesmo bairro. Um desses terrenos relamente está sobre um antigo lixão, mas não é o caso do terreno da Arena. Neste, que também é uma área de aterro, como praticamente todo o bairro, não foram detectados indícios quanto à existência de passivos ambientais pela disposição de resíduos sólidos doméstico, tendo sido constatado que a área foi aterrada com resíduos da construção civil. Há excertos deste estudo publicados em vários locais. O documento mais completo que encontri foi a ata da reunião co Conselho Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre que tratou do tema e que pode ser encontrada neste link: http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/smam/usu_doc/atacomam25demarco.pdf
          Há muita desinformação a respeito, infelizmente boa parte delas propagada por parte da imprensa local aqui do RS, que por despreparo profissional (para não dizer má-fé), nesata questão dos estádios, em especial da Arena do Grêmio, prefere alimentar polêmicas sem fundamento ao invés de buscar informações em fontes confiáveis.

          • janca

            Obrigado pelas informações, Ronaldo. Há alguns meses, quando o Center Norte foi interditado e acabou fechado por uns dias em SP, a história do lixão, que é preocupante, apareceu com força. É bom que seja analisado direitinho o terreno para evitar problemas futuros, mas pelo jeito isso está sendo feito. Valeu pelas informações, grande abraço, Janca

  • Carlos Menezes

    Guilherme, o Estádio do Grêmio é 100% com dinheiro PRIVADO. Não vai afetar o bolso de nenhum brasileiro! Eu sou paulista, logo pouco me importa vocês ai do Rio Grande do Sul. Mas eu prefiro mil vezes que o estádio da Copa seja o do Grêmio, construído de maneira honesta, com dinheiro privado, sem roubar dos cofres públicos dinheiro que deveria ser investido em educação, saúde e segurança pública. Esse estádio do Inter é uma VERGONHA, financiado pelo GOVERNO FEDERAL. Rídiculo. Igualzinho ao que fizeram com o Corinthians.

    • Guilherme

      Carlos, todos os estádios da Copa são com dinheiro público. Por que o do Inter não pode ser? Legado da Copa vão ser os estádios, incluindo o do Corinthians, que ao contrário do nosso saiu da estaca zero. Sinto muito se torcedores como você, que certamente não é corinthiano, ou os gremistas não conseguem dinheiro do BNDES. Seus clubes deveriam ter sido tão competentes como os do Colarado e os do Grêmio. Sou gaúcho e não me importo com vocês aí de São Paulo que tão morrendo de ciúme do Corinthians.

      • janca

        Mas é isso que está errado, Guilherme. Uma coisa é fazer estádio com dinheiro próprio ou privado, outra coisa com recursos ou benefícios públicos. Repito que sou contra recursos e benefícios públicos para reforma ou construção de arenas privadas. Abs.

        • Leandro

          Isso porque os clubes já deixam de pagar montão de impostos pro governo. Se fóssemos nós, cidadãos comuns, queria ver. Dois pesos, duas medidas aqui.

        • Fernando C. Guimarães

          DINHEIRO PÚBLICO É PARA SER UTILIZADO PARA MELHORIAS DA SOCIEDADE BRASILEIRA, TAIS COMO ESGOTO SANITÁRIO, HOSPITAIS, EDUCAÇÃO…

          SÓ NÃO VER QUEM NÃO QUER QUE A MAIORIA DOS ESTÁDIOS SÃO SUPERFATURADOS E NO FINAL A INICITAIVA PRIVADA TERÁ A CONCESSÃO PARA EXPLORAR QUE 20, 30 OU TALVAEZ MAIS ANOS…

          É ABSURDO!!!!!!

          VALEU JANCA ESTOU COM VOCÊ NESTA QUESTÃO!!!!!!!

          • janca

            É, nesse ponto pensamos da mesma forma, mas muita gente não está conosco, o que faz parte, Fernando. Abs.

    • Vilmar

      Ô CARLOS MENEZES : Cara, pra falar tanta babozeira, é preferível engolir a sua ignorância e poupar os leitores disso . O ESTADIO BEIRA-RIO do S.C.INTERNACIONAL – O ÚNICO CAMPEÃO *MUNDIAL*(F.I.F.A.) DO SUL DO PAÍS, BI-CAMPEÃO DA COPA LIBERTADORES DA AMERICA, ÚNICO CLUBE BRASILEIRO CAMPEÃO DA COPA SULAMERICANA, BI-CAMPEÃO DA RECOPA SULAMERICANA, TRI-CAMPEÃO BRASILEIRO, O MAIOR CAMPEÃO GAUCHO DE TODOS OS TEMPOS, clube do povo, sem racismos, que aceita todas as raças e crenças, É… e sempre foi um estadio privado, construido totalmente com o dinheiro e recursos da sua torcida COLORADA, e que agora, atendendo a um chamado do governo Brasileiro e da FIFA, tem que MODERNIZAR o seu estadio em curto prazo, razão pela qual, foi obrigado a abrir concorrência à empreiteiras, as quais contrairão empréstimo(Sob sólidas garantias) junto ao BNDES para execução da obra. Saliente-se que se o clube não fosse obrigado a fazer a obra em tão curto prazo, para atender o governo e a FIFA, esta reforma seria feita em um tempo maior, E COM RECURSOS DO PRÓPRIO CLUBE , recursos esses vindos da venda de seu antigo estadio, mais a venda de camarotes, mais contribuição de seus mais de 106.000 sócios e demais lucros, inclusive venda de jogador . Portanto, meu caro MENEZES, como podes vêr, estamos tratando de um gigante futebolístico aqui do sul, por qualquer ângulo que se olhe, né ? Agora, com melhor conhecimento do que fores escrever, terei prazer em conhecer tua opinião . Saudações.

  • Luiz Marfetan

    Engano seu carlos menezes, o estadio do Inter foi construido com dinheiro proprio a muitos anos. Tambem não queria a copa no beira rio, da para o “Im-orrivel” eles estão louquinhos para aparecer e a unica maneira que eles tem.
    Brasileiro, Brasileiro tenho certeza não concorda com copa, com olimpiadas temos outras prioridades muito mais prementes e importantes.

    • janca

      Oi Luiz, pra ser sincero eu sempre fui favorável à Copa e à Olimpíada no Brasil, embora reconheça que muitos brasileiros são contra e entendo o porquê. Mas gostaria de vê-las conduzida de outra forma, não como foi o Pan, um exemplo, como costumo dizer, a não ser seguido. Abs.

      • ANDERSON

        O Pan foi organizado por Cesar Maia… Precisa dizer algo mais?

        Se vc nao gosta da forma como está, pq nao dá ideias, nao participa?

        Só falar é fácil hein!

        • janca

          Eu vivo dando ideias. E participo da forma como posso participar. Como você disse “só falar é fácil”.

        • nilú

          Até falar(escrever) é difícil meu caro Anderson, quando quem ouve (lê), não consegue abrir a cabeça e perceber bem além do seu time, da sua região, do seu partido político. Nilú

  • Rafael

    Janca, primeiramente parabéns pelo seu blog! Você é um jornalista esportivo extremamente ligado em notícias de política e economia e isso fortalece muito seu trabalho.

    Quanto a questão do beira-rio, não acho que Dilma queira favorecer alguém, não conheço a cidade de porto alegre porém deve ser levado em conta a intra-estrutura em volta dos estádios, repito, não conheço porto alegre, posso estar falando besteira.

    Porém no caso de São Paulo, cidade que moro, acredito que isso não foi levado em consideração. O governo poderia investir muito mais em infra-estrutura do que própriamente no estádio.
    A região de Itaquera é uma região muito crítica, tanto para transporte quanto para hotéis, acho válido o governo ajudar a desenvolver a região, porém aqui na cidade nada está sendo feito em relação a metrô, trem e onibus.
    Temos pouco tempo até a copa, será que o Brasil estará qualificado? ou será motivo de piada na imprensa internacional? e depois da copa?

    Abraço Janca!

    • Marcelo

      Moro em Porto Alegre e o acesso a todos os estádios daqui são bons. Não conheço SP mas falam que Itaquera é o cu do mundo.

      • Rafael

        Realmente Marcelo! Na verdade o que importa não é o fato de o estádio ser longe, o fato é que SP não tem transporte adequado para chegar la, uma pessoa que sai do extremo da zona sul, demora no mínimo 1:30 pra chegar lá, chutando baixo.

        Fora que o setor de Hotelaria da região é péssimo, principalmente para receber turistas.

        Tem seu lado bom, uma região “próxima” ao aeroporto internacional de guarulhos, porém merece mais desenvolvimento.

        • janca

          Oi Rafael. Antes de mais nada obrigado pelos elogios. Mas sabe que não contra um estádio, como o do Corinthians, para a Copa de 2014 na zona leste? Porque você está pensando em quem mora na zona sul… É uma oportunidade para melhorarmos o transporte também na zona leste. Sei que o setor de hotelaria fica mais na zona sul e oeste do que na leste, mas se melhorarmos a mobilidade urbana, e temos que fazer isso pensando no dia a dia do cidadão, não apenas na Copa, a situação pode ficar melhor. O que sou contra é a construção do estádio do Corinthians do jeito que está sendo feita. Com benefícios e recursos públicos da Prefeitura de SP, do governo do Estado e da União. Aí é demais… Abração pra você, Janca

          • Rafael

            Concordo com você Janca!
            Por mim não tem problema a abertura ser no estádio do Corinthians, sou palmeirense.
            O que me preocupa, é a mobilidade.
            Hoje em dia é terrível a situação para moradores de Itaquera, Guaianazes, Cidade Tiradentes.
            Tive uma amiga minha que morava em cidade tiradentes e demorava 2:30 para chegar na região de santo amaro, perto do SP Market. Isso é inaceitavel.
            Precisamos de muito investimento, e torço para que a região de itaquera se desenvolva!
            Mas não precisava ter esperado uma copa para que isso fosse levado em conta.

            Se a abertura fosse no Rio, iriam desenvolver Itaquera?

          • janca

            Ah! Com certeza Rafael não precisavam ter esperado a Copa para pensar em Itaquera e adjacências. Mas falta política pública para o país. O transporte e a mobilidade urbana são caóticos e não só em SP. Abração pra você, Janca

          • janca

            Marcelo, e “cu do mundo”, ao contrário do que você coloca, Itaquera não é. Depende de suas referências… É perto do Aeroporto Internacional de Guarulhos, mais perto do centro do que muitas outras regiões paulistanas, do Terminal Rodoviário do Tietê, entre outros.

  • Alexandre

    Janca,
    É possível se argumentar que o empréstimo subsidiado do BNDES ao Internacional não está correto, mas há que se destacar que não há nenhum grande estádio público em Porto Alegre e nem demanda para tal, logo seria muito mais custoso e ineficiente construir um estádio público para a sede do Rio Grande do Sul.
    O estádio do Grêmio está sendo construído com recursos privados, mas se fosse sede da Copa certamente teria de sofrer modificações no projeto. O Grêmio se negaria a arcar com estes custos extras, não?
    Já em São Paulo havia outras opções muito mais baratas, como a reforma do Morumbi ou mesmo a reforma do Pacaembu.
    Mas eles optaram pela via mais custosa para o município e para a União, e dá-lhe excrescências como esta:
    http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/03/05/prefeitura-simula-concorrencia-por-incentivo-de-r-420-milhoes-do-itaquerao.htm

    • janca

      Oi Alexandre. Eu sei disso, entendo sua posição, mas se a Copa fosse no Morumbi o São Paulo já estava pleiteando dinheiro público para a reforma do Morumbi. E eu, particularmente, sou contra isso. Valeu pelo comentário, abs. Janca

      • Alexandre

        Acho que o Pacaembu reformado seria a melhor opção. Abs, Janca.

        • Alexandre

          Ou melhor: Abs Janca (sem vírgula). 😉

    • Ronaldo

      Alexandre, se informe melhor, a Arena do Grêmio está sendo construída integralmente de acordo com o caderno de encargos da Fifa. Inclusive prevê o sistema de drenagem a vácuo no gramado (não obrigatório, mas altamente recomendado para uma região que apresente muitas chuvas na época da Copa), que é um dos pontos em que o Inter reluta em cumprir, pois o estádio teria que ficar fechado alguns meses para possibilitar a troca do sistema de drenagem. A única adaptação necessária para a Copa do Mundo seria a colocação de cadeiras no setor da Geral, mas que também está previsto no projeto. O restante está totalmente contemplado no projeto.
      O grande problema mesmo do novo estádio está em seu entorno, a urbanização do bairro é MUITO incipiente, todas as vias de acesso precisam ser duplicadas, o que demandaria investimentos públicos, sendo que as obras previstas para a cidade no PAC da Copa já estão todas direcionadas para a região do Beira-rio. Prefiro até acreditar que seja por este motivo (e não por clubismo, até por que, ao contrário do governador e da presidenta, colorados, o prefeito é gremista) que o poder público relute em trocar de estádio.
      Uma outra questão é que o bairro, como já foi dito, de precária urbanização, apresenta algumas favelas, que precisariam ser removidas ou urbanizadas até por uma questão da “imagem da cidade” perante um público estrangeiro. Somente há de se lamentar o erro cometido inicialmente na escolha do beira-rio, beneficiando um projeto antigo (e consequentemente, um estádio pior) e que demandará obras em uma região nobre da cidade. Tivesse sido a escolha pela arena do Grêmio, os recursos públicos seriam todos empregados em uma região degradada da cidade (quem chega a Porto de Alegre de carro ou ônibus vê como é feia a entrada da cidade), funcionado o estádio (que seria o da Copa) como indutor de desenvolvimento e revitalização daquela região da cidade, o que ocorrerá de qualquer forma, mas em um prazo bem mais longo. Ainda a respeito, há estudos justamente de como a construção de estádios em áreas desocupadas ou degradadas é beenéfica do ponto de vista econômico e social.

      • janca

        Oi Ronaldo, concordo sobre a construção de estádios em áreas desocupadas ou degradadas como você chama, é uma forma de reaproveitá-las e torná-las viáveis e “habitáveis”. Acho extramamente válida a ideia, veja o que foi feito em Londres para a Olimpíada de 2012, o que é ótimo, revitalizando uma área até então totalmente degradada. Sobre o estádio do Grêmio obrigado pelas informações, o entorno em muitos casos é complicado, isso acontece com o Engenhão, por exemplo, mas aí cabe ao setor público duplicar vias de acesso, mexer na mobilidade urbana, pois é interesse do povo e do cidadão. E do governo, portanto. Grande abraço, boa quarta pra você, Janca

  • Marcelo

    Janca, não consigo postar no seu blog. Tento de novo. Mesmo com apoio e interferência da Dilminha paz e amor o Inter e a Andrade Gutierrez não se entendem. A Andrade ficou de entregar as garantias até segunda, enquanto isso o Inter não deixa a obra prosseguir. Cansou a ladainha da diretoria do Inter. Torço pelo Caxias, por nenhum dos dois da capital, mas pra mim seria no estádio do Grêmio a Copa.

    • janca

      Marcelo, vieram uns 10 comentários seus, mas truncados e entrando como spam. Não sei o que se passa, mas liberei todos os que não foram marcados como spam. Sobre a questão do Inter e da construtora não é porque a Dilma interveio que tudo necessariamente vai dar certo, já que as duas partes, como você bem coloca, não se entendem… Por mim não haveria um centavo de dinheiro público no estádio do Inter, no do Corinthians, no do Atlético-PR, no Maracanã, se for para terceirizá-lo depois… Mas se o Grêmio fizer um estádio no padrão da Fifa sem dinheiro público, por que não ser palco da Copa? Se não o Mundial corre o risco de não ter jogo em Porto Alegre… Daí a bronca da Dilma na Andrade Gutierrez. Abs.

  • @R9Sal

    Esclarecendo algumas colocações que estão passando aqui como verdade absoluta.

    – Corinthians apresentou no dia 01/09/2010 um projeto de Estadio que custaria aprox. R$ 400 milhões. Basicamente ele conseguiria esse dinheiro atraves de emprestimo no BNDES, atraves da Odebrecht e pelo plano do clube pagaria esse emprestimo, ou grande parte dele atraves da venda dos naming-rights.

    – Depois de muitas indas e vindas, Fifa aprovou um projeto de reforma do Estadio do Morumbi que custaria R$ 630 milhões. São Paulo FC, alegou que era inviavel financeiramente para ele e disse só ter condições de fazer uma reforma mais modesta, da ordem de R$ 200 milhões. Morumbi foi então finalmente descartado pela Fifa.

    – Cidade de São Paulo entende que a abertura da Copa 2014 é uma oportunidade unica que não pode ser desperdiçada. Com isso passa apoiar a Arena que seria erguida no bairro de Itaquera.

    – Caderno de encargos da Fifa traz varias exigencias para um Estadio padrão Abertura de Copa. Corinthians refaz o prjeto, o que faz com que o preço inicial de R$ 400 milhões salte para R$ 820 milhões.

    – Corinthians diz que aceita que a abertura da Copa seja em seu futuro estadio, mas CORRETAMENTE SE RECUSA A PAGAR A CONTA.

    – Prefeitura, com base numa lei de 2007 decide conceder incentivos fiscais ao clube no valor de R$ 420 milhões e com isso garantir o interesse DELA que é a abertura da Copa do mundo

    – Os outros R$ 400 milhões, se Deus quiser, serão pagos ao BNDES atraves da venda dos naming-Rights apesar de grande parte da imprensa trabalhar contra insistindo no nome Itaquerão.

    • janca

      Mas não o Corinthians acha mais que consegue valor parecido pelos “naming rights”. E não é culpa da imprensa… Sem falar que você esquece de dizer que o governo do Estado de São Paulo também vai pagar cerca de 80 milhões de reais para o estádio ter capacidade suficiente para receber a abertura da Copa. Abs.

      • @R9Sal

        Brasil, Cidade de SP e Governo do Estado é que pleitearam ser sede de Copa do Mundo. Em hipótese alguma poderia sair UM REAL dos cofres do Corinthians para adaptar o estadio para a abertura da Copa do mundo.

        E nem um real tambem para desfazer varias dessas adaptações que não interessam ao Corinthians. Nesses 80 milhões de reais que o governo vai gastar com as arquibancadas provisórias estão os custos de montagem e desmontagem. Podem levar esse trombolho embora.

        Sobre os naming-rights confio que a diretoria do Corinthians vai conseguir o melhor negocio possivel. Mesmo com a maioria da imprensa esportiva paulista querendo ter a honra de dar nome ao estadio. Lance! é uma das excessões e merece elogios de minha parte.

        • Alexandre

          Adaptar que estádio? Você só pode adaptar algo que já existe.
          O Itaquerão está sendo construído do zero com recursos 100% públicos:
          -R$400mi em empréstimos a juros subsidiados (repito:subsidiados) do BNDES (recursos federais);
          -R$420mi em incentivos fiscais do município cedidos de forma ilegal (http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/03/05/prefeitura-simula-concorrencia-por-incentivo-de-r-420-milhoes-do-itaquerao.htm);
          -R$80mi doados pelo Estado de São Paulo.

        • janca

          Mas o Corinthians está recebendo um estádio _até agora não colocou um tostão, que eu saiba, e já está 30% “pronto”_ com dinheiro da Prefeitura, do governo de SP e também da União, assim fica fácil…

        • @R9Sal

          Incentivo fiscal, que absurdo, nunca tinha acontecido uma coisa dessas no Brasil!

          Foxconn já conta com incentivos fiscais para produzir iPad no Brasil

          http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/foxconn-ja-conta-com-incentivos-fiscais-para-produzir-ipad-no-brasil

          Nossa, ja incentivos, nenhum tablet foi produzido ainda.
          Sera que os chineses tão crescendo pouco e precisam de incentivo??

          • janca

            Aí confesso que não sei _risos. De fato há casos e casos e não sei se este que você cita deveria ser dado ou não. Apenas lembro que antes da Copa o Brasil prometia que não haveria dinheiro público em estádios quando só há isso… E não se trata de caso específico do Corinthians, não. É que a galera pega o Corinthians para Cristo também, como se fosse o único caso, porque, quer queira quer não, Corinthians é Corinthians e tem uma baita torcida. Abs.

          • Alexandre

            Não tem nada a ver uma coisa com a outra.
            No caso dos tablets houve uma diminuição de tributos que incidem sobre a fabricação destes produtos (IPI, Pis e Cofins). E a diminuição é para todos os que fabricam tablets (como a Samsung e a Positivo, por exemplo). Se o @R9Sal quiser fabricar tablets, os impostos serão exatamente os mesmo que os cobrados da Foxconn.
            No caso do Itaquerão, é outro tipo de incentivo completamente diferente. A prefeitura repassa títulos no valor de R$420mi ao consórcio Odebrecht/Corinthians e eles vendem estes títulos a outras empresas com um desconto. Aí estas estas empresas podem utilizar os mesmos para quitar dívidas fiscais com o município.
            Só que para isto a prefeitura teria que ter aberto anteriormente uma concorrência, o que não houve, daí a ilegalidade (http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/03/06/mp-chama-simulacao-de-concorrencia-a-incentivo-do-itaquerao-de-risivel-e-anuncia-investigacao.htm).
            Repito, você está comparando alhos com bugalhos.

          • janca

            Belíssima explicação, Alexandre. Grande abraço, Janca

          • Alexandre

            Janca,
            Ninguém está pegando o Corinthians para Cristo.
            Só há dois clubes (pelo menos até agora) recebendo recursos públicos para estádios da Copa: Corinthians (BNDES,Prefeitura e Estado) e Internacional (BNDES).
            Isto é fato.

          • janca

            E o Atlético-PR também, não? Mas acho que há outros casos graves, como o Botafogo ter ganho de presente a administração do Engenhão, concessão não deixa de ser uma forma de privatização, o Flamengo e o Fluminense quererem ficar com o Maraca depois de o governo do Rio investir quase 1 bilhão de reais no estádio. Mas sem dúvida o caso do Corinthians é gravíssima. Quando digam que pegam no pé do Corinthians é que muita gente fala como se fosse o único beneficiado, quando não é. Mas talvez seja mesmo o maior beneficiado. Pois haja benefícios. Da Prefeitura de SP, do governo do Estado e da União, Alexandre. Abração, Janca

          • @R9Sal

            Ou seja

            Incentivo pra Foxconn = perfeito, faz bem o governo

            Incentivo pro Corinthians = roubalheira, pouca vergonha

          • Alexandre

            Janca,
            E não é que eu esqueci do Atlético-PR? Foi mal…
            Com relação ao Engenhão, concordo plenamente contigo.
            Já quanto ao Maracanã, não tem nada definido, então não dá para criticar algo que não aconteceu.

          • janca

            Oi Alexandre. De fato temos que esperar o que vai acontecer com o Maracanã, embora eu seja um dos críticos ao que está acontecendo com o estádio, que passa pela terceira reforma para ficar aqequado às exigências da Fifa _e incluindo as três são quase 2 bilhões de reais_, e a tendência, segundo o próprio governo do Rio, é seguir o que foi feito com o Engenhão e repassá-lo a terceiros. Eike Batista está interessado, assim como Flamengo e Fluminense. Sou contra a concessão e espero que o governo mude de ideia a respeito, mas duvido. Abração e boa quarta pra você, Janca. PS. Ontem acho que para alguns internautas fiquei com a impressão de que escrevi boa quinta, espero que não, era boa terça… Agora boa quarta, amanhã sim boa quinta…

    • Alexandre

      @R9Sal,
      Esta versão dos fatos que você escreveu, é a divulgada pelo próprio Corinthians e todos os não ingênuos sabemos que não corresponde à realidade.
      Enquanto o Morumbi era candidato, o corintiano Juca Kfouri, só para citar um exemplo, cansou de dizer que estavam viabilizando às escuras uma candidatura corintiana e que o script já estava todo escrito. A candidatura do Morumbi seria bombardeada pelo Valke e pelo Teixeira com exigências em série, até que o São Paulo desistisse, e neste momento o Corinthians entraria em cena como “salvador da pátria”. E foi exatamente o que aconteceu.
      Esta sua versão é tão nonsense que não resiste a um simples questionamento: quer dizer que o São Paulo se negou a arcar com custos de R$430mi (630-200) e não a apareceu ninguém do município ou da União para ajudar, mas depois o Corinthians se negou a arcar com custos de ao menos R$900mi (lembrando dos R$80mi das arquibancadas móveis) e só então todos se lembraram que a Copa é uma oportunidade única?
      Até para mentir é necessário algum talento…

      • @R9Sal

        Não levo Juca Kfuro em consideração. Nessa noticia por exemplo, 2298 pessoas perderam seu tempo comentado e se indignando contra o Corinthians principalmente

        http://blogdojuca.uol.com.br/2010/05/confirmado-piritubao-abrira-a-copa/

        Por falar em Juca Kfuro, quem é o novo presidente da CBF que ele garantiu que caia no carnaval?? Copa 2014 ja foi transferida pra Inglaterra?? Ja confirmaram a abertura da Copa no mineirão??…..http://blogdojuca.uol.com.br/2011/06/abre-no-mineirao/

        ****************

        Como eu disse algumas mentiras querem passar como verdade por aqui.

        Ninguem esta dando R$ 900 milhões pro Corinthians. O Valor correto é R$ 420 milhões da PMSP mais R$ 70 milhões do Governo do Estado. Total, R$ 490 milhões, diferença de quase 100% em relação ao que você diz.

        Exigencias em serie não. Existe um caderno de encargos. No momento em que o São Paulo cumpriu com as exigencias para um estadio de abertura a Fifa APROVOU o projeto. São Paulo DESISTIU do projeto aprovado que custaria R$ 630 milhões e insistiu mais uma vez na reforma mais modesta. Fifa ficou de saco cheio da brincadeira e descartou o Morumbi.

        • janca

          Mas R9Sal, além disso tudo tem os 400 milhões de reais de empréstimo do BNDES, que representa recursos da União. Assim como eu era contra o São Paulo reformar o Morumbi com recursos e benefícios públicos, sou contra construírem o estádio do Corinthians dessa maneira. E sobre o Juca não é verdade o que você diz. As coisas mudam. Ou você vai dizer que não havia um movimento forte em torno de possível saída do Teixeira da CBF? No ano passado até o Havelange comentou que eram favas contadas que a abertura da Copa seria no Mineirão. Depois a situação mudou. As coisas não são estáticas. Do jeito que você escreve parece que o Juca estava mentindo e você mesmo sabe que não é isso. Abração, Janca

      • janca

        Com todo respeito R9Sal, tendo a concordar com o Alexandre a respeito de sua argumentação. Você está pensando como corintiano, não como cidadão ou contribuinte e a paixão pelo seu time acaba cegando.

      • g.santos

        Sr.Alexandre, você, como sempre, ardoroso defensor das coisas do gremio de P.alegre, deve saber(E ardilosamente esconde) que a construtora OAS(Que será a verdadeira dona da Arena do Humaitá, cujo locatário será o Gremio por 25 anos), mesmo não sendo o estadio escolhido pela fifa, entrou DE CARONA nos incentivos, tendo essa empreiteira(Através de “mexe”do grupinho de políticos gremistas do ODONE), recebido as benesses do DINHEIRO PÚBLICO em isenções tributarias e fiscais que alcançam por baixo + ou – 30 MILHÕES DE REAIS (Mesmo sendo uma empresa estrangeira, hein !). Isto sem contar os mais de 80 MILHÕES de REAIS de verbas federais que serão usadas para urbanisar o entôrno(Que não seriam gastos se não houvesse a obra)Ou seja….DINHEIRO PÚBLICO !!! E esse estadio será usado APENAS para treinos de uma ou outra seleção . E aí sr. Alexandre ? Nenhuma crítica ? E aí sr. Janca ? Hahahahahahahaha…..a hipocrisia, não sei porquê, ainda me espanta .

        • janca

          O entorno acho que é mesmo questão do poder público. Agora benefícios e verbas públicas para estádios particulares sido sendo contra, sr. G.

  • Gastão Henriques

    Mas pelo amor de Deus !!! Parem ! Chega de tanta DESINFORMAÇÃO ! Nós, leitores e torcedores , não merecemos tanta besteira . Qualquer gaucho e morador de Pôrto Alegre, com um mínimo de neurônios sabe, que NÃO TEM e NEM HAVERÁ UM CENTAVO SEQUER DE DINHEIRO PÚBLICO na modernização do estádio Beira-rio . O sujeito precisa estar muito MAL INTENCIONADO pra insistir na repetição desta mentira deslavada . É claro que alguns fanáticos/delirantes gremistas da praça, fazem questão de espalharem esta infâmia, por razões que todos conhecem : O gremio NÃO GANHA NADA DE IMPORTANTE HÁ MAIS DE 10 ANOS, É UM CLUBE INDIVIDADO, BEIROU À FALÊNCIA A UM TEMPO ATRÁS,…..então nada melhor do que tentar espalhar notícias falsas e denegritívas do seu grande rival(INTER), que por sinal, tem ganho quase tudo nestes últimos anos . Os gremistas morrem de inveja e recalque por tudo isso, mas daí levarem mentiras descaradas como se fossem verdades ??? Por favor !!! PRESIDENTA DILMA : PROSSIGA COM SUA FIRMEZA DE CARÁTER, SUA HONESTIDADE E HONRADEZ, COMO TEM SIDO SOBEJAMENTE DEMONSTRADO ! NÓS BRASILEIROS MERECEMOS ISSO !!! O que fez a Presidenta : Simplesmente fez valer a sua autoridade, exigindo o cumprimento ao que se propôs a empreiteira AG quando ganhou a concorrência à qual NINGUEM A OBRIGOU A SE CANDIDATAR . Até porquê, o descumprimento de prazos estava pondo em risco a realização da Copa em P.Alegre . Saudações a todos os desportistas !!!

    • janca

      Dinheiro do BNDES não é público? O BNDES é banco privado, Gastão? Enfim, está aí seu desabafo, abração e saudações, Janca

      • Gastão Henriques

        Janca: Você me parece ser um pouco inocente . O dinheiro que o BNDS empresta à (Atenção) TODOS os empreendimentos…., eu disse TODOS, em qualquer tempo será por amor às causas ? Por simpatia às empresas ou obras ? Pelo Divino Espirito Santo ? É CLARO QUE NÃO !!!! Repito : É CLARO QUE NÃO !!! O Banco BNDS empresta(Sob totais garantias SEMPRE), em obras ou empreendimentos que sejam de grande interêsse da nação (Qualquer governo, de qualquer País o faz) . Por acaso, depois que o Presidente Lula foi lá se candidatar e quase até implorar a Copa para o Brasil, você(Na sua inocência) acha que ter estadios equipados e à altura de abrigar jogos de uma Copa do mundo, com todo o destaque e os frutos (Vide os lucros contabilizados pelos países que a sediaram) que trazem NÃO SÃO OBRAS DE INTERÊSSE DO PAÍS ??? Você acha, sinceramente ? Eu te pergunto porque, atualmente se vê um grande numero de “Defensôres da salvaguarda do dinheiro público”, coisa nunca visto antes, mas que na verdade…no fundo…no fundo são interêsses de torcedores contrariados e enciumados . Tenha certeza que se os ditos financiamentos fossem feitos(E pagos) aos clubes desses torcedores, estariam todos faceirinhos, podes crer . Abraço.

        • janca

          Gastão, não é BNDS. É BNDES. Você sabe o que significa o banco? Acho que não, até porque não foi erro de digitação, você realmente acha que é BNDS…

          • Gastão Henriques

            Mas, e daí ?´Realmente é BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E SOCIAL (A falha foi por eu não estar acostumado a tratar sobre este Banco, desculpem) . MAS ISSO MUDA O QUÊ sobre o que escrevi ?

    • @R9Sal

      Banco Nacional de Desenvolvimento Economico e Social (BNDES) é um banco e sua finalidade é exatamente emprestar dinheiro. Erro do Inter, do Corinthians, ou de qualquer outro emprestador seria não pagar o emprestimo.

      • janca

        É um banco público, não privado, eis a questão. É o empréstimo é em boas condições. Sobre o pagamento, tem que apresentar garantias. Mas queria ver se fosse pedir para um banco privado as condições e a resposta… Abs.

        • Alexandre

          Os recursos do BNDES provêm do Tesouro Nacional, que capta recursos através da emissão de títulos, pagando juros de mercado.
          Só que o BNDES empresta cobrando juros pela TJLP, que é muito menor que os de mercado.
          Ou seja, a diferença entre os juros de mercado e a TJLP, que é enorme, é um subsídio da União ao tomador de recursos.
          No caso dos estádios da Copa, em que o emprestimo é de R$400mi para pagamento a longuíssimo prazo, tal diferença de juros representa centenas de milhões de reais de recursos federais em cada estádio.
          É dinheiro de impostos pagos por todos nós!

          • @R9Sal

            Deve ser por isso que se chama Banco Nacional de Desenvolvimento Economico e Social

          • janca

            Mas o Anderson acha que é BNDS. Esqueceu do Econômico…

          • janca

            Ops, perdão, não foi o Anderson, foi o Gastão. Perdão. Abs. Janca

          • janca

            Eu sei disso, Alexandre, e concordo com você. É nosso dinheiro que está em jogo e sendo usado. Fiz até um post sobre isso meses atrás, intitulado “O que é o BNDES”, pois muita gente não sabe do que se trata. Abs.

          • Alexandre

            Pois é, Janca.
            E mesmo sabendo do que se trata, tem gente que ainda acha que não é dinheiro público. Vai entender…

  • sandrofla

    Apesar de não concordar também com o uso de dinheiro público em arenas particulares acho que a Presidente agiu e vai fazer isso em outras frentes de obras pois não vai querer levar o peso de quem perdeu a copa antes de a mesma começar.
    Ela tem o poder de decisão e as empreiteiras e bancos sabem disso. Os governadores também sabem disso, não é Tarso Genro?, e essa pressão vai continuar até 6 meses antes da copa.
    Vai estar tudo pronto com o aval(garantías financeiras de nossos bolsos) do governo federal.

    • janca

      Mas a que custo, Sandro? A quem interessa deixar tudo para a última hora, como o governo deixou? Essas coisas que temos de nos perguntar. Abs.

  • Paulo

    Cada clube já sabe como fazer para crescer melhor. É só colocar um torcedor como presidente e manter ele como sócio ilustre. Aqui no sul já sabíamos e aconteceu muito isso com prefeito e governador, que resultou em doação dos eucaliptos, invasão do aterro etc… Mas com o pais todo vendo escancarado a ameaça da dirma à AG. Esta aberto a concorrência a pro cima candidatura a presidência. Como disse a dirma, ano que vem tem eleições e os Gremistas como maioria no sul do pais deve aprender a dar golpes baixos com os veteranos no assunto.

  • Paulo

    A AG ñ tinha garantias, e investidores e ñ queria assinar. A Dilma da três telefonemas, AG, Banrisul e BNDES.
    RESOLVIDO o problema, AG tem as garantias e os parceiros, e quer assinar, o Banrisul viu que as garantias erram boas e o BNDES ficou mais flexível e viu também que são boas as garantias.

    E ainda tem gente querendo dar explicações. Pimenta nós olhos dos outros é refresco. Clubismo? Quem perdeu a Copa Das Confederações? E esta a perigo de o RS perder a C do Mundo?
    Se tivessem trocado antes quem ganharia? O povo (taxistas, comercio, hotelaria…)? Ou o Grêmio? Quem ganhou com a perda da C das Confederações? O povo ou o clube da dilma?

  • ANDERSON

    Janca,

    Vc acha realmente que o governo deixou tudo pra última hora e de propósito?

    Eu vi no site da Copa 2014 e algumas obras já estão sendo feitas e outras iniciam este mês, mas quase todas são inauguradas em 2013.

    Vale lembrar que estas obras foram as obras PROPOSTAS pelas prefeituras e governos estaduais. Eles tinham que mandar os projetos, análise técnica e financeira para o aval do governo federal, somente. Se estes estão falhando, põe na conta de cada um que elegeu prefeitos e governadores dos estados envolvidos.

    Se for pro governo federal assumir tudo, não há pacto federativo. Acaba com estados e municípios!

    Eu não entendo este alarde todo de OBRAS QUE NÃO SAEM DO PAPEL, ATRASADAS e etc.. Tem como uma linha metrô sair do papel COM TANTAS BUROCRACIAS QUE A GENTE MESMO CRIA em 1 ano? JAMAIS! AQUI NO BRASIL SE PARTE DO PRINCÍPIO QUE TODOS AGEM DE MÁ FÉ!

    Sobre os estádios, acho uma hipocrisia das grandes! Janca defende o esporte, mas é contra o governo EMPRESTAR (ISSO, PQ É EMPRESTADO, NAO É DADO!) o dinheiro pros estadios serem construidos. Isto acontece EM TODOS OS LUGARES DO MUNDO. Uma busca no Wikipedia e se vê q os principais estádios do mundo são PÚBLICOS, CONSTRUÍDOS COM DINHEIRO PÚBLICO!!!!

    A imprensa se aproveita da ignorância do povo… aqui o dinheiro está sendo emprestado. Já nos EUA, por ex., é dinheiro investido para construir o novo estádio dos Yankees, que custou nada mais que aprox. 3 bilhoes de reais! Aqui tá um estardalhaço pq o Maracana custa 1 bilhao… Mas a turma quer um excelente, nao quer pagar, mas quer um estadio europeu aqui.

    Olha fica dificil. Se a gente quer, tem que gastar, investir! Os ETs nao vao trazer pra gente nao!

    • janca

      Você tem uma visão partidária. Eu não. Fica difícil debater Anderson. Os partidos, como a visão clubística, cegam.

  • ANDERSON

    Se vc realmente acha que tudo é feito de má fé aqui, eu tb vou achar q a imprensa tb age de má fé, q tem interesses (afinal sao empresas, tem q dar lucro no final do mês!).

    O fato é q a imprensa brasileira é mto pouco democratica, os pensamentos sao todos pasteurizados, todos iguais. Os reporteres de baixo QI… basta ler o New York Times, a revista New Yorker que dá vergonha da imprensa brasileira!

    Desta sim, eu tenho vergonha!!!!

    • janca

      Mas é claro que a imprensa tem interesses, falamos de empresas comerciais. Você nunca tinha percebido isso??? Vive em que mundo, Anderson?

  • Marcelo

    A fifa queria 8 sedes. Lula exigiu 12. Não havia necessidade de 12. Teremos 4 elefantes brancos a mais a serem pagos com dinheiro público por conta de Lula. A lógica é quanto mais gastar mais dinheiro pra desviar e dividir com companheiros. Cuaibá e Manaus por exemplo terão estádios que muito raramente terão sua lotação completa, ficarão as moscas a maior parte do tempo e a conta da manutenção e da construção será do povo. O que lula fez com o estádio do Corinthians é um absurdo sim e mais absurdo ainda é a interferência da dilma contra uma construtora privada que está fazendo uma obra privada. Só não se dá conta destes absurdos quem for cego político ou torcedor.

    • janca

      É, a política partidária ou a paixão clubística pode cegar, Marcelo. Até acho que o fato de o Brasil ter optado pelas 12 sedes era uma forma interessante de tentar “nacionalizar” mais a Copa, envolvendo mais e mais estados e regiões, mas o risco de elefantes brancos, como os dois que você citou, talvez mostre que a intenção tem um custo muito elevado e pode não ter sido a melhor. Abração, Marcelo, Janca

  • Felipe Lima

    Pode ser simplista o que eu vou digitar aqui, mas vale a pergunta:
    Como posso emprestar dinheiro pra construção de empreendimentos quando sei que quem os contrai possui dívidas nada pequenas a pagar?
    A crítica pode ser feita por essa vertente. O BNDES não pode aceitar qualquer garantia de qualquer empresa que esteja “no vermelho”. E os clubes de futebol (inclusive meu Fluminense) possuem mais dívidas do que torcedores!

    • janca

      Oi Felipe, não vejo nada de simplista nisso. Seu argumento é bem lógico e realista, mesmo que os tomadores de empréstimos possam ser empreiteiras “associadas” aos clubes. Grande abraço e uma ótima quinta pra você, Janca

      • Felipe Lima

        Cacilda, Janca! Tu não dorme não? hehehe!

        Valeu por responder meu post!

        Pois é, a gente pra conseguir um empréstimo não é “tão difícil”, o brabo é pagar, e se não pagar, já viu…
        Agora no caso dos clubes, com uma montanha de dívidas trabalhistas (o que justificaria penhorar tudo!) ainda choram pitangas por ajudas do BNDES e/ou poder público mesmo, dando garantias tão sólidas quanto mingau! E ainda tem o aporte dos novos contratos de TV (já foram comprometidas) e os direitos de arena (‘naming rights’).
        Não sou contra empréstimos do BNDES. É até função dele dar um capital para qualquer empreendimento sério sair do papel. Mas questiono abrir a fonte pra quem não tem lastro financeiro, praticamente falido. Vai gerar uma bola de neve que uma hora vai acertar e arrebentar com tudo! E aí eu quero ver como vão se segurar.

MaisRecentes

Flamengo e CBF



Continue Lendo

Oposição santista



Continue Lendo

Santos em SP



Continue Lendo