Privilégio a Ronaldo



O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, reafirmou a intenção de deixar a cargo de Ronaldo a organização da inauguração do estádio de Brasília, que deverá acontecer em dezembro deste ano.

O jogador e sua empresa de marketing esportivo, que não se manifestaram a respeito, definiriam os dois times a jogar. Ronaldo integra o Comitê Organizador Local da Copa, onde serve de escudo para Ricardo Teixeira.

Para o Ministério do Esporte não há conflito de interesse na escolha do ex-jogador para comandar a inauguração do estádio, cujo preço, acreditem ou não, segue indefinido, mas será superior à previsão inicial, que estava na casa dos 600 milhões de reais. Deve ficar de 20% a 25% mais caro, contrariando as estimativas do governo do Distrito Federal, encabeçado por Agnelo Queiroz, ele mesmo ex-ministro do Esporte.



MaisRecentes

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo