Erro de Andrés



Mal começou a trabalhar como diretor de seleções da CBF e Andrés Sanchez já cometeu um primeiro erro.

Sinalizou que a prioridade do Brasil é a Copa de 2014, o que é óbvio, mas relegou a décimo plano a Olimpíada de Londres-2012, quando teríamos a ocasião de lutar por uma inédita medalha de ouro que falta a nosso futebol. Para Andrés, se ela vier, ok, se não vier, ok também. Mesmo que seja um fiasco, deixou claro que Mano Menezes continuará firme e forte.

Não penso assim. Tivemos tempo para nos preparar e se não o fizemos adequadamente é porque algo está errado. Talvez seja porque Mano Menezes, responsável pela equipe, perdeu muito tempo com a principal em testes inúteis e deixou de lado tanto uma quanto a outra, preferindo aparecer ao lado de Ricardo Teixeira, jantar com o chefe, fazer propaganda, mantendo-se no cargo graças a amistosos com seleções de terceiro nível.

Andrés diz ainda que a fase de testes acabou. Mas eu fico perguntando que testes teriam sido feitos… Quais as observações e constatações de Mano Menezes? O que ele pensa? O que quer fazer nos próximos dois anos e pouco até a Copa? Quais as diretrizes para a seleção?

Enquanto continuar respondendo estilo Sebastião Lazaroni não iremos saber. E enquanto a CBF mantiver a seleção longe do Brasil menos ainda. Pois um dos testes que deveriam ter sido feitos é justamente colocar a equipe para jogar no Brasil e ver melhor a reação da torcida, porque a Copa será aqui.

Aproximar o time dos brasileiros é essencial. Mas o que a CBF, Mano e agora Andrés também têm feito é justamente o contrário e isso é o que mais me preocupa.

Espero que o Brasil consiga o inédito ouro em Londres, se bem que do jeito que as coisas estão se ele vier será por acaso. E se não vier Andrés já deixou claro que tudo bem, mesmo que não venha com o Brasil dando vexame após vexame, como aconteceu com a equipe principal no ano passado, especialmente na Copa América.

É, a CBF, ao contrário do que diz a propaganda que faz, tem cuidado muuuito mal da seleção. Que não é nossa, embora devesse ser. É dela.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo